IBM Cognos PowerPlay Versão Guia de Migração e Administração

159 

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

IBM Cognos PowerPlay

Versão 10.2.1

Guia de Migração e Administração

(2)

Nota

Antes de usar estas informações e o produto suportado por elas, leia as informações em “Avisos” na página 145.

Informações do produto

Este documento aplica-se ao IBM Cognos Business Intelligence Versão 10.2.1 e poderá aplicar-se também a liberações subsequentes.

(3)

Índice

Introdução . . . vii

Capítulo 1. O que há de novo? . . . 1

Recursos Descontinuados na Versão 10.2.0 . . . 1

As Ferramentas de Linha de Comandos do Migration Assistant . . . 1

Ações Abrir com o Report Studio e Abrir com Analysis Studio . . . 1

Novos Recursos na Versão 10.1.1 . . . 1

Exportar para o Formato Open XML do Microsoft Excel 2007 . . . 2

Suporte para a Migração do IBM Cognos Series 7 versão 5 para o IBM Cognos 10.1.1 . . . 2

Recursos Alterados na Versão 10.1.1 . . . 2

Melhorada a Migração de Supressão de Zeros para o Report Studio . . . 2

Novos recursos na versão 10.1.0 . . . 2

IBM Cognos Business Insight . . . 2

Suporte para Migração do IBM Cognos Series 7 Versão 4 MR4 para o IBM Cognos Business Intelligence 10.1.0 . 2 Novas opções de migração . . . 3

Suporte para Migração de Conteúdo de Diversos Servidores IBM Cognos Series 7 . . . 3

Execução de Tarefas no IBM Cognos PowerPlay Usando URLs . . . 3

Mudança de configurações para o conteúdo em Minhas Pastas para um usuário específico . . . 3

Recursos alterados na versão 10.1.0 . . . 3

Suporte para tipos de pacotes adicionais . . . 3

Otimização do desempenho ao migrar conteúdo . . . 4

Página Resumo mais detalhado da migração. . . 4

Capítulo 2. O Que é o IBM Cognos PowerPlay?. . . 5

Capítulo 3. O Que é Diferente no IBM Cognos PowerPlay? . . . 7

Arquitetura . . . 7 Portais web . . . 10 Origens de Dados . . . 10 Segurança . . . 11 Fluxo de solicitação . . . 11 Serviço de migração . . . 12 PowerPlay Studio . . . 12 PowerPlay Client . . . 14 Instalação e configuração . . . 16 Administração do PowerPlay . . . 17 Propriedades do servidor . . . 19

Propriedades das pastas . . . 21

Propriedades de cubos e relatórios. . . 22

Acesso drill-through . . . 23

Entendendo o Acesso Drill-through no IBM Cognos BI . . . 23

Exemplo - Como drill through entre pacotes OLAP e relacionais. . . 26

Capítulo 4. Administrando o IBM Cognos PowerPlay . . . 31

Iniciar o IBM Cognos PowerPlay Administration . . . 31

Considerações sobre a administração de instalações distribuídas . . . 31

Permissão para que usuários executem tarefas de migração . . . 32

Recomendação - Crie grupos ou funções para atribuir capacidades em vez de usuários individuais . . . 32

Definindo Configurações Avançadas para o Serviço PowerPlay . . . 33

Definir Configurações Avançadas . . . 34

Customizar as Configurações de Cubos e Relatórios do PowerPlay em Pastas Públicas . . . 35

Customizar as Configurações de Cubos e Relatórios do PowerPlay em Minhas Pastas . . . 36

Alterar a Aparência do PowerPlay Studio . . . 38

Ativação do drill through. . . 39

(4)

Customização da Barra de Ferramentas . . . 43

Configurações de Cubos . . . 44

Configurações de relatórios . . . 50

Customize a Aparência do IBM Cognos BI . . . 54

Capítulo 5. Migrando do IBM Cognos Series 7 PowerPlay para IBM Cognos PowerPlay

55

Por que Migrar o Conteúdo do IBM Cognos Series 7 PowerPlay para o IBM Cognos PowerPlay?. . . 55

Usando Recursos do PowerPlay no IBM Cognos BI . . . 56

Abordagem de Migração . . . 56

Movendo para o IBM Cognos PowerPlay . . . 57

O que é migrado e para onde é migrado? . . . 58

Antes de migrar . . . 62

Definir Aliases para Servidores do IBM Cognos Series 7 . . . 64

Migrar Conteúdo para o IBM Cognos PowerPlay . . . 65

Criar uma Tarefa de Migração . . . 67

Especificar a Origem de Migração . . . 67

Selecionar Opções de Migração . . . 68

Selecionar o Conteúdo para Migrar . . . 70

Iniciar a Migração . . . 71

Recomendação - Mantenha os Cubos e os Relatórios em seu Ambiente de Origem até a Conclusão da Migração 71 Migrando Relatórios Locais para o IBM Cognos BI . . . 72

Conversão de arquivos PPR para PPX para migração . . . 72

Migrar Relatórios Locais para o IBM Cognos BI . . . 73

Usando o Utilitário de Conversão de Marcador no IBM Cognos PowerPlay . . . 74

Execução do utilitário de conversão de marcadores como um aplicativo . . . 74

Execução do utilitário de conversão de marcadores como um servidor. . . 76

Criação manual de arquivos de configuração de conversão . . . 79

Capítulo 6. Configurando as Amostras do IBM Cognos PowerPlay . . . 81

Criação de uma conexão de origem de dados para o PowerCube de amostra . . . 81

Importação de relatórios de amostra . . . 82

Importando o PowerPlay e as Amostras de Migração . . . 82

Importando as Amostras de Drill Through . . . 83

Teste de um relatório de amostra . . . 83

Configuração de PowerCubes e relatórios de amostra para migração . . . 84

Capítulo 7. Configuração de criação de log . . . 85

Configurar a Criação de Log do IBM Cognos BI . . . 85

Especificar o Destino para Mensagens de Log do IBM Cognos BI . . . 85

Ativar Criação de Log para o Serviço PowerPlay . . . 86

Ativar a Criação de Log para Atividade de Cubo e de Relatório do PowerPlay . . . 87

Modelo de auditoria e relatórios de auditoria de amostra . . . 87

Esquema de Dados para Mensagens de Log do IBM Cognos PowerPlay . . . 88

Configuração da Criação de Log de Estilo do IBM Cognos Series 7. . . 95

Ativar Auditoria para o Servidor . . . 96

Ativar Auditoria para Cubos e Relatórios . . . 97

Capítulo 8. Administração em Lote do PowerPlay . . . 105

O utilitário ppadmtool . . . 105

Convenções . . . 107

Comandos . . . 107

Comandos substituídos . . . 110

Comandos alterados . . . 111

Requisitos de Configuração para Usar SSL para o Utilitário PowerPlay Server Batch Administration . . . 111

Extrair um Certificado SSL . . . 111

Criar um Keystore para o Certificado . . . 112

Modificar os Parâmetros para o Utilitário de Administração em Lote . . . 112

(5)

Criação de log de migração. . . 113

Conteúdo que não pode ser migrado . . . 115

Erros no mapeamento de cubo . . . 115

O nome da pasta criada para o conteúdo migrado não está no idioma correto . . . 116

Não Foi Possível Migrar o Conteúdo Porque o Código do Idioma Não Está Configurado ou Mapeado no IBM Cognos Configuration . . . 117

Alocação de Memória do Serviço de Migração do IBM Cognos Series 7 . . . 118

As propriedades de drill through podem precisar ser alteradas depois da migração . . . 118

Erro ao migrar do Upfront . . . 119

Não Será Possível Migrar o Conteúdo do Upfront se o PowerPlay Enterprise Server Não Estiver Protegido . . 119

Impossível conectar ao servidor Upfront durante migração se o Upfront estiver protegido para conexão única ou conexão do SO . . . 119

Newsboxes Pessoais Não Aparecem na Visualização em Árvore do Upfront no IBM Cognos Migration Assistant . . . 119

Problemas ao migrar relatórios com nomes de caminho interno que excedem os 255 caracteres . . . 120

Os detalhes do histórico não aparecem na tarefa de migração . . . 120

Informações de contato do Upfront não migradas . . . 121

Apóstrofo no nome da pasta não migrado . . . 121

Pasta Vazia Chamada "cubos" Criada Após a Migração do IBM Cognos Connection . . . 121

Erro ao Iniciar o Serviço de Migração do Series 7 . . . 121

Visualizações customizadas migradas uma segunda vez aparecem como links quebrados . . . 122

