MEDIDOR PROFISSIONAL PARA PH EM SOLO MANUAL DE INSTRUÇÕES HI98168

Texto

(1)

MANUAL DE INSTRUÇÕES

HI98168

MEDIDOR PROFISSIONAL

PARA PH EM SOLO

(2)

Obrigada por escolher um produto Hanna Instruments.

Por favor, leia este manual de instrução atentamente antes de usar o instrumento.

Este manual fornecerá as informações necessárias para o uso correto do instrumento, assim como uma ideia precisa de sua versatilidade.

Se caso precisar de informações técnicas adicionais, não hesite em enviar um e-mail para vendas@hannainst.com.br ou acesse www.hannainst.com.br.

Caro

Cliente,

(3)

EXAME PRELIMINAR ...

MEDIDAS DE SEGURANÇA ...

DESCRIÇÃO GERAL ...

DESCRIÇÃO FUNCIONAL ...

ESPECIFICAÇÕES ...

pH DO SOLO ...

SUBSTRATO ORGÂNICO ...

ÁGUA DE IRRIGAÇÃO ...

SOLUÇÃO DE NUTRIENTES ...

GUIA OPERACIONAL ...

CALIBRAÇÃO DE pH ...

DEPENDÊNCIA DE TEMPERATURA DO BUFFER DE pH ...

BOAS PRÁTICAS DE LABORATÓRIO (GLP) ...

SETUP ...

ARMAZENAMENTO ...

AUTOEND ...

CALIBRAÇÃO DE TEMPERATURA (para uso técnico apenas) ...

INTERFACE DO PC ...

TROCA DE BATERIAS ...

CORRELAÇÃO DE TEMPERATURA PARA VIDRO SENSÍVEL A pH ...

CONDICIONAMENTO E MANUTENÇÃO DO ELETRODO ...

GUIA PARA SOLUÇÃO PROBLEMAS ...

ACESSÓRIOS ...

ÍNDICE

4 4 6 9 13 17 29 31 43 5 8 13 14 19 30 42

44 46 50 51 55 52 56

(4)

Retire o instrumento e os acessórios da caixa e o examine cuidadosamente, para ter certeza de que o instrumento não está danificado.

Se algum dano ocorreu durante o transporte, contate seu revendedor.

Cada instrumento é fornecido com:

•HI12923 Eletrodo recarregável, com corpo de vidro, ponta cônica e com sensor interno de temperatura

•HI700663 Solução de limpeza para resíduos de solo (1pç)

•HI700664 Solução de limpeza para resíduos de húmus (1pç)

•HI7051M Solução para teste de solo (230mL)

•HI92000 Software para PC

•HI920015 cabo USB

•HI721319 broca de chão

•Soluções de calibração de pH 4.01 & 7.01 (230mL cada)

•Béquer de 100 mL (2 pçs.)

•Pilhas AA 1.5V (4 pçs.)

•HI720161 Estojo de Transporte Resistente

•Manual de Instrução de Rápido Guia de Referência

•Certificado de Qualidade do Instrumento

EXAME PRELIMINAR

Nota: Guarde todas as embalagens até ter certeza de que o instrumento funciona corretamente.

Qualquer item defeituoso ou avariado deve ser devolvido em sua embalagem original com os acessórios fornecidos.

Antes de usar este produto, tenha certeza de que ele é adequado para a sua aplicação e para o am- biente em que será usado.

A operação deste instrumento pode causar interferência em outros equipamentos eletrônicos, exigin- do que o operador tome os cuidados necessários para corrigir a interferência. Qualquer alteração fei- ta pelo usuário ao instrumento fornecido pode prejudicar o desempenho do EMC do instrumento.

Para evitar danos ou queimaduras, não coloque o instrumento em fornos micro-ondas. Para a sua segurança e a do instrumento, não use ou armazene-o em lugares perigosos.

(5)

DESCRIÇÃO GERAL

Outras funções incluem:

• Registro sob demanda de até 200 amostras (100 pH e 100 mV).

• Função Auto Hold, que congela na tela a primeira leitura estável.

• Função GLP, para visualizar os últimos dados de calibração e pH.

• Interface para PC.

O HI98168 é um medidor portátil de pH e temperatura desenvolvido especificamente para medição dire- ta em solo. É fornecido com uma série de novas funções de diagnóstico que adicionam uma nova dimen- são a medição de pH, ao permitir que o usuário melhore drasticamente a confiança da medição:

• Sete padrões de buffers (pH 1.68, 4.01, 6.86, 7.01, 9.18, 10.01 e 12.45) para calibração.

• Calibração de pH até 5 pontos (ver especificações do instrumento).

• Calibração customizada com até 5 padrões customizados.

• Mensagens no visor LCD para uma calibração mais fácil e precisa.

• Diagnóstico CAL CheckTM para avisar o usuário quando o eletrodo precisa ser limpo.

• Aviso opcional ativado pelo usuário de “Fora da Faixa de Calibração”.

• Monitoramento de envelhecimento de eletrodo.

• Aviso de “Expiração de Calibração” selecionável pelo usuário para lembrar quando uma calibração é necessária.

O HI12923 é um eletrodo de pH recarregável, com corpo de vidro e junção única. Este eletrodo pos- sui uma junção tripla de cerâmica na célula externa de referência e uma ponta cônica sensível a pH feita com vidro de baixa temperatura. Há um amplificador integrado e um sensor de temperatura embutido para leituras de pH com compensação de temperatura automática.

(6)

1) LCD.

2) Teclas Funcionais.

3) / para navegar pelos buffers de calibração, opções de setup, compensação manual de 4) ON/OFF ( ) para ligar e desligar o instrumento.

5) LIGHT ( ) para alternar a luz de fundo da tela.

6) GLP para mostrar informações de Boas Práticas Laboratoriais.

7) CAL para entrar ou sair do modo de calibração.

8) SETUP para entrar ou sair do modo SETUP.

9) RCL para entrar ou sair do armazenamento de dados.

10) MODE para mudar a resolução de pH.

11) RANGE para mudar entre pH e mV.

12) HELP para entrar ou sair da ajuda contextual.

VISÃO FRONTAL

DESCRIÇÃO FUNCIONAL

Soil pH Meter

temperatura e dados registrados.

(7)

14) Conector DIN de conexão rápida.

15) Conector USB.

VISÃO DE CIMA

DESCRIÇÃO FUNCIONAL

(8)

ESPECIFICAÇÕES

pH Faixa -2.0 a 20.0 pH / -2.00 a 20.00 pH / -2.000 a 20.000 pH

Resolução 0.1 pH / 0.01 pH / 0.001 pH

Precisão ±0.1 pH / ±0.01 pH / ±0.002 pH

Temperatura Faixa -20.0 a 120.0 °C (-4.0 a 248.0 °F)

Resolução 0.1 °C (0.1 °F)

Precisão ±0.4 °C (±0.8 °F) (excluindo erros da sonda)

mV

Faixa ±2000.0 mV

Resolução

0.1 mV

Precisão ±0.2 mV

Calibração de pH Até 5 pontos de calibração, 7 padrões de buffers disponíveis (pH 1.68, 4.01, 6.86, 7.01, 9.18, 10.01, 12.45), e 5 buffers

customizados

Calibração de Inclinação De 80 a 110%

Compensação de Temperatura Automática

Eletrodo de pH HI12923 pH & temperatura

Armazenamento Sob demanda, 200 amostras (100 pH e 100 mV)

Impedância de Entrada 10¹² Ω

Tipo/Vida da Bateria 4 pilhas AA 1.5V / aprox. 200 horas de uso contínuo sem luz de fundo (50 horas com luz de fundo)

Desligamento Automático Selecionável pelo usuário: 5, 10, 30, 60 minutos ou desativado

Interface para PC USB opto-isolado

Dimensões 185 x 93 x 35.2 mm

Peso 400 g

Ambiente 0 a 50 °C (32 a 122 °F) max. RH 100% IP67

(9)

pH é a medição da concentração de íons de hidrogênio [H+]. A escala de pH vai de 0 (muito ácido) a 14 (básico) com pH 7 sendo neutro. Solo pode ser ácido, neutro ou alcalino.

Fig. 1. Mostra a relação entre a escala de pH e os tipos de solo. A maior parte das plantas prefere uma faixa de pH entre 5.5 e 7.5; mas algumas espécies preferem solos mais ácidos ou mais alcalinos. Mesmo assim, toda planta tem um objetivo para o crescimento ideal.

Fig. 1. Tipos de solo de acordo com o valor de pH

O pH influencia fortemente a disponibilidade de nutrientes e a presença de micro-organismos e plantas no so- lo. Por exemplo, fungos preferem condições ácidas enquanto a maior parte das bactérias, especialmente aque- las que fornecem nutrientes às plantas, tem preferência por solos moderadamente ácidos ou levemente alcali- nos. De fato, em condições de acidez muito forte, a fixação de nitrogênio e a mineralização de resíduos vege- tais são reduzidas.

