Texto

(1)

P R E F E IT U R A M U N I C I P A L D E P O R T O A L E G R E SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

COORDENAÇÃO DE SELEÇÃO E INGRESSO

CONCURSO PÚBLICO Nº 471

MÉDICO ESPECIALISTA ANESTESIOLOGIA

PROVA DE CONHECIMENTOS INSTRUÇÕES GERAIS

1 -A prova contém 70 (setenta) questões. Verifique se ela está completa e sem falhas de impressão. Caso contrário, solicite ao Fiscal que providencie a substituição de sua prova.

2 -Para chamar o Fiscal, levante o braço.

3 -Coloque, à caneta, sua assinatura na folha de respostas.

4 -A folha de respostas deverá ser preenchida com caneta esferográfica azul ou preta. As elipses deverão ser preenchidas conforme modelo exposto no quadro.

5 -Cada questão oferece SOMENTE UMA opção correta ao questionamento proposto.

6 -Serão anuladas as questões que contiverem emendas, rasuras, borraduras ou qualquer assinalação diferente. Não amasse e não dobre a folha de respostas.

7 -Não serão permitidas consultas de nenhuma espécie.

8 -O candidato NÃO poderá fazer perguntas sobre o conteúdo das questões.

Questionamentos sobre as questões deverão ser feitos em conformidade com o previsto no Edital de Abertura. As demais reclamações deverão ser encaminhadas, posteriormente à realização da prova, através de processo administrativo, via Protocolo Central.

9 -Não será permitido fumar durante a realização da prova, bem como utilizar ou manter ligado qualquer aparelho eletrônico.

10 -A prova terá duração de 4h (quatro horas). Não haverá tempo extra para preenchimento da folha de respostas, ou seja, no tempo de prova está incluído o tempo para preenchimento das respostas.

11 -O fiscal indicará quando faltar 30 (trinta) minutos para o término do tempo de prova.

12 -O candidato somente poderá retirar-se do local de realização da prova após 1h (uma hora) do início da mesma e não será permitido seu retorno à sala após sua retirada, de acordo com os subitens 8.24, 8.25 e 8.27 do Edital de Abertura.

13 -O candidato poderá levar consigo o caderno de questões somente após transcorridas 3h30min (três horas e trinta minutos) do início das provas.

14 -A prova será disponibilizada no site da Prefeitura, na segunda-feira, dia 19/12/2011.

15 - A divulgação do gabarito desta prova ocorrerá na terça-feira, 20/12/2011, no Diário Oficial de Porto Alegre.

BOA PROVA!

(2)

LÍNGUA PORTUGUESA

Instrução: As questões de números 01 a 15 referem-se ao texto abaixo.

Até onde a gratidão pode nos levar.

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59

Quase nunca é fácil. Quem já teve na família um idoso acamado sabe disso. Cuidar exige uma paciência sem limites. Ser cuidado também. Quando a vida se aproxima do fim, caem todas as máscaras. A convivência íntima revela que somos fragilidade, dependência e, ao mesmo tempo, nobreza. Algumas pessoas, é verdade, são mais nobres que outras.

Até a semana passada tudo o que eu sabia sobre a professora de Serviço Social Nadir Kfouri é que ela havia sido reitora da PUC de São Paulo num dos períodos mais sombrios da história brasileira.

Essa mulher de fibra - descrita pelas pessoas próximas como turrona, brava e, ao mesmo tempo, amorosa - foi a primeira mulher no mundo a dirigir uma universidade católica depois de ser eleita por alunos, funcionários e professores. Para que assumisse o posto, foi preciso que Dom Paulo Evaristo Arns intercedesse em seu favor junto ao Papa Paulo VI.

Nadir morreu no dia 13, de pneumonia, aos 97 anos. Era tia do jornalista Juca Kfouri. A reputação da corajosa Nadir de 1977 eu conhecia. O que eu não conhecia era a Nadir que viria depois.

No apartamento do Itaim Bibi, em São Paulo, onde a professora viveu seus últimos dias, tive o prazer de conversar com sua empregada, Cleusa, de 55 anos. Mineira de Três Corações, foi ela quem cuidou de Nadir nos últimos 22 anos. A convivência entre essas duas mulheres nobres é uma inspiradora história de vida. Merece ser conhecida.

Cleusa chegou a São Paulo em 1989. Veio para cuidar da mãe de Nadir, uma senhora de 95 anos que já não saía da cama. As três passaram a morar juntas no apartamento do Itaim. Quando Dona Noemi morreu, Nadir propôs que Cleusa continuasse trabalhando para ela. “Fique aqui para cuidar de mim como cuidou da minha mãe”, disse. Aos 75 anos, safenada, solteira e sem filhos, Nadir tinha consciência de que, em breve, precisaria de uma cuidadora.

Não poderia calcular, no entanto, as boas surpresas que estavam por vir. Alguns anos depois, Cleusa engravidou. Com medo da reação da patroa geniosa, pediu demissão. Nadir não aceitou que ela fosse embora. Insistiu, insistiu até que Cleusa contou a verdade. Como de costume, a patroa a surpreendeu. “Ela disse que a criança era bem-vinda e me ajudaria a criá-la”. E, então, nasceu Tutu. Hoje um garotão de 15 anos, educado e bom aluno. Aos 82 anos, Nadir virou Tata.

Trocava fraldas, dava mamadeira, colocava o bebê para dormir. Ele passou a ser, ao mesmo tempo, filho e neto. Quando ele cresceu um pouco, Nadir comprou-lhe uma motoquinha de brinquedo e o levava para passear quase todos os dias. Quando perguntavam, respondia, orgulhosa:

– É meu neto.

Neto, filho, o grau de parentesco era indiferente. Tutu assumiu vários papéis naquela microfamília.

O amor de Nadir era suficiente para todos eles. A cada novo presente, fazia questão de escrever: “De Tata para Tutuzinho”. Para o adolescente de hoje, os aniversários da infância foram especialmente marcantes.

