• Nenhum resultado encontrado

MEMORIAL DESCRITIVO - INSTALAÇÕES ELÉTRICAS - QUADRA POLIESPORTIVA.pdf

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "MEMORIAL DESCRITIVO - INSTALAÇÕES ELÉTRICAS - QUADRA POLIESPORTIVA.pdf"

Copied!
7
0
0

Texto

(1)

M

MEMORI

EMORIAL

AL D

DES

ESCRITI

CRITIV

VO

O

PRO

PROJJ ETO

ETO ELÉTR

ELÉTRIICO

CO

Qu

Qua

adr

dra

a P

Polie

oliesport

sportiv

iva

a

P

(2)

Sumário:

Sumário:

1_ Introdução 1_ Introdução 2_ Edificação 2_ Edificação 3_

3_ EnEntratradada e Medição de e Medição de EnEnergiergiaa

4_ Iluminação e Tomadas 4_ Iluminação e Tomadas 5_ Aterramento 5_ Aterramento 6_ Dimensionamentos 6_ Dimensionamentos

(3)

1_ INTRODUÇÃO 1_ INTRODUÇÃO Este

Este projeto projeto temtem comcomo o objetivobjetivo o aapresenpresentar jtar juunnto to aao o CREA as instalCREA as instalaaçõesções el

elétriétricacas s de de QuQuaadra Poldra Polieiesportisportivva Paa Padrãdrão o 1A 1A 1919mm x 32x 32,9,90m0m. . O O projeprojeto to seráserá pa

padrão drão papara ra ququaadras dras comcom a dima dimenensão são especificaespecificada da e e localocalizlizaadas das sob sob a área dea área de forn

fornecimecimenento dto daa CELCELGG (Cen(Centrais Eltrais Elétricas de Goiáétricas de Goiás)s) .. Pa

Para ra elelaaboboraraçãção o dedeste ste prprojeojeto to foforaram m conconsusultaltadadas s aas s nnormormaass reg

reguulalammenentatadoradoras s localocais is aassim comssim como o tatammbébém m a a NNBR BR 54541010, , papara ra quque e aass in

instalstalaações ções possapossam ser m ser feifeitatas s com mcom maaior ior segusegurarannçaça, , resperespeitaitanndo do todos todos osos critérios

critérios de de seletiseletivvidaidade de comcomo o tatammbémbém, , conconsiderasideranndo-se do-se os os prinprincípicípios os dede con

conservservaaçãção o de de enenergergiaia, , aatratravvés és da da rereduduçãção o de de peperdardas s nnaas s ininstastalalaçõesções elétricas.

elétricas. O

O projeto projeto estáestá sensendo apresendo apresentado emtado emformformaa de desenhde desenho emo em uummaa praprannchacha tipo A1

tipo A1 comcomaa seguseguininte cte cononteúteúdo:do:

§ § 1/1/22

Plan

Plantata BaixBaixaa ElétricElétrico o – – IlumIlumininaçãação o e e TomTomadaadass LLegenegendada e e NNotasotas

Quadro de Cargas Quadro de Cargas Diagram

Diagramaa UnifilaUnifilarr

§ § 2/2/22

Detalh

Detalhes es LuLumminináária, ria, CaixCaixaa de de PassagemPassageme e CaixCaixaa de de AterrAterraammenentoto Especificação de Material

Especificação de Material LListaista de de MaMateriateriall

Mem

Memorialorial de Cálcude Cálculolo 2_ EDIFICAÇÃO

2_ EDIFICAÇÃO A

A obra emobra em ququestão estão é é constituconstituída por ída por uumma Quaa Quadra Podra Poliesportivliesportiva coa comm áárearea total 625,10 m2.

