Diário do Mercado I 8 de agosto de 2017 Citi Corretora

Texto

(1)

Pag 1 de 12

Market Overview

Fechamento:

O Ibovespa encerrou a sessão em alta, acompanhando o movimento do mercado acionário norte americano, mas também impulsionado pela forte alta das commodities metálicas. O minério de ferro apresentou alta próxima a 3% com recuo da produção. Na agenda de indicadores econômicos, a Produção industrial de junho na Alemanha foi destaque, mostrou queda de 1% m/m, decepcionando as expectativas. Os DIs futuros, especialmente os médios e longos apresentaram alta, num movimento de correção, após as recentes quedas. A Pesquisa Focus mostrou corte na projeção para a Selic no final deste ano, que passou de 8,00% para 7,5% e de 7,75% para 7,50% para o final de 2018. Por outro lado, a expectativa para o IPCA em 2017 piorou após mudança de tarifa de energia e imposto maior em combustível. O dólar apresentou queda após Planalto acertar agenda de votações. O volume do Ibovespa foi de R$5,8 bilhões.

Mercado hoje:

As bolsas asiáticas fecharam em direções opostas nesta terça-feira, em reação aos dados da balança comercial chinesa. O índice Shanghai Composto fechou próximo da estabilidade e o índice Nikkei caiu 0,3%, por conta do fortalecimento do iene frente ao dólar. A balança comercial da China registrou um superávit de US$

46,7 bilhões em julho, resultado superior ao de junho. As exportações cresceram 7,2% (A/A) em julho, resultado aquém das expectativas e também uma desaceleração em relação ao crescimento de 11,3% (A/A) em junho. Já as importações cresceram 11% (A/A) em julho, resultado também aquém das expectativas e em desaceleração frente a junho. As bolsas europeias e os futuros de NY operam sem força nesta manhã, em reação a agenda fraca para o dia e dados mais fracos da balança comercial da Alemanha, que mostrou um superávit comercial inferior ao esperado em junho.

A Alemanha teve um superávit comercial de 21,2 bilhões de euros em junho, com queda de 2,8% (M/M) das exportações e -4,5%

(M/M) das importações. O petróleo opera em leve alta, após aumento da demanda da China, com expansão anual de 12% das importações. Com o exterior morno e agenda fraca, os mercados locais seguem monitorando as movimentações do governo em torno das medidas fiscais em estudo e negociações da equipe econômica para a aprovação das reformas.

Empresas & Setores

Valid (pg. 5), Marcopolo (pg. 6), Empresas aérea (pg. 7), Cemig (pg.

8), Sabesp (pg. 9), Aes Tietê (pg. 10), Eletropaulo (pg. 11)

Ibovespa – Intra Day

66.000 66.500 67.000 67.500 68.000 68.500

10 11 12 14 15 17

Performance (%)

Fe c h. Dia S e m. Mê s Ano Ibovespa 67.940 1,6 1,6 3,1 12,8 IBX- 50 11.357 1,5 1,5 3,0 12,8 S&P 500 2.481 0,2 0,2 0,4 10,8 Dow Jones 22.118 0,1 0,1 1,0 11,9 Nasdaq 6.384 0,5 0,5 0,6 18,6 Dólar Ptax 3,126 0,1 0,1 (0,1) (4,1)

Maiores Altas/Baixas – Ibovespa (%)

Código Compa nhia V a r.

CSNA3 CSN 8,67

MRFG3 Marfrig 5,65

USIM5 Usiminas PNA 5,26

VALE5 Vale 4,35

BRAP4 Bradespar¹ 3,90

KLBN11 Vale - 1,04

LAME4 Lojas Americ anas - 0,75

BBSE3 BB Seguridade - 0,59

SBSP3 #N/A - 0,35

NATU3 Natura - 0,23

Performance por Setor (%)

3,2 2,2

1,7 1,6

1,5 1,3 1,1

1,0 0,7

0,7 0,6

Materials Industrials Imobiliário Ibovespa

Saúde &…

Financials Transp. &…

Energia Telecom, Mídia…

Utilities Consumo &…

Fontes: Bloomberg, Ibovespa ANALISTAS RESPONSÁVEIS: Cauê Pinheiro, CNPI, Larissa Nappo, CNPI-P & Rafael Santos, CNPI

