0 ANTEPROJETO MUDANDO LIDADE DO TRABALHADOR

Texto

(1)

16 Pgs.

DIÁRIO DE NOTICIAS CrS 50

_.._.. < ERNESTO correa

( NKI MIN 1)1111".

oRfí io DOS DIARItW

ANO XLII

* â. mamo at nanam

_m4t_K__\_A, 24 DE MARÇO DE 1966

FUNDADO iL'DK MARC» OI UM

N.°21

FONE» - *«p_rtntaD**aria. Ml. - Um*m dai MM - Ut*__m I4*.i i - Veada ..aaaa

A-Maatam MM * M*N - maurldadet MM

Conhecidas as normas do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço

0 ANTEPROJETO MUDANDO LIDADE DO TRABALHADOR

UO ______ í___f_i_r___1__nn_t__ ______ _______ _____ t_t\ ___u_rt__ _.__ _______*{___-_, ___•______¦ a________» *.___.

* m BRa* ¦¦- V-/'T: ____¦ ______t/__B

i______________^_ff~_€t_t ____________________________________________________________________________________ fl

______! ¦fr_._ MfJ^^W^*?,

I JWÊ^ <Ptír

I iíSESrjEf

H M_*a* ______ -toara* mota.

I nawi apto «*** o i__m i

da* obra* d» rodou» MMTV

ou* Apua M.«a*i__Mii a llecre dlwr. -«tero

mt

^m nmrmuili aala aatnda M

______! Sr *

P .. _k_ü

PEQUIM NÂO VAI À URSS

TÓQUIO, PEQUIM. TIRANA.

Moscor _: londres, 23 (Condensado do noti.iárlo da UPI e FP> - A China Comu- nláia recusou hoje. o convite auMUm para aaalstlr ao _.„

Congresso do Partido Comu- nilta Soviético, cm Moscou, lançando um feroz ataque con tr» os dirigentes lOViétl colocando virtualmente fim as relações entre 0* dois mais poderusc. phi.hu>", tomunls- ias do mundo, a negativa chi- nesa parece anunciai (£o dc uma novu lnlernacio- nal comunista, por parte de Pequim.

A deilaiuvao olieinl chinesa, transmitida pelu radio de Pe- quim c pela .nj.niia Nova China, ai usa Moscou dc reali- _U *sujas

n-KOCiai.t*..." com os Estados Unidos, para i_,o- l»r o regime comunista chi- iiii, e de agir cm coordena- çio com os norte americanos pira impor negociações de pa* no Vietiuune

A Albinia. aliada firme dc Pequim, também "rechaçou com desprezo" o convite do»

soviéticos para o Congresso, afirmando que "Ja nio ext-ie nenhum laço entre nosso Pnr- tido e os traidores da dire- çio revisionista soviética".

(Noticiário na página D,

Aeroporto*;

1,7 bilhão para obras

Eatarao ..incluídos au- o ftm da semana os planos dc aplicação de 1.7 bilhão de cru- Miro*, em obras aeroportuá- rta* no Estado, atualmente em estudo pelo tenente coronel Cláudio Sá, chele do Serviço de Engenharia da 5a Zona Aé raa e engenheiro Jou. Teítel- baum. diretor do Departamen- to Aeroviario do Estado O eatudo aer* submetido, pos- taglormente. ao .secretario dos Tranaporte. sr. Tertullkno Bofill e ao comandante da 5a Zona Aérea, para aprovaçio Poeteririrmenle o Plano será remetido a Diretoria Oeral de Engenharia do ministério da Aeronáutica, para assinatura do» convênios ainda no I o _*- mMtre da *no em curao

A aplicação de verba» devera a«r distribuída enlre aero- porvua Salgado Filho (drena- pm. urbanização, oercamente

• compiementaçáo doe «ervl- ao* d* utilidade publica), de Ifecblm (terraplenagem da ra

putai Pelotas lEstaçao P*M*a*lTo* • tfrenaaamí e ) de Uruiuaiana (pa- So pilto • UM)

m- UM BEIJO CENTENÁRIO

A Banda da Brigada Militar, autoridades. Velhos amigos, dezenas- de crianças, para quem ela distribuiu dezenas dc beifos (fotol, receberam, ontem, nn Aeroporto "Saldado nho. n missionária iiortc-ameriiana iMyonna Glenii, ...

