BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS

Texto

(1)

GRÁTIS

LIVRO DESSELADO

JESUS CRISTO VOLTA

REVELAÇÕES TEMPO DO FIM

A SÃ DOUTRINA

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM

LÍNGUAS

Fonte & Contacto:

Sítio Internet: https://www.mcreveil.org

E-mail: mail@mcreveil.org

(2)

Jesus Cristo é o Verdadeiro Deus E a Vida Eterna

E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra,

e a ciência se multiplicará. Daniel 12:4

E ele disse: Vai, Daniel, porque estas palavras estão fechadas e seladas até ao tempo do fim. Muitos serão purificados, e embranquecidos, e

provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão.

Daniel 12:9-10

***

Antes de começar a ler este Ensinamento,

Medite por alguns momentos sobre a seguinte pergunta:

Onde vais passar a tua Eternidade?

No Céu?

Ou No Inferno?

O Inferno é Real, e é Eterno.

Pense nisso!

Boa leitura! Que Deus se revele a vós!

(3)

Advertências

Este livro é gratuito e não pode de forma alguma constituir uma fonte de comércio.

É livre de copiar este Livro para a sua pregação, ou de o distribuir, ou também para a sua Evangelização em Redes Sociais, desde que o website mcreveil.org seja citado como fonte, e que o Ensinamento não seja de forma alguma modificado ou alterado.

Ai dos agentes de satanás gananciosos que tentarão comercializar estes ensinamentos, e de todos aqueles malvados que gostam de publicar estes ensinamentos em Redes Sociais escondendo o endereço do sítio www.mcreveil.org, ou falsificando a mensagem. Saiba que pode escapar à justiça dos homens, mas certamente não escapará ao julgamento de Deus.

(4)

Advertências ... 3

1- Introdução ... 6

2- O Batismo do Espírito Santo ... 6

2.2- Quem baptiza no Espírito Santo?... 7

2.3- Onde se pode ser baptizado no Espírito Santo? ... 7

2.4- Quem pode ser batizado no Espírito Santo? ... 7

2.5- Quando se pode ser baptizado no Espírito Santo? ... 8

2.6- Cada verdadeiro filho de Deus deve ser batizado com o Espírito Santo? ... 8

2.7- Como receber o batismo do Espírito Santo? ... 9

2.8- Existe uma diferença entre ter o Espírito Santo e ser batizado no Espírito Santo? ... 9

2.9- Por que o batismo do Espírito Santo? ... 10

2.10- O batismo do Espírito Santo é uma prova de salvação? ... 10

2.11- O batismo do Espírito Santo é uma prova de que se pertence a Deus? ... 11

2.12- Falar em línguas é um sinal do batismo do Espírito Santo? .... 11

3- O Falar em Línguas ... 11

3.1- O que é falar em línguas? ... 12

3.2- O que é o dom da diversidade de línguas? ... 12

3.3- Pode-se ser baptizado no Espírito Santo sem falar em línguas?13 3.4- Falar em línguas é ensinado? ... 13

3.5- Podemos entender a língua falada? ... 14

3.6- Devemos entender a língua falada? ... 14

3.7- O falar em línguas melhora com o tempo? ... 14

3.8- O falar em línguas de um filho de Deus pode parar? ... 15

3.9- Podemos falar em línguas voluntariamente? ... 15

3.10- Qual é a utilidade de falar em línguas? ... 15

3.10.1- Dom de intercessão ... 15

3.10.2- Dom de edificação pessoal ... 15

3.10.3- Dom de edificação para a Igreja ... 15

3.11- Como praticar o falar em línguas na Assembleia? ... 16

3.12- O facto de falar em línguas faz do orador um verdadeiro filho de Deus? ... 17

3.13- Existem falsos falar em línguas? ... 17

3.14- Como reconhecer o falso falar em línguas? ... 17

(5)

4- Elementos de discernimento ... 17 4.1- Os chamados cristãos não batizados no Espírito Santo ... 17 4.2- Os chamados cristãos que não falam em línguas ... 18 4.3- Os chamados cristãos que fogem do batismo do Espírito Santo 18 4.4- Os chamados cristãos que combatem o batismo do Espírito

Santo ... 18 4.5- Os chamados servos de Deus que negam o batismo do Espírito Santo ... 19 4.6- Os chamados servos de Deus que negam o falar em línguas .... 19 4.7- Os chamados servos de Deus que não falam em línguas ... 19 5- Conclusão ... 19 Convite ... 21

(6)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS

1- Introdução

Amados no Senhor, e todos vós que ledes este ensinamento, que a paz esteja convosco! Abençoo o Senhor Deus, Pai do nosso Mestre e Senhor Jesus Cristo, que na Sua fidelidade me dá a graça de vos disponibilizar este ensinamento sobre o baptismo do Espírito Santo e o falar em línguas. Embora o ensino da Bíblia sobre o baptismo do Espírito Santo e o falar em línguas não seja complicado de compreender, os agentes de satanás disfarçados de servos de Deus, semearam confusão na mente dos cristãos, com a ajuda de falsos ensinamentos fabricados a partir do mundo das trevas. Muitos cristãos, confundidos por estas doutrinas dos demónios, encontram-se a fazer perguntas que não devem ser feitas. Para tornar este ensino o mais completo possível, passarei em revista todas as perguntas que os cristãos frequentemente fazem, e responderei a cada uma delas.

2- O Batismo do Espírito Santo

Aqui estão as perguntas que os cristãos fazem regularmente sobre o batismo no Espírito Santo:

- Existe um batismo do Espírito Santo à parte e um batismo de fogo à parte?

- Quem baptiza no Espírito Santo?

- Onde se pode ser baptizado no Espírito Santo?

- Quem pode ser batizado no Espírito Santo?

- Quando se pode ser baptizado no Espírito Santo?

- Cada verdadeiro filho de Deus deve ser batizado com o Espírito Santo?

- Como receber o batismo do Espírito Santo?

- Existe uma diferença entre ter o Espírito Santo e ser batizado no Espírito Santo?

