2. Análise de Alternativas

2.2. Estudo da viabilidade operacional

1 - RUIM

2 - SATISFATÓRIO 3 - ÓTIMO

2.2.1. Alternativa 1

Seguindo a estrutura de análise PIECES:

Performance:

Como o sistema será interno e o número de usuários simultâneos é pequeno, a vazão e o tempo de resposta terão ótimos níveis, dado que todos poderão utilizar o software ao mesmo tempo sem possíveis problemas de lentidão. 3 - ÓTIMO

Informação:

O sistema irá possuir todas as funcionalidades essenciais obtidas através de entrevistas (Apêndice A) e documentos, basicamente as melhores ferramentas do software utilizado atualmente com as melhorias explicadas anteriormente, logo todas as informações são fornecidas da melhor forma possível. 3 - ÓTIMO

Economia:

O sistema seria implementado por integrantes do próprio SABER, com a alocação de alguns colaboradores para este fim, isto poderia acarretar em atraso na conclusão de outros projetos. Outra opção seria a contratação de pessoal para implementação da solução o que incluiria novos gastos relativos aos salários. Esses problemas de realocação tornam este item apenas satisfatório. 2 - SATISFATÓRIO

Controle:

O controle seria feito por meio do cadastro de usuários, podendo ter acesso ao sistema utilizando login e senha, evitando assim algum tipo de fraude.

Uso de diferentes tipos de perfis, com níveis diferentes de hierarquia garantiria a corretude, pelo fato de que apenas pessoas com o nível de permissão adequada poderiam editar partes específicas do projeto, juntamente, o registro das modificações realizadas protegeria os dados e denunciaria o mal uso. 3 - ÓTIMO

Eficiência:

A implementação do sistema será interna, utilizando a alocação dos funcionários atuais, trazendo possíveis mudanças de cronograma em outros projetos, ou a contratação de novos. O ambiente de gerenciamento estaria sempre disponível já que poderia ser acessado via web ou mobile. 3 - ÓTIMO Serviços:

O uso de serviços web é totalmente consolidado, alcançando bons níveis de confiabilidade, com padrões arquiteturais que são totalmente extensíveis e flexíveis (facilidade na adição de novas features, componentes, recursos) que tornam esta alternativa uma ótima escolha. 3 - ÓTIMO

Considerações gerais:

Todos os líderes de equipe e o gerente de projetos ficaram abertos a esta alternativa, sendo possível de ser implementada e utilizada. Um ponto fraco é a mudança de sistemas, que acarretaria em perda de tempo para cadastrar todos os projetos e tarefas no novo software. 2 - SATISFATÓRIO

2.2.2. Alternativa 2

Seguindo a estrutura de análise PIECES:

Performance:

Atualmente o software já é utilizado sem problemas de vazão ou tempo de resposta. 3 - ÓTIMO

Informação:

Com as modificações propostas o sistema irá possuir todas as funcionalidades essenciais obtidas através de entrevistas (Apêndice A) e documentos. Seriam realizadas melhorias de usabilidade, comunicação e visões mais específicas dos projetos. 3 - ÓTIMO

Economia:

As modificações seriam implementadas internamente, com a alocação de alguns colaboradores para este fim, isto poderia acarretar em atraso na conclusão de outros projetos. Outra opção seria a contratação de pessoal para implementação da solução o que incluiria novos gastos relativos aos salários. O tempo gasto com o entendimento do código de um sistema extremamente complexo, acarretaria em um grande gasto de tempo, que torna este item ruim. 1 - RUIM

Controle:

O controle já existe em forma de login e senha, possuindo também diferentes hierarquias de usuário, permitindo a modificação no nível de acesso em algumas partes do projeto, além do registro de atividades. 3 - ÓTIMO

Eficiência:

