• Nenhum resultado encontrado

ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I: LICENCIATURA EM GEOGRAFIA

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2022

Share "ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I: LICENCIATURA EM GEOGRAFIA"

Copied!
30
0
0

Texto

(1)

JORGE LUIZ RAMOS DOS SANTOS

São José dos Campos, São Paulo 2021

ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I: LICENCIATURA EM GEOGRAFIA

FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA

(2)

Relatório Final de Estágio Curricular Obrigatório I do curso de Licenciatura em Geografia - EAD apresentado a Faculdade Única de Ipatinga como requisito parcial e obrigatório para finalização das atividades de Estágio Supervisionado.

Tutor/a de Estágio: Gilvânia Barcelos Dias Teixeira

São José dos Campos, São Paulo 2021

ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I: LICENCIATURA EM GEOGRAFIA

Jorge Luiz Ramos dos Santos

(3)

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO ... 4

2. DESENVOLVIMENTO ... 5

2.1 CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA………5

2.2 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO………..5

2.3 PROPOSTA PEDAGÓGICA………..6

2.4 PRINCÍPIOS E VALORES………..7

2.5 GESTÃO DEMOCRÁTICA……….8

2.6 RECURSOS FÍSICOS……….8

2.7 RECURSOS MATERIAIS………9

2.8 PLANO DE CURSO – ENSINO FUNDAMENTAL………..10

3. O PERÍODO DE OBSERVAÇÃO………..11

4. O PERÍODO DE REGÊNCIA……….12

5. CONSIDERAÇÕES FINAIS………...14

6. REFERÊNCIAS ………16 ANEXOS

(4)

1. INTRODUÇÃO

O presente trabalho é um relato do Estágio Curricular Obrigatório do curso de Licenciatura em Geografia da Faculdade Única de Ipatinga, realizado nas turmas do 6º ano A, 6º ano D, 7º ano A, 7º ano D, 8º ano A, 8º ano D, 9º ano A e 9º ano D do Ensino Fundamental II na Escola Estadual “Profª. Édera Irene Pereira de Oliveira Cardoso”, localizada em São José dos Campos, São Paulo.

Neste relato, apresentam-se elementos que possibilitam uma reflexão sobre a importância do estágio supervisionado para os alunos de Licenciatura em Geografia, pois é possível considerar que este é um espaço rico de possibilidades de articulação entre teoria e prática. Realizar o relatório das práticas educativas permite a oportunidade não só de socializar o contexto real encontrado na sala de aula durante o estágio supervisionado, mas ainda repensar tanto a relação entre teoria e prática, quanto os teóricos e materiais lidos e compartilhados durante o processo formativo.

O trabalho está divido em itens organizados por temáticas diversas. Alguns apresentam subitens, considerados de extrema importância para compreensão das atividades realizadas durante o estágio supervisionado.

No primeiro momento, realiza-se uma contextualização e caracterização do estágio curricular no Ensino Fundamental II, trazendo alguns dados sobre o Escola Estadual Édera. Quanto ao currículo, a escola segue a proposta curricular do Estado de São Paulo e há um esforço diário da direção, coordenação e professores para promover a integração vertical e horizontal dos conteúdos previstos em seu projeto político-pedagógico (PPP).

O PPP da escola em linhas gerais tem como finalidade atender a legislação vigente, garantindo o direito de aprender do aluno, sua formação pessoal e social.

Para atingir os indicadores, o documento ressalta que a escola foca o desenvolvimento de habilidades de leitura, raciocínio e escrita. A escola tenta motivar os alunos com a divulgação dos resultados positivos, por meio de aulas diversificadas, avaliações contínuas e recuperações intensivas, trabalhando o currículo oficial do Estado de São Paulo e seus princípios norteadores, nos quais acredita e defende.

(5)

2. DESENVOLVIMENTO

2.1. Caracterização da Escola

Nome: E.E. “Profª. Édera Irene Pereira de Oliveira Cardoso”

Endereço: Rua São Januário, nº 81, São Judas Tadeu – São José dos Campos – SP

• Telefone: (12) 3944-5190

E-mail: e925925a@educacao.sp.gov.br

Data de Fundação: ATO DE CRIAÇÃO – Instalada pelo DECRETO nº. 47532 de 27/12/2002 publicado em 28/12/2002

Modalidade de Ensino: Ensino Fundamental (Ciclo II) e Ensino Médio.

Períodos de Funcionamento:

o Período da Manhã: Das 07h00min às 12h20min o Período da Tarde: Das 13h00min às 18h20min o Período da Noite: Das 19h00min às 23h00min

2.2 Projeto Político Pedagógico

O Plano de Gestão que nortea as ações da unidade escolar foi construído a partir de um posicionamento Político e Pedagógico compartilhado pela equipe de profissionais docentes, administrativos, de apoio e de suporte pedagógico:

Político no sentido de se orientar para a promoção, defesa e efetivação de uma sociedade organizada para uma convivência social pautada pela justiça e pela equidade. A realização de tais princípios define o tipo de homem que se quer formar e exige uma educação escolar correspondente.