A mensagem de erro não é clara ao migrar o conteúdo do Upfront de um ambiente distribuído de instalação do Series 7 . . . 122

Não é Possível Migrar Relatórios no UNIX Quando Nomes de Caminhos Contiverem Determinados Caracteres Europeus . . . 122

Rank aplicado a um eixo tendo um subconjunto customizado e uma ou mais categorias não migrado para o Analysis Studio. . . 123

Migração de relatórios com uma única medida no eixo X ou Y não executada no Report Studio . . . 123

Pastas na NewsBox pessoal do Upfront não migradas . . . 124

A migração de marcadores gera URLs inválidos . . . 124

Exibição incorreta da saída em PDF do relatório migrado . . . 124

Configuração de geração de arquivos PDF leves não migrados . . . 125

Problemas ao Trabalhar no IBM Cognos PowerPlay Administration . . . 126

As Solicitações do PowerPlay Não Aparecem no Status do Sistema ou nas Listas de Atividades . . . 126

Algumas Atividades do PowerPlay Não Estão Registradas . . . 126

Erro de conexão quando o nome do arquivo do PowerCube inclui caracteres chineses simplificados . . . . 126

Problemas ao Trabalhar no IBM Cognos PowerPlay Studio . . . 127

Erro Depois de Inserir um Cálculo no PowerPlay Studio . . . 127

Erro ao abrir links no e-mail de relatórios programados . . . 127

Erro de página ao editar o título do gráfico em japonês . . . 127

Sequências longas estão truncadas . . . 127

Texto em hebraico exibido em gráficos . . . 127

Após exportar para PDF, o rótulo correspondente a categoria OUTRO em um gráfico de setores muda para o rótulo da categoria . . . 128

Exibição ilegível ou inacessível . . . 128

Delimitador Usado para Exportar para CSV Diferente do IBM Cognos Series 7 . . . 128

Erro de Firewall do Cognos Application ao Salvar um Relatório do PowerPlay Studio . . . 128

Apêndice B. Executando Tarefas no IBM Cognos BI Usando URLs . . . 129

Recomendações para URLs . . . 129

Programa CGI e gateways alternativos . . . 130

Métodos de URL . . . 130

Método de URL parametrizado . . . 130

Validação de URL . . . 131

Iniciando Componentes do IBM Cognos BI . . . 132

Iniciando o PowerPlay Studio . . . 132

Apêndice C. Mapeamento de caracteres Shift-JIS japoneses . . . 135

Reconfiguração dos caracteres Shift-JIS para mapeamento Unicode . . . 137

Edição manual do arquivo shift-jis.xml . . . 139

(6)

Solução de problemas ao migrar caracteres Shift-JIS . . . 139

O arquivo shift-jis.xml não parece afetar os mapeamentos usados . . . 139

Uma mensagem de erro multibyte aparece durante a migração . . . 140

O Serviço de Migração do IBM Cognos Series 7 não Pode Abrir um Arquivo do PowerPlay Contendo Caracteres Problemáticos . . . 140

Nenhum mapeamento de cubo localizado para um relatório. . . 141

Caracteres não migrados corretamente quando se usa uma origem de migração diferente . . . 141

Problemas ao Migrar Cubos com Caracteres Não ASCII no UNIX . . . 142

Não é possível migrar porque já existe um objeto de relatórios do Content Manager com o mesmo nome . . 143

Avisos . . . 145

(7)

Introdução

Este documento deve ser usado com o IBM®Cognos PowerPlay.

Como usar este documento

Este documento contém procedimentos passo a passo e outras informações para ajudá-lo a migrar o conteúdo do IBM Cognos Series 7 PowerPlay para o IBM Cognos PowerPlay e administrar o PowerPlay no IBM Cognos Business Intelligence.

Este documento irá ajudá-lo a entender:

v as diferenças entre o IBM Cognos Series 7 e o IBM Cognos PowerPlay v As opções disponíveis para migração de conteúdo.

v como usar os recursos de administração no IBM Cognos PowerPlay

Público-alvo

Para usar este documento efetivamente, deve-se estar familiarizado com a

administração do IBM Cognos Series 7 PowerPlay, sua infraestrutura de segurança e a tecnologia da informação e com os conceitos de banco de dados e relatórios.

Localização de informações

Para localizar a documentação do produto IBM Cognos na web, inclusive toda a documentação traduzida, acesse um dos Centros de Informação do IBM Cognos (http://pic.dhe.ibm.com/infocenter/cogic/v1r0m0/index.jsp). As Notas sobre a Liberação são publicadas diretamente nos Centros de Informações e incluem links nas notas técnicas e APARs mais recentes.

Também é possível ler versões em PDF das notas sobre o release e dos guias de instalação do produto diretamente de discos do produto IBM Cognos.

Recursos de Acessibilidade

Este produto não suporta atualmente os recursos de acessibilidade que ajudam os usuários com alguma deficiência física, como mobilidade reduzida ou visão limitada, a usar este produto.

Instruções prospectivas

Esta documentação descreve a funcionalidade atual do produto. Pode-se incluir referências aos itens que não estão disponíveis atualmente. Não se deve inferir implicações de qualquer disponibilidade futura. Quaisquer dessas referências não são um compromisso, promessa ou obrigação legal de entregar qualquer material, código ou funcionalidade. O desenvolvimento, a liberação e a sincronização de recursos ou funcionalidade permanecem conforme critérios exclusivo da IBM.

Termo de responsabilidade das amostras

A Companhia de Aventuras de Amostra, a Companhia das Grandes Aventuras, Vendas GA, qualquer variação dos nomes Aventuras de Amostra ou Grandes

(8)

Aventuras e Amostra de Planejamento representam operações de negócios fictícias com dados de amostra usados para desenvolver aplicativos de amostra para a IBM e clientes IBM. Esses registros fictícios incluem dados de amostra para transações de vendas, distribuição de produtos, e recursos humanos e financeiros. Qualquer semelhança com nomes, endereço, números de contato ou valores de transações reais é mera coincidência. Outros arquivos de amostras podem conter dados ficcionais gerados manualmente ou por máquinas, dados fatuais compilados de origens acadêmicas ou públicas, ou ainda dados usados com a permissão do portador dos direitos autorais, para uso como dados de amostra a fim de desenvolver aplicativos de amostras. Os nomes de produtos a que são feitas referências podem ser marcas registradas de seus respectivos proprietários. A cópia não autorizada é proibida.

(9)

Capítulo 1. O que há de novo?

Esta seção contém uma lista de recursos novos e modificadospara esta liberação. A seção auxiliará no planejamento de estratégias de implementação de aplicativos e atualizações e de solicitações de treinamento dos usuários.

Informações do O Que Há de Novo para liberações passadas, incluindo versões 8.3 e 8.4, estão disponíveis acessando a documentação no IBM Cognos Information Centers (http://pic.dhe.ibm.com/infocenter/cogic/v1r0m0/index.jsp).

Para obter informações sobre o upgrade, consulte o Guia de Instalação e Configuração do IBM Cognos PowerPlay.

Para revisar uma lista atualizada de ambientes suportados pelos produtos IBM Cognos, como sistemas operacionais, correções, navegadores, servidores da web, servidores de diretório, servidores de banco de dados e servidores de aplicativos, visite o IBM Cognos Customer Center (http://www.ibm.com/software/data/ cognos/customercenter).

Recursos Descontinuados na Versão 10.2.0

Conforme anunciado no release 10.1.1 do IBM Cognos Business Intelligence, alguns recursos foram descontinuados no release 10.2.0 do IBM Cognos Business

Intelligence 10.2.0.

As Ferramentas de Linha de Comandos do Migration

Assistant

As ferramentas de linha de comandos do IBM Cognos Migration Assistant não estão incluídas na liberação 10.2.0 do IBM Cognos Business Intelligence.

Para migrar o conteúdo do IBM Cognos Series 7 Impromptu ou do IBM Cognos Series 7 Architect para o IBM Cognos Business Intelligence 10.2.0, a versão 10.1.1 do IBM Cognos Business Intelligence das ferramentas de migração para migrar para 10.1.1. Após a migração, atualize o conteúdo 10.1.1 para o IBM Cognos Business Intelligence 10.2.0.

É possível continuar a migrar o conteúdo do IBM Cognos Series 7 PowerPlay para o IBM Cognos PowerPlay usando o Migration Assistant que é incluído com o IBM Cognos BI PowerPlay. Para obter informações adicionais, consulte a publicação IBM Cognos PowerPlay Migration and Administration Guide.

