Manual de Instruções HI 2212 HI Medidores de bancada de ph/mv/ C com Padrões Personalizáveis.

36 

Loading.... (view fulltext now)

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

Medidores de bancada

de pH/mV/°C

com Padrões

Personalizáveis

HI 2212 HI 2213

Manual de Instruções

w w w . h a n n a com.pt

(2)

Estimado Cliente,

Obrigado por ter escolhido os produtos Hanna Instruments. Este manual fornece-lhe toda a informação necessária para que possa utilizar o instrumento correctamente, assim como uma ideia precisa da sua versatilidade.

Por favor leia este Manual de Instruções cuidadosamente. Se neces-sitar de mais informações técnicas não hesite em nos contactar para assistencia@hannacom.pt ou visite a nossa página www.hannacom.pt. Estes instrumentos estão em conformidade com as Normas .

GARANTIA

O HI 2212 e o HI 2213 possuem garantia por dois anos contra defeitos de fabrico na manufactura e em materiais, desde que utilizados no âmbito das suas funções e manuseados de acordo com as instruções. Os sensores e as sondas possuem garantia de seis meses. Esta garantia limita-se à sua reparação ou substituição sem encargos. A Hanna Instruments não se responsabiliza por danos acidentais em pessoas ou objectos devidos a negligência ou omissão por parte do cliente, por falta de manutenção prescrita, causados por rupturas ou mau funcio-namento. A garantia cobre unicamente a reparação ou a substituição do instrumento desde que o dano não seja imputável à negligência ou ao uso inadequado por parte do operador. Recomendamos o envio do instrumento com todos os PORTES PAGOS ao vosso revendedor ou à Hanna Instruments (obtendo primeiro uma autorização junto do Departamento de Apoio a Clientes). A reparação será efectuada gratuitamente. Os produtos fora da garantia serão enviados ao cliente, com as despesas a cargo do mesmo.

ÍNDICE

GARANTIA ...2 EXAME PRELIMINAR ...3 DESCRIÇÃO GERAL ...3 DESCRIÇÃO FUNCIONAL DO HI 2212 E DO HI 2213 ...4 ESPECIFICAÇÕES DO HI 2212 E DO HI 2213 ...5 GUIA OPERACIONAL ...6 CALIBRAÇÃO DE pH ...8

DEPENDÊNCIA DO PADRÃO DE pH DA TEMPERATURA ...13

BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS(GLP) ...14

DEFINIÇÕES ...17

CALIBRAÇÃO DA TEMPERATURA (apenas para técnicos especializados) ...20

CALIBRAÇÃO mV (apenas para técnicos especializados) ...22

CALIBRAÇÃO DE mV RELATIVO (HI 2213) ...23

ACONDICIONAMENTO E MANUTENÇÃO DO ELÉCTRODO ...24

GUIA DE RASTREIO DE PROBLEMAS ...27

CORRELAÇÃO DA TEMPERATURA COM O VIDRO SENSÍVEL A pH ...28

(3)

O HI 2212 e o HI 2213 da HANNA são medidores de bancada de pH e Temperatura com microprocessador.

O HI 2213 realiza também medições do Potencial de Oxidação Redução (ORP) na gama mV. Dispõe também da função de mV Relativo. As medições de pH são compensadas manualmente ou automaticamente pelo efeito da temperatura com a sonda de temperatura HI 7662. A calibração pode ser realizada em até 3 pontos, utilizando dois padrões personalizáveis e 5 padrões standard.

A função de Boas Práticas Laboratoriais assegura a consistência dos dados. O alarme de calibração devida pode ser definido para alertar o utilizador que já se passou muito tempo desde a última calibração de pH.

EXAME PRELIMINAR

Retire o instrumento da embalagem e examine-o. Certifique-se de que não sofreu danos durante o transporte. Caso tenha sofrido, informe o seu revendedor.

Cada medidor é fornecido com:

• HI 1131B Eléctrodo de pH combinado, corpo em vidro e cabo de 1 m • HI 7662 Sonda de Temperatura

• HI 76404N Suporte de Eléctrodo

• Soluções padrão pH 4.01 & 7.01 (20 mL de cada) • HI 7082 Solução Electrolítica

• HI 700661 Solução de Limpeza de Eléctrodo • Adaptador de Voltagem 12VDC

• Manual de Instruções

Nota: Deve conservar todas as embalagens até ter a certeza que o instrumento funciona correctamente. Em caso de anomalia, todos os instrumentos e acessórios devem ser devolvidos nas suas embalagens originais.

DESCRIÇÃO GERAL

Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial é proibida sem o consentimento por escrito do detentor dos direitos.

(4)

Painel frontal

Painel traseiro

1) Mostrador (LCD).

2) Tecla CAL, para entrar ou sair do modo de calibração.

3) Tecla CFM/GLP, para confirmar valores diferentes ou para visualizar informação de Boas Práticas Laboratoriais.

4) Tecla ºC, para manualmente aumentar a temperatura ou outros parâmetros.

5) Tecla ºC, para manualmente diminuir a temperatura ou outros parâmetros.

6) Tecla SETUP, para entrar/sair no modo DEFINIÇÕES.

7) Tecla RANGE, para seleccionar gama de medição ou para alternar entre o valor do padrão e de temperatura durante a calibração ou para alterar os dados focados nas definições (HI 2213 apenas).

Tecla , tara alternar entre o valor do padrão e de temperatura durante a calibração ou para alterar os dados focados nas definições (HI 2212 apenas). 8) Tecla MEM, para armazenar um valor na memória.

9) Tecla MR, para consultar um valor armazenado. 10) Interruptor ON/OFF.

11) Ficha para adaptador de energia 12) Conector para eléctrodo BNC. 13) Ficha para sonda de temperatura. 14) Ficha para eléctrodo referência.