- Por que o batismo do Espírito Santo?

- O batismo do Espírito Santo é uma prova de salvação?

- O batismo do Espírito Santo é uma prova de que se pertence a Deus?

- Falar em línguas é um sinal do batismo do Espírito Santo?

2.1- Existe um batismo do Espírito Santo à parte e um batismo de fogo à parte?

Vamos ler juntos as seguintes passagens: Mateus 3:11, Marcos 1:8, Lucas 3:16, João 1:33 e Atos 1:5.

Mateus 3:11 "E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento;

mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; não sou digno de levar as suas sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo."

Marcos 1:8 "Eu, em verdade, tenho-vos batizado com água; ele, porém, vos batizará com o Espírito Santo."

Lucas 3:16 "Respondeu João a todos, dizendo: Eu, na verdade, batizo-vos com água, mas eis que vem aquele que é mais poderoso do que eu, a quem eu não sou digno de desatar a correia das sandálias; este vos batizará com o Espírito Santo e com fogo."

(7)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS Página 7 de 21

Fonte & Contacto: Sítio Internet: https://www.mcreveil.org E-mail: mail@mcreveil.org

João 1:33 "E eu não o conhecia, mas o que me mandou a batizar com água, esse me disse: Sobre aquele que vires descer o Espírito e sobre ele repousar, esse é o que batiza com o Espírito Santo."

Atos 1:5 "Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias."

Quando examinamos os versículos acima, entendemos claramente que não há nenhuma diferença entre o termo "Batismo com o Espírito Santo e com Fogo"

usado em Mateus 3:11 e Lucas 3:16, e o termo "Batismo com o Espírito Santo"

usado em Marcos 1:8, João 1:33 e Atos 1:5.

Gostaria de chamar sua atenção para o que cria confusão. Se você observar atentamente as passagens citadas, ficará surpreso ao descobrir que não há menção em nenhum lugar de um batismo de fogo. A Bíblia fala do batismo do Espírito Santo e do fogo. Mas em nenhum lugar você encontra a frase "batismo de fogo".

Em conclusão, falar do batismo do Espírito Santo e do fogo, ou simplesmente o batismo do Espírito Santo, é dizer a mesma coisa. Então não há diferença entre os dois. Há alguns falsos mestres que tentam explicar o batismo de fogo, a ponto de explicar quando se recebe este batismo e como se sabe que se recebeu isto.

Fuja de todos os chamados pastores que tentam baptizá-lo com fogo, ou que prometem o baptismo de fogo. Lembre-se que eles são agentes de satanás.

Deus não prometeu nenhum baptismo chamado baptismo de fogo a nenhum homem na terra.

Há também algumas doutrinas de demônios que explicam que o batismo do Espírito Santo e do fogo constitui dois batismos diferentes. Um (o batismo do Espírito Santo) sendo para os filhos de Deus, e o outro (batismo de fogo) sendo o fogo do Inferno para aqueles que desobedecem Deus. Isto leva-o a compreender que os agentes de satanás estão determinados a desviar os filhos de Deus. Eles criaram doutrinas satânicas que nada têm a ver com a Sã Doutrina de Jesus Cristo.

2.2- Quem baptiza no Espírito Santo?

A Bíblia nos ensina que é Só o Senhor Jesus Cristo que batiza com o Espírito Santo. Ele o faz como quiser, mas tudo depende da disposição do coração de cada um.

2.3- Onde se pode ser baptizado no Espírito Santo?

Uma vez que é o próprio Jesus Cristo que batiza no Espírito Santo, Ele não precisa de um lugar específico para o fazer. Desde que o coração daquele que deseja o batismo no Espírito Santo esteja disposto, o Senhor pode batizá-lo em qualquer lugar. Assim, pode-se ser batizado no Espírito Santo numa igreja, numa sessão de oração, nas águas do batismo, no quarto enquanto se reza, etc.

2.4- Quem pode ser batizado no Espírito Santo?

Lucas 11:13 nos ensina que cada pessoa com um coração bem disposto diante de Deus pode ser batizada do Espírito Santo. "Pois, se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?"

(8)

2.5- Quando se pode ser baptizado no Espírito Santo?

Quando meditamos as passagens de Mateus 3:11, Marcos 1:8 e Atos 1:5, já citados, deduzimos que o batismo do Espírito Santo é feito após o batismo de água. Mas em Atos 10:44-47, vemos um grupo de irmãos que tiveram o privilégio de ser batizados com o Espírito Santo antes do batismo de água.

Atos 10:44-47 "44E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. 45E os fiéis que eram da circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios. 46Porque os ouviam falar em línguas e magnificar a Deus. 47Respondeu, então, Pedro: Pode alguém, porventura, recusar a água, para que não sejam batizados estes que também receberam, como nós, o Espírito Santo?" Isso nos faz entender que o Senhor que conhece os corações, pode até batizar alguns de Seus filhos do Espírito Santo antes do batismo de água.

Mas gostaria de avisá-lo contra práticas falsas encontradas hoje em seitas perniciosas. Em muitas dessas igrejas satânicas, erroneamente chamadas de igrejas pentecostais, os feiticeiros distribuem o que chamam de batismo no

"espírito santo". Eles iniciam os fiéis à bruxaria, ensinando-os a falar as línguas de satanás. E quando essas pessoas são iniciadas e começam a falar essas línguas de satanás, dizem-lhes que são batizadas com o "espírito santo". É por isso que encontramos hoje milhares de pessoas endurecidas que falam em línguas, e que acreditam que são batizadas com o Espírito Santo, quando nenhuma delas foi batizada na água.

Lembre-se amados, que o que Deus fez no caso de Cornelius e irmãos em Atos 10:44-47, Ele ainda pode fazer hoje. Portanto, não podemos nos surpreender ao ver alguns dos filhos de Deus que têm o privilégio de ser batizados do Espírito Santo antes do batismo de água. Mas estes não são casos muito frequentes. E para aqueles que recebem o batismo do Espírito Santo sem ainda serem batizados na água, quando é o verdadeiro batismo do Espírito Santo que eles receberam, o Espírito de Deus neles exorta-os a buscar rapidamente o batismo de água.

