H O L O B I O G R A F I A P E S S O A L

Texto

(1)

H

O L O B I O G R A F I A

P

E S S O A L

( H

O L O B I O G R A F O L O G I A

)

I. Conformática

Definologia. A holobiografia pessoal é a história da evolução da consciência, ao longo

da seriéxis, registrada na holomemória e relembrada por meio de retrocognições e autopesquisas com base em fatos e parafatos, compondo o holocurrículo evolutivo.

Tematologia. Tema central neutro.

Etimologia. O elemento de composição holo provém do idioma Grego, holos, “total;

completo; inteiro”. O vocábulo biografia procede do mesmo idioma Grego, biographia, “relato de vidas”, constituído pelos elementos de composição bios, “vida”, e graphe, “escrita; escrito; convenção; documento; descrição”. A palavra biografia apareceu no Século XIX. A palavra pes-soal deriva do idioma Latim, personalis, “pespes-soal”. Surgiu no Século XIII.

Sinonimologia: 1. Auto-holobiografia. 2. Autobiografia multiexistencial. 3. História

integral da consciência. 4. Holobiografia consciencial. 5. Holocurrículo consciencial.

Neologia. As 3 expressões compostas holobiografia pessoal, holobiografia pessoal

vis-lumbrada e holobiografia pessoal ignorada são neologismos técnicos da Holobiografologia.

Antonimologia: 1. Autobiografia intermissiva. 2. Biografia pessoal. 3. História

Pes-soal. 4. Parautobiografia.

Estrangeirismologia: o curriculum vitae da consciência integral.

Atributologia: predomínio das percepções extrassensoriais, notadamente do

autodiscer-nimento quanto aos registros holomnemônicos da Auto-Holobiografologia Evolutiva.

Megapensenologia. Eis 1 megapense trivocabular relativo ao tema: – Holomemória:

síntese consciencial.

II. Fatuística

Pensenologia: o holopensene pessoal da autopesquisa holomnemônica

(Holobiografolo-gia); a investigação das fôrmas holopensênicas (Autosseriexolo(Holobiografolo-gia); a assinatura grafopensênica enquanto rastros personalíssimos (Autografopensenologia); os heredopensenes; a heredopenseni-dade; os retropensenes, a retropensenidade, os evoluciopensenes; a evoluciopenseniheredopenseni-dade; os luci-dopensenes; a lucidopensenidade; os mnemopensenes; a mnemopensenidade; os grafopensenes; a grafopensenidade; a dissecação do materpensene atual evidenciando o nível de autoconsciencia-lidade alcançado (Autevoluciologia).

Fatologia: a rememoração de si mesmo abrindo caminhos evolutivos edificantes; o

des-cortinamento da consciência por meio de retrocognições personalíssimas; a verdade nua e crua da consciência revelada pelas retrocognições; o entendimento das dificuldades e vicissitudes através da revelação de si mesmo; as fissuras conscienciais identificadas; as automimeses paralisando a História Pessoal; a admissão de fatos pretéritos antes inadmissíveis; a autorresponsabilidade da consciência por fatos passados; a continuação do legado na vida atual; o reconhecimento das obras deixadas no passado; o legado de ideias e obras deixado para as gerações vindouras; as pu-blicações pretéritas revelando o temperamento da consciência; a estilística da escrita anterior rati-ficando o estilo atual do escritor; a autexpressão intrafísica; os diversos papéis interpretados no palco da vida; as evidências de trafais, trafares e trafores trazidos de múltiplas existências; a aná-lise autoconscienciométrica profunda embasada no holocurrículo pessoal; as crises de cresci-mento aflorando com as autopesquisas; a necessidade de reciclagens intraconscienciais promo-vidas pelo estudo holobiográfico; a dinamização da autevolução por meio de recins; as reconcilia-ções grupocármicas favorecendo as renovareconcilia-ções conviviais; os estudos da Cronêmica no período entre a vida passada e a atual; a admissão de gênero diferente do atual em vidas anteriores; as múltiplas variáveis da vida anterior impactando a vida atual; o aumento da autocosmovisão; a

(2)

for-ça presencial fortalecida; a superação de traumas seculares; a compreensão das responsabilidades autevolutivas.