(2)

Pag 2 de 12

MONITOR DE MERCADO

(3)

Pag 3 de 12

AGENDA DE INDICADORES ECONÔMICOS

Segunda, 07/ago Período Expec. Anterior

02:00 JN Índice antecedente CI Jun P 106,20 104,60

03:00 GE Produção industrial SAZ M/M Jun 0,2% 1,2%

05:30 EC Sentix-Confiança do investidor Aug 27,60 28,30 08:25 BZ Central Bank Weekly Economists Survey (Table)

15:00 BZ Balança comercial semanal 6-Aug -- --

16:00 US Crédito ao consumidor Jun $15.000b $18.410b

CH Investimento estrangeiro direto A/A CNY Jul -- 2,3%

CH Balança comercial Jul $45.20b $42.80b

Terça, 08/ago Período Expec. Anterior

01:30 JN Falências A/A Jul -- -7,5%

03:00 GE Balança comercial Jun 23.0b 22.0b

08:00 BZ IGP-DI Inflação FGV M/M Jul -0,5% -1,0%

08:00 BZ IPC-S IPC FGV 7-Aug -- 0,4%

11:00 US Ofertas de emprego JOLTS Jun -- 5.666,00

22:30 CH IPC A/A Jul 1,5% 1,5%

22:30 CH IPP A/A Jul 5,6% 5,5%

Quarta, 09/ago Período Expec. Anterior

03:00 JN Pedidos de ferramentas para máquinas A/A Jul P -- 31,1%

05:00 BZ IPC FIPE- Semanal 7-Aug -- -0,1%

08:00 US MBA-Solicitações de empréstimos hipotecários 4-Aug -- -2,8%

09:00 BZ IPCA inflação IBGE M/M Jul 0,2% -0,2%

09:00 BZ IPCA Inflação IBGE A/A Jul 2,6% 3,0%

11:00 US Estoques no atacado M/M Jun F 0,6% 0,6%

20:50 JN Pedidos de máquinas M/M Jun 3,7% -3,6%

20:50 JN IPP M/M Jul 0,2% 0,0%

CH Oferta monetária M2 A/A Jul 9,4% 9,4%

CH Oferta monetária M1 A/A Jul 14,0% 15,0%

Quinta, 10/ago Período Expec. Anterior

05:30 UK Produção industrial M/M Jun 0,1% -0,1%

08:00 BZ IGP-M Inflation 1st Preview Aug -- -1,0%

09:30 US Novos pedidos seguro-desemprego 5-Aug -- 240k

09:30 US Demanda final IPP M/M Jul 0,1% 0,1%

10:45 US Nível de conforto do consumidor Bloomberg 6-Aug -- 49,60

15:00 US Orçamento mensal Jul -- -$90.2b

Sexta, 11/ago Período Expec. Anterior

03:00 GE IPC M/M Jul F 0,4% 0,4%

03:00 GE IPC A/A Jul F 1,7% 1,7%

09:30 US IPC M/M Jul 0,2% 0,0%

(4)

Pag 4 de 12

Agosto 2017

SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA

31 1 2 3 4

Itaú Unibanco (D) BTG Pactual (D) Arezzo (A) Iochpe Maxion Aes Tietê

Magazine Luiza (D) Cielo Cia Hering Multiplus Alpargatas

Equatorial Duratex (D) Renova Energia Cremer

Porto Seguro Suzano (D) Sanepar Ser Educacional

Totvs (D) Sonae Sierra Smiles (D)

