Leia atentamente as condições antes de participar do leilão

Download (0)

Full text

(1)

Leia atentamente as condições antes de participar do leilão

LANCES ONLINE

Todos os lances serão acolhidos como condicional e a venda será realizada a quem maior lance oferecer através da Internet ou Presencial, reservando-se exclusivamente ao

COMITENTE VENDEDOR, o direito de liberar, ou não os veículos para venda, quando o maior lance alcançado no leilão for de valor inferior ao valor mínimo estabelecido para o Leilão.

Até durante o fechamento do leilão, os veículos que por ventura forem apontados

impedimentos/restrições, poderão ser retirados do leilão sem pena de multa.

O Leiloeiro Oficial apregoará individualmente através da Internet site:

www.freitasleiloeiro.com.br, à partir das 10h00 do dia designado para o evento.

Cada lote será finalizado separadamente e seqüencialmente (início às 10h00) com um

intervalo de aproximadamente 10 (dez) segundos entre eles.

Caso algum lance seja ofertado nos 10 (dez) últimos segundos do fechamento do lote, o cronômetro retroagirá, de maneira que voltem a faltar 10 (dez) segundos para o encerramento do referido lote e assim sucessivamente, a cada lance efetuado nos últimos 10 (dez) segundos de cada lote, para que todos os Usuários interessados tenham a oportunidade de efetuar novos lances.

Para participar do leilão ELETRÔNICO, o interessado deverá obrigatoriamente estar habilitado

em nosso Portal.

O interessado cadastrado no Portal autoriza expressamente a verificação de seus dados nos órgãos públicos, bem como nos de proteção ao crédito.

Todos os lances recebidos através do site: www.freitasleiloeiro.com.br, serão devidamente

identificados, com base no cadastro e endereço IP do ofertante e armazenados em nosso sistema.

Sobre o valor da arrematação será acrescida a comissão legal do Leiloeiro de 5% (cinco por

cento) e as despesas administrativas a qual não está inclusa no valor do lance.

O ofertante não poderá desistir do lance, tendo em vista a sua irretratabilidade.

As fotos amostra tem efeito de mera ilustração, sendo de caráter necessário e obrigatório a vistoria física ao lote como também a verificação dos opcionais nele contido, excluindo o leiloeiro e comitente vendedor de qualquer indenização ou compensação financeira de qualquer hipótese.

(2)

CONDIÇÕES DE VENDA EM LEILÃO ONLINE E PRESENCIAL

Leia atentamente as condições antes de participar do leilão

- A procedência e evicção de direitos dos veículos deste leilão são de inteira e exclusiva responsabilidade dos Comitentes Vendedores, que não se enquadram na condição de fornecedores, intermediários ou comerciantes e que o Leiloeiro é um mero Mandatário, ficando assim os mesmos eximidos de eventuais responsabilidades por vícios ou defeitos nos veículos alienados ocultos ou não, como também por indenizações, trocas, consertos, compensações financeiras de qualquer hipótese ou natureza.

- Os veículos ficarão à disposição dos interessados para serem examinados e vistoriados

no dia designado e anunciado para visitação, e serão vendidos no estado em que se encontram, a quem mais der ou maior lance oferecer, respeitando-se a avaliação de cada um, não responsabilizando o comitente vendedor e o Leiloeiro pela qualidade, vícios e/ou defeitos, ocultos ou não, bem como a possibilidade de aproveitamento dos bens objetos desta licitação, não cabendo nenhuma reclamação ou desistência após a arrematação. Ao efetuar seu lance o arrematante declara para todos os fins e efeitos de direito, que no dia da visitação, examinou detalhadamente o bem arrematado e teve ampla oportunidade de contar com a assessoria de técnicos de sua inteira confiança, tendo pleno conhecimento de que o veículo arrematado foi recuperado de financiamento ou sinistro, é usado, não foi revisado, ou mesmo testado, sendo apregoado e arrematado NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRA, SEM GARANTIAS, não respondendo o Comitente Vendedor, nem o Leiloeiro, por sinistros ou consertos que o veículo tenha sofrido anteriormente, ou que já tenha pertencido e vendido por seguradoras, não respondendo inclusive, quanto a eventuais e quaisquer problemas relacionados a MOTOR,

CÂMBIO E CHASSI, que por ventura não sejam originais de fábrica, trocados, divergência com

numero/gravação do motor, câmbio e chassi ficando as despesas com a substituição e regularização dos mesmos junto aos órgãos competentes, por sua inteira responsabilidade.