“Ela enfeitava a casa e fazia questão que eu convidasse todos os meus amigos”, diz. O apartamento ficava cheio de garotos da escola estadual e da criançada do prédio. A bagunça era liberada. “Para mim, ela foi vó, foi mãe, foi tudo”, diz Tutu. Enquanto assistia a filmes de faroeste, Nadir perguntava pelo desempenho do menino na escola.

Nadir nunca se esqueceu da PUC. Era um assunto recorrente sempre que tinha um interlocutor. Há dois anos, a saúde da professora começou a fraquejar. Primeiro foi uma pneumonia. Depois o pior dos golpes: a perda quase completa da visão. A família comprou uma lupa, mas não adiantou. Sem poder ler, o que fazia diariamente, Nadir foi ficando triste, cada vez mais reclusa.

As pernas foram enfraquecendo até que Nadir parou de andar. Ia da cadeirinha de banho para a poltrona do quarto. Cleusa cuidava dela o dia inteiro. Trocava fraldas, dava banho e comida na boca.

Quando estava em casa, Tutu ajudava. Acomodada na poltrona do quarto, Nadir pedia aos dois: “Não me deixem sozinha.” Algum tempo depois, recobrava um lampejo da autoridade dos velhos tempos e disparava: “Ei, vocês não têm mais o que fazer?”

Cleusa e Tutu sentem saudade. Quando chora, cheia de sinceridade, Cleusa demonstra que perdeu mais que a patroa. “Parecia que não éramos patroa e empregada. Éramos amigas. Mãe e filha. Às vezes, duas crianças”, diz. “Brigávamos, pedíamos desculpas, ríamos”.

Nadir era uma dentre os 14 milhões de brasileiros acima de 65 anos. O país está envelhecendo. Em pouco tempo, a população acima de 60 anos deverá ultrapassar a dos menores de 15 anos. Isso trará enormes desafios ao Brasil. No interior de cada família, o desafio está colocado desde já. Cuidar dos idosos será uma tarefa dos próprios parentes ou de profissionais especializados? Mas o fato é inegável: vários membros da família precisarão de cuidados.

Quem dera cada um de nós possa construir, no final da vida, a relação que Nadir, Cleusa e Tutu construíram. A gratidão pode revelar toda a nobreza do ser humano. No testamento, Nadir deixou o apartamento de três dormitórios para Cleusa e Tutu. “Não tinha intenção de receber herança”, diz Cleusa.

“Fiz tudo de coração. O que interessa é o amor que ela tinha por mim e eu por ela.”

Nadir queria garantir o futuro dos dois e os estudos do garoto. Tutu quer ser engenheiro civil.

(3)

1. Considerando a construção do texto, assinale a alternativa que corresponde à estratégia discursiva empregada pela autora:

a) Trata-se de um texto narrativo, cujo objetivo é somente levar a público a história de Nadir Kfouri.

b) Trata-se de um texto predominantemente narrativo, porém de cunho opinativo, no qual a história contada serve de base para a defesa de um ponto de vista.

c) Trata-se de um texto predominantemente dissertativo, no qual argumentos imparciais são empregados sem a presença do elemento subjetivo.

d) Trata-se de um texto informativo, cujo objetivo é informar a morte de Nadir Kfouri e louvar seus feitos em vida.

e) Trata-se de um texto predominantemente narrativo que apóia-se em elementos ficcionais, elaborados pela autora, a fim de sustentar sua argumentação.

2. Ao longo do texto, há testemunhos de pessoas que conviveram com Nadir Kfouri e sobre ela fazem declarações, bem como há as impressões da própria autora do texto. Assinale a alternativa cujo adjetivo NÃO descreve a personalidade de Nadir:

a) Carinhosa.

b) Teimosa.

c) Despótica.

d) Generosa.

e) Surpreendente.

3. Considerando o assunto tratado no texto, analise as assertivas a seguir:

I. A idade avançada traz ao ser humano inúmeras fragilidades, dentre elas, o fato de nos tornarmos dependentes de outros. A esse processo de perda da autonomia a autora refere-se como “queda de máscaras”.

II. O envelhecimento da população brasileira trará às famílias a necessidade de cuidar de seus membros idosos, o que será um fardo. A solução apontada pela autora é a contratação de profissionais especializados.

III.No penúltimo parágrafo, a autora menciona a recompensa financeira recebida pela cuidadora de Nadir Kfouri, ilustrando que cuidar dos idosos traz sempre este tipo de compensação e, por isso, deve motivar este tipo de conduta.

Quais afirmativas são plausíveis de acordo com elementos encontrados no texto?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas I e II.

e) Apenas I e III.

4. Na linha 45 é empregado o vocábulo “lampejo”.

Considerando o emprego figurativo da linguagem, assinale a alternativa cujo sinônimo apresentado corresponde ao emprego do vocábulo no contexto em que se insere, passando-o de emprego conotativo para denotativo:

a) Brilho repentino.

b) Centelha.

c) Faísca.

d) Manifestação de uma idéia.

e) Fagulha.

5. Considerando os processos de formação de palavras, assinale a alternativa que apresenta a relação INCORRETA entre o vocábulo e o processo de formação que lhe originou:

a) Acamado (l. 01): derivação parassintética.

b) Safenada (l. 20): derivação sufixal.

c) Cuidadora: (l. 21): derivação sufixal d) Microfamília (l. 31): derivação prefixal.

e) Perda (l. 40): derivação regressiva.

6. Na linha 20, caso trocássemos o nome próprio

“Nadir” pela expressão “as senhoras”, quantas outras alterações deveriam ser feitas a fim de manter as relações de concordância no período em que o vocábulo está inserido?

a) 1.

b) 2.

c) 3.

d) 4.

e) 5.

