Divulgação das DF s do Wall Mart no 3T03

24 

Loading.... (view fulltext now)

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

Teoria da

Teoria da

Contabilidade

Contabilidade

Prof. Dr. Fernando Caio

Prof. Dr. Fernando Caio Galdi

Galdi

Professor Associado da FUCAPE Business Professor Associado da FUCAPE Business SchoolSchool

Diretor da FUCAPE

Diretor da FUCAPE ConsultingConsulting fernando.galdi@fucape.br fernando.galdi@fucape.br

Por que a Contabilidade

Por que a Contabilidade

Financeira é importante?

Financeira é importante?

(2)

Influência nos preços

Influência nos preços

Divulgação das DF’s do Wall Mart no 3T03

Influência nos preços

Influência nos preços

Divulgação das DF’s da Rossi Residencial no 1T08

Publicação do Resultado

(3)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Assimetria Informacional

Assimetria Informacional

e Conflitos de Interesses

e Conflitos de Interesses

Assimetria Informacional

Assimetria Informacional

“Sem assimetria

“Sem assimetria

informacional, não há

informacional, não há

utilidade para a própria

utilidade para a própria

contabilidade”

contabilidade”

(Lopes e Martins, 2005)

(Lopes e Martins, 2005)

(4)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Assimetria Informacional

Assimetria Informacional

•• EmEm 19701970,, AkerlofAkerlof trouxetrouxe àà tonatona oo tematema “assimetria“assimetria informacional”

informacional”::

– The market for “lemons”: quality uncertainty and the market mechanism (Quarterly Journal of Economics).

•• OO autorautor demonstrademonstra queque oo volumevolume dede negóciosnegócios emem umum período

período podepode serser comprometidocomprometido porpor causacausa dada assimetriaassimetria informacional

informacional;;

•• IlustraçãoIlustração viavia exemploexemplo (adaptado(adaptado dodo própriopróprio Akerlof)Akerlof)..

Assimetria Informacional

Assimetria Informacional -- EXEMPLO

EXEMPLO

•• Existem apenas dois tipos de carros no mercado: A e B;Existem apenas dois tipos de carros no mercado: A e B;

•• Os carros do tipo A são bons e os do tipo B são ruins;Os carros do tipo A são bons e os do tipo B são ruins;

•• Os carros A possuem valor de $ 10 e os carros ruins Os carros A possuem valor de $ 10 e os carros ruins possuem valor de $ 5;

possuem valor de $ 5;

•• O que aconteceria em um cenário de assimetria O que aconteceria em um cenário de assimetria informacional máxima?

informacional máxima?

– O comprador não poderia diferenciar os carros bons dos ruins. – Se o comprador oferecer um preço de $10, tanto os vendedores

dos carros tipo A quanto os do tipo B oferecerão seus carros. O comprador não diferenciará.

– Se o comprador oferecer um preço de $5, somente os proprietários de carros ruins oferecerão seus produtos. Nenhuma negociação será realizada.

(5)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Assimetria Informacional

Assimetria Informacional -- EXEMPLO

EXEMPLO

•• E na vida real?E na vida real?

•• Poderíamos chamar um mecânico? Qual seria o seu Poderíamos chamar um mecânico? Qual seria o seu papel?

papel?

•• Assumindo que o mecânico forneça uma medida não Assumindo que o mecânico forneça uma medida não viesada do real estado do veículo...

viesada do real estado do veículo...

•• ...ele seria considerado um ...ele seria considerado um INTERMEDIÁRIO INTERMEDIÁRIO INFORMACIONAL

INFORMACIONAL..

•• E no mercado financeiro? Quais intermediários E no mercado financeiro? Quais intermediários informacionais você citaria?

informacionais você citaria?

Conflitos de Agência

Conflitos de Agência

•• Voltando à firma clássica...

Voltando à firma clássica...

– Único dono...

– ...que também é o gestor...

