PROJETO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA Instalador e Reparador de Redes de Computadores Wilker Rodrigues de Almeida

Texto

(1)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGIA INSTITUTO FEDERAL DO SUDESTE DE MINAS GERAIS

UNIDADE DE EXTENSÃO BOM SUCESSO DEPARTAMENTO DE ENSINO

PROJETO DE CURSO

FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA

Instalador e Reparador de Redes de Computadores Wilker Rodrigues de Almeida

Bom Sucesso- MG Outubro – 2012

(2)

1 – IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

O Curso de Instalador e Reparador de Redes de Computadores prepara o aluno para instalar e realizar manutenção em infraestrutura física, sistemas operacionais cliente e equipamentos ativos de rede. Trabalha sob a supervisão técnica, seguindo normas e procedimentos de qualidade, segurança, saúde e preservação ambiental.

1.1 NOME DO CURSO:

Instalador e Reparador de Redes de Computadores.

1.2 MODALIDADE Presencial.

1.3 EIXO TECNOLÓGICO

Informação e Comunicação.

1.4 CAMPUS DE OFERTA

Unidade de extensão Bom Sucesso.

1.5 CARGA HORÁRIA 200 horas.

1.6 PÚBLICO ALVO

Estudantes do ensino fundamental, ensino médio, profissionais liberais, servidores públicos etc.

1.7 PERÍODO DE REALIZAÇÃO De 04/03 a 07/06/2013

(3)

Ensino fundamental completo, idade mínima de 16 anos, possuir conhecimentos básicos de informática.

1.9 FORMA DE SELEÇÃO DOS ESTUDANTES

Prova escrita de múltipla escolha com conteúdos básicos sobre conhecimentos de informática e conhecimentos gerais.

1.10 CERTIFICAÇÃO CONFERIDA

Auxiliar técnico em Instalação e Reparo de Redes de Computadores.

1.11 CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO E CONCLUSÃO

O critério para o acompanhamento, avaliação da aprendizagem do aluno e conclusão do curso será feito por meio de relatórios de acompanhamento, no que se refere à disciplina, interação com a turma e domínio do conteúdo. Só receberá certificado de conclusão os alunos que obtiverem freqüência superior ou igual 90% e realizarem, no mínimo, 75% das atividades propostas pelo professor.

1.12 NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA 30 (trinta) alunos

1.13 NÚMERO DE TURMAS Duas (02) Turmas

2 INTRODUÇÃO

É fato que em todo o mundo, existe um acelerado processo de desenvolvimento de parte da sociedade impulsionado pelo acesso a informação e ao conhecimento. A cada dia que passa se torna mais notório que o nível de desenvolvimento de uma empresa está diretamente associado à capacidade de seus funcionários em fazer parte dessa sociedade e de dominar com eficiência as tecnologias de informação. Justamente por isso, é necessário e obrigatório que seus funcionários mantenham-se atualizados e não apenas dominando essas tecnologias,

(4)

mais também podendo utilizá-las como ferramentas para aperfeiçoar seu trabalho e seu dia-a-dia.

3 JUSTIFICATIVA

Estamos na era da “digitalidade”, da informação e da comunicação. Algumas pessoas têm contato com a tecnologia desde cedo. Apresentam uma bagagem de conhecimentos tecnológicos que lhes permitem ir sempre mais além. Isso faz pensar na progressão que boa parte da população, que não pertencem à essa geração digital, precisa adquirir não só para acompanhar esse desenvolvimento, mas principalmente os avanços que surgem em decorrência dessa geração digital.

Muitas pessoas ainda apresentam uma relação muito distante com esses recursos, seja por medo ou por falta de oportunidades de conhecê-los melhor, o que gera certo desconforto de sua parte quando se deparam com situações em que a utilização dos mesmos é essencial (bancos, supermercados, caixas eletrônicos, cartões de crédito, etc.). A tecnologia tem um papel importante em nosso dia-a-dia. Mesmo quem não tem computador em casa ou no trabalho convive com recursos tecnológicos e deles depende direta ou indiretamente.

