o anglo resolve a prova de Conhecimentos Gerais da UNESP

Texto

(1)

É trabalho pioneiro.

Prestação de serviços com tradição de confiabilidade.

Construtivo, procura colaborar com as Bancas Examinadoras em sua tarefa de não cometer injustiças.

Didático, mais do que um simples gabarito, auxilia o estudante no processo de aprendizagem, graças a seu formato: reprodução de cada questão, seguida da resolução elaborada pelos professores do Anglo.

No final, um comentário sobre as disciplinas.

A Universidade Estadual Paulista — Unesp — tem unidades instaladas em várias cidades do estado de São Paulo: Araçatuba, Araraquara, Assis, Bauru, Botucatu, Franca, Guaratinguetá, Ilha Solteira, Jaboticabal, Marília, Presidente Prudente, Rio Claro, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo e São Vicente.

Seu vestibular é realizado pela Fundação Vunesp, em uma única fase.

São 3 provas (cada uma valendo 100 pontos), a serem realizadas em até 4 horas, em dias consecutivos, assim constituídas:

dia: Prova de Conhecimentos Gerais (peso 1), comum para todas as áreas, com 84 testes de múltipla escolha divididos igualmente entre Matemática, Física, Química, Biologia, Geografia, História e Língua Estrangeira (Inglês ou Francês, conforme opção).

dia: Prova de Conhecimentos Específicos (peso 2), com 25 questões dis- cursivas. As disciplinas que compõem essa prova variam conforme a área pela qual o candidato optou:

Área de Ciências Biológicas — Biologia (10 questões), Química (6 questões), Física (5 questões) e Matemática (4 questões).

Área de Ciências Exatas — Matemática (10 questões), Física (9 questões) e Química (6 questões).

Área de Humanidades — História (10 questões), Geografia (9 questões) e Língua Portuguesa (6 questões).

dia: Prova de Língua Portuguesa (peso 2), comum para todas as áreas, constando de 10 questões discursivas e uma redação dissertativa.

Para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais, Desenho Industrial, Educação Artística, Educação Física, Educação Musical e Música, há prova de Habilidade Específica, cujo peso varia conforme a opção.

Para cada prova é atribuída nota que varia de 0 a 100 pontos.

A nota final é a média ponderada das provas.

Observação: A Unesp utiliza a nota dos testes do ENEM, aplicando-a segundo esta fórmula: 4 CG 1E , em que CG é a nota da prova de Conhecimentos

× + 5

o

anglo

resolve

a prova de

Conhecimentos

Gerais da

UNESP

(2)

Mário tomou um empréstimo de R$8.000,00 a juros de 5% ao mês. Dois meses depois, Mário pagou R$5.000,00 do empréstimo e, um mês após esse pagamento, liquidou todo o seu débito. O valor do último pagamento foi de:

A) R$ 3.015,00. D) R$ 5.011,00.

B) R$ 3.820,00. E) R$ 5.250,00.

C) R$ 4.011,00.

Após os dois primeiros meses, o valor total do débito era, em reais, igual a 8 000 (1,05)2= 8 820.

Como dois meses depois Mário pagou R$ 5 000,00, o saldo devedor, em reais, passou a ser 8 820 – 5 000 = 3 820.

Um mês após esse pagamento, o valor do débito era, em reais, igual a 3 820 ⋅1,05 = 4 011.

Como Mário liquidou todo o seu débito, então o valor do último pagamento foi de R$ 4 011,00.

Resposta: C

Em 05 de junho de 2004, foi inaugurada uma pizzaria que só abre aos sábados. No dia da inauguração, a pizzaria recebeu 40 fregueses. A partir daí, o número de fregueses que passaram a freqüentar a pizzaria cresceu em pro- gressão aritmética de razão 6, até que atingiu a cota máxima de 136 pessoas, a qual tem se mantido. O número de sábados que se passaram, excluindo-se o sábado de inauguração, para que a cota máxima de fregueses fosse atingida pela primeira vez, foi:

A) 15. D) 18.

B) 16. E) 26.

C) 17.

Do enunciado, temos a progressão aritmética (40, 46, …, 136), de razão 6.

Assim, o número nde sábados que se passaram desde a inauguração até atingir a cota máxima pela primeira vez pode ser obtido por:

136 = 40 + (n – 1) ⋅6

∴n = 17

Excluindo-se o sábado da inauguração, o número de sábados que se passaram para que a cota máxima fosse atingida pela primeira vez foi 16.

Resposta: B

Uma faixa retangular de tecido deverá ser totalmente recortada em quadrados, todos de mesmo tamanho e sem deixar sobras. Esses quadrados deverão ter o maior tamanho (área) possível. Se as dimensões da faixa são 105 cm de largura por 700 cm de comprimento, o perímetro de cada quadrado, em centímetros, será:

A) 28.

B) 60.

C) 100.

D) 140.

E) 280.

Questão 3

▼▼

Resolução Questão 2

▼▼

Resolução Questão 1

▼▼

M M

M Á Á Á III C C C A A A E

E A E A M A M

M T T T T T T

(3)

Seja l a medida, em cm, do lado de cada recorte quadrado de tecido. Para que não haja sobras e a área de cada recorte seja a maior possível, ldeve ser o máximo divisor comum de 105 e 700, ou seja, l= 35 cm.

O perímetro de cada quadrado, em cm, será 4 ⋅35, ou seja, 140.

Resposta: D

O número de maneiras que 3 pessoas podem sentar-se em uma fileira de 6 cadeiras vazias de modo que, entre duas pessoas próximas (seguidas), sempre tenha exatamente uma cadeira vazia, é

A) 3.

B) 6.

C) 9.

D) 12.

E) 15.

Sendo P uma cadeira ocupada, temos:

Resposta: D

O gerente de uma loja de roupas, antes de fazer nova encomenda de calças jeans femininas, verificou qual a quantidade de calças vendidas no mês anterior, para cada número (tamanho). A distribuição de probabili- dades referente aos números vendidos no mês anterior foi a seguinte:

Se o gerente fizer uma encomenda de 500 calças de acordo com as probabilidades de vendas dadas na tabela, as quantidades de calças encomendadas de número 40 ou menos, e de número superior a 40, serão, respecti- vamente:

A) 320 e 180.

B) 380 e 120.

C) 350 e 150.

D) 180 e 320.

E) 120 e 380.

Sendo x o número de calças de tamanho 40 ou menos e y o número de calças de tamanho superior a 40, temos:

∴ x = 320 Logo,

y = 500 – 320 = 180 Resposta: A

x y x

+ =

= + +



 ⋅

500

0 12 0 22 0 30 500

( , , , )

Resolução

Número (tamanho) 36 38 40 42 44 46

Probabilidade 0,12 0,22 0,30 0,20 0,11 0,05 Questão 5

▼▼

P P P

3!

ou P P P

3!

+ = 12

Resolução Questão 4

▼▼

Resolução

(4)

Considere as matrizes , com x, y, z números reais.

Se A B = C, a soma dos elementos da matriz A é:

A) 9.

