Propaganda

No documento 8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR (páginas 177-200)

Vida Urgente/F

undação

Thiago de Moraes Gonzaga

Prática de leitura

Que este feriado seja de independência e vida. Se for dirigir, não beba.

HAM/L

eiaute

Sem a sua ajuda, as vítimas do câncer têm muito mais a perder. Acesse www.lbcc.org.br e faça a sua doação.

Texto 4 – Propaganda

Leia esta outra propaganda:

Prática de leitura

POR DENTRO DO TEXTO

1. Observe a parte visual do texto e responda às questões. a) Que palavra ilustra essa propaganda? A palavra “Esperança”.

b) Como essa palavra parece ter sido escrita? Ela parece ter sido escrita com cabelos. 2. Agora, releia a parte verbal do texto.

a) De que forma a palavra que ilustra a propaganda está relacionada ao texto que a acompanha? b) Que palavra utilizada no texto da propaganda estabelece essa ligação entre a parte verbal e a

parte visual? A palavra “perder”.

3. Esse texto pretende convencer seu público a “comprar” um produto? Não. 4. Explique qual é o objetivo dessa propaganda.

Ela pretende convencer o público a “comprar a ideia” de que é importante fazer doações para ajudar no tratamento das vítimas do câncer.

Geralmente, as pessoas que fazem tratamento contra o câncer perdem os cabelos. Além disso, se não tiverem condições de fazer o tratamento, elas também os perderão.

Nem todas as propagandas promovem a venda de bens ou serviços. Algumas delas têm como

objetivo “vender” uma ideia ao público. Esse tipo de propaganda, geralmente, veicula mensagens

que tentam convencer o leitor a se engajar em uma causa ou a praticar alguma ação.

IMPORTANTE SABER

Texto 5 – Propaganda

Prática de leitura

POR DENTRO DO TEXTO

1. Essa propaganda está vendendo algum produto ou serviço? Justifique.

2. Toda propaganda tem um público-alvo, ou seja, é dirigida a uma parcela específica da população. A quem se dirige essa propaganda? Aos pais com filhos ainda na infância.

3. Releia o trecho a seguir:

No dia das crianças, dê menos presente e mais presença.

a) Em seu caderno, copie do trecho duas palavras que são semelhantes na escrita e na pronúncia. b) Que efeito o uso dessas duas palavras gera no texto?

4. Que palavras utilizadas no texto fazem pedidos, apelos ao leitor? “Dê” e “tire”. 5. Qual é a mensagem veiculada nessa propaganda?

Ela não está vendendo nada, não há qualquer produto sendo anunciado.

O uso dessas duas palavras próximas uma da outra gera um efeito sonoro e de sentido que chama a atenção do leitor.

A mensagem de que em vez de dar presentes, os pais deveriam se fazer mais presentes na vida dos filhos. Essa ação já seria um presente para eles.

Infância Livre de Consumismo

Reflexão sobre o uso da língua

Advérbio e locução adverbial (revisão)

1. Em seu caderno, transcreva as expressões utilizadas no texto 5 que indicam em que época do ano a propaganda foi veiculada. “No dia das crianças”, “neste dia”.

2. Como essas expressões são classificadas sintaticamente? Como adjuntos adverbiais de tempo. 3. Seria adequado veicular essa propaganda em outras épocas do ano? Justifique.

4. Em seu caderno, identifique e classifique os adjuntos adverbiais de tempo e de lugar das frases a seguir. a) Agora, uma nova unidade de atendimento em sua cidade. “Agora”: tempo; “em sua cidade”: lugar.

b) Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje: adquira nossos produtos já. “Para amanhã”, “hoje”, “já”: tempo. c) Entregamos frutas e legumes fresquinhos todos os dias, em sua casa. É só encomendar. d) Colchões Sono Leve. Com eles, você nunca mais terá dores nas costas. “Nas costas”: lugar.

e) Neste verão, combata a dengue. Não deixe o mosquito tomar conta de sua casa. “Neste verão”: tempo. 5. Explique a importância dos adjuntos adverbiais de tempo e de lugar na construção dos textos de

propagandas. Uma vez que as propagandas veiculam ideias ou incentivam ações, o uso dos advérbios de tempo e de lugar é determinante para situar o leitor e possível consumidor.

Não, a menos que ela fosse adaptada. A propaganda se dirige aos pais na época do Dia das Crianças porque, tradicionalmente, esse é um período em que eles se preo- cupam em comprar presentes para os filhos.

