REVISÃO - FINAL DO SÉCULO XIX NA EUROPA

Texto

(1)

REVISÃO - FINAL DO SÉCULO XIX NA EUROPA

1 - Raros artistas, como Paul Cézanne, terão sido tão importantes para a Arte Moderna. A história da Arte costuma situá-lo no próprio núcleo de formação das vanguardas artísticas do século XX, na companhia de Vincent Van Gogh e Paul Gauguin – cada um destes artistas contribuindo com uma maneira diferente e particularmente importante para o conjunto dos inúmeros movimentos artísticos que marcariam as seis primeiras décadas do século XX.

ARGAN, Giulio Carlo. Arte Moderna. São Paulo: Cia das Letras, 1996, texto adaptado.

Considerando os estudos sobre os artistas pós-impressionistas do final do século XIX e o texto anterior, marque a alternativa correta.

a) Van Gogh, Cézanne e Gauguin nunca estiveram ligados ao movimento impressionista.

b) As pinturas de Van Gogh apresentam acabamento homogêneo de cores e pinceladas.

c) Toulouse-Lautrec documentou a vida parisiense, com muitos traços e riqueza de detalhes.

d) Cézanne convertia os elementos da natureza em formas cilíndricas, cônicas e esféricas.

2 – Assinale V ou F nas afirmativas abaixo sobre a vida e a obra de Van Gogh:

a) ( ) Ele era um homem de personalidade intrigante, cheio de conflitos internos, desequilibrado e depressivo.

b) ( ) Van Gogh era um homem de personalidade serena, cheio de ideias brilhantes, equilibrado e animado.

c) ( ) Van Gogh pintava aquilo que via e o que ele sentia.

d) ( ) As pinceladas de Van Gogh eram tranquilas e serenas o que sugeria a sua tristeza interior.

e) ( ) Van Gogh gostava de pintar naturezas mortas, paisagens, flores e autorretratos.

3 - Aquilo a que chamamos Arte Moderna nasceu de sentimentos de insatisfação e das várias soluções apontadas pelos artistas Paul Cèzanne, Vincent Van Gogh e Paul Gaugin. Considere as afirmações abaixo e marque a alternativa que correlaciona corretamente TEXTO/ARTISTA.

I. Sentia que a arte havia perdido o senso de equilíbrio e ordem, afirmava que a preocupação do impressionismo com o movimento fugaz os fez esquecer as sólidas e duradouras formas da natureza. O CUBISMO, originado na França, foi a solução proposta por esse artista.

II. Acreditava que, rendendo-se às impressões visuais e explorando somente as qualidades ópticas da luz e da cor, a Arte corria o perigo de perder a intensidade e a paixão através das quais o artista poderia expressar seus sentimentos e transmiti-los aos seus semelhantes. A solução converteu-se no EXPRESSIONISMO, que, na Alemanha, encontrou a sua principal resposta.

III. Estava profundamente insatisfeito com a vida e com a arte. Ambicionava realizar algo mais direto e simples e esperava encontrar, entre os primitivos, os meios para consegui-lo. A solução, para ele, culminaria nas diversas formas do FAUVISMO.

CENTRO EDUCACIONAL MARAPENDI

NOME: _____________________________________________ ANO: 8º TURMA: _____

PROFESSOR (A): Maria Izabel Escano DISCIPLINA: História da Arte DATA: 12/11/2021

(2)

a) I. Van Gogh; II. Gaugin; III. Cèzanne b) I. Cèzanne; II. Gauguin; III. Van Gogh c) I. Gaugin; II. Van Gogh; III. Cèzanne d) I. Cèzanne; II. Van Gogh; III. Gaugin e) I. Gaugin; II. Cèzanne; III. Van Gogh

4 - No final do século XIX, a insatisfação de van Gogh e Gauguin diante dos males espirituais da civilização ocidental era um sentimento largamente partilhado. Havia uma preocupação consciente acerca da decadência e da corrupção que grassava pelos meios artísticos e literários.

No entanto, e de certa maneira paradoxalmente, esta mesma consciência mostrou ser uma fonte de vigor. Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901), fisicamente um anão disforme, foi um artista muito talentoso, o mais notável exemplo desse espírito, levou uma vida libertina pelos locais noturnos de Paris e morreu de alcoolismo.

JANSON, H. W. História Geral da Arte. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001. v. 3.

Considerando a imagem abaixo, da obra “No Moulin Rouge” (1892), o correto está em:

a) A obra “No Moulin Rouge”, de Toulouse-Lautrec é pós-impressionista e mostra o que está por trás da cena superficialmente alegre nesse famoso salão de dança, um lugar deprimente.

b) “No Moulin Rouge” é uma obra de tendência romântica, com fortes traços realistas, que reflete “o mal do século”.

c) A aparente alegria da casa noturna na obra “No Moulin Rouge” determina sua forte influência futurista.

d) Toulouse-Lautrec era um simbolista, por isso em “No Moulin Rouge” é tão evidente a paradoxal falta de alegria nesse ambiente.