B) 40.

C) 41.

D) 50.

E) 81.

A soma dos elementos da matriz A é:

1 + x + y + z = 1 + 3 + 36 = 40 Resposta: B

Numa determinada empresa, vigora a seguinte regra, baseada em acúmulo de pontos. No final de cada mês, o funcionário recebe:

3 pontos positivos, se em todos os dias do mês ele foi pontual no trabalho, ou 5 pontos negativos, se durante o mês ele chegou pelo menos um dia atrasado.

Os pontos recebidos vão sendo acumulados mês a mês, até que a soma atinja, pela primeira vez, 50 ou mais pontos, positivos ou negativos. Quando isso ocorre, há duas possibilidades: se o número de pontos acumula- dos for positivo, o funcionário recebe uma gratificação e, se for negativo, há um desconto em seu salário. Se um funcionário acumulou exatamente 50 pontos positivos em 30 meses, a quantidade de meses em que ele foi pontual, no período, foi:

A) 15.

B) 20.

C) 25.

D) 26.

E) 28.

Sendo x o número de meses nos quais o funcionário foi pontual, em 30 meses temos que o número de meses em que ele chegou atrasado pelo menos uma vez é (30 – x).

Assim, do enunciado temos:

3 ⋅x – 5 (30 – x) = 50

∴ x = 25.

Portanto a quantidade de meses em que ele foi pontual, no período, foi 25.

Resposta: C Resolução Questão 7

▼▼

+ = + = + = + =





1 4

2 5

36

2 45

x x y z y z

1 2

2

4 5 36 45

+ +

+ +





=





x x

y z y z

1 1 2

1 1

4 5 36 45 x

y z









=





Resolução

A x

y z B e C

=





 =





 =





1 1 2

1 1

4 5 36 45 ,

Questão 6

▼▼

x = 3

(5)

Considere os pontos do plano (0, 0), (0, 1), (2, 1), (2, 3), (5, 3) e (7, 0). Representando geometricamente esses pontos no plano cartesiano e ligando-os por meio de segmentos de retas obedecendo a seqüência dada, após ligar o último ponto ao primeiro obtém-se uma região limitada do plano. Se a unidade de medida é dada em centímetros, a área dessa região, em cm2, é:

A) 9. D) 14.

B) 10. E) 15.

C) 13.

Do enunciado, temos a figura:

A área S pedida, em cm2, é tal que:

S = S1+ S2+ S3

Resposta: D

Uma pessoa parte de carro de uma cidade X com destino a uma cidade Y. Em cada instante t (em horas), a dis- tância que falta percorrer até o destino é dada, emdezenas de quilômetros, pela função D, definida por

Considerando o percurso da cidade X até a cidade Y, a distância, em média, por hora, que o carro percorreu foi:

A) 40 km. D) 100 km.

B) 60 km. E) 120 km.

C) 80 km.

Dado que, no instante inicial (t = 0), a pessoa parte da cidade X, a distância entre as cidades X e Y, em dezenas de quilômetros, pode ser obtida por:

D(0) = 24, ou seja 240 km.

O instante, em horas, em que a pessoa chega na cidade Y é dado por:

D(t) = 0 e t 0.

D( )0 4 0 7 –

0 7

2 1

= ⋅ +

+



 Resolução

D t t

t

( )= + . +





4 7

1

2 1 Questão 9

▼ ▼

S= + + S

 

 ∴ =

⋅ ⋅ ⋅ ⋅

(2 1) (3 3) 1

2 2 3 14

S1… área do retângulo ABGO;

S2… área do retângulo CDFG;

S3… área do triângulo DEF;

1 3

O 2 5 7 x(cm)

S1

S2

S3 E D

C

B A

y(cm)

F G

Resolução Questão 8

▼▼

(6)

Temos:

t2– t – 6 = 0

t = 3 ou t = – 2

∴ t = 3 (pois t 0)

No intervalo de tempo de t = 0 a t = 3, a velocidade média é = 80 km/h.

Porém, pelo gráfico, a distância efetivamente percorrida é aproximadamente, em quilômetros:

d = (24 + |– 0,14| + 0,14) ⋅10, ou seja, d = 242,8.

Portanto a distância percorrida pelo carro, em média, por hora foi = 80,933…km Resposta: sem alternativa

Em um jogo eletrônico, o “monstro” tem a forma de um setor circular de raio 1 cm, como mostra a figura.

A parte que falta no círculo é a boca do “monstro”, e o ângulo de abertura mede 1 radiano. O perímetro do

“monstro”, em cm, é:

A)π– 1. D) 2π.

B)π+ 1. E) 2π+ 1.

C) 2π– 1.

Sendo O o centro da circunferência de raio OA = OB, do enunciado temos a figura:

Como o comprimento do arco menor AB é igual a 1cm, então o perímetro pedido, em cm, é igual a 2 ⋅ π ⋅1 – 1 + 1 + 1, ou seja, 2π+ 1.

Resposta: E

1 rad O

A

B 1 cm

1 rad (1 cm)

Resolução Questão 10

▼▼

242 8 3

,

D (t)

t 3

24,14 24

5 2 – 7 0

240 3

4 7

1

1 0

2+ +



 = t

t –

1 rad 1cm

(7)

Em uma residência, há uma área de lazer com uma piscina redonda de 5 m de diâmetro. Nessa área há um coqueiro, representado na figura por um ponto Q.

Se a distância de Q (coqueiro) ao ponto de tangência T (da piscina) é 6 m, a distância d = —

QP, do coqueiro à piscina, é:

A) 4 m.

B) 4,5 m.

C) 5 m.

D) 5,5 m.

E) 6 m.

Do enunciado, temos a figura, cotada em metros:

Aplicando o teorema de Pitágoras no triângulo retângulo OTQ, temos:

(OQ)2= (OT)2+ (QT)2

(d + 2,5)2= (2,5)2+ 62d = 4 m Resposta: A

O trato respiratório de uma pessoa é composto de várias partes, dentre elas os alvéolos pulmonares, pequeninos sacos de ar onde ocorre a troca de oxigênio por gás carbônico. Vamos supor que cada alvéolo tem forma esférica e que, num adulto, o diâmetro médio de um alvéolo seja, aproximadamente, 0,02cm. Se o volume total dos alvéo- los de um adulto é igual a 1618cm3, o número aproximado de alvéolos dessa pessoa, considerando π= 3, é:

A) 1 618 ×103. B) 1 618 ×104. C) 5 393 ×102. D) 4 045 ×104. E) 4 045 ×105.

Sendo n o número de alvéolos pedido, do enunciado temos:

Fazendo π= 3,

Resposta: E

n⋅ ⋅ ⋅4 = ∴ n= ⋅

3 3 106 1618 4045 105 n⋅ ⋅ ⋅

 

 = 4

3

0 02

2 1618

3

π ,

Resolução Questão 12

▼▼

O P d Q

T

6 2,5

2,5

Resolução Questão 11

▼▼

O P d Q

T

6 m

(8)

Com relação às equações que descrevem dois importantes processos biológicos I. 12 H2O + 6 CO2C6H12O6+ 6 O2+ 6 H2O

II. C6H12O6+ 6O26H2O + 6CO2 Pode-se afirmar que

A) I ocorre nos cloroplastos, apenas em células vegetais, e II ocorre nas mitocôndrias, apenas em células animais.