Analisando esta situação elaborou-se a presente proposta visando proporcionar a comunidade de Bom Sucesso-MG o curso de “Instalador e Reparador de Redes de Computadores”. Tal proposta propiciará à comunidade um maior acesso ao conteúdo e o desenvolvimento de uma rede de computadores e que dela possa trazer benefícios para Bom Sucesso e região, seja na construção de redes pessoais ou comerciais de forma que a região possa usufruir de uma maneira melhor e segura de compartilhamento e a troca de informações. Deve-se destacar que na presente proposta entende-se a Inclusão Digital como um processo mais amplo do que apenas ensinar a utilização da tecnologia. O projeto pretende identificar as demandas dos participantes de forma a desenvolver contextos significativos do uso dos aplicativos.

Pretendemos que este projeto de ação social seja uma contribuição no processo de democratização da informação, formando cidadãos melhor informados e garantindo uma maior participação na vida da sociedade. Nesse sentido, estimulando o debate e avaliação das ações da comunidade.

(5)

4 OBJETIVO

4.1 OBJETIVO GERAL

Democratizar o acesso a modernas tecnologias a cidadãos pertencentes a comunidade de Bom Sucesso, oportunizando-lhes conhecimentos na área de Instalador e Reparador de Redes de Computadores, de forma a contribuir na sua formação para o exercício da cidadania em uma sociedade globalizada.

4.2 OBJETIVO ESPECÍFICO

Espera-se que a execução do curso os alunos sejam capazes de:  Conhecer arquiteturas, tipos e padrões de rede;

 Projetar redes identificando meios físicos, dispositivos e padrões de comunicação, reconhecendo as implicações de sua aplicação no ambiente de rede;

 Projetar redes lógicas e configurar os serviços de administração do sistema operacional de rede e protocolos de administração;

 Efetuar a construção de redes de computadores e configurar os principais serviços;

 Implantar soluções de redes de computadores utilizando diversas tecnologias (redes híbridas);

 Instalar servidores para utilização em redes de computadores;  Conceituar e implementar políticas de segurança;

 Aplicar políticas de segurança para administração e gerência de redes de computadores.

5 PROGRAMA DO CURSO

Disciplina Código Carga horária Total Carga horária semanal

Rede de Computadores I RC 01 60 15

Rede de Computadores II RC 02 60 15

Rede de Computadores III RC 03 60 15

(6)

6 METODOLOGIA

O foco principal do curso serão as aulas práticas no laboratório de informática. Todavia, o curso também será realizado com aulas expositivas com o propósito de apresentar os conceitos teóricos básicos. A fixação dos conceitos será realizada através de trabalhos complementares e explanação pelo professor com discussões envolvendo os alunos, trabalhos e grupos, etc. No final do curso, o aluno deverá ser capaz de Projetar uma Rede para uma empresa, dar manutenção em redes existentes, zelar pela segurança das informações.

7 CRONOGRAMA DE REALIZAÇÃO

Cronograma do curso em semanas, com início previsto para 04/03/2013 e término previsto para 07/06/2013.

1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª 8ª 9ª 10ª 11ª 12ª 13ª 14ª Inscrição X Matrícula X Início X RC 01 X X X X RC 02 X X X X RC 03 X X X X RC 04 X X X X X X Certificação X 8 RECURSOS 8.1 RECURSOS HUMANOS Corpo Docente

A definir, haverá um processo de seleção com prioridade para professores atuantes na Unidade de Extensão de Bom Sucesso.

(7)

Docentes nomeados para a UEBS, Área de Informação e Comunicação: 1- Teresinha Moreira de Magalhães – Regime de Dedicação Exclusiva.

Doutorado na área de Sistemas Computacionais – UFRJ (2009). Mestrado em Engenharia de Produção pela UFSC (2002). Especialização em Redes de Computadores pelo CESJF (2002). Especialização em Matemática e Estatística pela UFLA (2006).

Graduação em Processamento de Dados pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (2000)

2- Hernando José Rocha Franco – Regime de Dedicação Exclusiva. Graduação em Matemática

Bacharelado em Informática pela UFJF (1995).

