USO DE CORES. Ruy Alexandre Generoso

Texto

(1)

USO DE CORES USO DE CORES

Ruy Alexandre Generoso Ruy Alexandre Generoso

(2)

Cor Cor éé a sensaa sensaçção ou o efeito fisiolão ou o efeito fisiolóógico gico que produz a decomposi

que produz a decomposiçção da luz branca ão da luz branca em radia

em radiaçções com larguras variões com larguras variááveis.veis.

DEFINIÇÃO DE COR

(3)

AS CORES

Proporcionam uma importante dimensão na comunicação visual.

Dependem:

- das particularidades dos recursos visuais;

- de fatores humanos;

- do contexto.

(4)

PRINCÍPIOS BÁSICOS

O uso de cores em interfaces permite:

O uso de cores em interfaces permite:

mostrar as coisas conforme são vistas na natureza;

representar associações simbólicas;

chamar e direcionar a atenção;

enfatizar alguns aspectos da interface;

determinar um estado de espírito;

auxiliar na identificação de estruturas e processos;

diminuir a ocorrência de erros;

tornar uma interface mais fácil de ser memorizada.

(5)

CUIDADOS BÁSICOS

uma escolha não adequada pode interferir na legibilidade;

as cores podem apresentar características distintas em condições diferentes;

as cores devem ser selecionadas de modo a não causarem fadiga nos olhos do usuário e nem deixá-lo confuso;

(6)

CUIDADOS BÁSICOS

grupo de usuários do futuro sistema deve ser analisado; as mesmas cores podem ser associadas a situações distintas por diferentes comunidades;

alguns elementos da tela são agrupados com as mesmas cores. Deve-se tomar um cuidado para não se agrupar elementos que não possuem nenhuma relação entre si de modo a não induzir o usuário a conclusões erradas.

(7)

O OLHO HUMANO

As imagens são formadas sobre a retina, uma área sensível à luz localizada no fundo do olho.

Na retina estão localizados dois tipos de células fotoreceptoras: os bastonetes e os cones.

Os bastonetes distinguem apenas a presença e a ausência de luz ou tons intermediários;

Os cones percebem as cores.

(8)

O OLHO HUMANO

(9)

A quantidade de cones para o verde, verde vermelho

vermelho e azul varia na proporção de azul 40:20:1, respectivamente.

O OLHO HUMANO

Percebemos uma quantidade muito maior de matizes de verde que de vermelho ou azul.

(10)

O OLHO HUMANO

A visão das cores só é possível devido a combinação das três classes de receptores produzindo uma tripla de respostas para cada comprimento de onda.

Os cones são ativados simultaneamente quando estimulados por ondas de comprimento médio e longo (verde e vermelho), fazendo com que num grande intervalo de tamanhos de onda as cores não sejam diferenciáveis.

(11)

O OLHO HUMANO

A acomodação e convergência do cristalino, porém, depende da cor que o objeto visualizado porque as ondas verde, azul e vermelha convergem a diferentes distâncias da retina.

(12)

O OLHO HUMANO

Na figura, apenas as ondas verde estão em foco; ondas vermelhas (longas) convergem além da superfície da retina, verdes sobre a retina e azuis convergem na parte frente da retina. Para focalizar objetos avermelhados o cristalino deve tornar-se mais convexo, como se o objeto estivesse próximo do observador.

Para focalizar objetos azuis, o cristalino fica menos convexo como se objeto estivesse distante .

(13)

O resultado prático é que o olho sofre uma acomodação toda vez que tenta visualizar uma área de cor diferente; por isto cores muito intensas na interface podem causar fadiga visual.

O OLHO HUMANO

(14)

A interrupção do movimento do olhos pode reduzir temporariamente a sensibilidade dos cones produzindo imagens posteriores (afterimages). Isto pode ser facilmente experimentado observando-se por 30 segundos fixamente para uma área preenchida com uma única cor, e a seguir mudando-se o foco para uma folha de papel branco; nela se formará uma imagem semelhante em forma mas nas cores complementares da figura original.

O OLHO HUMANO

(15)

O OLHO HUMANO

Fixe sua vista no ponto preto por 20 segundos. Após mire seus olhos em uma parede branca e verás a Bandeira brasileira com todas as suas cores.

(16)

Fixe o olhar no ponto central;

Mova a cabeça para frente e

para trás;

veja a figura se mover!!

O OLHO HUMANO

(17)

Analise as duas bolinhas

vermelhas;

Qual é maior?

Ambas são do mesmo

tamanho!!

O OLHO HUMANO

(18)

Isto é uma Gif animada?

O OLHO HUMANO

Não. É uma imagem estática!!

(19)

Isto é uma Gif animada?

O OLHO HUMANO

Não. É uma imagem estática!!