DESCRIÇÃO FUNCIONAL

DO HI 2212 E DO HI 2213

(5)

ESPECIFICAÇÕES

DO HI 2212 E DO HI 2213

GAMA –2.00 a 16.00 pH –2.000 a 16.000 pH HI 2213 apenas ±699.9 mV ±2000 mV –20.0 a 120.0 ºC (-4.0 a 248.0°C) RESOLUÇÃO 0.01 pH HI 2213 apenas 0.1 mV 1 mV 0.1 ºC PRECISÃO @ 20°C / 68°F ±0.01 pH ±0.2 mV (±699.9 mV) (HI 2213 apenas) ±1 mV (±2000 mV)(HI 2213 apenas)

±0.2 ºC (excluindo erro de sonda) Gama offset de mV Rel ±2000 mV (HI 2213 apenas)

Calibração de pH 5 padrões standard (4.01, 6.86, 7.01, calibração em 1, 2 ou 3 pontos, 9.18, 10.01) e 2 padrões personalizáveis Compensação da

temperatura –20.0 a 120.0 ºC (–4.0 a 248.0 ºF)Manual ou Automática de: Eléctrodo de pH HI 1131B HI 1131B

Sonda de Temperatura HI 1131B HI 7662

Impedância de Entrada 1012 ohms

Fonte de Energia adaptador 12 VDC (incluído) Ambiente máx. 95% HR sem condensação0 – 50 ºC (32 – 122 ºF) Dimensões 235 x 222 x 109 mm (9.2 x 8.7 x 4.323 235x222x109mm

Peso 1.3 Kg; estojo com suporte 2.1 Kg Garantia 2 anos

(6)

LIGAÇÃO À ENERGIA

Ligue o transformador de 12 VDC à ficha de fornecimento de energia. Notas: • Estes instrumentos utilizam uma memória não volátil para reter as calibrações de pH, mV, temperatura e todas as outras definições, mesmo quando desligado.

• Assegure-se que a corrente eléctrica está protegida por fusível.

LIGAÇÕES DE ELÉCTRODO E DE SONDA

Para um eléctrodo de pH ou ORP combinado, ligue o conector BNC na parte de trás do instrumento.

Para eléctrodos com uma referência separada ligue o BNC do eléc-trodo ao conector BNC e a tomada de referência do eléceléc-trodo à ficha referência.

Para medições de temperatura e compensação automática da tempe-ratura, ligue a sonda de temperatura à ficha apropriada.

ARRANQUE DO INSTRUMENTO

• Ligue o instrumento pressionando o interruptor ON/OFF localizado no painel traseiro.

• Todos os segmentos do instrumento são indicados enquanto que o instrumento efectua um auto-teste.

MEDIÇÕES DE pH

Assegure-se que o eléctrodo e o instrumento foram calibrados em conjunto antes de efectuar medições. • Mergulhe o eléctrodo e a sonda de temperatura

a aproximadamente 3 cm na amostra a ser

testada e agite cuidadosamente. Aguarde que o eléctrodo estabilize.

• O pH é indicado no mostrador principal e a temperatura no mostrador secundário.

• Se a leitura está fora de gama, é indicado o valor de escala completa mais próximo, a intermitente no mostrador principal.

GUIA OPERACIONAL

3 cm (1¼”)

(7)

Se as medições são efectuadas sucessivamente em diferentes amostras, recomenda-se enxaguar bem o eléctrodo com água desionizada e depois com parte da amostra, de modo a prevenir contaminação cruzada. A leitura de pH é afectada pela temperatura. De modo a medir o pH com precisão, o efeito da temperatura deve ser compensado. Para usar a função de Compensação Automática da Temperatura, ligue e mergulhe a sonda de temperatura HI 7662 na amostra, o mais próximo possível do eléctrodo e aguarde alguns segundos.

Se a temperatura da amostra é desconhecida, pode efectuar a compen-sação manual da temperatura, desligando a sonda de temperatura. O mostrador indicará então a temperatura por defeito,

de 25 ºC ou a última leitura de temperatura registada com o símbolo “ºC” a intermitente. A temperatura

pode agora ser ajustada com as teclas de SETAS (de –20.0 ºC a 120.0 ºC).

MEDIÇÕES DE mV/ORP (HI 2213)

Deve utilizar um eléctrodo de ORP opcional para efectuar medições de ORP (ver Acessórios).

As medições do potencial de oxidação-redução (REDOX) fornecem a quantificação do poder redutor ou oxidante da amostra testada. Para efectuar correctamente uma medição redox, a superfície do eléctrodo de ORP deve estar limpa e macia.

• Pressione RANGE para entrar na gama de mV. • Mergulhe a extremidade do eléctrodo de ORP 4

cm na amostra a ser testada e permita alguns segundos para que a leitura estabilize. • O instrumento indica a leitura de mV no mostrador

principal e a temperatura no secundário.

• Se a leitura está fora de gama, é indicado o valor de escala completa mais próximo, a intermitente no mostrador principal.

3 cm (1¼”)

(8)

MEDIÇÕES DE mV RELATIVO (HI 2213)

• Pressione RANGE até que “rEL” e “mV” sejam indicados durante 1 segundo. Após 1 segundo, a temperatura será indicada no mostrador secundário e “mV” estará a intermitente.

A leitura indicada pelo instrumento é igual à diferença entre o valor actual de entrada mV e o offset de mV Relativo estabelecido na calibração de mV Relativo.

MEDIÇÕES DA TEMPERATURA

Ligue a sonda de temperatura HI 7662 à ficha TEMP e ligue o instrumento.

Mergulhe a sonda de temperatura na amostra e per-mita que a leitura no mostrador secundário estabilize.

FUNÇÃO DE MEMÓRIA

Pressione e mantenha a tecla MEM para guardar a última leitura na memória dos medidores. A mensa-gem “MEM” será indicada.

Pressione a tecla MR (consulta de memória) para visualizar a leitura memorizada. A mensagem “MEM” será indicada.

(9)

Calibre o instrumento frequentemente, especialmente se necessita de alta precisão.

O instrumento deverá ser calibrado novamente: • Sempre que o eléctrodo de pH é substituído. • Pelo menos uma vez por semana. • Após testar químicos agressivos.

Cada vez que calibra o instrumento deve utilizar padrões novos e realizar um Procedimento de Limpeza do eléctrodo (ver a página 26).

PREPARAÇÃO

Deite pequenas quantidades das soluções padrão em copos graduados limpos. Se possível, use copos de plástico de modo a minimizar qualquer interferência EMC.

Para uma calibração precisa e para minimizar a contaminação cruzada, use dois copos para cada solução padrão. Um para enxaguar o eléctrodo e o segundo para a calibração.