Pedagógico no sentido de definir coletivamente ações educativas, bem como procedimentos e atitudes que efetivem uma educação de qualidade que garanta, a todos os alunos, a aprendizagem com êxito daquilo que se estabeleceu para a educação escolar das novas gerações.

Nestes dois amplos sentidos, os integrantes da E.E. “Profª. Édera Irene Pereira de Oliveira Cardoso” procuram desenvolver um trabalho que dê um novo rumo para a educação, o de trabalhar para que alunos possam Aprender a Ser,

(6)

a Conviver, a Conhecer e a Fazer, contribuindo, desta forma para suas realizações plenas como pessoas humanas singulares e coletivas, visando também melhorar as relações inter (pessoais) do meio.

2.3 Proposta Pedagógica

2.3.1 Missão da Escola

A missão dos profissionais da U. E, além dos previstos na Lei Federal nº 9394/96- Resolução CNE nº 3/09 e Parecer nº 15/98, é atender as necessidades de aprendizagem dos alunos, ampliando, estimulando e incentivando o saber nas várias áreas do conhecimento dentro de uma sociedade globalizada, com vistas para a sociedade futura. Para isso, prima por uma educação de qualidade que dê aporte para a formação de um cidadão consciente e responsável, contribuindo, assim, para o desenvolvimento do meio em que vive.

2.3.2 Visão de Futuro

Visa-se dar oportunidade aos estudantes transformando a escola em um espaço acolhedor, fazendo com que se sintam à vontade, buscando que desenvolvam a capacidade de tomar decisões de forma coletiva para que pratiquem valores que promovam a solidariedade, a ética e a responsabilidade com todo o bem público e humano. Busca-se gerar oportunidades para o desenvolvimento de suas potencialidades e aprendizagem como elementos de auto realização, e preparo para o exercício consciente da cidadania.

2.3.3 Objetivos

Objetiva-se oferecer aos alunos, condições para participarem das atividades, intra e extra sala de aula, com a intenção de proporcionar mudanças na sua maneira de pensar e agir, tendo interesse pelo próprio aprendizado e capacidade de superar dificuldades, desenvolvendo, assim, as habilidades e competências adequadas para idade/série da turma que frequenta. Além desses, tem-se como objetivos específicos:

(7)

• Buscar a melhoria da qualidade de ensino, refletindo automaticamente, na melhoria da qualidade de vida e das relações humanas;

• Exercitar a democracia e a cidadania, através do movimento de ação- reflexão-ação sobre os indicadores disponíveis, buscando a participação e o comprometimento do grupo, traçando metas e objetivos;

• Descentralizar as decisões para uma proposta educativa baseada na realidade;

• Planejar e executar projetos que contribuam para melhorar os índices nos resultados das avaliações internas e externas, envolvendo pais, alunos, professores e funcionários;

• Provocar mudanças no processo de ensino e aprendizagem, de modo que os alunos usufruam da escola para aprender, construir, crescer e conviver;

• Efetivar momentos e espaço para que os professores reflitam permanentemente sobre ensinar e aprender;

• Proporcionar situações de aprendizagem que incorporem a vivência de valores morais, auxiliando os indivíduos na formação de uma sociedade mais justa e pautada pelos Direitos Humanos;

• Possibilitar um ensino que permita a realização com ênfase de exames externos, visando o crescimento humano e profissional do aluno que evidenciem a base concreta de sua formação acadêmica.

2.4 Princípios e Valores

O Projeto Político Pedagógico da Escola é resultado do trabalho coletivo de professores, representantes de alunos e pais, equipe pedagógica, funcionários e direção. Tem o objetivo maior de consolidar o compromisso de toda comunidade de ensino ofertada, trabalhando o conhecimento como sujeito e meio da leitura crítica e criativa da realidade.

Também, pretende constituir-se como referencial para a práxis pedagógica, proporcionando situações de aprendizagem que permitam a vivência de valores

(8)

na formação de uma sociedade mais justa e fundamentada pelos Direitos Humanos efetivando propostas e iniciativas que visem à superação de preconceitos e de discriminações de toda e qualquer natureza.

Neste particular, projeta uma proposta de ação - reflexão em direção à construção de uma escola - cidadã. A construção da escola - cidadã se orienta pelo decidido investimento na formação da cidadania, no compromisso com a gestão democrática e na valorização do magistério. O Projeto Político Pedagógico, manifesta a intencionalidade de toda comunidade escolar em compartilhar responsabilidades, para viabilizar práticas educativas emancipadoras e articuladas com o mundo do trabalho e das múltiplas atividades humanas.