Ações Abrir com o Report Studio e Abrir com Analysis Studio

As opções para abrir um relatórioPowerPlay no IBM Cognos Report Studio ou IBM Cognos Analysis Studio não estão disponíveis na liberação 10.2.0 do IBM Cognos Business Intelligence.

Novos Recursos na Versão 10.1.1

Os novos recursos desde a última liberação são os seguintes.

(10)

Exportar para o Formato Open XML do Microsoft Excel 2007

Para facilitar a exportação de dados do IBM Cognos PowerPlay Client ou do PowerPlay Studio para versões recentes do Microsoft Excel, é possível agora selecionar o Excel 2007 e Superior como um formato de destino. Selecionar essa opção resultará na criação de arquivos Open XML (.xlsx), que são nativos para o Microsoft Excel 2007.

Suporte para a Migração do IBM Cognos Series 7 versão 5

para o IBM Cognos 10.1.1

Esta versão do IBM Cognos Migration Assistant suporta a migração do IBM Cognos Series 7 versão 5 para o IBM Cognos Business Intelligence 10.1.1.

Recursos Alterados na Versão 10.1.1

As mudanças dos recursos desde a última liberação são as seguintes.

Melhorada a Migração de Supressão de Zeros para o Report

Studio

Em liberações anteriores, a supressão de zeros era migrada para o IBM Cognos Report Studio usando expressões que replicavam a supressão baseada em totais. Opções de supressão do IBM Cognos Series 7 PowerPlay, como valores zero e divisão por zero, são agora migradas para as mesmas opções no Report Studio. Além disso, opções de supressão de nulos são agora ativadas quando o Migration Assistant cria pacotes durante uma migração. Ao criar um novo relatório no Report Studio usando um pacote criado pelo Migration Assistant, o menu Suprimir fica disponível e é possível escolher a opção de supressão de zero que você deseja aplicar.

Novos recursos na versão 10.1.0

Os novos recursos desde a última liberação são os seguintes.

IBM Cognos Business Insight

O IBM Cognos Business Insight é um novo ambiente de consumo de relatórios que fornece uma experiência integrada de Inteligência de Negócios para usuários de negócios. Essa ferramenta baseada na Web permite que você use conteúdo do IBM Cognos e origens de dados externas para criar painéis sofisticados e interativos. Os usuários do IBM Cognos Connection podem iniciar o IBM Cognos Business Insight de dentro do IBM Cognos Connection. Para obter informações sobre como iniciar o IBM Cognos Business Insight, consulte o Guia do Usuário do IBM Cognos Connection. Para obter informações sobre como usar o IBM Cognos Business Insight, consulte o Guia do Usuário do IBM Cognos Business Insight.

Suporte para Migração do IBM Cognos Series 7 Versão 4 MR4

para o IBM Cognos Business Intelligence 10.1.0

Esta versão do IBM Cognos Migration Assistant suporta migração do IBM Cognos Series 7 versão 4 MR4 para o IBM Cognos Business Intelligence 10.1.0.

(11)

Novas opções de migração

No Assistente de migração, existem novas opções para proporcionar um maior controle do processo de migração. Por exemplo, é possível incluir ou excluir fontes ao migrar relatórios e decidir quais informações de segurança serão migradas.

Tarefas relacionadas:

“Migrar Conteúdo para o IBM Cognos PowerPlay” na página 65

Usando o IBM Cognos Migration Assistant, é possível migrar conteúdo do IBM Cognos Series 7 PowerPlay que foi publicado no IBM Cognos Connection ou IBM Cognos Series 7 Upfront, ou conteúdo do IBM Cognos Series 7 PowerPlay

Enterprise Server.

Suporte para Migração de Conteúdo de Diversos Servidores

IBM Cognos Series 7

Agora é possível migrar o conteúdo a partir de diversos servidores IBM Cognos Series 7. Para obter os melhores resultados, defina aliases do servidor para evitar colisões de nome ao migrar conteúdo que tenha o mesmo nome ou estrutura de pastas.

Tarefas relacionadas:

“Definir Aliases para Servidores do IBM Cognos Series 7” na página 64 Defina aliases para servidores do IBM Cognos Series 7 para identificar mais facilmente as origens das quais você está migrando. Ao definir aliases, é possível evitar colisões de nomes ao migrar conteúdo de diversos servidores Series 7 com o mesmo nome ou estrutura de pasta em uma única migração.

Execução de Tarefas no IBM Cognos PowerPlay Usando URLs

As URLs fornecem uma maneira rápida e eficiente de iniciar componentes do IBM Cognos BI e abrir o conteúdo especificado, como relatórios, métricas, pastas ou páginas.

Conceitos relacionados:

Apêndice B, “Executando Tarefas no IBM Cognos BI Usando URLs”, na página 129 As URLs fornecem uma maneira rápida e eficiente para iniciar componentes do IBM Cognos Business Intelligence e abrir o conteúdo especificado, como relatórios, métricas, pastas ou páginas.

Mudança de configurações para o conteúdo em Minhas

Pastas para um usuário específico

A administração do IBM Cognos PowerPlay inclui agora um recurso de procura que pode ser usado para administrar o conteúdo por usuário.

Tarefas relacionadas:

“Customizar as Configurações de Cubos e Relatórios do PowerPlay em Pastas Públicas” na página 35

Há várias opções disponíveis para permitir a customização da aparência, do desempenho e da funcionalidade do aplicativo IBM Cognos PowerPlay.

Recursos alterados na versão 10.1.0

Listados abaixo estão as mudanças dos recursos desde a última liberação.

Suporte para tipos de pacotes adicionais

O IBM Cognos PowerPlay agora suporta pacotes com base em algumas combinações de origens de dados mistas.

(12)

No PowerPlay Studio e no PowerPlay Client, agora é possível abrir um pacote baseado em um PowerCube e outros tipos de origens de dados, como uma ou mais origens de dados relacionais. O PowerPlay Studio e o PowerPlay Client não suportam pacotes baseados em mais de um PowerCube.

Otimização do desempenho ao migrar conteúdo

Agora é possível migrar até 5.000 objetos em uma única tarefa de migração. Para maximizar o desempenho, é necessária a configuração do IBM Cognos Business Intelligence.

Conceitos relacionados:

“Antes de migrar” na página 62

Antes de iniciar uma tarefa de migração, execute as tarefas a seguir para preparar seus ambientes de origem e destino e assegurar uma migração bem-sucedida.

Página Resumo mais detalhado da migração

A página de migração Revisar o resumo fornece mais informações sobre as opções e o conteúdo selecionado para migrar. A página também inclui o número total de objetos que serão migrados para que você possa se certificar de que o limite de 5 mil objetos de migração não será ultrapassado.

Tarefas relacionadas:

“Iniciar a Migração” na página 71

Depois de selecionar o local de origem, opções e conteúdo do IBM Cognos Series 7 a ser migrado, é possível iniciar a migração.

(13)

Capítulo 2. O Que é o IBM Cognos PowerPlay?

O IBM Cognos PowerPlay fornece recursos de análise e exploração já conhecidos dos autores, analistas e usuários do relatório do IBM Cognos Series 7 PowerPlay, em um ambiente do IBM Cognos Business Intelligence. Com a integração com o IBM Cognos BI, o PowerPlay pode aproveitar a arquitetura e os recursos do IBM Cognos BI enquanto preserva os aplicativos e a experiência de usuário existentes no PowerPlay.

O IBM Cognos BI oferece aos usuários do PowerPlay recursos adicionais para maximizar a produtividade no novo ambiente. Os auxiliares de navegação e de relatórios do PowerPlay Studio e do PowerPlay Client, como botões da barra de ferramentas, têm a mesma aparência e função no ambiente do IBM Cognos BI, como no IBM Cognos Series 7.

A arquitetura orientada a serviços do IBM Cognos BI possibilita a integração do PowerPlay no ambiente do IBM Cognos BI. Essa integração oferece um baixo custo de propriedade enquanto aprimora os recursos do PowerPlay. Entre os benefícios, essa arquitetura:

v permite que o serviço do PowerPlay no ambiente do IBM Cognos BI continue a usar o mesmo mecanismo de consulta como no IBM Cognos Series 7.

Como resultado, relatórios e outros conteúdos do IBM Cognos Series 7 PowerPlay, como cubos, marcadores, políticas de segurança e hierarquias do Upfront, migram facilmente para o ambiente do IBM Cognos BI.

v inclui PowerPlay como um studio do IBM Cognos BI e permite que o PowerPlay interaja com outros studios do IBM Cognos BI.