- Correrão por conta e responsabilidade do arrematante, todas as despesas de transferência,

inclusive para outros estados, tais como, o recolhimento do IPVA, DPVAT e licenciamento em atraso inclusive o do ano corrente. Também será de responsabilidade do arrematante o pagamento dos débitos até o valor total de R$ 500,00 (valor excedido por conta do comitente

vendedor) e não reclamados em até 60 dias independente do valor, será por conta do

arrematante, apontadas ou não nas informações colhidas junto ao Detran (inclusive multas de averbação por atraso na documentação), seguro obrigatório, 2ª via de documento, cópia autenticada de documentos como estatuto empresarial/Ata de reunião, regularização de documentação apreendida, bem como 2ª transferência em virtude de entrega amigável (quando for o caso), troca de tarjetas e lacração, impostos e taxas de quaisquer natureza, que incidam ou venham a incidir, pré-existentes ou decorrentes de regularização da documentação ou do próprio veículo, inclusive quaisquer débitos prescritos(multas e/ou IPVA, perícia cautelar), providências e

regularizações de divergências de motor, câmbio, etiquetas, selos, vidros, identificadores e lacração, junto ao DETRAN/CIRETRAN ou empresas credenciadas/emissoras de perícias e laudos ECV/CSV, multas de averbação por atraso na documentação tanto para o nome do

comprador como para o nome do banco caso venha incidir. Qualquer dano ou ferrugem na numeração do chassi e motor havendo necessidade de remarcação, a mesma será por conta do arrematante. O arrematante respondera pelos custos da regularização e cumprira os

procedimentos de acordo com as exigências determinadas pela resolução 362 do CONTRAN.

Veículos na condição de SINISTRO, o comprador declara que tem ciência da portaria de Nº 1218

do DETRAN-SP, QUE REGULAMENTA A CIRCULAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULOS COM RESTRIÇÃO DE SINISTRO. Portanto veículos registrados/emitidos no estado de São

Paulo estará constando no documento a informação de “CIRCULAÇÃO VEDADA” e somente poderão voltar a circular quando forem devidamente cumpridos pelo comprador as exigências e regularizações do DETRAN.

(3)

Substituições e Regularizações de carrocerias, eixos, suspensões, turbina, GNV, faróis, cor, combustível, categoria, blindagem, motor, câmbio e sinistro serão por conta do comprador, excluindo o leiloeiro e comitente vendedor de qualquer indenização ou compensação financeira de qualquer hipótese.

– Veículos da Tókio Marine Seguradora: IPVA, DPVAT, Licenciamento 2016 e débitos de multas até o valor de R$ 300,00 correrão por conta do comprador, o excedente correrão por conta do comitente vendedor. Para a emissão da nota de venda e retirada do veículo o

arrematante deverá trazer o termo de responsabilidade recebido no ato da arrematação, devidamente preenchido, assinado e com reconhecimento de firma, será de responsabilidade do arrematante, entregar no ato do pagamento a cópia simples da CNH, RG, CPF E Comprovante de residência, se pessoa jurídica: cópia do cartão do CNPJ, contrato social com todas as alterações societárias e CNH do sócio.

- Veículos do Grupo BV Financeira: Em função da Portaria 465 de 22 de março de 2004, o

desbloqueio dos mesmos será de responsabilidade e encargo do arrematante. O IPVA, DPVAT e licenciamentos 2016 correrão por conta do comprador, inclusive todas as despesas referente a transferência, recolhimento dos IPVA em atraso inclusive o do ano corrente e débitos até o

valor total de R$ 500,00 (valor excedido por conta do comitente vendedor) e não reclamados em

até 60 dias independente do valor, será por conta do arrematante.

BV Financeira

não autoriza o arrematante realizar o pagamento dos débitos e solicitar

reembolso. Caso o Arrematante identifique algum débito referente ao veículo adquirido/arrematado anterior a data do Leilão e que seja maior que o valor de R$ 500,00, deverá contatar o leiloeiro para receber instruções de como proceder.

- Veículos do Grupo Sul América Cia Nacional de Seguros: IPVA 2016 POR CONTA DA CIA

(SULAMERICA) / Documentação será disponibilizada em 45 dias úteis. Caso existam multas em tramitação ou atuação anteriores a venda, as mesmas serão de responsabilidade da Cia e deverão ser comunicadas a Cia pelos arrematantes/compradores, quando forem caracterizadas com a penalidade, para que a mesma possa prosseguir com a devida regularização. As

companhias Sul América Seguros e Caixa Seguros não se responsabilizarão por restrições judiciais que por ventura venham a aparecer no sistema DETRAN após a venda do Salvado.