total 625,10 m2. 3

3_ EN_ ENTRTRADADA DO QUADA DO QUADRO DE RO DE DISTRDISTRIBUIÇÃO DEIBUIÇÃO DE ENENERERGIAGIA DADA QUADQUADRARA O

O susupriprimmenento to de de enenergergia do ia do QuQuaadro dro GGeraeral l de de EEnnergergia da ia da EscoEscola la éé EX

EXISISTETENTNTE E e e feito feito pela concessionápela concessionária ria local local (CEL(CELG.). G.). A A aalimlimenentaçãtação o do do ququaadrodro de distribuição de energia da Quadra é originado a partir do quadro geral da de distribuição de energia da Quadra é originado a partir do quadro geral da

(4)

A

A chchaavve e gegeraral l do do ququaadro dro de de distridistribubuiçãição o de de enenergergia da ia da QuQuaadra dra seráserá con

constitustituída de ída de disjudisjunntor tor termtermomomaagngnético ético trifátrifásico sico de de 330A, 0A, tatal l disjudisjunntor tor seráserá respon

responsávsávelel pelapela aalimlimenentaçãtação de to de todaoda aa QuQuaadra.dra. 4

4_ ILUMIN_ ILUMINAÇÃO EAÇÃO E TTOMADAOMADASS O

O sistemsistema a de de ililuummininaaçãção o e e tomtomaadadas s da da QuQuaadra dra PolPolieiesporsportivtiva a teráterá ca

cararacterísticacterística de acordo cde acordo comomaas s espeespecificificacações ções concontidatidas s nnaa praprannchchaa 1/2.1/2. A

A iluilummininaação ção foi foi calcalcuculalada da com bacom base se nnaas s nnecessidades ecessidades e e finfinaalidalidade de dodo ambiente e de acordo comas normas técnicas brasileiras, NBR 5413 Iluminância ambiente e de acordo comas normas técnicas brasileiras, NBR 5413 Iluminância de In

de Interiores teriores e Ne NTTD-04 D-04 CELCELG.G. A

A lâlâmmpapada dda deveverá ser erá ser de de VapVapor or MetáliMetálico co 440000WW e e a lua lumminináária deveria deverá srá serer Projetor emalumínio anodizado brilhante.

Projetor emalumínio anodizado brilhante.

As tomadas deverão ser Monofásicas F+N+T. As tomadas deverão ser Monofásicas F+N+T. Os

Os eleeletrodutrodutos tos devdeverãerão o ser de ser de Ferro GaFerro Galvlvaannizizaado do ¾¾” ” aapaparenrente te paparara in

inststaalalação dção das luas lumminináriaárias, s, e de de Pe PVC VC ¾¾” ” emembubutidtido o paparara ininsstalatalação dção das tas tomomaadas.das. 5_ ATERRAMENTO

5_ ATERRAMENTO Dev

Deverá será ser er constrconstruuída umída uma caixa caixa de a de aterramaterramenento to ininterterliganligando do a a babarra rra dede cob

cobre re tiptipo o CopCoperwerweleld d de de 3m de 3m de comcomprprimimenento to à à cacarcarcaça ça do do ququaadro dro dede dis

distribuiçãtribuição o da Qda Quuaadra. dra. As As tomtomadaadas, s, e e aas s carcaçacarcaças s das das LuLumminináriaárias s deverão serdeverão ser in

interligaterligados dos aao o aaterramterramenento to e e ququaaisquisquer er ououtros tros elemelemenentos tos quque e vvenenhhaamm a sera ser en

energergizizaados dos ou ou exexpostos postos a a eleletricietricidadade. de. A A cacaixixa a aaterraterrammenento to devdeverá erá serser in

interligaterligadada aa mmaalhlhaa ouou ououtro tro ponponto to de aterrade aterrammenento to exexistente daistente da escola.escola. 6_ DIMENSIONAMENTOS