Graduação em Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade Metropolitana de Santos (2009).

Especialização em Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2001). Mestrado Profissional em Educação Matemática pela UFJF (2011).

3- Wilker Rodrigues de Almeida – Regime de Dedicação Exclusiva. Graduado em Sistemas de Informação pela Doctum (2008) Mestre em Ciência da Computação pela UFV (2011)

Docentes em processo de contratação para entrar em exercício em agosto/2012 (01 vaga de cada área abaixo):

1- Regime de dedicação exclusiva com formação em: Bacharelado em Ciência da Computação, ou em Informática, ou em Matemática com ênfase em Computação.

Técnicos administrativos em exercício na UEBS

1- Karla Késia Alves Machado Junqueira – Assistente em Administração. Graduando em Administração de Empresas.

Técnicos administrativos em processo de contratação para entrar em exercício em agosto/2012 (01 vaga de cada área abaixo):

(8)

1- Técnico em Tecnologia da informação – Nível médio. 2- Pedagogo – Nível superior.

3- Assistente em Administração – Nível médio.

8.2 RECURSOS MATERIAIS NECESSÁRIOS (Infraestrutura)

Recursos Quantidade

Laboratório de informática com 30 máquinas 01

Quadro branco para Laboratório de Informática 01

8.3 RECURSOS NECESSÁRIOS (material de expediente)

Recursos Quantidade

Impressora 01

Caneta azul para quadro branco 10

Caneta vermelha para quadro branco 05

Apagador para quadro branco 02

Projetor Multimídia 01

Caixa de Cabo Par Trançado Furukawa Cat. 5e c/ 305 metros 01

Conector RJ 45 500

Roteador Wireless DLink Di 524 02

Hub/Switch DLink c/ 8 portas 02

Alicate p/ Crimpagem c/ Trava p/ Conectores RJ11, RJ22 e RJ45 03

9 RESULTADOS ESPERADOS

Pretendemos, com a realização deste curso, contribuir para o processo de democratização da informação, formando cidadãos melhor informados e garantindo uma maior participação na vida da sociedade. Nesse sentido, estimulando o debate e avaliação das ações da comunidade. Pretende-se também, inserir pessoas no mundo do trabalho com conhecimento prático, capacitado a atuar juntamente nos meios de produção, agregando valor e otimizando a utilização dos recursos disponíveis, atendendo aos interesses sociais, econômicos e ambientais da comunidade.

(9)

10 CAMPO DE ATUAÇÃO

Após o término do curso, os profissionais formados poderão atuar nos seguintes segmentos do mercado:

 Indústrias e empresas em geral;

Lojas de equipamentos de informática e assistências técnicas. 11 COMPETÊNCIAS GERAIS

 Supervisionar a atividade de uma rede;

 Fazer intervir rapidamente técnicos em caso de congestão ou problemas de acesso;

 Possuir um conhecimento muito preciso dos equipamentos rede, dos diferentes protocolos de comunicação, dos modelos OSI e TCP/IP e das diferentes arquiteturas rede;

 Ser responsável pela gestão das contas dos utilizadores, desde a sua criação quando da chegada de novos funcionários até à sua destruição no momento da sua partida;

 Assegurar uma vigilância permanente para fazer evoluir a infraestrutura de rede da empresa, tendo em conta a evolução rápida das tecnologias e os suportes de transmissão;

 Ser encarregado de instalar dispositivos de proteção adaptados, supervisionar os registros de atividades e vigiar os alertas de segurança;

 Criar um plano de retomada que define as ações a tomar para restabelecer o acesso o mais rapidamente possível, respeitando a política de segurança da empresa.

12 COMPETÊNCIAS DAS DISCIPLINAS DISCIPLINA Objetivo

RC 01 Pretende-se oportunizar condições para que o aluno:

Conheça e saiba diferenciar os principais conceitos relacionados à rede de computadores, bem como os tipos de redes existentes hoje em dia. Diferenciar os principais meios utilizados para comunicação de dados. Identificar e diferenciar os principais componentes utilizados nas redes

(10)

de computadores, bem como a montagem de uma infraestrutura de rede em empresas de pequeno/médio porte; Desenvolver um projeto básico com o conteúdo apresentado até o momento.

