• Nenhum resultado encontrado

pt 1679 4508 eins S1679

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2018

Share "pt 1679 4508 eins S1679"

Copied!
2
0
0

Texto

(1)

APRENDENDO POR IMAGENS

einstein. 2015;13(4):640-1

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Recidiva de tricobezoar gástrico em crianças

Recurrent gastric trichobezoar in a child

Joana Morgado1, Joana Gaspar1, Fernanda Barros1, Rui Rosado1

1 Hospital do Espírito Santo, Évora, Portugal.

Autor correspondente: Joana Morgado − Serviço de Pediatria, Hospital do Espírito Santo de Évora − Largo Senhor da Pobreza – CEP: 7000-811 − Évora, Portugal − Tel.: +00 351266740100 E-mail: joanamorgado@hotmail.com

Data de submissão: 15/2/2014 – Data de aceite: 20/8/2014 DOI: 10.1590/S1679-45082015AI3079

Paciente de 9 anos de idade, sexo feminino, com desen-volvimento estaturoponderal e psicomotor adequados para a idade, foi referenciada ao Serviço de Urgência em março de 2012 por epigastralgia, vômitos alimenta-res pós-prandiais com 2 dias de evolução, e massa sólida epigástrica de consistência pétrea e móvel. A paciente tinha história de tricofagia e, 2 anos antes, tinha sido submetida à laparotomia para remoção de volumoso tricobezoar gástrico. A endoscopia digestiva alta confir-mou a hipótese de diagnóstico de tricobezoar gástrico. Foi realizada nova laparotomia anterior e retirada mas-sa sólida de cabelos com 12cm x 6cm x 4cm, dimensões estas semelhantes às do tricobezoar gástrico removido 2 anos antes (Figura 1), e pequena cauda de cabelos que se estendia pelo duodeno (Figura 2). Essa paciente foi, então, referenciada a uma consulta de psiquiatria da infância e da adolescência, apresentando, até a data,

Figura 2. Recidiva de tricobezoar gástrico visualizado em endoscopia digestiva alta Figura 1. Tricobezoar gástrico removido após primeira laparotomia

evolução favorável, sem evidência clínica ou ecográfica de recidiva.

Os bezoares resultam da ingestão continuada e pro-longada de materiais não digeridos, levando à sua acu-mulação no lúmen do tubo digestivo. São classificados

de acordo com sua composição.(1,2) Os tricobezoares

são compostos por cabelo ou pelo, ocorrendo cerca de 90% em doentes do sexo feminino com idade inferior a

20 anos.(3) Quando presentes, podem estar associados

a inúmeras complicações, como oclusão intestinal,

per-furação gástrica ou outras.(4) Na literatura, não é

co-nhecida a taxa de recorrência em pacientes operados a tricobezoares gástricos. Após cirurgia, esses pacien-tes devem ser referenciados a consulta de psiquiatria e serem avaliados regularmente. Pacientes que não rece-bem apoio social e psiquiátrico após o primeiro

(2)

641

Recidiva de tricobezoar gástrico em idade pediátrica

einstein. 2015;13(4):640-1

REFERÊNCIAS

1. Erzurumlu K, Malazgirt Z, Bektas A, Dervisoglu A, Polat C, Senyurek G, et al. Gastrointestinal bezoars: a retrospective analysis of 34 cases. World J Gastroenterol. 2005;11(12):1813-7.

2. Santiago Sánchez CA, Garau Díaz P, Lugo Vicente HL. Trichobezoar in a 11-year old girl: a case report. Bol Asoc Med P R. 1996;88(1-3):8-11.

3. Tiwary SK, Kumar S, Khanna R, Khanna AK. Recurrent Rapunzel syndrome. Singapore Med J. 2011;52(6):e128-30.

4. Barzilai M, Peled N, Soudack M, Siplovich L. [Trichobezoars]. Harefuah. 1998; 135(3-4):97-101, 167. Hebrew.

Imagem

Figura 2. Recidiva de tricobezoar gástrico visualizado em endoscopia digestiva altaFigura 1

Referências

Documentos relacionados

Ressonância magnética de abdômen superior em T1 com saturação de gordura pós-contraste, na fase portal, no plano axial, evidenciando necrose completa das lesões secundárias

A dificuldade técnica no tratamento das fraturas periprótese pós-operatórias da ARO, as características e as comorbidades da paciente, o reduzido número de casos e a ausência

As duas primeiras têm carac­ terísticas típicas, e a terceira apresenta­se de forma que não permite diferenciar entre doença de Crohn e reto­ colite ulcerativa, sendo necessário

A idade avançada é um fator de risco para reduzir a mobilidade e, quando associada com mudanças na compo sição corporal, como o aumento da gordura em relação à massa magra, (1)

Os métodos laboratoriais empregados e os valores de referência adotados para amostras de urina de 24 horas foram, para cálcio, método de espectrometria de absorção

Conclusão: A tradução e a adaptação das escalas de avaliação e classificação do linfedema cérvico-facial do MD Anderson Cancer Center Head and Neck Lymphedema protocol para

Dos questionários, foram utilizados os seguintes dados: idade, razão para a realização do exame, motivo para a colocação da prótese, referência a sinal ou sintoma, tempo

Tanto no TISS-28 como no NEMS, a soma dos escores para cada item refletiu a carga de trabalho da enferma- gem durante um período de 24 horas.. (18)