B) I ocorre nas mitocôndrias, tanto em células animais quanto vegetais, e II ocorre nos cloroplastos, apenas em células vegetais.

C) I ocorre nas mitocôndrias, apenas em células animais, e II ocorre nos cloroplastos, apenas em células vegetais.

D) I ocorre nos cloroplastos, apenas em células vegetais, e II ocorre nas mitocôndrias, tanto em células animais quanto vegetais.

E) I ocorre nos cloroplastos e mitocôndrias, apenas em células vegetais, e II ocorre nas mitocôndrias, apenas em células animais.

A equação I representa o processo da fotossíntese, que ocorre nas células vegetais, no interior dos cloroplastos.

Por sua vez, a equação II indica a respiração celular, que acontece, em grande parte, nas mitocôndrias de células animais e vegetais.

Observação:Há certa imprecisão no conceito utilizado no teste, que “força” a presença de cloroplastos apenas em células vegetais. Algas, classificadas como protistas, também possuem cloroplastos, bem como mitocôndrias.

Resposta: D

No esquema estão representadas etapas, numeradas de 1 a 3, de um importante processo que ocorre no interior das células, e algumas orga- nelas envolvidas direta ou indiretamente com esse processo.

As etapas que correspondem a 1, 2 e 3, respectivamente, e algumas or- ganelas representadas no esquema, estão corretamente listadas em:

A) absorção de aminoácidos, síntese protéica e exportação de proteí- nas; retículo endoplasmático, lisossomo e mitocôndria.

B) fagocitose de macromoléculas, digestão celular e egestão de resíduos;

retículo endoplasmático, complexo de Golgi e lisossomo.

C) fagocitose de sais minerais, fotossíntese e exportação de compostos orgânicos; cloroplastos e vacúolos.

D) absorção de oxigênio, respiração celular e eliminação de dióxido de carbono; mitocôndrias e vacúolos.

E) fagocitose de macromoléculas, digestão celular e exportação de proteínas; mitocôndrias e lisossomos.

No esquema, observa-se em 1 a ingestão de uma partícula maior, que pode ser uma macromolécula, caracterizando a fagocitose. Em 2, o vacúolo alimentar funde-se a um lisossomo, dentro do qual ocorrerá a digestão enzimática.

Em 3, ocorre finalmente a egestão de resíduos, ou clasmocitose. As organelas observadas no esquema são o retículo rugoso, o sistema golgiense (ou complexo de Golgi) e o lisossomo.

Resposta: B Resolução Questão 14

▼▼

Resolução Questão 13

▼▼

B B

B O III L O O L L G O O O IIIA G G A A

Citoplasma 3

2

1

(9)

O mexilhão dourado, Limnoperna fortunei, é uma espécie exótica originária da Ásia, que chegou ao Brasil junto com a água de lastro de navios. Trata-se de um molusco do mesmo grupo das ostras, que se alimenta de partículas em suspensão filtradas da água e que vem causando impactos na comunidade de bentos. Considerando o texto, analise as três afirmações seguintes.

I. Uma comunidade de bentos refere-se a um conjunto de espécies que se movimentam ativa ou passivamente em um ambiente aquático.

II. O mexilhão apresenta rádula, que é uma estrutura dotada de pequenos dentes de quitina, para sua alimentação.

III. Esta espécie é um molusco que apresenta concha formada por duas valvas.

Com relação às afirmações, estão corretas:

A) I, apenas.

B) II, apenas.

C) III, apenas.

D) I e II, apenas.

E) II e III, apenas.

O mexilhão dourado, assim como as ostras, é um molusco filtrador (sem rádula), de hábitos fixos e que possui uma concha formada por duas valvas (bivalve).

Resposta: C

O esquema seguinte representa a produção de compostos nitrogenados a partir do metabolismo de um com- posto orgânico em diferentes grupos animais.

Os números de 1 a 4 podem, nessa ordem, ser corretamente substituídos por A) proteínas, amônia, mamíferos, ácido úrico.

B) carboidratos, ácido úrico, mamíferos, amônia.

C) carboidratos, amônia, répteis, ácido úrico.

D) proteínas, ácido úrico, invertebrados aquáticos, amônia.

E) lipídios, amônia, invertebrados terrestres, ácido úrico.

A digestão de proteínas (1) resulta em aminoácidos, cujos grupos amina são metabolizados, formando excretas nitrogenadas: amônia (2) nos girinos, uréia nos mamíferos (3) e ácido úrico (4) nas aves.

Resposta: A

Ao longo da história humana, uma das principais doenças sexualmente transmissíveis (DST) tem sido a sífilis.

Atualmente, milhares de novos casos/ano são registrados em muitos países. Sobre as DST, foram apresentadas as afirmações seguintes.

I. A sífilis é uma doença causada por uma bactéria.

II. Uma mãe portadora de sífilis pode transmitir a doença ao feto durante a gravidez.

III. Além da sífilis e da AIDS, gonorréia e úlcera de Bauru (ou leishmaniose) são DST que também ocorrem no Brasil.

Questão 17

▼▼

Resolução

aminoácidos

1 grupos

amina uréia 3

2

4

girinos

aves

Questão 16

▼▼

Resolução Questão 15

▼▼

(10)

Estão corretas as afirmações:

A) I, apenas.

B) II, apenas.

C) I e II, apenas.

D) I e III, apenas.

E) I, II e III.

Das doenças citadas, a única que não é sexualmente transmissível (DST) é a úlcera de Bauru (leishmaniose), transmitida pela picada de um inseto. A sífilis é uma doença bacteriana que pode ser transmitida ao feto pela mãe portadora.

Resposta: C

O gráfico apresenta resultados de uma pesquisa sobre o consumo de drogas, realizada com 943 jovens estu- dantes de um grande município do Estado de São Paulo.

Dentre as drogas relacionadas, há uma que tem sido detectada em alguns atletas que participam de com- petições esportivas e utilizada por jovens ou adolescentes que cultuam o chamado “corpo sarado”. Trata-se A) do ecstasy, pois melhora o desempenho nas práticas esportivas, embora provoque ansiedade.

B) do anabolizante que, na forma de esteróides, aumenta a massa muscular, sem provocar sérios problemas ou danos à saúde.

C) do anabolizante que, na forma de esteróides, aumenta a massa muscular mas pode causar esterilidade, impo- tência e doenças cardíacas.

D) do ecstasy, pois aumenta a massa muscular, embora provoque depressão.

E) da cocaína, pois acelera a circulação e, conseqüentemente, as contrações musculares, embora provoque sérios efeitos colaterais.

Os esteróides anabolizantes, utilizados indevidamente por alguns atletas e jovens, aumentam a massa muscular por estimulação da síntese de proteínas. No entanto, têm efeitos indesejáveis, como disfunções sexuais — impo- tência e esterilidade — e problemas cardiovasculares.