– ...racionalidade...

– ...ou seja, busca pela maximização do lucro

econômico no longo prazo...

(6)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Conflitos de Agência

Conflitos de Agência

•• Mudança

Mudança de

de paradigma

paradigma...

...

– Nas corporações modernas, ocorre a dissociação

entre propriedade e gestão;

– Possibilidade de ocorrência de conflitos de

interesses entre os vários interessados nas

atividades da firma;

– Teoria de agência.

•• Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

i) Acionistas vs. Administradores

i) Acionistas vs. Administradores

ii) Acionistas vs. Credores

ii) Acionistas vs. Credores

iii) Acionistas Controladores vs.

iii) Acionistas Controladores vs.

Minoritários

Minoritários

iv) Credores vs. Administradores

iv) Credores vs. Administradores

(7)

Prof. Dr. Fernando Galdi

•• Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

i) Acionistas vs. Administradores

i) Acionistas vs. Administradores

-- Separação de Propriedade e

Separação de Propriedade e

Controle

Controle

– Às vezes, o objetivo de maximização do

valor da empresa para os proprietários é

conflitante com os objetivos dos agentes

=> conflito de agência acionista x

administrador.

••

Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

i) Acionistas vs. Administradores

i) Acionistas vs. Administradores -- Exemplo:

Exemplo:

Empresa XYZ

Empresa XYZ

-- Os administradores recebem bônus (6 salários

Os administradores recebem bônus (6 salários

adicionais) se atingirem a meta de $ 80.000 de

adicionais) se atingirem a meta de $ 80.000 de

faturamento no período de 1 ano

faturamento no período de 1 ano

-- Até o final de novembro/04 a empresa apurou um

Até o final de novembro/04 a empresa apurou um

faturamento de $65.000

faturamento de $65.000

-- No início de dezembro aparecem duas

No início de dezembro aparecem duas

oportunidades (excludentes) para a empresa:

oportunidades (excludentes) para a empresa:

a) Fechar um contrato de $20.000: 10% de chance

a) Fechar um contrato de $20.000: 10% de chance

(VPL = $2.000)

(VPL = $2.000)

b) Fechar um contrato de $10.000: 100% de chance

b) Fechar um contrato de $10.000: 100% de chance

(VPL = $10.000)

(VPL = $10.000)

(8)

Prof. Dr. Fernando Galdi

•• Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

ii) Acionistas vs. Credores

ii) Acionistas vs. Credores

– Credores:

• tem prioridade de recebimento sobre os

acionistas, em caso de falência da empresa

• caso a empresa não entre em falência, seu

recebimento é fixo.

– Acionistas

• são os últimos a receber em caso de falência da

empresa

• caso a empresa for bem são os grandes

beneficiários

• detêm o controle

•• Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

ii) Acionistas vs. Credores e Credores vs. Administradores ii) Acionistas vs. Credores e Credores vs. Administradores --Exemplo:

Exemplo:

Empresa XYZ

Empresa XYZ

-- As

As dívidas $150.000 de

dívidas $150.000 de vencem em 31.03.2005

vencem em 31.03.2005

-- Valores de máquinas

Valores de máquinas &

& equip

equip.

. = $120.000

= $120.000

-- Dois projetos excludentes

Dois projetos excludentes

(podem ser realizados até 31.03.2005):

(podem ser realizados até 31.03.2005):

a) Fluxo de Caixa garantido de $20.000

a) Fluxo de Caixa garantido de $20.000

(VPL=$20.000)

(VPL=$20.000)

b) 10% de chance de ter um Fluxo de Caixa de

b) 10% de chance de ter um Fluxo de Caixa de

$100.000 (VPL=$10.000)

(9)

Prof. Dr. Fernando Galdi

•• Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

iii) Acionistas Controladores vs. Minoritários

iii) Acionistas Controladores vs. Minoritários



As empresas abertas brasileiras têm

características peculiares:

• geralmente não têm controle disputado em

bolsas de valores

• a existência de ações que não possuem direito

a voto (PN) pode causar a estranha situação

aonde quem menos investe tem mais poder

• Lei 10.303/01 e Novo Mercado

•• Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

iii) Acionistas Controladores vs. Minoritários

iii) Acionistas Controladores vs. Minoritários

– Exemplos:

Exemplos:















 Caso

Caso Ambev

Ambev















 Dividendos, expropriação dos

Dividendos, expropriação dos

lucros, etc...