Se efectua medições na gama ácida, use pH 7.01 ou 6.86 como primeiro padrão e pH 4.01 como segundo padrão. Se efectua medições na gama alcalina, use pH 7.01 ou 6.86 como primeiro padrão e pH 10.01 ou pH 9.18 como segundo padrão.

PROCEDIMENTO

A calibração pode ser realizada em até 3 pontos.

Para medições precisas, recomenda-se uma calibração em 3 pontos. No entanto, pode também utilizar uma calibração em 1 ou 2 pontos. Os padrões de calibração podem ser seleccionados a partir da lista de padrões, que inclui padrões personalizados e os padrões standard memorizados: pH 4.01, 6.86, 7.01, 9.18 e 10.01.

Os padrões personalizados permitem ao utilizador calibrar numa solução padrão diferente de um standard. Pode ser definidos até 2 padrões personalizados no menu DEFINIÇÕES (ver a página 17). Cada valor de padrão personalizado pode ser alterado numa janela de ±1.0 pH à volta do valor definido (de acordo com a temperatura), durante a calibração, quando é seleccionado; a mensagem “BUFFER pH” ficará a intermitente. Os instrumentos saltarão automaticamente o padrão utilizado durante a calibração, e os padrões que se encontram numa janela de ±0.2 pH, à volta dos padrões calibrados.

Todas as novas calibrações serão escritas por cima dos dados de calibração existentes numa janela de ±0.2 pH. Serão reavaliados os slopes adjacentes aos novos pontos.

(10)

CALIBRAÇÃO A TRÊS PONTOS

• Mergulhe o eléctrodo de pH e a sonda de temperatu-ra a aproximadamente 3 cm numa solução padrão e agite cuidadosamente. A sonda de temperatura deve estar próxima do eléctrodo de pH

• Pressione CAL. As mensagens “CAL” e “ aparecerão e o padrão “7.01” será indicado no mos-trador secundário.

• Se necessário, pressione as teclas de SETAS para seleccionar um valor de padrão diferente.

• O símbolo “ ” piscará no mostrador até a leitura estar estável. • Quando a leitura está estável e próxima do padrão

seleccionado, a mensagem “READY” será indicada e “CFM” piscará.

• Pressione CFM para confirmar a calibração. • O valor calibrado será indicado no mostrador principal

e o segundo valor padrão esperado no mostrador secundário.

• Após ser confirmado o primeiro ponto de calibração, mergulhe o eléctrodo de pH e a sonda de temperatura a aproximadamente 3cm na segunda solução padrão e agite cuidadosamente. A sonda de temperatura deve estar próxima do eléctrodo de pH.

• Se necessário, pressione as teclas de SETAS para seleccionar um valor padrão diferente.

• O símbolo “ ” piscará até a leitura ter estabilizado • Quando a leitura está estável, a mensagem “READY”

aparece e “CFM” piscará.

• Pressione CFM para confirmar a calibração. O valor calibrado será indicado no mostrador principal

e o terceiro valor padrão esperado no mostrador secundário. • Após ser confirmado o segundo ponto de calibração, mergulhe o

eléctrodo de pH e a sonda de temperatura a aproximadamente 3cm na terceira solução padrão e agite cuidadosamente. A sonda de temperatura deve estar próxima do eléctrodo de pH.

• Se necessário, pressione as teclas de SETAS para seleccionar um valor padrão diferente.

3 cm (1¼”)

(11)

• O símbolo “ ” piscará no mostrador até a leitura estar estável.

• Quando a leitura está estável e próxima do padrão seleccionado, a mensagem “READY” será indicada e “CFM” piscará.

• Pressione CFM para confirmar a calibração.

• O instrumento guarda o valor de calibração e volta ao modo de medição.

CALIBRAÇÃO A DOIS PONTOS

• Proceda como descrito na secção de “CALIBRAÇÃO A TRÊS PONTOS”. • Pressione a tecla CAL após o segundo ponto de calibração ter sido

confirmado.

O medidor volta ao funcionamento normal e memoriza os dados de calibração a um ponto.

CALIBRAÇÃO A UM PONTO

Estão disponíveis duas opções de DEFINIÇÕES seleccionáveis: “Pnt” e “OFFS” Se a opção “Pnt” está seleccionada, o novo ponto de calibração escreve-se por cima de um já existente. Se a opção “OFFS” está seleccionada, é efectuada uma correcção de offset do eléctrodo. Os slopes adjacentes permanecem inalterados.

• Proceda como descrito na secção de “CALIBRAÇÃO A QUATRO, TRÊS OU DOIS PONTOS”.

• Pressione a tecla CAL após o primeiro ponto ser confirmado. O instrumento memoriza os dados de calibração a um ponto e volta ao modo de medição. Notas:

• Se o valor medido pelo medidor não se encontra próximo do padrão seleccionado, as mensagens “WRONG” “ ” e “WRONG ” piscam alternadamente. Neste caso, verifique se foi utilizado o correcto padrão, ou limpe o eléctrodo, seguindo o procedimento de limpeza (ver página 26). Se necessário, substitua o padrão ou o eléctrodo.

• Quando um padrão personalizado é indicado, a mensagem “BUFFER pH” aparece a intermitente. Para alterar o valor do padrão personalizado de acordo com a temperatura do padrão, proceda como descrito em “TRABALHAR COM PADRÕES PERSONALIZADOS” (ver página 12). • Se a temperatura do padrão ou a temperatura manual excede os limites

de temperatura do padrão, “WRONG” e a leitura de temperatura estarão a intermitente.

• Se é indicado a intermitente “WRONG”, BUFFER pH” e “OLd”, na linha secundária do mostrador, foi detectada uma inconsistência entre a nova e anterior (velha) calibração. Limpe os parâmetros de calibração e proceda com a calibração a partir do actual ponto de calibração. O instrumento mantém todos os valores confirmados durante a actual calibração.

(12)

• Para limpar os parâmetros de calibração para todos os padrões, iniciando com o padrão actual, pressione e mantenha a tecla CFM, depois pressione CAL. A calibração continuará a partir do ponto actual. Se este procedimento for efectuado enquanto calibra o primeiro ponto, é indicada a mensagem “CLr ALL” durante alguns segundos e o instrumento volta ao modo de medição.