Plantas absorvem os nutrientes dissolvidos na água do solo e a solubilidade de nutrientes depende muito do valor de pH. Por isso, a disponibilidade de elementos é diferente em níveis diferentes de pH (Fig. 2).

Fig. 2. Solubilidade de elementos de acordo com a variação de pH

pH DO SOLO

(10)

Cada planta precisa de elementos em quantidades diferentes e é esta a razão pela qual cada planta requer uma faixa específica de pH para otimizar seu crescimento.

Por exemplo, ferro, cobre e manganês não são solúveis em um ambiente alcalino. Isto significa que plantas que necessitam destes elementos devem estar teoricamente em um tipo ácido de solo. Nitrogênio, fósforo, po- tássio e enxofre, por outro lado, estão prontamente disponíveis em uma faixa de pH mais próxima da neutrali- dade. Valores anormais de pH podem elevar a concentração de elementos tóxicos para plantas. Por exemplo, uma planta pode não tolerar um excesso de íons de alumínio que podem aumentar sob condições ácidas.

Quando os valores de pH estão muito distantes de condições neutras, isso pode resultar em um solo mais com- pacto e menos permeável.

Uma Estratégia de Gerenciamento de Solo com relação ao pH

• É recomendável a escolha de sementes que sejam adequadas para a faixa de pH do solo (por exemplo, em um solo ácido, cultive arroz, batata, morango).

• Adicione fertilizantes que não aumentem a acidez (ureia, nitrato de cálcio, nitrato de amônia e superfosfato) ou abaixem a alcalinidade (sulfato de amônia).

• Uma avaliação de custo deve ser feita antes da modificação do pH do solo para determinar o custo de melho- radores de solo versus o valor das plantas cultivadas.

• Modificação de pH pode produzir um melhoramento crítico no desempenho da planta, mas pode levar um tempo ou ter vida curta.

Por exemplo, ao se adicionar cal, os efeitos em solo de argila podem durar por até 10 anos, mas apenas 2 ou 3 anos em um solo arenoso.

Para um solo ácido, podemos usar substâncias como cal, dolomítico, calcário e marga, de acordo com a natu- reza do solo. Ver a Tabela 1.

pH DO SOLO

Melhoradores de Solo Solo de Argila Solo Siltoso Solo Arenoso

CaO 30-50 20-30 10-20

Ca(OH)2 39-66 26-39 13-26

CaMg(CO3)2 49-82 33-49 16-33

Ca CO3 54-90 36-54 18-36

Tabela 1. Quantidade por hectare (q/ha) de composto puro necessário para aumentar 1 unidade de pH.

(11)

Diferentes minerais que ocorrem naturalmente podem afetar o pH do solo da mesma maneira, mas o método de correção pode divergir. Usemos pH de solo elevado como exemplo:

- Solos ricos em calcário:

Adicione matéria orgânica (melhoradores não orgânicos como enxofre ou ácido sulfúrico podem não fazer sen- tido do ponto de vista econômico devido as grandes quantidades necessárias).

- Solos alcalino-salinos:

Um uso apropriado de irrigação pode fornecer resultados positivos (irrigação por gotejamento) ao expelir sais.

pH DO SOLO

Melhoradores de Solo (compostos puros) Quantitade (kg) Calcium chloride: CaCl2 · 2H2O 85

Sulfuric acid: H2SO4 57

Sulfur: S 19

Iron sulfate: Fe2 (SO4)3 · 7H2O 162 Aluminum sulfate: Al2 (SO4)3 129

Procedimento para medição direta no solo

1) Verifique se o medidor está configurado corretamente e o eletrodo de pH está calibrado.

2) Cave, descartando 5 cm de solo superficial.

3) Perfure o solo (com a broca de chão HI721319) até uma profundidade de cerca de 20cm ou mais.

4) Se o solo estiver seco, umidifique com uma pequena quantidade de água destilada.

5) Lave o eletrodo com água da torneira (não destilada).

6) Insira o eletrodo empurrando-o levemente no solo, para garantir o contato adequado.

7) Observe a medição.

8) Lave o eletrodo com água da torneira (não destilada) e (usando os dedos) gentilmente remova qualquer solo restante (evite usar panos).

9) Repita o processo em diferentes lugares do campo.

10) Considere a média dos dados medidos.

Se a alcalinidade é causada por sódio, é recomendável que se adicione substâncias como gesso (sulfato de cálcio), enxofre ou outros compostos sulfúricos. Neste caso, uma avaliação dos custos é necessária. Ver a Tabela 2.

Tabela 2. Quantidades que fornecem o mesmo resultado de 100kg de gesso.

(12)

Para melhores resultados, é recomendável que se faça a medição de pH de um solução de solo utilizando uma amostra de solo e uma solução de preparação de solo HI7051; este procedimento é altamente recomendável se o solo a ser medido for o de um campo pedregoso no qual se corre o risco de avariar o medidor.

Procedimento para a medição da solução de solo (1:2,5)

A) Verifique se o medidor está configurado corretamente e o eletrodo de pH está calibrado.

B) Fazendo a amostra 1) Extraindo Amostra do Solo

Retire uma amostra por 1000m2 (0.25 acres) de área homogênea. Mesmo para área menores, 2 amos- tras são recomendáveis (quanto mais amostras, melhor os resultados finais, porque o resultado será mais representativo).

2) Evite retirar amostras de solos que apresentem anomalias óbvias e considere-as separadamente.

3) Quantidade da amostra:

Retire a mesma quantidade de solo para cada amostra. Por exemplo, use sacolas com dimensões simila- res (1 sacola por amostra).

4) Profundidade da extração:

Geral: cave e descarte 5 cm de solo superficial.

Culturas Herbáceas: de 20 a 40 cm de profundidade.

Pomares: de 20 a 60 cm de profundidade.

5) Espalhe as amostras de solo em páginas de um jornal e deixe-as secar na sombra ou coloque-as no forno a 40°C.

6) Esmigalhe o solo seco e junte todas as amostras para obter uma mistura homogênea, descartando pedras e resíduos vegetais.

7) Desta mistura, retire a amostra de solo para análise.

C) Preparação e medição da solução de solo 1) Peneire o solo a 2 mm.

2) Pese 10g de solo e coloque em 25ml de solução de preparação de solo HI7051 (use a proveta apropriada) ou 20g de solo para 50ml de solução de preparação de solo.

3) Misture por 30 segundos.

4) Espere por cerca de 5 minutos.

5) Misture de novo e faça a medição de pH da solução.

pH DO SOLO

(13)

A medição de pH de substratos orgânicos é importante em estufas e viveiros. O pH deveria ser checado no iní- cio para se ter certeza de que o pH do substrato comprado é o desejado (o pH pode mudar também se passar muito tempo entre a data de empacotamento e o momento da utilização).

A) Verifique se o medidor está configurado corretamente e o eletrodo de pH está calibrado.

B) Medição direta no vaso:

Se o substrato estiver seco, adicione um pouco de água destilada. Insira o eletrodo no solo e faça a medição.

C) Medição da solução de substrato orgânico (1:2):

Deixe o substrato secar e descarte os resíduos grosseiros de vegetais e os seixos.

Prepare uma solução composta de 1 parte de húmus e 2 partes da solução HI7051 (por exemplo: encha o bé- quer com até 50ml de substrato, aperte levemente, esvazie o conteúdo em outro recipiente e adicione 100ml de solução HI7051).

Misture por 30 segundos e então espere 5 minutos. Misture de novo e faça a medição do pH da solução.

SUBSTRATO ORGÂNICO

A qualidade da água de irrigação é um fator muito importante. Se o valor de pH estiver muito distante do pH 7, é possível que outras anomalias estejam presente.

Faixas para avaliação de qualidade da água:

- 6 a 8.5 pH: boa, pode ser utilizada sem problemas.

- 5 a 6 pH ou 8.5 a 9 pH: suficiente, cultivos sensíveis podem ter problemas.

- 4 a 5 pH ou 9 a 10 pH: use com cuidado, evite molhar a vegetação/evite usar se possível.

- pH<4 ou pH>10: outras anomalias devem ser identificadas via análise química. Não use para irrigação.

ÁGUA DE IRRIGAÇÃO

(14)

Um programa de fertilização racional é requerido para o crescimento ideal das plantas em estufas. O valor de pH da solução de nutriente (água + fertilizante) tem que estar de acordo com as necessidades das plantas.

