Leitura e Estudo O Grande Conflito Fichas para o culto familiar.

17 

Loading.... (view fulltext now)

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

Fichas para o culto familiar.

Introdução:

Estas fichas para o culto familiar inserem-se no modelo apresentado no “Plano Sistemático

de Visitação”, compreendendo, um momento de leitura, estudo e oração pessoal (15

minutos), e um segundo período de partilha em família (mais 15 minutos). Recomenda-se

que estes dois períodos sejam separados durante o dia , constituindo parte da meditação

pessoal e do culto familiar.

Materiais utilizados:

Para as meditações, serão utilizados a Bíblia, o livro de E. G. White “O Grande Conflito”

(Versão editada pela Publicadora Servir) e o livro de Sally Pierson Dillon “O Grande Conflito,

Porquê?” (Publicadora Servir) com o respectivo caderno de actividades. Outros materiais

simples e acessíveis serão utilizados pontualmente para as actividades com as crianças.

Indicação dos parágrafos:

Para atingir o objectivo de estudar um capítulo durante a semana, torna-se necessário dividir

cada página em parágrafos. Considera-se como primeiro parágrafo de uma página, o texto

que transita da página anterior. A abreviatura para “parágrafo” é o cardinal: #.

Por exemplo: #4 p. 23 – 4º parágrafo da página 23.

Tarefas sistematicamente indicadas nas fichas de culto familiar:

Leitura e estudo pessoal

Perguntas para interiorizar a leitura diária e fazer a sua aplicação pessoal.

Texto Bíblico para reflexão

Texto bíblico sugestivo para uma meditação pessoal, retirado da leitura diária.

Para as crianças

Actividades para as crianças relacionadas com o tema e a leitura diária.

Partilha em família

Partilha da ideia de um parágrafo considerado mais significativo e reflexão em

família.

Oração

Oração pessoal ou em família sobre o tema da meditação diária e partilha de

outros motivos de oração.

(2)

Importância da literatura missionária

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 147 (#5) – 149 (#1).

Perguntas para reflexão:

1. Quais eram os temas recorrentes da pregação de Zwínglio? (#1, p.148).

2. Qual foi o papel importante desempenhado pela colportagem na difusão da mensagem reformadora na Suíça? (#3, p.148). Este método de propagação da mensagem tem ainda razão de ser nos nossos dias? Como posso também distribuir a mensagem de Deus pela “página impressa”?

3. Depois deste estudo, qual é a minha oração que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? (Lembrar: Plano 777).

Texto Bíblico para reflexão

Salmo 126:6.

Para as crianças

“Distribuição de literatura cristã”. Combinar com as crianças e distribuir pela vizinhança

(pessoalmente ou nas caixas do correio), pequenos folhetos com mensagens bíblicas. Os pais deverão obter previamente esses folhetos. Orar antes da distribuição pedindo a presença do Senhor.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 9

2º dia

O escudo da fé.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 149 (#2) – 150 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. Qual foi a origem da confiança e da coragem de Zwínglio durante a sua doença em Zurique? (#4, p.149). Que inspiração este testemunho pode dar-nos para enfrentar as nossas provações?

2. Qual era a estratégia de Zwínglio para a exposição das verdades bíblicas? Qual era o efeito prático imediato? (#2, p.150).

3. Depois deste estudo, qual é a minha oração que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? (Lembrar: Plano 777).

Texto Bíblico para reflexão

Efésios 6:12-18.

Para as crianças

“O Escudo da Fé”. Desenhar numa folha um escudo com o “brazão de armas” da família. Desenhar ao centro do escudo a “força fundamental” da família e à volta as suas “armas

espirituais” usadas nos seus combates. Explicar a escolha desses elementos.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(3)

A verdadeira reforma.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 150 (#3) – 152 (#1).

Perguntas para reflexão:

1. Qual é o fundamento da Igreja? Qual é então “verdadeiramente a igreja fora da qual ninguém se pode salvar”? (#1, p. 151).

