Destaque. Dez lojas Tangerina ultrapassam um milhão de euros de vendas N.º 240

Texto

(1)

1

Destaque

Dez lojas Tangerina ultrapassam um milhão de euros de vendas

Cafetaria foi a categoria que mais cresceu graças à introdução de novos produtos

As lojas Tangerina de Adémia, Alcochete, Aveiras, Católica, Francos, Freixo, Gare Oriente, Oeiras (ambos os lados) e Telheiras destacaram-se este ano por terem ultrapassado um milhão de euros de vendas em 2016, tendo registado um crescimento de vendas face ao ano anterior.

A categoria cafetaria foi a que mais cresceu neste ano.

Destaca-se a introdução de vários produtos inovadores que vão ao encontro das preferências dos clientes, bem como a disponibilização de menus com preços sedutores para os vários períodos do dia. O espaço envolvente criado nas lojas, acolhedor e atrativo, tem contribuído para o crescimento das vendas globais.

Estão de parabéns todos os colaboradores das lojas Tangerina, uma vez que garantem um atendimento de excelência aos clientes que os visitam, bem como todas as áreas que apoiam o negócio ao longo do ano.

29/12/2016

(2)

2

Institucional

Conhecer Moçambique, Conhecer a Galp em Moçambique

Foi o tema da última talks@galp de 2016

A última talks@galp do ano, com o tema Conhecer Moçambique, Conhecer a Galp em Moçambique, decorreu no passado dia 19 de dezembro e contou com a presença do Presidente Executivo que fez a mensagem de abertura da sessão.

Carlos Gomes da Silva salientou o facto de, no dia 16 de dezembro, o Conselho de Administração da Galp ter aprovado o plano de investimento no projeto Coral Sul, em Moçambique, sendo assim o primeiro projeto de desenvolvimento relacionado com as descobertas realizadas na Área 4 na bacia do Rovuma em Moçambique.

Esta decisão, alinhada com a estratégia da Galp no que diz respeito ao projeto Moçambique, traz à Galp uma responsabilidade acrescida, pois contribui para a diversificação do seu mix energético da Galp. O Presidente Executivo abordou ainda alguns desafios e ambições associados a este projeto, bem como a importância de Moçambique enquanto geografia estratégica para a Galp. Reforçou, igualmente, que há muito trabalho pela frente e que serão necessárias algumas décadas para perceber a consequência global desta decisão que se iniciou esta semana e fez arrancar um projeto que andava a ser trabalhado há vários anos.

(3)

3 Seguiu-se um debate com a moderação de Pedro Marques Pereira, do Gabinete da Presidência e Comunicação, que contou com a participação de Fernanda Lichale, Embaixadora de Moçambique, Paulo Mendonça, Country Manager da empresa para a área de E&P neste país, e Paulo Varela, Administrador (COO Galp East Africa) da Galp Marketing Internacional.

A Embaixadora de Moçambique enfatizou os desafios e as oportunidades associados a Moçambique, bem como a importância do projeto para a Galp que tem contribuído de forma notória e inequívoca para o desenvolvimento económico nacional, o que tem sido relevante no reforço das excelentes relações de cooperação entre Portugal e Moçambique. Partilhou ainda algumas reflexões e experiências no que diz respeito ao investimento no seu país e reforçou que os dois países devem trabalhar lado a lado para ultrapassarem as dificuldades económicas, financeiras e sociais que atravessam.

Neste contexto, a Galp destaca-se como um dos exemplos bem-sucedidos da parceria entre agentes económicos de Moçambique e de Portugal e contribui para a satisfação das necessidades da economia moçambicana, bem como para melhorar a qualidade de vida dos moçambicanos.

(4)

4 Durante a sessão, Moçambique foi realçado como um dos mercados em que a Galp tem operações e investimentos de relevo, quer na área da Distribuição, quer no E&P. Ao longo da sessão Paulo Mendonça e Paulo Varela abordaram os desafios e oportunidades associados aos projetos em Moçambique, bem como as perspetivas de desenvolvimento do país e a natureza e principais caraterísticas dos negócios da Galp nas áreas da Distribuição e do E&P em Moçambique.

Para além dos principais desafios e oportunidades do setor downstream oil também o projeto Rovuma teve especial destaque, tendo sido apresentada uma visão geral do projeto, o seu impacto na economia de Moçambique, em que fase se encontra agora e para onde se dirige.

Com esta talks@galp ficou clara a importância de Moçambique enquanto pilar estratégico da internacionalização da empresa, bem como os desafios e oportunidades associados à presença da Galp neste país. A sessão terminou com um debate com questões dirigidas a cada um dos intervenientes e um período para perguntas e respostas.