2.5 Gestão Democrática

Os princípios que norteiam o trabalho da escola estão calcados na cidadania, na afirmação e defesa dos Direitos Humanos, no reconhecimento das diversidades existentes na sociedade como um imperativo para a defesa e a efetivação da igualdade entre todos os seres humanos.

Desses princípios decorrem aqueles que definem a gestão democrática da Unidade de Ensino efetivando a participação ativa, de todos que fazem parte da comunidade escolar, nos órgãos internos e na construção do fazer pedagógico.

2.6 Recursos Físicos

O prédio é de construção simples, porém, apresenta boa estrutura. No piso superior estão localizadas 12 salas de aula, na medida padrão, assim distribuídas:

• 09 salas de aula;

• 01 sala de uso múltiplo;

• 01 laboratório de informática.

Piso térreo:

• 02 salas de aulas (na medida padrão);

(9)

• 01 sala de menor metragem onde funciona a Sala de Recursos;

• 01 sala para secretaria de professores;

• 01 sala para secretaria de alunos;

• 01 sala destinada a Coordenação Escolar;

• 01 sala de leitura;

• 01 sala da Direção;

• 02 sanitários para professores e funcionários (sendo um masculino e outro feminino);

• 01 sala dos Professores;

• 01 banheiro adaptado para acessibilidade;

• 02 bebedouros em alvenaria, contando com 4 torneiras cada, para atender aos alunos;

• 01 sala destinada à guarda dos materiais de Educação Física;

• 07 sanitários femininos destinados à utilização das alunas;

• 04 sanitários masculinos, para uso dos alunos;

• 01 cozinha para preparo e cocção de alimentos;

• 01 despensa destinada ao armazenamento de utensílios e de alimentos;

• 01 refeitório para funcionários, adaptado em cantina;

• 01 pátio coberto;

• 01 depósito para o armazenamento de materiais de limpeza e também do arquivo morto;

• 01 sala de expurgo;

• 01 quadra coberta para utilização nas aulas de Educação Física e também para a prática de eventos e apresentações variadas à comunidade escolar.

2.7 Recursos Materiais

A escola tem a disposição dos profissionais uma quantidade significativa de aparelhos eletroeletrônicos que podem favorecer a diversificação das estratégias e promover o dinamismo das aulas, tornando-as mais prazerosas para os alunos, contando ainda com dois projetores de multimídia; vinte e um computadores no laboratório de informática; diversos livros, títulos e gêneros no acervo da biblioteca; CD’s Rom pedagógicos; CD’s de áudio com poesias e

(10)

contos poéticos; corpo humano articulado; mapas geográficos; globos e planisférios; dicionários de língua inglesa; dicionários de língua portuguesa; duas TV’s 49 polegadas (uma instalada na sala de leitura e a outra está a disposição num carrinho móvel, no piso superior para ser utilizada pelos demais professores); dois rádios CD player; um som micro system ; duas caixas de som, uma mesa de som nova e uma em bom estado; dois microfones simples e um profissional; um computador e uma impressora na sala dos professores; 3 jogos de material dourado; dois retroprojetores; dois notebook (recém adquiridos em substituição aos que foram subtraídos no início do corrente ano); uma filmadora e uma máquina fotográfica. Todos estes equipamentos podem e devem ser utilizados pelos professores bastando para isso que façam reserva prévia do(s) mesmo(s) junto à coordenação/Direção da data em que deseja(m) utilizá-lo(s).

Esses recursos tem sido de extrema importância no período em que estamos vivendo, pois com a pandemia causada pelo CoronaVírus além de professores, alunos que não tem recursos tecnológicos em casa, podem fazer uso desses materiais para acesso ao CMSP (Centro de Mídias do Estado de São Paulo) e ao Google Classroom, que são ferramentas que a rede estadual do nosso estado e professores da Unidade Escolar tem utilizado para ministrar aulas e atividades escolares.

2.8 Plano de Curso - Ensino Fundamental

A Educação Básica da escola está organizada em ciclo, correspondendo ao Ciclo II com progressão continuada. Considerando o processo de modernização em curso no País, o Ensino Fundamental Ciclo II tem um importante papel a desempenhar: o de preparar jovens e adultos para os desafios da modernidade, permitindo a aquisição de competências relacionadas ao pleno exercício da cidadania e da inserção produtiva. Também de oportunizar o pleno desenvolvimento do educando, levando-o a exercer sua cidadania, ampliando- lhe as condições para inseri-lo no mundo do trabalho, garantindo o respeito ao seu ritmo de desenvolvimento. Para tanto a escola estará voltada para o processo de construção e aperfeiçoamento do conhecimento do aluno, resguardando sua cultura, ampliando sua visão de mundo para que possa resolver situações problema.