Então, se você encontrar pessoas que afirmam ser batizadas do Espírito Santo, que falam em línguas, e que durante todo esse tempo nunca foram batizados em água, mas que acreditam que são salvos, diga-lhes que é satanás quem os usa, e não Deus. Diga-lhes que são os demônios que falam através deles, e não o Espírito Santo. E se você encontrar pessoas que falam em línguas, mas recusam o batismo de água, apenas saiba que eles são demônios.

2.6- Cada verdadeiro filho de Deus deve ser batizado com o Espírito Santo?

Para responder a essa pergunta, examinaremos, além das passagens já citadas, ou seja, Mateus 3:11, Marcos 1:8, Lucas 3:16, João 1:33, Lucas 11:13 e Atos 1:5, outras passagens como Marcos 16:17, Atos 2:38 e Atos 15:8.

Marcos 16:17 "E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas."

(9)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS Página 9 de 21

Fonte & Contacto: Sítio Internet: https://www.mcreveil.org E-mail: mail@mcreveil.org

Atos 2:38 "E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo."

Essas passagens mostram que a promessa de Deus para o batismo do Espírito Santo é para todos os Seus filhos, e não para apenas alguns. Em Marcos 16:17, a promessa de falar novas línguas é feita a todos os que vão crer em Jesus, e não a alguns. Atos 15:8 nos diz que "Deus que conhece os corações dá testemunho de Seus filhos, dando-lhes o Espírito Santo". Se Deus concede o batismo do Espírito Santo a todos os que Lhe pedem, incluindo aqueles que não Lhe pertencem, não é aos Seus verdadeiros filhos que Ele não o concederá.

Lembre-se, então, que todo verdadeiro filho de Deus deve ser batizado com o Espírito Santo, e falar em línguas.

2.7- Como receber o batismo do Espírito Santo?

As passagens de Atos 2:1-4 abaixo, e Atos 10:44 já citados, mostram-nos que podemos receber o batismo do Espírito Santo sem intervenção humana.

Atos 2:1-4 "1Cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; 2e, de repente, veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. 3E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. 4E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem."

Atos 8:14-17 e 19:6, nos mostra que podemos receber esse mesmo batismo pela imposição de mãos.

Atos 8:14-17 "14Os apóstolos, pois, que estavam em Jerusalém, ouvindo que Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João, 15os quais, tendo descido, oraram por eles para que recebessem o Espírito Santo. 16(Porque sobre nenhum deles tinha ainda descido, mas somente eram batizados em nome do Senhor Jesus.) 17Então, lhes impuseram as mãos, e receberam o Espírito Santo."

Atos 19:6 "E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam." Tudo depende acima de tudo da disposição do coração de cada um.

2.8- Existe uma diferença entre ter o Espírito Santo e ser batizado no Espírito Santo?

Lembremos de que há uma diferença entre ter o Espírito Santo e ser batizado com o Espírito Santo. Sempre que uma pessoa convida Jesus Cristo à sua vida com um coração honesto, o Senhor vem imediatamente pelo Seu Espírito Santo para habitar nela. A partir de então, essa pessoa tem o Espírito Santo, mas ainda não é batizada no Espírito Santo.

O caso de Apolo em Atos 18:24-25 confirma isso: "24Enquanto isso, um judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, chegou a Éfeso. Ele era homem culto e tinha grande conhecimento das Escrituras. 25Fora instruído no caminho do Senhor e com grande fervor falava e ensinava com exatidão acerca de Jesus, embora conhecesse apenas o batismo de João."

(10)

Vemos que ele ensinou com exatidão a Palavra de Deus, embora ele conhecesse apenas o batismo de João, ou seja, ele foi batizado apenas na água. Ele ainda não foi batizado no Espírito Santo. Se Ele poderia ensinar com exatidão a Palavra de Deus, isso nos mostra que era o Espírito Santo Nele que estava fazendo esse trabalho. Ele já tinha o Espírito Santo, mas ainda não havia sido batizado com o Espírito Santo.

Algumas pessoas ignorantes dizem que foi no dia de Pentecostes que os discípulos tiveram o Espírito Santo. Não cometas este erro. Os discípulos foram batizados no Espírito Santo no dia de Pentecostes (Atos 2:1-4), mas já tinham o Espírito Santo. Eles tiveram o Espírito Santo quando o Senhor assoprou sobre eles. Isto é o que vemos em João 20:19-23. "... E, havendo dito isso, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo..."

2.9- Por que o batismo do Espírito Santo?

Acabamos de ver com o caso de Apolo em Atos 18:24-25, que mesmo sem ser batizado com o Espírito Santo, um verdadeiro filho de Deus pode entender exatamente a palavra de Deus e até ensinar. Mas ele é sempre limitado. Se o batismo do Espírito Santo não fosse necessário para nossa vida espiritual, Deus não o teria prometido a nós. O Senhor sabe que sem este batismo não teremos o poder do Espírito Santo para nos ajudar a enfrentar as várias batalhas que nos esperam ao longo do caminho. O Senhor também sabe que sem o poder que obtemos com o batismo do Espírito Santo, não poderemos resistir ao diabo. É por isso que o Senhor havia recomendado aos seus discípulos Em Atos 1:4-5 a não se afastar de Jerusalém, mas a aguardar primeiro o poder do Espírito Santo.

É também por isso que Áqüila e Priscilla, em Atos 18:26, levaram Apolo com eles para expor a ele mais exatamente o caminho de Deus.