Se um sistema de fertirrigação com controle automático de pH for usado, tenha a certeza de que está funcio- nando corretamente. Verifique o pH da solução de irrigação assim como qualquer solução reciclada.

Tabela 3. O valor ideal de pH para várias plantas.

SOLUÇÃO DE NUTRIÇÃO

PLANTAS DE POMAR

Faixa de pH preferível Faixa de pH preferível

Maçã 5-6.5 Laranja 5-7

Damasco 6-7 Pêssego 6-7.5

Cereja 6-7.5 Pêra 6-7.5

Toranja 6-7.5 Ameixa 6-7.5

Parreira 6-7 Romã 5.5-6.5

Limão 6-7 Noz 6-8

Nectarina 6-7.5

CULTIVOS VEGETAIS E HERBÁCEOS

Faixa de pH preferível Faixa de pH preferível

Alcachofra 6.5-7.5 Pimenta 6-7

Aspargo 6-8 Batata Primor 4.5-6

Cevada 6-7 Batata 4.5-6

Feijão 6-7.5 Batata Doce 5.5-6

Couve de Bruxelas 6-7.5 Abóbora 5.5-7.5

Cenoura 5.5-7 Arroz 5-6.5

Cenoura 5.5-7 Soja 5.5-6.5

Pepino 5.5-7.5 Espinafre 6-7.5

Berinjela 5.5-7 Morango 5-7.5

Alface 6-7

Milho 6-7.5 Beterraba 6-7

Melão 5.5-6.5 Girassol 6-7.5

(15)

GRAMADO Faixa de pH preferível

Gramado 6-7.5

FLORES E PLANTAS DE JARDIM

Faixa de pH preferível Faixa de pH preferível

Acácia 6-8 Ligustro 5-7.5

Acanto 6-7 Magnólia 5-6

Amaranto 6-6.5 Narciso 6-8,5

Buganvília 5.5-7.5 Oleandro 6-7.5

Dália 6-7.5 Paulownia 6-8

Erica 4.5-6 Portulaca 5.5-7.5

Euphorbia 6-7 Prímula 6-7.5

Fúcsia 5.5-7.5 Rododendro 4.5-6

Genciana 5-7.5 Rosas 5.5-7

Gladólo 6-7 Sedum 6-7.5

Heléboro 6-7.5 Girassol 5-7

Jacinto 6.5-7.5 Tulipa 6-7

Íris 5-6.5 Viola 5.5-6.5

Zimbro 5-6.5

SOLUÇÃODE NUTRIENTES

PLANTAS DOMÉSTICAS

Faixa de pH preferível Faixa de pH preferível

Abutilon 5.5-6.5 Gardênia 5-6

Violeta Africana 6-7 Gerânio 6-8

Antúrio 5-6 Hibisco 6-8

Araucária 5-6 Jasmine 5.5-7

Azaléa 4.5-6 Kalanchoe 6-7.5

Begônia 5.5-7.5 Mimosa 5-7

Camélia 4.5-5.5 Orquídea 4.5-5.5

Cróton 5-6 Palmas 6-7.5

(16)

Ciclâmen 6-7 Peperômia 5-6

Dieffenbachia 5-6 Filodendro 5-6

Dracena 5-6 Yucca 6-7.5

Frésia 6-7.5

TTabela 3. pH ideal para várias Plantas.

SOLUÇÃODE NUTRIENTES

(17)

GUIA OPERACIONAL

PREPARAÇÃO INICIAL

O instrumento é fornecido completo com 4 pilhas AA 1.5V. Para colocar as pilhas no medidor, ver página 50.

Lembre-se de usar a cobertura protetora do USB quando o medidor não estiver conectado ao computa- dor, para garantir a proteção à prova d’água.

Conecte o eletrodo de pH/temperatura ao conector DIN do HI98168.

Aperte a tecla ON/OFF para ligar o instrumento.

Na inicialização, o visor mostrará o logo da Hanna Instruments por alguns segundos, em seguida será mostrada a porcentagem de bateria, então o modo de medição.

Após a medição, desligue o instrumento, limpe o eletrodo e guarde com algumas gotas da solução de armazenamento HI70300 na tampa protetora (ver página 53).

A função de desligamento automático (Auto Power Off) desliga o instrumento depois de um período programado (padrão de fábrica: 30 min) para preservar a vida útil da bateria. Para programar ou- tro período ou desabilitar essa função, ver o menu SETUP na página 31.

A função de desligamento automático da luz de fundo (Auto Light Off) desliga a luz de fundo depois de um período programado (padrão de fábrica: 1 min). Para programar outro período ou desabilitar essa função, ver o menu SETUP na página 31.

MEDIÇÕES DE pH

Para fazer uma medição de pH, retire a tampa protetora do eletrodo e mergulhe a ponta do eletro- do (4cm) na amostra a ser testada.

Aperte a tecla RANGE para escolher entre as faixas de pH e de mV.

Use a tecla MODE para selecionar a resolução de pH.

Deixe que o eletrodo se ajuste e a leitura se torne estável (o símbolo de ampulheta desaparece).

(18)

GUIA OPERACIONAL

• Leitura de pH com a resolução selecionada.

• Leitura de temperatura na unidade selecionada (°C ou °F).

• A condição do eletrodo durante o dia de calibração.

• Os buffers utilizados na última calibração de pH (se a função estiver ativada em SETUP).

• Indicador de nível de bateria.

• Teclas funcionais disponíveis.

Para fazer medições de pH mais precisas, tenha certeza de que o instrumento está calibrado (ver página 19 para detalhes sobre calibração).

É recomendável que o eletrodo seja sempre mantido úmido e que antes do uso seja enxaguado cui- dadosamente com a amostra a ser medida.

A leitura de pH é diretamente afetada pela temperatura. Para medições precisas de pH, a tempera- tura deve ser levada em consideração. Se a temperatura da amostra é diferente da temperatura na qual o eletrodo de pH foi mantido, ele levará alguns minutos para alcançar equilíbrio térmico.

Na tela de pH são mostradas:

MEDIÇÕES DE TEMPERATURA

O sensor de temperatura do HI98168 é conectado pelo encaixe DIN.

Nota: A temperatura pode ser mostrada em graus Celsius(°C) ou em graus Fahrenheit (°F).

(ver SETUP para detalhes, página 31) LUZ DE FUNDO

O instrumento possui uma função de Luz de Fundo, que pode ser ligada e desligada facilmente através da tecla LIGHT.

Nota: A luz de fundo é automaticamente desligada após um período programado (ver SETUP para detalhes, página 31).

(19)

CALIBRAÇÃO DE pH

É recomendável a calibração frequente do instrumento, especialmente se alta precisão é requerida.

A faixa de pH deve ser recalibrada:

• Sempre que o eletrodo de pH é trocado.

Pelo menos uma vez por semana.

Após testar químicos agressivos.

Quando a calibração expira – “CAL DUE” pisca na tela (se a função estiver ativada em SETUP).

Se a mensagem “Fora da Faixa de Calibração” pisca na tela durante a medição de pH (a faixa de medição não é coberta pela calibração atual, se a função estiver ativada em SETUP).

PROCEDIMENTO

O instrumento HI98168 permite que o usuário escolha entre sete padrões de buffer (pH 1.68, 4.01, 6.86, 7.01, 9.18, 10.01 e 12.45), e que selecione até 5 buffers personalizados (os valores dos buffers a 25°C).

Quando um buffer customizado é selecionado durante a calibração, a tecla funcional Custom é mos- trada no visor. Use a tecla funcional para mudar o buffer personalizado. Use / para mudar o valor em uma janela de ±1.00 pH, de acordo com a leitura de temperatura, então aperte Aceitar.

Aperte ESC para deixar os valores dos buffers personalizados inalterados.

Para medições precisas de pH, é recomendável realizar a calibração com buffers que suportem o valor de pH esperado. É recomendável que se faça ao menos dois pontos de calibração.

O instrumento irá pular automaticamente os buffers usados para realizar a calibração e os que esti- verem em uma janela de ±0.2 pH em torno dos buffers calibrados.

• Retire a tampa protetora e enxágue o eletrodo com água destilada ou deionizada.

• Despeje pequenas quantidades das soluções de buffers selecionadas em provetas limpas. Para uma calibração precisa, use duas provetas para cada solução de buffer, a primeira para enxaguar o ele- trodo e a segunda para calibração.

(20)

CALIBRAÇÃO DE pH

• Aperte CAL. O instrumento mostrará o valor medido de pH, o valor esperado do primeiro buffer e a leitura de temperatura.

• Se necessário, aperte / para selecionar um valor de buffer diferente.

• A tag “ ” piscará no visor até que a leitura esteja estável.

• Quando a leitura estiver estável e dentro da faixa do buffer selecionado, a tecla funcional CFM será mostrada.