ItMl i/nus ,/,- idade, c ata recepção — que o pfhrtnaff*r«_M«

m> tributa a visitantes ilustres — tmodoUOU profunda mente miss Layorm*, Chagou afirmando que nada disse, im Rio, _(5->ic biquínis; condenou Cardin a sitos saias curtas e. para mostrar sua excelente dispoSção e vigor, .< ,1a idade avançada, segurou maestro du Banda da Brigada Militar c O sacudiu repelidas vezes.

i nt meio un sorriso satisfeito dos que a rsetpciou ttoticidrio com maiotes dttuthts na pagtr-a 1.)

_S___\ i_a^^^___\

_r <_p^Ê

________ _j_____________\

_____¦ t" . *_nfc

_____________

\ :_.* _&_¦ fWà

w_W_tf^*___W m

!*_________:*- _W"

____

-"

' -J*am___A.'

B< - ii__\_\t-*' JJk\% * ¦ ^__Wf^

\____W__m J'^_wÊ_

^E__\\\__***U______^_W\ U ______ ¦" 1

______¦ t '4'

*_ __ ______

^^^_t,it" ~_W

"mut

O** ^^ttmtm f* ^^ Jm

^m_. wmmmm *^mrjf^m

40- A PROMESSA DO MINISTRO

o iiuin.iii imite: l(mua tcsvti da palavra durtutt o ,i, :m oftracUo, ontem, tm Santa Vttórit ,io o... i* encontravam <> ministro d, Otwt nttUsus í" Uruguai tngtnheiro Isidm Veio nl dv Ministtrio ,1, Relações mbaixtdoi l'm Conta: o sremarto dos Trans tnhtiro l,imlnino Rolilt; o general Canttdio

• ' 'o .(iniaiidanlc da IDH c outras autoridades nantfltton mais uma vez o ml tr tu* d»

todavia da ALALC". para

qn* Jgar* MnnM._d.ll

_______ dum -temo i _ tua aatrada

durante a minha (fatio Como li .oi noticiado, ji ki une cuba dcMlnada ao tredto Chul-íalm. no valor d* cri»

bilMe* de cruwüoa Mto Ut, porra a» o mlnlMdrlo m Vá- mam U-nmt «aa* toW ati o Om do uno. iptaar da -_•

portinrt» deaU rodovia, o DNEH Mm outras obra» a nu- lixar tunMin importan to t*

prioritária»"

O mal Jura* lavora cb*

gou _ SU Vitória ia 11.15 bo- ra*. un avlio d* FAB, pro- cedem-, d* Montevidéu. Em

*u* companhia, viajaram o ml nistro Isldro V*ju Hodrlguei Viaçio e Obra* do Dru- guali o en.uanador Pto Oor- ra*. i4 eiirlo-fl*rai do Ita- raarau. túétn át técnloc» du MVOP A comlUv- foi raoep- cionada no aeroporto, paloe

*rt. Tertuliano BoOU. Mcretá- rto uo* Transporta* e repre- aentante do governador lido Meoecbettl. Joáo Oliveira Ro- di Unes prefeito municipal;

gen. Cândido F da Cru*, oo- mandante da ID 3 e represen- tante do gen. JueUno Abre*

Ba.si._s e outra* autoridana*

lülMgraeâo

— A conclusio da BH-471 — (UM*, nor su* vm. o prefeita Joio OUveir» Rodngu** a uma questio de Mda ou morte Cre

eata cidade a para _0-

• aon* Sul d* Estado Si- t» enj-ad*. ura* mu Mrmma d*, rnimantará a mu» m-

iegi.i-_.ii.. d* teto na reauoa- de brariielra. de que estamos sl«s> uios pelo trecho Cbul- T.um • i-ompleUr _t a ostra- da rXs ALALC, que unir* _o- do o continente lul-amencano e oor onde circulará i rtque- sa do futuro. Os nosso» par- qu - fabril de Sio Paulo. Rio

