Futuro do Presente Amarei, amarás, amará, amaremos

No documento Sintaxe: Colocação Pronominal. Prof. Wagner Sousa (páginas 21-37)

Futuro do Pretérito Amaria, amarias,

amaria, amaríamos...

Darei um abraço.

Dar-te-ei

Convenceria a aceitar.

Convencê-lo-ia

Colocação Pronominal

Com atrativo, a próclise é obrigatória

• Não o convenceria a aceitar.

• Não te darei um abraço.

Com sujeito explícito, a próclise é facultativa

• As mudanças se fariam paulatinamente.

• As mudanças far-se-iam paulatinamente.

Mesóclise

Colocação Pronominal

• Eu quero oferecer um presente.

• Eu lhe quero oferecer um presente.

• Eu quero-lhe oferecer um presente.

• Eu quero lhe oferecer um presente.

• Eu quero oferecer-lhe um presente.

Colocação em locuções verbais e tempos compostos

Colocação Pronominal

• As visitas se foram retirando.

• As visitas foram-se retirando.

• As visitas foram retirando-se.

• Os alunos se tinham levantado.

• Os alunos tinham-se levantado.

Colocação em locuções verbais e tempos compostos

Colocação Pronominal

• Eu quero oferecer um presente.

• Eu não lhe quero oferecer um presente.

• Eu não quero oferecer-lhe um presente.

Colocação em locuções verbais e tempos compostos

Colocação Pronominal

• Nada estava faltando.

Nada nos estava faltando

Nada estava faltando-nos.

• Os alunos não se tinham levantado.

Colocação em locuções verbais e tempos compostos

Colocação Pronominal

Pronome átono “solto” entre os verbos

• Devia lhe falar apenas por alguns instantes.

• A comissão havia se incumbido da apresentação de todos os dados.

O particípio não aceita a colocação pronominal

• Concedidas-lhe todas as honras, o juiz deu-se por satisfeito.

• Concedidas a ele todas as honras, o juiz deu-se por satisfeito.

Colocação em locuções verbais e tempos compostos

QUESTÕES

1. (VUNESP – 2016) Considere os trechos destacados na frase a seguir.

Na delegacia, vagarosamente percorreu as dependências, cumprimentou todos da equipe, decidiu conferir as armas e as viaturas e sentou-se à mesa, onde aguardou o seu primeiro caso.

Assinale a alternativa em que os pronomes estão adequadamente colocados na frase e substituem, correta, respectivamente e de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, as expressões destacadas.

(A) Na delegacia, vagarosamente as percorreu, cumprimentou-os, decidiu conferi-las e sentou-se à mesa, onde o aguardou.

(B) Na delegacia, vagarosamente as percorreu, cumprimentou-os, decidiu conferir-lhes e sentou-se à mesa, onde aguardou-o.

(C) Na delegacia, vagarosamente as percorreu, cumprimentou-lhes, decidiu conferi-las e sentou-se à mesa, onde aguardou-o.

(D) Na delegacia, vagarosamente percorreu-as, cumprimentou-lhes, decidiu conferi-las e sentou-se à mesa, onde o aguardou.

(E) Na delegacia, vagarosamente percorreu-as, cumprimentou-os, decidiu conferir-lhes e sentou-se à mesa, onde aguardou-o.

1. (VUNESP – 2016) Considere os trechos destacados na frase a seguir.

Na delegacia, vagarosamente percorreu as dependências, cumprimentou todos da equipe, decidiu conferir as armas e as viaturas e sentou-se à mesa, onde aguardou o seu primeiro caso.

Assinale a alternativa em que os pronomes estão adequadamente colocados na frase e substituem, correta, respectivamente e de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, as expressões destacadas.

(A) Na delegacia, vagarosamente as percorreu, cumprimentou-os, decidiu conferi-las e sentou-se à mesa, onde o aguardou.

(B) Na delegacia, vagarosamente as percorreu, cumprimentou-os, decidiu conferir-lhes e sentou-se à mesa, onde aguardou-o.

(C) Na delegacia, vagarosamente as percorreu, cumprimentou-lhes, decidiu conferi-las e sentou-se à mesa, onde aguardou-o.

(D) Na delegacia, vagarosamente percorreu-as, cumprimentou-lhes, decidiu conferi-las e sentou-se à mesa, onde o aguardou.

(E) Na delegacia, vagarosamente percorreu-as, cumprimentou-os, decidiu conferir-lhes e sentou-se à mesa, onde aguardou-o.