Pode consultar a apresentação e as fotografias da sessão aqui.

29/12/2016

Energia cria Energia em Moçambique

Campanha institucional da Galp dá a conhecer a empresa neste país

O novo posicionamento da marca Galp está a ser comunicado em Moçambique através de uma campanha institucional que irá decorrer durante os próximos três meses. Esta comunicação consiste numa declinação da campanha lançada no início do ano em Portugal e está a ser divulgada em televisão - nos canais com maior audiência (STV e Miramar) -, em imprensa - num dos meios com maior destaque (O País) -, bem como em digital e outdoor.

Esta campanha procura dar a conhecer a Galp como um operador integrado de energia, bem como uma marca global, próxima dos consumidores e das comunidades onde atua. Refere a presença da Galp em Moçambique desde 1957, através de uma rede que conta atualmente

(5)

5 com cerca de 50 postos de abastecimento de combustível, e a participação no projeto de exploração e produção de gás natural na bacia de Rovuma – uma das maiores reservas do mundo.

Destaca, ainda, a ideia de que a Galp quer inspirar e servir de motor de desenvolvimento sustentável nas comunidades onde se encontra inserida. Porque acredita que assim se cria confiança e se fundamenta a nova promessa da marca Galp traduzida na assinatura “Energia cria Energia”.

29/12/2016

O talento e a estratégia lado a lado

Ex-trainees almoçam com administradores executivos

Nas últimas semanas os colaboradores e colaboradoras que integraram a edição de 2015 do Programa de Trainees tiveram a oportunidade de almoçar com os administradores executivos.

Esta iniciativa, organizada pelos Recursos Humanos, teve lugar nas Torres de Lisboa e foi dinamizada através da criação de sete grupos que tiveram a oportunidade de almoçar e conviver de perto com um dos elementos da Comissão Executiva da Galp.

Esta ideia, recuperada de edições anteriores do Programa Generation Galp, tem por objetivo promover o alinhamento e estreitar a ligação existente entre a

(6)

6 Comissão Executiva, que orienta e determina o rumo a seguir pela empresa, e os seus colaboradores e colaboradoras mais jovens, cujo talento e contributo serão fundamentais para o futuro da Galp.

Para aumentar o desafio para ambas as partes e dar um fio condutor às conversas, os grupos foram convidados a elaborar cinco questões relacionadas com dúvidas estratégicas presentes e futuras, que foram respondidas pelos administradores. Estes, por sua vez, aproveitaram a oportunidade para ouvir as perceções que os colaboradores mais jovens têm acerca da empresa.

Deixamos uma palavra de agradecimento a todos os intervenientes, designadamente aos administradores executivos – que prontamente se mostraram interessados e disponíveis – e aos ex- trainees pelo entusiasmo com que acolheram o convite e aceitaram o desafio.

De futuro, a área de Recursos Humanos continuará a dinamizar ações como esta e a contar com a energia de todos e todas para criar uma maior proximidade entre o talento e a estratégia da Galp.

29/12/2016

(7)

7

Gas & Power

Gas & Power abre nova loja em Santarém

Localizada na Loja do Cidadão da cidade

A inauguração da 45ª loja Gas&Power, integrada na Loja do Cidadão de Santarém, decorreu no passado dia 21 e contou com a presença da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, e por Ricardo Gonçalves, presidente do Município de Santarém. Em representação da Galp esteve presente o responsável da Comercialização G&P, Luis Moura.

Nesta loja os clientes podem tratar de todos os assuntos relacionados com eletricidade e gás natural e contar com a qualidade de atendimento da marca que pelo quarto ano consecutivo foi eleita líder na satisfação dos clientes de eletricidade.

Como curiosidade refira-se que esta loja do cidadão se insere no edifício do antigo Matadouro Municipal, projetado pelo arquiteto Domingos Parente da Silva, durante a década de 80 do século XIX, e foi classificado como edifício de interesse municipal.

29/12/2016

(8)

8

Refinação

Refinaria de Matosinhos investe no relacionamento com clientes

Em parceria com a DGCO e GMI

A refinaria de Matosinhos tem acarinhado incentivado a realização de visitas de clientes às suas instalações, pois é reconhecido que as refinarias são excelentes salas de visita para a criação de relações duradouras com os nossos clientes.

Estas iniciativas são naturalmente mais importantes para o site de Matosinhos, devido ao seu alargado portefólio de produtos especializados, principalmente nas fileiras dos químicos e dos óleos.