Resposta: C Resolução

Álcool Cigarro Maconha Inalante Crack Alucinógeno Anabolizante Cocaína Ecstasy

34,5%

14,0%

1,5%

0,7%

0,3%

0,3%

0,3%

0,3%

0,3%

87,6%

dos alunos pesquisados têm de 11 a 14 anos CONSUMO DE DROGAS ENTRE ESTUDANTES

(Folha de S.Paulo, 1º.06.2004.)

Questão 18

▼▼

Resolução

(11)

O quadro apresenta, na linha principal, diferentes ecossistemas e, nas linhas numeradas de 1 a 5, estruturas adaptativas presentes em diferentes espécies vegetais.

A linha que relaciona corretamente as estruturas adaptativas ao ecossistema onde as mesmas são mais fre- qüentemente encontradas nas plantas é

A) 1. C) 3. E) 5.

B) 2. D) 4.

Raízes-escora e pneumatóforos são adaptações relacionadas, respectivamente, às seguintes características do solo dos manguezais: lodoso e pobre em oxigênio. Aerênquima é uma adaptação à flutuação em ambientes aquáticos.

Caules tortuosos são característicos de plantas de cerrado. Espinhos, finalmente, são adaptações que limitam a perda de água em plantas da caatinga.

Observação:Demonstrou-se que na Rhizophora mangle, uma das espécies mais freqüentes dos manguezais bra- sileiros, a estrutura que confere sustentação à planta é o caule-escora, e não a raiz-escora.

Resposta: E

Considere a rede alimentar

Sabe-se que, quando a espécie f é retirada experimentalmente, a população da espécie d apresenta um declínio acentuado. Isso indica que a relação interespecífica que provavelmente existe entre as espécies d e e, na ausên- cia de f, é

A) parasitismo. D) mutualismo.

B) competição. E) protocooperação.

C) predação.

a

d

f

e

c b

Questão 20

▼▼

Resolução Questão 19

▼▼

ECOSSISTEMA MANGUEZAIS LAGOS CERRADO CAATINGA

1 Raízes profun-

Pneumatóforos Espinhos; Cau-

Pneumatóforos

das; Espinhos les tortuosos

2 Raízes-escora;

Aerênquima Pneumatóforos Raízes-escora;

Glândulas de sal Glândulas de sal

3 Pneumatóforos;

Raízes-escora Raízes-escora;

Glândulas de sal

Aerênquima Aerênquima

4 Espinhos;

Glândulas de sal Espinhos;

Aerênquima

Pneumatóforos Raízes profundas

5 Raízes-escora;

Aerênquima Caules

Espinhos

Pneumatóforos tortuosos

(12)

Seria de se esperar que a remoção da espécie f— que se alimenta simultaneamente de de e— ocasionasse o aumento dessas duas populações. No entanto, a espécie ddeclinou acentuadamente, o que revela que entre ela e a espécie eexiste uma relação de competição. Essa interpretação é reforçada pela observação da teia, em que ambas recorrem ao mesmo tipo de alimento.

Resposta: B

Um jornal de grande circulação comentou o alto faturamento em dólares de uma empresa que está expor- tando ovos de uma traça, parasitados por minúsculas vespas especializadas em atacar a broca de cana, a lagar- ta-cartucho do milho e pragas do tomateiro. Esses ovos vão para os EUA, Suíça, França, Holanda, Portugal, Espanha e Dinamarca, para serem usados para a reprodução das vespas. A empresa também vende casulos de outra pequena vespa que, liberada, vai colocar seus ovos e destruir lagartas que são pragas em lavouras.

(O Estado de S.Paulo, 17.09.2003.)

Pelo texto, pode-se afirmar que a reportagem refere-se

A) ao controle de pragas na agricultura pela produção de insetos estéreis.

B) à produção de polinizadores a serem utilizados para a inseminação das plantas.

C) à produção de genes específicos para a utilização de técnicas de engenharia genética aplicadas à agricultura.

D) à produção de larvas de insetos a serem utilizadas como predadores de folhas atacadas por doenças.

E) à utilização das técnicas do controle biológico no combate a pragas agrícolas.

O emprego de inimigos naturais de pragas caracteriza o controle biológico, técnica cada vez mais utilizada no combate às pragas agrícolas.

Resposta: E

Considere as seguintes formas de herança:

I. Na planta boca-de-leão, há indivíduos homozigotos, cujo genótipo (CVCV) define cor vermelha nas flores.

Indivíduos homozigotos com genótipos (CBCB) apresentam flores brancas. Os heterozigotos resultantes do cruzamento entre essas duas linhagens (CVCB) apresentam flores de cor rosa.

II. Em humanos, indivíduos com genótipos IAIAou IAi apresentam tipo sangüíneo A e os com genótipos IBIB ou IBi apresentam tipo sangüíneo B. Os alelos IAe IBsão, portanto, dominantes com relação ao alelo i. Por outro lado, o genótipo IAIBdetermina tipo sangüíneo AB.

III. A calvície é determinada por um alelo autossômico. Homens com genótipo C1C1(homozigotos) ou C1C2 (he- terozigotos) são calvos, enquanto mulheres C1C1são calvas e C1C2são normais. Tanto homens quanto mulhe- res C2C2são normais.

I, II e III são, respectivamente, exemplos de

A) dominância incompleta, co-dominância e expressão gênica influenciada pelo sexo.

B) dominância incompleta, pleiotropia e penetrância incompleta.

C) co-dominância, epistasia e pleiotropia.

D) epistasia, co-dominância e dominância incompleta.

E) herança poligênica, dominância incompleta e expressão gênica influenciada pelo sexo.

Em I, temos a produção de um pigmento pelo gene CV, e a ausência dessa fabricação pelo seu alelo CB. Indivíduos heterozigotos produzirão, assim, a metade do pigmento vermelho em relação aos homozigotos CVCV, caracteri- zando um caso de dominância incompleta. No caso II, ambos os genes, IAe IB, produzem o antígeno (A e B, respecti- vamente) e dominam o gene i, sendo, portanto co-dominantes. A situação III, por sua vez, exemplifica um caso em que a expressão de um gene autossômico é influenciada pelo sexo do indivíduo.

Resposta: A Resolução Questão 22

▼▼

Resolução Questão 21

▼ ▼

Resolução

(13)

Uma vez que não temos evidência por observação direta de eventos relacionados à origem da vida, o estudo científico desses fenômenos difere do estudo de muitos outros eventos biológicos. Em relação a estudos sobre a origem da vida, apresentam-se as afirmações seguintes.

I. Uma vez que esses processos ocorreram há bilhões de anos, não há possibilidade de realização de experi- mentos, mesmo em situações simuladas, que possam contribuir para o entendimento desses processos.

II. Os trabalhos desenvolvidos por Oparin e Stanley Miller ofereceram pistas para os cientistas na construção de hipóteses plausíveis quanto à origem da vida.