Por exemplo, os usuários podem abrir relatórios do PowerPlay em outros

studios que estejam disponíveis para eles. Os usuários podem também fazer drill through a partir do PowerPlay para outros studios. No IBM Cognos BI, para disponibilizar o drill through para os usuários, é necessário menos envolvimento dos modeladores e administradores do que no IBM Cognos Series 7.

v mantém a análise de dados e os recursos de exploração do IBM Cognos Series 7 PowerPlay

Os autores de relatórios podem continuar a trabalhar com uma interface conhecida para produzir relatórios, além de alavancar os recursos de outros studios do IBM Cognos BI.

v fornece um único ponto de acesso para todas as configurações de administração do IBM Cognos BI.

O IBM Cognos Administration é uma interface baseada na Web sem instalação de software que fornece acesso flexível a configurações de administração.

(14)
(15)

Capítulo 3. O Que é Diferente no IBM Cognos PowerPlay?

O IBM Cognos PowerPlay traz os recursos comprovados de exploração e análise do IBM Cognos Series 7 PowerPlay para o ambiente do IBM Cognos Business Intelligence.

O IBM Cognos PowerPlay mantém a aparência e a funcionalidade familiares do IBM Cognos Series 7 PowerPlay para autores e usuários dos relatórios e oferece também a arquitetura e escalabilidade aprimoradas de servidor do ambiente do IBM Cognos Business Intelligence.

Esta seção destaca as diferenças que podem ser notadas quando se trabalha com o IBM Cognos PowerPlay.

Arquitetura

O IBM Cognos Business Intelligence possui uma arquitetura com multicamadas. Para fins de descrição, ele pode ser separado em três camadas: servidor da web, aplicativos e dados. As camadas são baseadas em funções de negócios e são geralmente separadas por firewalls de rede. Interfaces com o usuário do IBM Cognos BI, como o PowerPlay Studio, ficam acima das camadas.

(16)

Para obter informações adicionais sobre a arquitetura, consulte o Guia de

Arquitetura e Implementação do IBM Cognos BI.

Servidores web e gateways

A comunicação da Web no IBM Cognos BI é feita geralmente por meio de

gateways, que residem em um ou mais servidores da Web. O PowerPlay Client usa uma conexão ao gateway para abrir, criar e publicar relatórios remotos. Os

usuários do PowerPlay Studio acessam seus relatórios conectando-se ao portal do IBM Cognos BI em seus navegadores da Web. A comunicação da Web também pode ocorrer diretamente com um dispatcher do IBM Cognos BI, embora essa opção seja menos comum do que usar um gateway.

Quando um gateway do IBM Cognos BI recebe uma solicitação, ele v criptografa senhas para garantir a segurança

v extrai informações necessárias para enviar a solicitação para um dispatcher do IBM Cognos BI

v Anexa variáveis de ambiente ao servidor web.

v Opcionalmente inclui um namespace padrão na solicitação para garantir que o servidor autentique o usuário no namespace correto.

v passa solicitações para um dispatcher do IBM Cognos BI para processamento

(17)

Aplicativos, dispatchers e Content Manager

Embora o IBM Cognos Series 7 use grupos de servidores, o IBM Cognos BI usa uma camada do aplicativo.

A camada de aplicativo do IBM Cognos BI inclui:

v um ou mais servidores IBM Cognos BI que estão executando um dispatcher. O dispatcher do IBM Cognos BI inicia todos os serviços do IBM Cognos BI configurados e ativados em um computador, incluindo o serviço PowerPlay e o serviço de migração. O dispatcher redireciona as solicitações para o serviço apropriado para processamento. Se houver mais de um computador dos componentes da camada de aplicativos em seu ambiente, o dispatcher também poderá redirecionar solicitações para outro dispatcher para executar determinada solicitação. As solicitações podem ser redirecionadas para dispatchers específicos com base em necessidades de balanceamento de carga ou requisitos de pacote ou grupos de usuário.

Ao configurar um gateway do IBM Cognos BI, você deve fornecer o universal resource identifier (URI) de pelo menos um computador do IBM Cognos BI Application Tier Component que está executando um dispatcher. Também é possível listar outros computadores da camada de aplicativo do ambiente na ordem inversa de preferência. As solicitações serão enviadas ao primeiro dispatcher da lista. Se houver falha nesse dispatcher, as solicitações serão redirecionadas para o próximo dispatcher da lista. O status do primeiro dispatcher é monitorado pelo gateway e as solicitações são redirecionadas de volta para o dispatcher quando o mesmo volta a operar.

Quando um dispatcher é iniciado, o registro é feito com o Content Manager. Como consequência, cada dispatcher sabe dos outros dispatchers do ambiente. Se um dispatcher falhar ou ficar indisponível, as solicitações serão

redirecionadas para outros dispatchers até que o dispatcher com falha se registre novamente com o Content Manager.

v Content Manager, o componente que gerencia o armazenamento de conteúdo do IBM Cognos BI. O Content Manager também é usado para publicar modelos e relatórios, recuperar ou armazenar especificações de relatório e gerenciar informações de programação.

O Content Manager também contém o Access Manager, o componente de segurança principal. Ao contrário do IBM Cognos Series 7 Access Manager, o IBM Cognos BI Access Manager otimiza o provedor de segurança existente para fornecer segurança para o conteúdo do IBM Cognos BI. O IBM Cognos BI Access Manager usa um conjunto consistente de recursos de segurança e APIs, incluindo autenticação do usuário, autorização e criptografia. Ele também

fornece suporte para o namespace IBM Cognos, que controla recursos do usuário e define os usuários, grupos e funções usadas no IBM Cognos BI. O IBM Cognos BI não requer um namespace IBM Cognos Series 7, no entanto, é possível usar um namespace IBM Cognos Series 7 como seu provedor de autenticação.

Armazenamento de Conteúdo

O Content Manager armazena informações em um banco de dados de armazenamento de conteúdo, localizado geralmente na camada de dados da arquitetura do IBM Cognos BI. O armazenamento de conteúdo é um banco de dados relacional em que o conteúdo do IBM Cognos BI, informações de conexão de origens de dados, incluindo PowerCubes do IBM Cognos e recursos do usuário, são mantidos.

(18)

Portais web

O portal da Web do IBM Cognos Business Intelligence é o IBM Cognos Connection. O IBM Cognos Connection substitui o Upfront e o Índice do PowerPlay Web como o portal para acessar relatórios do PowerPlay.

Além de ser o portal para relatórios publicados, o IBM Cognos Connection fornece acesso a pacotes usados para construir novos relatórios, a outros studios do IBM Cognos BI e ao IBM Cognos Administration, que permite que os administradores definam opções de configuração para os servidores IBM Cognos BI e configurem propriedades de cubo e de relatório para o conteúdo do PowerPlay.

O IBM Cognos Administration permite também que você execute o IBM Cognos Migration Assistant para mover o conteúdo do IBM Cognos Series 7 PowerPlay para o IBM Cognos PowerPlay.

Origens de Dados

No IBM Cognos Business Intelligence, PowerCubes é a origem de dados suportada para o IBM Cognos PowerPlay Studio e o PowerPlay Client. Como outros studios do IBM Cognos BI, o PowerPlay Studio acessa uma origem de dados por meio de um pacote. O PowerPlay Client pode abrir os PowerCubes locais diretamente ou acessar os PowerCubes remotos conectando-se a um pacote.

Os administradores criam e gerenciar entradas da origem de dados ao definir conexões com origens de dados específicas, usando o IBM Cognos Administration. Quando um administrador cria uma entrada da origem de dados usando uma conexão a um PowerCube, ele tem a opção de criar um pacote ao mesmo tempo. Opcionalmente, um modelador pode usar a ferramenta de modelagem de

metadados do IBM Cognos BI, o Framework Manager, para criar um modelo e, em seguida, criar um pacote. Um modelador pode combinar diferentes origens de dados em um pacote. O PowerPlay Studio e o PowerPlay Client suportam pacotes com base na origem de dados do PowerCube ou pacotes de origens de dados mistos baseados em uma origem de dados do PowerCube e em outros tipos de origens de dados, como uma origem de dados relacional. O IBM Cognos

PowerPlay Studio e o IBM Cognos PowerPlay Client não suportam pacotes criados a partir de origens de dados relacionais ou origens de dados OLAP diferentes dos PowerCubes.