(11)

2.8.1 Objetivos:

• Desenvolver nos alunos seu senso crítico, posicionando-se de maneira a cumprir seus direitos e deveres, tornando-se parte integrante e agente transformador do meio na qual estão inseridos, valorizando e desenvolvendo seus conhecimentos e capacidades para agir com perseverança na busca do exercício da cidadania;

• Valorizar as inteligências múltiplas e valorização de hábitos saudáveis, como aspecto básico da qualidade de vida, agindo assim com responsabilidade em relação a sua própria saúde e a saúde coletiva;

• A importância da utilização de diferentes fontes de informação e recursos tecnológicos na construção do conhecimento;

• Os objetivos do Ensino Fundamental foram formulados de modo a respeitar a diversidade social e cultural, na formação básica necessária para inserir-se na sociedade.

2.8.2 Currículo:

A integração entre os componentes curriculares se dá ao longo do ano letivo através de projetos pedagógicos pautados nos princípios da contextualização, interdisciplinares e desenvolvimento de competências e habilidades trabalhadas no Currículo Oficial do Estado de São Paulo, bem como por meio de atividades fundamentadas nos temas transversais previstos nos PCN’s e PCN’+, DCENEM, a fim de aumentar a percepção do aluno como um ser e como cidadão.

A sequência se dá por meio da execução dos planos de ensino das respectivas disciplinas, com o devido acompanhamento e assessoria dos Professores Coordenadores Pedagógicos.

3 O período de observação

Durante a permanência na instituição, claramente pode-se perceber que a equipe escolar se preocupa, de fato, com a qualidade da educação que oferecem. Este foi um dos pontos mais importante para a realização deste

(12)

trabalho, pois é uma preocupação que está registrada no Projeto Político Pedagógico (PPP) da escola e que vai de encontro com as necessidades que existem hoje na educação.

Devido às mudanças ocorridas pela Globalização e Modernidade, algumas questões relativas à educação, ganharam uma ênfase maior no que diz respeito ao acesso irrestrito e a permanência com qualidade das crianças nas escolas.

Deixou-se de pensar em uma estrutura hierarquizada de administração, partindo para descentralização de responsabilidades e tarefas, do modo que as instituições e seus envolvidos passassem a ser avaliados.

Mesmo com a pandemia gerada pelo Corona Vírus, fazendo que com seja necessário utilização constante de máscara facial, álcool gel, distaciamento social e outras formas de proteção ao vírus, ao chegar à escola todos me receberam muito bem, desde a diretoria, ao pessoal do suporte pedagógico e os professores. Isso contribuiu bastante para o acesso aos documentos da escola, como o PPP e as pessoas que fazem parte da gestão escolar, o que foi de extrema importância para realização das atividades, já que poderia nortear minhas observações baseadas no projeto da escola.

Considero que o PPP foi muito bem elaborado, pois toma por base as necessidades encontradas na realidade da instituição e dos educandos, atrelados aos documentos oficiais nacionais e as teorias abordadas nas diferentes disciplinas do curso de Licenciatura em Geografia. E é com base nestes princípios e fundamentos primordiais para a qualidade da educação que a instituição escolhida trabalha.

4 O período de regência

Todos os alunos do Fundamental II têm 2 aulas de Geografia semanais. Cada hora/aula tem a duração de 50 minutos. Acompanhei as aulas nas turmas A (matutino) e D (vespertino) dos 6º, 7º, 8º e 9º anos. Os alunos estavam frequentando a escola de maneira rotativa, sendo que as aulas estavam sendo ministradas de maneira presencial para apenas alguns deles por dia, podendo dessa forma, mantê-los seguros, bem como aos professores e demais funcionários da unidade escolar. As carteiras estavam posicionadas de maneira

(13)

que respeitassem o distanciamento social e todas as normas básicas de saúde eram repassadas continuamente. Os demais alunos que não tivessem aulas presenciais na semana, deveriam acompanhá-las através do aplicativo CMSP criado pelo Estado de São Paulo, esse aplicativo poderia ser baixado no celular do aluno, ainda existia a possibiidade de acompanhar as aulas pelo canal TV Cultura Educação, ou pelo canal do Youtube. Nessas plataformas, eram liberadas aulas diárias correspondentes à cada turma, disciplina e conteúdo que estava sendo ensinado também pelo professor de forma presencial na Unidade Escolar. Os professores ainda poderiam se comunicar com seus alunos através de aulas online pelo Google Classroom e por grupos de conversas no Whastapp.