• Pressione RANGE ( para HI 2212) para alternar entre padrão de pH, número de padrão de calibração e leitura de temperatura.

• Cada vez que é confirmado um padrão, novos dados de calibração substituem os velhos dados de calibração para o padrão correspondente. Se o padrão actual não tem dados anteriores na calibração existente e a calibração não está cheia (três padrões), o actual padrão é adicionado aos dados existentes. Se a calibração existente está cheia, o instrumento pergunta qual o padrão que deve substituir.

Pressione a tecla de SETAS para seleccionar outro padrão para ser substituído.

Pressione CFM para confirmar o padrão que será substituído Pressione CAL para sair da calibração sem substituir.

Nota: Se o padrão substituído está fora da janela de ±0.2 pH, à volta de cada um dos padrões calibrados, é possível seleccionar este padrão para a próxima calibração, durante a calibração actual.

TRABALHAR COM PADRÕES PERSONALIZADOS

Se foi definido um padrão personalizado no menu de DEFINIÇÕES, pode ser seleccionado durante a calibração, pressionando as teclas de SETAS. A mensagem “BUFFER pH”

piscará”-Pressione SETUP se quer ajustar o valor do padrão. O valor do padrão começará a piscar. Use as teclas de SETAS para alterar o valor padrão.

Após 5 segundos o valor padrão é actualizado. Pressione SETUP se o deseja alterar novamente.

Nota: O valor do padrão personalizado pode ser ajustado numa janela de ±1.00 pH à volta do valor definido.

(13)

A temperatura tem efeito sobre o pH. As soluções padrão de calibração pH são afectadas pelas alterações da temperatura num grau menor que as soluções normais.

Durante a calibração o instrumento calibrará automaticamente o valor de pH correspondente à temperatura medida ou programada.

Durante a calibração, o instrumento indicará o valor do padrão pH a 25 ºC . TEMP PADRÕES DE pH ºC ºF 4.01 6.86 7.01 9.18 10.01 0 32 4.01 6.98 7.13 9.46 10.32 5 41 4.00 6.95 7.10 9.39 10.24 10 50 4.00 6.92 7.07 9.33 10.18 15 59 4.00 6.90 7.04 9.27 10.12 20 68 4.00 6.88 7.03 9.22 10.06 25 77 4.01 6.86 7.01 9.18 10.01 30 86 4.02 6.85 7.00 9.14 9.96 35 95 4.03 6.84 6.99 9.10 9.92 40 104 4.04 6.84 6.98 9.07 9.88 45 113 4.05 6.83 6.98 9.04 9.85 50 122 4.06 6.83 6.98 9.01 9.82 55 131 4.07 6.84 6.98 8.99 9.79 60 140 4.09 6.84 6.98 8.97 9.77 65 149 4.11 6.85 6.99 8.95 9.76 70 158 4.12 6.85 6.99 8.93 9.75 75 167 4.14 6.86 7.00 8.91 9.74 80 176 4.16 6.86 7.01 8.89 9.73 85 185 4.17 6.87 7.02 8.87 9.74 90 194 4.19 6.88 7.03 8.85 9.75 95 203 4.20 6.89 7.04 8.83 9.76

DEPENDÊNCIA DO PADRÃO DE pH DA

TEMPERATURA

(14)

Os dados GPL são um conjunto de funções que permitem o armazenamento e recuperação de dados referentes à manutenção e estado do eléctrodo. Todos os dados referentes à última calibração (um, dois ou três pontos) são armazenados para a revisão do utilizador quando necessário. Estes dados incluem o seguinte: data de calibração, offset (mV), média do slope (%), padrões de calibração e a data em que será necessária uma nova calibração.

CALIBRAÇÃO EXPIRADA

Estes instrumentos permitem ao utilizado definir o número de dias até ser necessária uma nova calibração. Este valor pode ser definido entre 1 a 7 dias. A definição por defeito é OFF (desactivada).

Os instrumentos verificam se a data estipulada expirou. Se a data foi ultrapas-sada, as mensagens “CAL” “INTV” ficarão intermitentes como um lembrete. Nota: Se os instrumentos não foram calibrados, as etiquetas “CAL”

“INTV” serão indicadas mesmo se a função estiver desactivada no menu DEFINIÇÕES.

DADOS DA ÚLTIMA CALIBRAÇÃO pH

Os dados da última calibração são armazenados automaticamente após uma calibração bem sucedida.

Para ver os dados de calibração, de pH pressione a tecla de função GLP quando o instrumento está em modo de medição Os instrumentos indicarão a hora (hh:mm) da última calibração.

Use as teclas de SETAS para navegar através dos dados de calibração: • A data (aaaa.mm.dd).

• O offset de calibração de pH .

• O slope de calibração de pH (o slope GLP é a média dos slopes de calibração; a percentagem é referida como o valor ideal de 59.16 mV/pH).

(15)

• Os padrões de calibração de pH na ordem de calibração. O primeiro padrão de calibração de pH:

O segundo padrão de calibração de pH:

O terceiro padrão de calibração de pH:

Notas: • A mensagem “OLd” indicada ao lado do valor de pH significa que este padrão não foi utilizado durante a última calibração. Pressione e mantenha a tecla SETUP se quer ver a data de calibração (ou hora, se foi efectuada uma calibração antiga no mesmo dia da actual calibração). • Para cada padrão personalizado utilizado na calibração,

piscará a mensagem “BUFFER pH” .

• Se aparece a mensagem “no bUF” no LCD, o instrumento informa que a calibração foi realizada com menos de 3 padrões.

• Estado da Expiração da Calibração: - se desactivada

(16)

- ou o número de dias que faltam até ser indicado o alarme de calibração

- ou se expirou (há 7 dias)

Notas: • Pressione GLP para voltar ao modo de medição. • Se a calibração não foi realizada, o instrumento indica “no

(17)

ALARME DE CALIBRAÇÃO EXPIRADA

Pressione CAL quando é indicada a expiração da calibração. A expiração da calibração (“OFF” ou “1” a “7” dias) e “CFM” começarão a piscar.

