• Nenhum resultado encontrado

ARMANDO LUIZ ROVAI ATUALIDADES DO DIREITO EMPRESARIAL BRASILEIRO

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "ARMANDO LUIZ ROVAI ATUALIDADES DO DIREITO EMPRESARIAL BRASILEIRO"

Copied!
12
0
0

Texto

(1)

A R M A N D O

L U I Z R O V A I

A T U A L I D A D E S D O

D I R E I T O

E M P R E S A R I A L

B R A S I L E I R O

A TU ALID ADES D O

DIREIT

O

EMPRES

ARIAL

BRA

S

ILEIRO

ARMANDO L UIZ RO V AI 1 . D i r e i t o d e E m p r e s a – I n o v a ç õ e s d o C ó d i g o C i v i l d e 2 0 0 2 n o D i r e i t o S o c i e t á r i o 1 . 1 D o D i r e i t o d e E m p r e s a 1 . 2 D o E m p r e s á r i o 1 . 3 D a s S o c i e d a d e s 1 . 4 D a s S o c i e d a d e s E m p r e s á r i a s 1 . 5 D a R e g u l a ç ã o d o e s t a b e l e c i m e n t o 1 . 6 D o P r e p o s t o 1 . 7 D a D e s c o n s i d e r a ç ã o d e P e s s o a J u r í d i c a 2 . O p e r a c i o n a l i d a d e s c o m u n s n o d i a - a - d i a s o c i e t á r i o 2 . 1 D o e m p r e s á r i o 2 . 2 S o c i e d a d e l i m i t a d a 2 . 3 S o c i e d a d e a n ô n i m a 2 . 4 R e g i s t r o M e r c a n t i l – J u n t a C o m e r c i a l 3 . C o n t r a t o s M e r c a n t i s 3 . 1 Te o r i a G e r a l d o s C o n t r a t o s M e r c a n t i s 3 . 2 C o n t r a t o s d e c o m p r a e v e n d a m e r c a n t i l 3 . 3 C o n t r a t o s d e c o l a b o r a ç ã o 3 . 4 C o n t r a t o s d e s e g u r o 3 . 5 C o n t r a t o s d e f a c t o r i n g 3 . 6 C o n t r a t o s d e L e a s i n g 4 . J o i n t V e n t u r e 5 . T í t u l o s d e C r é d i t o 6 . C o n h e c e n d o m e l h o r a s r e g r a s d a r e c u p e r a ç ã o j u d i c i a l , r e c u p e r a ç ã o e x t r a j u d i c i a l e f a l ê n c i a 6 . 1 I n a b i l i t a ç ã o e m p r e s a r i a l : d i r e i t o s e d e v e r e s d o f a l i d o 6 . 2 F a l ê n c i a r e q u e r i d a p e l o d e v e d o r editora ISBN 978-85-60519-63-7

“O Manual redigido pelo Pro-fessor Doutor Armando Luiz Rovai traz todos os pontos fun-damentais para a abertura de uma empresa, bem como o seu gerenciamento e captação de recursos, sendo que todos estes assuntos são tratados de ma-neira discriminada, tendo como principal fonte o grande conhe-cimento do Professor Armando, o qual atua diretamente na sea-ra empresarial e de investimen-tos estrangeiros, bem como no dia a dia comercial do país. Não obstante, o mesmo agrega em sua obra todo o conteúdo de suas aulas, assim como de palestras e de aulas ministra-das internacionalmente.”

T H O M AS L AW

A R M A N D O R OVA I

Possui graduação em Direito pela Universidade Presbiteriana Macken-zie (1993), mestrado em Direito Po-lítico e Econômico pela Universida-de Presbiteriana Mackenzie (2002) e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Foi Secretário Nacional do Consumidor - SENACON. Foi Presi-dente da Junta Comercial do Esta-do de São Paulo - por 04 mandatos. Foi Presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo. Foi Chefe de Gabinete da Secretaria-da Justiça e Secretaria-da Defesa Secretaria-da CiSecretaria-daSecretaria-dania e Superintendente da Casa do Em-preendedor. Autor de diversas obras jurídicas, escreve em alguns Jornais de grande circulação - Valor Econô-mico, Tribuna do Direito, e Empre-sas e Negócios, Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, entre outros - (escrevia no extinto Jornal da Tar-de). Membro do Conselho Superior de Assuntos Jurídicos e Legislativos CONJUR, da FIESP/IRS. Árbitro em arbitragens na Amcham - Câmara de Comércio Americana, na CCBC - Câ-mara de Comércio Brasil-Canadá e FIESP. Professor Convidado da Uni-versidade de Valladolid - Espanha; Universidade do Porto; London Uni-versity, Universidade de Santiago de Compostela, Faculdade de Lisboa, Universidade de Coimbra e Univer-sidade da Reggio Calabria - Itália. Professor Convidado da GvLaw e do Insper (D. Societário), Palestrante em todo o Brasil e no exterior. Atual-mente é Professor da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteria-na Mackenzie (desde 2003) e Profes-sor de Direito Comercial da Puc/SP (desde 2010). É Coordenador da Re-vista de Direito Bancário e Mercado de Capitais – RDB (RT) e Advogado na área empresarial em São Paulo.