III. As observações de Oparin sobre coacervados ofereceram indícios sobre um processo que constituiu-se, provavelmente, em um dos primeiros passos para a origem da vida, qual seja, o isolamento de macro- moléculas do meio circundante.

Em relação a estas afirmações, podemos indicar como corretas:

A) I, apenas. D) II e III, apenas.

B) II, apenas. E) I, II e III.

C) I e II, apenas.

A frase I é incorreta. Já foram realizados vários experimentos que reforçam algumas das hipóteses sobre a origem da vida na Terra, como aqueles feitos, por exemplo, por Oparin, Miller e Fox.

Resposta: D

Pesquisadores que estudavam a população de uma espécie de ave que se alimenta de sementes, habitante de uma ilha, mediram o comprimento dos bicos de cem indivíduos.

A figura representa a distribuição de freqüência de indivíduos em cada classe de comprimento de bicos.

Após uma seca prolongada, a maioria das plantas da ilha que produziam sementes pequenas morreu, predo- minando na área plantas com sementes grandes. Sucessivas gerações de aves foram submetidas a essa condição.

Considerando que há uma relação direta entre o tamanho dos bicos e o tamanho das sementes que as aves conseguem quebrar e comer, foram elaborados três gráficos para representar a tendência esperada, após al- gumas gerações, na distribuição de freqüência de comprimento de bicos na população.

60

40

20

1 2 3 4 5

Classes de comprimento de bicos Número de indivíduos em cada classe de tamanho

60

40

20

1 2 3 4 5

Classes de comprimento de bicos Número de indivíduos em cada classe de tamanho

60

40

20

1 2 3 4 5

Classes de comprimento de bicos Número de indivíduos em cada classe de tamanho

80

1 2 3 4 5

Classes de comprimento de bicos 20

40 60

Número de indivíduos em cada classe de tamanho

Classes 1 — 6 a 7,9 mm 2 — 8 a 9,9 mm 3 — 10 a 11,9 mm 4 — 12 a 13,9 mm 5 — 14 a 15,9 mm

Questão 24

▼▼

Resolução Questão 23

▼▼

(14)

Assinale a alternativa que indica o gráfico que melhor representa a tendência esperada e o nome que se dá ao processo responsável por essa mudança na freqüência.

A) Gráfico 3; seleção natural.

B) Gráfico 1; isolamento reprodutivo.

C) Gráfico 2; isolamento geográfico.

D) Gráfico 3; isolamento reprodutivo.

E) Gráfico 1; seleção natural.

Num ambiente em que predominam, por algumas gerações, plantas produtoras de sementes grandes, serão favorecidas, por seleção natural, as aves portadoras de bicos maiores. No caso, são as classes 4 e 5, cujas proba- bilidades de sobrevivência e reprodução aumentam, e que constituem a nova população (gráfico 3).

Resposta: A Resolução

(15)

No Brasil, no período 1990-91 a 2003-04, a produção de grãos apresentou crescimento de 125%, enquanto a área plantada aumentou apenas 24%, conforme mostra o gráfico.

Compare as duas linhas do gráfico e assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a explicação para esta realidade.

A) Ampliação dos subsídios internos.

B) Crescimento da demanda interna.

C) Aumento da produtividade.

D) Exploração de solos férteis.

E) Diminuição da capacidade ociosa dos cilos.

O gráfico traduz uma tendência mundial, resultante do desenvovimento de novas tecnologias agrícolas, no que diz respeito tanto ao imaginário como aos avanços no campo da genética. Ele indica aumento da produti- vidade, ou seja, maior tonelagem/área.

Verifica-se que, ao longo dos anos 90, a área plantada se manteve praticamente constante, enquanto a produ- ção de grãos passou de 57,8 para 82,8 milhões de toneladas.

Recentemente, favorecida pela retomada do crescimento da economia mundial e pela taxa de câmbio, a pro- dução de grãos atraiu novos investimentos e cresceu de forma ainda mais significativa.

Resposta: C Resolução

1990-9191-92 92-93 93-94 94-95 95-96 96-97 97-98 98-99 99-00 00-01 01-02 02-03 2003-04 57,8

37,8

68,2 68,3 76,0 81,2

73,8 78,9 76,5 82,4 82,8 100,3

96,7

122,4 130,0 Produção

38,4 35,6 39,0 38,4 36,8 36,4 35,0 36,7 37,7 37,9 40,2 43,9 47,0

Área plantada

Produção (milhões de toneladas) Área plantada (milhões de hectares)

BRASIL — ÁREA PLANTADA E PRODUÇÃO DE GRÃOS.

(Agroconsult, Ministério da Agricultura e Conab, 2004.)

Questão 25

▼▼

A A R A R

R III A A A O

O

O G G G F F F E

E

G E

G

G

(16)

Observe o mapa.

Juntando-se as três legendas que representam as mais baixas altitudes do relevo brasileiro, é possível afirmar que a maioria dessas terras apresenta

A) altitudes sempre superiores a 800 metros.

B) altitudes inferiores a 800 metros.

C) planaltos com altitudes maiores que 800 metros.

D) planícies com altitudes em torno de 800 metros.

E) altitudes médias superiores a 800 metros.

De acordo com a análise da legenda do mapa, comprovamos a principal característica do relevo brasileiro, que consiste no fato de ser antigo, portanto desgastado e com predomínio de baixas altimetrias. Cerca de 97% do território do Brasil estão situados abaixo de 900 metros.

Resposta: B

A Agência Internacional do Petróleo previu um aumento para o consumo mundial em 2004, com base na recu- peração econômica de vários países. Observe o gráfico.

Utilizando seus conhecimentos geográficos, assinale a alternativa que contém a causa principal que explica os picos de preços verificados em outubro de 1990 e em maio de 2004 e os países que os desencadearam.

A) Invasão do Kuwait pelo Iraque, ameaçando o fornecimento de petróleo; recuperação econômica dos Estados Unidos e crescimento acelerado da China, pressionando a demanda.

B) Tensão política na Nigéria, cortando o fornecimento de petróleo; recuperação econômica da Índia e rápido cres- cimento da República Tcheca, elevando a demanda.

C) Atividade militar na Colômbia, suspendendo o fornecimento de petróleo; recuperação econômica da Rússia e instalação da OPEP, elevando a demanda.

D) Golpe político na Venezuela, dificultando o fornecimento de petróleo; recuperação econômica da Itália e grande crescimento do Canadá, diminuindo os estoques mundiais.

E) Tensões geopolíticas no Afeganistão, ameaçando o fornecimento de petróleo; recuperação econômica da Es- panha e elevado crescimento do México, aumentando a demanda.

0 5,00 10,00 15,00 20,00 25,00 30,00 35,00 40,00

1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 US$ 40,42

11.10.90 US$ 40,00

12.05.04 Dólares

por barril

PREÇO DO PETRÓLEO EM NOVA IORQUE (US$ POR BARRIL)

(The New York Times Service, 2004.)