Pressione as teclas de SETAS para alterar o valor da expiração da calibração. Pressione CFM para guardar o valor de expiração da calibração modificado. Pressione CAL para sair sem guardar.

PRIMEIRO PADRÃO PERSONALIZADO

Pressione CAL quando “cb1” é indicado. O padrão personalizado (desacti-vado – “no” ou “0” a ”16” pH) e “CFM” ficam a intermitente.

Pressione as teclas de SETAS para alterar o valor do padrão personalizado. Pressione CFM para guardar o valor do padrão personalizado modificado. Pressione CAL para sair sem guardar.

O modo Definições permite a visualização e modificação dos seguintes parâmetros:

• Alarme de Calibração Expirada Primeiro Padrão Personalizado • Segundo Padrão Personalizado • Comportamento de Calibração a Um Ponto • Hora Actual (horas & minutos) • Data Actual (ano, mês & dia) • Estado de Sinal Sonoro • Unidade de Temperatura

Para entrar em modo de DEFINIÇÕES, pressione SETUP enquanto o medidor está em modo de medição.

Seleccione um parâmetro com as teclas de SETAS.

Pressione CAL para alterar o valor do parâmetro. O parâmetro seleccionado começará a piscar.

Pressione RANGE ( for HI 2212) para alternar entre os parâmetros indicados.

Pressione as teclas de SETAS para aumentar ou diminuir o valor indicado. Pressione CFM para guardar o valor modificado ou CAL para sair sem guardar.

(18)

SEGUNDO PADRÃO PERSONALIZADO

Pressione CAL quando “cb2” é indicado. O padrão personalizado (desacti-vado – “no” ou “0” a “16” pH) e “CFM” ficam a intermitente.

Pressione as teclas de SETAS para alterar o valor do padrão personalizado. Pressione CFM para guardar o valor do padrão personalizado modificado. Pressione CAL para sair sem guardar.

COMPORTAMENTO DE CALIBRAÇÃO A UM PONTO

Pressione CAL quando “1 Pnt” é indicado na parte secundária do mostrador. Uma das duas opções (“Pnt” ou “OFFS”) e “CFM” ficam a intermitente (ver PROCEDIMENTO DE CALIBRAÇÃO DE pH para mais detalhes, na página 8).

Pressione as teclas de SETAS para alternar entre as opções “Pnt” e “OFFS”. Pressione CFM para guardar o comportamento para calibração em um ponto. Pressione CAL para sair sem guardar.

HORA ACTUAL

Pressione CAL quando a hora actual é indicada. A hora e “CFM” ficam a intermitente.

Pressione as teclas de SETAS para alterar a hora.

Pressione RANGE (HI 2213) ou  (HI 2212). Os minutos e “CFM” ficam a intermitente.

Pressione as teclas de SETAS para alterar os minutos.

Pressione CFM para guardar o valor modificado. Pressione CAL para sair sem guardar.

(19)

DATA ACTUAL

Pressione CAL quando a data actual é indicada. O ano “CFM” ficam a intermitente. Pressione as teclas de SETAS para alterar o ano.

Pressione RANGE (HI 2213) ou  (HI 2212). TO mês e “CFM” ficam a intermitente.

Pressione as teclas de SETAS para alterar o mês.

Pressione RANGE (HI 2213) ou  (HI 2212). O dia e “CFM” ficam a intermitente.

Pressione as teclas de SETAS para alterar o dia. Pressione CFM para guardar o valor modificado. Pressione CAL para sair sem guardar.

ESTADO DO SINAL SONORO

Pressione CAL quando é indicado o estado do sinal sonoro. O estado do sinal (“On“ ou “OFF“) e “CFM” ficam a intermitente.

Pressione as teclas de SETAS para alterar o estado do sinal sonoro (On ou OFF). Pressione CFM para guardar o estado do sinal sonoro modificado. Pressione CAL para sair sem guardar.

UNIDADE DE TEMPERATURA

Pressione CAL quando “tnP“ é indicado. A unidade de temperatura e “CFM” ficam a intermitente.

Pressione as teclas de SETAS para alterar a opção.

Pressione CFM para guardar a unidade de temperatura modificada. Pressione CAL para sair sem guardar.

(20)

Todos os instrumentos são calibrados em fábrica pela temperatura. As sondas de temperatura da Hanna são permutáveis não sendo necessária a calibração da temperatura quando são substituídas. Se as medições de temperatura não são precisas, deve ser efectuada a re-calibração da temperatura.

Para uma re-calibração precisa, contacte o seu revendedor ou a Assistência Técnica Hanna, ou siga as instruções a seguir indicadas. • Prepare um recipiente contendo gelo e água e um outro contendo

água quente (a aproximadamente 50 ºC). Coloque material de insulação à volta dos recipientes para minimizar as alterações da temperatura.

• Use um termómetro calibrado com uma resolução de 0.1 ºC ou 0.1 ºF como termómetro referência.

• Com o instrumento desligado, pressione e mantenha as teclas CFM & SETUP, depois volte a ligar o instrumento. A mensagem “CAL”

aparecerá e o mostrador secundário indicará 0.0 ºC.

• Mergulhe a sonda de temperatura no recipiente com gelo e água o mais próximo possível do termómetro referência. Aguarde alguns segundos para a sonda estabilizar.

• Use as teclas de SETAS para definir a leitura no mostrador secundário para a do gelo e água, medida pelo termómetro referência. guarde alguns segundos para a sonda estabilizar.

• Use as teclas de SETAS para definir a leitura no mostrador secundário para a do gelo e água, medida pelo termómetro referência.

Quando a leitura está estável e próxima do ponto de calibração seleccionado, a mensagem “READY” aparece e “CFM” pisca. • Pressione CFM para confirmar. O mostrador secundário indicará

50.0 ºC .

• Mergulhe a sonda de temperatura no segundo recipiente o mais próximo possível do termómetro referência. Aguarde alguns segundos para a sonda estabilizar.

CALIBRAÇÃO DA TEMPERATURA

(apenas para técnicos especializados)

(21)

• Use as teclas de SETAS para definir a leitura no mostrador secundário para a da água quente.

• Quando a leitura está estável e próxima do ponto de calibração seleccionado, a mensagem “READY” aparece e “CFM” pisca.