Assim, em estreita colaboração com a Direção Geral Comercial Oil (DGCO) e com a Galp Marketing Internacional (GMI), têm sido regularmente levadas a cabo visitas de clientes à refinaria, tendentes a desenvolver relações de confiança e fidelização.

Esta é uma estratégia que tem beneficiado os vários negócios da Galp, fomentando-se a comunicação e interligações entre as várias áreas, para adaptar continuamente os produtos às exigências dos mercados. Citam-se, algumas das mais recentes visitas de clientes à refinaria de Matosinhos:

Paramelt: cliente de parafina 51/53 e 65/68. Veio a Portugal representado pelo próprio CEO;

Promol: representada pelos administradores novo e cessante. É cliente de parafinas e utiliza esta matéria-prima no fabrico de velas;

Resiquímica: empresa de produção e comercialização de polímeros que adquire xilenos, tolueno e white spirit;

Libya Oil/Shamrock, importantes clientes internacionais de óleos base, particularmente no formato flexitanks, para quem foi recentemente desenvolvido o grade 600 SN.

Estes clientes ficaram assim a conhecer a refinaria de Matosinhos e as suas equipas operacionais, desde as fábricas e parque da Boa Nova, ao laboratório e à Qualidade, tendo explorado oportunidades futuras e reconhecido a importância destas iniciativas.

Esta linha de aproximação ao cliente vem ao encontro de aquilo que sempre foi um tema caro às normas de referência de gestão da Qualidade. De realçar o facto de que a versão 2015 das ISO 9001 veio colocar o Foco no Cliente como um dos sete princípios core de gestão da Qualidade – “O foco primordial da gestão da Qualidade é posto na satisfação dos requisitos dos clientes e no esforço para exceder as suas expetativas”. Também o requisito 7.1.2 da norma, relativo à “Satisfação do Cliente”, apresenta em nota, entre outras sugestões, a realização de “reuniões com clientes” como forma de monitorizar a sua perceção do grau em que as suas necessidades e expetativas foram atingidas.

Assim, é objetivo da refinaria continuar a trabalhar no desenvolvimento de relações com estes e outros stakeholders para apoiar a diferenciação competitiva e, em equipa com a DGCO e GMI, criar um futuro sustentável para os negócios de especialidades.

29/12/2016

(9)

9

Comercial Oil

Abertura de posto em Quintãs

Inaugurado na semana passada

Após um ano de encerramento para remodelações, a Galp inaugurou na passada semana, em Quintãs, Aveiro, mais um posto cuja exploração é da responsabilidade do cessionário João de Almeida Oliveira.

Este posto, que funciona das 6h00 às 22h00, comercializa gasóleo Evologic e Simples e Gasolina Simples 95. Tem ainda uma pequena loja de apoio com venda de revistas e jornais, tabaco, bebidas e GPL garrafas.

É também aderente a todas as parcerias promocionais e programas de fidelização em vigor, com a aceitação do cartão Galp Frota Corporate, Business e Cartão Continente.

A Galp continua empenhada na melhoria constante dos seus serviços e produtos e no compromisso com a satisfação dos clientes.

29/12/2016

Galp Frota renova carteira de clientes mais significativos

Área de Meios de Pagamento adjudica volume superior a 10.000 m3/ano de combustíveis para próximo ano

A área de Meios de Pagamento do Retalho fechou o ano 2016 com um conjunto de adjudicações de renovação contratual por parte de uma série de clientes relevantes, assegurando, assim, a continuidade e reforço dos consumos anteriores destes clientes na Galp.

Assim, o grupo NORS (ex Auto Sueco), Grupo Barraqueiro, Transportes LASO, Grupo Amorim e Banco BPI adjudicaram, em conjunto, um volume superior a 10.000 m3/ano de combustíveis em Portugal, através do cartão Galp Frota.

As renovações em causa para além de garantirem consumos futuros superiores aos atuais junto destes clientes, permitiram ainda adequar as condições comerciais dos contratos em termos dos objetivos de negócio de penetração dos combustíveis aditivados Evologic e melhoria da situação relacionada com o capital empregue.

O resultado positivo destas negociações dá assim continuidade à relação comercial de proximidade estabelecida com estes clientes e ao objetivo da Galp de se afirmar como o parceiro e fornecedor de combustíveis de referência no mercado português.

29/12/2016

(10)

10

Informações

A DCF informa que no passado dia 28 de Dezembro foi publicada, em Diário da República, a Lei n.º 42/2016 que aprova o Orçamento do Estado para o ano de 2017. A presente lei entra em vigor a 1 de janeiro de 2017.

Imagem

temas relacionados :