7. Considerando o emprego do pronome “que” e as relações sintáticas entre os termos nas orações, assinale a alternativa INCORRETA:

a) Em “foi preciso que Dom Paulo Evaristo Arns intercedesse...” (l. 09-10), o pronome que exerce a função de conjunção integrante e introduz uma oração subordinada substantiva completiva nominal.

b) Em “era a Nadir que viria depois” (l. 12), o pronome que exerce a função de conjunção integrante e introduz uma oração subordinada objetiva direta.

c) Em “Nadir não aceitou que ela fosse embora” (l. 23- 24), o pronome que exerce a função de conjunção integrante e introduz uma oração subordinada objetiva direta.

d) Em “a relação que Nadir, Cleusa e Tutu construíram”

(l. 55-56), o pronome que exerce a função de pronome relativo e introduz uma oração subordinada adjetiva.

e) Em “O que interessa é o amor que ela tinha por mim e eu por ela” (l. 58), o pronome que exerce a função de pronome relativo e introduz uma oração subordinada adjetiva.

(4)

8. Considerando as relações de regência entre os termos, assinale a alternativa cuja lacuna NÃO poderia ser preenchida pela mesma preposição que completa a forma verbal “intercedesse” (l. 10):

a) Às vezes, nos entretínhamos _____ recordar o passado.

b) Mudou-se, agora assiste ______ Lisboa, onde fixou domicilio.

c) Não se dignou _____ ouvir-me.

d) João não tarda ______ chegar.

e) Ele foi implicado _____ vários crimes.

9. Considerando o emprego do infinitivo, analise as assertivas a seguir:

I. Em “foi a primeira mulher no mundo a dirigir uma universidade católica” (l. 08), temos a ocorrência de infinitivo flexionado uma vez que o sujeito do verbo dirigir é o mesmo da oração principal.

II. Em “Não poderia calcular” (l. 22), o infinitivo ocorre em decorrência da formação de locução verbal com a forma “poderia”.

III.Em “colocava o bebê para dormir” (l. 27), o infinitivo ocorre em oração subordinada reduzida de infinitivo que expressa finalidade.

Quais estão corretas?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas I e II.

e) Apenas II e III.

10.Considerando o emprego da linguagem figurada, assinale a alternativa na qual a expressão não está sendo empregada em sentido conotativo:

a) “caem todas as máscaras.” (l. 02).

b) “num dos períodos mais sombrios da história brasileira.” (l. 06).

c) “Essa mulher de fibra” (l. 07).

d) “os aniversários da infância foram especialmente marcantes.” (l. 33).

e) “O país está envelhecendo.” (l. 50).

11.Considerando o emprego correto dos tempos verbais em língua portuguesa, analise o trecho a seguir:

“Até a semana passada tudo o que eu sabia sobre a professora de Serviço Social Nadir Kfouri é que ela havia sido reitora da PUC de São Paulo num dos períodos mais sombrios da história brasileira.” (l. 05-06)

A forma verbal sublinhada corresponde ao verbo ser conjugado no pretérito mais-que-perfeito composto do indicativo. Qual alternativa apresenta esta forma verbal no pretérito mais-que-perfeito simples, mantendo-se a conjugação para mesmo número e pessoa?

a) Foi.

b) Fora.

c) Foste.

d) Era.

e) Seria.

12.Considerando o emprego correto dos sinais de pontuação, analise as assertivas a seguir:

( ) O emprego das aspas nas linhas 19-20 deve-se à inserção de um enunciado transcrito em discurso direto, proferido por um locutor diferente do autor do texto.

( ) O uso dos travessões nas linha 07 e 08 deve-se a mesma situação de ocorrência de seu emprego na linha 30.

( ) O emprego dos dois pontos na linha 46 deve-se a mesma situação de ocorrência de seu emprego na linha 53.

A seqüência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) V – V – V.

b) F – F – V.

c) V – F – F.

d) F – V – F.

e) V – V – F.

13.Considerando o emprego correto da vírgula, analise as assertivas a seguir:

I. A ocorrência da segunda vírgula na linha 09 deve-se a uma regra de emprego diferente daquela de sua primeira ocorrência na linha 44.

II. A ocorrência da vírgula na linha 45 marca a separação de um adjunto adverbial deslocado.

III.A ocorrência da segunda e da terceira vírgula da linha 49 deve-se à enumeração de uma seqüência de ações.

Quais estão corretas?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas I e III.

e) Apenas II e III.

(5)

14.Considerando as relações de concordância, analise as assertivas a seguir:

I. Caso substituíssemos o pronome ela, na linha 06, por sua forma plural elas, a locução verbal sofreria alteração para haviam sido.

II. Na linha 46, em “vocês não têm mais o que fazer”, caso substituíssemos o pronome vocês por sua forma singular você, o verbo deixaria de ser acentuado.

III.Na linha 59, em “Tutu quer ser engenheiro civil”, caso Tutu fosse substituído por Eles, ambas as formas verbais deveriam ser alteradas.

Quais estão corretas?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas I e II.

e) Apenas II e III.

15.Assinale a alternativa que apresenta a classificação correta do pronome destacado, considerando sua situação de ocorrência no texto:

a) “Quem já teve na família um idoso” (l. 01) – pronome interrogativo.

b) “Algumas pessoas” (l. 03-04) – pronome demonstrativo.

c) “foi ela quem cuidou de Nadir” (l. 14-15) – pronome indefinido.

d) “deverá ultrapassar a dos menores de 15 anos” (l.

51) – pronome demonstrativo.

e) “vários membros da família” (l. 53-54) – pronome pessoal.

DIREITO E LEGISLAÇÃO

16. Analise as assertivas abaixo e, à luz das normas da Constituição Federal de 1988, assinale a alternativa correta:

I. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos da CF.

II. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações.

III. A República Federativa do Brasil é formada pela união indissolúvel dos Municípios, Territórios e Distrito Federal.

a) Todas as assertivas estão corretas.

b) Todas as assertivas estão incorretas

c) Somente as assertivas I e III estão corretas.

d) Somente a assertiva I esta correta.

e) Somente as assertivas I e II estão corretas.