2. Quais foram os frutos vistos pela implementação da reforma em Zurique? (#3, p. 151). Qual é a lição que retiramos para uma melhor compreensão do verdadeiro reavivamento e da verdadeira reforma?

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? (Lembrar: Plano 777).

Texto Bíblico para reflexão

Mateus 3:8-10.

Para as crianças

“Frutos dignos de arrependimento”. Cada membro da família escolherá uma peça de fruta (maça, pêra, laranja, banana) e escreverá na casca uma acção ou atitude que manifeste um motivo pessoal de arrependimento. Depois poderá comer esse fruto, ou parte dele para

exemplificar o seu desejo de assimilar esse fruto pretendido.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 9

4º dia

Não pela força, mas pelo Espírito do Senhor.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 152 (#”) - 153.

Perguntas para reflexão:

1. Qual foi a “única norma para julgar” apresentada por Oecolampadius, o representante dos reformadores? (#1, #2 , p. 153).

2. Qual foi o contraste entre as atitudes de expressão entre os representantes papais e os representantes dos reformadores? (#3, p. 153). Que lições podemos tirar em relação à nossa atitude quando expressamos as nossas crenças?

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? Organizar em família uma saída missionária para visitar uma das pessoas por quem se

está a orar através do “Plano 777”.

Texto Bíblico para reflexão

Zacarias 4:6.

Para as crianças

“Uma história bíblica de vitória pelo Espírito”. Um membro da família representará em mímica

uma história relatada na Bíblia em que a solução ou vitória não foi obtedida pela força mas pelo Espírito de Deus. Os outros tentarão descobrir a que relato bíblico se refere.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(4)

Falsos reavivamentos espirituais.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 155 a 156 (#3).

Perguntas para reflexão:

1. Como é que Satanás tentou enganar o povo perante o movimento de reforma no séc. XVI? (#2, p. 156).

2. Qual foi o princípio rejeitado por estes falsos profetas que promoviam um falso reavivamento espiritual? (#3, p. 156). Que lições podemos retirar para nós mesmos a respeito das nossas “impressões espirituais”?

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? Continuar a orar segundo o plano 777.

Texto Bíblico para reflexão

Tiago 1:16-18.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp.55-56 (4º parágrafo). Qual é o aspecto que achaste mais importante nesta história?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 10

6º dia

Verdadeiros e falsos reavivamentos.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 156 (#4) a 157.

Perguntas para reflexão:

1. Qual é o grande dilema face a crentes que pretendem ser guiados directamente pelo espírito santo para apresentarem uma mensagem de Deus? (#6, p. 156). Como fazer a distinção acertada segundo Deus?

2. Com que pensamentos a alma de Lutero se enchia de paz quando lutava com Deus buscando segurança perante as manifestações de fanatismo espiritual? (#1, p. 85).

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? (Fazer o ponto de situação em relação ao Plano 777).

Texto Bíblico para reflexão

Hebreus 4:12-13.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp.56-57. Qual é o aspecto que achaste mais importante nesta história?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(5)

Ingredientes da conversão genuína.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 158 (#1) a 159 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. Quais são os nossos limites ao pregar e ensinar a palavra de Deus para conduzir alguém a Cristo? (#5 p. 159).

2. Quais são os três elementos que Lutero indicou como sendo imprescindíveis para uma conversão genuína? (#5, p. 159).

2. O que trouxe o povo desviado de novo para o caminho da verdade? (#2, p. 159). 3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? Que preocupação sinto neste momento pelas pessoas por quem estou a orar através do “Plano 777”?

Texto Bíblico para reflexão

I Coríntios 5:6-8.

Para as crianças

Faz o exercício “Onde está Lutero” no caderno de actividades “O Grande Conflito, Porquê?” (pp. 20).

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 10

8º dia

Urgência e importância de uma reforma individual.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 159 (#3) a 160 (#4).

Perguntas para reflexão:

1. Porque razão Lutero afirmou “Deus me guarde, pela Sua misericórdia, de uma igreja em que não há senão santos.” O que estava aqui em causa? (#4, p. 159).

2. O que é que o pretenso reformador Tomaz Münzer se esqueceu a respeito da forma de reformar o mundo? (#5, p. 159). Que lições práticas retiro destes pensamentos?