(10)

Prof. Dr. Fernando Galdi

•• Conflito de Agência:Conflito de Agência:

•• Instrumentos de Mitigação do

Instrumentos de Mitigação do

Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

1) Forças de mercado:

• Companhias de seguro e fundos de pensão participando da administração;

• Possibilidade de aquisição hostil (novo no mercado brasileiro).

2) Os acionistas assumem gastos para “encorajar” os

agentes a assumir seus interesses:

• Despesas de monitoramento: auditorias e medidas de controle; • Custos de oportunidade: excesso de controle leva a estrutura

organizacional rígida. Falta de flexibilidade e perda de oportunidades.

• Despesas de estruturação: incentivos aos administradores. Ex: opções de compra de ações.

(11)

Prof. Dr. Fernando Galdi

3) Os credores se protegem colocando restrições

(covenants) na concessão de crédito.

Exemplo: restrição ao endividamento e ao pagamento de

dividendos.



normalmente mensuradas por indicadores contábeis

4) Instrumentos de Governança Corporativa e outros

•• Instrumentos de Mitigação do

Instrumentos de Mitigação do

Conflito de Agência:

Conflito de Agência:

Contabilidade

Contabilidade

Reduzir a Assimetria Informacional

Reduzir a Assimetria Informacional

Conflitos de Interesses

Conflitos de Interesses

Divulgação das Informações

Divulgação das Informações

(12)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Caracterizar a empresa como um

Caracterizar a empresa como um

conjunto de contratos entre os

conjunto de contratos entre os

diversos participantes.

diversos participantes.

O funcionamento adequado da empresa

O funcionamento adequado da empresa

depende do equilíbrio contratual

depende do equilíbrio contratual

estabelecido.

estabelecido.

Teoria Contratual da Firma

Teoria Contratual da Firma

Contratos

Contratos

•• Porém,

Porém,

problemas

problemas

no

no

estabelecimento

estabelecimento e

e na

na execução

execução dos

dos

contratos

contratos...

...

•• Os

Os agentes

agentes geralmente

geralmente atuam

atuam em

em

situações

situações onde

onde a

a informação

informação é

é

imperfeita

(13)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Informação Imperfeita

Informação Imperfeita

•• As

As regras

regras são

são claras

claras e

e todos

todos as

as

conhecem

conhecem;;

•• Porém,

Porém, um

um agente

agente não

não conhece

conhece as

as

ações

ações dos

dos outros

outros agentes

agentes;;

•• Você

Você teria

teria algum

algum exemplo

exemplo disso?

disso?

Informação Incompleta

Informação Incompleta

•• As

As regras

regras não

não estão

estão totalmente

totalmente

claras

claras;;

(14)

Fluxo de Recursos nas Organizações de Ações Privadas

Fornecedores

Empregados

Acionistas

Credores

Fornecedores

Governo

Administradores

Habilidades Compensação D ir ei to s R es id u ai s P a tr im ô n io L íq ui d o

Clientes

Contribuições e Direitos de

Contribuições e Direitos de

Vários Agentes

Vários Agentes

Tipo de Agente Contribuição Direito

Acionista capital dividendo

Administrador habilidades salário, bônus, benefícios

Empregado habilidades salário, promoção, benefícios

Fornecedor bens, serviços caixa

Cliente caixa bens, serviços

Credor financiamento juros, principal

Governo ações públicas impostos

(15)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Qual o papel da contabilidade?