17. Assinale a alternativa correta:

a) Conforme preceitos da Constituição Federal Brasileira, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

b) Conforme preceitos da Constituição Federal Brasileira, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se somente aos brasileiros natos a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

c) Conforme preceitos da Constituição Federal Brasileira, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se somente aos brasileiros naturalizados a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

d) Conforme preceitos da Constituição Federal Brasileira, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes em qualquer País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

e) Conforme preceitos da Constituição Federal Brasileira, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País há mais de 10 (dez) anos a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

18. Conforme regramentos constitucionais referentes aos municípios, assinale a alternativa INCORRETA:

a) A fiscalização do município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno do Poder Executivo Municipal, na forma da lei.

b) O controle externo da Câmara Municipal será exercido com o auxílio dos Tribunais de Contas dos Estados ou do Município ou dos Conselhos ou Tribunais de Contas dos Municípios, onde houver.

c) O parecer prévio, emitido pelo órgão competente sobre as contas que o Prefeito deve anualmente prestar, só deixará de prevalecer por decisão de dois terços dos membros da Câmara Municipal.

d) As contas dos Municípios ficarão, durante quinze dias, à disposição do contribuinte que estiver em dia com o recolhimento dos tributos municipais, para exame e apreciação, o qual poderá questionar-lhes a legitimidade com autorização do Tribunal de Contas do Município.

e) É vedada a criação de Tribunais, Conselhos ou órgãos de Contas Municipais.

(6)

19. Conforme preceitua a Lei Orgânica do Município de Porto Alegre, assinale a alternativa que NÃO corresponde a uma competência privativa deste Município:

a) Elaborar o orçamento, estimando a receita e fixando a despesa, com base em planejamento adequado.

b) Instituir e arrecadar os tributos de sua competência, e fixar e cobrar tarifas e preços públicos, com a obrigação de prestar contas e publicar balancetes nos prazos fixados em lei.

c) Licenciar para funcionamento os estabelecimentos comerciais, industriais, de serviços e similares, mediante expedição de alvará de localização.

d) Autorizar e fiscalizar a produção e o comércio de material bélico.

e) Dispor sobre serviço funerário e cemitérios, encarregando-se dos que forem públicos e fiscalizando os pertencentes às entidades privadas;

20. À luz dos regramentos da Lei Orgânica referentes à saúde no Município de Porto Alegre, assinale a alternativa correta:

a) As ações e serviços de saúde são de caráter privado, cabendo ao Município seu acompanhamento, devendo a execução ser feita, preferencialmente, através de parecerias público-privadas, e, suplementarmente, através de serviços temporários.

b) As ações e serviços de saúde são de relevância pública, cabendo ao Município sua normatização e controle, devendo a execução ser feita, preferencialmente, através de serviços públicos e, suplementarmente, através de serviços de terceiros.

c) As ações e serviços de saúde são de relevância público-privada, cabendo ao Município sua autorização de funcionamento, devendo a execução ser feita, preferencialmente, através de serviços privados e, suplementarmente, através de serviços públicos.

d) As ações e serviços de saúde são de relevância para a população carente, cabendo ao Município sua normatização e controle, devendo a execução ser feita, preferencialmente, através de serviços de terceiros.

e) As ações e serviços de saúde são de relevância social, cabendo aos Estados e à União sua normatização e controle, devendo a execução ser feita, preferencialmente, através de serviços federais, e, suplementarmente, através de serviços estaduais e, em último caso, através de serviços municipais.

21. Analise a assertiva abaixo e, conforme preceitos da Lei Complementar nº 133/85 (Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de Porto Alegre), assinale a alternativa INCORRETA:

Dependem da autorização do Prefeito, os afastamentos de funcionários, nos seguintes casos:

a) Colocação à disposição.

b) Estudo ou missão científica, cultural ou artística.

c) Estudo ou missão especial no interesse do Município.

d) Exercício em repartições diferentes daquelas em que estiverem lotados.

e) Férias.

22. Assinale a alternativa correta referente à fruição de férias por parte dos servidores públicos do Município de Porto Alegre, conforme regramentos da Lei Complementar nº 133/85 (Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de Porto Alegre):

a) Serão computadas como férias as faltas ao serviço.

b) Somente após o primeiro mês de exercício adquirirá o funcionário direito a férias.

c) Ao funcionário em estágio probatório o gozo de férias somente será concedido após cada doze meses de efetivo exercício.

d) É facultado o gozo de férias em 4 (quatro) semanas intercaladas, desde que autorizado pelo Prefeito.

e) O funcionário que opere direta e continuamente com Raios X e substâncias radioativas, próximo às fontes de irradiação, terá direito, quando no efetivo exercício de suas atribuições, a quarenta dias consecutivos de férias por quadrimestre, acumuláveis e transferíveis.

23. Analise as assertivas abaixo e, conforme as disposições da Lei Complementar nº 133/85 (Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de Porto Alegre), assinale a alternativa correta:

O funcionário será punível com demissão nas hipóteses de:

a) Indisciplina ou insubordinação graves ou reiteradas.

b) Ausências ao serviço, em número superior a 15 (quinze) dias úteis, interpoladas durante 6 (seis) meses.

c) Desídia.

d) Impulsionamento de processo administrativo.

e) Quando houver reprovação em concurso público interno.

24. Com relação ao Princípio da Motivação é INCORRETO afirmar:

a) Os atos administrativos precisam ser motivados, o que significa que devem ser mencionadas para a prática de qualquer ato administrativo as razões de fato e de direito que levaram a Administração a proceder daquele modo.

b) A motivação dos atos administrativos é Princípio que tem aplicação adstrita aos atos colegiados e complexos.

c) Pode-se afirmar que a falta de motivação ou a indicação de motivos falsos ou incoerentes tornam nulo o ato administrativo.

d) A motivação deve ser prévia ou contemporânea à prática do ato administrativo.

e) A motivação deve ser explícita, clara e congruente, podendo consistir em declaração de concordância com fundamentos de anteriores pareceres, informações, decisões ou propostas, que, neste caso, serão parte integrante do ato.