A implementação do sistema será feita por funcionários próprios do SABER, utilizando a realocação dos grupos de desenvolvimento atuais. Este fato possivelmente trará possíveis mudanças de cronograma em outros projetos, ou a contratação de novos desenvolvedores. O software de gerenciamento estará apenas disponível em ambiente de trabalho, sem modo portátil (como por exemplo o mobile da alternativa 1), em comparação a alternativa 1, a eficiência é ruim. 1 - RUIM

Serviços:

O software atual possui bons níveis de confiabilidade e flexibilidade, porém deixa um pouco a desejar no quesito extensibilidade, dado que não é atualizado a muito tempo e necessita de um estudo prévio para implementação de uma nova funcionalidade. 2 - SATISFATÓRIO

Considerações gerais:

Todos os líderes de equipe e o gerente de projetos ficaram abertos a esta alternativa, sendo possível de ser feita e utilizada. 3 - ÓTIMO

2.2.3. Alternativa 3

Seguindo a estrutura de análise PIECES:

Performance:

O Moovia é utilizado por milhares de pessoas pelo mundo, sendo bem avaliado em questões de vazão e tempo de resposta. 3 - ÓTIMO

Informação:

O Moovia possui todas as principais features utilizadas pelos gerentes do projeto do SABER, opções de comunicação, relatórios, gráficos. Tudo com uma ótima usabilidade. 3 - ÓTIMO

Economia:

O Moovia é totalmente grátis até 10 membros, mas como a equipe é composta de mais de 40 colaboradores então surgem custos mensais, que não foram previstos no início do projeto. Além disso os valores podem aumentar com o crescimento da equipe, portanto é apenas satisfatório. 2 - SATISFATÓRIO

Controle:

O Moovia realiza o controle de usuários através de login e senha, não possui diferentes hierarquias e registra as atividades de cada membro. Em comparação as outras alternativas é apenas satisfatório. 2 - SATISFATÓRIO Eficiência:

O sistema já está pronto para uso, apenas necessitando de uma capacitação rápida, está disponível em qualquer local com internet e também possui uma versão mobile. 3 - ÓTIMO

Serviços:

O Moovia possui bons níveis de confiabilidade e flexibilidade, porém é dependente de atualizações por parte da empresa que mantém o serviço, por não ser de código aberto. Em relação as outras alternativas é apenas satisfatório. 2 - SATISFATÓRIO

Considerações gerais:

Todos os líderes de equipe e o gerente de projetos ficaram abertos a esta alternativa, sendo possível de ser feita e utilizada, porém, existiria o tempo de atraso para atualizar a nova solução com os projetos e tarefas correntes. 2 - SATISFATÓRIO

2.2.4. Análise geral

Nesta etapa é apresentada a comparação entre as análises operacionais feitas nas três alternativas propostas.

No processo foi considerada a estrutura PIECES juntamente com algumas questões gerais relativas aos líderes de equipe e ao gerente de projetos e possibilidade de realização da proposta.

Em questões de performance e informação as três alternativas se equiparam, possuindo ótimas soluções. Na questão econômica, a alternativa 3 se destaca pelo fato de não ser necessária nenhuma realocação ou contratação de funcionários e não requerer alguma implementação.

Nas questões de controle, as alternativas 1 e 2 se mostraram superiores a alternativa 3, pelo fato desta última não possuir diferentes hierarquias entre os usuários. Na eficiência as alternativas 3 e 1 são as melhores por serem acessíveis em qualquer local possuindo também uma versão mobile. Nos serviços, a alternativa 1 foi confiável, flexível além de extensível.

Alternativa 1 Alternativa 2 Alternativa 3

Performance 3 3 3

Informação 3 3 3

Economia 2 1 3

Controle 3 3 2

Eficiência 3 1 3

Serviços 3 2 2

Questões Gerais 2 3 2

Total 19 16 18

Tabela 1: Comparativo operacional das 3 alternativas.

A alternativa 1 é a melhor operacionalmente.

2.3. Estudo da viabilidade técnica

No documento UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. Estudo de Viabilidade. Saber Projetos (páginas 7-14)