“Todos os dias”: tempo; “em sua casa”: lugar.

Texto 6 – Propaganda

Prática de leitura

Um copo de água, pelo amor de Deus.

Akat

u

POR DENTRO DO TEXTO

1. Essa propaganda pretende convencer o leitor a “comprar” que ideia? A da necessidade do consumo consciente de água. 2. Em sua opinião, qual é o público-alvo dessa propaganda? Os consumidores brasileiros em geral.

3. Descreva a imagem que compõe a parte visual do texto.

4. Em sua opinião, essa imagem chama a atenção do leitor? Por quê?

5. Releia a parte verbal do texto e responda: Que palavra utilizada no título principal fornece uma pista para a interpretação da imagem que compõe a propaganda?

6. Observe novamente esta parte da propaganda:

a) Você já conhecia o símbolo #, utilizado nessa parte da propaganda? Por qual nome ele é conhecido? b) Por que as palavras que acompanham esse símbolo foram escritas sem espaço?

c) Que ação a propaganda pretende mobilizar ao inserir essa informação no texto?

d) Que tipo de informação você acha que o leitor pode encontrar no site indicado na propaganda? Na imagem, podemos ver um ambiente urbano e, no canto inferior esquerdo, um bebedouro em cima de um pedaço de papelão, com um cartaz pedindo água. Resposta pessoal. Professor, espera-se que os alunos respondam que sim, pois a imagem é inusitada, reproduzindo uma cena que não é vista comumente no dia a dia.

A palavra “miseráveis”, que permite associarmos a imagem do bebedouro à de uma pessoa miserável, em condição de rua.

Resposta pessoal. Jogo da velha ou quadrado. Professor, espera-se que os alunos conheçam o símbolo, pois ele é muito utilizado nas redes sociais.

Porque esse termo é uma hashtag. Professor, comente com os alunos que as hashtags são palavras-chave precedidas do símbolo # que, quando usadas, alimentam uma interação dinâmica nas redes sociais.

Resposta pessoal. Professor, provavelmente, os alunos responderão que o leitor poderá encontrar, no site, mais informações sobre a campanha e dicas de como combater o desperdício de água, por exemplo.

Verbo – modo imperativo (revisão)

Observe a propaganda lida por Mafalda na tira a seguir:

Reflexão sobre o uso da língua

QUINO. O regresso da Mafalda. Lisboa: Dom Quixote, 1984.

Akat

u

Quino

1. Qual é o público-alvo da propaganda que aparece na tira? Os filhos. 2. Como a mãe é caracterizada nessa propaganda?

3. Qual é a mensagem da propaganda?

4. O que quebra a expectativa no último quadrinho? Como alguém que aplica castigos corporais.

Os filhos devem comprar sabões e panos de chão para as mães a fim de que elas possam usá-los nos trabalhos domésticos. Assim, elas ficarão muito cansadas e terão menos energia na hora de bater nos filhos.

A ideia inesperada que surpreende o leitor no terceiro quadrinho. Ao se falar de presente no Dia das Mães, espera-se que se esteja pensando em agradar as mães, o que não ocorre nesse quadrinho.

5. Em seu caderno, transcreva a forma verbal do imperativo utilizada na tirinha. “Não se esqueçam”: imperativo negativo. 6. Releia esta frase do segundo quadrinho:

É bom ir pensando!

a) Reescreva-a em seu caderno, empregando o verbo “pensar” no modo imperativo. Faça as adap- tações necessárias. “Pense”.

b) A alteração do modo verbal alterou o sentido do texto?

c) Qual das frases, em sua opinião, tem maior poder de convencimento? A da tira ou a que você reescreveu no caderno? Por quê?

7. A tira a seguir usa o modo imperativo afirmativo e negativo. Leia-a e divirta-se. Depois, responda às questões.

O sentido geral continua o mesmo, mas a duração da ação verbal é modificada, pois a locução verbal “ir pensando” denota um processo verbal em curso (devido ao emprego do gerúndio), o que não ocorre com o modo imperativo.