• Pressione CFM para confirmar. O instrumento volta ao modo de medição.

Nota: Se a leitura não está próxima do ponto de calibração seleccio-nado, a mensagem “WRONG” piscará. Substitua a sonda de temperatura e reinicie a calibração.

(22)

Todos os instrumentos são calibrados em fábrica para mV e temperatura. Os eléctrodos de ORP Hanna são substituíveis e não é necessária uma calibração de mV quando estas são substituídas.

Se as medições de mV não são precisas, deve ser efectuada uma calibração mV.

Para uma re-calibração precisa, contacte o seu revendedor ou o Departamento de Apoio a Clientes mais próximo, ou siga as instruções abaixo indicadas.

Pode ser realizada uma calibração em dois pontos a 0.0 mV e 1800.0 mV.

• Ligue o conector BNC a um simulador mV com uma precisão de ±0.1 mV.

• Com o instrumento desligado, pressione e mantenha as teclas CAL & , depois ligue o instrumento. A mensagem “CAL” aparece e o mostrador secundário do LCD indicará “0.0 mV”.

• Defina 0.0 mV no simulador.

Quando a leitura está estável e próxima do ponto de calibração seleccionado, aparece “READY” e a mensagem “CFM” piscará. • Pressione CFM para confirmar. O mostrador secundário do LCD

indicará “1800 mV”. • Defina 1800.0 mV no simulador.

Quando a leitura está estável e próxima do ponto de calibração seleccionado, aparece “READY” e a mensagem “CFM” piscará. • Pressione CFM para confirmar. O instrumento volta ao modo de

medição.

Nota: Se a leitura não se encontra próxima do ponto de calibração seleccionado, a mensagem “WRONG” piscará. Verifique a condição da calibração ou, se não conseguir calibrar, contacte o seu revendedor.

CALIBRAÇÃO mV

(23)

• Pressione CAL quando o instrumento está em modo de medição de mV RELATIVO. Os símbolos “mV” e “ ” piscarão. O mV absoluto é indicado no mostrador principal do LCD e a mensagem “AbS” é indicada na parte secundária do LCD.

• Quando a leitura absoluta está estável e na gama de medição, o instrumento pede confirmação.

• Se a leitura está fora de gama, “WRONG” será indicado. • Pressione CFM para confirmar o valor. O instrumento indicará “0.0

mV” no mostrador principal do LCD e a mensagem “rEL” na parte secundária do LCD. Neste momento o offset de mV relativo é igual à leitura de mV absoluto.

• Use as teclas de SETAS se quer alterar o valor de mV relativo indicado.

• Pressione CFM para confirmar o valor de mV relativo. O offset de mV relativo é indicado no mostrador principal do LCD e a mensa-gem“OFF” na parte secundária do LCD, por alguns segundos. O instrumento volta ao modo de medição.

Nota: O valor de mV relativo pode apenas ser alterado dentro da janela de offset de mV relativo (± 2000 mV).

(24)

PREPARAÇÃO

Retire a tampa de protecção.

NÃO SE ALARME SE EXISTIREM DEPÓSITOS DE SAL.

Isto é normal nos eléctrodos, desaparecendo se os passar por água. Durante o transporte, podem-se formar pequenas bolhas de ar dentro do bolbo de vidro o que afecta o correcto funcionamento do eléctrodo. Estas bolhas podem ser removidas “agitando” o eléctrodo como o faria com um termómetro de vidro.

Se o bolbo e/ou a junção está seca, mergulhe o eléctrodo na Solução de Armazenamento HI 70300 ou HI 807300 pelo menos por uma hora.

ACONDICIONAMENTO & MANUTENÇÃO DO

ELÉCTRODO

(25)

Para eléctrodos de enchimento:

Se a solução de enchimento (electrolítica) está mais do que 1cm abaixo do orifício de enchimento, adicione Solução Electrolítica 3.5M KCl HI 7082 ou HI 8082 para eléctrodos de junção dupla ou, Solução Elec-trolítica 3.5M KCl+AgCl HI 7071 ou HI 8071 para os de junção única. Para uma resposta mais rápida, desaparafuse o parafuso do orifício de enchimento durante as medições.

Para eléctrodos AMPHEL®:

Se o eléctrodo não responde às alterações de pH, a pilha esgotou-se e o eléctrodo deve ser substituído.

MEDIÇÃO

Enxague a extremidade do eléctrodo com água destilada. Mergulhe a extremidade (3 cm) na amostra e agite cuidadosamente durante alguns segundos.

Para uma resposta mais rápida e para evitar contaminação cruzada das amostras, enxague a extremidade do eléctrodo com algumas gotas da solução a testar, antes de efectuar medições.

ARMAZENAMENTO

Para minimizar a obstrução e assegurar um tempo rápido de resposta, o bolbo de vidro e a junção devem ser mantidos hidratados e não se deve permitir que sequem.

Substitua a solução na tampa de protecção com algumas gotas

de Solução de Armazenamento HI70300 ou HI80300 ou, na sua ausência, Solução de Enchimento (HI7071 ou HI 8081para eléctrodos de junção única ou HI7082 ou HI 8082 para os de junção dupla). Siga o Procedimento de Preparação indicado na pág. 24 antes de efectuar medições.

Nota: NUNCA ARMAZENE O ELÉCTRODO EM ÁGUA DESTILADA OU A SECO

MANUTENÇÃO PERIÓDICA

Inspeccione o eléctrodo e o cabo. O cabo utilizado para a ligação ao controlador deve estar intacto e não devem existir pontos de isola-mento quebrado no cabo ou quebras no bolbo e haste do eléctrodo. O conector deve estar limpo e seco. Se existirem quebras, substitua o eléctrodo. Lave com água quaisquer depósitos de sal.

(26)

Para eléctrodos de enchimento:

Volte a encher a câmara de referência com solução electrolítica (HI 7071 ou HI8081 para eléctrodos de junção única ou, HI 7082 ou HI 8082 para os de junção dupla). Deixe o eléctrodo na vertical pelo menos por 1 hora.

Siga o Procedimento de Armazenamento acima.

PROCEDIMENTO DE CALIBRAÇÃO pH

• Geral Mergulhe na Sol. de Limpeza Geral Hanna HI 7061 ou HI 8061 por aproximadamente 1 hora.