2. (VUNESP – 2016) Assinale a alternativa correta quanto à colocação pronominal, conforme a norma-padrão.

(A)Quando dão-se conta da situação dos refugiados, as pessoas já põem-se a acolhê-los sem discriminação.

(B)No Brasil, vê-se que o número de refugiados não é tão grande. Aceita-os, sem restrição, boa parte da população.

(C)Se veem imagens dramáticas dos refugiados na TV. Não trata-se de ficção: é a pura realidade.

(D)Têm visto-se turbilhões de refugiados. O mundo os vê se deslocarem em busca de uma vida melhor.

(E)Os refugiados buscam uma vida melhor. Discriminaria-os aqueles que desconhecem a solidariedade.

2. (VUNESP – 2016) Assinale a alternativa correta quanto à colocação pronominal, conforme a norma-padrão.

(A)Quando dão-se conta da situação dos refugiados, as pessoas já põem-se a acolhê-los sem discriminação.

(B)No Brasil, vê-se que o número de refugiados não é tão grande. Aceita-os, sem restrição, boa parte da população.

(C)Se veem imagens dramáticas dos refugiados na TV. Não trata-se de ficção: é a pura realidade.

(D)Têm visto-se turbilhões de refugiados. O mundo os vê se deslocarem em busca de uma vida melhor.

(E)Os refugiados buscam uma vida melhor. Discriminaria-os aqueles que desconhecem a solidariedade.

3. (FUNCAB – 2016) Do ponto de vista da norma culta, a única substituição pronominal realizada que feriu a regra de colocação foi:

(A)"O remédio, enfim, se haveria de pensar." = O remédio, enfim, haver-se-ia de pensar.

(B) "Eles se igualam aos bichos silvestres, concluíam” = Eles igualam-se aos bichos silvestres, concluíam.

(C) "O mundo inteiro se fabulava." = O mundo inteiro fabulava-se.

(D)"Chamavam-lhe o passarinho" = Lhe chamavam o passarinho.

(E) "Os brancos se inquietavam com aquela desobediência" = Os brancos inquietavam-se com aquela desobediência.

3. (FUNCAB – 2016) Do ponto de vista da norma culta, a única substituição pronominal realizada que feriu a regra de colocação foi:

(A)"O remédio, enfim, se haveria de pensar." = O remédio, enfim, haver-se-ia de pensar.

(B) "Eles se igualam aos bichos silvestres, concluíam” = Eles igualam-se aos bichos silvestres, concluíam.

(C) "O mundo inteiro se fabulava." = O mundo inteiro fabulava-se.

(D)"Chamavam-lhe o passarinho" = Lhe chamavam o passarinho.

(E) "Os brancos se inquietavam com aquela desobediência" = Os brancos inquietavam-se com aquela desobediência.

4. (VUNESP – 2016) ________ uma aluna da Sorbonne que a recebesse para uma conversa que pudesse explicar o Brasil com apenas um título que _____ de roteiro para o trabalho que deveria apresentar. Já me pediram coisas extravagantes, recusei algumas, aceitei outras. Mas não _________.

Em conformidade com a norma-padrão, as lacunas da frase devem ser preenchidas, respectivamente, com:

(A)Pediu-me … serviria-lhe … lhe quis decepcionar (B) Me pediu … servir-lhe-ia … quis decepcioná-la (C) Pediu-me … lhe serviria … a quis decepcionar (D)Me pediu … o serviria … quis decepcionar-lhe (E) Pediu-me … serviria-o … quis decepcioná-la

4. (VUNESP – 2016) ________ uma aluna da Sorbonne que a recebesse para uma conversa que pudesse explicar o Brasil com apenas um título que _____ de roteiro para o trabalho que deveria apresentar. Já me pediram coisas extravagantes, recusei algumas, aceitei outras. Mas não _________.

Em conformidade com a norma-padrão, as lacunas da frase devem ser preenchidas, respectivamente, com:

(A)Pediu-me … serviria-lhe … lhe quis decepcionar (B) Me pediu … servir-lhe-ia … quis decepcioná-la (C) Pediu-me … lhe serviria … a quis decepcionar (D)Me pediu … o serviria … quis decepcionar-lhe (E) Pediu-me … serviria-o … quis decepcioná-la

5. (IBFC – 2016) Das opções abaixo, assinale a única que apresenta

corretamente a colocação do pronome.

No documento Sintaxe: Colocação Pronominal. Prof. Wagner Sousa (páginas 21-37)