A frase reescrita no caderno, pois o modo imperativo tem mais força argumentativa. Quando se diz “ir pensando”, não há urgência na ação; já “pense”, ao contrário, indica urgência, ordem.

a) Qual é a situação retratada no primeiro quadrinho da tira?

b) O que o galo oferece às outras aves? De que modo ele pretende fazer isso? c) De que forma as aves menores reagem à oferta do galo?

d) Embora não esteja explicitado diretamente, qual é o provável motivo para a recusa das aves? e) De quem é a fala no último quadrinho? Do narrador.

f) De que modo o efeito de humor é gerado na tira?

g) Em seu caderno, copie os verbos que estão nas formas negativa e afirmativa do imperativo e indique a que pessoa do discurso eles se referem.

GONSALES, Fernando. Níquel Náusea. Folha de S.Paulo, 19 dez. 1993. Ilustrada.

Um recurso muito usado nas propagandas são os slogans, frases de efeito, criativas, que preten-

dem chamar a atenção do leitor. Essas frases são de fácil memorização e resumem as característi-

cas de um produto, serviço ou até mesmo de uma organização ou pessoa. Costumam ser repetidas

à exaustão para serem memorizadas pelo público, criando uma associação imediata entre a marca

e os potenciais consumidores.

IMPORTANTE SABER

Um gavião sobrevoa um espaço onde há várias aves pequenas e um galo, que se oferece para protegê-las. Ele oferece proteção do gavião. Para tanto, elas devem se esconder debaixo de suas asas.

Elas negam a ajuda e se recusam a se esconder debaixo de suas asas, preferindo o gavião.

O mau cheiro debaixo das asas do galo. Assim como os seres humanos transpiram muito debaixo das axilas, ele parece transpirar debaixo das asas.

Por meio da fala do narrador, no último quadrinho, que quebra a expectativa e surpreende, ao anunciar um desodorante que, pelo nome, parece ser elaborado espe- cificamente para aves.

“Escondam-se” (vocês): imperativo afirmativo; “Não passe” (você): imperativo negativo; “Use” (você): imperativo afirmativo.

Fernando Gonsales

Neste capítulo, você pôde perceber que nem sempre as propagandas estão relacionadas à venda de produtos. Elas também veiculam ideias. Observe a propaganda a seguir:

Sant a Casa de Misericórdia de P orto Alegre

Texto 7 – Propaganda

Prática de leitura

POR DENTRO DO TEXTO

Sob a orientação do professor, forme grupos e analise a propaganda, respondendo às seguintes questões: 1. Qual é o objetivo dessa propaganda?

2. Para transmitir sua mensagem, o produtor do texto fez um jogo usando nomes e cores. a) Quem é Fabiano?

b) Observe que algumas letras que compõem o nome “Fabiano” estão em azul. Que nome elas formam? Quem seria essa pessoa?

c) Qual foi a intenção do autor ao usar o azul para compor três das letras do nome “Fabiano” e a palavra “complete”?

3. É possível afirmar que essa propaganda apresenta um apelo emocional? Por quê?

4. Em sua opinião, esse texto consegue atingir o objetivo a que se propõe? Por quê? Resposta pessoal. 5. Se você tivesse criado essa propaganda, mudaria alguma coisa para aprimorá-la ou para transformá-la?

Resposta pessoal.

Essa propaganda incentiva a doação de órgãos.

Essa palavra também está em azul, indicando uma associação de ideias: que Bia completou a vida de Fabiano. As letras em azul formam o nome “Bia”, que possivelmente foi quem doou o rim para Fabiano.

Fabiano é um paciente transplantado; é o homem que aparece na imagem.

Sim, essa propaganda apresenta um apelo emocional, pois pretende comover para sensibilizar as pessoas a serem doadoras de órgãos ou tecidos.

André Fabiano Recova, transplantado de rim no Hospital Dom Vicente Scherer.

Propaganda de conscientização

Depois de analisar vários textos publicitários, chegou a hora de você e seus colegas elaborarem uma propaganda de conscientização. Escolham uma das propostas e sigam as orientações.

Proposta 1

De acordo com as orientações do professor, organizem-se em grupos para apresentar, na sala de aula, uma propaganda semelhante às transmitidas na televisão, com o objetivo de conscientizar o público a respeito de aspectos relacionados a um dos temas a seguir:

I. Consumo consciente de água. II. Cidadania no trânsito.

III. Preservação da natureza.

IV. Preservação do espaço público. V. Respeito ao próximo.

Professor, esta proposta é de produção oral. A ideia é que os alunos apresentem as propagandas em forma de esquete.