6_ DIMENSIONAMENTOS 6

6.1.1_ _ CONDCONDUTUTOREORES S EE ELELETETRODRODUTUTOSOS

Para o cálculo dos condutores desta instalação elétrica; foi definido que Para o cálculo dos condutores desta instalação elétrica; foi definido que os

os conducondutores tores seriaseriammde cobre cde cobre comomisolaisolammenento to de PVC de PVC 1kV pa1kV parara aa aalimlimenentaçãtaçãoo dos

dos ququaadros dros de de DiDistribstribuuiçãição o e e cobcobre re com icom isolasolammenento to PVC PVC 75750V 0V papara ra osos circuitos dos equipamentos.

circuitos dos equipamentos. Atra

Atravvés és dada NNBR-5BR-541410 0 determdetermininaammos os aas s seguseguinintes tes condições:condições:

-- MaManneieira ra de de InInstastalalar r nna a tatabebela 2la 28 8 refref. . B-1 B-1 “Con“Condudutores tores isolisolaados, dos, cacabosbos

u

unnipolipolaares res ou ou mmuultipolltipolaares res em em eleeletrodutroduto to emembubutido tido em em aalvlvenenaariaria” ” ee “Condu

“Condutores tores isolaisolados dos ouou cabcabos os uunnipolaipolares res ememeletrodueletroduto to aapaparenrente dte de se seçãoeção circul

circulaar r sobre sobre paparede rede ouou espaespaçado daçado da mmesmesmaa”.”.

-- TTememperaperatuturaras s cacararacterísticacterísticas s dos dos concondudutores, tores, tatabelbela 3a 30 0 ref. ref. “Cloreto “Cloreto dede

Poliv

Polivininilaila ( PVC)”.( PVC)”. Pa

Para ra cacalculculalar r os os concondudutores tores dos dos circircucuitos itos termtermininaais is e e circircucuitos itos dede distribu

(5)

im

importanportante te ressaltaressaltar r quque e o o critério critério de de aammpapacidade cidade observobservouou--se se aas s ququestõesestões relacionadas a:

relacionadas a:

 – 

 –  Rendimento;Rendimento;  – 

 –  Fator de potência;Fator de potência;  – 

 –  Fator de utilização;Fator de utilização;  – 

 –  Fator de demanda;Fator de demanda;  – 

 –  Temperatura;Temperatura;  – 

 –  Agrupamento e Proximidades dos eletrodutos, sendo que neste caso fez-seAgrupamento e Proximidades dos eletrodutos, sendo que neste caso fez-se

observ

observâânnciacia aa disposição hdisposição horizonorizontaltal e ve vertical.ertical. Pa

Para ra o o dimdimenensionsionaammenento to de de ququeda eda de de tentensãsão o observobservouou-s-se e os os limlimitesites estabelecidos nas normas técnicas vigentes.

estabelecidos nas normas técnicas vigentes. Pe

Pelo lo exexpoposto sto aadotodotouu-se -se a a mmaaioior r bibitoltola a quque e os os rereffereridoidos s cricritértérioioss indicaram.

indicaram.

Sendo assim, os dimensionamentos foramdeterminados como se segue: Sendo assim, os dimensionamentos foramdeterminados como se segue: 6.

6.2_2_CORCORRERENNTTEE DEDE PROPROJJ ETETO (IO (IB):B):

IIBB =P=Pnn* a * u* a * u * i * d * i * d * e * f  * e * f  

onde: onde: Pn

Pn = pot= potênênciacia nnomomininaal, depenl, depende de cada de de cada circucircuito.ito. a

a = 1 /= 1 / ffpp**ηη,, ƒƒp = fator de potência,p = fator de potência, ηη = rendimento= rendimento ƒ

ƒp = p = 00,,990 0 paparara circuicircuito dto de ilue ilummininaação,ção,ƒƒp = 1,p = 1,0 0 paparara circucircuito de foito de forçarça η