Transmissão Paulista (D) Sul América

SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA

7 8 9 10 11

BB Seguridade Aliansce Shopping Center CVC Brasil B2W Alupar Investimento

Direcional Engenharia Banco Pine Energisa Banco do Brasil B3

Eletropaulo BR Properties Gerdau (A) BRF Bradespar

Linx Comgas Gol Linhas Aereas Copel Braskem

Marcopolo Iguatemi Guararapes Cosan Cesp

Valid Soluções Itaúsa Oi Cyrela Kroton

Locamerica QGEP EzTec Lojas Americanas

Mills Randon Fertilizantes Heringer LPS Brasil

Senior Solution Gafisa Movida

SLC Agrícola JSL Petrobras

T4F Entretenimento Light Saraiva

Taesa Mahle-Metal Leve Somos Educação

Tegma Sabesp Tecnisa

Ultrapar Tenda

SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA

14 15 16 17 18

CSN BrasilAgro

Azul International Meal

CCR JHSF Participações

Cemig Marfrig

Even

General Shopping JBS

Minerva

MRV Engenharia Profarma Qualicorp Restoque

Rossi Residencial São Martinho Tupy

Legenda: (A ) - A ntes da abertura do mercado ; (D) - Depo is do fechamento do mercado Fo nte: B lo o mberg

(5)

Pag 5 de 12

Empresas & Setores

Valid

2T17 misto com sinais de estabilização de margem

Opinião – A Valid entregou sinais mistos no 2T17, com vendas em linha, Ebitda 5% acima (+4% vs consenso do Bloomberg) e lucro 66% abaixo. Apesar do fato de o 2T17 mostrar alguns sinais de estabilização de margens, acreditamos ser difícil ficar excitado com a companhia que teve vendas e Ebitda encolhendo no último semestre. Com isso, embora a VLID3 negocie agora com um significativo desconto para a média histórica, não acreditamos que a ação irá reagir – e o múltiplo irá se expandir, até ao menos uma melhor visibilidade de recuperação de receita e margem.

Esperamos que as receitas voltem a crescer apenas no 1T18.

Conclusão - Mantemos recomendação neutra para VLID3

Fonte: Citi Research (baseado em Valid – Results: Mixed Valid 2Q17 with early signs of margin stabilization, de Lucio aldworth, publicado em 07/08/2017)

Rating Código Preço-Alvo Último Preço Upside (%)

Trading

Market Cap (Milhões) Volume Médio 3M (Milhões) Máxima (52 semanas) Mínima (52 semanas)

Performance % Abs Vs. Ibov

1 Mês 6,9 (2,2)

3 Meses (13,2) -

12 Meses (34,1) (52,0)

Múltiplos (x) 2017E 2018E

VE/EBITDA 9,8 7,7 P/L 17,6 21,9 Neutro

R$ 30,51 R$ 14,73 VLID3 R$ 16,50 R$ 17,60 -6,3

R$ 1.242 -

(6)

Pag 6 de 12

Empresas & Setores

Marcopolo

2T17 acima; Demanda por ônibus intermunicipal ajuda a estabilizar o Ebitda (+3%) a/a; O mix levou a uma recuperação de margem

Opinião – Estamos positivos com os resultados do 2T17 da Marcopolo, dado que o Ebitda ajustado de R$47,4 milhões (+3%

a/a) veio 44% e 19% acima do Citi e do consenso, respectivamente. Os resultados mostraram: 1) uma impressionante recuperação na demanda doméstica por ônibus intermunicipal (+95% a/a), o que suspeitamos ter sido consequência de um movimento de compra se antecipando à nova regulamentação; 2) força continuada de operações fora do Brasil (Volume no México +20%; Volume na África do Sul +34%);

3) sólida recuperação da lucratividade (+56 bps a/a no lucro bruto) quando ajustado pela contribuição negativa da Neobus; +125 bps t/t; e 4) elevação de Market share no Brasil (+13pp), resultado da aquisição da Neobus.

- 2T17 vs Citi – Receita R$741 milhões (+20% a/a) vs Citi R$664 milhões; Ebitda ajustado R$47 milhões (+3% a/a) vs Citi R$33 milhões. Lucro líquido de R$26 milhões vs nossa estimativa de - R$44 milhões.

Conclusão – Esperamos uma reação positiva do mercado aos resultados do 2T17. Mantemos nossa recomendação de venda dado o valuation esticado (14,4x EV/Ebitda 2018e).