Os discípulos seguiram as recomendações do Senhor. Eles primeiro esperaram para receber o poder do Espírito Santo antes de começar o ministério. Após o dia de Pentecostes, o efeito do batismo do Espírito Santo sobre os discípulos se tornou muito visível. Eles estavam cheios de poder, zelo, unção, sabedoria, inteligência e coragem para o serviço do Senhor. Os apóstolos, que tremeram com cada ameaça, tornaram-se homens completamente mudados, revestidos com o poder do Espírito Santo. Sabei, pois, amados, que não podeis servir a Deus sem estar revestidos com o poder do Espírito Santo. Portanto, não caia mais nas armadilhas montadas para si pelos demónios que tentam ensinar-lhe o contrário. No final deste Ensinamento, dar-vos-ei alguns elementos de discernimento para vos ajudar a identificar estes agentes do Inferno.

2.10- O batismo do Espírito Santo é uma prova de salvação?

Lembre-se, amados, que como todos os outros dons, o batismo do Espírito Santo não é uma prova de salvação. Em outras palavras, o batismo do Espírito Santo não é um sinal de que alguém é salvo. Deus dá dons aos homens porque Ele quer, não necessariamente porque os homens O amam. Portanto, nunca você não deve deixar que os dons vos seduzam. Saiba que você pode ter muitos dons e ir para o Inferno.

Se Deus deu os dons aos homens porque eles O amam, a posse de um dom significaria que aquele que o possui é salvo. Mas Deus dá os dons aos homens,

(11)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS Página 11 de 21

Fonte & Contacto: Sítio Internet: https://www.mcreveil.org E-mail: mail@mcreveil.org

em vez disso, porque Ele ama os homens. E cada um faz dons recebidos de Deus o que ele quer. Alguns usam os dons que receberam de Deus para louvar a Deus, outros usam os deles para zombar de Deus. É isso que justifica a arrogância dos homens hoje. Eles usam a inteligência que Deus lhes deu para se compararem a Deus. Eles estão fazendo seres humanos e plantas em laboratórios; eles estão tentando tornar outros planetas habitáveis; eles estão fazendo armas sofisticadas com as quais eles eles serão capazes de lutar contra Deus quando chegar a hora; etc.

Portanto, há apenas aqueles que temem a Deus, que vivem para Deus e de acordo com a Sã Doutrina de Jesus Cristo, e que usam os dons que Deus lhes deu para a glória de Jesus Cristo o único Salvador, que serão salvo. Que seja claro para tudos, que o batismo do Espírito Santo não é prova de que alguém é salvo.

2.11- O batismo do Espírito Santo é uma prova de que se pertence a Deus?

NÃO. Nem todos aqueles que dão a aparência de serem batizados no Espírito Santo, são sementes de Deus. Saiba muito bem que, tanto quanto os verdadeiros filhos de Deus, sementes de Deus, recebem de Jesus Cristo o batismo do Espírito Santo, tanto os falsos filhos de Deus, também podem receber este batismo, quando Deus o distribui. Ser baptizado no Espírito Santo, ou acreditar-se batizado no Espírito Santo, não faz de nós uma semente de Deus.

Portanto, não caiam na armadilha de chamar verdadeiros filhos de Deus a todos aqueles que aparentemente são batizados no Espírito Santo. O batismo do Espírito Santo não é, portanto, uma prova de que se é uma semente de Deus.

2.12- Falar em línguas é um sinal do batismo do Espírito Santo?

Dada a importância de falar em línguas, e considerando o facto de se ter tornado outra arma que os agentes de satanás usam para atormentar cristãos ignorantes e instáveis, achei melhor tratá-la separadamente, de uma forma completa e detalhada, respondendo a todas as perguntas que os cristãos costumam fazer a si próprios.

3- O Falar em Línguas

Um cristão que não fala em línguas é um cristão espiritualmente limitado, ele é um cristão que não pode travar um verdadeiro combate espiritual. Satanás ama tais cristãos, pois eles não representam um grande perigo para o seu acampamento.

Aqui estão as perguntas que os cristãos fazem regularmente sobre falar em línguas:

- O que é falar em línguas?

- O que é o dom da diversidade de línguas?

- Pode-se ser baptizado no Espírito Santo sem falar em línguas?

- Falar em línguas é ensinado?

- Podemos entender a língua falada?

- Devemos entender a língua falada?

- O falar em línguas melhora com o tempo?

(12)

- O falar em línguas de um filho de Deus pode parar?

- Podemos falar em línguas voluntariamente?

- Qual é a utilidade de falar em línguas?

- Como praticar o falar em línguas na Assembleia?

- O facto de falar em línguas faz do orador um verdadeiro filho de Deus?

- Existem falsos falar em línguas?

- Como reconhecer o falso falar em línguas?

3.1- O que é falar em línguas?

Falar em línguas é um excelente instrumento de combate que o Senhor Jesus pôs à disposição dos Seus filhos. É um dom muito útil para o combate espiritual, para a intercessão, para a edificação pessoal, e para a edificação da Igreja. A promessa deste precioso presente foi-nos dada em Marcos 16:15-18 "15E disse- lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda a criatura. 16Quem crer e for baptizado será salvo; mas quem não crer será condenado. 17E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas; 18Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos e os curarão."

Estamos claramente aprendendo com esta passagem que o Senhor fez a promessa do falar em línguas a todos aqueles que crerão em Seu nome, e não a apenas algumas pessoas. A partir disto, não temos mais que nos perguntar se todo filho de Deus deve falar em línguas. Não caia na armadilha de falsos mestres que ensinam que falar em línguas não é para todos os crentes. Não compreendendo a palavra de Deus, eles torcem o significado de 1Coríntios 12:30 que diziam: "...Falam todos diversas línguas? ..." para apoiar o seu erro. Saibam que em 1Coríntios 12:10 e 12:28, Deus nos fala do dom da diversidade de línguas, que nada tem a ver com a promessa de falar em línguas que o Senhor fez a todos aqueles que acreditarão n'Ele, em Marcos 16,17.

3.2- O que é o dom da diversidade de línguas?

O dom da diversidade de línguas é um dom que dá ao destinatário a capacidade de falar em diferentes línguas. Este é um dos dons que o Senhor distribui a cada um em particular como Ele quer. Estes dons são diferentes daqueles que o Senhor concede a todos os Seus filhos sem distinção. Portanto, já não cai na armadilha de confundir o dom de falar em línguas com o dom da diversidade de línguas. Vamos examinar cuidadosamente as seguintes passagens:

1Coríntios 12:4-11 "4Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.