Acompanhei as aulas juntamente com a professor responsável pela turma, na sala de aula, com o devido distanciamento social e uso de Equipamentos de Proteção Individuais (EPI’s).

Quando se cursa certas disciplinas, percebe-se na teoria como de fato deve ser a postura de um professor em sala de aula. Sua prática deve ser organizada de modo que os estudantes possam desenvolver com confiança sua capacidade e percepção das limitações. Durante os momentos em sala de aula foi possivel perceber que os estudos realizados nestas disciplinas foram primordiais para a análise do planejamento e das aulas no período da regência.

Acredito na importância da realização da atividade de estágio para minha formação, pois é o ponto de partida para vivenciar, na prática, as experiências da sala de aula e como parte integrante de uma comunidade escolar. Além de poder analisar a prática à luz da teoria estudada na academia e pensar nossa futura atuação enquanto professores.

O primeiro encontro para desenvolver as atividades do plano de ação foi no dia 24 de maio de 2021. Foi possível conhecer o espaço interno da escola e das dependências e análise do PPP e das salas de aulas durante os dias 25, 26 e 27 de maio. Nos dias 31 de maio e 01 e 02 de junho, em sala de aula continuei as observações. Este foi o momento apenas de observar o cotidiano em sala de aula e fazer as anotações que considerava importantes. Em seguida, dos dias 07 à 21 de junho foi realizado a fase de regência, onde pude coparticipar e cooperar junto à equipe de professores. Por fim, nos dias 22 à 25, de junho realizou-se a elaboração do presente relatório. O período de entrada e saída da

(14)

escola foi realizado conforme os horários das aulas, ou seja, das 07h às 12h20min, e das 13h às 18h20min, sendo que cada hora/aula possui 50minutos.

Durante o período de observação e regência, acompanhou-se as turmas do 6º ano A, 6º ano D, 7º ano A, 7º ano D, 8º ano A, 8º ano D, 9º ano A e 9º ano D na disciplina de Geografia. Ressalta-se que cada uma das turmas tem 02 aulas de Geografia semanais.

Foi visto que existem pressupostos norteadores para conduzir o trabalho pedagógico, as atitudes e valores a serem desenvolvidas tanto pelos professores quanto pelos alunos. Assim, acredito que é extrema importância que os docentes conheçam esses pressupostos e tenham clareza sobre seus objetivos, seu ponto de partida e de chegada.

5 Considerações Finais

A universalização do ensino, as transformações sociais e o aumento dos anos da escolarização fizeram crescer a expectativa de outras exigências em relação aos professores e a escola, temos um papel fundamental neste processo por isso devemos trabalhar em conjunto para atender as necessidades deste novo modelo de ensinar, adquirindo assim mais autonomia e controle.

O presente relatório trouxe uma análise sobre o estágio obrigatório no Ensino Fundamental II. Pensar e observar os planos de aula com uma professora titular tendo como suporte os referenciais teóricos estudados e as disciplinas assistidas anteriormente, foram primordiais para o sucesso do estágio obrigatório e para execução das atividades propostas em sala de aula.

Experiências como essas são extremamente importantes para construção do conhecimento do professor, sem esses momentos não podemos colocar em prática toda a bagagem intelectual aprendida. Foi possível articular diversos saberes, conhecimentos e experiências. Meu estágio foi bastante rico de aprendizagem, pois me possibilitou fazer articulações com a teoria estudada.

Acredito que a atividade de estágio me trouxe a aproximação de relacionar a teoria com a prática estudada, revelou-se também uma oportunidade para responder vários questionamentos indagados por mim durante o curso. As dúvidas ficaram para trás, já que a vivência me proporcionou uma satisfação

(15)

ímpar, a de dever cumprido. O planejamento pensado para a realização do estágio foi concretizado, mas isso só foi conseguido devido à base sólida quanto às disciplinas estudadas e a orientação dada.

O estágio curricular obrigatório veio para mim como mais um desafio entre tantos outros do curso, acredito que este tenha sido o mais difícil, mas também o mais prazeroso e real. Real, pois é neste momento que coloca-se em prática boa parte do que aprendemos. O processo vivido nesse percurso me fez compreender a importância deste momento para a formação docente. Já que é hora de resignificar os saberes, refletir sobre a nossa conduta e construir a nossa identidade enquanto educadores.

(16)

6 Referências

http://www.escoladeformacao.sp.gov.br/portais/Portals/84/docs/pdf/curriculo_pauli sta_26_07_2019.pdf. Visitado em junho de 2021.

https://www.educacao.sp.gov.br/a2sitebox/arquivos/documentos/236.pdf. Visitado em junho de 2021.

https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/educacao-infantil-e-ensino- fundamental/materiais-de-apoio-2/. Visitado em junho de 2021.