(20)

Será que as linhas

horizontais são paralelas ou

não?

São paralelas!!

O OLHO HUMANO

(21)

Olhe fixamente no centro da arara durante 40 segundos e olhe dentro da

gaiola.

Veja a arara, mas com mudança de

cor!!

O OLHO HUMANO

(22)

O OLHO HUMANO

Quantos tons de verde e

vermelho temos?

Somente um!!

(23)

O OLHO HUMANO

Quantas

bolinhas pretas temos?

Quantas estão piscando?

Nenhuma!!

(24)

30¼

1

2

3

O OLHO HUMANO

A capacidade de percepção das cores está diretamente relacionada ao campo visual, que é o espaço que o olho abrange quando está imóvel , porque a distribuição das células foto receptoras não é uniforme. Na área central, existem apenas células do tipo cone (1). No campo central (2) existem células do tipo cones e bastonetes, sendo os últimos em número maior.

Na área periféricas encontram-se apenas bastonetes (3).

(25)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

São os vários tons de cinza, situados entre o branco e o preto. Não exibem nenhuma matiz, pois a luz que refletem não gera nenhum sinal da retina de diferente cor. Um preto perfeito absorve toda energia luminosa incidente enquanto um branco perfeito reflete toda luz, mas tais cores raramente são encontradas completamente puras.

AS CORES ACROM

AS CORES ACROMÁÁTICASTICAS

(26)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

BRANCO BRANCO

É a cor que possui a maior leveza ao atrair a atenção para um fundo escuro. Uma interface com o fundo branco fornece a máxima legibilidade para um texto escuro, mas seu intenso brilho pode causar problemas ao se olhar para ela por um período prolongado; áreas extensas de branco geralmente resultam em um brilho que dilui as cores exibidas. Deve-se evitá-la também nos cantos da interface devido à sensibilidade do olho para flicker no campo visual periférico.

(27)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

ASSOCIA

ASSOCIAÇÇÕES DO ÕES DO BRANCOBRANCO

Neve, Asseio, Pureza, Inocência, Paz, Leveza e Limpeza, Frio, Hospital, Vulnerabilidade, Palidez fúnebre, Rendição e esterilidade

(28)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

PRETO PRETO

Age como um estimulante para as demais cores e se harmoniza bem com todas. Apesar de muitas conotações negativas, sua conformidade e anatomia indiferenciada fazem dela um padrão para várias situações: traje noturno, roupa de anarquistas e fascistas, grupo de adolescentes.

Objetos brilhantes aparentam ser mais escuros do que objetos foscos e as superfícies pretas geralmente se tornam mais negras à medida que o nível de iluminação aumenta.

(29)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

ASSOCIA

ASSOCIAÇÇÕES DO PRETOÕES DO PRETO

Noite, Carvão, Poder, Estabilidade, Formalidade Solidez, Medo, Vazio, Morte, Segredos, Anonimato e Maldição

(30)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

VERMELHO VERMELHO

Tem o maior impacto emocional universal, devido à sua associação com o sangue e o fogo.

Seu significado varia com diferentes culturas: na Inglaterra simboliza a "realeza"; nos EUA denota

"perigo", na China, "revolução"; na Índia, "casamento".

Eficiente quando usada nas interfaces para sinalizar algum perigo ou chamar a atenção. Mas deve ser evitada em áreas amplas ou como cor de fundo; trata-se de uma cor dominante e agressiva.

(31)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

VERMELHO VERMELHO

É estimulante mental. Aumenta a tensão muscular, a pressão sangüínea e, em conseqüência o ritmo respiratório. É uma cor quente e excitante. Na tonalidade rosa é a cor preferida das mulheres.

Aumenta a atividade sexual nos homens.

(32)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

ASSOCIA

ASSOCIAÇÇÕES DO VERMELHOÕES DO VERMELHO

Vitória, Paixão, Amor, Força, Energia e Sexualidade, Sangue, Guerra, Fogo, Perigo, Raiva e Satanás

(33)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

AMARELO AMARELO

Cor incandescente com grande qualidade acolhedora. Sua associação imediata com o sol faz com que ela simbolize a vida e o calor.

Por ser a mais clara de todas as matizes é um bom indicador de atividade: é a cor adequada para indicar a janela ativa ou, como pode ser observado em diversas homepages, para o ícone que representa uma página em construção. Não deve ser usada para cor de texto a não ser com fundo preto ou azul escuro.

(34)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

Estimulante mental, indicado para ser usado em situações de calma, reflexão. Diminui a fadiga visual e, conseqüentemente, tem ação lenitiva sobre o sistema nervoso. Na tonalidade palha é indicada para pintura de dormitórios, gabinetes de trabalho e de estudo. É a cor de maior intensidade.