CALIBRAÇÃO DE 5 PONTOS

• Mergulhe o eletrodo de pH, aproximadamente 4 cm, em uma solução de buffer de sua escolha (pH 1.68, 4.01, 6.86, 7.01, 9.18, 10.01, 12.45 ou um buffer personalizado) e mexa suavemente.

• Aperte CFM para confirmar o primeiro ponto.

• O valor calibrado e o valor esperado do segundo buffer são mostrados no visor.

(21)

Quando a leitura estiver estável e dentro da faixa do buffer selecionado, a tecla funcional CFM será mostrada.

Se necessário, aperte / para selecionar um valor de buffer diferente.

A tag “ ” piscará no visor até que a leitura esteja estável.

Aperte CFM para confirmar o primeiro ponto.

O valor calibrado e o valor esperado do terceiro buffer são mostrados no visor.

CALIBRAÇÃO DE pH

• Depois que o primeiro ponto de calibração for confirmado, mergulhe o eletrodo, aproximada- mente 4cm, na segunda solução de buffer e mexa suavemente.

Depois que o segundo ponto de calibração for confirmado, mergulhe o eletrodo, aproximada- mente 4cm, na terceira solução de buffer e mexa suavemente.

(22)

Quando a leitura estiver estável e dentro da faixa do buffer selecionado, a tecla funcional CFM será mostrada.

Quando a leitura estiver estável e dentro da faixa do buffer selecionado, a tecla funcional CFM será mostrada.

Se necessário, aperte / para selecionar um valor de buffer diferente.

A tag “ ” piscará no visor até que a leitura esteja estável.

Se necessário, aperte / para selecionar um valor de buffer diferente.

A tag “ ” piscará no visor até que a leitura esteja estável.

Aperte CFM para confirmar o ponto.

O valor calibrado e o valor esperado do quarto buffer são mostrados no visor.

Depois que o terceiro ponto de calibração for confirmado, mergulhe o eletrodo, aproximada- mente 4cm, na quarta solução de buffer e mexa suavemente.

CALIBRAÇÃO DE pH

• •

(23)

Quando a leitura estiver estável e dentro da faixa do buffer selecionado, a tecla funcional CFM será mostrada.

Se necessário, aperte / para selecionar um valor de buffer diferente.

A tag “ ” piscará no visor até que a leitura esteja estável.

Aperte CFM para confirmar o ponto.

Aperte CFM para confirmar o ponto.

O valor calibrado e o valor esperado do quinto buffer são mostrados no visor.

Depois que o quarto ponto de calibração for confirmado, mergulhe o eletrodo, aproximada- mente 4cm, na quinta solução de buffer e mexa suavemente.

CALIBRAÇÃO DE pH

• •

• • O instrumento armazena os valores de calibração e volta ao modo de medição normal.

(24)

CALIBRAÇÃO DE UM, DOIS, TRÊS OU QUATRO PONTOS

• Prossiga como descrito na seção “CALIBRAÇÃO DE CINCO PONTOS”.

• Aperte CAL ou ESC depois do ponto de calibração apropriado aceito. O instrumento voltará ao modo de medição e memorizará os dados de calibração.

MODO PRIMEIRO PONTO

Duas opções SETUP estão disponíveis para determinar como a calibração anterior será afetada por uma subsequente calibração de ponto único. Essas opções são substituição e compensação.

Se a opção Substituir for selecionada, as inclinações entre o buffer atual e os buffers inferiores e superiores mais próximos serão recalculadas.

Se a opção Compensação for selecionada, uma correção de compensação do eletrodo é realizada, mantendo as inclinações existentes inalteradas.

TELAS DE ERRO Buffer Errado

A calibração não pode ser confirmada.

A leitura de pH não está dentro da faixa do buffer selecionado. Selecione outro buffer usando as te- clas / ou mude o buffer.

CALIBRAÇÃO DE pH

Eletrodo Sujo/Quebrado alternado com Buffer Contaminado A calibração não pode ser confirmada.

A compensação do eletrodo não está dentro de uma faixa aceitável. Verifique se o eletrodo está

(25)

CALIBRAÇÃO DE pH

Inclinação Errada

A calibração não pode ser confirmada.

A inclinação avaliada é menor do que o menor valor aceitável (80% da inclinação padrão).

A inclinação avaliada é maior do que o maior valor aceitável (110% da inclinação padrão).

Antiga Inclinação Errada

Uma inconsistência entre a calibração nova e a anterior (antiga) foi detectada. Limpe os parâme- tros da antiga calibração e siga com a calibração do ponto atual. O instrumento manterá todos os valores confirmados durante a calibração atual.

Nota: Para calibração de ponto único, a condição do eletrodo não é mostrada na tela de medição.

Cada vez que um buffer é confirmado, os novos parâmetros de calibração substituem os antigos parâmetros de calibração do buffer correspondente.

(26)

CALIBRAÇÃO DE pH

Se o atual buffer confirmado não tiver correspondente na calibração armazenada existente e o ar- mazenamento não estiver cheio, o buffer atual é adicionado à calibração já armazenada.

Se a calibração armazenada estiver cheia (cinco pontos de calibração), após confirmar o ponto de calibração, o instrumento perguntará qual buffer deve ser substituído pelo buffer atual.

Aperte / para selecionar outro buffer para ser substituído.

Aperte CFM para confirmar o buffer que será substituído.

Aperte CAL ou ESC para sair do modo de substituição. Neste caso, o buffer não será memorizado.

Nota: O buffer substituído não é removido da lista de calibração e pode ser selecionado para os próximos pontos de calibração.

TRABALHANDO COM BUFFERS PERSONALIZADOS

Se ao menos um buffer personalizado foi configurado no menu SETUP, ele poderá ser selecionado para calibração usando as teclas / . A tecla funcional Custom será mostrada.

Aperte Custom se quiser ajudar o valor do buffer de acordo com a temperatura.

Use as teclas / para mudar o valor do buffer.

(27)

CALIBRAÇÃO DE pH

TRABALHANDO COM BUFFERS DE MILI PH

Se a calibração for invocada na faixa de mili pH, o buffer pode ser modificado em uma faixa de

±0.020 pH de acordo com o rótulo no buffer de calibração.

Aperte Mudar para entrar no modo de ajuste do buffer.

Use / para mudar o valor do buffer.

Aperte Aceitar para confirmar o novo valor ou ESC para sair do modo de ajuste.

LIMPAR CALIBRAÇÃO

Aperte a tecla funcional Limpar quando esta aparece para limpar calibrações antigas.

Todas as calibrações antigas serão apagadas e o instrumento continuará a fazer as calibrações.

Os pontos confirmados na calibração em curso serão mantidos.

Nota: Se a Limpeza de Calibração for feita durante o primeiro ponto de calibração, o instru- mento volta ao modo de medição.

(28)

CALIBRAÇÃO DE pH

AVISO DE LIMPEZA DO ELETRODO

Cada vez que uma calibração de pH é realizada, o instrumento compara, internamente, a nova cali- bração com a que foi armazenada anteriormente.

Quando esta comparação indica uma diferença significante, a mensagem de aviso “Limpar Ele- trodo” é mostrada para que o usuário saiba que o eletrodo de pH precisa ser limpo (ver seção de MANUTENÇÃO E CONDICIONAMENTO DO ELETRODO para mais detalhes, página 52).

Após limpar, realize uma nova calibração.

Nota: Se os dados de calibração estiverem limpos, a comparação será feita com valores padrão.

CONDIÇÃO DO ELETRODO

O visor possui um ícone e um valor numérico (apenas se a função estiver ativada) que mostra uma indicação do status do eletrodo depois da calibração.

A “condição” se mantém ativa até o final do dia da calibração.

Nota: A condição do eletrodo é avaliada apenas se a calibração em curso incluir ao menos dois padrões de buffers.

(29)

DEPENDÊNCIA DE TEMPERATURA DO BUFFER DE pH

A temperatura tem um efeito no pH. As soluções de calibração são mais afetadas por mudanças de temperatura para um grau menor do que soluções normais.

Durante a calibração, o instrumento calibrará automaticamente para o valor de pH correspondente a temperatura medida.