5E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. 6E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. 7Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil. 8Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; 9e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; 10e a outro, a operação de maravilhas; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de discernir os espíritos; e a outro, a variedade de línguas; e a outro, a interpretação das línguas. 11Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer."

(13)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS Página 13 de 21

Fonte & Contacto: Sítio Internet: https://www.mcreveil.org E-mail: mail@mcreveil.org

1Coríntios 12:27-30 "27Ora, vós sois o corpo de Cristo e seus membros em particular. 28E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente, apóstolos, em segundo lugar, profetas, em terceiro, doutores, depois, milagres, depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas. 29Porventura, são todos apóstolos?

São todos profetas? São todos doutores? São todos operadores de milagres?

30Têm todos o dom de curar? Falam todos diversas línguas? Interpretam todos?"

Então entenda muito bem, que se Deus não fez de todos nós apóstolos, se Ele não fez de nós todos os profetas, ou os doutores, se Ele não fez de nós todas as pessoas que operam milagres, Ele não fez de nós todas as pessoas que tenham a diversidade de línguas. Que isto seja finalmente claro para todos os filhos de Deus que caíram nas armadilhas dos demônios que ensinam que falar em línguas não é para todos os filhos de Deus. Falar em línguas é é de fato para todos os filhos de Deus. É a diversidade das línguas que está reservada para apenas alguns irmãos.

3.3- Pode-se ser baptizado no Espírito Santo sem falar em línguas?

A resposta é Não. Vimos ao examinar Marcos 16:17, que a promessa de falar novas línguas é para todos os que crêem em Jesus Cristo, sem exceção. Atos 2:4 nos mostra que todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas. Atos 10:44-46 confirma este ensinamento. É por causa do falar em línguas que os fiéis circuncidados sabiam que os Gentios eram batizados com o Espírito Santo. Atos 19:6 também confirma isso. Atos 8:16-17 confirma o mesmo ensinamento. Como os irmãos sabiam que os Samaritanos não foram batizados com o Espírito Santo? Porque eles não viram esse sinal que prova que alguém é batizado com o Espírito Santo, isto é, falar em línguas. Quando Pedro e João colocaram as mãos sobre os samaritanos, eles receberam o Espírito Santo. E como é que os irmãos sabiam que os samaritanos foram finalmente batizados no Espírito Santo? Porque eles viram o sinal. Falar em línguas é, portanto, o sinal visível de que alguém é batizado com o Espírito Santo.

3.4- Falar em línguas é ensinado?

Especialmente não! Não caia nessa armadilha. Falar em línguas não é ensinado e não pode ser aprendido. É recebido diretamente do Senhor. Eu te aviso contra práticas de bruxaria. Em muitas seitas satânicas pentecostais e carismáticas, os pastores-demônios iniciam as pessoas na bruxaria. Eles distribuem à vontade o que eles chamam de batismo do "espírito santo", e eles ensinam as pessoas a falar em línguas. Alguns pedem às pessoas para abrir a boca e repetir aleluia, aleluia, aleluia várias vezes, sem parar, e isso acaba se tornando sua falar em línguas. Outros dizem às pessoas para abrir a boca e dizer AAA BBB CCC, etc. e acelerar o ritmo, ou para dizer ABC, várias vezes, depois, CBA várias vezes também, acelerando o ritmo, e tudo isso acaba se tornando o que eles chamam "falar em língua". Saiba que esta prática é uma iniciação à bruxaria. Essas práticas de bruxaria são inspiradas por satanás.

Muitas vezes os irmãos me perguntaram por que em alguns grupos as pessoas todos falam a mesma língua. A resposta é simples. Se todos eles foram iniciados com a mesma bruxaria, não é de surpreender que todos a pratiquem da mesma maneira.

(14)

Todos vocês, filhos de Deus, agora examinem como receberam o seu falar em línguas. Se você foi vítima de uma dessas práticas abomináveis, saiba que foi apresentado à bruxaria. Não é o Espírito Santo que você recebeu, são os espíritos malignos. A língua que você fala não é de Deus. Você deve se arrepender e pedir ao Senhor para libertá-lo daqueles espíritos imundos que o usam. Em seguida, ore e peça ao Senhor para batizá-lo com Seu Espírito Santo e para lhe dar a língua que vem d’Ele.

3.5- Podemos entender a língua falada?

A resposta é Sim. O Senhor, quando Ele quer, pode permitir que as pessoas ouçam o que dizemos em línguas. É o que vemos em Atos 2:5-11, "1E cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar;

2E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. 3E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.

4E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. 5E em Jerusalém estavam habitando judeus, varões religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu. 6E, correndo aquela voz, ajuntou-se uma multidão e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê! Não são galileus todos esses homens que estão falando? 8Como pois os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos? ..."

É aqui que Jesus pela primeira vez cumpriu esta promessa do falar em línguas.

Os irmãos, depois de serem batizados com o Espírito Santo, todos falaram em línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. O Senhor, para fazer resplandecer a Sua glória no meio da multidão que estava em Jerusalém, havia permitido que milhares de pessoas que estavam ali naquele momento ouvissem as línguas faladas pelos discípulos. E isso resultou na conversão de quase três mil almas naquele dia. Isso não significa que toda vez que falamos em línguas, as pessoas têm de ouvir.

3.6- Devemos entender a língua falada?

A resposta é Não. Quando falamos em línguas, não entendemos o que dizemos, e ninguém entende o que dizemos, a menos que o Senhor o permita, como no caso de Atos 2: 1-11 citado acima. 1Coríntios 14:2 nos diz: "Pois quem fala em uma língua não fala aos homens, mas a Deus. De fato, ninguém o entende; em espírito fala mistérios." É por isso que o Senhor nos pede para orar pelo dom da interpretação. 1Coríntios 14:13 diz: "Por isso, quem fala em uma língua, ore para que a possa interpretar."