Qual o papel da contabilidade?

•• Mensurar

Mensurar

a

a

contribuição

contribuição

de

de cada

cada um

um dos

dos

participantes

participantes..

•• Mensurar

Mensurar

o

o

direito

direito

de

de

cada

cada

um

um

dos

dos

participantes

participantes..

•• Informar

Informar

os

os participantes

participantes a

a respeito

respeito do

do

sucesso

sucesso no

no cumprimento

cumprimento dos

dos contratos

contratos..

•• Distribuir

Distribuir

informação

informação

aos

aos

potenciais

potenciais

participantes

participantes..

•• Distribuir

Distribuir

plenamente

plenamente informação

informação..

Mecanismos de Governança

Mecanismos de Governança

Investidores protejam seus investimentos Investidores protejam seus investimentos

Mercado de Capitais

Mercado de Capitais Controle InternoControle Interno

Investimento Pulverizado Investimento Pulverizado Acionistas dispersos Acionistas dispersos Shareholder Shareholder Investimento Concentrado Investimento Concentrado Acionistas dentro da empresa Acionistas dentro da empresa

Stakeholder Stakeholder

Não influencia na Não influencia na administração

administração Influencia na administraçãoInfluencia na administração Papel da Contabilidade

(16)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Processo Contábil

Processo Contábil

•• Reconhecer os eventos econômicos

Reconhecer os eventos econômicos

– Classificação

Terminologia

•• Mensurar os eventos econômicos

Mensurar os eventos econômicos

– Valorar

Unidade Monetária

•• Evidenciar os eventos econômicos

Evidenciar os eventos econômicos

– Mostrar

Disclosure

Processo contábil

Processo contábil

Seria o “resultado de um amplo

Seria o “resultado de um amplo

conjunto de forças econômicas,

conjunto de forças econômicas,

sociais, institucionais e políticas”

sociais, institucionais e políticas”

(LOPES & MARTINS: 2005, p. 52) (LOPES & MARTINS: 2005, p. 52)

..

(17)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Code

Code--law

law versus

versus Common

Common--law

law

Historicamente

Historicamente

•• CodeCode--lawlawou Direito Romano:ou Direito Romano:

– Intenso processo de regulamentação; – Brasil: Lei 6.404/76, Lei 11.638/07 / COSIF; – França: Plan Comptable;

– Países: Alemanha, Itália, Portugal, Espanha e suas ex-colônias.

•• CommonCommon--lawlawou Direito Consuetudinário:ou Direito Consuetudinário:

– Menor regulação;

– Regulamentação por órgãos da iniciativa privada, e não pelo governo;

– Países: Inglaterra, EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Malásia.

Modelos de Governança:

Modelos de Governança:

Code

Code--law versus Commonlaw versus Common--lawlaw

•• Países Países commoncommon--lawlaw::

– Modelo de mercado de capitais;

– Principais financiadores são investidores;

– Normalmente há pulverização do controle acionário.

•• Países Países codecode--lawlaw::

– Modelo de controle interno (insider model);

– Principais financiadores são instituições financeiras e demais investidores institucionais;

(18)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Evidências Empíricas:

Evidências Empíricas:

Code

Code--law versus Commonlaw versus Common--lawlaw

•• Regulação:Regulação:

– Países common-law possuem uma contabilidade “menos” regulada (e feita por organismos privados, como o FASB); – Ou seja, há menor influência governamental no processo

regulatório.

•• Estrutura Acionária:Estrutura Acionária:

– Países common-law possuem mercados de capitais mais desenvolvidos com estrutura acionária dispersa entre um grande número de acionistas;

•• Força da profissão contábil:Força da profissão contábil:

– A profissão contábil em países common-law é auto-regulamentada com enorme impacto social e prestígio.