TEMP BUFFERS DE pH

°C °F 1.68 4.01 6.86 7.01 9.18 10.01 12.45 0 32 1.67 4.01 6.98 7.13 9.46 10.32 10.38 5 41 1.67 4.00 6.95 7.10 9.39 10.25 13.18 10 50 1.67 4.00 6.92 7.07 9.33 10.18 12.99 15 59 1.67 4.00 6.90 7.05 9.27 10.12 12.80 20 68 1.68 4.00 6.88 7.03 9.22 10.06 12.62 25 77 1.68 4.01 6.86 7.01 9.18 10.01 12.45 30 86 1.68 4.02 6.85 7.00 9.14 9.96 12.29 35 95 1.69 4.03 6.84 6.99 9.11 9.92 12.13 40 104 1.69 4.04 6.84 6.98 9.07 9.88 11.98 45 113 1.70 4.05 6.83 6.98 9.04 9.85 11.83 50 122 1.71 4.06 6.83 6.98 9.01 9.82 11.70 55 131 1.72 4.08 6.84 6.98 8.99 9.79 11.57 60 140 1.72 4.09 6.84 6.98 8.97 9.77 11.44 65 149 1.73 4.11 6.84 6.99 8.95 9.76 11.32 70 158 1.74 4.12 6.85 6.99 8.93 9.75 11.21 75 167 1.76 4.14 6.86 7.00 8.91 9.74 11.10 80 176 1.77 4.16 6.87 7.01 8.89 9.74 11.00 85 185 1.78 4.17 6.87 7.02 8.87 9.74 10.91 90 194 1.79 4.19 6.88 7.03 8.85 9.75 10.82 95 203 1.81 4.20 6.89 7.04 8.83 9.76 10.73

Durante a calibração o medidor mostrará o valor do buffer de pH a 25°C.

(30)

BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS (GLP)

GLP é um conjunto de funções que permite o armazenamento e a recuperação de dados sobre a manutenção e o status do eletrodo.

Todos os dados sobre calibração de pH são armazenados para o usuário rever quando necessário.

CALIBRAÇÃO EXPIRADA

O instrumento possui um Relógio de Tempo Real (RTC), para monitorar o tempo transcorrido desde a última calibração de pH.

O relógio de tempo real é reiniciado sempre que o instrumento é calibrado e o status de “Calibra- ção Expirada” é ativado quando o instrumento detecta a expiração do tempo de calibração. As tags

“CAL DUE” começarão a piscar para avisar o usuário de que o instrumento deve ser recalibrado.

O tempo de expiração da calibração pode ser definido (ver SETUP para detalhes, páginas 31-32) de 1 a 7 dias ou pode ser desativado.

Por exemplo, se uma expiração de 4 dias for selecionada, o instrumento emitirá um alarme exata- mente 4 dias após a última calibração.

No entanto, se a qualquer momento o valor de expiração for trocado (por exemplo: para 5 dias), então o alarme será imediatamente recalculado e aparecerá 5 dias após a última calibração.

Notas: Quando o instrumento não estiver calibrado ou se a calibração estiver limpa (valores padrão carregados) não há “Calibração Expirada” e o visor sempre mostrará as tags “CAL DUE” piscando.

Quando uma condição anormal no RTC for detectada, o instrumento forçará um status de

“Calibração Expirada”.

ÚLTIMOS DADOS DE CALIBRAÇÃO DE pH

Os dados de calibração são automaticamente armazenados após uma calibração bem-sucedida.

Para visualizar os dados de calibração de pH aperte GLP quando o instrumento estiver no modo de medição.

O instrumento mostrará diferentes dados, incluindo: buffer de calibração, compensação, inclinação, condição do eletrodo.

(31)

SETUP

O modo Setup permite visualizar e modificar os parâmetros de medição.

A tabela a seguir mostra os parâmetros gerais de SETUP, suas faixas válidas e as configurações de fábrica.

Descrição Valor Válido Padrão

Luz de Fundo Nível da Luz de Fundo 0 a 7 4

Contraste Nível de Contraste 0 a 20 10

Auto light off Tempo da luz de fundo acesa 1, 5, 10, 30 min 1

Auto power off Tempo até o instrumento ser

desligado Desabilitado

5, 10, 30, 60 min 30

Data/Hora 01.01.2000 a 12.31.2099

00:00 a 23:59 Data/Hora

atual

Formato da Hora AM/PM ou 24 horas 24 horas

Formato da Data DD/MM/AAAA

MM/DD/AAAA AAAA/MM/DD AAAA-MM-DD Mês DD, AAAA DD-Mês-AAAA AAAA-Mês-DD

AAAA/MM/DD

Idioma Idioma das mensagens Até quatro idiomas Inglês

Unidade de Temperatura °C ou °F °C

Alarme Status do Alarme Ativado ou Desativado Desativado

ID do Instrumento Identificação do Instrumento 0000 a 9999 0000 Taxa de

Transmissão Comunicação Serial 600, 1200, 2400, 4800,

9600 9600

Informação do

Medidor Mostra Informações Gerais

(32)

SETUP

A tabela a seguir mostra as faixas de parâmetros específicos.

Item Descrição Valor Válido Padrão

Expiração da

Calibração Número de dias após a calibração em que o aviso é mostrado

Desativado, 1 a 7 dias Desativado

Modo Primeiro Ponto Gerenciamento de Um

Ponto de Calibração Substituição ou

Compensação Substituição

Buffer Personalizado Configuração do Buffer

Personalizado Max. 5 buffers Não

Ver Pontos de

Calibração Mostra os pontos de

calibração Ativado ou Desativado Ativado

Mostrar Aviso de Fora

da Faixa de Calibração Ativado ou Desativado Ativado

(33)

SETUP

TELAS DE PARÂMETROS GERAIS Luz de Fundo

Selecione Luz de Fundo.

Aperte Modificar.

Use / para mudar a intensidade, então aperte Aceitar para confirmar.

Aperte ESC para sair sem salvar.

Contraste Selecione Contraste.

Aperte Modificar.

Use / para mudar o contraste, então aperte Aceitar para confirmar.

Aperte ESC para sair sem salvar.

(34)

SETUP

Desligamento Automático da Luz de Fundo Selecione Auto Light Off.

Aperte 5, 10 ou 30 para mudar as configurações.

Desligamento Automático Selecione Auto Power Off.

Aperte Modificar.

Aperte / para selecionar um intervalo, então aperte Aceitar.

Aperte ESC para sair sem salvar.

Data/Hora Selecione Data/Hora.

(35)

SETUP

Aperte Modificar.

Use / para selecionar o item.

Use / para mudar os valores selecionados.

Aperte Aceitar para confirmar ou ESC para sair sem salvar.

Formato da Hora Selecione Formato da Hora.

Aperte a tecla funcional para mudar a opção.

Formato da Data Selecione Formato da Data.

Aperte Modificar.

Use / para selecionar o formato de data e aperte Aceitar.

Aperte ESC para sair sem salvar.

(36)

SETUP

Idioma Selecione Idioma.

Use as teclas funcionais desejadas para mudar a opção. Espere até que o novo idioma seja car- regado. Se o carregamento do idioma falhar, o instrumento tentará recarregar o idioma atual.

Se nenhum idioma pode ser carregado, o instrumento funcionará em modo de segurança. Nes- te modo, todas as mensagens são mostradas em Inglês e a opção de Ajuda não está disponível.

Unidade de Temperatura Selecione Unidade de Temperatura.

Aperte a tecla funcional disponível para mudar a unidade de temperatura.

Alarme Selecione Alarme.

Aperte a tecla funcional para ativar/desativar o alarme.

Quando ativado, um tom curto soa sempre que uma tecla é pressionada ou quando a calibração

(37)

SETUP

ID do Instrumento Selecione ID do Instrumento.

Aperte Modificar.

Use / para mudar a identificação do instrumento.

Aperte Aceitar para confirmar ou ESC para sair sem salvar.

Taxa de Transmissão Selecione Taxa de Transmissão.

Aperte Modificar.

Use / para selecionar a taxa de transmissão desejada.

Aperte Aceitar para confirmar ou ESC para sair.

(38)

SETUP

Informação do Medidor Destaque Informação do Medidor.

Aperte Selecionar.

As informações mostradas são:

- versão do firmware - versão do idioma

- data/hora da calibração de fábrica de mV e de temperatura - capacidade da bateria

TELAS DE PARÂMETROS DE FAIXAS ESPECÍFICAS Expiração da Calibração

Selecione Expiração da Calibração.

Aperte Modificar.

(39)

SETUP

Nota: Se habilitada, a mensagem “CAL DUE” será mostrada após o número de dias determinado.

Modo Primeiro Ponto Helecione Modo Primeiro Ponto.

Aperte a tecla funcional para mudar a opção.

Se a opção Substituir for selecionada, as inclinações entre o buffer atual e os buffers inferiores e superiores mais próximos serão recalculadas.

Se a opção Compensação for selecionada, uma correção de compensação do eletrodo é realizada, mantendo as inclinações existentes inalteradas.

Buffers Personalizados Selecione Buffers Personalizados.

Aperte Modificar.

Aperte Deletar para apagar os valores dos buffers personalizados.

(40)

SETUP

Aperte Modificar para determinar o valor do buffer customizado.

Use / para mudar o valor.