Fonte: Citi Research (baseado em Marcopolo – Results: 2Q17 beats; intercity bus demand helps stabilize Ebitda (+_3% a/a; Mix drives margin rebound, de Juan Tavarez, publicado em 07/08/2017)

Rating Código Preço-Alvo Último Preço Upside (%)

Trading

Market Cap (Milhões) Volume Médio 3M (Milhões) Máxima (52 semanas) Mínima (52 semanas)

Performance % Abs Vs. Ibov

1 Mês 22,0 13,0

3 Meses 36,0 -

12 Meses 7,0 (10,9)

Múltiplos (x) 2017E 2018E

VE/EBITDA 184,7 32,4 P/L 40,0 19,6 Venda

R$ 3,52 R$ 2,32 POMO4 R$ 2,40 R$ 3,44 -30,2

R$ 2.906 R$ 13,7

(7)

Pag 7 de 12

Empresas & Setores

Empresas Aéreas

Tendências positivas para as tarifas para Azul, Latam Airlines

Uma pesquisa proprietária do Citi sobre compras antecipadas de passagens aéreas de rotas domésticas no Brasil mostram que as tarifas de rotas regionais estão consistentemente mais caras do que de linhas principais. Este é o caso, mesmo que a distância média de cada categoria de rota seja a mesma. As maiores tarifas regionais suportam nossa tese otimista para o poder de preço da Azul, versus nossa postura cautelosa sobre a sua rival Gol.

Uma pesquisa sobre as tarifas domésticas de linhas principais da Latam Airlines mostrou que elas possuem preço 3,4x maior do que as tarifas cobradas quando se compra antecipadamente. Isto se compara favoravelmente com 1,8x da Avianca e 1,3x da Gol. O amplo spread é importante para a Latam, pois mostra que a companhia possui habilidade mais forte para cobrar maiores tarifas de passageiros premium ou que estão viajando a negócios.

Este resultado nos leva a elevar o crescimento do yield por passageiro esperado para o 2T17 de 2% para 6% a/a.

Ordenando nossas preferências – O melhor humor do mercado Brasileiro significa que as companhias aéreas devem negociar a um múltiplo maior. Isto nos leva a elevar o múltiplo-alvo para Azul e Gol. Entretanto, diferenciando as transportadoras entre companhias com sólidos fundamentos e ações de trading, no Brasil, a Azul é a nossa favorita, enquanto a Gol tem recomendação neutra/alto risco. O perfil operacional estável da Azul, incluindo uma melhor resposta à volatilidade cambial, nos leva a remover o perfil alto risco da recomendação de compra da companhia.

O novo preço-alvo para a Azul oferece ~32% de upside.

Fonte: Citi Research (baseado em South American Airlines – Fare is fair. Positive trends for Azul, Latam Airlines, de Stephen Trent, publicado em 07/08/2017)

(8)

Pag 8 de 12

Empresas & Setores

Cemig

Atualização de modelo

Ajustamos nossas estimativas antes dos resultados do 2T17 para refletir as estimativas de volume para os negócios da Cemig e revisão das estimativas macro do Citi. Esperamos que a Cemig reporte um EBITDA de R$ 698 milhões (+15% A/A), impulsionado por volumes mais fracos e maior inadimplência no segmento de distribuição e diminuição da contribuição de geração após a revogação das liminares que protegiam as usinas hidrelétricas de Miranda e Jaguara em 17 de março. O lucro líquido deve atingir R$ 195 milhões no 2T17 (-3,5% A/A). Ajustamos nosso lucro por ação para 2017/18/19 em -7,7%/ +4,3%/-1,0% para refletir os efeitos mencionados. Mantemos nosso preço-alvo em R$ 11,00/

ação e recomendação de compra/ alto risco.

Fonte: Citi Research (baseado em Cemig – Model Update and 2Q17 preview, de Marcelo Britto, publicado em 07/08/2017)

Rating Código Preço-Alvo Último Preço Upside (%)

Trading

Market Cap (Milhões) Volume Médio 3M (Milhões) Máxima (52 semanas) Mínima (52 semanas)

Performance % Abs Vs. Ibov

1 Mês 8,9 (0,1)

3 Meses 2,4 -

12 Meses 3,8 (14,1)

Múltiplos (x) 2017E 2018E

VE/EBITDA 5,3 5,3 P/L 8,5 6,0 Compra / Risco Alto

R$ 11,72 R$ 5,14 CMIG4 R$ 11,00 R$ 9,06 21,4

R$ 11.417 R$ 44,4

(9)