(17)

Anexo I- FICHA DE FREQUÊNCIA

Estagiário/ a: Jorge Luiz Ramos dos Santos Professor Regente:André Stempniak

Instituição Concedente de Estágio: Escola Estadual “Profª. Édera Irene Pereira de Oliveira Cardoso”

Estágio Supervisionado I: ( X ) Estágio Supervisionado II: ( ) Período de realização do estágio: 24/05/2021 a 25/06/2021

(18)
(19)
(20)

Anexo II- AVALIAÇÃO DO/A ESTAGIÁRIO/A PELA ESCOLA CONCEDENTE DOS ESTÁGIOS

Estagiário/a: Jorge Luiz Ramos dos Santos

Instituição: Escola Estadual “Profª. Édera Irene Pereira de Oliveira Cardoso”

Atenção: O/a avaliador/a deverá preencher o quadro considerando a legenda abaixo:

(21)

Anexo III- PLANO DE AULA 6º anos A e D

Dados de Identificação:

• Datas: 02, 07, 08, 14, 15 e 21 de junho de 2021

• Disciplina/Eixo Temático: Geografia

• Turma: 6º anos A e D Tema/Conteúdo:

• Estudos cartográfico - cartografia e projeções cartográficas

• Introdução a Cartografia

• Escala e projeção cartográfica

• Tipos de Mapas

• O que deve conter um mapa

• Símbolos e convenções cartográficas

• Formação do Relevo

• Dinâmica terrestre

• Camadas da Terra

• Placas tectônicas

• Tipos de rochas

• Relevo terrestre

• Formas do relevo

• Agentes modeladores do relevo

• Dinâmica das águas

• Ciclo hidrológico

• Oceanos

• Relevo submarino

• Rios e lagos

• A importância dos rios

• Recursos hídricos

• Principais elementos de uma bacia hidrográfica Objetivos a serem alcançados pelos alunos:

Objetivo geral:

(22)

• Observar, identificar elementos que representam, simbolicamente, as características e a localização dos lugares

Objetivos específicos:

• Aprender a utilizar mapas, cartas e plantas

• Compreender os elementos essenciais para a confecção e produção de mapas

• Reconhecer os diferentes tipos de projeções cartográficas

• Conhecer, identificar, distinguir as eras e os períodos geológicos

• Compreender a origem e formação dos fósseis estabelecendo uma relação com os dinossauros

• Destacar as camadas interna da terra

• Desenvolver a noção da teoria dos continentes relacionando com o tempo geológico

• Entender a distribuição e os limites entre as placas tectônicas relacionando ao processo de formação de vulcões e terremotos

• Relacionar os minerais à formação dos diferentes tipos de rochas

• Comparar as diferenças entre os minerais fósseis como o petróleo, carvão e gás

• Distinguir a ação dos agentes formadores e modeladores do relevo

• Compreender e reconhecer as diferentes formas do relevo

• Sensibilizar os alunos para a importância da água no seu dia-dia

• Conhecer a importância dos oceanos, mares e rios para o desenvolvimento econômico

• Analisar o ciclo da água através do seu movimento constante

• Diferenciar os tipos de rios, de foz e o regime dos rios

• Destacar características das bacias hidrográficas

• Identificar os tipos de lagos

• Conscientizar os alunos para a preservação dos mananciais de água Metodologia:

• Aula expositiva

• Promover leituras e interpretação de textos de revistas e jornais sobre cartografia

(23)

• Pedir aos alunos para identificarem os diferentes tipos de projeções cartográficas

• Organizar a construção da planta da casa e da rua onde o aluno mora

• Promover debate sobre a origem dos terremotos no Japão

• Estimular debates sobre a ação do homem no processo de alteração do relevo

• Elaboração de atividades sobre o assunto estudado

• Produção de uma Maquete Recursos didáticos:

• Leitura de textos individual e coletiva

• Confecção de um mapa usando alguns elementos cartográficos

• Exploração de imagens, mapas, plantas e cartas

• Glossáriodefinição de termos desconhecidos

• Identificar através do mapa os diferentes fusos horários de algumas cidades no mundo

• Montar um quebra cabeça relacionando com as idéia das placas tectônicas

• Construir uma maquete de um vulcão

• Exercícios do livro e no caderno.

Avaliação:

• Continuada através da participação do aluno nas aulas

• Através de fichas de acompanhamento do aluno

• Autoavaliação, Relatórios e diálogos

• Participativa através de trabalhos em equipe e individual

• Através de seminários

• Leitura e interpretação de textos em voz alta

• Exercícios escritos do livro e do caderno

• Avaliação oral

• Avaliação escrita

Bibliografia: Apostila do aluno do Governo do Estado de São Paulo, aulas e atividades do aplicativo CMSP

(24)

7º anos A e D Dados de Identificação:

• Datas: 02, 07, 08, 14, 15 e 21 de junho de 2021

• Disciplina/Eixo Temático: Geografia

• Turma: 7º anos A e D Tema/Conteúdo:

• A formação do território e da geografia do Brasil

• Paisagens do Brasil: espaço rural e urbano

• Metrópoles, cidades e redes urbanas no Brasil

• O campo e a questão da terra no Brasil

• Geografia da população brasileira

• O território brasileiro e a dinâmica regional.