Normalmente, uma entrada da origem de dados usa somente uma conexão de origem de dados. Um administrador pode definir uma entrada de origem de dados que inclua mais de uma conexão de origem de dados. Por exemplo: o administrador cria uma nova entrada de origem de dados chamada Vendas GA. O administrador inclui duas conexões de origem de dados em Vendas GA, uma para GO_Sales_East.mdc e uma para GO_Sales_West.mdc, e cria um pacote do Vendas GA. Quando um usuário do PowerPlay Studio ou do PowerPlay Client abrir o pacote Vendas GA, ele será solicitado a selecionar GO_Sales_West ou

GO_Sales_East.

É possível usar os PowerCubes criados no IBM Cognos Series 7 ou no IBM Cognos BI Transformer. Alguns recursos do IBM Cognos Series 7 PowerCube não são suportados no IBM Cognos BI PowerPlay. Por exemplo, os PowerCubes compactados não são uma origem de dados suportada no IBM Cognos BI.

(19)

Segurança

No IBM Cognos Series 7, os administradores designam um usuário a classes de usuários a partir de um namespace como parte da infraestrutura de segurança. A classe de usuário determina a visualização do usuário dos dados do cubo. A segurança do IBM Cognos Business Intelligence é diferente do IBM Cognos Series 7. Os administradores do IBM Cognos BI designam recursos a usuários, grupos e funções para permitir a execução de ações, como leitura ou gravação, em objetos de armazenamento de conteúdo, como pastas e relatórios. As informações de usuários, como nomes de usuário e senhas, são mantidas usando o provedor de autenticação e os administradores do IBM Cognos BI designam funções aos usuários e grupos em seu namespace no namespace do IBM Cognos BI. Para obter informações adicionais sobre segurança, consulte o Guia de Administração e

Segurança do IBM Cognos.

A segurança do IBM Cognos BI permite também o uso de mais de um namespace para sua segurança. Quando os usuários efetuam login, solicita-se que escolham um namespace. Os recursos dos usuários poderão ser diferentes para cada namespace.

O IBM Cognos BI pode usar o namespace existente do IBM Cognos Series 7, entretanto, será necessário continuar a usar o IBM Cognos Series 7 Access Manager para administrar o namespace.

As informações de segurança do conteúdo do PowerPlay serão mantidas quando você migrar para o IBM Cognos BI. Somente usuários e classes com referência nos NewsBoxes e NewsItems sendo migrados são migrados. Os cubos protegidos por senha permanecerão protegidos por senha. Se você usar segurança de classe de usuários nos cubos, a segurança será mantida e será necessário continuar a usar o namespace do IBM Cognos Series 7 em seu ambiente do IBM Cognos BI.

Observe que a migração de informações de segurança é opcional quando você migra para o IBM Cognos BI.

No IBM Cognos PowerPlay, não é possível acessar uma senha de cubo que esteja armazenada no IBM Cognos Series 7 Access Manager. Um administrador deve incluir a senha de cubo na conexão da origem de dados no IBM Cognos Administration. Além disso, não é possível abrir cubos locais que estejam

protegidos contra um namespace usando o IBM Cognos PowerPlay Client. Como alternativa, é possível usar cubos locais protegidos por senha.

Fluxo de solicitação

No IBM Cognos Series 7, as solicitações recebidas são enviadas do gateway para o servidor PowerPlay e do servidor PowerPlay para um processador de consultas. Na configuração padrão, o processador de consultas envia a resposta diretamente para o gateway, ignorando o servidor PowerPlay.

Para fazer isso, o gateway aguarda conexões em um soquete de servidor e o processador abre a conexão do soquete de volta para o gateway. Isso requer portas de saída abertas em firewalls entre a camada web e os componentes da camada de aplicativos. No IBM Cognos Business Intelligence, as respostas sempre voltam pela mesma conexão do soquete pela qual a solicitação foi recebida. Isso equivale a ativar a opção de configuração de restringir a porta de saída no IBM Cognos Series 7.

(20)

Serviço de migração

Migração é um serviço na arquitetura orientada a serviços do IBM Cognos

Business Intelligence. O serviço de migração migra conteúdo do PowerPlay do IBM Cognos Series 7 para o IBM Cognos PowerPlay. O serviço de migração migra também relatórios do PowerPlay para uma especificação de relatório do IBM Cognos BI quando o usuário abre o relatório no Report Studio ou no Analysis Studio. O serviço de migração usa o mesmo planejamento, criação de log e outros recursos que todos os outros serviços do IBM Cognos BI usam. Há recursos do IBM Cognos BI que os administradores podem usar para restringir os usuários que podem migrar relatórios.

Nota: Há dois serviços de migração; um é um serviço do IBM Cognos Series 7 e o outro é um serviço do IBM Cognos BI. Os dois serviços devem ser iniciados antes da migração do conteúdo do IBM Cognos Series 7 PowerPlay Enterprise Server. O serviço do IBM Cognos Series 7 não será necessário se você estiver migrando relatórios do PowerPlay publicados no IBM Cognos Connection para o Report Studio ou o Analysis Studio. O serviço de migração do IBM Cognos Series 7 é iniciado no gerenciador do Microsoft Windows Services ou no sistema operacional UNIX usando o comando ./configure.sh --start. O serviço de migração do IBM Cognos BI é executado por um dispatcher do IBM Cognos BI e é iniciado automaticamente ao iniciar o serviço do IBM Cognos BI.

PowerPlay Studio

O IBM Cognos PowerPlay Studio permite visualizar, explorar e distribuir relatórios do PowerPlay usando seu navegador da Web, da mesma maneira que o IBM Cognos Series 7 PowerPlay Web.

Você acessa o PowerPlay Studio a partir do IBM Cognos Connection, o portal do IBM Cognos Business Intelligence. Ao abrir o PowerPlay Studio o IBM Cognos Connection será substituído no navegador da Web. Esse comportamento é

semelhante a abrir um relatório do PowerPlay do Upfront no IBM Cognos Series 7. Não é possível configurar o PowerPlay Studio para ser aberto em uma nova janela. Embora a experiência do usuário seja bastante familiar para os usuários do

PowerPlay Web, há algumas diferenças no PowerPlay Studio.

Interface com o Usuário do IBM Cognos BI

A aparência padrão da interface do PowerPlay Studio é consistente com os outros studios do IBM Cognos BI. Comparado com o PowerPlay Web, há diferenças nas cores, fontes e ícones usados na interface, bem como na aparência de saídas PDF, XLS e HTML. O administrador do PowerPlay pode alterar a configuração para usar tipos de interfaces alternativos que preservam a aparência do IBM Cognos Series 7.

A maioria das opções de menu e mensagens do aplicativo permanece igual às do IBM Cognos Series 7 PowerPlay Web. Como no IBM Cognos Series 7, o

administrador pode configurar o tipo de interface no IBM Cognos Administration.

Origens de dados suportadas

Os PowerCubes são a única origem de dados suportada pelo IBM Cognos PowerPlay.

(21)

Diferentemente do IBM Cognos Series 7, no IBM Cognos BI, os autores do relatório não se conectam diretamente a um PowerCube. Ao invés disso, eles se conectam a um pacote que os administradores ou modeladores criam utilizando uma conexão de origem de dados para o PowerCube. Todos os studios do IBM Cognos BI acessam origens de dados por meio de pacotes.

Depois de iniciar o PowerPlay Studio, um usuário pode ver todos os pacotes disponíveis no Cognos Connection. Entretanto, o usuário não pode selecionar pacotes que não sejam suportados para uso no PowerPlay Studio.

Agentes e notificações

No IBM Cognos BI, o Event Studio fornece a funcionalidade de agente e notificação, que é semelhante à oferecida pelo IBM Cognos NoticeCast no IBM Cognos Series 7. Entretanto, eles são gerenciados de forma diferente no IBM Cognos BI e o PowerPlay Studio não inclui comandos ou botões de barra de ferramentas para agentes ou notificações. Além disso, o PowerPlay Studio Viewer não suporta os itens de observação do IBM Cognos BI.

A integração do Event Studio para relatórios do PowerPlay não suporta relatórios criados usando pacotes que usam mais de uma conexão de origem de dados ou relatórios criados usando uma origem de dados do PowerCube protegida por senha. Para os relatórios do PowerPlay que usam um pacote protegido, você deve efetuar logon com as credenciais apropriadas antes de iniciar o Event Studio ou executar agentes do Event Studio.

Drill through

O IBM Cognos BI inclui um serviço de drill-through que é usado por todos os studios do IBM Cognos BI. Ao clicar no botão de drill-through no PowerPlay Studio

v se apenas um destino de drill-through estiver disponível, o relatório ou o pacote de destino se abrirá

v se mais de um destino de drill-through estiver disponível, será exibida uma lista de destinos de drill-through a serem escolhidos.