Questão 27

▼▼

Resolução Questão 26

▼▼

Altitude em metros 800 e mais 200 100 0

(17)

Um dos principais fatores responsáveis pela oscilação dos preços do petróleo são crises políticas no Oriente Médio, região onde estão as maiores reservas e alguns dos principais produtores mundiais. Em 1990, o Iraque invadiu o Kuwait, ameaçando o abastecimento mundial e levando o barril a US$ 40. Outro motivo que deses- tabiliza os preços é o aumento da demanda, normalmente provocado por períodos de crescimento acelerado ou pela recuperação econômica de grandes consumidores — foi o que ocorreu, respectivamente, com a China e os Estados Unidos no primeiro semestre de 2004.

Resposta: A

O Estado em destaque no mapa não possui uma grande cidade para polarizar seu espaço geográfico. Desse modo, as capitais dos Estados vizinhos disputam a área de influência sobre seu território.

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o nome do Estado, a região geográfica de onde foi desmembrado e aquela à qual pertence na atualidade.

A) Goiás; regiões Sudeste e Centro-Oeste.

B) Mato Grosso; regiões Centro-Oeste e Norte.

C) Tocantins; regiões Nordeste e Centro-Oeste.

D) Mato Grosso do Sul; regiões Centro-Oeste e Sudeste.

E) Tocantins; regiões Centro-Oeste e Norte.

Oficializado em 5 de outubro de 1988, o estado de Tocantins formou-se do desmembramento da porção norte de Goiás, estado pertencente à região Centro-Oeste. Contudo, Tocantins faz parte da região Norte.

Resposta: E

No mapa estão representadas as capitais político-administrati- vas e as cidades de maior concentração populacional dos países A, B e C.

Assinale a alternativa que apresenta os nomes dos três países, A, B e C, nesta ordem, e a característica comum às suas capitais político-administrativas.

A) Estados Unidos, México e Canadá; as capitais são as cidades de maior concentração populacional desses países.

B) Estados Unidos, México e Brasil; as capitais estão situadas à beira de lagos.

C) Brasil, Estados Unidos e Canadá; as capitais são as cidades de maior concentração populacional desses países.

D) Canadá, Estados Unidos e Brasil; as capitais não são as cida- des de maior concentração populacional desses países.

E) Canadá, Estados Unidos e Brasil; todas as capitais localizam-se na porção ocidental desses países.

Questão 29

▼ ▼

Resolução Questão 28

▼▼

Resolução

(18)

Os três países destacados no mapa com as letras A, B e C são, respectivamente, Canadá, Estados Unidos e Brasil.

Como característica comum, nesses países as cidades de maior concentração populacional não são a capital político-administrativa. A cidade mais populosa do Canadá é Toronto, a dos Estados Unidos é Nova Iorque, e a do Brasil é São Paulo; suas capitais são, respectivamente, Ottawa, Washington e Brasília.

Resposta: D

Ao lado da soja, principal produto da agricultura brasileira, outro produto agrícola vem despontando desde 2002, a ponto de ser chamado de “ouro branco”. Assinale a alternativa que contém esse produto, os principais Estados produtores e o importante país concorrente mundial.

A) Algodão; Goiás, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul; Austrália.

B) Trigo; Mato Grosso, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina; México.

C) Aveia; Bahia, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás; Egito.

D) Cana-de-açúcar; São Paulo, Bahia, Santa Catarina, Pará; Índia.

E) Cevada; Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso; Argentina.

O produto agrícola destacado na questão como “ouro branco” é o algodão, cuja produção no Brasil tem apresentado um significativo crescimento, destacando-se como principais produtores os estados de Goiás, Bahia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Um grande concorrente mundial no que se refere à cotonicultura é a Austrália, que tem na região dos Rios Darling e Murray sua área mais importante de produção algodoeira.

Resposta: A

O Brasil é o sexto produtor mundial de alumina, mas possui a maior área de exploração do mundo do minério do qual ela é extraída. Observe o mapa.

Assinale a alternativa que indica, corretamente, o nome do minério, o Estado brasileiro onde essa jazida está localizada e a bacia hidrográfica envolvida.

A) Alumínio; Amazonas; rio Amazonas. D) Cobre; Amazonas; rio Madeira.

B) Ferro; Pará; rio Negro. E) Bauxita; Pará; rio Trombetas.

C) Cassiterita; Amazonas; rio Juruá.

O minério que dá origem à alumina é a bauxita. Dos estados que exploram esse recurso, o que apresenta a maior produção é o Pará, particularmente em Oriximiná, às margens do rio Trombetas.

Resposta: E Resolução

Oceano Atlântico AP

AM PA Manaus RR

Belém

Questão 31

▼▼

Resolução Questão 30

▼▼

Resolução

(19)

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o número de pessoas sem emprego no mundo, em 2003, era equivalente à população do Brasil, atingindo 6,2% da população economicamente ativa. Observe o gráfico.

Utilizando seus conhecimentos geográficos, assinale a alternativa que contém as causas conjunturais do contí- nuo crescimento do desemprego mundial.

A) Menor crescimento da economia mundial desde 2000; muitos países industrializados dominando o comércio global; efeitos negativos da globalização.

B) Elevado crescimento da economia mundial desde 1995; vários países emergentes dominando o comércio global;

efeitos positivos da globalização.

C) Menor crescimento da economia mundial a partir de 1990; poucos países industrializados dominando meta- de do comércio global; efeitos negativos da globalização.

D) Moderado crescimento da economia mundial desde 1990; muitos países industrializados e emergentes do- minando, igualmente, o comércio global; efeitos positivos da globalização.

E) Elevado crescimento da economia mundial nos últimos dez anos; muitos países industrializados do hemisfé- rio norte dominando o comércio global; efeitos positivos da globalização.

O contínuo crescimento do desemprego mundial, no período de 1993-2003, tem como uma das principais causas conjunturais o menor crescimento da economia mundial, que sofreu fortes abalos causados pelas crises do setor financeiro, como as do México (1994), do Sudeste Asiático (1997) e da Rússia (1998). Outro fator determinante desse quadro é a elevada concentração econômica em poucos países, pois Estados Unidos, Japão, Alemanha e Reino Unido, juntos, dominam mais da metade da indústria e do comércio global, o que amplia a marginalização econômica de vários países, contribuindo para a elevação do desemprego mundial. Alguns apontam a globali- zação como responsável pelo crescimento do desemprego, já que ela facilitaria a expansão das empresas com elevada automação. Resta saber se esse processo é estrutural ou conjuntural, como quer o enunciado.

Resposta: C

Na Amazônia, segundo o Instituto Nacional de Pesqui- sas Espaciais (INPE), nos últimos quinze anos foram des- matados 243.393 km2, o que representa 5% da área total da Amazônia Legal. Observe os três quadros, que representam três etapas do processo de ocupação da Amazônia.

Assinale a alternativa que contém a sucessão correta destas etapas.

A) Exploração de madeira, pastagem e lavoura.

B) Pastagem, silvicultura e lavoura.

C) Lavoura, pastagem e reflorestamento.

D) Reflorestamento, pastagem e lavoura.

E) Exploração de madeira, lavoura e pastagem.