3. Depois deste estudo, qual é a minha oração que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? Continuar a orar segundo o plano 777.

Texto Bíblico para reflexão

II Coríntios 13:5.

Para as crianças

“Exame da fé”. Juntos em família vamos elaborar um questionário com cinco perguntas para fazer um “exame da fé”. Quais deverão ser as perguntas importantes para constarem nesse exame? Cada membro da família responderá então a esse questionário e para cada

pergunta se dará a si mesmo uma nota pessoal de 1 a 5.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(6)

Em nome de Cristo…

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 160 (#5) a 162 (#1).

Perguntas para reflexão:

1. Quais são frequentemente as reacções recebidas pelos “servos de Deus porque se mantêm destemidos em defesa da verdade?” (#2, p. 161).

2. Quais foram os três conflitos onde a Palavra de Deus se mostrou ser uma arma poderosa no tempo de Lutero? (#4, #5, p. 161). Como é que cada um destes três conflitos se

manifesta ainda hoje?

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda?

Texto Bíblico para reflexão

Mateus 5:10-12.

Para as crianças

“Jesus Cristo; Eu sou..”. Um dos pais escreve em pequenas folhas de papel o que Jesus disse ser. Exemplo: Eu sou a luz do mundo. Cada membro da família desenha numa folha de papel e os restantes tentam descobrir. (João 6:35, 48, 51; 8:12; 10:9, 11, 14; 11:25;

14:6; 15:1) Ler Mateus 16.15 e 16 Quem é Jesus para ti? Partilha a tua resposta

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 10

10º dia

O privilégio de ter a Bíblia em língua materna.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 162 (#2) a 163 (#1).

Perguntas para reflexão:

1. Qual foi a reacção do povo alemão ao receber de Lutero a tradução do Novo Testamento na sua língua? (#2, p.162).

2. Qual foi o efeito prático das mudanças operadas pelo estudo da Palavra de Deus? (#5, p. 162 e #1, p. 163).

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? Continuar a orar segundo o plano 777.

Texto Bíblico para reflexão

Actos 8:29-31.

Para as crianças

“Concurso Bíblico?” Os mais pequenos preparam um concurso bíblico com 6 a 10 perguntas sobre personagens da Bíblia. Os mais velhos tentam responder. Exemplo: “Como se

chamava a avó materna de José?” ou “Quem apanhou 300 raposas”, etc.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(7)

Palavra recebida, Palavra partilhada.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 163 (#2) a 164.

Perguntas para reflexão:

1. Que grupos da sociedade, considerados intelectualmente menos capacitados, se

tornaram também mais familiarizados com os ensinos da Bíblia do que os “padres e ilustres doutores”? (#2, p. 162).

2. O que faziam todos aqueles que descobriam o Poder da Palavra de Deus mesmo quando eram perseguidos? (#1, p. 164). Que lição pessoal retiro deste exemplo de testemunho cristão?

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? Continuar a orar segundo o “Plano 777”.

Texto Bíblico para reflexão

II Timóteo 4:1-5.

Para as crianças

“Testemunho”. Procura num dicionário o que significa a palavra testemunho: -Direito: falar de factos presenciados. –Atletismo: tubo cilíndrico transmitido de atleta para atleta numa corrida de estafeta. –Cristianismo: Partilha da história religiosa pessoal tida com Deus. Vamos

convidar um membro da família (por exemplo, um avô, uma tia ou a mãe) e pedir-lhe que conte a sua história vivida com Deus. Esta é uma herança espiritual que como família queremos passar de pais para filhos.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 11

12º dia

Liberdade de consciência.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 165 a 166 (#3).

Perguntas para reflexão:

1. Que acontecimentos permitiram desviar as intenções do imperador Carlos V para esmagar a Reforma dando-lhe assim a “oportunidade de se fortalecer e estender”? (#2, p. 165). 2. Quais eram os fundamentos da Reforma em “matéria religiosa?” (#3, p.165). O que este princípio representa para nós hoje?