Todos os veículos arrematados deverão passar por vistoria veicular em órgão credenciado pelo INMETRO, para obter o CSV – Certificado de Segurança Veicular. O CSV é o documento oficial utilizado para demonstrar que o veículo está apto a circular em vias públicas e também para baixar eventuais restrições junto ao DETRAN. As despesas para obtê-lo correrão por conta do arrematante e não serão reembolsadas. O processo de baixa de eventual restrição é de

responsabilidade do arrematante, ficando este sujeito as exigências e prazos do órgão de trânsito.

Veículos livres de ônus administrativos, fiscais e financeiros até a data de publicação do presente Edital. Conforme previsto no inciso 2º da Lei 13.111/2015, o veículo está

desembaraçado para venda.

- A documentação pertinente ao(s) lote(s) arrematado(s), será entregue pelo COMITENTE VENDEDOR (proprietário do bem leiloado) após 30 (trinta) dias úteis da realização do leilão,

salvo em casos de existências de bloqueios, restrições ou outras situações intempestivas, e poderão ser retirados no escritório do Leiloeiro, sito à Praça da Liberdade nº 130 Conj. 1501 - Liberdade - São Paulo - SP, das 9 às 16:30 horas. Os documentos serão entregues somente mediante apresentação da Nota de Venda Original. O Arrematante obriga-se a não circular com o veículo arrematado sem que, antes efetue a transferência de titularidade do bem, que deverá ser feita no prazo máximo legal de 30 dias, cumprindo as exigências legais dos DETRANS E CIRETRANS, tais como: vistorias de chassi e agregados, laudo veicular, baixa de furtos em Delegacias (quando for o caso), reconhecimento de firma de Sinal Público, cujo tais despesas correrão por conta do Arrematante.

(4)

- Nos veículos importados, o Comitente Vendedor não se responsabiliza pela entrega da 4ª via

ou guia de importação. Nos veículos blindados, importados e nacionais, o Comitente Vendedor e o Leiloeiro, não se responsabilizam pela empresa que efetuou a blindagem, pelo nível de segurança e nem pelo estado atual da blindagem, cabendo aos interessados analisar e vistoriar o veículo com técnicos de sua confiança. A regularização e transferência da blindagem, é de responsabilidade do comprador.

- No ato da arrematação, para fins de cadastramento e emissão da Nota de Venda e Termo de

Entrega, os arrematantes deverão fornecer todas as informações solicitadas pela equipe do Leiloeiro.

CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

- No ato do pagamento e emissão de nota, o arrematante se pessoa física, deverá entregar uma

cópia do RG, CPF ou CNH e comprovante de residência, se pessoa jurídica uma cópia do RG, CPF e comprovante de residência mais cópia do CNPJ, procuração ou contrato social.

Horário de atendimento do Depto. Cobrança é de segunda à sexta-feira das 9 as 16:30h

- No ato da compra o arrematante entregará um cheque bancário próprio, a título de caução, no valor de 20% da arrematação a qual deverá ser substituído no Maximo em dois dias uteis após

o leilão, das 9 às 16 horas no escritório central, localizado na Praça da Liberdade, 130 – Conj. 1501 – São Paulo – SP. Os depósitos estarão sujeitos à confirmação mediante apresentação do comprovante de depósito, com a devida autenticação bancária, sob pena da perda de 20% do valor da arrematação em favor do Comitente Vendedor, bem como da comissão do Leiloeiro, nos termos do art. 418 do Código Civil Brasileiro.

Sobre o valor da arrematação será acrescida a comissão legal do Leiloeiro de 5% (cinco por

cento) e as despesas administrativas a qual não está inclusa no valor do lance.

O arrematante deverá, obrigatoriamente, substituir o cheque caução por depósito bancário em dinheiro.

Os depósitos bancários deverão ser feitos em nome do Leiloeiro SÉRGIO VILLA NOVA DE

FREITAS.