Questão 33

▼▼

Resolução

1993 1998 2000 2001 2002 2003 140,5

170,4174,0176,9

185,4 185,9

(OIT, 2004.) NÚMERO DE DESEMPREGADOS NO MUNDO (EM MILHÕES).

Questão 32

▼▼

(Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia — Ipam, adaptado.)

(20)

A Amazônia Legal extrapola os limites da região Norte, abrangendo parte do Centro-Oeste e do Nordeste brasileiro. Essa grande área vem, desde o final da década de 1960, sendo ocupada por meio de projetos agropecuários que foram beneficiados por uma série de incentivos fiscais, concedidos pelo governo federal.

A questão generaliza para toda a Amazônia uma sucessão de ocupações que foram moldadas pelo processo capitalista, baseado primeiramente na retirada da madeira, depois na ocupação pastoril e, após a introdução de infraestrutura de transportes, na ocupação pelas lavouras comerciais.

Resposta: A

Em 2003, o Brasil faturou, aproximadamente, 1,85 bi- lhões de dólares com as exportações de carne de frango. Observe o gráfico das exportações brasilei- ras, por destinos, nos anos de 2002 e 2003.

Assinale a alternativa que indica, em ordem decres- cente, os três mercados responsáveis pelo aumento do faturamento, considerando, respectivamente, os números absolutos e percentuais.

A) Oriente Médio, União Européia e África; Ásia, África e Mercosul.

B) Oriente Médio, África e Ásia; Mercosul, Ásia e Oriente Médio.

C) Mercosul, União Européia e África; Oriente Mé- dio, Ásia e África.

D) África, Ásia e Oriente Médio; Ásia, Oriente Mé- dio e Mercosul.

E) Oriente Médio, Ásia e África; Oriente Médio, Ásia e União Européia.

Os três mercados responsáveis pelo aumento do faturamento, em ordem decrescente, considerando-se os números absolutos, foram: Oriente Médio (98.747 ton.), Ásia (7.750 ton.) e Mercosul (5.500 ton.). Isso contraria o gabarito oficial (alternativa B). Quanto ao aumento do faturamento, os percentuais, em ordem decrescente, foram: Mercosul (1.121,6%), Ásia (42%) e Oriente Médio (21,9%).

Resposta: sem resposta

Segundo o IBGE, em 2002, os brasileiros enquadrados na categoria dos 10% mais ricos tiveram rendimento men- sal de R$2.929,03, enquanto entre os 40% mais pobres este rendimento foi de apenas R$162,69. Analise a tabela.

(IBGE, 2003.)

INDICADORES SOCIAIS DA POPULAÇÃO BRASILEIRA EM 2002, EM %.

10% mais ricos 40% mais pobres Domicílios com

saneamento adequado 81,9 37,3

Estudantes de nível

superior 25,9 5,0

Empregados com carteira

assinada 7,7 31,7

Questão 35

▼ ▼

Resolução Questão 34

▼ ▼

Resolução

2002 2003

490 5 990 16 95517 281 31 94733 758

18 450 26 200

1 121,6% 1,9% 5,7%

42,0%

451 531 550 278

Mercosul União Européia

África Ásia Oriente

Médio Exportações brasileiras de carne

de frango por destinos, em tonelada líquida.

(Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frangos, 2004.) 21,9%

(21)

Utilizando seus conhecimentos geográficos, assinale a alternativa que contém o principal fator responsável pelas disparidades observadas.

A) Aumento dos investimentos em bolsas de valores.

B) Diminuição da dependência externa.

C) Valorização da poupança interna.

D) Concentração de renda.

E) Aumento dos juros bancários.

Os dados do enunciado e da tabela, evidenciam a clara concentração da renda existente no Brasil. Enquanto 10% da população ganham mais de 10 salários mínimos, vivem em condições de saneamento adequados e têm uma parcela maior de estudantes universitários, outros 40% dos brasileiros têm rendimento inferior a 1 salário mínimo e vivem em condições sócio-econômicas muito pior que o outro grupo.

Resposta: D

Analise os dados da tabela e do gráfico.

Utilizando seus conhecimentos geográficos, assinale a alternativa que contém o fator que explica a evolução populacional verificada no período.

A) Elevadas taxas de crescimento vegetativo em todo o período e migração de estrangeiros a partir de mea- dos do século XX.

B) Aumento contínuo das taxas de crescimento vegetativo até os anos sessenta, aliado à migração de brasilei- ros dos Estados da Bahia e Minas Gerais, desde o início do século XX.

C) Taxas de crescimento vegetativo em decréscimo a partir dos anos sessenta, aliadas à migração de estrangei- ros desde o século XIX, e de brasileiros do Estado de São Paulo e de outros Estados, a partir de meados do século XX.

D) Elevadas taxas de crescimento vegetativo até os anos noventa, aliadas à migração de estrangeiros e de bra- sileiros dos Estados de Minas Gerais e Pernambuco, a partir de meados do século XX.

E) Taxas de crescimento vegetativo em decréscimo desde os anos quarenta, e migração de estrangeiros e bra- sileiros de outros Estados, a partir de meados do século XX.

Até a metade da década de 1960, a população da cidade de São Paulo crescia mais de 5% por ano em média, o que indica acelerada urbanização, devida à entrada de grandes levas de imigrantes (atraídos pela política estatal e pelo crescimento da economia do estado) e ao êxodo rural (principalmente de nordestinos), causado pelas más condições de vida no campo. Desde então, as taxas de crescimento (indicadas percentualmente) decaíram muito e, na atualidade, o aumento da população, situado abaixo de 1%, é determinado essencialmente pelo crescimento vegetativo.

Resposta: C Resolução

1920 40 50 60 70 80 91 2000 0,91 1,15 3,71 4,52 5,18 5,58

4,51 4,23

10.426.384 Ano População 1900

1920 1940 1950 1960 1970 1980 1991 2000

239.820 579.033

1.326.261 2.198.096

3.781.446 5.885.475

8.475.380 9.610.659

Taxa anual de crescimento (%)

(Fundação Seade, 2003.) EVOLUÇÃO POPULACIONAL NA CIDADE DE SÃO PAULO.

Questão 36

▼▼

Resolução

(22)

Um corpo parte do repouso em movimento uniformemente acelerado. Sua posição em função do tempo é re- gistrada em uma fita a cada segundo, a partir do primeiro ponto à esquerda, que corresponde ao instante do início do movimento. A fita que melhor representa esse movimento é:

A) D)

B) E)

C)

Sabendo que o corpo, partindo do repouso, adquire movimento uniformemente variado acelerado, teremos a cada intervalo de tempo de um segundo, deslocamentos crescentes.

Dentre as alternativas, aquela que satisfaz à condição descrita acima é a C.

Resposta: C

Dois blocos idênticos, A e B, se deslocam sobre uma mesa plana sob ação de uma força de 10 N, aplicada em A, conforme ilustra- do na figura.

Se o movimento é uniformemente acelerado, e considerando que o coeficiente de atrito cinético entre os blocos e a mesa é µ= 0,5, a força que A exerce sobre B é:

A) 20 N. C) 10 N. E) 2,5 N.