Parafatologia: a holobiografia pessoal; o autogoverno da própria holobiografia; a

holo-biografia pessoal registrada no Cosmos; a memória cerebral rica facilitando o afluxo de informa-ções da holomemória; as autorretrocogniinforma-ções; as retrocogniinforma-ções promovidas durante as projeinforma-ções conscientes (PCs); a visão panorâmica retrocognitiva; a assistência às consciências deixadas para trás ao visitar os locais das vidas pretéritas; a autovivência do estado vibracional (EV) profilático; a sinalética energética e parapsíquica pessoal; a paraperceptibilidade pessoal; as pequisas parapsí-quicas; os extrapolacionismos parapsíquicos; as holobiografias pessoais reveladas na parapsico-teca; a singularidade personalíssima dos parafatos; as retrocognições sadias embasando os fatos e parafatos; a autoconscientização seriexológica; as pesquisas da serialidade humana; a prova da seriexialidade para a conscin pesquisadora; a pesquisa do autorrevezamento multiexistencial; os autorrevezamentos existenciais; os revezamentos existenciais grupais; o rastreamento de raízes pretéritas do temperamento e das tendências atuais; os retrocondicionamentos evidenciados por predileções pessoais; o estudo do temperamento através de retrovidas; as características-chave perpetuadas na sucessão das vidas intrafísicas; o estudo das mudanças genéticas e paragenéticas; a autoidentidade extra; o Curso Intermissivo (CI) conferindo aperfeiçoamento à consciência para a próxima ressoma; o redimensionamento da holobiografia a partir do saldo positivo da Ficha Evolutiva Pessoal (FEP).

III. Detalhismo

Sinergismologia: o sinergismo pesquisa dos fatos-parafatos-cosmovisão; o sinergismo

volição-intenção-realização.

Principiologia: o princípio da descrença (PD); o princípio da seriexialidade; o

princí-pio da evolução pessoal inarredável; o princíprincí-pio de os fatos orientarem a pesquisa; o princíprincí-pio da singularidade holobiográfica; o princípio das singularidades personalíssimas na identificação seriexológica.

Codigologia: o código pessoal de Cosmoética (CPC) revalidando os valores pessoais. Teoriologia: a teoria da seriexialidade; a teoria das retrocognições; a teoria da

inteli-gência evolutiva (IE).

Tecnologia: as técnicas de releitura autobiográfica; a técnica do autoinventariograma;

a técnica do conscienciograma; a técnica retroprojetiva; as técnicas autorretrocognitivas; as téc-nicas consciencioterápicas; a técnica da autobiografia.

Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico das retrocognições; o laboratório

conscienciológico da Pensenologia; o laboratório conscienciológico da imobilidade física vígil (IFV); o laboratório conscienciológico da Evoluciologia; o laboratório conscienciológico da Au-toconscienciometrologia; o laboratório conscienciológico da Paragenética; o laboratório consci-enciológico da Cosmoética.

Colegiologia: o Colégio Invisível da Holossomatologia; o Colégio Invisível da

Consci-enciometrologia; o Colégio Invisível da Projeciologia; o Colégio Invisível da Mnemossomatolo-gia; o Colégio Invisível da ParapercepcioloMnemossomatolo-gia; o Colégio Invisível da ConscienciometroloMnemossomatolo-gia; o Colégio Invisível da Seriexologia.

Efeitologia: o efeito halo das pesquisas holobiográficas; o efeito da acumulabilidade

se-riexológica; os efeitos da Higiene Mental na qualificação da holomemória; os efeitos da evoca-ção da consciência ressomada através de conscins afins; o efeito túnel do tempo ao visitar locais já conhecidos de outras ressomas; o efeito da readequação existencial; os efeitos post mortem das publicações pretéritas.

Neossinapsologia: as recuperação de cons gerando aumento de neossinapses; as

paras-sinapses retrocognitivas; as retrosparas-sinapses facilitadoras de neosparas-sinapses.

(3)

Enumerologia: os achados holobiográficos; as autopesquisas holobiográficas; as

desco-bertas holobiográficas; os fatos holobiográficos; os parafatos holobiográficos; os reencontros ho-lobiográficos; as sincronicidades holobiográficas.