η = = 0,0,880 0 paparara circuicircuito to de ilude ilummininaação ,ção , ηη = 1= 1,0 ,0 paparara circucircuito de foito de forçarça

u

u = = fafator tor de utilide utilizazaçãoção u u = 1,= 1,00 i = fator de demanda i = fator de demanda i = 1,0 i = 1,0

d = prev. de aumento de carga d = prev. de aumento de carga d

d = = 1,1,0 0 paparara circuicircuitos tos de ilude ilummininaaçãoção d

d = = 1,1,0 0 paparara circucircuitos ditos de forçae força e ale alimimenentataçãção o geragerall e

(6)

K1 = fator de correção de temperatura K1 = fator de correção de temperatura K2 = fator de agrupamento

K2 = fator de agrupamento

K3 = fator de agrupamento de dutos (K3=1) K3 = fator de agrupamento de dutos (K3=1)

Da

Datatabebelala 35 35 dada NNBR-54BR-541010, , temtemos paos parara aa concondiçãdição deste o deste projeprojeto:to: K1 = 1,06

K1 = 1,06 Da

Datatabebelala 37 37 dada NNBR-54BR-541010, , temtemos paos parara aa concondiçãdição deste o deste projeprojeto:to: K2 = 0,80; e

K2 = 0,80; e K2

K2 = = 1,1,00 00 paparara aalimlimenentaçãtação geral.o geral. De p

De posse daosse da correcorrennte te “ I “ I ” ” detedetermrmininaammos aos a bibitolatola do condo condudutor peltor pelaa TTaabebelala 3131 da

da NNBRBR 5541410. 0. O s O s resuresultaltados são ados são apresenpresentatados nados na tatabelbelaa aababaixixo:o: CIRC

CIRCUITUITO O CORCORRERENNTTEE

((AA)) PePelaMínMínimla TimaTaas abes – belala – – Ad– 43Adota43, , Seçõeotado Seçõessdo nnoo Projeto Projeto 1 1 II11= = 1177,,9 9 22,,5 5 mmmm22 2 2 II22= = 1177,,9 9 22,,5 5 mmmm22 3 3 II33= = 1177,,9 9 22,,5 5 mmmm22 4 4 II44= = 99,,880 0 22,,5 5 mmmm22 5 5 II44= = 99,,880 0 22,,5 5 mmmm22 6 6 II44= = 99,,880 0 22,,5 5 mmmm22 G Geerraal l IItt= = 2299,,6 6 66,,0 0 mmmm22 6.

6.3_ 3_ CÁLCÁLCULCULO PELO PELAA QUEQUEDADA DEDE TTEENNSSÃO:ÃO: Circu

Circuito ito MonMonofáofásico:sico: Sc Sc = (= ( 20200 *0 *ρρ**ΣΣ LLc *c * IIc )c ) // ((∆∆V *V * VVffnn )) Circuito Trifásico: Circuito Trifásico: Sc = ( Sc = ( 173173,2 *,2 *ρρ **ΣΣ LLc *c * IIc )c ) // ((∆∆V *V * VfVff )f ) , onde: , onde: ρ

ρ = = resistivresistividaidade de do do mmaateriaterial l concondudutor, tor, papara o ra o projeto projeto emem ququestãestão, o, nno o ququaall

está

está sensendo do uutiliztilizaado do cobre escobre estata constaconstannte ste se eque equivivaale ale aρρ= 1/56= 1/56 ΩΩ**mmmm22 //mm..

Lc = comprimento do circ. emmetros Lc = comprimento do circ. emmetros Ic =

Ic = correncorrente totalte total do circ. do circ. emamemampereperess

∆VV%% = = ququedaeda de de tentensão são mmááxximimaa aadmdmitidaitida nno o projetoprojeto

Vfn

(7)