(3)

5 - Analise, atentamente, a imagem seguinte, e assinale a alternativa que contém as afirmações corretas:

I - A reprodução é da litografia de Toulouse-Lautrec, Moulin Rouge.

II - O estilo desse artista revelou-se apropriado para desenvolver um tipo de arte muito específico:

o dos cartazes e pôsteres publicitários.

III - Este cartaz anuncia a apresentação de La Goulue, conhecida dançarina da época.

IV - A temática dos quadros deste impressionista volta-se à natureza, primordialmente, mas, em segundo plano, aparecem o circo, bares e bordeis.

a) Todas as afirmativas estão corretas.

b) Somente as afirmativas I e II estão corretas.

c) Todas as afirmativas estão incorretas.

d) Somente as afirmativas II e III estão corretas.

e) Somente as afirmativas I, II e III estão corretas.

6 - Leia um trecho da carta de Vincent Van Gogh a seu irmão Theo, sobre o célebre quadro "O quarto do artista em Arles" (1889).

(4)

A partir de tais observações, pode-se dizer que Van Gogh:

a) pretendia criar uma atmosfera de emoção, pela ênfase dada às sombras e ambientes soturnos em seu quadro

b) procurou demonstrar seu domínio na arte da composição, utilizando os ensinamentos de artistas renascentistas na harmonia das cores

c) perseguiu a criação de um ambiente real através de uma abordagem naturalista, onde o que é visto se sobrepõe ao que é sentido pelo artista

d) utilizou as cores como instrumento para transmitir o que sentia e não para representar o que via com fidedignidade

e) procurou criar uma atmosfera noturna, onde preponderavam tons escuros e com pouca vibração

7 - Assinale a opção que continua de forma coesa e coerente o trecho a seguir:

“Afinal o que levou o famoso pintor Vincent van Gogh a cortar a própria orelha? Suposições e teorias não faltam. A mais conhecida - de que o artista holandês se automutilou por causa de uma discussão com o pintor francês Paul Gauguin - acaba de ser colocada em xeque.”

Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/curiosidades-37839683 Acesso em: 03/11/2016

a) O fato de que Van Gogh não recebeu bem a notícia do casamento não é novidade. Estudos anteriores indicavam, no entanto, que ele só teria sido comunicado sobre o noivado após a automutilação, o que é contestado por Bailey.

b) Na noite do mesmo dia, Van Gogh e Gauguin protagonizaram a célebre discussão e, logo depois, o artista cortou a orelha com uma lâmina de barbear.

c) O episódio teria sido motivado, na verdade, pela notícia de que o irmão mais novo de Van Gogh, Theo, estava prestes a se casar, com Johanna Bonger. Van Gogh teria se sentido ameaçado pelo matrimônio e surtado diante da iminente "perda".

d) Após o ato dramático, o pintor envolveu a orelha em um pedaço de papel e a levou até um bordel, onde teria entregue a uma jovem, que desmaiou.

e) A tese é do pesquisador Martin Bailey, que publicou as descobertas em seu novo livro, Studio of the South: Van Gogh in Provence, que narra o período em que o pintor holandês morou em Arles, no sul da França, de 1888 a 1889.

8 - Sobre o pós-impressionismo, dizemos que ele não foi um movimento, pois:

a) representava a produção ímpar de alguns artistas entre a transição do impressionismo às vanguardas modernas.

b) foi um encontro de alguns artistas como Vincent Van Gogh, Leonardo da Vinci e Paul Cézanne.

c) resultou somente no neoimpressionismo (pontilhismo).

d) foi um período de retomada da arte acadêmica.

e) o único artista que foi considerado pós-impressionista foi Vincent Van Gogh, que ficou muito conhecido por suas obras “Noite estrelada” e “Girassóis”.

(5)

GABARITO

1 – d) Cézanne convertia os elementos da natureza em formas cilíndricas, cônicas e esféricas.

3 – V F V F V

3 – d) I. Cèzanne; II. Van Gogh; III. Gaugin

4 – a) A obra “No Moulin Rouge”, de Toulouse-Lautrec é pós-impressionista e mostra o que está por trás da cena superficialmente alegre nesse famoso salão de dança, um lugar deprimente.

5 - e) Somente as afirmativas I, II e III estão corretas.

6 - d) utilizou as cores como instrumento para transmitir o que sentia e não para representar o que via com fidedignidade

7 - d) Após o ato dramático, o pintor envolveu a orelha em um pedaço de papel e a levou até um bordel, onde teria entregue a uma jovem, que desmaiou.

8 - a) representava a produção ímpar de alguns artistas entre a transição do impressionismo às vanguardas modernas.

Imagem

Referências

temas relacionados :