(7)

25. Com relação à responsabilidade dos agentes públicos é correto afirmar:

a) Os servidores públicos que, no desempenho de suas competências ou sob a alegação de desempenhá-las, cometerem infrações civis, penais e administrativas, haverão de responder subsidiariamente perante a Administração Pública Direta e supletivamente perante a Administração Pública Indireta.

b) Responsabilidade do servidor estatutário, em sentido lato, é o dever que esse agente tem de suportar as sanções que lhe são impostas em razão de fato ou ato irregular, comissivo ou omissivo, que lhe seja atribuído.

c) As responsabilidades penal, civil e administrativa dos servidores públicos excluem-se mutuamente, ou seja, não podem incidir simultaneamente.

d) O servidor público atua com dolo quando age com imprudência, imperícia, negligência ou imprevisão e causa prejuízo a alguém.

e) O servidor público atua com culpa quando conscientemente pratica um ato que sabe ser contrário ao Direito.

26. À luz dos dispositivos da Lei Complementar Municipal nº 478, de 26 de setembro de 2002, assinale a alternativa INCORRETA referente aos acidentes em serviço, moléstias profissionais e doenças graves:

a) Acidente em serviço é aquele ocorrido no exercício do cargo, que se relacione, direta ou indiretamente, com as atribuições deste, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou a redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho.

b) Para fins da legislação municipal (Lei Complementar nº 478/2002), equiparam-se a acidente em serviço o acidente ligado ao serviço que, embora não tenha sido a única causa, haja contribuído diretamente para a morte do segurado, para a redução ou perda da capacidade para o trabalho, ou produzido lesão que exija atenção médica para sua recuperação.

c) Para os fins da Lei Complementar nº 478/2002, a classificação como doença grave, contagiosa ou incurável é incondicional, sendo suficiente o diagnóstico para a sua configuração e para a concessão dos benefícios previdenciários.

d) Moléstia profissional é aquela produzida ou desencadeada pelo exercício de trabalho peculiar a determinada atividade e constante da respectiva relação elaborada pelo Ministério da Previdência e Assistência Social.

e) Para os fins de concessão de aposentadoria por invalidez, nos termos da Lei Complementar nº 478/2002, são consideradas doenças graves, contagiosas ou incuráveis: I – alienação mental especificada como psicose; II – neoplasia maligna; III – pênfego foliáceo;

IV – cegueira; V – neuropatias; VI – pneumopatias; VII – doenças traumato-ortopédicas; VIII – cardiopatias; IX – vasculopatias; X – gastroenteropatias; XI – nefropatia;

XII – Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; XIII – diabete; e XIV – Hanseníase.

27. Analise as assertivas abaixo, referentes aos agentes públicos, e assinale a alternativa correta:

I. Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei.

II. Servidores públicos estatutários podem ser definidos como “os que se ligam, sob um regime de dependência, à Administração Pública Direta, às Autarquias e às Fundações Públicas, mediante um vínculo de natureza institucional para lhes prestar trabalho de natureza profissional e perene, titularizando cargos de provimento efetivo ou de provimento em comissão”.

III. As funções de confiança, exercidas exclusivamente por servidores ocupantes de cargo efetivo, e os cargos em comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos, condições e percentuais mínimos previstos em lei, destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento.

a) Somente as assertivas I e II estão corretas.

b) Somente as assertivas II e III estão corretas.

c) Somente as assertivas I e III estão corretas.

d) Todas as assertivas estão corretas.

e) Nenhuma assertiva está correta.

28. Conforme as competências previstas constitucionalmente para o Sistema Único de Saúde – SUS, assinale a alternativa que NÃO corresponde à atribuição do SUS:

a) Participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico.

b) Ordenar a formação de recursos humanos na área de saúde.

c) Organizar os processos seletivos para a participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na assistência à saúde no País.

d) Incrementar em sua área de atuação o desenvolvimento científico e tecnológico.

e) Executar as ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as de saúde do trabalhador.

(8)

29. Assinale a alternativa INCORRETA:

a) Os Municípios não são considerados entes da Federação. Diferem dos Estados-Membros porque são uma descentralização administrativa e territorial da União e dos próprios Estados onde se situam.

b) O Município de Porto Alegre, pessoa jurídica de direito público interno, parte integrante da República Federativa do Brasil e do Estado do Rio Grande do Sul, no pleno uso de sua autonomia política, administrativa e financeira, rege-se por sua Lei Orgânica e demais leis que adotar, respeitados os princípios estabelecidos nas Constituições Federal e Estadual.

c) A estrutura federativa brasileira prevê que também os Municípios integram a Federação, pois gozam de ampla autonomia política, financeira, legislativa e administrativa. A auto-organização dos Municípios é primordialmente expressa na elaboração de sua própria Lei Orgânica.

d) São Poderes do Município, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo e o Executivo, sendo vedada a delegação de atribuições entre os Poderes.

e) Os Municípios podem, através de convênios ou consórcios com outros Municípios da mesma comunidade socioeconômica, criar entidades intermunicipais para a realização de obras, atividades ou serviços específicos de interesse comum, devendo ser aprovados por Leis dos Municípios que deles participarem.

30. Analise as assertivas abaixo e assinale a alternativa correta, consoante os preceitos constitucionais referentes à saúde:

I. A assistência à saúde independe de filiação ao sistema ou de contribuição do titular do direito subjetivo.

A Constituição Federal dispõe que o financiamento do sistema único de saúde será feito com recursos do orçamento da seguridade social, da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, além de outras fontes.

II.

A Constituição Federal deu relevância pública às ações e serviços de saúde e impôs ao Poder Público dispor, nos termos da lei, sobre sua regulamentação, fiscalização e controle.

III. O sistema único de saúde é descentralizado porque cada esfera de governo tem direção única.

IV. O atendimento integral está entre as diretrizes constitucionais do SUS, abrangendo todas as etapas:

prevenção, proteção e recuperação.

a) Somente as assertivas I e II estão corretas.

b) Somente as assertivas III e IV estão corretas.

c) Somente as assertivas II e III estão corretas.

d) Nenhuma assertiva está correta.

e) Todas as assertivas estão corretas.

