MAPA abre consulta pública para normas de abate humanitário

Loading.... (view fulltext now)

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

O SEU JORNAL DO CAMPO

Foto: Fábio Kiil

Desde 2002

Faça seu pedido!

41 3013 0862 / 3274 5340 Av. Nossa Sra. Aparecida, 1865 -

Seminário Calçados masculinos,

femininos e infantis - Cintos - Selaria - Calçados EPIS - Botas - Malotes - Conserto de

selas e arreios em geral

Av. República Argentina, 4168 Capão Raso – Curitiba-PR

41 3248-9020 www.selariatitoschier.com.br

Mexendo as Panelas – Uma receita

de pinhão com mignon. Huummm!!

Pág. 2

Coisas do Campo - A fruta

símbolo da China

Págs. 7

Grameira Gabardo Informa –

As queridinhas do inverno

Pág. 5

NESTA EDIÇÃO

MAPA abre consulta

pública para normas

de abate humanitário

Proposta prevê controle das cargas desde

a propriedade até o frigorífi co e redução do

tempo de jejum dos animais. Págs. 4 e 5

(2)

Expediente

www.cavalgadasecavalos.com.br • Contato: (41) 99907 7105 • E-mail: cavalgadasecavalos@gmail.com • Diretor: Fábio Kiil - DRT-PR 5145 • FK Comunicação CNPJ 27.261.034/0001-96 • Circulação mensal • Distribuição em Curiti ba e Região Metropolitana

HOTEL FAZENDA DAS ARAUCÁRIAS

www.hotelfazendadasaraucarias.com

atendimento@fazendadasaraucarias.com.br Fone 41 3322 2221 - 41 99616 8188 Br 277 Curiti ba - Paranaguá Km 61 - 500

metros antes do pedágio

O IRMÃO E O CAVALO

Claudiane Crisóstomo Pasquali é Diretora de Esporte Paraequestre da Federação Paranaense de Hipismo, endurista e apaixonada por cavalos. Contato: claupasquali@uol.com.br

Há 15 anos atrás, presenciei uma das cenas mais tristes da vida: o sofrimento de meu pai pela perda de seu cavalo preferido, o Cacique do Solar da Lagoa. Campolina, pampa de baio e marchador, deixou 2 fi lhos, o Guardião do So-lar da Lagoa, que meu irmão herdou, e o Galã da KielsesClei, que é o meu amado pampa de lobuna.

No mês passado, infelizmente assisti a mesma cena, quando ligaram pro meu irmão, avisan-do que o Guardião havia morriavisan-do. Desconsolo e tristeza, não só pela perda do cavalo querido, mas pela perda de algo que trazia pra perto a lembrança do pai falecido.

Como o Cleiton Kielse faz aniversário em 08/05, parti em busca do presente que aplacaria um pouco esta tristeza. Fui direto ao Haras Kawwa Master dos amigos Siqueira, que além de pos-suírem um dos melhores plantéis de campolina do Brasil, tenho-os em altí ssima conta, minha família.

Daniel desfi lou seus machos marchadores, num espetáculo de encher os olhos, com seus baios, castanhos e alazões. Mas quando o Mil-ton surgiu com um macho, pampa de baio, com as orelhas bem colocadas mostrando sua alti vez, e se desmanchando na marcha bati da, foi nesta hora meu joelho tremeu... parecia a encarnação do Guardião. Foi quando o Daniel me lembrou: Claudiane, você esqueceu que

ne-gociamos uma cobertura do Guardião há uns 10 anos atrás? O produto é este : Atlas da Kawa Master. Meus olhos marejaram.

No dia 8/5, descarreguei o Atlas em meio ao Centro Cívico, e entrei com ele pelo portão do nosso escritório. Meu irmão saiu lá de dentro com a mão no peito, tomado por emoção e susto de ver ali a cópia do Guardião e do Cacique. Acredito ter dado um pouco de alegria e de boas recordações à ele nesta hora.

Vida longa ao Atlas da Kawwa Master!!

Medalhão de mignon com molho

branco pinhão e talharim

Ingredientes

1 kg de medalhão de mignon 500 gramas de talharim fresco

500 gramas de pinhão cozido e cortado ao meio 500 ml de leite

02 colheres de amido de milho 02 colheres de sopa de margarina 200 ml de creme de leite.