Produção de texto

Análise de propagandas na TV

Que tal mostrar o que aprendeu sobre publicidade analisando propagandas divulgadas pela TV? Em grupo, analisem algumas propagandas que seu professor apresentar ou às quais vocês assistiram em casa, de acordo com o que foi previamente combinado.

Leiam a seguir sugestões de questões para discussão em grupo:

1. O que diz a propaganda?

2. A propaganda transmite alguma informação associada a qualidades pessoais que vocês dese- jariam ter?

3. Que relação foi estabelecida entre as imagens veiculadas e o produto anunciado? Essa rela- ção despertou em vocês vontade de comprar o tal produto? Por quê?

4. Na propaganda, há alguma marca linguística que contribuiu para a construção do texto ou para causar nele algum efeito?

5. Há mais referência à qualidade material do produto anunciado (informações mais objetivas) ou aos desejos do público-alvo (informações mais subjetivas)?

6. A que público a propaganda se dirige? Como vocês concluíram isso?

7. Em que canal e no intervalo de que programa de TV ela foi veiculada?

8. Por que essa propaganda foi veiculada no intervalo desse tipo de programa?

9. No intervalo de que outro programa de TV vocês imaginam que ela poderia ser veiculada? E em qual momento ela não seria transmitida? Por quê?

10. Dê sua opinião sobre a propaganda. Se fossem vocês que a tivessem criado, mudariam algu- ma coisa? Como procederiam? O que fariam para aprimorá-la ou transformá-la?

Na trilha da oralidade

Professor, como a televisão, geralmente, está muito presente na vida dos alunos, é importante fazer uma análise crítica de tudo o que ela veicula, inclusive propagandas. As atividades a seguir têm esse propósito. Elas devem ser adaptadas à sua realidade e aos interesses dos alunos. Peça a eles que assistam às propagandas que você selecionar e respondam às questões previamente preparadas por você. Veja orientações sobre a análise de textos audiovisuais no Manual.

ORIENTAÇÕES PARA A PRODUÇÃO

1. Depois de escolhido o tema, planejem a apresentação. Lembrem-se de que o objetivo é cons- cientizar os espectadores com relação a algum tema e que o público-alvo são os colegas da sala.

2. As apresentações devem ser elaboradas para durar de 2 a 5 minutos.

3. Elaborem um roteiro do texto que servirá de apoio para a apresentação oral, anotando todos os elementos que devem ser considerados.

4. Abusem da criatividade e explorem recursos para surpreender e cativar o público. Vocês po- dem, por exemplo, criar um slogan para a campanha, escolher um fundo musical para acom- panhar a apresentação, preparar cartazes ou um cenário simples, utilizar adereços ou maquia- gem adequados ao contexto etc.

5. Ensaiem a apresentação várias vezes, até que se sintam bem preparados. Durante os en- saios, verifiquem se o limite de tempo estipulado está sendo cumprido.

6. Na data estipulada pelo professor, apresentem aquilo que foi ensaiado para o restante da turma.

7. Durante a apresentação, utilizem um tom de voz adequado e audível, para que o texto falado seja compreendido com clareza. Fiquem atentos ao ritmo e à entonação empregados.

8. Procurem apresentar tudo conforme foi planejado e, caso aconteça algum imprevisto, tentem contorná-lo com tranquilidade, de modo que o público não perceba.

9. Observem as reações da plateia e tentem prender ao máximo a atenção dos colegas.

10. Fiquem atentos ao limite de tempo combinado e não o ultrapassem.

AVALIAÇÃO E REESCRITA

Depois das apresentações de todos os grupos, avaliem coletivamente a atividade:

1. Os itens da proposta foram atendidos?

2. A mensagem da propaganda foi compreendida pelos colegas?

3. Os grupos utilizaram recursos característicos das propagandas de TV?

4. A atenção do público foi mantida durante as apresentações?

5. O tom de voz utilizado estava audível? O ritmo e a entonação estavam adequados?

6. O tempo estipulado para as apresentações foi respeitado?

7. Todos participaram da atividade de modo responsável?

8. Que aspectos poderiam ser melhorados nas próximas apresentações?

Proposta 2

Em grupo, produzam uma propaganda escrita que tenha como slogan uma das seguintes frases:

• Frase 1: Você é o que você é!

• Frase 2: Você é cidadão!

Considerem as seguintes condições:

1. O público-alvo são jovens da sua faixa etária.

2. O objetivo é chamar a atenção do público-alvo para a importância do jovem como cidadão, e não como um número estatístico em uma massa de consumidores.