Aperte Aceitar para confirmar o valor do buffer customizado ou ESC para sair.

Ver Pontos de Calibração Selecione Ver Pontos de Calibração.

Aperte a tecla funcional para mudar a opção.

Se a opção estiver ativada, os buffers de calibração correspondentes ao último ponto de calibração serão mostrados na tela de medição de pH.

Aperte Add para adicionar um novo buffer a lista (no máximo 5).

(41)

Aviso de Fora da Faixa de Calibração.

Selecione Aviso de Fora da Faixa de Cal.

Aperte a tecla funcional para mudar a opção.

Se habilitado, a mensagem “Fora da Faixa de Cal” será mostrada se a leitura de pH estiver fora da faixa, aproximadamente 1 unidade de pH do maior e menor valor de pH dos buffers utilizados para calibração. Para calibração de ponto único de 7.01 pH, a mensagem será mostrada para valo- res de pH menores do que 4 ou maiores do que 10.

SETUP

(42)

ARMAZENAMENTO

Essa função permite que o usuário armazene as medições de pH. Todos os dados armazenados po- dem ser transferidos para um PC através de uma porta USB usando a aplicação HI92000.

O espaço máximo de registro é de 200 (100 pH e 100 mV) para locais de registro HI98168.

ARMAZENANDO OS DADOS ATUAIS

Para armazenar a leitura atual na memória, aperte LOG enquanto estiver no modo de medição.

O instrumento mostrará, por alguns segundos, no visor o número do registro e a quantidade de es- paço de armazenamento livre.

A mensagem “Espaço cheio” aparecerá por alguns segundos quando a tecla LOG for pressionada, se o espaço de armazenamento estiver cheio. Entre no modo Ver Dados Armazenados e apague registros para liberar espaço.

VER DADOS ARMAZENADOS

Aperte RCL para recuperar informações armazenadas durante o modo de medição.

A lista de registros é mostrada.

Se nenhum dado estiver registrado, o instrumento mostrará a mensagem “Sem Registros!”.

Use / para navegar pelos registros da lista.

Aperte Apagar Tudo para entrar na tela Apagar Tudo.

(43)

ARMAZENAMENTO

Se Mais for pressionado:

Use / para navegar pelas informações completas dos registros.

Se Apagar for pressionado.

Use / para destacar o registro a ser deletado e então pressione CFM.

Aperte ESC para sair.

Se Apagar Tudo for pressionado, o instrumento pedirá confirmação.

Aperte CFM para confirmar ou ESC para sair sem apagar.

Para manter a primeira leitura estável no visor, pressione AutoEnd quando o instrumento estiver no modo de medição.

O símbolo de “Wait” piscará até que a leitura fique estável.

Quando a leitura estiver estável, o ícone “Hold” será mostrado.

Aperte Continuar para entrar no modo de medição contínua.

AU TOEND

(44)

CALIBRAÇÃO DE TEMPRATURA (uso técnico apenas)

ENTRE NO MODO DE CALIBRAÇÃO

Quando o instrumento estiver desligado, pressione e segure / , então ligue o instrumento.

A tela de calibração será mostrada. Selecione “T” e pressione Modificar para entrar no modo de cali- bração de temperatura.

CALIBRAÇÃO DE TEMPERATURA

• Prepare um recipiente com gelo e água e outro com água quente (aproximadamente 50°C/

122°F). Coloque material isolante ao redor dos recipientes para minimizar as mudanças de temperatura.

Use um termômetro calibrado com uma resolução de 0.1°C como um termômetro de referência.

• Mergulhe a sonda de pH, incluindo o sensor de temperatura, no recipiente com gelo e água o mais próximo possível do termômetro de referência. Permita alguns segundos para a sonda estabilizar.

• Use as teclas / para determinar o valor do ponto de calibração da mistura de gelo e água medido pelo termômetro de referência. Quando a leitura estiver estável e dentro da faixa do ponto de calibração selecionado, a tecla CFM será mostrada.

NOTA IMPORTANTE: Para calibração de fábrica contate a Hanna.

Todos os instrumentos são calibrados de fábrica para mV e temperatura.

Os sensores de temperatura da Hanna Instruments são intercambiáveis e nenhuma calibração de temperatura é necessária quando são trocados.

Se a temperatura estiver incorreta, uma calibração deve ser realizada.

Para uma calibração precisa, contate a Hanna ou siga as instruções abaixo.

(45)

CALIBRAÇÃO DE TEMPRATURA (uso técnico apenas)

• Aperte a tecla CFM para confirmar.

• O segundo ponto de calibração esperado é mostrado.

• Mergulhe a sonda de pH, incluindo o sensor de temperatura, no segundo recipiente o mais próxi- mo possível do termômetro de referência. Permita alguns segundos para a sonda estabilizar.

• Use / para determinar o valor do ponto de calibração da água quente.

• Quando a leitura estiver estável e dentro da faixa do ponto de calibração selecionado, a tecla CFM será mostrada.

• Aperte CFM para confirmar. O instrumento voltará para o modo de medição.

Nota: Use / para mudar o ponto de calibração se necessário (± 10.0 °C). Se a leitura não e stiver dentro da faixa do ponto de calibração selecionado, a mensagem “Errado” piscará na tela.

Troque a sonda de pH, incluindo o sensor de temperatura, e reinicia a calibração.

(46)

INTERFACE PARA PC

RNG Equivale a tecla RANGE MOD Equivale a tecla MODE CAL Equivale a tecla CAL

UPC Equivale a tecla de seta para cima DWC Equivale a tecla de seta para baixo RCL Equivale a tecla RCL

SET Equivale a tecla SETUP

A transmissão de dados do instrumento para o PC pode ser feita com o software compatível com Windows® HI92000 (opcional). A aplicação HI92000 também oferece representação gráfica e ajuda on-line. Dados podem ser exportados para os programas de planilhas mais populares para análises posteriores.

Para conectar seu instrumento a um PC, use um cabo USB. Tenha certeza de que seu instrumento está desligado e conecte o cabo ao encaixe USB do instrumento e a porta USB do seu PC.

Nota: Se não estiver usando o software HI92000 da Hanna, por favor siga as instruções a seguir.

ENVIANDO COMANDOS PELO COMPUTADOR

Também é possível controlar remotamente o instrumento com qualquer programa terminal. Use um cabo USB para conectar o instrumento a um computador, inicie o programa terminal e configure as opções de comunicação a seguir: 8, N, 1, no flow control (sem controle de fluxo).

TIPOS DE COMANDO

Para mandar um comando para o instrumento siga o esquema a seguir:

<command prefix> <command> <CR>

Onde: <command prefix> são os 16 caracteres ASCII

<command> é o código de comando

Nota: Podem ser usadas tanto letras maiúsculas quanto minúsculas.

COMANDOS SIMPLES

KF1 Equivale a tecla funcional 1 KF2 Equivale a tecla funcional 2 KF3 Equivale a tecla funcional 3

(47)

INTERFACE PARA PC

OFF Equivale a tecla OFF

CHR xx Mude a faixa do instrumento de acordo com o valor do parâmetro (xx):

• xx=faixa de 00 pH/ resolução de 0.001

• xx= faixa de 01 pH/ resolução de 0.01

• xx= faixa de 02 pH/ resolução de 0.1

• xx= faixa de 03 mV O instrumento responderá a esses comandos com:

<STX> <answer> <ETX>

onde: <STX> é o código de 02 caracteres ASCII (início do texto)

<ETX> é o código de 03 caracteres ASCII (fim do texto)

<answer>:

<ACK> é o código de 06 caracteres ASCII (comando reconhecido)

<NAK> é o código de 21 caracteres ASCII (comando não reconhecido)

<CAN> é o código de 24 caracteres ASCII (comando corrompido) COMANDOS QUE REQUEREM UMA RESPOSTA

O instrumento responderá a estes comandos com:

<STX> <answer> <checksum> <ETX>

Onde a checksum é a soma de bytes que o fio de resposta enviou como 2 caracteres ASCII.

Todas as mensagens de resposta são com caracteres ASCII.

RAS Faz com que o instrumento mande um conjunto completo de leituras de acordo com a faixa atual:

• Leituras de pH, temperatura e mV na faixa de pH.

O fio de resposta contém:

• Modo do medidor (2 caracteres):

• 00 – faixa de pH (0.001 de resolução)

• 01 – faixa de pH (0.01 de resolução)

• 02 – faixa de pH (0.1 de resolução)

• 03 – faixa de mV

• Status do medidor (2 caracteres de bytes de status): representa uma codificação hexadecimal de 8 bits.