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? Continuar a orar segundo o “Plano 777”. Programar uma próxima visita a uma dessas pessoas por quem se está a orar e convidá-la a estudar a Bíblia.

Texto Bíblico para reflexão

II Coríntios 3:17,18.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp.59-60 (final do 3º parágrafo). Qual é o aspecto que achaste mais importante nesta história?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(8)

“Tudo o que não é de fé, é pecado”.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 166 (#4) a 168 (#1).

Perguntas para reflexão:

1. Quais seriam as consequências da execução do édito de Worms? (#2, p. 167). 2. Qual foi o princípio sobre o qual esse acordo se baseava, e como agiram os príncipes alemães? (#4, p. 167).

3. Depois deste estudo, qual é a minha oração pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda?

Texto Bíblico para reflexão

Romanos 14:22,23.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp. 60 (4 º parágrafo) a p. 61. Qual era o segredo da fé e da força de Lutero?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 11

14º dia

Acima de tudo, o Senhor...

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 168 (#2) a 169 (#5).

Perguntas para reflexão:

1. Qual era a condição dos reformadores alemães para obedecer ao imperador? (#1, p.169). 2. A quem recorreram eles para receber ajuda? (#3, p.169).

3. Porque razão não aceitaram o decreto de Worms? (#5, p.169).

4. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? (Fazer o ponto de situação em relação ao Plano 777).

Texto Bíblico para reflexão

Eclesiastes 12:13-14

Para as crianças

Faz o exercício “Qual Ponte?” no caderno de actividades “O Grande Conflito-Porquê” (p. 21).

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(9)

A Palavra de Deus no coração...

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 169 (#6) a 171 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. Quais são os dois “abusos do homem em matéria de fé” expressos nos protesto de Espira e que constituem a “própria essência do protestantismo”? (#4, p.170).

2. Qual é a lição retirada da experiência dos nobres reformadores a respeito da maneira de agir de Satanás? Qual é a nossa necessidade relacionada com essa lição(#2, p.171). 3.Qual é a “única esperança de reforma hoje”? (#2, p. 171). Depois deste estudo, qual é a

minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? Continuar a orar segundo o plano 777.

Texto Bíblico para reflexão

Salmo 119:9-12.

Para as crianças

Faz o exercício “Castelo Forte” no caderno de actividades (p. 17).

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 11

16º dia

O Senhor é por nós.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 171 (#3) a 172 (#4).

Perguntas para reflexão:

1. Que tipo de evidências se manifestaram simultaneamente com os sinais de perigo para os protestantes? (#3, p.171).

2. Como é que Lutero reavivou a fé dos reformadores enquanto viajavam para Augsburgo? (#3, p.172). O que é que esta afirmação nos fala a respeito da importância dos cânticos? 3. Cantemos o hino “Castelo Forte” (H.A. nº 33) reflectindo particularmente sobre a sua letra.

4. Depois deste estudo, qual é a minha oração que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda?

Texto Bíblico para reflexão

Romanos 8:31-37.

Para as crianças

“Cantar uma oração de confiança”. Escolhe um hino que fale de Jesus como nosso protector. O que sentes quando cantas este hino? O que mais gostas nas suas palavras?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(10)

Envolvidos pelo auxílio divino.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 172 (#5) a 174 (#3).

Perguntas para reflexão:

1. Que dia foi considerado “o maior dia da Reforma”? Porquê? (#2, p. 173).

2. Segundo o Dr. Eck, (teólogo romano adversário de Lutero) como é que a “Confissão de Augsburgo” poderia ser refutada?(#5, p.173).

3. Qual é o paralelismo entre a protecção divina aos reformadores e a experiência do servo de Eliseu relatada em II Reis 6:15-17? (#3, p. 174). Que lições retiramos para a nossa vida? 4. Depois deste estudo, qual é a minha oração pessoal que quero apresentar a Deus

pedindo-lhe a Sua ajuda? (Fazer o ponto de situação em relação ao Plano 777).

Texto Bíblico para reflexão

II Reis 6:15-17.