3. Antes de produzir o texto, discutam as ideias. Será preciso um planejamento prévio para se- lecionar o conteúdo, as imagens, o tipo de letra que será usado etc.

4. Decidam como essas propagandas serão veiculadas ou expostas: Jornal da escola? Jornal- -mural? Cartazes? Folhetos?

5. Para produzir o seu texto, considerem as características das propagandas estudadas neste capítulo.

PLANEJE SEU TEXTO

Copiem no caderno os itens do quadro e respondam a cada um deles como modo de plane- jamento. Ampliem o número de itens se for necessário. Verifiquem se cumpriram o planejado na hora de avaliar o texto.

Para escrever a propaganda de conscientização

1. Qual é o público leitor do texto? Alunos, familiares e comunidade escolar em geral.

2. Que linguagem vou empregar? Linguagem informal.

3. Qual é a estrutura que o texto vai ter? Texto verbal e visual, apresentando slogan e breve texto verbal.

4. Onde o texto vai circular? No local ou suporte decidido pela turma. Professor, há sugestões de onde as pro-pagandas podem ser veiculadas ou expostas nas orientações para a produção.

ORIENTAÇÕES PARA A PRODUÇÃO

1. Para produzir o texto, retomem as principais características e objetivos de uma propaganda.

2. Produzam o slogan e o texto verbal da propaganda, que deve ser sucinto.

3. Escolham bem a imagem para compor o texto. Ao selecioná-la, verifiquem se ela vai combinar com o texto verbal que vocês produziram e perguntem-se: O que ela comunica ao leitor na situação em que foi apresentada?

4. Uma propaganda pode empregar a linguagem informal mas, dependendo do objetivo de seu texto, exagerar na informalidade pode impedir que vocês atinjam seus objetivos. Então fiquem atentos ao grau de informalidade usado.

5. Depois de decidir se a imagem está adequada, façam um esboço de como texto e imagem vão compor o espaço da folha. Experimentem mais de um modo de apresentar esses elementos e observem qual deles resulta na melhor composição.

AVALIAÇÃO E REESCRITA

1. Antes de publicar a propaganda, releiam-na e verifiquem se, de fato, o texto cumpre os obje- tivos estabelecidos por vocês. Retomem o que desejaram comunicar, o que vocês quiseram mobilizar no leitor com o texto. Para isso, peçam que outras pessoas leiam o anúncio: pode ser um familiar, um amigo, o professor.

2. Observem se a estrutura e o conteúdo do texto estão adequados ao gênero textual escolhido para a produção.

3. Revisem o texto verbal e componham a imagem e o texto verbal na folha definitiva.

186

Projetos em ação

Criação e divulgação de um produto

Com seus colegas, sigam estes passos e mostrem toda a sua criatividade.

Sob orientação do professor, formem grupos com o objetivo de criar e divulgar um produto imaginá- rio. Que produto seria esse? A criatividade de vocês é que vai responder a essa pergunta.

Com seus colegas, pensem em algo que poderia resolver um determinado problema de sua comu- nidade. Para isso, façam um levantamento sobre as necessidades das pessoas que estão ao seu redor. De posse dessas informações, pensem: O que vocês poderiam criar para facilitar a vida delas?

Imaginem e criem um produto inovador e útil, tendo em mente o objetivo que querem alcançar. Pensem: O que nosso grupo quer com essa invenção? Facilitar a vida do nosso público-alvo? Evitar determinados comportamentos (violência, corrupção, desperdício etc.)?

Empreguem seu espírito crítico e humor nesse trabalho e divirtam-se.

ORIENTAÇÕES

Usem a técnica do brainstorming, ou “tempestade de ideias”. Em grupo, coloquem no papel todos os pensamentos que surgirem a respeito de como alcançar o objetivo pretendido. Depois, selecionem as ideias mais interessantes. Professor, no Manual há mais informações sobre a técnica do brainstorming.

• Descrevam as características do produto que cada um estiver imaginando. Tentem fazer uma re- presentação gráfica deles. Juntos, escolham a melhor ideia.

• Em seguida, construam um protótipo do produto inventado, selecionando o tipo de material ne- cessário para isso. Procurem utilizar sucata ou materiais recicláveis.

• Se não for possível construir um protótipo, façam uma ilustração do produto.

• Desenvolvam o nome do produto e criem uma logomarca para ele. Abusem da criatividade, para

No documento 8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR (páginas 177-200)