• Biodiversidade e questão ambiental no Brasil Objetivos a serem alcançados pelos alunos:

Objetivo geral:

• Familiarizar com noções e conceitos básicos de Geografia para permitir a compreensão do espaço no qual está inserido

Objetivos específicos:

• Mostrar o espaço como produção social no sentido de compreender as relações que se estabelecem entre os homens (sociedade) e a natureza

• Contextualizar o Brasil dentro do processo de organização do espaço mundial

• Desenvolver no aluno a capacidade de compreender criticamente a realidade

• Caracterizar, diferenciando, os processos de produção (formação) socioespacial ao longo do processo histórico

Metodologia:

• Aulas expositivas dialogadas

• Pesquisas e seminários

• Leitura, interpretação, produção e discussão de textos

• Leituras e interpretações de mapas temáticos, gráficos e tabelas e outras imagens

(25)

• Produção de imagens e textos

• Audição/exibição de músicas e filmes

• Estudos dirigidos.

Recursos didáticos:

• Observação de atitudes e valores (envolvimento com estudos, colaboração, interação e outros)

• Atividades escritas e orais

• Análise de textos, filmes, músicas, imagens, etc

• Estudos dirigidos

• Relatórios de: leituras e filmes

• Resumos Avaliação:

• Continuada através da participação do aluno nas aulas

• Através de fichas de acompanhamento do aluno

• Autoavaliação, Relatórios e diálogos

• Participativa através de trabalhos em equipe e individual

• Através de seminários

• Leitura e interpretação de textos em voz alta

• Exercícios escritos do livro e do caderno

• Avaliação oral

• Avaliação escrita

Bibliografia: Apostila do aluno do Governo do Estado de São Paulo, aulas e atividades do aplicativo CMSP

(26)

8º anos A e D Dados de Identificação:

• Datas: 02, 07, 08, 14, 15 e 21 de junho de 2021

• Disciplina/Eixo Temático: Geografia

• Turma: 8º anos A e D Tema/Conteúdo:

• Água e os desafios ambientais do séc XXI

• Alterações climáticas e desenvolvimento

• Análise de relatório de desenvolvimento humano

• A “sustentabilidade”

• As responsabilidades sobre a alteração climática global

• A população mundial

• A indústria

• A apropriação desigual dos recursos naturais

• Reservas minerais

• Jazidas minerais

• Minério

• Recursos naturais não renováveis

• Resíduos sólidos

• Reciclagem.

Objetivos a serem alcançados pelos alunos:

Objetivo geral:

• Compreender processos da utilização da água

Objetivos específicos:

• Analisar os desafios nos dias atuais do meio ambiente

• Comparar diferentes modos de vida

• Analisar criticamente as implicações ambientais do uso das tecnologias

• Identificar aspectos da realidade socioambiental em suas diversas escalas, a partir de indicadores graficamente representados

• Compreender o processo histórico de ocupação dos territórios e distribuição populacional

(27)

• Interpretar a formação e organização do espaço geográfico , considerando diferentes escalas

• Identificar recursos minerais utilizados no cotidiano

• Diferenciar recursos renováveis de não renováveis

• Aplicar conceitos relativos à Geologia

• Propor formas de intervenção solidária no ambiente escolar elativas à coleta e ao envio de produtos descartáveis para a reciclagem

Metodologia:

• Leitura e interpretação de textos em revistas e livro didatico

• Aulas dialogadas, leitura, e interpretação e comparação entre os desafios

• Texto de Leonardo Boff: a Sustentabilidade

• Leitura e interpretação de textos e mapas

• Trabalhos em grupos

• Uso Do Livro Didatico

• Exercícios individuais Recursos didáticos:

• Observação de atitudes e valores (envolvimento com estudos, colaboração, interação e outros)

• Atividades escritas e orais

• Análise de textos, filmes, músicas, imagens, etc

• Estudos dirigidos

• Relatórios de: leituras e filmes

• Resumos Avaliação:

• Continuada através da participação do aluno nas aulas

• Através de fichas de acompanhamento do aluno

• Autoavaliação, Relatórios e diálogos

• Participativa através de trabalhos em equipe e individual

• Através de seminários

• Leitura e interpretação de textos em voz alta

• Exercícios escritos do livro e do caderno

• Avaliação oral

(28)