- A título de despesas administrativas, de acordo com o lote arrematado deverá ser acrescido

ao pagamento do lote seguindo a tabela abaixo:

VEÍCULOS: motocicletas (R$ 220,00 cada lote); veículos leves (R$ 550,00 cada lote);

caminhões, ônibus, semi-reboques, vans e similares (R$ 1.100,00 cada lote);

MATERIAIS: MATERIAIS: Segue tabela abaixo:

VALOR DO LOTE ARREMATADO -R$ VALOR DA TAXA - R$

Até 199,99 10,00 200,00 até 499,99 20,00 500,00 até 999,99 50,00 1.000,00 até 4.999,99 150,00 5.000,00 até 9.999,99 300,00 10.000,00 até 19.999,99 450,00 20.000,00 até 29.999,99 600,00 30.000,00 até 39.999,99 750,00

(5)

40.000,00 até 49.999,99 900,00 50.000,00 até 59.999,99 1.050,00 60.000,00 até 69.999,99 1.200,00 70.000,00 até 79.999,99 1.350,00 80.000,00 até 89.999,99 1.500,00 90.000,00 até 99.999,99 1.650,00 100.000,00 até 109.999,99 1850,00 110.000,00 até 119.999,99 2.050,00 Acima de 120.000,00 2.250,00 RETIRADA

- Os bens arrematados serão entregues somente após a integralização dos pagamentos e a

retirada dos mesmos deverá ser efetuada com a apresentação do Termo de Entrega fornecido pelo Comitente Vendedor.

- A retirada e transporte dos bens arrematados são de inteira responsabilidade do arrematante, que responderá civil e criminalmente por qualquer dano pessoal ou material

causado a terceiros, ou qualquer ação movida que envolva o veículo arrematado. Será o arrematante também responsável por eventuais infrações de trânsito cometidas, autorizando desde já que a pontuação punitiva seja direcionada para o seu prontuário de habilitação. Quando o bem arrematado for retirado por terceiros, estes devem estar devidamente autorizados e formalmente qualificados (NOME, CPF, RG, CNH).

- O prazo de retirada do bem será de 3 (três) dias úteis das 9 as 12:00h e das 13:30 as 17:00h.

Ao arrematante que deixar de observar as condições de retirada, será cobrada multa diária de: R$ 10,00(motos), R$ 20,00(veículos), R$ 40,00(caminhões) e R$ 50,00 (bens), até o máximo de 30 dias, quando perderá o direito ao bem arrematado, sendo o mesmo vendido para a satisfação do débito.

DISPOSIÇÕES GERAIS

- As condições constantes neste catálogo poderão ser modificadas pelo Leiloeiro

Oficial e/ou comitente vendedor, devendo estas constar do recibo de venda e termo de

responsabilidade que farão parte integrante do contrato, onde terá a ciência e concordância do arrematante.

- Qualquer bem objeto deste leilão poderá ser retirado desde que constatada alguma

irregularidade.

- Dada a natureza jurídica e própria do Leilão Público Oficial, os participantes elegem o Foro da

Capital do Estado de São Paulo, para dirimir todas e quaisquer dúvidas e pendências, renunciando expressamente a outros, por mais privilegiados que sejam. Os compradores obrigam-se a acatar, de forma definitiva e irrecorrível, as condições aqui estabelecidas, as quais são de conhecimento Público.

- As demais condições obedecerão ao que regula o Decreto Federal nº 21.981, de 19 de

outubro de 1.932, com as alterações introduzidas pelo Decreto Lei nº 22.427, de 01 de fevereiro de 1.933.

(6)

LEGISLAÇÃO – NOVA LEI DE DESMONTES - Comunicado DETRAN nº 07/2014

A Diretora Vice-Presidente, respondendo pelo expediente da Presidência do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo e considerando a proximidade do prazo de adequação dos estabelecimentos de desmontagem e reciclagem de veículos aos requisitos impostos pela Lei 15.276,

de 02/01/2014, Comunica aos leiloeiros oficiais do Estado de São Paulo e a quem mais possa

interessar, que nos leilões, públicos ou privados, realizados a partir de 01-07-2014, somente poderão arrematar veículos em fim de vida útil e sucata veicular, assim definidos pela portaria DETRAN 1.215,

de 26/06/2014, as empresas de desmontagem ou reciclagem de veículos credenciadas ou autorizadas

pelo DETRAN-SP, conforme rol a ser disponibilizado no portal eletrônico desta autarquia e nos termos do artigo 1º, § 1º, da Lei 15.276, de 02-01-2014, e do artigo 5º do Decreto 60.150, de 13/02/2014. A empresa de desmontagem ou reciclagem cujo status no referido rol seja “em análise” poderá, em caráter temporário e até futuro comunicado, arrematar veículos em fim de vida útil e sucata veicular, ficando obrigada, de qualquer forma, a obter o credenciamento de que trata a portaria DETRAN 947,

de 06/05/2014, sob pena de sujeitar-se às penas e sanções legais.

Este comunicado entra em vigor na data de sua publicação. Para mais informações acesse: http://www.detran.sp.gov.br

Figure

Updating...

References

Related subjects :