Pag 9 de 12

Empresas & Setores

Sabesp

O regulador divulga a nova agenda. Tarifas preliminares devem ser divulgadas em 10 de agosto

Ontem, a Arsesp divulgou um novo cronograma para a revisão tarifária da Sabesp em 2017. De acordo com o cronograma revisado, a publicação das notas técnicas deverá ocorrer no dia 10 de agosto (vs o cronograma anterior 28 de julho). Essas notas devem mostrar os elementos-chave para o caso tarifário (taxa base, retorno regulado, nível de eficiência de custos, plano de capex regulamentado, aumento de tarifa) e estarão disponíveis para consulta pública. As audiências serão realizadas entre 14 de agosto e 4 de setembro. O aumento da tarifa deverá ocorrer no dia 03 de outubro (vs 15 de setembro anteriormente). A conclusão esperada da segunda fase da revisão tarifária permanece inalterada (10 de abril de 2018). Nós somos neutros ao anúncio.

As premissas do caso tarifário da Sabesp permanecem incertas, principalmente no que diz respeito a um potencial write-up da taxa base. Esperamos que as taxas finais considerem o adiamento do tempo na taxa. Além disso, a decisão do controlador da Sabesp, recentemente anunciada, para avançar na reestruturação societária e o aumento de capital deve ser monitorado de perto, uma vez que o caso tarifário e o potencial aumento de capital não devem ocorrer ao mesmo tempo.

Mantemos nossa recomendação neutra/ alto risco, com preço- alvo de R$ 34,80/ ação.

Fonte: Citi Research (baseado em Sabesp – Alert: Regulator releases new schedule.

Preliminary rates due Aug 10th, de Marcelo Britto, publicado em 07/08/2017)

Rating Código Preço-Alvo Último Preço Upside (%)

Trading

Market Cap (Milhões) Volume Médio 3M (Milhões) Máxima (52 semanas) Mínima (52 semanas)

Performance % Abs Vs. Ibov

1 Mês 7,0 (2,0)

3 Meses 12,1 -

12 Meses 16,6 (1,3)

Múltiplos (x) 2017E 2018E

VE/EBITDA 6,6 5,5 P/L 9,0 7,4 Neutro / Risco Alto

R$ 35,81 R$ 25,25 SBSP3 R$ 34,80 R$ 33,72 3,2

R$ 23.048 R$ 45,7

(10)

Pag 10 de 12

Empresas & Setores

Aes Tietê

Resultado do 2T17

Esperamos uma reação neutral dos mercados aos resultados do 2T17 da AES Tietê, que reportou um EBITDA de R$ 213 milhões (-12% A/A), em linha com as expectativas do Citi e um pouco acima das expectativas do mercado. A queda do EBITDA em relação ao ano anterior, decorre principalmente da estratégia de vendas. No entanto, compromissos comerciais menores, com queda das receitas de 2,7% A/A, amorteceram os efeitos negativos da hidrologia mais fraco no 2T17, reduzindo a exposição ao déficit hídrico e a alta dos preços no mercado a vista e, portanto, levou a menores custos de compra de energia (-9,5%

A/A). O desempenho dos custos de caixa foi fraco, com aumento de 27% A/A (vs inflação final de 3,0%), com destaque para aumento de despesas com pessoal (+28% A/A) e despesas com terceiros (+17% A/A). O lucro líquido atingiu R$ 91 milhões (-12%

A/A), em linha com as estimativas do Citi e um pouco abaixo das estimativas do consenso. No 2T17, a Tietê conseguiu vender 36MW (2,9% da capacidade comercial) para 2018-2020 com potência média a um preço de R$ 179/ MWh. Tietê anunciou dividendos de R$ 102,4 milhões (o que representa um dividend yield de 1,8% e a ação fica ex em 11 de agosto).

Somos compradores de AES Tietê. Em antecipação à melhora hídrica para o 2S17 e a redução da energia assegurada, a administração da Tietê deverá tomar medidas antecipadas para o fornecimento de energia para reduzir os riscos operacionais e proteger o caixa. Além disso, a administração está avaliando as oportunidades de crescimento inorgânico (por exemplo, o projeto solar recentemente anunciado e vento Alto Sertão II) para reduzir a exposição à geração hidrelétrica.