Tanto no IBM Cognos Series 7 quanto no IBM Cognos BI, um modelador pode definir drill through em um cubo usando o Transformer, com qualquer

configuração adicional configurada na ferramenta de administração. Além disso, se você migrar o conteúdo do IBM Cognos Series 7 para o IBM Cognos BI, qualquer configuração de drill through definida no PowerPlay Enterprise Server para os cubos ou relatórios será migrada para o IBM Cognos BI.

No IBM Cognos BI, é possível criar definições de drill through baseadas em pacotes no menu Iniciar no IBM Cognos Connection. Com este tipo de drill

through, não será necessário reconstruir o cubo e nem incluir ou alterar os destinos de drill through.

Reparação de erros

Quando ocorrerem erros no IBM Cognos BI, será exibida uma caixa de diálogo que inclui um botão Detalhes e um rastreamento detalhado. As informações detalhadas e o rastreamento estarão disponíveis para erros do IBM Cognos PowerPlay.

(22)

Nome de arquivo do cubo no título do relatório

No IBM Cognos PowerPlay Studio, o nome especificado na propriedade de nome do PowerCube no Transformer é usado ao inserir o Nome do Arquivo de Cubo no título do relatório. No IBM Cognos Series 7, o Nome do Arquivo de Cubo

baseia-se no nome que foi configurado quando o cubo foi inserido no PowerPlay Enterprise - Administração do Servidor.

Visualização de relatórios em PDF

Por razões de coerência com outros studios do IBM Cognos BI, o Cognos Viewer exibe relatórios do PowerPlay no formato PDF. Nos relatórios do PowerPlay, o Cognos Viewer inclui ferramentas semelhantes quando comparado com o IBM Cognos Series 7 PowerPlay Web Viewer. Por exemplo, um usuário pode optar por abrir o relatório no PowerPlay Studio para exploração futura.

O administrador pode alterar a configuração do visualizador de relatório padrão de Cognos Viewer para PowerPlay Studio Report Viewer para fornecer um visualizador de relatórios semelhante ao IBM Cognos Series 7 PowerPlay Web Viewer.

As opções Salvar e Salvar como não estão disponíveis para relatórios do PowerPlay em qualquer visualizador de relatórios.

Codificação para exportação no formato CSV

No IBM Cognos Series 7, exportar para o formato de arquivo .csv usava a codificação nativa do servidor.

No PowerPlay Studio, exportar para o formato de arquivo .csv usa a codificação UTF-16, que é consistente com o comportamento existente do IBM Cognos BI.

Renderização para exportar no formato XLS

No IBM Cognos Series 7 PowerPlay Web, ao exportar um relatório para o formato de arquivo .xls e optar por abrir o arquivo, ele é aberto em uma janela de software de planilha Microsoft Excel.

No IBM Cognos PowerPlay Studio, ao exportar um relatório para o formato de arquivo .xls e optar por abrir o arquivo, ele é aberto em uma janela do navegador Microsoft Excel. Abrir o arquivo em uma janela do navegador é consistente com exportar de outros studios do IBM Cognos BI.

PowerPlay Client

O IBM Cognos PowerPlay permite visualizar, explorar, formatar e distribuir relatórios do PowerPlay, da mesma maneira que o IBM Cognos Series 7 PowerPlay.

As informações a seguir descrevem as diferenças no PowerPlay entre o IBM Cognos Business Intelligence e o IBM Cognos Series 7.

Origens de dados suportadas

Os PowerCubes são a única origem de dados OLAP suportada pelo IBM Cognos PowerPlay. Os PowerCubes compactados não são suportados. É possível abrir os

(23)

PowerCubes diretamente, assim como acontece no IBM Cognos Series 7. Para acessar dados em um PowerCube remoto, conecte-se a um pacote criado pelos administradores ou modeladores usando uma conexão de origem de dados ao PowerCube.

Abrindo Relatórios do IBM Cognos Portal

No IBM Cognos Series 7, várias opções de execução estão disponíveis para relatórios do PowerPlay publicados no Upfront. A opção Executar Relatório no

Windows abre o relatório no PowerPlay Client. Para usar essa opção, deve-se ter o PowerPlay Client instalado no computador e o administrador precisa ativar a opção de execução.

No IBM Cognos BI, as opções de execução no Cognos Connection para um

relatório do PowerPlay não incluem a opção de abertura do relatório no PowerPlay Client. Entretanto, é possível abrir os relatórios remotos diretamente no PowerPlay Client. Após ter aberto e modificado um relatório remoto, será possível também substituir o relatório já existente no portal para disponibilizar as atualizações disponíveis para todos os usuários ou publicar um novo relatório.

Formato PowerPlay Report (.PPR)

Os relatórios do IBM Cognos Series 7 PowerPlay no formato .ppr devem primeiro ser convertidos no formato .ppx para usar o relatório no IBM Cognos PowerPlay. A instalação do IBM Cognos PowerPlay Client inclui uma macro que converte

relatórios do formato .ppr em .ppx.

Publicação de relatórios como HTML

No IBM Cognos Series 7 PowerPlay Client, é possível salvar relatórios localmente no formato HTML para que os usuários possam visualizar esses relatórios em um navegador da Web sem instalar o PowerPlay.

O IBM Cognos PowerPlay não inclui uma funcionalidade equivalente à opção de publicar como HTML.

Acesso offline aos dados

É possível trabalhar offline no IBM Cognos PowerPlay Client usando PowerCubes locais desprotegidos ou protegidos por senha (arquivos .mdc). Além disso, é possível trabalhar offline com um relatório do PowerPlay, salvando-o como um subcubo. Essa opção é útil se não for possível obter uma cópia do cubo original, se o cubo original for muito grande e possuir mais dados do que os necessários para trabalhar offline ou se o cubo original for protegido por um namespace. Para obter informações adicionais sobre como criar e trabalhar com subcubos, consulte o Guia

do Usuário do IBM Cognos PowerPlay Client.

Se a segurança for necessária para cubos locais, recomenda-se o uso da proteção por senha.

O PowerPlay Connect Não é Mais Usado

No IBM Cognos Series 7 PowerPlay, você usava o PowerPlay Connect para fornecer acesso a outros cubos OLAP especificando informações de servidor e de banco de dados necessárias para acessar dados em um banco de dados do servidor OLAP.

(24)

No IBM Cognos BI, o IBM Cognos Administration ou o Framework Manager é usado para criar conexões de origens de dados para os PowerCubes.

Nome do arquivo MDC em títulos, cabeçalhos e rodapés

No IBM Cognos PowerPlay, o nome especificado na propriedade de nome do PowerCube no Transformer é usado ao inserir o Nome do Arquivo MDC em um título, cabeçalho ou rodapé.

No IBM Cognos Series 7, ao trabalhar com um cubo remoto, o Nome do Arquivo MDC baseia-se no nome que foi configurado quando o cubo foi inserido no PowerPlay Enterprise Server Administration. Para cubos locais, o nome do arquivo MDC é o nome do arquivo de cubo sem a extensão .mdc.

Trabalho com dados protegidos por namespaces diferentes

O IBM Cognos PowerPlay Client inclui novas opções no menu Arquivo: Efetuar

Logon e Efetuar Logoff. Se os pacotes forem protegidos usando namespaces diferentes, será necessário efetuar logon em cada namespace separadamente. Ao selecionar Logoff ou Efetuar logon, será exibido um prompt perguntando se deseja salvar os relatórios abertos pois as credenciais de segurança serão alteradas.

Tipos de gráfico suportados

No IBM Cognos Series 7, é possível usar tipos de arquivos .bmp ou .wmf ao inserir uma imagem em uma exibição, por exemplo, em um título.

O IBM Cognos PowerPlay não suporta o tipo de gráfico .wmf. Se você usar

gráficos .wmf no IBM Cognos Series 7, converta-os em um formato suportado para uso no IBM Cognos BI: .bmp, .gif, .jpg ou .png.

Comunicação com gateways e servidores

No IBM Cognos Series 7, é possível conectar-se a vários servidores diferentes, pois o PowerPlay Client se comunica com o dispatcher. Você inclui conexões aos dispatchers do PowerPlay Enterprise Server especificando o nome do computador do dispatcher e a porta que ele usa para atender às solicitações de cada conexão. No IBM Cognos BI, é possível configurar o PowerPlay Client para apontar para apenas um gateway.