Para as crianças

“Carros de fogo”. Como imaginas o que viu o servo de Eliseu, quando Deus lhe abriu os olhos para ver a realidade espiritual e viu um exército de cavalos e carros de fogo? Descreve como imaginas essa cena e pinta um “carro de fogo”. Que lição tiras deste episódio bíblico para a tua vida?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 11

18º dia

O Poder da Oração intercessória.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 174 (#4) a 175.

Perguntas para reflexão:

1. O que é que Lutero pediu ao povo, quando a causa da reforma estava a ser ameaçada pelos poderosos? (#5, p. 174).

2. Segundo Lutero, qual era a “maior necessidade” e o “trabalho principal” dos reformadores nessas circunstâncias? (#5, p. 174).

3. De onde proveio o “poder que abalou o mundo na grande Reforma”? Quanto tempo Lutero dedicava diariamente à oração? (#2, p. 175). Que lição retiro para a minha vida pessoal?

4. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? Interceder pelas pessoas da nossa lista de oração, segundo o “Plano 777”.

Texto Bíblico para reflexão

I Tessalonicenses 5:16-21.

Para as crianças

“Oração por uma criança”. Conhecemos alguma criança que nos “meta pena” ou um(a) amiguinho(a) que queremos ver salva com Jesus? Partilhemos e oremos por ela, para que Jesus a ajude e nos ajude também para puder ajudá-la. Como o poderemos fazer?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(11)

Responsabilidade de ser membro do “corpo de Cristo” a Sua Igreja.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 177 a 179 (#3).

Perguntas para reflexão:

1. Qual era o plano de Lefèvre? Qual foi o resultado depois de começar a estudar a Palavra de Deus? (#2, p.178).

2. Qual foi a compreensão lógica a que chegou Lefèvre a respeito do “ser membro de igreja” em relação a Jesus Cristo e à maneira de viver esse relacionamento? (#4, p.178). O que mais lhe impressiona nesta lógica?

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? Continuar a orar segundo o plano 777.

Texto Bíblico para reflexão

Efésios 4:11-16.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp. 63 a 64 (final do 3º parágrafo). Qual é o aspecto que achaste mais importante nesta história?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 12

20º dia

A alegria de padecer como cristão.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 179 (#4) - 182 (#3).

Perguntas para reflexão:

1.Que atitudes e que mudança de vida se notou nos habitantes de Meaux que se deixaram tocar pelo poder do evangelho? (#2, p. 180).

2. Qual foi a decisão tomada por Luís de Berquin apesar dos conselhos de Erasmo que o encorajavam a viajar para a Alemanha? (#3, p.181).

3. Qual era a razão do semblante luminoso e pacífico dos mártires franceses? (#3, p.182). 4. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda?

Texto Bíblico para reflexão

I Pedro 4:12-16.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp.64 (4º parágrafo) a 65. Qual é o aspecto que achaste mais importante nesta história?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(12)

Pregação de Cristo, o Crucificado…

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 182 (#4) a 185 (#4).

Perguntas para reflexão:

1.O que é que impressionou Calvino de tal forma que o levou a estudar a Bíblia? (#5, p.184).

2. o que levava Calvino a hesitar tornar-se “pregador público”? (#2, p. 185). Que lição retiro pessoalmente deste testemunho de Calvino?

3. O que fazia Calvino em Paris, “enquanto os salões da Universidade ecoavam com o rumor das discussões teológicas”? (#4, p. 185).

4. Depois deste estudo, qual é a minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? (Fazer o ponto de situação em relação ao Plano 777).

Texto Bíblico para reflexão

I Coríntios 1:22-24.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp.65 (última frase) a 67 (2º parágrafo). Qual é o aspecto que achaste mais importante nesta história?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 12

22º dia

“Prudentes como as serpentes e simples como as pombas”.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 185 (#5) a 188 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. Enquanto estava em Paris, como é que Calvino se preparava para os seus futuros trabalhos de disseminação da luz? (#3, p.186).