A empresa fará uma teleconferência para apresentar os resultados do 2T17 amanhã, às 10h.

Mantemos nossa recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 15,60/ ação.

Fonte: Citi Research (baseado em Aes Tietê – Results: 2Q Ebitda in line with Citi.

Sales strategy protects cash flows, de Marcelo Britto, publicado em 07/08/2017)

Rating Código Preço-Alvo Último Preço Upside (%)

Trading

Market Cap (Milhões) Volume Médio 3M (Milhões) Máxima (52 semanas) Mínima (52 semanas)

Performance % Abs Vs. Ibov

1 Mês 2,8 (6,2)

3 Meses 11,0 -

12 Meses (11,0) (28,9)

Múltiplos (x) 2017E 2018E

VE/EBITDA 7,3 6,3 P/L 11,8 12,0 Compra

R$ 16,96 R$ 11,45 TIET11 R$ 15,60 R$ 14,50 7,6

R$ 5.678 R$ 16,9

(11)

Pag 11 de 12

Empresas & Setores

Eletropaulo

Ebitda 2T em linha com as estimativas do Citi

Opinião - Esperamos uma reação do mercado neutra para os resultados apresentados referentes ao 2T17. O Ebtida de R$ 262 milhões veio em linha com as estimativas do Citi, mas abaixo do consenso (-10%). As reduções de custos atingiram R$ 77 milhões, vs guidance de R$ 70 milhões para o trimestre. Os custos caixa (PMS) reduziram 0,7% a/a(vs inflação de 3,0%) com custos de pessoal elevado (+6,5% a/a) sendo compensado por serviços de terceiros mais baixos (-7% a/a) e material de despesas (-22% a/a). A inadimplência caiu para R$ 46 milhões (- 50% a/a e -21% t/t). Qualidade de serviço melhorou a/a, como resultado de opex eficiente e investimentos na rede. Os volumes de varejo apresentaram contração de 8% a/a impulsionada por menores volumes comerciais / industriais (-15% e -22% a/a, respectivamente, devido à migração para o mercado livre) e volumes residenciais flat (-0,2% a/a). Dívida Líquida/Ebitda ajustado LTM foi de 2.91x (covenant de 3,5x). Lucro líquido de R$ 31 milhões ficou em linha com as nossas estimativas, mas abaixo do consenso (-19%).

Outros destaques – A Eletropaulo cortou suas estimativas de superabastecimento de 2017 para 104,2% (contra 105,9%

anteriormente). Para 2018 superabastecimento foi revisto para 105,1% (vs. anterior de 107,3%). Isso significa que os custos de compra de energia deve ser integralmente repassados paras as taxas de usuário final. A administração reiterou o guidance de redução de custos em 2017, com o objetivo de reduzir os gastos em R$ 200 milhões este ano (R$ 80 milhões no 3T17 e R$ 43 milhões no 4T17) e R$ 150 milhões em 2018.

Implicações - Mantemos nossa recomendação Neutra / alta risco para Eletropaulo. Apesar de reconhecermos que as iniciativas de corte de custos estão dando frutos, permanecemos cautelosos devido aos volumes fracos e passivos extrapatrimoniais.

A migração para o Novo Mercado e a decisão sobre o processo com outra empresa do setor continuam sendo os principais catalisadores para o desempenho das ações no curto prazo.

Fonte: Citi Research (baseado em Eletropaulo – Results: 2Q Ebitda in line w/ Citi.