• Proteínas Mergulhe na Sol. de Limpeza para Proteínas Hanna HI 7073 ou HI 8073 por 15 minutos.

• Inorgânicos Mergulhe na Sol. de Limpeza para substâncias Inorgânicas HI 7074 ou HI 8074 por 15 minutos. • Óleos/gordura Enxague com Solução de Limpeza de Óleos

e Gorduras HI 7077 ou HI 8077.

IMPORTANTE: Após efectuar os procedimentos de limpeza enxague bem o eléctrodo com água destilada, esvazie e volte a encher a câmara de referência com nova solução electrolítica, (não é necessário para eléctrodos de enchimento a GEL) e mergulhe o eléctrodo em Solução de Armazenamento HI70300 ou HI 80300 pelo menos durante 1 hora antes de efectuar as medições.

(27)

GUIA DE RASTREIO DE PROBLEMAS

SINTOMAS PROBLEMA SOLUÇÃO

Resposta lenta/deriva

excessiva. Eléctrodo de pH sujo. Mergulhe a extremidade do eléctrodo em solução HI 7061 ou HI 8061 durante 30 minutos e depois limpe o eléctrodo.

As leituras flutuam (ruído). Junção obstruída/suja. Nível electrolítico baixo (apenas para eléctrodos de enchimento).

Limpe o eléctrodo. Volte a encher com solução fresca (apenas para eléctrodos de enchimento. Fora de gama mV. Membrana/junção seca. Mergulhe na Solução de Armazenamen-to HI 70300 ou HI 80300 pelo menos durante uma hora.

O medidor não aceita a solução padrão para a calibração.

Eléctrodo de pH danificado.

Padrão usado errado. Siga o procedimento de limpeza. Se não tiver resultados, substitua o eléctrodo. Substitua o padrão.

O mostrador indica “pH” e “-2.00” ou “16.00” a intermitente.

Fora de gama de pH. a) Verifique se o eléctrodo está ligado. b) Verifique se removeu a tampa de transporte

c) Recalibre o medidor. d) Assegure-se que a amostra de pH está na gama especificada. e) Verifique o nível electrolítico e o estado geral do eléctrodo. O mostrador indica “mV”

e “-2000” ou “2000” a intermitente.

Fora de gama de mV. Verifique se o eléctrodo está ligado. O medidor não funciona com

a sonda de temperatura. A sonda de temperatura está avariada. Substitua a sonda. O medidor não consegue

calibrar ou fornece leituras erradas.

Eléctrodo de pH partido ou

avariado. Substitua o eléctrodo. Ao arrancar o medidor indica

todo o mostrador iluminado permanentemente.

Uma das teclas está

bloqueada Verifique o teclado ou contacte o seu revendedor. A mensagem “Prn Eror” é

(28)

Vida Típica do Eléctrodo

Temperatura Ambiente 1- 3 anos 90 ºC Menos de 4 meses

120ºC Menos de 1 mês

Erro Alcalino

Altas concentrações de iões de sódio interferem com leituras em soluções alcalinas; o pH no qual a interferência começa a ser significativa, depende da composição do vidro. Esta interferência denomina-se erro alcalino e leva a que as leituras de pH sejam subestimadas. As formulações do vidro Hanna possuem as características indicadas.

A resistência dos eléctrodos de vidro depende parcialmente da temperatura. Quanto mais baixa a temperatura, maior a resistência. Leva mais tempo para a leitura estabilizar se a resistência for maior. Para além disso, o tempo de resposta sofrerá mais a temperaturas abaixo de 25 ºC.

Uma vez que a resistência do eléctrodo de pH está na gama de 200 Mohm, a corrente na membrana está na gama pico Ampere. Grandes correntes podem afectar a calibração do eléctrodo por várias horas. Por isto ambientes muito húmidos, curto-circuitos e descargas estáticas são prejudiciais para uma leitura estável do pH. A vida do eléctrodo de pH também depende da temperatura. Se constantemente utilizado em altas temperaturas, a sua vida é drasticamente reduzida.

1.0 Mol L-1 Na+

0.1 Mol L-1 Na+

Concentração de Iões de Sódio para vidro a 20-25ºC

Concentração pH Erro 13.00 13.50 14.00 12.50 13.00 13.50 14.00 0.10 0.14 0.20 0.10 0.18 0.29 0.40

CORRELAÇÃO DA TEMPERATURA

COM O VIDRO SENSÍVEL A PH

(29)

SOLUÇÕES PADRÃO DE pH

HI 70004P Saquetas de Padrão pH 4.01, 20 mL, 25 un. HI 70007P Saquetas de Padrão pH 7.01, 20 mL, 25 un. HI 70010P Saquetas de Padrão pH 10.01, 20 mL, 25 un. HI 7004L Solução Padrão pH 4.01, frasco de 500 mL HI 7006L Solução Padrão pH 6.86, frasco de 500 mL HI 7007L Solução Padrão pH 7.01, frasco de 500 mL HI 7009L Solução Padrão pH 9.18, frasco de 500 mL HI 7010L Solução Padrão pH 10.01, frasco de 00 mL HI 8004L Solução Padrão pH 4.01, frasco aprovado FDA, 500 mL HI 8006L Solução Padrão pH 6.86, frasco aprovado FDA, 500 mL HI 8007L Solução Padrão pH 7.01, frasco aprovado FDA, 500 mL HI 8009L Solução Padrão pH 9.18, frasco aprovado FDA, 500 mL HI 8010L Solução Padrão pH 10.01, frasco aprovado FDA, 500 mL

SOLUÇÕES DE ARMAZENAMENTO DE ELÉCTRODOS

HI 70300L Solução de Armazenamento, frasco de 460 mL HI 80300L Solução de Armazenamento, frasco aprovado FDA, 460 mL

SOLUÇÕES DE LIMPEZA DE ELÉCTRODOS

HI 70000P Saquetas de Limpeza de Eléctrodos, 20 mL, 25 un. HI 7061L Solução de Limpeza Geral, frasco de 460 mL HI 7073L Solução de Limpeza de Proteínas, frasco de 460 mL HI 7074L Solução de Limpeza de Inorgânicos, frasco de 460 mL HI 7077L Solução de Limpeza de Óleo & Gordura, frasco de 460 mL HI 8061L Solução de Limpeza Geral , frasco aprovado FDA, 460 mL HI 8073L Sol. Limpeza de Proteínas, frasco aprovado FDA, 460 mL HI 8077L Sol. Limpeza Óleo & Gordura, frasco aprovado FDA, 460mL

