• Nenhum resultado encontrado

Extensões Futuras e Recomendações

3. Estado "com origem e destino"

5.1. Extensões Futuras e Recomendações

Fruto da modelagem do sistema, baseada em componentes, o sistema desenvolvido é bastante expansível, sendo possíveis muitas melhorias e complementações, que podem ter como finalidade o aumento de desempenho, aumento de robustez, melhor interação com o usuário, obtenção de informações para melhoria do sistema, etc.

Como proposta para uma possível continuidade deste trabalho, são sugeridas as seguintes modificações:

Servidor de Cálculo baseado em requisições: como visto pelo cálculo de tempo simulado, no capítulo 4, a implementação do servidor de cálculo como um servidor baseado em requisições pode proporcionar um ganho significativo de velocidade do sistema, em especial em grandes redes, uma vez que o sistema não precisa reconstruir toda a rede a cada requisição. Trata-se, portanto, de uma interessante melhoria de desempenho e eficiência.

Sistema com busca de soluções prévias: com a existência do repositório de dados, onde são armazenadas soluções antigas, é possível evitar que um cálculo de rota já feito no passado precise ser realizado novamente, realizando-se uma busca em tal repositório e somente solicitando o cálculo ao servidor de cálculo se nenhuma solução for encontrada. Nesta busca, não apenas a origem e o destino da nova viagem devem ser os mesmos da solução armazenada, mas também todas as outras variáveis - incluindo a própria composição da rede, para garantir que o resultado a ser apresentado é o resultado esperado pelo usuário. Com este tipo de implementação, bastante eficiente num sistema modelado de forma estática, ganha-se em eficiência, reduzindo a carga de processamento do sistema.

Melhorias no sistema de banco de dados: a partir dos dados apresentados no capítulo 4, é possível verificar que as consultas ao banco de dados podem representar, em alguns casos, um limitante no número de requisições simultâneas. Uma forma de mitigar este problema é a utilização de um sistema de banco de dados distribuído, seja através de espelhamento do banco de dados, seja com distribuição das informações - como o repositório de dados e o banco de dados de informações da rede - em sistemas distintos. Neste caso, deve ser especial o cuidado na elaboração da estrutura do banco de dados, para manter a garantia de consistência dos dados. Também pode ser interessante a utilização de um sistema de bancos de dados mais robusto do que o MySQL, utilizado nesta implementação. Trata-se de uma melhoria para o tempo de resposta e confiabilidade do sistema, traduzidos em um serviço de maior qualidade.

Sistema tolerante a falhas: o sistema implementado pode apresentar problemas em caso de interrupção da linha de comunicação com o terminal de consulta. Uma implementação com execução local no terminal de consulta pode ser uma alternativa, ao menos para os terminais mais importantes, levando em conta todos os cuidados de uma implementação com banco de dados distribuído. Trata-se, portanto, de uma melhoria na eficácia e confiabilidade do sistema.

Melhorias no Servidor de Cálculo: o Servidor de Cálculo pode ter seu algoritmo otimizado para sistemas de transporte muito maiores - processando a rede em partes, por exemplo. Além disso, é possível modificar a implementação do algoritmo para tirar proveito explícito do uso de equipamentos com vários processadores trabalhando paralelamente. Trata-se, portanto, de uma melhoria na eficiência e eficácia do sistema.

Melhorias na interação com o usuário: através de uma pesquisa específica, bem como da realização de uma implantação piloto e pesquisas com o usuário do sistema, é possível identificar melhorias adequadas na interface com o usuário, disponibilização de mais opções e informações de apoio à decisão do usuário. Trata-se, portanto, de uma melhoria na apresentação do sistema, para que ele esteja mais de acordo com as expectativas dos usuários.

Sistema com atualização em tempo real: a implementação de índices e coeficientes variáveis com o tempo podem criar um valor ainda maior para o sistema, embora requeiram cuidado adicional se o banco de dados utilizado for distribuído - com redundância - ou for utilizado o sistema de busca por soluções prévias. Como exemplo, poderiam ser citados coeficientes que reflitam situações de congestionamentos nas vias, atualização da posição dos veículos de transporte coletivo (com uso de GPS), usando os tempos de chegada estimados como tempo de

espera para troca de modo dentre outros. Trata-se, portanto, de uma melhoria na qualidade da informação.

Módulo de Planejamento de Viagem Personalizada: um módulo que permita que o usuário entre com suas características e as características da viagem, para que o sistema possa, a partir das características do usuário, calcular coeficientes de custo generalizado mais adaptados ao usuário, gerando soluções "melhores" para este. Trata-se, portanto, de uma melhoria de eficácia e qualidade da informação, visando um melhor atendimento das necessidades dos usuários.

Módulo de Análise de Informações: um módulo que permita a visualização e a análise dos dados de consulta registrados pelo sistema, fornecendo informações de apoio para decisões táticas e estratégicas com relação ao futuro do sistema. Trata-se, portanto, de uma melhoria de cunho administrativo, visando ao planejamento tático e estratégico do sistema de transportes.

Aumento da Disponibilidade: a instalação de quiosques de consulta em terminais de ônibus e estações de metrô, de forma que qualquer usuário tenha acesso simples e direto às informações do sistema. Os custos deste tipo de implementação não são baixos, mas com a adoção de terminais fisicamente seguros (proteção contra vandalismo) e utilização de comunicação de rede wireless, podem melhorar substancialmente a disponibilidade de consulta, ao mesmo tempo em que minimizam os custos de manutenção do sistema.

Coeficientes de tempo generalizado auto-adaptáveis: com o desenvolvimento de uma melhoria que possibilite captar as opções realizadas pelo usuário, é possível que se utilize técnicas de inteligência artificial - como redes neurais - para realizar correções nos coeficientes de Tempo/Custo Generalizado, seja no sistema global ou

sejam cada vez mais de acordo com as expectativas dos usuários.

Ampliação da abrangência do sistema: ampliação da abrangência do sistema para além de sua área de atuação principal, incorporando sistemas de transporte que fazem interligação da região servida pelo sistema de informações com regiões externas, de forma que as viagens de entrada e saída da região servida pelo sistema possam também ser melhor planejadas.