Binomiologia: o binômio autopesquisa-autocognição; o binômio

holobiografia-holocar-ma; o binômio tenepes-retrocognição; o binômio memória autobiográfica–memória holobiográ-fica; o binômio retrocognição holobiográfica–retrocognição conceitual; o binômio admiração- -discordância contribuindo criticamente para o estudo holobiográfico; o binômio autoidentifica-ção seriexológica–autorresponsabilizaautoidentifica-ção assistencial quanto aos talentos assistenciais pessoais.

Interaciologia: a interação holobiografia-holomemória; a interação retrovidas–vida

atual; a interação neopensene-retropensene; a interação memória-holomemória; a interação da-dos holobiográficos–subsídios para a recin; a interação fenômeno parapsíquico–autocognição nas pesquisas holobiográficas; a interação fato-parafato.

Crescendologia: o crescendo autobiografia-holobiografia; o crescendo

retrocognições--autocompreensão-autassistência-heterassistência-reconciliações; o crescendo autopesquisa–re-trocognição; o crescendo pesquisa holobiográfica–autocognição–cosmovisão; o crescendo vi-vências evolutivas sadias–aumento da autobagagem holobiográfica; o crescendo revisitação cog-nitiva–acesso à holomemória–expansão cognitiva da História Pessoal; o crescendo pesquisa re-trocognitiva–autenfrentamento–renovações íntimas necessárias.

Trinomiologia: o trinômio fato-parafato-retrocognição; o trinômio

retrofatos-fatos-pa-rafatos; o trinômio pesquisar-registrar-analisar; o trinômio retrobiografia–biografia atual–holo-biografia; o trinômio biografia-parautobiografia-holoatual–holo-biografia; o trinômio conscin atual–perso-nalidade consecutiva–identidade extra (trio ínsito); o trinômio reperspectivação autocognitiva– –ressignificação pessoal–reciclagens intraconscienciais (recins).

Polinomiologia: o polinômio holobiografia-retroidentidades-retrossoma-neossoma. Paradoxologia: o fato paradoxal de a mesma holobiografia produzir o antepassado de

si mesmo e o autorrevezador multiexistencial lúcido.

Politicologia: a cognocracia; a conscienciocracia; a discernimentocracia; a

evolucio-cracia; a lucidoevolucio-cracia; a meritoevolucio-cracia; a mnemocracia.

Legislogia: a lei do maior esforço pesquisístico quanto à própria história evolutiva; a lei

da evolução consciencial contínua.

Filiologia: a autocogniciofilia; a autexperimentofilia; a conscienciofilia; a evoluciofilia;

a historiofilia; a mnemofilia; a pesquisofilia.

Fobiologia: a autofobia; a conscienciofobia; a criticofobia; a mnemofobia; a neofobia;

a recexofobia; a retrocognofobia.

Sindromologia: a síndrome da hipomnésia.

Holotecologia: a seriexoteca; a biografoteca; a ressomaticoteca; a mnemossomaticoteca;

a consciencioteca; a retrocognoteca; a parapsicoteca.

Interdisciplinologia: a Holobiografologia; a Autocogniciologia; a Autopesquisologia;

a Autorretrocogniciologia; a Autorrevezamentologia; a Conscienciometrologia; a Evoluciologia; a Holomemoriologia; a Mnemossomatologia; a Parageneticologia; a Retrocogniciologia; a Serie-xologia.

IV. Perfilologia

Elencologia: a conscin lúcida; a isca humana lúcida; o ser desperto; o ser

interassisten-cial; o pré-serenão vulgar.

Masculinologia: o acoplamentista; o agente retrocognitor; o atacadista consciencial;

o autodecisor; o cognopolita; o comunicólogo; o completista; o conscienciômetra; o conscienció-logo; o consciencioterapeuta; o convivióconscienció-logo; o epicon lúcido; o exemplarista; o intermissivista; o inversor existencial; o macrossômata; o proexista; o proexólogo; o reciclante existencial; o ofie-xista; o parapercepciologista; o pesquisador; o projetor consciente; o tenepessista; o verbetólogo; o tertuliano; o teletertuliano; o tocador de obra; o homem de ação; o holobiógrafo.