Instalação e configuração

A instalação e configuração do IBM Cognos PowerPlay aproveita os recursos do IBM Cognos Business Intelligence, incluindo os programas de instalação

multilíngue e as ferramentas do IBM Cognos BI.

Instalação multilíngue

No IBM Cognos BI, os componentes do servidor são multilíngues e o produto instalado é fornecido em todos os idiomas suportados. Isso permite que os usuários alterem o idioma no portal do IBM Cognos BI.

O IBM Cognos PowerPlay Client instala apenas um idioma e os usuários são solicitados a selecionar um idioma ao instalá-lo.

(25)

Configuração do PowerPlay Studio

É possível configurar propriedades de cubo e relatório para o PowerPlay Studio usando a guia PowerPlay no IBM Cognos Administration.

Logon Comum do Windows

No IBM Cognos Series 7, o Servidor de Logon Comum do Windows retém informações de conexão para que os usuários possam mover-se com mais facilidade entre os produtos e componentes do IBM Cognos no Windows. Esse componente se integra ao Access Manager.

O Servidor de Logon Comum do Windowsnão é usado no IBM Cognos BI. O IBM Cognos BI é baseado em sua maior parte na Web e usa um passaporte para sessões. Os usuários são solicitados a efetuar logon quando seu passaporte expira ou para mover entre aplicativos cliente do Windows, como o PowerPlay Client e o Framework Manager.

Instalação e configuração de amostras

A instalação de Amostras do IBM Cognos BI inclui PowerCubes e relatórios que podem ser usados para ajudá-lo a entender algumas das diferenças entre o IBM Cognos Series 7 PowerPlay e o IBM Cognos PowerPlay.

Para obter informações adicionais sobre como configurar as amostras, consulte o

Guia de Instalação e Configuração do IBM Cognos PowerPlay.

O relatório Configurações de Impressão não é mais necessário no IBM Cognos PowerPlay.

Configurações de CGI

No IBM Cognos Series 7 versão 4, os administradores podem alterar as configurações referentes ao método de acesso a arquivos temporários usando a propriedade a seguir no IBM Cognos Series 7 Configuration Manager:

PowerPlay Enterprise Server.Gateway.General.Temporary File Access

A propriedade pode ser configurada como um dos três modos: Compartilhado, CGI e Obtenção/Dispatcher.

O IBM Cognos BI não inclui uma opção de configuração equivalente para o PowerPlay. O comportamento no IBM Cognos BI é comparável ao modo Obtenção/Dispatcher, que é mais seguro do que o modo Compartilhado.

Administração do PowerPlay

No IBM Cognos Series 7, os administradores usam o PowerPlay Enterprise Server Administration para especificar configurações de tempo de execução. No IBM Cognos Business Intelligence, os administradores gerenciam configurações de tempo de execução, incluindo configurações do PowerPlay, no IBM Cognos Administration. O IBM Cognos Administration fornece aos administradores acesso conveniente a todas as configurações de tempo de execução no mesmo local. Muitas configurações do IBM Cognos BI para PowerPlay serão conhecidas dos administradores do IBM Cognos Series 7 PowerPlay. Por exemplo: as opções de

(26)

interface genérica e melhoradas estão disponíveis. Além disso, é possível também escolher os botões da barra de ferramentas que ficarão visíveis aos usuários e os destinos de drill through do IBM Cognos Series 7 que estarão disponíveis.

Substituição ou atualização de cubos

Se estiver usando o IBM Cognos Transformer, versão 8.4 ou posterior, será possível atualizar os PowerCubes usando novos recursos de implementação sem precisar reiniciar os serviços, desativar cubos ou usar scripts. Se estiver usando os PowerCubes do IBM Cognos Series 7 no IBM Cognos BI, também será possível aproveitar os novos recursos de implementação usando um utilitário chamado pcactivate.

Para obter informações adicionais sobre como atualizar cubos, consulte o Guia de

Administração e Segurança do IBM Cognos BI ou o Guia do Usuário do IBM Cognos

Transformer.

Balanceamento de carga

No IBM Cognos Series 7 PowerPlay Enterprise Server, é possível incluir referências espelho para distribuir a carga de processamento. No IBM Cognos BI, é possível especificar regras de roteamento para direcionar solicitações a dispatchers em grupos de servidores identificados. As regras de roteamento podem ser definidas por pacote, grupo de usuário ou função de usuário.

No IBM Cognos BI, se sua instalação incluir mais de um dispatcher, será possível especificar a proporção de solicitações que cada dispatcher tratará alterando sua capacidade de processamento. Também será possível configurar o número de conexões de cliente para balancear a carga do servidor.

Gerenciamento da acessibilidade aos dados compartilhados

Em um ambiente com diversos servidores IBM Cognos Series 7, você gerencia a acessibilidade a partir de diversos locais para os dados compartilhados usando Montar em. No IBM Cognos BI, o gerenciamento de conteúdo é simplificado, pois todo o conteúdo é armazenado em um armazenamento de conteúdo central.

Organização do conteúdo

No PowerPlay Enterprise Server, você organiza e administra grupos de cubos e relatórios usando pastas e coleções. O uso de pastas e coleções permite a mudança das configurações de todos os objetos descendentes a partir de uma única caixa de diálogo. O IBM Cognos BI usa pastas e pacotes em Pastas Públicas, Minhas Pastas ou em Minhas Páginas para organizar o conteúdo. É possível substituir as

configurações herdadas de um objeto-pai. O IBM Cognos BI não usa Coleções.

Configurações de controle de processos

No IBM Cognos Series 7, as configurações de grupo de controle de processo podem ser diferentes para cada servidor do PowerPlay. No IBM Cognos PowerPlay, as configurações de cubo e relatório são armazenadas no

armazenamento de conteúdo e gerenciadas pelo Content Manager. Como resultado, as configurações se aplicam a todas as instâncias do servidor PowerPlay. Além disso, no IBM Cognos BI é possível configurar o dispatcher para controlar o número de encadeamentos de afinidade superior e inferior, que controlam quantas solicitações simultâneas são tratadas para cada processo de servidor.

(27)

Configurações de impressão

No IBM Cognos Series 7, os usuários podem imprimir relatórios do PowerPlay Web Explorer exportando o relatório para um PDF e, em seguida, imprimindo o PDF. As configurações do PDF exportado são determinadas pelas configurações aplicadas ao relatório Configurações de Impressão na raiz da hierarquia do Índice no PowerPlay Enterprise - Administração do Servidor. Por exemplo: se a orientação de página paisagem for configurada no relatório Configurações de impressão, todos os relatórios exportados para PDF usarão a orientação de paisagem. No IBM Cognos Power Play, você define as configurações de impressão na guia

PowerPlay no IBM Cognos Administration.

Visualização da especificação do relatório

No IBM Cognos Series 7 PowerPlay, para visualizar a especificação do relatório para depuração ou outros diagnósticos, um administrador deve extrair a especificação do relatório manualmente do arquivo .ppx.

O PowerPlay Studio, como outros studios do IBM Cognos Business Intelligence, inclui uma opção para visualizar a especificação do relatório. A especificação de relatório em formato XML aparece em uma janela independente do navegador. Para visualizar a especificação do relatório, no PowerPlay Studio, clique no botão

Arquivo e clique em Mostrar Especificação.

Propriedades do servidor

As informações a seguir descrevem propriedades do servidor do IBM Cognos Series 7 PowerPlay Enterprise Server Administration que não têm uma configuração equivalente ou são gerenciadas de forma diferente no IBM Cognos Business Intelligence.

As seguintes propriedades do servidor do grupo Opções na guia Configurações não têm uma configuração equivalente no IBM Cognos BI.

v Local do recurso (/ppwb) v Pasta de relatórios importados v Caixa de diálogo de segurança v Endereço de e-mail do administrador v Seleção de preferências

v Buscar arquivos v Índice

v Caminho de fontes

As seguintes propriedades do servidor do grupo Opções na guia Configurações são gerenciadas de forma diferente no IBM Cognos BI.

Tabela 1. Propriedades de Servidor: Grupo de Opções

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI

Local de arquivos temporários Configurado no IBM Cognos Configuration no grupo de propriedades Ambiente.

(28)

Tabela 1. Propriedades de Servidor: Grupo de Opções (continuação)

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI

Nível de auditoria Os níveis de criação de log são configurados no IBM Cognos Administration, mas a auditoria do PowerPlay também pode ser usada.

Restringir o Máximo de Conexões do Cliente

Configure o número de conexões de baixa e alta afinidades para o serviço do PowerPlay com uma configuração avançada para o serviço do PowerPlay.