CONHECIMENTOS E LEGISLAÇÃO ESPECÍFICOS

31. Analise as afirmações que seguem:

I. O médico comunicará às autoridades competentes quaisquer formas de deterioração do ecossistema, prejudiciais à saúde e à vida.

II. Para exercer a Medicina com honra e dignidade, o médico necessita ter boas condições de trabalho e ser remunerado de forma justa.

III. Ao médico cabe zelar e trabalhar pelo perfeito desempenho ético da Medicina, bem como pelo prestígio e bom conceito da profissão.

IV. O trabalho do médico não pode ser explorado por terceiros com objetivo de lucro, finalidade política ou religiosa.

Assinale quais delas integram os princípios fundamentais elencados pelo Código de Ética Médica (Resolução 1931/2009 do CFM):

a) I, II, III e IV.

b) Apenas I e IV.

c) I, III e IV.

d) I, II, e III.

e) Apenas III e a IV.

32. Tomando por base as definições apresentadas no artigo 3º da Lei Municipal nº 6309/88, que trata do quadro de carreira dos servidores municipais, podemos definir “Classe” como:

a) O conjunto de cargos e funções gratificadas, organizado em grupos, onde distribuem-se as classes de cargos ou as funções gratificadas e cargos em comissão, de acordo com a natureza específica das respectivas atribuições.

a) O conjunto de cargos do Quadro de Provimento Efetivo para os quais os funcionários poderão ascender através das referências ou de outro cargo de maior vencimento básico.

b) O conjunto de funções gratificadas e cargos em comissão estruturados de acordo com a natureza dos cargos ou funções que o integram.

c) O agrupamento de cargos da mesma profissão ou atividade, e do mesmo nível de dificuldade, constituído de padrões e referências.

d) O conjunto de atribuições cometidas a um funcionário, mediante retribuição pecuniária padronizada.

33. Dentre os princípios a serem observados pela administração pública direta e indireta do Município de Porto Alegre, NÃO está:

a) O princípio da legalidade.

b) O princípio da economicidade.

c) O princípio da legitimidade.

d) O principio da hierarquização.

e) O princípio da repartição popular.

(9)

34. A Lei Orgânica do Município de Porto Alegre estabelece que a iniciativa para proposição das leis ordinárias e complementares, entre outros, cabe:

I. Ao Prefeito.

II. Ao Vice-Prefeito.

III. Aos cidadãos, na forma e nos casos previstos na Lei Orgânica.

IV. À Mesa da Câmara Municipal, nos casos específicos previstos no Regimento da Câmara Municipal.

Assinale a alternativa que reúne todas as opções corretas:

a) I, II, III e IV.

b) Apenas I e IV.

c) I, III e IV.

d) I, II, e III.

e) Apenas III e IV.

35. A gratificação de função, nos termos da Lei Complementar Municipal nº 133/85, será percebida cumulativamente com o vencimento ou com o provento do funcionário em disponibilidade. A gratificação ficará incorporada ao vencimento do funcionário que tiver exercido função gratificada por:

a) 4 (quatro) anos ininterruptos.

b) 5 (cinco) anos ininterruptos.

c) 5 (cinco) anos ininterruptos ou não.

d) 10 (dez) anos ininterruptos.

e) 10 (dez) anos ininterruptos ou não.

36. No capítulo onde define as atribuições e competências, para execução do Sistema Único de Saúde, a Lei nº 8080/90 faz distinção entre:

I. Atribuições Comuns (à União, aos Estados e Municípios);

II. Competência da Direção Nacional do SUS;

III. Competência da Direção Estadual do SUS;

IV. Competência da Municipal do SUS;

( ) Planejar, organizar, controlar e avaliar as ações e os serviços de saúde e gerir e executar os serviços públicos de saúde.

( ) Implementar o Sistema Nacional de Sangue, Componentes e Derivados.

( ) Acompanhar, controlar e avaliar as redes hierarquizadas do Sistema Único de Saúde (SUS).

( ) Formular, avaliar e apoiar políticas de alimentação e nutrição.

Assinale a alternativa que melhor relaciona, de cima para baixo, as atribuições anteriormente mencionadas, ao(s) ente(s) competente(s) para executá-la(s):

a) I, II, III, IV.

b) IV, I, III, II.

c) II, IV, I, III.

d) IV, II, I, III.

e) III, IV, II, I.

37. Ao Sistema Único de Saúde compete, além de outras atribuições:

I. Incrementar em sua área de atuação o desenvolvimento científico e tecnológico.

II. Participar do controle e fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos.

III. Colaborar na proteção do meio ambiente, nele compreendido o do trabalho.

Assinale a alternativa que indica a(s) assertiva(s) correta(s):

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) I e III.

e) I, II, III.

38. Nos termos Código Municipal de Saúde do Município de Porto Alegre (Lei Municipal Complementar nº 395/96), compete à Secretaria Municipal de Saúde:

a) Monitorar a qualidade do ar e a emissão de gases poluentes urbanos.

b) Adotar, em articulação com a Defesa Civil, medidas ou soluções de emergência e calamidade pública.

c) Licenciar o funcionamento dos estabelecimentos relacionados a produtos e serviços de interesse à saúde.

d) Articular-se com os demais órgãos do Sistema de Vigilância à Saúde, visando à elaboração de programas integrados que envolvam a conservação dos cursos d'água.

e) Contribuir para a preservação dos cursos d'água.

39. São crimes de responsabilidade os atos do Prefeito que atentem contra a Lei Orgânica, as Constituições Federal e Estadual, e especialmente contra:

I. A divisão administrativa do município.

II. A lei orçamentária.

III. Ao cumprimento das leis e decisões judiciais.

IV. O livre funcionamento dos conselhos populares.

Assinale a alternativa que indica a(s) assertiva(s) INCORRETA(S):

a) I e IV.

b) Apenas I.

c) Apenas IV.

d) II, III e IV.

e) I, II, III e IV.