SOLUÇÕES ELECTROLÍTICAS PARA ENCHIMENTO DE ELÉCTRODO

HI 7071 Sol. Electrolítica 3.5M KCl + AgCl, 4x50mL, para eléctrodos de junção única

HI 7072 Sol. Electrolítica 1M KNO3, 4x50mL

HI 7082 Sol. Electrolítica 3.5M KCl , 4x50mL, p/ eléctrodos de junção dupla

HI 8071 Sol. Electrolítica 3.5M KCl + AgCl em frasco aprovado pela FDA, 44x50mL, para eléctrodos de junção única HI 8072 Sol. Electrolítica 1M KNO3, frasco aprovado FDA, 4x50mL HI 8082 Sol. Electrolítica 3.5M KCl ,frasco aprovado FDA,

4x50mL, para eléctrodos de junção dupla.

(30)

SOLUÇÕES DE PRÉ-TRATAMENTO ORP

HI 7091L Solução de Pré-Tratamento Redutora, frasco de 460 mL HI 7092L Solução de Pré-Tratamento Oxidante, frasco de 460 mL

ELÉCTRODOS DE pH

Todos os eléctrodos com códigos finalizados em B são fornecidos com um conector BNC, pino de referência e cabo de 1 m, como a seguir indicado:

HI 1043B

Eléctrodo de pH combinado, de enchimento, com corpo em vidro e junção dupla. Uso: ácido/alcalinos fortes.

HI 1053B

Eléctrodo de pH combinado, de enchimento, com corpo em vidro, cerâmica tripla e forma cónica. Uso: emulsões.

HI 1083B

Eléctrodo de pH combinado, com corpo em vidro, micro, Viscolene. Uso: biotecnologia, micro-titulação.

HI 1131B

Eléctrodo de pH combinado, de enchimento, com corpo em vidro e junção única. Uso: geral.

(31)

HI 1330B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em vidro, semi-micro, junção única, de enchimento. Uso: laboratório, tubos de ensaio.

HI 1331B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em vidro, semi-micro, junção única, de enchimento. Uso: tubos de ensaio.

HI 1230B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em plástico (PES), junção dupla, enchimento a gel. Uso: geral, em campo.

HI 2031B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em vidro, semi-micro, cónico, de enchimento. Uso: produtos semi-sólidos.

HI 1332B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em plástico (PES), junção dupla, de enchimento. Uso: geral.

(32)

FC 100B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em plástico (PVDF), dupla junção, de enchimento. Uso: geral para a indústria alimentar.

FC 200B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em plástico (PVDF), junção aberta, cónico, Viscolene, não recarregável. Uso: carne & queijo.

FC 210B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em vidro, junção dupla, cónico, Viscolene, não recarregável. Uso: leite, iogurte.

FC 220B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em vidro, tripla-cerâmica, junção única, de enchimento. Uso: processamento alimentar.

FC 911B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em plástico (PVDF), junção dupla, de enchimento com um amplificador incorporado. Uso: humidade muito alta.

(33)

HI 1413B

Eléctrodo de pH combinado, corpo em vidro, junção única, extremidade plana, Viscolene, não recarregável. Uso: medições à superfície.

ELÉCTRODOS DE ORP

HI 3131B

Eléctrodo de ORP combinado, em platina, de enchimento, com corpo em vidro. Uso: titulação.

HI 3230B

Eléctrodo de ORP combinado, em platina, corpo em plástico (PES), enchimento a gel. Uso: geral.

HI 4430B

Eléctrodo de ORP combinado, em ouro, corpo em plástico (PES), enchimento a gel. Uso: geral.

Consulte o Catálogo Geral da Hanna para mais informações sobre eléctrodos com conectores BNC e pino de referência.

(34)

CABO DE EXTENSÃO PARA ELÉCTRODOS DE TIPO ROSCA (APARAFUSA NO ADAPTADOR BNC)

HI 7855/1 Cabo de extensão de 1 m de comprimento HI 7855/3 Cabo de extensão de 3 m de comprimento

OUTROS ACESSÓRIOS

HI 710006 Adaptador de voltagem de 230 VAC a 12 VDC (ficha Europeia)

HI 76404N Suporte de Eléctrodo

HI 8427 Simulador de eléctrodos de pH e ORP com cabo coaxial de 1 m finalizado com conectores BNC fêmeas HI 931001 Simulador de eléctrodos de pH e ORP com mostrador

de cabo coaxial de 1 m finalizado com conectores BNC fêmeas

(35)

RECOMENDAÇÕES PARA UTILIZADORES

Antes de utilizar este instrumento, certifique-se da sua adequação ao meio em que o vai fazer.

A utilização destes instrumentos em áreas habitacionais pode originar interferências em equipamento de rádio e televisão, sendo necessária a intervenção do operador de modo a corrigir as interferências. O bolbo de vidro na extremidade do eléctrodo de pH é sensível a descargas electrostáticas. Evite tocar no bolbo de vidro frequentemente. Durante a utilização, devem ser usadas pulseiras ESD de modo a evitar possíveis danos no eléctrodo devido a descargas electrostáticas. Qualquer alteração a estes instrumentos introduzida pelo utilizador pode resultar na degradação do seu desempenho EMC.

De modo a evitar choques eléctricos, não utilize este instrumento quando a voltagem na superfície de medição exceder 24VAC ou 60VDC. A fim de evitar danos ou queimaduras, não efectue medições em fornos microondas.

A Hanna Instruments reserva-se o direito de modificar o desenho, construção e aparência dos seus produtos sem aviso prévio.

(36)

Impresso em Portugal MAN2213 08/14 Hanna Instruments Portugal Lda.

Rua de Manuel Dias, Fracção I- Nº 392 4495 - 129 Amorim - Póvoa de Varzim

Tel: 252 248 670 Fax: 252 248 679

Imagem

Referências

temas relacionados :