Evidências Empíricas:

Evidências Empíricas:

Code

Code--law versus Commonlaw versus Common--lawlaw

•• Impacto tributário na contabilidade:Impacto tributário na contabilidade:

– Países common-law apresentam segregação entre a contabilidade e a legislação tributária.

•• Outras:Outras:

– Fontes de financiamento (se o financiamento for via mercado, há a tendência de um maior nível de disclosure); – Tamanho do mercado de capitais (mercados maiores

apresentam maior pulverização do controle acionário); – Sofisticação da base de investidores (se houver o

predomínio de investidores institucionais, a forma de apresentação nas demonstrações contábeis “não importa”).

(19)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Arcabouço Conceitual

Arcabouço Conceitual

Arcabouço Conceitual

Arcabouço Conceitual

Estrutura Conceitual



Objetivo das demonstrações contábeis;



Características qualitativas que determinam a

utilidade

das

informações

contidas

nas

demonstrações contábeis;



Definição, reconhecimento e avaliação dos

elementos que compõem as demonstrações

contábeis;

(20)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Objetivos das DF´s -

INVESTIDORES



O objetivo das DF´s é fornecer informações

contábil-financeiras acerca da entidade que

reporta essa informação (

reporting entity) que

sejam úteis a investidores existentes e em

potencial, a credores por empréstimos e a

outros credores, quando da tomada decisão

ligada ao fornecimento de recursos para a

entidade.

Objetivo das DCs



Promover

informações

acerca

da

posição

financeira (e suas alterações) e resultados.



As informações devem ser úteis e atenderem às

(21)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Performance Financeira é refletida por...



Regime de Competência;

 Informação não sobre transações passadas que afetaram o caixa, mas também sobre recebimentos e pagamentos que ocorrerão no futuro.

 Papel dosaccruals.



Fluxo de Caixa.

Premissa Subjacente



Continuidade

 As demonstrações contábeis normalmente são elaboradas tendo como premissa que a entidade está em atividade

(going concern assumption) e irá manter-se em operação

(22)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Características Qualitativas Fundamentais



Relevância

 A informação contábil é relevante quando esta influencia as decisões econômicas dos usuários: valor preditivo ou confirmação (feedback value).



Representação Fidedigna

 Os relatórios contábil-financeiros representam um fenômeno econômico em palavras e números. Para ser útil, a informação contábil-financeira não tem só que representar um fenômeno relevante, mas tem também que representar com fidedignidade o fenômeno que se propõe representar.

 A realidade retratada precisa ter três atributos. Ela tem que ser completa, neutra e livre de erro.

Características Qualitativas de Melhoria



Comparabilidade;

 Deve possibilitar a comparação com informação similar de outras entidades;

 Avaliação de tendências;



Verificabilidade;

 Diferentes observadores, cônscios e independentes, podem chegar a um consenso, embora não cheguem necessariamente a um completo acordo, quanto ao retrato de uma realidade econômica em particular ser uma representação fidedigna;

(23)

Prof. Dr. Fernando Galdi

Características Qualitativas de Melhoria



Compreensibilidade;

 Presume-se que os usuários tenham conhecimento razoável dos negócios, atividades econômicas e contabilidade.

 Assuntos complexos não devem ser excluídos sob a justificativa de que seriam “difíceis” de serem compreendidos por determinados grupos de usuários.



Tempestividade;

 Significa ter informação disponível para tomadores de decisão a tempo de poder influenciá-los em suas decisões.

Restrição



Custo

versus

Benefício;

 Na aplicação da restrição do custo, avalia-se se os benefícios proporcionados pela elaboração e divulgação de informação em particular são provavelmente justificados pelos custos incorridos para fornecimento e uso dessa informação.

(24)

Prof. Dr. Fernando Galdi

True and Fair View



Aplicação

das

características

qualitativas

principais e dos padrões contábeis apropriados

resulta em demonstrações financeiras que são

adequadas ao que é genericamente conhecido

como a visão justa e verdadeira.

Imagem

Referências

temas relacionados :