3.7- O falar em línguas melhora com o tempo?

Muitos irmãos perguntam cada vez se falar em língua evolui. Em outras palavras, quando falamos em línguas, são as mesmas palavras que temos a dizer cada vez, ou o nosso falar "melhorar" ao longo do tempo?

Falar em línguas é realmente falar em outras línguas como você o entende.

1Coríntios 14:10 diz: "Sem dúvida, há diversos idiomas no mundo; todavia,

(15)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS Página 15 de 21

Fonte & Contacto: Sítio Internet: https://www.mcreveil.org E-mail: mail@mcreveil.org

nenhum deles é sem sentido." As línguas que falamos, mesmo que não as ouvimos, são línguas inteligíveis, isto é, línguas que podemos ouvir. Se são línguas reais, então, nosso "domínio" destas línguas será feito à medida que as usamos. 1Coríntios 14:18 diz: "Dou graças a Deus por falar em línguas mais do que todos vocês."

3.8- O falar em línguas de um filho de Deus pode parar?

Não. A Bíblia nos ensina que Deus não se arrepende de seus dons. Se é Deus quem vos deu o dom de falar em línguas, ele não vai retirá-lo.

3.9- Podemos falar em línguas voluntariamente?

Há muitos que, por causa da falsa doutrina, se perguntam se alguém pode falar em línguas voluntariamente, ou se é apenas com a inspiração do Espírito que se deve falar. Saiba que se falar em línguas é um dom que Deus nos deu, podemos usá-lo sempre que quisermos.

3.10- Qual é a utilidade de falar em línguas?

3.10.1- Dom de intercessão

Falar em línguas é um maravilhoso dom de intercessão que Deus nos deu. Em 1Tessalonicenses 5:17, a Bíblia nos pede para orar incessantemente. Como alguém pode orar incessantemente se pode orar apenas pela inteligência?

Efésios 6:18 diz: "Orando em todo tempo com toda oração e súplica no Espírito e vigiando nisso com toda perseverança e súplica por todos os santos." Como um cristão pode colocar este ensinamento em prática se ele não fala em línguas?

Que tipo de intercessão um filho de Deus pode fazer se não pode orar em línguas?

Vamos ler 1Coríntios 14:14-15 "14Pois, se oro em uma língua, meu espírito ora, mas a minha mente fica infrutífera. 15Então, que farei? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento." O próprio Deus nos pede para orar em línguas, e até mesmo para cantar em línguas. Como pode Ele pedir-nos para fazer tais coisas se não temos de falar em línguas? Compreender, portanto, mais uma vez, que todo verdadeiro filho de Deus deve falar em línguas.

3.10.2- Dom de edificação pessoal

1Coríntios 14:4 nos diz: "Quem fala em língua a si mesmo se edifica, ..." Isso significa que falar em línguas é um excelente dom de edificação pessoal que Deus nos deu. Como você pode desprezar um dom tão importante para sua própria edificação?

3.10.3- Dom de edificação para a Igreja

O falar em línguas é também dom de edificação para a Igreja. Sempre que a língua é interpretada, toda a Igreja recebe edificação. 1Coríntios 14:4-5 "...

Quem profetiza edifica a igreja. ... Quem profetiza é maior do que aquele que fala em línguas, a não ser que as interprete, para que a igreja seja edificada."

(16)

Não é por nada que os apóstolos sempre cuidavam para que todos os filhos de Deus foram batizados no Espírito Santo. Atos 8:14-17 "14Os apóstolos, pois, que estavam em Jerusalém, ouvindo que Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João, 15os quais, tendo descido, oraram por eles para que recebessem o Espírito Santo. 16(Porque sobre nenhum deles tinha ainda descido, mas somente eram batizados em nome do Senhor Jesus.) 17Então, lhes impuseram as mãos, e receberam o Espírito Santo."

Em Atos 19:1-6, Paulo encontra um grupo de cristãos. A primeira pergunta que ele lhes faz é se eles já são batizados com o Espírito Santo. Porque é que o Paul faz disto uma prioridade? Porque ele sabe que um verdadeiro filho de Deus não pode funcionar sem este maravilhoso dom de Deus.

3.11- Como praticar o falar em línguas na Assembleia?

1Coríntios 14:23 "Assim, se toda a igreja se reunir e todos falarem em línguas, e entrarem alguns não instruídos ou descrentes, não dirão que vocês estão loucos?"

Quando você visita as assembléias hoje, você vê alguém com o microfone na mão dizendo: "Agora, todos de pé. Oremos juntos em línguas". E assim que o sinal é dado, você os vê agitando na assembléia, cada um gritando em língua, e o líder de seu lado gritando em língua ao microfone; e você tem a impressão de estar em um mercado central. Que loucura! E se os chamávamos de loucos, alguns diriam, como de costume, que os insultámos. No entanto, eles foram chamados apenas pelo nome, loucos.

O que diz a Bíblia? 1Coríntios 14:26-27 "26Portanto, que diremos, irmãos?

Quando vocês se reúnem, cada um de vocês tem um salmo, ou uma palavra de instrução, uma revelação, uma palavra em uma língua ou uma interpretação.

Tudo seja feito para a edificação da igreja. 27Se, porém, alguém falar em língua, devem falar dois, no máximo três, e alguém deve interpretar."

Os cristãos estão tão cegos hoje. Eles fazem apenas o oposto do que Deus pediu.

Como já não verificam eles mesmos a Bíblia, eles seguem com os olhos fechados, os cegos que os lideram. É por isso que estão todos no buraco hoje.

Minha oração é que depois destes ensinamentos, você possa sair do buraco em que já está. O Senhor volta em breve, e satanás já alistou todos vocês para a armadilha da falsa doutrina. Amados: Voltem à sã doutrina!