100 gramas de parmesão ralado. Sal a gosto

Modo de preparo do molho:

Coloque o leite, margarina, amido de milho em uma panela. Leve ao fogo até formar um creme. Acrescente o queijo, sal e o pinhão. Deixe cozinhando por 5 minutos e acrescenta o creme de leite.Reservar.

Cozinhe sua massa de modo que fi que ao dente.Reserve. Tempere os medalhões a gosto.

Leve para uma frigideira e frite até fi car ao ponto.

Em uma panela maior coloque os medalhões e o molho e deixe fazer borbulhas.

Em um refratário coloque sua massa e regue com o todo molho bem quente, polvilhe queijo parmesão.

Sirva imediatamente acompanhado de um bom vinho ti nto.

(3)

A Coradin madeiras possui

refl orestamento e usina própria de

Preservação de Madeira, estufas

de secagem, realizando tratamento

de madeiras exclusivamente

refl orestadas, com responsabilidade

ambiental de acordo com as normas

da ABNT e dentro dos critérios de

qualidade e legalidade.

Palanques de Eucalipto - Troncos

de Eucalipto – Deck – Playground

Atendimento 41. 3666-1610

comercial@coradinmadeirastratadas.com.br Estrada da Ribeira BR-476, 181 | CEP 83411-000 - Colombo – PR

Proteção Animal no Município de

Colombo é tema de Tribuna Livre

Projeto é voltado para o amparo, cuidado e proteção

de animais. Realiza também o resgate, o tratamento e

castração, além de fazer a ressocialização dos animais.

O presidente da Associação Projeto Ajudei, Aurélio Aguiar, fez uso da tribu-na livre tribu-na Câmara Municipal de Colombo no dia 22 de maio, onde desta-cou os direitos dos animais e falou sobre os movimentos sociais que vem crescendo nos últi mos anos.

“Existe no município, os realizadores efeti vos (protetores), os quais, vem se organizando em grupos, mesmo que de maneira informal, proporcionan-do ações efeti vas em prol proporcionan-dos animais. Podemos citar, como exemplo, os cães comunitários dos terminais Maracanã e Guaraituba, onde os animais ali abrigados, recebem todo o tratamento de saúde necessário, bem como, alimentação e condições de convivência no local, fazendo com que os ani-mais tenham um mínimo de qualidade de vida”, disse Aurélio.

O presidente da Câmara, o vereador Vagner da Viação (PRB), agradeceu a presença e os esclarecimentos. “É um assunto que eu tenho grande com-promisso. Fizemos uma parceria com o SOS Pati nhas aqui da Sede. Como falado, o cão deve ser parte da família. Não basta apenas tê-lo em casa. Ele precisa ser cuidado”, declarou Vagner.

Os vereadores elogiaram o trabalho que vem sendo realizado pelo Projeto Ajudei, se colocaram à disposição e aproveitaram a oportunidade para ti rar dúvidas.

COLOMBO

Competidores homenageiam

cavalo

É com pesar que MARIZA BONTORIN, JOSÉ MACHADO, DU, DINHO (competi dor), e AMANDA DIAS (competi do-ra), da cidade de Colombo, na região metropolitana de Curiti ba, prestam justa ho-menagem ao cavalo CHAKAL DA VELHA LENDA (GIBIZI-NHO), que morreu no dia 12/05/2018 às 11h com apenas 6 anos de idade. De pelagem rosilho. Gibizi-nho teve como causa morte ENTERÓLITO NO INTESTINO.

(4)

QUE TAL APRENDER A FAZER APOSTA?

Veja como é fácil apostar no Tarumã. Se você nunca apostou, conheça as principais modalidades de aposta, olhe sempre o programa das próximas corridas para conhecer os páreos e divirta-se!

Modalidades VENCEDOR

Você aposta apenas em um vencedor para o páreo (corrida) PLACÊ

Vale se o cavalo chegar em primeiro ou segundo lugar DUPLA

Consiste em acertar os dois primeiros colocados, independente da ordem de chegada

EXATA

Consiste em acertar os dois primeiros colocados, na ordem exata TRIFETA

São os três primeiros colocados pela ordem exata. Pode-se fazer apostas combinadas ou simples. Nas combinadas (quantas inversões quiser). Na simples (um cavalo para primeiro, outro para segundo e mais um para terceiro).