AMARELO AMARELO

(35)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

ASSOCIA

ASSOCIAÇÇÕES DO AMARELOÕES DO AMARELO

Sol, Verão, Serenidade, Ouro, Colheita e Inovação, Covardia, Traição, Ciúmes, Risco, Doença e Loucura

(36)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

VERDE VERDE

Intimamente ligada à natureza; é a cor da vegetação e se tornou a marca dos movimentos ambientalistas. O idéia tradicional de que a plantação significa uma certa estabilidade resultou na associação do verde com o sentimento de segurança, e por isso indica a passagem, a continuidade, como no sinal de trânsito. É a cor recomendada quando se deseja informar que está tudo normal.

(37)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

VERDE VERDE

O olho humano é mais sensível aos comprimentos de onda próximos ao amarelo-verde. Assim, é muito propícia quando se deseja passar rapidamente uma informação. Tem destacado efeito calmante, dilatando os capilares e abaixando a pressão sangüínea mas, já está provado, que verde em excesso pode resultar em uma aparência doentia.

É eficaz contra a irritabilidade nervosa, a fadiga e a insônia. É uma cor fria e, neste particular, tem as mesmas aplicações do azul.

(38)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

ASSOCIA

ASSOCIAÇÇÕES DO VERDEÕES DO VERDE

Vegetação, Natureza, Primavera, Fertilidade, Esperança, Segurança, Decadência, Inexperiência, Inveja, Ganância, Fuga à realidade e Má Sorte

(39)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

AZULAZUL

Por ser a cor do céu e mar, o azul sugere ar, espaço e profundidade, dando a sensação de maior amplitude, como ocorre com as cores frias. Sendo uma cor fria dá a sensação de frescor aos ambientes, o que lhe dá a preferência na pintura de locais quentes, como: casas de caldeiras, de tratamento térmico, cozinhas, etc. É a cor predileta das crianças e também dos homens.

(40)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

AZULAZUL

É uma cor suave e a mais tranqüila de todas; tem uma grande capacidade de relaxar e tranqüilizar as pessoas. Diminui o ritmo respiratório em virtude de baixar a tensão muscular e a pressão sangüínea. O azul inspira a paz e a introspecção.

Porém, o excesso de exposição ao azul causa fadiga ou depressão.

Simboliza autoridade e espiritualidade, sendo a cor mais amplamente usada nas bandeiras nacionais, mostrando assim, o desejo de unidade e estabilidade.

(41)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

AZULAZUL

Como o olho humano é menos sensível aos comprimentos de onda do azul, o azul é uma cor difícil de ser focalizada e de se obter um bom contraste; não deve assim ser usada para texto nem detalhes finos. É uma excelente cor para o fundo, principalmente porque pode-se tirar proveito de sua qualidade de expansão e profundidade infinita.

(42)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES

ASSOCIA

ASSOCIAÇÇÕES DO AZULÕES DO AZUL

Céu, Mar, Espiritualidade, Estabilidade, Paz e Unidade, Frio, Depressão, Melancolia, Obscenidade, Mistério, Conservadorismo

(43)

CARACTERÍSTICAS DAS CORES - TIPOS

Cores quentes ou luminosas:

amarelo laranja vermelho violeta

Cores frias ou sombrias:

azul

turquesa

verde-escuro e verde-vivo

(44)

CONCLUSÕES

A cor é um componente que pode exercer forte influência na vida diária de uma pessoa, e merece uma atenção especial quando se trata de comunicação. Por ser capaz de interferir nos sentidos, emoções e intelecto, pode ser usada para se atingir objetivos específicos. Assim, pode ser deliberadamente usada nas interfaces para torná-las mais fáceis de serem usadas e atraentes.

(45)

CONCLUSÕES

Seu uso deve ser feito com cuidado, pois se usadas de forma não apropriada, podem causar resultados desastrosos. Como muitas vezes age no inconsciente de uma pessoa, é um dos parâmetros que deve ser muito bem compreendido; seu uso incorreto pode trazer resultados indesejáveis que nem chegam a ser notados. Sem mesmo perceber, uma pessoa pode simplesmente rejeitar um sistema por questão de não adequação às cores empregadas.

(46)

CONCLUSÕES

Essa combinação adequada de cores deve ser selecionada ao se desenvolver um padrão default para o sistema. Porém como as associações de cores são dependentes de diversos fatores, como idade, cultura, etc, o default pode não ser o mais indicado. É essencial que o sistema permita ao usuário alterá-las. Uma boa interface deve atender às expectativas dos usuários; esses, por sua vez, esperam poder customizá-las. Isso implica que uma interface bem projetada deve permitir que uma pessoa tenha liberdade de escolher seus aspectos visuais, entre eles, suas diversas cores.

Imagem

Referências

temas relacionados :