B) 15 N. D) 5 N.

Isolando os corpos e marcando as forças, obtemos o seguinte esquema:

Para o corpo A: F – f – A = mγ Para o corpo B: f – A = mγ

A

P

f N

Corpo B

→ γ

f A

P

F

Corpo A→ γ N

Resolução Questão 38

▼ ▼

123 14243 144424443 123 14243 144424443t1 t2 t3

s1 s2 s3

t1 = t2 = t3

s1s2s3

Resolução Questão 37

▼▼

ÍÍ ÍS S SIII A A A F

F

F C C C

A B

F

(23)

Igualando-se as equações:

F – f – A = f – A F = 2 ⋅f

Resposta: D

Ao se colocar um satélite em órbita circular em torno da Terra, a escolha de sua velocidade v não pode ser feita independentemente do raio R da órbita. Se M é a massa da Terra e G a constante universal de gravitação, v e R devem satisfazer a condição

A) v2R = GM.

B) vR2= GM.

C)

D)

E) vR = GM.

O satélite em órbita circular em torno da Terra executa um movimento circular uniforme com a resultante centrí- peta coincidindo com a força gravitacional (Fg), como indicado na figura:

Então:

Rc= Fg

, Logo:

v2⋅R = G ⋅M

Resposta: A

Um bloco sobe uma rampa deslizando sem atrito, em movimento uniformemente retardado, exclusivamente sob a ação da gravidade, conforme mostrado na figura.

g

Questão 40

▼▼

m v

R G m M R

2

= ⋅ ⋅2

Resolução v

R GM

2 = . v

R

2 =GM. Questão 39

▼▼

f F

= = = N 2

10 2 5

– Fg Fg M

R

(Terra)

(satélite) m

(24)

Ele parte do solo no instante t = 0 e chega ao ponto mais alto em 1,2 s. O módulo da velocidade em função do tempo é apresentado no gráfico.

Considerando g = 10,0 m/s2, a altura em que o bloco se encontrava em t = 0,4 s era A) 0,5 m.

B) 1,0 m.

C) 1,6 m.

D) 2,5 m.

E) 3,2 m.

De acordo com o gráfico fornecido, no instante t = 0,4s a velocidade do bloco é v = 4m/s. Como o sistema é con- servativo, tem-se que a energia mecânica é constante. Logo:

ε

mec(solo)=

ε

(h)mec

Substituindo-se os dados, vem:

h = 1,0 m Resposta: B

Um corpo A de massa m, movendo-se com velocidade constante, colide frontalmente com um corpo B, de massa M, inicialmente em repouso. Após a colisão, unidimensional e inelástica, o corpo A permanece em re- pouso e B adquire uma velocidade desconhecida. Pode-se afirmar que a razão entre a energia cinética final de B e a inicial de A é:

A)

B) C)

D) E) m

M. M m.

m M 2 . 2m

M . M m

2 2.

Questão 41

▼▼

1 2

1

0 2

2 2

⋅ ⋅m v =m g h⋅ ⋅ + ⋅ ⋅m v

h v0 = 6 m/s

Solo

v = 4 m/s

v0

Resolução

0 0,2 0,4 0,6 0,8 1 1,2

0 2 4 6 8

v (m/s)

t (s)

(25)

Situação inicial:

Situação final:

Como durante a colisão há conservação da quantidade de movimento, vem:

m ⋅vA= M vB

A relação entre as energias cinéticas final e inicial do sistema é:

. Substituindo (1) em (2), temos:

Resposta: E

Nos quadrinhos da tira, a mãe menciona as fases da água conforme a mudança das estações.

Entendendo “boneco de neve” como sendo “boneco de gelo” e que com o termo “evaporou” a mãe se refira à transição água vapor, pode-se supor que ela imaginou a seqüência

gelo água vapor água.

As mudanças de estado que ocorrem nessa seqüência são

A) fusão, sublimação e condensação. D) condensação, vaporização e fusão.

B) fusão, vaporização e condensação. E) fusão, vaporização e sublimação.

C) sublimação, vaporização e condensação.

A mudança de estado físico de sólido (gelo) para líquido (água) é conhecida como fusão.

A mudança de estado físico de líquido (água) para vapor é conhecida como vaporização.

A mudança de estado físico de vapor para líquido (água) é conhecida como condensação.

Resposta: B Resolução

ROSE IS ROSE / Pat Brady Há alguns meses, seu

boneco de neve estava bem

aqui.

Ele evaporou e voltou

como chuva…

E agora ele é a água da piscina!

BRRRRR!

Tem razão…

é ele mesmo!

Questão 42

▼▼

ε ε

c

f

ic

m

=M

ε ε

c

f

ic

B

A

M v m v

= ⋅ ⋅ ′

⋅ ⋅ 1 2 1 2

2

2

2

( )

v M

mv

A = B′ ( )1

v’B + v’A = 0

(m) vA (M)

vB = 0 +

Resolução

(26)

Um gás ideal é submetido às transformações A B, B C, C D e D A, indicadas no diagrama P ×V apresentado na figura.

Com base nesse gráfico, analise as afirmações.

I. Durante a transformação A B, a energia interna se mantém inalterada.

II. A temperatura na transformação C D é menor do que a temperatura na transformação A B.

III. Na transformação D A, a variação de energia interna é igual ao calor absorvido pelo gás.

Dessas três afirmações, estão corretas:

A) I e II, apenas. D) II e III, apenas.

B) III, apenas. E) I, II e III.

C) I e III, apenas.

I) Correta. A energia interna U de um gás ideal é diretamente proporcional à sua temperatura absoluta.

Na transformação A →B, a temperatura do gás é constante. Logo, sua energia interna perma- nece inalterada.

II) Correta. A temperatura absoluta de um gás ideal é diretamente proporcional ao produto pressão ×vo- lume do gás.

Nos estados A e D, o volume ocupado pelo gás é o mesmo, mas a pressão em A é maior que em D.

Logo, pAVApDVD. Assim sendo, TATD.

Conclui-se, então, que a temperatura na transformação C →D (isotérmica) é menor que a tem- peratura na transformação A →B (isotérmica).

III) Correta. De acordo com a 1ª- lei da Termodinâmica:

U = Q –

τ

.

Na transformação de D →A,

τ

= 0, pois não ocorre variação de volume do gás.

Logo, nessa transformação, ∆U = Q. Ou seja, a variação da energia interna do gás é igual à quantidade de calor absorvido pelo gás.

Resposta: E

Considere as cinco posições de uma lente convergente, apresentadas na figura.

A única posição em que essa lente, se tiver a distância focal adequada, poderia formar a imagem real I do objeto O, indicados na figura, é a identificada pelo número

A) 1. D) 4.

B) 2. E) 5.

C) 3.

1 2 3 4 5

I O

Questão 44

▼▼

Resolução Questão 43

▼▼

P

V A

D

isoterma

B

C isoterma

Imagem

Referências

temas relacionados :