P Alegre precisam dessa rodovia para exportar e ala **- maior fabricante de dlvl-

sas para o nosso paia"

fio i a lavor

Falando sobra o mesmo _*- sunto i embalxaüor Pio f_t-

rt» (daa* qu* "esta estrada teni grande Inten*** econò- mico pura todo o pais. Ser- vtr* r*n drenar a riquíssima produsác desta sona e para incentivai as troca* Interna- clonals do Brasil com os pai- ses d.i Prata*

Ji o ministro Veio Rodrl- gue* assim se manifestou: "X sempre um grande prazer vi- sitar esu pai*, especialmente hoje, quando aqui venbo oara observai um assunto d* tào grande relevância para o Ura- lil e c Uruguai, como e o oa- so desta rodovia, • BR-171 e- la ligara Montevidéu ao Bra- sll. arrvlrá a Zona de Livre Comércio e unirá dua" belas cldadts P. Alegre e Mun- tevlJ.ü — inteiramente por vt»

as f a 11 • da. aumentando em mulio *_ já tradicionais anua»- de* 'jos nossos povos. Aguar- damor nós, o* uruguaio*, co_p muito interesse, que o BraaU ternviic esta magnífica rodo- via"

Mai» obra»

Du aeroporto, a caravana ru- mou par* o porto local, onde o ministro Juaret Tavora ms- pecl " i as obras de recuoe- ra.,» i oue o DNOS executa Depois ce ser solicitado • do- tar o DCT de um prédio novo neita cidade, o mlnlitro d*

Viaçio e comitiva Inspeciona- ram . estrada que liga Sta Vitória ao Chul. participando, tambam. de um ehurras.-o o- caslio em que vários oradores encareceram ao mal Juares Távori a necessidade da con- clusio d.. BR-4T1.

A Imprensa, declarou, alada, o titular do MVOP. "A

fron- tetra vai aer beneficiada na»- te exercido. V*mua empregar 500 ml-Mea na recuperação da rodovia Jaguarin- Pelotas e na Pinmr Maua. que ligará a- quela cidade a Rio Branco no Uruguai Este ano, vamos Inl- ciar. também, a Ponte Quarai- Artlgis e ainda dar novo __- tido ,. navegaçio fluviai. a respeit da qual, sairá esta se- mana, alteraçio na leglslaçio, eliminando part* da burrvra- cia e reduxlndo aa taxa* aa- ra os porto* fluvial» Ucustre» A Lago» Mirim vai melburai eom tudo Imo*

Jepois do eburruoo. ¦ ea- ravaru diilglu-se ao aeropor- to. tando o DC-3 da FAB dei- xade SU Vltórl* i* 1* *_ura*

rumo * Pelotas, ond* d***m- naraou o g*n CanUdlo P d*

Ous D* -Princ***

do »ul". a

"oni.nva mlnilterial *-gUlu Montevidéu devnvdo amanh*

retomar p*ra * Guanabara '

¦IO, 33 (Meridional) - Con- Mm St artigo* anteprojeto do Fundo de Garanti» de Tim- po d* Serviço, que acaba com a «ataWmtarla do* trabalha don*. «nrandnlMrto pelo ml- nU-árto do Trabalho a todas a* OoofadaraçO** de Trabalha doree d» Pala. pan aetudos • laiwaial di _m»na*« o aMf» artõãtro du que é as

•aavadb a lado o emprega do, » partir da vlUnda d*

M. u ebutto i acumulac*. do Umpo eu _antgo preetado ás

«¦aprtaaa «uJMta* ao regime da* Wa do trabalho, median te un aiatam* d* credito par»

•Mio d* km eobertura flnan tuttu aoa caaa» de «xttnoio do oontrato d* trabalho ou «m