RC 02 Apresentação das principais normas e equipamentos utilizados para a montagem e manutenção de uma rede utilizando o conceito de cabeamento estruturado; Apresentação dos principais protocolos de rede utilizados para o envio e recebimento de informações; Verificar o conceito de roteamento de informações, bem como a identificação dos dispositivos em uma rede; Desenvolver um projeto básico com o conteúdo apresentado até o momento.

RC 03 Apresentar os principais servidores utilizados em uma rede, bem como verificar o modo de implementação dos mesmos; Verificar os principais meios e modos de se manter a segurança das informações que trafegam na rede; Apresentação dos conceitos de políticas de manutenção de uma rede de computadores; Desenvolver um projeto básico com o conteúdo apresentado até o momento.

RC 04 Desenvolver um Projeto Final envolvendo o conhecimento adquiridos nos demais módulos.

13 PLANOS DE ENSINO

PLANO DE ENSINO – INSTALADOR E REPARADOR DE REDES DE COMPUTADORES. DISCIPLINA: Rede de Computadores I

CARGA HORÁRIA SEMANAL 15 h/a

CARGA HORÁRIA TOTAL 60 h/a

EMENTA

Introdução à rede de computadores; Tipos de redes e seus respectivos modos de comunicação; Componentes principais de uma rede; Diferença entre componentes utilizados para diferentes tipos de redes.

(11)

Pretende-se oportunizar condições para que o aluno:

• Conheça e saiba diferenciar os principais tipos e componentes de redes.

• Saiba identificar as reais necessidades de implantação de uma rede, de acordo com o seu objetivo.

ESPECÍFICOS

• Interaja e coopere no espaço de reflexão da disciplina, através do intercâmbio de experiências e informações, facilitando na construção e projeto de uma rede;

METODOLOGIA DE ENSINO

Trabalhos individuais e em grupo, utilização de laboratório com exercícios teóricos e práticos que possam auxiliar o treinamento, desenvolvimento e implantação de uma rede. Utilização do Projetor Multimídia.

RECURSOS AUXILIARES

Uso de softwares específicos para a simulação do comportamento dos dispositivos apresentados em sala de aula. Quadro branco, pincel e Projetor Multimídia

AVALIAÇÃO

Trabalhos teóricos e práticos em Laboratório CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE I - Introdução às Redes de Computadores 1.1. Conceitos básicos.

1.2. Histórico das redes de computadores 1.3. Tipos de redes.

1.4. Classificação das redes de computadores 1.4.1. Rede Local (Local Area Network – LAN)

1.4.2. Rede Metropolitana (Metropolitan Area Network – MAN)

1.4.3. Redes geograficamente distribuídas (Wide Area Network – WAN) 1.5. Componentes de uma rede de computadores

1.6. Métodos de acesso e técnicas de comutação

UNIDADE II - Dispositivos utilizados em redes de computadores 2.1. Meios de transmissão de dados

(12)

2.2.1. Par trançado 2.2.2. Coaxial 2.2.3. Fibra óptica 2.2.4. Wireless 2.3. Interconexões de redes 2.4. Dispositivos concentradores 2.5. Dispositivos concentradores UNIDADE III – Projeto de Redes

3.1. Entrevista com o cliente e Análise de requisitos 3.2. Apresentação de uma proposta inicial

3.3. Recursos utilizados

3.4. Apresentação do projeto final

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

KUROSE, James F; ROSS, Keith W. Rede de Computadores e a Internet: uma nova. São Paulo: Addison Wesley, 2003.

TANEBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. 3. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997. TORRES, Gabriel. Redes de Computadores: curso completo. Rio de Janeiro: Axcel Books do Brasil Editora, 2001

COMPLEMENTAR:

CYCLADES BRASIL. Guia internet de conectividade: atualizado e ampliado. São Paulo: Cyclades Brasil, 1999.