(4)

Femininologia: a acoplamentista; a agente retrocognitora; a atacadista consciencial;

a autodecisora; a cognopolita; a comunicóloga; a completista; a conscienciômetra; a conscienció-loga; a consciencioterapeuta; a convivióconscienció-loga; a epicon lúcida; a exemplarista; a intermissivista; a inversora existencial; a macrossômata; a proexista; a proexóloga; a reciclante existencial; a ofie-xista; a parapercepciologista; a pesquisadora; a projetora consciente; a tenepessista; a verbetólo-ga; a tertuliana; a teletertuliana; a tocadora de obra; a mulher de ação; a holobiógrafa.

Hominologia: o Homo sapiens seriexologus; o Homo sapiens multiexistentialis; o Homo

sapiens retrocognitor; o Homo sapiens perquisitor; o Homo sapiens autorrevertur; o Homo ens automimeticus; o Homo sapiens evolutiologus; o Homo sapiens parapsychicus; o Homo sapi-ens interassistentialis.

V. Argumentologia

Exemplologia: holobiografia pessoal vislumbrada = a História Evolutiva da consciência

revelada pelas autopesquisas, fatos e parafatos; holobiografia pessoal ignorada = a História Evo-lutiva da consciência desconhecida por si própria.

Culturologia: a cultura da Ressomatologia; a cultura da Seriexologia; a anticultura do

cultivo da memória; a cultura autopesquisística; a cultura da omnipesquisa permanente.

VI. Acabativa

Remissiologia. Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem

alfabé-tica, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas cen-trais, evidenciando relação estreita com a holobiografia pessoal, indicados para a expansão das abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:

01. Antepassado de si mesmo: Seriexologia; Nosográfico. 02. Autobagagem holobiográfica: Holobiografologia; Neutro. 03. Autoidentificação seriexológica: Seriexologia; Neutro.

04. Autopesquisa retrocognitiva de campo: Autorretrocogniciologia; Neutro. 05. Autorrevezamento multiexistencial: Autorrevezamentologia; Homeostático. 06. Biografologia: Proexologia; Neutro.

07. Ciclo evolutivo pessoal: Evoluciologia; Homeostático. 08. Ciclo multiexistencial pessoal: Seriexologia; Neutro. 09. Detalhamento retrocognitivo: Seriexologia; Homeostático. 10. Efeito da autosseriexialidade: Seriexologia; Neutro. 11. Parautobiografia: Parageneticologia; Homeostático. 12. Personalidade consecutiva: Seriexologia; Neutro. 13. Prospecção seriexológica: Seriexologia; Neutro.

14. Retromnemônica útil: Mnemossomatologia; Homeostático. 15. Zum mnemônico: Autorretrocogniciologia; Neutro.

O

ESTUDO DA HOLOBIOGRAFIA PESSOAL DESENCADEIA

O BINÔMIO AUTOCOGNIÇÃO

-

COSMOVISÃO

,

PROMOVENDO

RECONCILIAÇÕES GRUPOCÁRMICAS E RECICLAGENS

INTRACONSCIENCIAIS

,

ESSENCIAIS À AUTEVOLUÇÃO

.

Questionologia. Você, leitor ou leitora, dedica-se às autopesquisas seriexológicas? Qual

(5)

Bibliografia Específica:

1. Bazzi, Munir; Memória e Holomemória: Hipóteses e Propostas de Correlação; Artigo; Conscientia; Re-vista; Trimestral; Vol. 13; N. 3; Seção: Temas da Conscienciologia; 3 citações; 1 E-mail; 7 enus.; 1 tab.; 30 refs.;

Associa-ção Internacional do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; Julho-Setembro, 2009;

páginas 209 a 220.

2. Leimig, Roberto; A Natureza da Retrocognição; Artigo; Journal of Conscientiology; Revista; Trimestral; Vol. 10; N. 40; 3 casuísticas; 1 E-mail; 20 enus.; 31 refs., International Academy of Consciousness (IAC); Evoramonte; Portugal; April, 2008; páginas 322 a 328.

3. Idem; Releitura Autobiográfica; Artigo; Conscientia; Revista; Trimestral; Vol. 15; N. 1; Seção: Temas da

Conscienciologia; 1 E-mail; 20 enus.; 3 filmes; 2 refs.; Associação Internacional do Centro de Altos Estudos da Cons-cienciologia (CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; Janeiro-Março, 2011; páginas 171 a 185.

G. C.

Imagem

Referências

temas relacionados :