•aaoa eenedais. durante a vi iHaeia «*ae contrato Par»

oob*_tnni do sistam. de crt Oto, a MBpidiB depoalttr*

rruri-aliii-iai. UU o filo dM ütü do aala aufeeequente ao m__t*_. «a coute bancária tiniMÜaia ao nome do «apre- tado. a imtiinMm ii oon**-

a Ut_ do salário Jate parcabido pei,

ao* respectivo* no-

* depdato* «{atuados nu conte» vtneulada* a, su Jrto» i corraçio monetárt*

na forma da leglslaçio eapeel Oca CMitUlIiaçto de Jures d* seguinte form*: 3% no*

dois primeiro» anos de per- mauluci* na mesma empresa:

fm do teroMro ao quinto *no de permantncUi na empré..

me* Oi

3% do Mato ao décimo ano;

f/_ * partir do dáclmo-pri- meiro ano d* permanência. _bn caao de mudança de empresa.

PHHHIHI para o ¦«¦»•- gado a ssaOOOsstU alva acima referida

do raadeio do contrato de trabalho por parta da am- presa, mn Juite cau**. ficará

•sta obrigada a depositar ao Fundo de Garanti» de Tempo de Serviço importincia Igual a d*a por cento do valor do aaldo da conte vinculada do empregado, na date da dl*

¦aaa.

Ocorrendo a reacisio do con trato de trabalho por Justa causa, o empregado perder.

a favor do Pundo aludido, s parcela de sua conta vtncu lada correspondente * corri çio monetária e os juro* ca plUlirado* durante o tempo de lervlço prettado i empre-

«a de que for despedido. O empregado poderi uttlher- ¦ do depósito d* conte vtncu lada na* seguintes condlçOe.

ocorrendo a extinção do eon trato de trabalho: em caao dr reaciiio pela empréaa, aem Juata causa ou cessaçio de sua* atividades comprovada mediante declaraçio desta ar Sindicato d* categori* do em

pregado ou * Justiça dp Tra balíso e ainda por aposente doria definitiva concedida pe

Prendtoeta Social * conta poderá ser livremente utiliza

da: no caao d* reoeteio pelo em pregado; wm Ju*ta caa». ou

pela empre»» com Juste cau-

**, » conta somente poderá ser utlllaada parcial ou total- niente com a «sslsténcla do Sindicato da categori* do em- pregado, na* «egulnte* situa- .óes devidamente comprova- das: constituição de capital P*ra estabelecimento por con t* própria, conforme di. pu ser o regulamento; aquisiçio de moradia própria; necessl dsda grave e premente pes

¦o*l ou familiar,

ata caio de morte do em negado, i cont* vtnuulads iodei* ser livremente utlll

¦ada

por teus dependente íabilltedos perante * previ léncla Social.

O anteprojeto assegura aos iiipregados que na date da ngencia da lei contarem com det ou mal* anos de serviço na mesma empresa, o direito de optarem pelo sistema tn- '.egral estabelecido na Con.o- lidaçáo das L*U do Trabalho.

caao em que ficario excluído;

tio regime da lei. O direito de opçto deverá aer exercido iu praso de 180 dia*, conte do* da vigência da lei. peran -e ¦ .iupr*«i, qne deverá fa-

•er a anoteçio na racpeetiv?

trtetra profissional Previ, também a extinçio '¦At seguintes Anui cargo as empresas: Fundo de Inde- lxaçao Trabalhista, criado pel» IM *J»/64: contribuição o*r» o B»nco NacolnaJ de Ha blteçio.

A PARTIR DE 31 DE

MARÇO VOCÊ TERÁ

0 NOVO DIÁRIO

u» jomol qut V. ajvfaré o fawr,

«mm «.cai. ét Ma rttmmm e 4et tem nl-bikKim, tm etsmttm o

4* c^ttrvirfode

0 NOVO DIÁRIO

Ê 0 NOVO DIÁRIO \

^m »IH |OrTIOI Mm cofnpr9Mtss#f, ^^B

| Mnão com o var dada a_______________fl__________

11 ttu» fl I

NOVO DIÁRIO I

0 NOVu DIÁRIO I

^fl ^& am retraio vtrdodeiro m

^^B Ml VIM ffl-KMr OOW00 COrpO

^| ^t a ama tradiçãa éu 41 oaat M

^^H ^^L a* tarviçat prattaaas ±^m

^^^H

^^^^ OO RIO VTOftOO 00 501 ^^^^^r

um jornal dinâmico,

cam mait roportagom, mait infonaafãot, comtntório»

o omploittOmt tlottrooo.