As poucas raras vezes em que se deve encontrar a falar em línguas ao mesmo tempo é quando se está num momento de combate espiritual, ou quando se está a rezar pelo batismo do Espírito Santo. Por exemplo, se há novos irmãos que aceitaram o Senhor e que acabaram de ser batizados na água, você deve orar com eles pelo batismo do Espírito Santo. Para tais ocasiões, você pode encontrar-se falando todos juntos em língua ao mesmo tempo. Mas tudo deve ser conduzido pelo Espírito Santo e não a pedido de um homem. Num culto de verdadeiros filhos de Deus, dois ou mais irmãos não devem falar em língua ao mesmo tempo.

(17)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS Página 17 de 21

Fonte & Contacto: Sítio Internet: https://www.mcreveil.org E-mail: mail@mcreveil.org

3.12- O facto de falar em línguas faz do orador um verdadeiro filho de Deus?

A resposta é NÃO. Uma pessoa não é um verdadeiro filho de Deus simplesmente porque fala em línguas, e ninguém se torna um verdadeiro filho de Deus ao falar em línguas. Saiba muito bem que os filhos de Deus falam em línguas, e os filhos de satanás também falam em línguas. O facto de falar em línguas nunca deve, portanto, ser utilizado como qualquer elemento de discernimento para tentar reconhecer os verdadeiros Filhos de Deus.

3.13- Existem falsos falar em línguas?

Amados, quero assinalar-vos que existem falsos falar em línguas, ou seja, falar em línguas que vêm de satanás. Como já expliquei acima, falar em línguas não é um sinal que prove que se está salvo, ou que se é um filho de Deus. Os agentes de satanás falam em línguas, e por vezes até falam mais do que os verdadeiros Filhos de Deus. Os filhos de Deus devem rezar para serem capazes de discernir estes falar em línguas de satanás.

3.14- Como reconhecer o falso falar em línguas?

É seguindo estritamente as instruções do Senhor que você pode reconhecer as línguas de satanás. Agora você entende por que o Senhor insiste em ordem em Sua casa. 1Coríntios 14:26-33 diz: "26Portanto, que diremos, irmãos? Quando vocês se reúnem, ... 27Se, porém, alguém falar em língua, devem falar dois, no máximo três, e alguém deve interpretar. 28Se não houver intérprete, fique calado na igreja, falando consigo mesmo e com Deus... 30Se vier uma revelação a alguém que está sentado, cale-se o primeiro. 31Pois vocês todos podem profetizar, cada um por sua vez, de forma que todos sejam instruídos e encorajados... 33Pois Deus não é Deus de desordem, mas de paz ..."

Os modelos de assembléias e cultos que você tem hoje, são modelos sobre os quais satanás é mestre. Ele glorifica-se neles a 100%. Na desordem e Indisciplina, é satanás quem reina. Se o Senhor nos concede a graça de estudar as obras de satanás nas Assembléias, voltaremos a este assunto e falaremos sobre isso em detalhe.

Em resumo, saiba que o batismo do Espírito Santo e o falar em línguas não podem ser dissociados. Não quero terminar este Ensinamento sem lhe dar alguns elementos de discernimento.

4- Elementos de discernimento

4.1- Os chamados cristãos não batizados no Espírito Santo

Saiba que o batismo no Espírito Santo não confere a ninguém o título de verdadeiro filho de Deus. Uma pessoa alegadamente batizada no Espírito Santo, não é necessariamente um verdadeiro filho de Deus, enquanto um cristão não batizado no Espírito Santo, apesar do conhecimento do ensino sobre o batismo do Espírito Santo, e apesar do facto de os servos de Deus já terem orado por ele em várias ocasiões, é um sinal de que este alegado filho de Deus não seria um verdadeiro filho de Deus

(18)

4.2- Os chamados cristãos que não falam em línguas

Saiba que falar em línguas não prova nada; pelo contrário, é o facto de não falar em línguas que prova algo. Isto significa que uma pessoa que fala em línguas, não é necessariamente um verdadeiro filho de Deus, enquanto um cristão que não fala em línguas, apesar do conhecimento do ensinamento sobre falar em línguas, e apesar do facto de os servos de Deus já terem rezado várias vezes por ele, não seria de Deus.

4.3- Os chamados cristãos que fogem do batismo do Espírito Santo Se encontrar os chamados cristãos que não são batizados no Espírito Santo, e que fogem das sessões de oração para o batismo do Espírito Santo, saiba que eles são demónios. Muitos destes enganadores dão a impressão de que estão à procura do batismo do Espírito Santo, mas sempre que são organizadas sessões de oração para o batismo do Espírito Santo, eles usam truques para fugir à oração, e fingem ter perdido estes momentos de oração por uma infeliz combinação de circunstâncias. Encontra-se mesmo alguns que estão presentes durante as sessões de oração para o batismo do Espírito Santo, e que, assim que a oração aquece, fogem imediatamente. Estes são feiticeiros temíveis em missão entre os Filhos de Deus. Um verdadeiro filho de Deus não foge do Espírito Santo, nem se sente confortável sem o Espírito Santo e a unção do Espírito Santo.

4.4- Os chamados cristãos que combatem o batismo do Espírito Santo Por vezes, quando se começa a rezar pelo batismo do Espírito Santo, há pessoas que se sentem desconfortáveis, e estão prontas a fugir se lhe for dada a oportunidade. Quando eles não fogem, é apenas porque estão presos. Após a sessão de oração, eles estão geralmente zangados, e tentam desesperadamente encontrar alguns tópicos de calúnia ou blasfémia, para justificar a sua atitude.

Você tem alguns que reclamam que foram encorajados a abrir a boca antes de falar em línguas, como se geralmente fosse com a boca fechada que falamos.

Estes agentes de satanás, quando não encontram verdadeiros sujeitos de acusação contra Deus e contra Filhos de Deus, fabricam-nos. Ao povo de satanás nunca faltarão sujeitos de acusação contra nós. Lembre-se que tais pessoas são agentes de satanás em missão entre os Filhos de Deus.