Restringir Tempo Limite Inativo da Conexão (min)

Configure o limite de tempo na fila do serviço do PowerPlay com uma configuração avançada para o serviço do PowerPlay.

Prompt para a Classe do Usuário Os grupos e as funções do IBM Cognos BI são usados para autenticação e autorização.

Silenciar Comutador da Classe de Usuário

Os grupos e as funções do IBM Cognos BI são usados para autenticação e autorização.

Compilação Dinâmica de Folhas de Estilo

Configuração avançada para o serviço do PowerPlay.

A propriedade do servidor Local dos arquivos de auditoria do grupo Gerador de

Registros da Auditoria na guia Configurações não tem uma configuração

equivalente no IBM Cognos BI. O IBM Cognos BI usa uma combinação de criação de log do IBM Cognos BI e do IBM Cognos Series 7 PowerPlay.

As seguintes propriedades do servidor nos grupos Gerador de Log de Auditoria e

PowerPlay Web Viewerna guia Configurações são gerenciadas de forma diferente no IBM Cognos BI.

Tabela 2. Propriedades de Servidor: Grupos de Gerador de Log de Auditoria e Visualizador da Web do PowerPlay

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI Tamanho máximo de cada

arquivo em kiloBytes (kB)

Configuração avançada para o serviço do PowerPlay.

Intervalo de exclusão de arquivos temporários (dias)

Configuração avançada para o serviço do PowerPlay.

As seguintes propriedades do servidor do grupo Publicação na guia

Configuraçõessão gerenciadas de forma diferente no IBM Cognos BI.

Tabela 3. Propriedades de Servidor: Grupo de Publicação

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI

Portal padrão O IBM Cognos Connection e o portal do IBM Cognos BI.

URI do Gateway do IBM Cognos ReportNet/IBM Cognos 8

Configurado no IBM Cognos Configuration no grupo de propriedades Ambiente.

(29)

Tabela 3. Propriedades de Servidor: Grupo de Publicação (continuação)

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI URI do Dispatcher do IBM

Cognos ReportNet/IBM Cognos 8

Configurado no IBM Cognos Configuration no grupo de propriedades Ambiente.

Conceitos relacionados:

Capítulo 7, “Configuração de criação de log”, na página 85

As mensagens de log do IBM Cognos Business Intelligence fornecem informações sobre os status de componentes, incluindo a atividade do PowerPlay e uma visualização de alto nível de eventos importantes.

Tarefas relacionadas:

“Definir Configurações Avançadas” na página 34

Defina configurações avançadas para o IBM Cognos PowerPlay service in IBM Cognos Administration.

Propriedades das pastas

As pastas no IBM Cognos Series 7 e no IBM Cognos Business Intelligence são usadas para organizar e administrar objetos relacionados em uma hierarquia. As informações a seguir descrevem as Propriedades da Pasta a partir do IBM Cognos Series 7 PowerPlay Enterprise Server Administration que não têm uma configuração equivalente ou são gerenciadas de forma diferente no IBM

Cognos BI.

As propriedades Montar em e Pai da guia Geral não têm uma configuração equivalente no IBM Cognos BI. Todos os dados do aplicativo IBM Cognos BI são armazenados no armazenamento de conteúdo e gerenciados pelo serviço Content Manager.

As seguintes propriedades na guia Geral são gerenciadas de forma diferente no IBM Cognos BI.

Tabela 4. Propriedades da Pasta: Guia Geral

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI Nomee Descrição

Aparecem nas propriedades do pacote do IBM Cognos BI ou no relatório no IBM Cognos Connection

Origem da Pasta Armazenada no armazenamento de conteúdo.

Referências Espelho da Pasta O IBM Cognos BI usa regras de roteamento, capacidade de processamento para dispatchers e configurações de conexão de afinidade para o balanceamento de carga. Para obter informações adicionais, consulte o Guia de administração e segurança.

As propriedades a seguir na guia Configurações não têm uma configuração equivalente no IBM Cognos BI.

v Compartilhamento

v Grupo de Servidores do Upfront v Modelo de Publicação do Upfront

(30)

v NewsBox do Upfront para Cubos v NewsBox do Upfront para relatórios

As propriedades a seguir na guia Configurações são gerenciadas de forma diferente no IBM Cognos BI.

v Pasta Cognos ReportNet/Cognos BI para Cubos v Cognos ReportNet/pasta do Cognos BI para relatórios

Ao criar um pacote a partir da origem de dados do PowerCube e publicar o pacote ou ao publicar um relatório no IBM Cognos Connection você especifica a pasta em que o pacote ou o relatório é publicado.

Propriedades de cubos e relatórios

As informações a seguir descrevem as propriedades de cubo e de relatório do IBM Cognos Series 7 PowerPlay Enterprise Server Administration que não têm uma configuração equivalente ou são gerenciadas de forma diferente no IBM

Cognos Business Intelligence.

As propriedades Origem do Relatório, Origem do Cubo e Pai na guia Geral não têm uma configuração equivalente no IBM Cognos BI. Todos os dados do

aplicativo IBM Cognos BI são armazenados no armazenamento de conteúdo e gerenciados pelo serviço Content Manager.

As seguintes propriedades na guia Geral são gerenciadas de forma diferente no IBM Cognos BI.

Tabela 5. Propriedades de Cubo e Relatório: Guia Geral

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI

Nome Aparece na página Configurar Propriedades no IBM Cognos Connection.

Descrição Aparece na página Configurar Propriedades no IBM Cognos Connection.

Referências de espelho O IBM Cognos BI usa regras de roteamento, capacidade de processamento para dispatchers e configurações de conexão de afinidade para o

balanceamento de carga. Para obter mais informações, consulte o Guia de Administração e Segurança

As propriedades a seguir na guia Configurações das Propriedades do Relatório não têm uma configuração equivalente no IBM Cognos BI.

Tabela 6. Propriedades do Relatório: Guia COnfigurações

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI

Compartilhamento Os relatórios são mantidos no armazenamento de conteúdo.

Envio de relatório página por página

(31)

Tabela 6. Propriedades do Relatório: Guia COnfigurações (continuação)

PowerPlay Enterprise

-Administração do Servidor IBM Cognos BI

Explorar no formato Windows Os usuários do IBM Cognos PowerPlay Client podem abrir relatórios remotos

As propriedades de Publicação na guia Configurações não têm configurações equivalentes no IBM Cognos BI.

Acesso drill-through

O acesso drill through no IBM Cognos Business Intelligence é diferente do IBM Cognos Series 7.

Tarefas relacionadas:

“Ativação do drill through” na página 39

É possível controlar as opções de drill through para o conteúdo do IBM Cognos Business Intelligence e do IBM Cognos Series 7.

Entendendo o Acesso Drill-through no IBM Cognos BI

O acesso drill-through ajuda na construção de aplicativos de inteligência de negócios maiores que um simples relatório. Aplicativos de drill-through são uma rede de relatórios e pacotes vinculados pelos quais os usuários podem navegar, retendo seu contexto e foco, para explorar e analisar as informações.

Para obter informações adicionais sobre o acesso drill-through no IBM Cognos Business Intelligence, incluindo exemplos de cenários diferentes de drill-through, procedimentos para a configuração do acesso drill-through e orientação para a depuração de uma configuração de drill-through, consulte o Guia de Administração e

Segurança do IBM Cognos BI.

O que é preciso saber

Para que um link drill-through funcione, é necessário saber: v qual será o relatório ou objeto de origem

v qual será o relatório ou objeto de destino

v como os dados se relacionam nos pacotes que contêm esses objetos Dependendo dos dados subjacentes, pode ser criada uma configuração de drill-through e fazer com que o IBM Cognos BI corresponda os dados (drill through dinâmico) ou crie parâmetros no relatório ou pacote de destino (drill through parametrizado). O PowerPlay Studio suporta acesso drill-through dinâmico.

v se o relatório de destino será executado ou aberto

O destino do acesso drill-through geralmente é uma configuração de relatório salvo. O relatório pode ser criado no Report Studio, Query Studio, PowerPlay Studio ou Analysis Studio. O destino do acesso drill-through também pode ser um pacote que contenha um PowerCube. Nesse caso, será criada uma

visualização padrão do PowerCube.

v se os usuários do link de drill-through no relatório de origem têm as permissões apropriadas para visualizar ou executar o relatório de destino

v se o destino estiver sendo executado, em que formato ele é executado e com quais filtros ele será executado

Imagem

temas relacionados :