GASPARINI, Anteu Fabiano L. Projetos para Redes Metropolitanas e de Longa Distância. São Paulo: Ciência Moderna, 1999.

(13)

DISCIPLINA: Rede de Computadores II CARGA HORÁRIA SEMANAL

15 h/a

CARGA HORÁRIA TOTAL 60 h/a

EMENTA

Apresentação às normas de implantação de uma rede; Conceito de cabeamento estruturado;

Componentes de redes;

Modelos e Protocolos de comunicação de dados; OBJETIVOS

GERAIS

Capacitar ao aluno ao desenvolvimento e implantação de uma rede de computadores utilizando e obedecendo as principais normas, bem como identificando as principais necessidades do ambiente a ser trabalhado.

ESPECÍFICOS

Tornar o aluno apto a projetar redes utilizando cabeamento estruturado e os principais protocolos existentes.

METODOLOGIA DE ENSINO

Trabalhos individuais e em grupo, utilização de laboratório com exercícios teóricos e práticos que possam auxiliar o treinamento, desenvolvimento e implantação de uma rede. Utilização do Projetor Multimídia.

RECURSOS AUXILIARES

Uso de softwares específicos para a simulação do comportamento dos dispositivos apresentados em sala de aula. Quadro branco, pincel e Projetor Multimídia.

AVALIAÇÃO

Trabalhos teóricos e práticos em Laboratório CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I - Redes Locais de Computadores 1.1. Conectividade

(14)

1.3. Regras de projeto de cabeamento estruturado 1.3.1. Conceitos Básicos 1.3.2. Tipos de Cabeamento 1.3.3. Normas 1.3.4. Cabeamento Horizontal 1.3.5. Cabeamento Dorsal

1.3.6. Área de Trabalho, Armário de Telecomunicações e Sala de Equipamentos 1.3.7. Projeto de cabeamento estruturado

Unidade II - Protocolos

2.1. Fundamentos de TCP/IP

2.2. Roteamento, Sub-redes, Ping e Traceroute 2.3. Introdução ao modelo ISO/OSI

2.4. Pilha de protocolos TCP/IP (DNS, ARP, RARP, IP, ICMP, UDP, TCP, FTP, POP, SMTP)

2.5. Request For Comment (RFC) Unidade III – Projeto de Redes

3.1. Implementar os conceitos de Cabeamento estruturado 3.2. Implementar os protocolos que serão utilizados

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

KUROSE, James F; ROSS, Keith W. Rede de Computadores e a Internet: uma nova. São Paulo: Addison Wesley, 2003.

TANEBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. 3. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997. TORRES, Gabriel. Redes de Computadores: curso completo. Rio de Janeiro: Axcel Books do Brasil Editora, 2001

COMPLEMENTAR:

CYCLADES BRASIL. Guia internet de conectividade: atualizado e ampliado. São Paulo: Cyclades Brasil, 1999.

GASPARINI, Anteu Fabiano L. Projetos para Redes Metropolitanas e de Longa Distância. São Paulo: Ciência Moderna, 1999.

(15)

DISCIPLINA: Rede de Computadores III CARGA HORÁRIA SEMANAL

15 h/a

CARGA HORÁRIA TOTAL 60 h/a

EMENTA

Apresentação dos servidores mais comuns utilizados em rede de computadores; Instalação e manutenção em servidores de rede;

Conceitos de segurança da informação; Segurança e redes;

Criptografia;

Políticas de segurança. OBJETIVOS

GERAIS

Abordar a implantação e manutenção de servidores de redes para os mais variados tipos de serviços, bem como verificar os principais conceitos de segurança das informações voltados para redes de computadores.

ESPECÍFICOS

Apresentar as principais técnicas e normas quantos a implantação e segurança de servidores de rede.

METODOLOGIA DE ENSINO

Trabalhos individuais e em grupo, utilização de laboratório com exercícios teóricos e práticos que possam auxiliar o treinamento, desenvolvimento e implantação de uma rede. Utilização do Projetor Multimídia.