Também há quem diga que estão escandalizados por verem os Filhos de Deus a combater em línguas. Mostram-se muito agitados, perturbados, e dão a impressão de não saberem que falar em línguas é bíblico. Reconhecerá alguns destes agentes de satanás. Quando se organizam momentos de combate espiritual, eles não a suportam. A presença do fogo de Deus durante as sessões de oração de combate desestabiliza-os seriamente. Estas pessoas são agentes de satanás numa missão entre o povo de Deus. Estes demónios geralmente não duram muito tempo na Igreja. Desertam após algum tempo apenas, por vezes criando algumas falsas razões, por vezes sem razões. Deve-se manter afastado deste tipo de demónios se não se quiser arrefecer na sua caminhada com Deus.

Lembre-se de que cada verdadeiro filho de Deus se sente à vontade na presença de Deus.

(19)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS Página 19 de 21

Fonte & Contacto: Sítio Internet: https://www.mcreveil.org E-mail: mail@mcreveil.org

4.5- Os chamados servos de Deus que negam o batismo do Espírito Santo

Se encontrar os chamados pastores ou servos de Deus que negam e combatem o batismo do Espírito Santo, saiba que são agentes de satanás. E são hoje muito numerosos na Igreja. Deste número estão aqueles que dizem que o batismo do Espírito Santo foi apenas para os primeiros discípulos. Portanto, não caiam na armadilha destes demónios que vos dizem que não precisamos do batismo do Espírito Santo.

4.6- Os chamados servos de Deus que negam o falar em línguas Você também encontra outros chamados servos de Deus que lhe dizem que são batizados no Espírito Santo, mas que negam o falar em línguas. Saiba que são demônios que vieram do mundo das trevas para afastá-lo do caminho de Deus.

Fique longe deles.

4.7- Os chamados servos de Deus que não falam em línguas

Com isto você reconhecerá os demônios: Se você encontrar pastores ou outros chamados servos de Deus que não falam em línguas, e que são contra o batismo do Espírito Santo, saiba que eles são demônios. Eu enfatizei a palavra "e", porque podemos encontrar pastores que não falam em línguas, apenas porque eles nem sabem que há uma falar em línguas. Como hoje em cegueira e erro todos podem se tornar pastor, você encontra até mesmo pagãos que já foram nomeados pastores. Neste caso, eles podem não ser demônios, mas apenas pagãos, que devem aceitar Jesus Cristo e retomar o seu batismo de água, e então renunciar ao título falso que lhes foi dado.

Mas se, em vez disso, você se deparar com os chamados servos de Deus, que não falam em línguas, e que sabem que há falar em línguas, e que são contra falar em línguas, saiba que eles são demônios. Geralmente, para seduzir os filhos de Deus, esses demônios dizem que no dia de Pentecostes, quando os discípulos falaram em línguas, as pessoas que estavam ao redor deles, os ouviram; uma maneira de dizer que, se falamos em línguas, ele automaticamente é necessário que todos aqueles que estão ao redor ouvem, isto é, compreendem. Este é um verdadeiro raciocínio satânico, uma sedução demoníaca, para desencorajar os filhos de Deus, para que eles não usem este dom de combate que o Senhor lhes deu. Estes demônios ignoram que não é somente em Atos 2 que os irmãos têm falado em línguas. Em Atos 10:44-46, os irmãos falaram em línguas. Em Atos 19:6 os Irmãos também falaram em línguas. As pessoas à volta deles ouviram-os? Amados, foge dos enganadores!

5- Conclusão

Amados, como vos assinalei acima, não podeis servir a Deus sem estar revestidos com o poder do Espírito Santo. Também quero despertar a vossa mente em relação ao combate espiritual. Quer sejas daqueles que lutam ou daqueles que dormem, sabei que satanás vos combate activamente. Por isso tens de acordar finalmente do teu sono e começar a lutar. Quando você orar em línguas, estas são grandes flechas que você dirige no acampamento do

(20)

inimigo. Por isso, não pares de orar em línguas. Quando você passa um único dia sem orar em língua, deixa o campo aberto para satanás e seus agentes.

Quanto mais você intercede em língua, mais forte você é espiritualmente, e mais você ganha a vitória para o povo de Deus.

Portanto, não se surpreenda que os pastores-demônios estejam privando você dessa arma, dizendo que falar em língua não existe mais.

Eu recomendo aos líderes, que se certifiquem de passar tempo suficiente todos os dias na intercessão em línguas, e aos fiéis para fazer o mesmo. Não te limites. Desde que o Senhor te conceda força, intercede.

Prefiro não recomendar um mínimo de tempo, pois assim que se recomenda um mínimo de tempo, os irmãos limitam-se a esse mínimo cada vez, mesmo quando podem fazer mais.

Vocês, filhos de Deus, que ainda gastam seu tempo atrás das telas da televisão, convertem este tempo que perdem em tempo de intercessão, e verão o resultado. Aleluia!

A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade!

(21)

BATISMO DO ESPÍRITO SANTO E FALAR EM LÍNGUAS Página 21 de 21

Fonte & Contacto: Sítio Internet: https://www.mcreveil.org E-mail: mail@mcreveil.org

Convite

Queridos irmãos e irmãs,

Se fugiu das falsas igrejas e quer saber o que deve fazer, aqui estão as duas soluções à sua disposição:

1- Veja se à sua volta há outros filhos de Deus que temem a Deus e desejam viver de acordo com a sã doutrina. Se encontrar algum, sinta- se à vontade para se juntar a eles.

2- Se não encontrar nenhum e desejar juntar-se a nós, as nossas portas estão abertas para si. A única coisa que lhe pediremos é que leia primeiro todos os Ensinamentos que o Senhor nos deu, e que podem ser encontrados no nosso site www.mcreveil.org, para lhe assegurar que estes Ensinamentos estão em conformidade com a Bíblia. Se os achar que estão de acordo com a Bíblia, e se estiver disposto a submeter-se a Jesus Cristo, e viver de acordo com as exigências da Sua palavra, nós o receberemos com alegria.

A graça do Senhor Jesus Cristo seja convosco!

Imagem

Referências

temas relacionados :