0 NOVO DIÁRIO

am |omal para torvUo

OM T000S OS SOfOTM

da athridada bwmaaa.

IIRyllOÇOlII SMTipiVS

a «roto.

CS ingressa na ARENA esta semana

RIO. 23 (Meridional) n ministro Costa e Silva

«o Inscreverá ainda eata ae- mana na ARENA. íormall-

«ando iu* condição de ,ioa- tulan'1 ao cargo presiden- 'uai. na área do partido go- vernlsta.

Ao se filiar ao partido .overnlsta. o gen. Costa a Silva fará rápido pronun- elemento político, avançan- do uma expllcaçio no sen- Udo de sua candidatura a lucessio do presidente Caa- teio Branco. O ministro convencido da importância de aprofundar contatos po-

«ticos a fim de consolidar

¦ua candidatura na irea parlamentar, teria conüado ao marechal Ofllio Deny*

a condução das articula- cões militares com o ohje tlvo de náo deixar abando- nado o esauema militar onde possui firme base d*

sustentação

para suas aa Mraçflea.

MDB em Praça Públicu BRASÍLIA. 23 (Mendlo- nal) O MDB aprovou a Instalação oficial do parti- do para o dia 1." de abril tm praça pública O sr Oa car Passos pediu ao tr Vieira de Melo a elabora- çio de um programa, tare- fa que o líder transferiu ao sr. Oliveira Brito, que co maçara a prepará-lo ama nhâ. O *r. Vieira de Mel»

claaaifica a solenidade em praça publica como o pri meiro acontecimento popu- lar do BraaU oo governo revolucionário* Quanu ao exvifi do urnblema «unea sdrio, o MDB decidiu qu»

manterá nosicio de expec- tativa até qua novo* fatoa venham a surgir.

4." Região condena os subversivos

JUIZ TM FORA. :i (MerMIle- ca!> - o CoriMiho Litraordínl- rto .udltorl» d* Gu_ira da ..a Resllo Militar condenou, ho- J_, por atividade» «ubTtratT»».

Naiiia s»ntuia «x-rovsxral» do Jornal ' Novoa Rumo»" ¦ 6 anoa de prlalo: Roberto Marconarl. a

* ano»: Edrnur Joee Fonseca, a

¦ ano*. Aiitci.lu omanelll, «d- vogado, aciswdo como mentor Intelectual daa I.Iirta Campone- aa». a . «noa. e Qui Afona. Al- mald». JOTnaliata, a n anoa d*

prlaAo. Oi condenado» foram lu!- nado. _ revelia, em virtude de te acharem toraaido» Todoa to- ram lnruraoa na Lal de _*__•

ruict Nacional.

DIÁRIO DE NOTICIAS

I \2/ ntAtmiE

5.«-feira - 2Ui-l«>6b UUM

«JI :S30 lí o, U.S.

Ois.0 . Padrlo I Abert uri

Adventurea In Enillab Pasi aporte * TV da Brinquedo LaaMa

Noaaa Su|_»t*o iiorraapondtncla Conhecer Para Participar Caminhou da Vida t-lnallndla tiatrll» - II.'ir o Chicote Paulo outono A Inin: 11 a Trl» no TH

li.l.irn.allMi O Roato Perdida

Prociam» B»pe.laJ i> Preço de Um» Vld»

II .canja ilranda Jornal Ipiranga

Informativo Ma.il»

T.iruniT»r»Id»d»

V»rtf

Lopumo no rutabol

• partir tu fa 31 éu morço.

V. Itré cam |M1t t proveito

a NOVO MAMO - • \_éu humano ém noticíot!

mmniitt. o* I

jnfWI

temem*- ^^^^ _

¦»«¦ '

moüsiRies ixfi

M U!*viU ««X,*»-'

¦ *'*U*W i-*í eo-o ttt ..cernem "<•

•Oi.» im. - »

fc—

Imagem

Referências

temas relacionados :