Ahead on cost savings target, de Marcelo Britto, publicado em 07/08/2017)

Rating Código Preço-Alvo Último Preço Upside (%)

Trading

Market Cap (Milhões) Volume Médio 3M (Milhões) Máxima (52 semanas) Mínima (52 semanas)

Performance % Abs Vs. Ibov

1 Mês 14,4 5,4

3 Meses (1,9) -

12 Meses 21,2 3,3

Múltiplos (x) 2017E 2018E

VE/EBITDA 8,3 6,8 P/L 11,7 5,7 Neutro / Risco Alto

R$ 15,87 R$ 7,87 ELPL4 R$ 13,00 R$ 15,00 -13,3

R$ 2.493 R$ 18,3

(12)

Pag 12 de 12

Informações Importantes:

Este relatório foi elaborado por Cauê Pinheiro, Larissa Nappo & Rafael Santos (“Analistas”), analistas de investimentos credenciados junto à Apimec e vinculados à Citigroup Global Markets Brasil CCTVM S.A. (“CGMB”), uma afiliada do Citigroup Global Markets Inc. (“CGMI”). Cauê Pinheiro é o responsável principal pelo conteúdo deste relatório de acordo com a Instrução CVM nº 483, de 6 de julho de 2010.

Este material tem caráter meramente informativo, não constituindo oferta de compra ou de venda de títulos e/ou valores mobiliários pela CGMB, ainda que aqui mencionados. As informações constantes deste material podem auxiliar o investidor em suas decisões de investimento, porém o investidor será responsável, de forma exclusiva, pela verificação da conveniência e oportunidade da movimentação de sua carteira de investimentos e pela tomada de decisão quanto à efetivação de operações de compra e/ou venda de títulos e/ou valores mobiliários. Este material apresenta informações para diversos perfis de investimento e o investidor deverá verificar e atentar para as informações próprias ao seu perfil de investimento, uma vez que as informações constantes deste material não são adequadas para todos os investidores. Quaisquer projeções de risco ou retorno potenciais são meramente ilustrativas e não são e não devem ser interpretadas pelo investidor como previsão de eventos futuros e/ou garantia de resultados. Além disso, não garantimos a exatidão das informações aqui contidas e recomendamos ao investidor que não utilize este relatório com única fonte para embasar suas decisões de investimento. Os investimentos realizados pelo investidor para sua carteira estão sujeitos a diversos riscos inerentes aos mercados e aos ativos integrantes da carteira, incluindo, sem limitação, risco de mercado, risco de crédito, risco de liquidez, risco cambial, risco de concentração, risco de perda do capital investido e de disponibilização de recursos adicionais, entre outros.

Com relação às companhias, mercados e valores mobiliários ora analisados, nos termos da regulamentação em vigor, os Analistas declaram que:

(i) As recomendações do presente relatório de análise refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais, sendo certo que o relatório foi elaborado de forma independente, inclusive em relação à CGMB e da CGMI.

(ii) A remuneração recebida pelo Analista está condicionada ao cumprimento de premissas qualitativas e quantitativas estabelecidas pela CGMB, podendo inclusive levar em consideração o resultado total da CGMB, mas não é influenciada, direta ou indiretamente, por recomendações específicas ou opiniões expressas pelo Analista neste relatório de análise.

(iii) A CGMB é membro do grupo Citi, que possui empresas e negócios em mais de 100 países. Considerando a atual estrutura do grupo Citi, é provável que alguma empresa do grupo, inclusive as próprias CGMB e CGMI, tenham interesses financeiros e/ou comerciais relevantes em relação às companhias, mercados e aos valores mobiliários objeto do presente relatório de análise.

As opiniões aqui constantes foram elaboradas com base em informações e dados obtidos de diversas fontes, inclusive no material de análise elaborado pela Citi Investment Research & Analysis (“CIRA”), conforme devidamente identificadas e indicadas no corpo do documento. CIRA é a divisão de análise de investimento da CGMI, cuja política aplicável às suas opiniões e relatórios de análises está disponível em http://www.citigroupgeo.com. O presente relatório foi elaborado de forma independente pelo Analista vinculado à CGMB e não obstante a utilização do material de análise elaborado pela CIRA, as opiniões do Analista podem divergir das opiniões da CIRA.

SAC Citi - Serviço de Apoio ao Cliente Reclamações, Cancelamentos e Informações 0800 979 2484 (deficientes auditivos - 0800 724 2484)

Todos os dias, 24h

Se não ficar satisfeito com a solução apresentada, de posse do protocolo, contate a Ouvidoria 0800 970 2484 (deficientes auditivos - 0800 722 2484).

Em dias úteis das 9h às 18h Fale Conosco: www.citicorretora.com.br

Imagem

temas relacionados :