• 0x10 – sonda de temperatura está conectada

• 0x01 – novos dados GLP disponíveis

• 0x02 – novo parâmetro de SETUP

• 0x04 – fora da faixa de calibração

• 0x08 – o medidor está no modo de ponto AutoEnd

(48)

INTERFACE PARA PC

PAR Pede as configurações de setup dos parâmetros.

O fio de resposta contém:

• ID do instrumento (4 caracteres)

• Alarme de expiração da calibração para o pH (2 caracteres)

• Informação de SETUP (2 caracteres): codificação hexadecimal de 8 bits.

• Status de leitura (2 caracteres): R – na faixa; O – acima da faixa; U – abai- xo da faixa. Primeiro caractere corresponde a leitura primaria. Segundo caracte- re corresponde a leitura de mV.

• Leitura primaria (correspondente à faixa selecionada) – 11 caracteres ASCII, incluindo sinal, ponto decimal e expoente.

• Leitura segundaria (apenas quando a leitura primaria não é de mV) – 7 ca- racteres ASCII, incluindo sinal e ponto decimal.

• Leitura de temperatura – 7 caracteres ASCII, com sinal e ponto decimal, sempre em °C.

MDR Pede o código do firmware e o nome do modelo do instrumento (16 caracteres ASCII).

GLP Pede os registros de dados de calibração.

O fio de resposta contém:

• Status GLP (1 caractere): representa uma codificação hexadecimal de 4 bits.

• 0x01 – calibração de pH disponível.

• Dados de calibração de pH (se disponível), que contêm:

• O número de buffers calibrados (1 caractere)

• A compensação, com sinal e ponto decimal (7 caracteres) • A média das inclinações, com sinal e ponto decimal (7 caracteres) • O tempo de calibração, yymmddhhmmss (12 caracteres) • Informações dos buffers (para cada um)

• Tipo (1 caractere): 0 – padrão, 1 – personalizado

• Status (1 caractere): N (novo) – calibrado na última calibração; O (velho) – de uma antiga calibração).

• Avisos durante a calibração (2 caracteres): 00 – sem aviso; 04 – aviso de Limpeza do Eletrodo.

• Valor do buffer, com sinal, ponto decimal e expoente (11 caracteres).

• Tempo de calibração, yymmddhhmmss (12 caracteres)

• Condição do eletrodo, com sinal (3 caracteres). O código “-01” significa não calculado.

(49)

• Tempo de desligamento automático da luz de fundo (3 caracteres)

• Tempo de desligamento automático (3 caracteres)

• O número de buffers personalizados (1 caractere)

• Os valores dos buffers personalizados, com sinal e ponto decimal, para cada buffer personalizado definido (7 caracteres)

• A abreviação do idioma selecionado (3 caracteres) NSLx Pede o número de amostras armazenadas (4 caracteres).

O parâmetro de comando (1 caractere):

• P – pede a faixa de pH

LODPxxx Pede o xxx° dado de pH registrado LODPALL Pede todos os registros sob demanda de pH.

O fio de resposta para cada registro contém:

• Modo de registro (2 caracteres):

• 00 – faixa de pH (0.001 de resolução)

• 01 – faixa de pH (0.01 de resolução)

• 02 – faixa de pH (0.1 de resolução)

• 03 – faixa de mV

• Status de leitura (1 caractere): R, O, U

• Leitura calculada, com sinal, ponto decimal e expoente (11 caracteres) – para pH

• Leitura de temperatura, com sinal e dois pontos decimais (7 caracteres)

• Status de leitura mV (1 caractere): R, O,U

• A leitura de mV, com sinal e ponto decimal (7 caracteres)

• O tempo de registro, yymmddhhmmss (12 caracteres)

• A inclinação de calibração, com sinal e ponto decimal (7 caracteres)

• A compensação de calibração, com sinal e ponto decimal (7 caracteres)

• Presença da sonda de temperatura (1 caractere)

INTERFACE PARA PC

Notas: “Err8” é enviado se o instrumento não estiver no modo de medição.

“Err6” é enviado se a faixa requerida não estiver disponível.

“Err4” é enviado se o conjunto de parâmetros requerido não estiver disponível.

“Err3” é enviado se o Registro sob demanda estiver vazio.

“Err9” é enviado se a energia de bateria é menor do que 30%.

Comandos inválidos serão ignorados.

(50)

Para substituir as pilhas, siga os próximos passos:

• Desligue o instrumento.

• Remova os 4 parafusos da parte de trás do instrumento para abrir o compartimento de bateria.

• Retire as pilhas antigas.

• Coloque 4 novas pilhas AA 1.5V no compartimento, prestando atenção à polaridade correta.

• Feche o compartimento usando os 4 parafusos.

Se a capacidade da bateria for menor do que 20%, a comunicação serial e a função de luz de fundo não estarão disponíveis.

TROCA DE BATERIAS

HI98168

(51)

A resistência dos eletrodos de vidro depende parcialmente da temperatura. Quanto mais baixa a temperatura, maior será a resistência. É necessário mais tempo para a leitura se estabilizar se a re- sistência estiver mais alta. Além disso, o tempo de resposta sofrerá em maior grau em temperaturas abaixo de 25°C (77°C).

Já que a resistência do eletrodo do pH é na faixa de 50 – 200 MΩ, a corrente através da membrana está na faixa de pico Ampere. Grandes correntes podem perturbar a calibração do eletrodo por muitas horas. Por essas razões, ambientes com alta umidade, curtos-circuitos e descargas estáticas são preju- diciais para uma leitura de pH estável.

A vida do eletrodo de pH também depende da temperatura. Se usado constantemente em altas tem- peratura, a vida do eletrodo será reduzida drasticamente.

Vida Típica do Eletrodo

Temperatura Ambiente 1 – 3 anos 90°C (194°F) menos de 4 meses 120°C (248°F) menos de 1 mês Erro Alcalino

Altas concentrações de íons de sódio interferem nas leituras de soluções alcalinas. O pH no qual a inter- ferência começa a ser significante depende da composição do vidro. Esta interferência é chamada de erro alcalino e faz com que o pH seja subestimado. As formulações de vidro da Hanna Instruments tem as características indicadas.

CORRELAÇÃO DE TEMPERATURA PARA VIDRO SENSÍVEL A pH

(52)

MANUTENÇÃO E CONDICIONAMENTO DO ELETRODO

PROCEDIMENTO DE PREPARAÇÃO Remova a tampa protetora do eletrodo.

NÃO FIQUE ALARMADO SE QUALQUER DEPÓSITO DE SAL ESTIVER PRESENTE. É normal com eletro- dos e eles desaparecerão quando enxaguados com água.

Durante o transporte, pequenas bolhas podem se formar dentro do bulbo de vidro. O eletrodo não pode funcionar de forma apropriada sob essas condições. Essas bolhas podem ser removidas ao se chacoalhar o eletrodo para baixo como se faz com um termômetro de vidro.

Se o bulbo e/ou junção estiverem secos, mergulhe o eletrodo em Solução de Armazenamento HI70300 por ao menos uma hora.

*Não presente em eletrodos de gel.

(53)

MANUTENÇÃO E CONDICIONAMENTO DO ELETRODO

Para uma resposta mais rápida, desaperte o parafuso do furo de preenchimento durante as medições.

MEDIÇÃO

Enxágue a ponta do eletrodo de pH com água destilada. Mergulhe a ponta (4 cm do fundo, garantin- do que a junção de referência está submersa) na amostra e mexa suavemente por alguns segundos.

Para uma resposta mais rápida e para evitar contaminação cruzada das amostras, enxágue a ponta do eletrodo com algumas gotas da solução a ser testada, antes de fazer as medições.

PROCEDIMENTO DE ARMAZENAMENTO

Para minimizar entupimentos e assegurar um tempo rápido de resposta, o bulbo de vidro e a jun- ção do eletrodo de pH devem ser mantidos úmidos e não devem ficar secos.

Substitua a solução na capa protetora com algumas gotas de Solução de Armazenamento HI70300 ou, em sua ausência, a Solução de Preenchimento (HI7071 para eletrodos de junção única). Siga o Procedimento de Preparação na página 52 antes de fazer medições.

Nota: NUNCA ARMAZENE O ELETRODO EM ÁGUA DESTILADA OU DEIONIZADA.

MANUTENÇÃO PERIÓDICA

Inspecione o eletrodo e o cabo. O cabo usado para conexão do instrumento deve estar intacto não deve ter nenhum ponto de isolamento quebrado ou rachaduras na haste ou no bulbo do eletrodo.

Conectores devem estar perfeitamente limpos e secos. Se houver qualquer arranhão ou rachadura, troque o eletrodo. Enxágue qualquer depósito de sal com água.

Manutenção da Sonda de pH Para eletrodos substituíveis:

Substitua a câmara de referência com uma nova solução de eletrólito HI7071 para eletrodos de junção única. Permita que o eletrodo fique em posição vertical por 1 hora.