40. Segundo o Estatuto do Servidor Público do Município de Porto Alegre (Lei Complementar nº 133/85) o funcionário em comissão não terá direito a licença:

a) Paternidade.

b) Para fins de adoção.

c) Para concorrer a cargo público eletivo e exercê-lo.

d) Para tratar de interesses particulares.

e) Por motivo de doença em pessoa da família.

(10)

41. Nas tríades apresentadas abaixo, em qual NÃO é indicado o plasma fresco congelado?

a) Hipoproteinemia, correção da pressão coloidosmótica e coagulação.

b) Hipovolemia, hipoproteinemia e hipofibrinogenemia.

c) Hipoproteinemia, hipofibrinogenemia e hipovolemia.

d) Hipovolemia, plaquetopenia e hipoproteinemia.

e) Plaquetopenia, hipoproteinemia e deficet fator VIII.

42. Analise as situações abaixo:

I. Tempo de sangramento maior de 10 min.

II. Tempo de sangramento menor que 10 min.

III.Plaquetas abaixo de 50.000 ml IV. Plaquetas acima de 100.000 ml.

Indica-se a reposição de plaquetas para as situações:

a) I e II.

b) I e III.

c) II, III e IV.

d) III e IV.

e) I, II, III e IV.

43. A Concentração Alveolar Mínima (CAM) ______________ na _______________ e na(o) ______________________.

A alternativa que apresenta elementos para o correto preenchimento das lacunas da frase acima é:

a) diminui – hipotermia – alcoolismo crônico b) aumenta – hipotermia – hipotensão arterial c) aumenta – hipertermia – alcoolismo crônico d) diminui – hipotensão arterial – hipotermia e) acidose metabólica – hipotermia - hipóxia

44. O Fluxo Sanguíneo Cerebral NÃO está relacionado a:

a) PaCO2. b) PaO2.

c) PPC (Pressão de Perfusão Cerebral).

d) Hipoproteinemia.

e) PIC (Pressão Intra Craniana).

45. A rápida recuperação da anestesia geral depende de determinados fatores. Com base nisso, analise as afirmativas abaixo:

I. Remoção da droga do SNC.

II. Perfusão do SNC.

III.Albuminemia e fração plasmática livre da droga.

IV. Volemia.

Assinale a alternativa que apresenta fatores dos quais dependem a rápida recuperação da anestesia geral:

a) I e II.

b) I e III.

c) II, III e IV.

d) III e IV.

e) I, II, III e IV.

46. Referências anatômicas clássicas de abordagem para o bloqueio plexo braquial interscalênico são:

______________________________, ______________

_________________ e ________________________.

A alternativa que apresenta elementos para o correto preenchimento das lacunas da frase acima é:

a) Lateral ao bordo inferior cartilagem tireóide – sulco entre escaleno médio – escaleno posterior

b) Lateral ao bordo inferior cartilagem tireóide – sulco entre escaleno anterior – escaleno médio

c) Cartilagem cricóide – bordo medial jugular externa – bordo lateral escaleno anterior

d) Apófise transversa C4 – cartilagem cricóide – bordo lateral escaleno médio

e) Cartilagem cricóide – sulco entre escaleno anterior – escaleno médio

47. Com relação à redução de fratura exposta de 1/3 médio do úmero, NÃO está indicada anestesia:

a) Sob bloqueio braquial supraclavicular (Kulenkampf).

b) Sob bloqueio braquial infraclavicular.

c) Sob bloqueio braquial axilar.

d) Geral.

e) Sob bloqueio braquial interscalênico.

48. O aumento excessivo da pressão intra-abdominal induz:

a) O aumento do retorno venoso, a diminuição pré- carga e a hipertensão arterial pela dor.

b) A diminuição do retorno venoso, o aumento da resistência vascular periférica e a hipertensão pela dor.

c) O aumento do retorno venoso, o aumento da resistência vascular periférica e o aumento da pós-carga.

d) A diminuição do retorno venoso, o aumento da resistência vascular periférica e a diminuição da pré- carga com aumento da pós-carga.

e) A diminuição do retorno venoso, a diminuição da resistência vascular periférica e a hipotensão arterial.

49. Das alternativas abaixo, qual representa a relação entre o obeso e achados fisiopatológicos?

Volume Distribuição

(VD)

Capacidade Residual Funcional

(CRF)

Tórax Complacente

Fluxo Pulmonar

a) ↑ ↓ ↓ ↑

b) ↑ ↑ ↑ ↑

c) ↓ ↓ ↑ ↑

d) ↓ ↑ ↑ ↑

e) ↑ ↓ ↓ ↓

(11)

50. Qual a conduta anestésica correta em caso de paciente hipertenso?

a) Manter anestesia superficial.

b) Manter hiperventilação.

c) Evitar hiperventilação.

d) Reduzir a dose de ß bloqueadores adrenérgicos.

e) Extubar na presença de reflexos ao tubo.

51. Com relação às fraturas (fechada ou exposta) de mão, sem disponibilidade de Estimulador Nervo Periférico e/ou Ultrassom, analise as afirmativas abaixo:

I. Bloqueio braquial axilar em fratura fechada.

II. Anestesia Intravenosa regional em fratura exposta.

III.Bloqueio braquial axilar em fratura exposta.

IV. Bloqueio braquial axilar interscalênico em fratura exposta.

Assinale a alternativa que apresenta as melhores opções em efetividade (sucesso anestésico):

a) I e II.

b) I e III.

c) II, III e IV.

d) III e IV.

e) I, II, III e IV.

52. A complicação mais frequente em ventilação mecânica é:

a) Pneumonia.

b) Barotrauma.

c) Hipotensão arterial.

d) Redução do débito cardíaco.

e) Falha do respirador.

53. Na anestesia para exame de Ressonância Nuclear Magnética (RNM), é correto afirmar que:

a) Podem-se manter cilindros de oxigênio e estetoscópios metálicos próximos ao aparelho de RNM.

b) Podem-se manter objetos de cobre e platina perto do aparelho de RNM.

c) A radioatividade durante o exame exige proteção ao médico anestesiologista.

d) O risco de queimaduras é alto.

e) Em pacientes portadores de marca-passo cardíaco, implante coclear e clipes vasculares ferrosos se solicita acompanhamento do médico anestesiologista.