QUADRIFETA

São os quatro primeiros colocados pela ordem exata. Pode-se fazer apostas combinadas (quantas inversões quiser). Ou simples (um cavalo para primeiro, segundo, terceiro e quarto lugares)

Além de assistir as corridas que começam sempre a partir das 17h15, você pode fazer uma aposta e se divertir na

arquibancada.

Programe-se!

O JCP, fi ca na Av. Victor Ferreira do Amaral, 2291, no bairro Tarumã em Curitiba.

Informações pelo fone (41) 3075-2121 ou para saber mais acesse www. jockeypr.com.br

Ministério da Agricultura e Pecuária

defende normas de abate humanitário

Hematologia, Bacteriologia, P.R.P. e GTA

Exame de Anemia Infecciosa Equina e Mormo

(41) 3267-7563 (41) 99943-0235

paddocktiba@paddocktiba.com.br Dra. Helena Kyoko Abe

BEM ESTAR ANIMAL

O objetivo das normas é evitar dor e sofrimento desnecessários aos animais em todos os

estabelecimentos inspecionados ofi cialmente, que realizam abates e aproveitamento dos

animais para fi ns comerciais

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

(MAPA) editou a

portaria 62, publicada no dia 18 de maio,

no Diário Ofi cial da União, que abre prazo de 30 dias para

consulta pública do regulamento de manejo pré-abate e abate

humanitário.

O objeti vo das normas é evitar dor e sofrimento

desnecessários aos animais em todos os estabelecimentos

inspecionados ofi cialmente, que realizam abates e

aproveitamento dos animais para fi ns comerciais. É proibido

espancar os animais, agredi-los, erguê-los pelas patas, chifres,

pelos, orelhas ou cauda, ou qualquer outro procedimento que

os submeta a dor, medo ou sofrimento desnecessários. As

informações são do Departamento de Inspeção de Produtos

de Origem Animal (DIPOA) do MAPA.

Propostas

As principais propostas de normati zação determinam que

haverá controle das cargas de animais desti nados ao abate

desde o embarque na propriedade, passando pelo transporte

até o desembarque no frigorífi co. Esses controles serão

baseados na inspeção dos caminhões - incluindo tacógrafos

para fi scalização da velocidade – e exames nos animais para

verifi cação de possíveis lesões antes do abate. Anteriormente,

o controle era feito apenas na chegada ao abatedouro. A nova

regra deverá reduzir o tempo de jejum dos animais, que varia

conforme a espécie (bovino, suíno ou ave).

(5)

Ministério da Agricultura e Pecuária

defende normas de abate humanitário

Conheça e experimente nossa variada linha de cervejas e

chopps artesanais. Produtos de qualidade, feitos por quem entende de cerveja!

(41) 3336 1627

Roni (41) 99816 4479

Diogo (41) 99934 9208

Ricardo (41) 99638 1054

Curitiba-PR

BEM ESTAR ANIMAL

O objetivo das normas é evitar dor e sofrimento desnecessários aos animais em todos os

estabelecimentos inspecionados ofi cialmente, que realizam abates e aproveitamento dos

animais para fi ns comerciais

Nos frigorífi cos

Outra novidade será a obrigatoriedade de os frigorífi cos

manterem um responsável pelo cumprimento das normas

de bem-estar animal (BEA), que prestará orientações no

pré-abate (operações de embarque na propriedade de origem até

a contenção para insensibilização) e no abate dos animais.

Este responsável deverá orientar os motoristas dos veículos

uti lizados para transportar animais.

Mais informações em www.agricultura.gov.br

Com suas cores aveludadas e fortes, as fl ores do amor-

perfeito encantam qualquer pessoa que as observem.

Super charmosas, são as preferidas entre as qualidades

disponíveis para a estação do inverno. Seja na sua versão

graúda ou mesmo na miúda, elas são perfeitas para a

ornamentação de canteiros ou fl oreiras a pleno sol.