Siga o Procedimento de Armazenamento acima.

PROCEDIMENTO DE LIMPEZA DE pH

• Geral: Mergulhe em Solução de Limpeza Geral HI7061 por aproximadamente ½ hora.

• Inorgânico: Mergulhe em Solução de Limpeza para Substâncias Inorgânicas por 15 minutos.

(54)

MANUTENÇÃO E CONDICIONAMENTO DO ELETRODO

Instrução para Aplicação de Solução de Limpeza

1. Em um béquer, adicione cerca de 50-70 mL (ou o mínimo para cobrir a junção do eletrodo) de uma das soluções de limpeza a seguir:

• Solução de Limpeza para Depósitos de Solo Inorgânicos (HI70663);

Solução de Limpeza para Depósitos de Solo Orgânicos (HI70664).

2. Mergulhe o eletrodo por alguns minutos (5-15) enquanto mexe a solução moderadamente.

3. Retire o eletrodo da solução de limpeza e enxágue cuidadosamente com água deionizada para re- mover todos os traços da solução.

4.Depois de limpar e enxaguar é preferível que se armazene o eletrodo em solução de eletrólito por cerca de 1 hora.

5. Enxágue o eletrodo cuidadosamente com água deionizada e faça as medições das amostras como sempre.

Nota: Se a resposta do eletrodo for lenta ou se o eletrodo não for calibrado corretamente, re- pita o procedimento de limpeza.

(55)

IMPORTANTE: Após realizar qualquer procedimento de limpeza, enxágue cuidadosamente com água destilada, preencha a câmara com novo eletrólito (não é necessário para eletrodos cheios de gel) e mergulhe o eletrodo em Solução de Armazenamento HI70300 por ao menos 1 hora antes de fazer medições.

SINTOMAS PROBLEMA SOLUÇÃO

Resposta lenta/desvio excessivo Eletrodo de pH sujo Mergulhe a ponta do eletrodo em Solução HI7061 por 30 minutos e então siga o Procedimento de Limpeza.

Leitura flutua para cima e para baixo

(com ruídos) Junção suja/entupida. Baixo nível

de eletrólito (apenas eletrodos substituíveis)

Limpe o eletrodo. Preencha com novos eletrólitos (apenas eletrodos substituíveis)

Visor mostra o valor total da escala piscando

Leitura fora da faixa Verifique se a amostra está dentro da faixa de medição.

Visor mostra a mensagem “Limpar

Eletrodo” piscando Foram detectadas diferenças entre

a calibração nova e a anterior. Limpe o eletrodo e recalibre. Se o problema persistir, verifique as soluções dos buffers.

Medidor falha ao calibrar ou faz leituras imperfeitas

Eletrodo de pH está quebrado. Troque o eletrodo.

Mensagens de erro são mostradas duran-

te o procedimento de calibração de pH Buffer errado ou contaminado,

eletrodo sujo ou quebrado. Verifique se a solução de buffer é a correta e se está nova.

Medidor desligando Pilhas acabaram; Desligamento automático está habilitado: neste caso, o medidor desliga sozinho depois de um período sem uso.

Troque as pilhas; Aperte ON/OFF.

Mensagem “Errxx” na inicialização Erro Interno Entre em contato com a Hanna O instrumento não liga quando a tecla

ON/OFF é pressionada Erro de inicialização Pressione e segure o botão ON/OFF por 20 segundos ou tire e coloque novamente as pilhas.

GUIA DE SOLUÇÃO DE PROBLEMAS

(56)

Solução de Limpeza de Eletrodo

Código Descrição

HI70000P Solução de Enxágue de Eletrodo, sachê de 20 ml, 25 pçs.

HI700601P Solução de Limpeza Geral para Laboratório, sachê de 20 ml, 25 pçs.

HI700661P Solução de Limpeza Geral para Agricultura, sachê de 20 ml, 25 pçs.

HI700663P Solução de Limpeza para Resíduos de Solo, sachê de 20 ml, 25 pçs.

HI700664P Solução de Limpeza para Resíduos de Húmus, sachê de 20 ml, 25 pçs.

HI70663L Solução de Limpeza para Resíduos de Solo, frasco de 500 ml HI70664L Solução de Limpeza para Resíduos de Húmus, frasco de 500 ml HI70061G Solução de Limpeza Geral, sachê de 20 ml, 25 pçs.

HI7061-050 Solução de Limpeza Geral, frasco de 500 ml HI7074L Solução de Limpeza Inorgânica, frasco de 500 ml HI7051M Solução de Teste de Solo, frasco de 230 ml

ACESSÓRIOS

(57)

Solução de Calibração de pH

Código Descrição

HI50004-01 Solução Buffer de pH 4.01, sachê de 20 ml, 10pçs.

HI50004-02 Solução Buffer de pH 4.01, sachê de 20 ml, 25pçs.

HI50007-01 Solução Buffer de pH 7.01, sachê de 20 ml, 10pçs.

HI50007-02 Solução Buffer de pH 7.01, sachê de 20 ml, 25pçs.

HI50010-01 Solução Buffer de pH 10.01, sachê de 20 ml, 10pçs.

HI50010-02 Solução Buffer de pH 10.01, sachê de 20 ml, 25pçs.

HI5016 Solução Buffer de pH 1.68, frasco de 500 ml HI5004 Solução Buffer de pH 4.01, frasco de 500 ml HI5068 Solução Buffer de pH 6.86, frasco de 500 ml HI5007 Solução Buffer de pH 7.01, frasco de 500 ml HI5091 Solução Buffer de pH 9.18, frasco de 500 ml HI5010 Solução Buffer de pH 10.01, frasco de 500 ml HI5124 Solução Buffer de pH 12.45, frasco de 500 ml HI70004G Solução Buffer de pH 4.01, sachê de 20 ml, 25pçs.

HI70007G Solução Buffer de pH 7.01, sachê de 20 ml, 25pçs.

HI70010P Solução Buffer de pH 10.01, sachê de 20 ml, 25pçs.

HI7004-050 Solução Buffer de pH 4.01, frasco de 500 ml HI7007-050 Solução Buffer de pH 7.01, frasco de 500 ml HI7010-050 Solução Buffer de pH 10.01, frasco de 500 ml Solução de Armazenamento de Eletrodo

Código Descrição

HI70300-050 Solução de Armazenamento, frasco de 500 ml HI70300G Solução de Armazenamento, sachê de 20 ml, 25 pçs

ACESSÓRIOS

(58)

Outros Acessórios

Código Descrição

HI12923 Eletrodo de pH substituível, com ponta cônica, corpo de vidro e sensor interno de temperatura

HI92000 Software para PC

HI920015 Cabo USB

HI740157P Pipeta substituível do eletrodo HI720161 Estojo de transporte

ACESSÓRIOS

(59)

A Hanna Instruments reserva o direito de modificar o design, construção e aparência dos produtos sem prévio aviso.

Garantia

O HI98168 e o eletrodo fornecido possuem garantia de 90 dias para defeitos de fabricação, quando usados para a finalidade pretendida e mantidos de acordo com as instruções deste manual. Esta garantia é limitada ao conserto ou troca, sem custo – desde que esteja dentro do prazo.

Visando a excelência dos nossos produtos e serviços, bem como a oferta de um benefício mútuo e legítimo, clientes da Hanna Instruments Brasil podem estender a garantia do eletrodo para 6 meses e do equipamento para 2 anos.

A solicitação de extensão de Garantia da Hanna Instruments Brasil é muito simples e não tem custo, para ativá-la basta preencher corretamente o formulário de Garantia Estendida. Para acessá-lo utilize o QR CODE ao lado ou acesse https://hannainst.com.br/garantia.

Caso necessite acionar nossos serviços, entre em contato com a assistência técnica informando o código do produto, número do lote, número de série e a natureza do problema. Se for necessário o envio do produto à Hanna Instruments Brasil, primeiro obtenha o Formulário de Assistência Técnica e a NF de Remessa, antes do envio, certifique-se que o material está corretamente embalado e protegido.

Para consultar as despesas de postagem e demais orientações, verifique a política de garantia da Hanna Instruments Brasil, disponível em nosso site.

Importante: Danos causados por acidentes, mau uso, adulteração ou falta de manutenção recomendada não serão cobertos e você será notificado de todos os custos.

(60)

Importado e distribuído por

Hanna Instruments Brasil Imp. e Exp. LTDA CNPJ: 07.175.849/0001-45

Alameda Juari 539 - Barueri/SP SAC: (11) 2076-5080 www.hannainst.com.br

e-mail: vendas@hannainst.com.br e-mail: assistenciatecnica@hannainst.com.br

Imagem

Referências