2. Qual foi o “movimento zeloso, mas mal interpretado que acarretou a ruína, não apenas para os seus propagadores, mas também para os amigos da fé reformada na França inteira”? (#4, p.187). Que lição retiro deste episódio da história da Reforma em França? 3. Depois deste estudo, qual é a minha oração que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda?

Texto Bíblico para reflexão

Mateus 10:16,17.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp. 67 (3º parágrafo) a 68. Qual é o aspecto que achaste mais importante nesta história?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(13)

Testemunho na morte.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 188 (#3) a 191 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. Não havia púlpito como a fogueira do mártir”. O que expressa esta afirmação? (#3, p.188).

2. Qual tinha sido a influência real do protestantismo nas mentes dos parisienses mais distinguidos, constatada com o seu desaparecimento? (#3, p.189).

3. Qual era a base da fé manifestada pelos mártires no dia em que o próprio rei de França , Francisco I, percorreu em penitência, todos os lugares de tortura? (#2, p. 191).

4. Depois deste estudo, qual é a minha oração pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? Continuar a orar segundo o “Plano 777”.

Texto Bíblico para reflexão

Actos 7:55-60.

Para as crianças

Faz o exercício “Fuga para Paris” no caderno de actividades “O Grande Conflito, Porquê?” (p. 22).

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 12

24º dia

Regeneração de dentro para fora.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 191 (#3) a 194 (#4).

Perguntas para reflexão:

1.Duzentos e cinquenta e oito anos mais tarde, qual foi o resultado sentido da rejeição do evangelho pregado pela Reforma? (#1, #2, p.192).

2. Além da colportagem (#3, p. 192), qual era um outro método usado pelos reformadores franceses para propagar o evangelho entre todas as classes? (#4, p. 192, 193).

3. Como deve ser realizada a “obra de regeneração?” (#4, p. 194). Hoje vamos orar por esta obra de reavivamento e reforma pessoal.

Texto Bíblico para reflexão

Efésios 1:16-19.

Para as crianças

”Do coração para a mão”. Desenha numa folha de papel, de um lado um coração, do outro lado a tua mão. No coração escreve uma característica bonita de coração (atributo de

carácter) e do outro, na mão, um acção que expressa essa característica.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(14)

Fracos, mas fortes pelo poder do Senhor.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 194 (#5) a 197.

Perguntas para reflexão:

1. Quais eram algumas das fragilidades de Calvino? (#5, p. 194). Como aceitou o chamado para ser um pregador da reforma? (#1, p.195).

2 Apesar da boa acção benevolente da ordem dos jesuítas, que perigos representava para a reforma? (#3, #4, p. 195).

3. Apesar das falhas de conduta e de doutrina, em que aspectos Calvino foi um “instrumento na promulgação da verdade”? (#4, p. 196).

4. Depois deste estudo, qual é a minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? Continuar a orar segundo o plano 777.

Texto Bíblico para reflexão

II Coríntios 12:9-10.

Para as crianças

“Não caio”. A um sinal cada criança deixa-se cair no chão (proteger com uma manta ou um tapete). O pai e/ou a mãe entrelaça as duas mãos à frente do peito da criança, segurando-a por debaixo dos braço. Ao mesmo sinal a criança deixa-se cair, mas agora firmemente

segurada pelo pai/mãe. Explorar esta analogia com a protecção do Pai do Céu.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 13

26º dia

Presunção humana deificada.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 199 a 199 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. Duzentos anos antes de Lutero, o que é que dois bispos dos Países Baixos disseram quando foram enviados a Roma? (#1, p. 199).

2. Como já se considerava o papa a si mesmo e a Roma em relação a Deus? (#1, p. 199). 3. Depois deste estudo, qual é a minha oração que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda?

Texto Bíblico para reflexão

Deuteronómio 8:17,18.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp.69-70 (6º parágrafo).

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(15)

Ignorância espiritual.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 199 (#3) – 200 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. O que impedia o sacerdote Holandês Memo Simons de ler a Bíblia? (#2, p. 200).

2. Qual foi o acontecimento e a doutrina que o levaram a estudar a Bíblia? A que conclusões chegou? (#2, p.200). Tenho eu fé e estou arrependido dos meus pecados?