Vff

Vff = = tentensãsão eno entres fatres fases.ses. A

A tatabelbela 4a 46 6 da NBRda NBR-5-541410 0 recomrecomenenda quda que e a qua queda de eda de tentensãsão o enentre tre aa origem

origem da instada instalalação e ção e o o ponponto to mmaais is afafaastado stado da carga nda carga nãão o pode pode exexceder ceder 7%7% pa

parara uutilizatilizações ções divdiversas e ersas e 4%4% paparara circ. circ. de ilude ilummininaação.ção. De posse do

De posse do vvaalor de lor de “ “ SSc c ” ” determdetermininaammos os a bia bitola do condutola do condutor tor pelpeloo Cri

Critéritério o de de QuQueda de eda de TTenensãsão. o. O O s s resuresultaltados dos sãsão o aaprepresensentatados dos nna a tatabebelala abaixo:

abaixo:

Pela cr

Pela critério itério de de QuQueda eda de de TenTensão são foi foi calcalcuculalado do somsomenente te a a aalimlimenentaçãtaçãoo trifá

trifásicasica do quado quadro dro de distde distriburibuiçãição.o. CIRCUIT

CIRCUITO O CONDCONDUTUTOROR CALCULADO

CALCULADO SeSeççãAdotado no ProjetoAdotado no Projetoão o CCoonndduuttoor r –– G

Geerraal l SScctt= 4= 4,1,17 7 mmmm22 6,0mm6,0mm22

Foi

Foi prevprevisto umisto umaa reservareserva de cargade carga, para, para ininstalastalações futuções futuras .ras . Os

Os concondudutores tores aadotadotados dos dos dos circucircuitos itos mmononofáofásicos sicos de de iluilummininaaçãção o ee tom

tomaadadas s foraforam atram atravvés és do do cácálculculo lo da da AmAmpapacidacidade de porquporque e os os vvaalorelores s sãsãoo su

superiperiores ores aao o cácálculculo lo da da ququeda de eda de tentensãsão. o. E E o o concondudutor tor aadotadotado do do do circucircuitoito trifá

trifásico sico dada aalimlimenentaçãtação o foi foi aatravtravés és do do cálcucálculo lo de de QuQuedaeda de de TeTennsão.são.

OBS.

OBS.: : TToda oda e e ququaalqlquuer er aalteralteraçãção o refrefereerennte te a a este este proprojeto jeto somsomenentete poderá

poderá ser ser feifeita ta mmediaediannte te aaprovprovaaçãção o do do projetistaprojetista. . QuQuaaisquisquer er mmuudadannçaças,s, crítica

críticas s e se suugestôes gestôes feifeitatas s por opor ouutros tros profiprofissionssionaais is devdeverãerão o ser dirigidaser dirigidas s comcom presen

presençaça do Audo Autor dtor do projeto.o projeto.

 __________

Referências

Documentos relacionados

De acordo com o Consed (2011), o cursista deve ter em mente os pressupostos básicos que sustentam a formulação do Progestão, tanto do ponto de vista do gerenciamento

nesse contexto, principalmente em relação às escolas estaduais selecionadas na pesquisa quanto ao uso dos recursos tecnológicos como instrumento de ensino e

As articulações são estruturas anatômicas onde há a junção entre um osso e outros, são as responsáveis por movimentos nos três planos e eixos, são

Este estudo tem o intuito de apresentar resultados de um inquérito epidemiológico sobre o traumatismo dento- alveolar em crianças e adolescentes de uma Organização Não

O presente trabalho foi realizado em duas regiões da bacia do Rio Cubango, Cusseque e Caiúndo, no âmbito do projeto TFO (The Future Okavango 2010-2015, TFO 2010) e

patula inibe a multiplicação do DENV-3 nas células, (Figura 4), além disso, nas análises microscópicas não foi observado efeito citotóxico do extrato sobre as

Nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo realizar testes de tração mecânica e de trilhamento elétrico nos dois polímeros mais utilizados na impressão

libras ou pedagogia com especialização e proficiência em libras 40h 3 Imediato 0821FLET03 FLET Curso de Letras - Língua e Literatura Portuguesa. Estudos literários