• Avaliação escrita

Bibliografia: Apostila do aluno do Governo do Estado de São Paulo, aulas e atividades do aplicativo CMSP

9º anos A e B Dados de Identificação:

• Datas: 02, 07, 08, 14, 15 e 21 de junho de 2021

• Disciplina/Eixo Temático: Geografia

• Turma: 9º anos A e D Tema/Conteúdo:

• Do Império à Federação Russa: formação do território russo, o fim do socialismo na Rússia; criação da CEI; diversidade étnica e regional

• A economia e o ambiente da Rússia: economia russa pós-URSS, recursos energéticos e indústria; agricultura e natureza

• China: o gigante asiático; Revolução Cultural; o socialismo chinês; ZEEs; a rede comercial; agricultura chinesa

• População e meio ambiente: características naturais, população, desenvolvimento e ambiente

Objetivos a serem alcançados pelos alunos:

Objetivo geral:

• Compreender os processos de formação e consolidação das instituições sociais e políticas, tendo em vista diferentes formas de regulamentação das sociedades e ordenamento do espaço geográfico

Objetivos específicos:

• Entender a globalização do espaço geográfico

• Comparar diferentes visões sobre o fenômeno da globalização

(29)

• Compreender o processo de desenvolvimento tecnológico e as consequências para a economia global

• Entender os fluxos comerciais e de transporte no mundo

• Observar e analisar as mudanças ocorridas na produção, no trabalho, nas mercadorias, na cultura e no consumo

• Relacionar as implicações socioambientais do uso das tecnologias em diferentes contextos histórico-geográficos

• Identificar e compreender a importância dos recursos naturais na produção do espaço geográfico, relacionando transformações naturais e intervenção humana

• Analisar aspectos da realidade econômica e social de um país ou região

• Comparar processos de formação socioeconômica, relacionando-os ao contexto históricogeográfico

• Identificar os significados históricos da geopolítica, considerando as relações de poder entre as nações

• Compreender e analisar o papel dos blocos econômicos e geopolíticos, tendo como referência a divisão internacional do trabalho e a nova ordem econômica

• Ampliar a noção de fronteira, buscando entender a organização do mundo e suas desigualdades

• Compreender alguns dos principais conflitos sociais da atualidade.

Metodologia:

• Leitura e interpretação de textos em revistas e livro didatico

• Aulas dialogadas, leitura, e interpretação e comparação entre os desafios

• Texto de Leonardo Boff: a Sustentabilidade

• Leitura e interpretação de textos e mapas

• Trabalhos em grupos

• Uso Do Livro Didatico

• Exercícios individuais Recursos didáticos:

• Observação de atitudes e valores (envolvimento com estudos, colaboração, interação e outros)

(30)

• Atividades escritas e orais

• Análise de textos, filmes, músicas, imagens, etc

• Estudos dirigidos

• Relatórios de: leituras e filmes

• Resumos Avaliação:

• Continuada através da participação do aluno nas aulas

• Através de fichas de acompanhamento do aluno

• Autoavaliação, Relatórios e diálogos

• Participativa através de trabalhos em equipe e individual

• Através de seminários

• Leitura e interpretação de textos em voz alta

• Exercícios escritos do livro e do caderno

• Avaliação oral

• Avaliação escrita

Bibliografia: Apostila do aluno do Governo do Estado de São Paulo, aulas e atividades do aplicativo CMSP

Referências

Documentos relacionados

Este estudo teve como objetivos: analisar o perfil de medicamentos prescritos em uma Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) de um hospital de ensino;

c) CERTIFICADO DE CONCLUSÃO VIA ENCCEJA, ACOMPA- NHADOS DE HISTÓRICO ESCOLAR (com notas de 60 a 180): Serão consideradas as notas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática

(2008), o cuidado está intimamente ligado ao conforto e este não está apenas ligado ao ambiente externo, mas também ao interior das pessoas envolvidas, seus

As seguintes limitações específicas para a elastografia por compressão foram destacadas na literatura: a com- pressão externa manual induz variabilidade do operador; a

Na análise formal das C3PSSS, mostrou-se que o morfema 0 é deficiente com relação aos traços de pessoa, precisando ser ligado por um PRO em EP para recuperar esse traço,

- Funções desempenhadas na empresa Colgate – Palmolive (através da empresa de trabalho temporário Manpower ) : trabalho de armazém - picking manual utilizando

A ideia de que se deve desconsiderar a importância do conhecimento social para o desenvolvimento do conhecimento lógico-matemático não se sustenta, e nem se opõe ao caráter

de absorção na região do UV-Vis, para os filmes de SnO 2 com 4 camadas, depositados em substrato de vidro a partir de soluções precursoras com viscosidade de 200 cP