3. Depois deste estudo, lembro-me de um pecado que sinta vontade de confessar a Deus pedindo-lhe perdão? (Não esquecer de continuar a interceder segundo o “Plano 777”).

Texto Bíblico para reflexão

Actos 17:30,31.

Para as crianças

Leitura do “Grande Conflito – Porquê?, pp.70 (4º parágrafo) a 71. O que é que mais gostaste na história deste reformador suíço?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 13

28º dia

O tempo em que orar e ler a Bíblia conduzia à morte.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 200 (#4) a 201 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. Como é que o “povo constatava que Meno era digno de confiança”? (#4, p.200).

2. Nesse tempo na Alemanha, que práticas bíblicas eram condenadas por decreto à pena de morte? (#2, p.201).

3. Depois deste estudo, qual é a minha oração que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? Continuar a orar segundo o “Plano 777”.

Texto Bíblico para reflexão

Daniel 6:7-12.

Para as crianças

Faz o exercício “Reformadores do Norte” no caderno de actividades “O Grande Conflito, Porquê?” (p. 23).

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(16)

A vitória em Cristo.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 201 (#3) a 202 (#2).

Perguntas para reflexão:

1. Com que atitude os fiéis perseguidos reagiam à “cólera dos perseguidores”? (#4, p.201). 2. Uma vez mais na história do cristianismo, quais foram os resultados da perseguição? (#5, p. 201).

3. Depois deste estudo, qual é a minha oração que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda?

Texto Bíblico para reflexão

Apocalipse 12:10,11.

Para as crianças

“Daniel um homem de oração”. Fazer uma representação em mímica sobre o episódio de Daniel desde a proibição de orar até à sua libertação da cova dos leões. O que esta história

mostra sobre a importância de orar apesar das dificuldades?

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Quais são os motivos de oração que queremos agora apresentar a Deus?

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 13

30º dia

Uma Palavra que não pode ser amordaçada.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 202 (#3) a 203 (#1).

Perguntas para reflexão:

1. O que fez Tausen depois que voltou de Wittemberg para o seu mosteiro na Dinamarca? (#4, p. 202).

2. O que aconteceu quando Tausen foi preso? (#5, p. 202). Que lição retiro do exemplo deste reformador dinamarquês?

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão pessoal que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a Sua ajuda? (Fazer o ponto de situação em relação ao Plano 777).

Texto Bíblico para reflexão

Actos 16:23-35.

Para as crianças

Vamos fazer um vídeo que represente o acontecimento narrado no texto bíblico acima

indicado. Uma outra opção é tirar várias fotografias às cenas principais e reconstruir a história assim ilustrada. O que gostaste mais de ver a respeito desta história.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

(17)

Leitura e Estudo “O Grande Conflito”

-

Capítulo 13

31º dia

A única regra de fé e prática.

Leitura e estudo pessoal.

Páginas 203 (#2) a 204 (#1).

Perguntas para reflexão:

1. O que é que Olavo Petri afirmou perante o monarca sueco a respeito da autoridade dos ensinos dos pais da igreja perante a autoridade da Bíblia? (#4, p. 203).

2. Qual foi o grande princípio da Reforma que foi afirmado por Petri nessa ocasião? (#1, p. 204).

3. Depois deste estudo, qual é a minha decisão que quero apresentar a Deus pedindo-lhe a sua ajuda? Continuar a orar segundo o “Plano 777”.

Texto Bíblico para reflexão

Colossenses 2:6-10.

Para as crianças

Dar um passeio de carro (pode ser à noite) e explicar o que se faz perante alguns sinais de trânsito (por exemplo; os semáforos). Explicar o que aconteceria se esses sinais não fossem respeitados (acidentes, feridos e morte). A Bíblia indica-nos os sinais de Deus para serem respeitados na caminhada da nossa vida. Não respeitar

esses sinais, ou inventar outros no seu lugar, só traz confusão e desastres.

Partilha em família

Qual foi o parágrafo que mais me impressionou no estudo pessoal. Porquê?

Oração

Imagem

Referências

temas relacionados :