54. O tempo de jejum recomendado para lactentes a serem operados, em regime ambulatorial, é de:

a) 6 horas após ingestão de chá sem açúcar.

b) 6 horas após ingestão de leite materno.

c) 8 horas após de ingestão de fórmulas alimentares infantis.

d) 6 horas após ingestão de leite não humano.

e) Não há restrições quanto a líquidos sem resíduos.

55. Quando se realiza uma anestesia peridural, no paciente idoso, usa-se menos anestésico que no adulto jovem para se atingir o mesmo número de metâmeros.

Isso se deve à(ao):

a) Aumento do número de fibras nervosas.

b) Menor duração das cirurgias nesse grupo etário.

c) Menor complacência do espaço peridural.

d) Aumento da saída de anestésicos pelos forames intervertebrais.

e) Aumento do volume do espaço peridural.

56. Em relação ao delirium pós-operatório, é correto afirmar que:

a) Pode ser desencadeado por situações de estresse, hipóxia e sangramento intraoperatório.

b) Não existe relação de incidência de delirium pós- operatório com tipos específicos de procedimentos cirúrgicos.

c) A anestesia peridural é um fator de risco independente de delirium pós-operatório.

d) A atropina é o fármaco de escolha para tratar delirium pós-operatório, pois o aumento da dose não é acompanhado de efeitos adversos.

e) A acetilcolina é o único neurotransmissor associado ao delirium.

57. Paciente submetido a bloqueio retrobulbar evolui com queda progressiva do nível de consciência e apnéia.

A etiologia mais provável é:

a) Hemorragia retrobulbar.

b) Dose insuficiente de anestésico local.

c) Reflexo oculocardíaco.

d) Injeção intraocular.

e) Anestesia subaracnóidea.

58. A medida mais segura para acesso às vias aéreas do paciente com trauma de face e coluna cervical é a:

a) Intubação orotraqueal sob visão direta.

b) Intubação às cegas se o paciente está em apnéia.

c) Intubação nasotraqueal.

d) Traqueostomia.

e) Intubação orotraqueal com fibroscopia.

59. É considerada indicação relativa para ventilação monopulmonar:

a) Lobectomia superior.

b) Epistaxe maciça.

c) Cisto pulmonar unilateral.

d) Rotura da árvore traqueobrônquica.

e) Fístula broncopleurocutânea.

(12)

60. A inserção de cimento acrílico em cirurgias ortopédicas de artroplastia de quadril pode levar à hipotensão grave, isso ocorre devido à(ao):

a) Reação exotérmica do monômero volátil do metilmetacrilato.

b) Manipulação do fêmur durante a cirurgia.

c) Ação direta do potássio liberado pelo cimento.

d) Excesso de cimento no canal femural.

e) Interação do metilmetacrilato com o sevoflurano.

61. São órgãos que recebem fibras do sistema nervoso simpático:

I. Coração.

II. Pulmões.

III.Estômago.

IV. Glândula parótida.

Estão corretas as afirmativas apresentadas na alternativa:

a) I, II e III.

b) II e III.

c) II e IV.

d) III e IV.

e) I, II, III e IV.

62. Quando um receptor betal é estimulado, produz:

a) Gliconeogênese.

b) Glicogenólise hepática.

c) Liberação de insulina.

d) Vasoconstrição cutânea.

e) Broncodilatação.

63. A variável farmacocinética que indica o tempo necessário para que a concentração do fármaco caia à metade após o término de uma infusão contínua de determinado anestésico venoso chama-se:

a) Meia-vida contexto dependente.

b) Volume de distribuição.

c) Depuração.

d) Constante de tempo.

e) Meia-vida de eliminação total.

64. O barorreflexo pode estar diminuído em casos de:

I. Diabetes.

II. Hipertensão.

III.Cardiopatias.

IV. Hemorragia aguda inicial.

Estão corretas as afirmativas apresentadas na alternativa:

a) I, II e III.

b) II e III.

c) II e IV.

d) III e IV.

e) I, II, III e IV.

65. Em pacientes com doença pulmonar restritiva, pode- se observar:

a) Aumento da capacidade vital.

b) Volume residual normal.

c) Capacidade residual funcional aumentada.

d) Volume expiratório forçado no primeiro segundo normal.

e) Aumento na capacidade pulmonar total.

66. Quanto ao propofol, é correto afirmar que:

a) Aumenta a pressão intracraniana.

b) Não provoca depressão respiratória.

c) Desencadeia crise de hipertermia maligna.

d) Em crianças são necessárias menores doses para indução.

e) Também possui efeito antiemético e antipruriginoso.

67. Qual dos opióides abaixo possui ação cronotrópica positiva?

a) Remifentanil.

b) Meperidina.

c) Morfina.

d) Alfentanil.

e) Fentanil.

68. Sobre os benzodiazepínicos, é correto afirmar que:

a) Não afetam o fluxo sanguíneo cerebral.

b) Produzem padrão isoelétrico no eletroencefalograma.

c) Não deprimem o reflexo da deglutição.

d) Inibem a agregação plaquetária.

e) O efeito sedativo é mais longo que o amnésico.

69. Com relação à abordagem paramediana do espaço subaracnóideo, analise as alternativas abaixo e assinale a correta:

a) Não deve ser utilizada com o paciente em decúbito lateral.

b) O uso de agulhas de grosso calibre está indicado.

c) A ponta da agulha deve ser direcionada para a linha mediana do canal medular.

d) Não exclui a punção e transfixação dos ligamentos supra e interespinhosos.

e) A freqüência de cefaléia é maior em relação à abordagem mediana.

70. No bloqueio peridural lombar, o fator que mais influencia na extensão do bloqueio é o(a):

a) Gravidade.

b) Volume do anestésico local (AL).

c) Difusibilidade do AL.

d) Menor capacidade do espaço lombar.

e) Adição de adrenalina ao AL.

Imagem

Referências

temas relacionados :