Outra, que é linda e não deixa a desejar nessa estação,

é a boca- de- leão. Com cores brilhantes e bem alegres

também é óti ma para embelezar bordaduras, vasos ou

para estar em composição com outras plantas.

Rua Nicola Pellanda, 4871 - Umbará (2km do Ceasa) - Curi� ba-PR www.grameiragabardo.com.br

Facebook: Grameira Gabardo

41 3348-1442 / 99124-0026 (Whats) / 99234-8560 (Whats)

As queridinhas da

próxima estação para

(6)
(7)

2ª Cavalgada

FAZENDA DAS

ARAUCÁRIAS

Inverno

Inscrições: (41) 3322 2221 - 99616 8188

www.hotelfazendadasaraucarias.com

E-mail: atendimento@fazendadasaraucarias.com.br

Local: Hotel Fazenda das Araucárias – BR 277, Km 62, sentido Paranaguá, 500 metros antes do pedágio fazer retorno para Curitiba,

logo em seguida à direita já avistará a entrada da Fazenda. Coordenadas GPS:

S: 25.5492 W: 049.042.35

Distância: 22km

Data: 07/07/2018

Horário: 10h

Em maio, organizei uma cavalgada temáti ca, que além do belíssimo passeio a cavalo, também ofereceu ao cavaleiro a oportunidade de conhecer uma propriedade rural de São Luiz do Purunã, que produz o

Kiwi. Trata-se da Chácara Kiwi da Serra, onde os visitantes puderam acompanhar o pro-cesso de culti vo da fruta. Che-gando à propriedade, os turis-tas foram recepcionados pelo proprietário, que orientou a visita de 1 hora e meia nos 15 ha de área de produção da fruta. O passeio proporcionou a oportunidade de conhecer as técnicas de produção, visi-tar as nascentes de água que irrigam os pomares, a criação de peixes, a criação de abe-lhas que polinizam os poma-res e fi nalmente a colheita do kiwi nos pomares em que o próprio visitante pode es-colher a fruta para levar pra casa.

O Kiwi é uma fruta de ori-gem chinesa, onde é conhe-cida pelo nome de yang tao, e é a fruta símbolo da China. Nos anos 1930 essa fruta foi introduzida na Nova Zelândia por um casal de missionários britânicos, onde passou a ser conhecida como Chinese Gooseberry (Groselha Chi-nesa). A parti r de 1962, essa fruta começou a se espalhar pelo mundo, e nos Estados Unidos, foi rebati zada de Kiwi Fruit. Chegou ao Brasil em 1970, inicialmente culti vado na cidade paulista de Campos do Jordão.

O kiwi tem elevados níveis de

minerais como potássio, magnésio, cobre, ferro e fosfato, e fonte de niacina e fi bras, que contribuem para equilibrar a tensão arterial e auxiliam no aumento das defesas do orga-nismo contra gripes e resfriados. Por ser rico em Vitamina C, o kiwi possui propriedades no sistema imune, anti anêmica, an-ti escorbúan-ti ca e digesan-ti va. A vitamina B6 e a niacina ajudam a reduzir as rugas da pele.

A casca do kiwi, apesar de não ser tão bonita quanto o interior da fruta, é fundamental para o seu equilíbrio, sendo respon-sável pela longa durabilidade. Consegue manter suas caracte-rísti cas nutriti vas por até oito semanas em local fresco e até por seis meses, quando refrigerado e armazenado adequada-mente.

O nome Kiwi provém da semelhança da fruta com uma peque-na ave peque-nati va da Nova Zelândia, de fi peque-nas plumas de cor mar-rom, o Kiwi (Apteryx sp.). O Kiwi ave tem asas rudimentares, é incapaz de voar, podendo chegar ao tamanho de uma galinha.

Ralf Andreas Bernedt, é Engenheiro Florestal, Mestre em Conservação da Natureza pela USP e sócio-proprietário do Restaurante Rancho Ventania em São Luiz do

Purunã-PR - Contato: rventania@gmail.com

A fruta

(8)

Sua participação é importante

Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação

www.colombo.pr.gov.br

planodiretor@colombo.pr.gov.br

(41) 3656-8119

Imagem

Referências

temas relacionados :