RECURSOS AUXILIARES

Uso de softwares específicos para a simulação do comportamento dos dispositivos apresentados em sala de aula. Quadro branco, pincel e Projetor Multimídia

(16)

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I - Instalação e configuração de servidores 1.1. Conceitos básicos a respeito de servidores 1.2. Servidor de aplicação

1.3. Servidor de conta e de arquivos 1.4. Servidor de impressão

1.5. Servidor de acesso remoto 1.6. Servidor de banco de dados 1.7. Servidor Web

1.8. Servidor de correio eletrônico 1.9. Servidor de FTP

1.10. Proxy transparente e com autenticação Unidade II - Segurança em Redes de Computadores 2.1. Conceitos básicos em segurança de redes 2.2. Segurança física da rede

2.3. Segurança lógica da rede 2.4. Firewall e Scanners 2.5. Proxy Server

2.6. Conceitos de criptografia 2.7. Segurança de servidores 2.8. Políticas de Segurança 2.9. Estudo de Caso (Prático) Unidade III – Projeto de redes 3.1. Implementar servidores

(17)

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

KUROSE, James F; ROSS, Keith W. Rede de Computadores e a Internet: uma nova. São Paulo: Addison Wesley, 2003.

TANEBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. 3. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997. TORRES, Gabriel. Redes de Computadores: curso completo. Rio de Janeiro: Axcel Books do Brasil Editora, 2001

COMPLEMENTAR:

CYCLADES BRASIL. Guia internet de conectividade: atualizado e ampliado. São Paulo: Cyclades Brasil, 1999.

GASPARINI, Anteu Fabiano L. Projetos para Redes Metropolitanas e de Longa Distância. São Paulo: Ciência Moderna, 1999.

(18)

DISCIPLINA: Rede de Computadores IV CARGA HORÁRIA SEMANAL

Livre

CARGA HORÁRIA TOTAL 20 h/a

EMENTA

Projeto de Redes. OBJETIVOS

GERAIS

Iniciar um projeto de rede, utilizando todos os conceitos apresentados durante o curso.

ESPECÍFICOS

Ter uma rede projetada de acordo com os requisitos apresentados pelo cliente, bem como com a utilização das principais normas e serviços disponíveis para o desenvolvimento. METODOLOGIA DE ENSINO

Acompanhamento do status do projeto, com reuniões diárias com as equipes, avaliando o andamento de cada fase.

RECURSOS AUXILIARES

Uso de softwares específicos para a simulação do comportamento dos dispositivos apresentados em sala de aula. Quadro branco, pincel e Projetor Multimídia

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Unidade I – Projeto de redes

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

KUROSE, James F; ROSS, Keith W. Rede de Computadores e a Internet: uma nova. São Paulo: Addison Wesley, 2003.

TANEBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. 3. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997. TORRES, Gabriel. Redes de Computadores: curso completo. Rio de Janeiro: Axcel Books do Brasil Editora, 2001

(19)

14 REFERENCIAL TEÓRICO

AZANHA, J.M.P. Proposta pedagógica e autonomia da escola, São Paulo, Secretaria da Educação de São Paulo – Coordenadoria de Ensino do Interior, 1997.

Cury, C.R.J. Flexibilidade e avaliação na nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, in: C.R.J. Cury.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FRIGOTTO, Gaudêncio e CIAVATTA, Maria (orgs.). A Formação do Cidadão Produtivo: a cultura de mercado no ensino médio técnico. Brasília: Inep/Mec, 2006.

INEP, Evolução da educação básica no Brasil, Brasília, MEC/INEP, 1997.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Editora 34, 1998.

SANTOS, Boaventura de Sousa (org.). Produzir para Viver: os caminhos da produção não capitalista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

VEIGA, S. M. (org.) Associações: como constituir sociedades sem fins lucrativos. Rio de Janeiro: DP&A:Fase, 2001.125p. (Série Economia Solidária, 4).

Imagem

Referências

temas relacionados :