(2)

A T U A L I D A D E S D O

D I R E I T O

E M P R E S A R I A L

(3)

A R M A N D O

L U I Z R O V A I

A T U A L I D A D E S D O

D I R E I T O

E M P R E S A R I A L

B R A S I L E I R O

(4)

Catalogação na Publicação (CIP) Ficha catalográfica

ROVAI, Armando Luiz.

Atualidades do direito empresarial brasileiro -- Belo Horizonte: Editora D’Plácido, 2019.

246 p.

ISBN: 978-85-60519-63-7 1. Direito. 2. Direito Comercial. I. Título.

CDD342.2 CDU340 Copyright © 2019, D’Plácido Editora.

Copyright © 2019, Armando Luiz Rovai.

Editor Chefe

Plácido Arraes

Produtor Editorial

Tales Leon de Marco

Capa, projeto gráfico

Letícia Robini

Diagramação

Enzo Zaqueu Prates

Tradução para mandarim

Andrea Vong

翻译:黄文君

Editora D’Plácido

Av. Brasil, 1843, Savassi Belo Horizonte – MG Tel.: 31 3261 2801 CEP 30140-007

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta obra pode ser reproduzida, por quaisquer meios, sem a autorização prévia do Grupo D’Plácido. W W W . E D I T O R A D P L A C I D O . C O M . B R

(5)

Apresentação

9

介绍

13

1. Direito de Empresa – Inovações do Código Civil de

2002 no Direito Societário

15

1.1. Do Direito de Empresa 15

1.2. Do Empresário 15

1.3. Das Sociedades 16

1.3.1. Sociedades em Comum 16

1.3.2. Sociedades em Conta de Participação 17

1.3.3. Das Sociedades Simples 17

1.3.3.1. Da Administração nas Sociedades Simples 20

1.4. Das Sociedades Empresárias 21

1.4.1. Das Sociedades em Nome Coletivo

(arts. 1.039 a 1.044 do CC) 22

1.4.2. Das Sociedades em Comandita Simples

(arts. 1.045 a 1.051 do CC) 22

1.4.3. Das Sociedades Limitadas 23

1.4.3.1. Da empresa individual de responsabilidade limitada 26

1.4.3.2. Da Administração 27

1.4.3.3. O Conselho Fiscal nas Limitadas 29

1.4.3.4. Das Deliberações dos Sócios 29

1.4.3.5. Do Aumento e Redução do Capital Social 32

1.4.3.6. Procedimento para Redução do Capital Social 33

1.4.3.7. Da Exclusão de Sócio 33

1.4.3.8. Da Dissolução das Limitadas 38

1.4.4. Da Sociedade Anônima e da Sociedade em

Comanditas por Ações 46

(6)

1.4.5. Da Sociedade Cooperativa 46

1.4.6. Sociedades Coligadas 47

1.4.7. Da Liquidação das Sociedades 47

1.4.8. Da Transformação, da Incorporação, da Fusão

e da Cisão das Sociedades 48

1.4.9. Das Sociedades Estrangeiras 48

1.4.9.1. Do Investimento Estrangeiro 49

1.4.9.2. Da participação e investimento estrangeiro em face da

Instrução Normativa 34 do DREI 49

1.4.9.3. Da importância do investimento estrangeiro para o desenvolvimento do sistema empresarial

e da economia nacional 50

1.4.9.4. Do sistema atual de investimento estrangeiro a luz da

circular do Bacen nº 3491/2010 51

1.5. Da Regulação do estabelecimento 52

1.6. Do Preposto 53

1.7. Da Desconsideração de Pessoa Jurídica 55

1. 公司法

59

1.1. 公司法 59

2. Operacionalidades comuns no dia-a-dia societário

61

2.1. Do empresário 61 2.2. Sociedade limitada 64 2.2.1. Constituição social 65 2.2.2. Alteração contratual 66 2.2.3. Distrato social 68 2.3. Sociedade anônima 68 2.3.1. Espécies de assembléias 74

2.3.1.1. Assembléia geral ordinária 74

2.3.1.2. Assembléia geral extraordinária 75

2.3.2. Convocação da assembléia 76

2.4. Registro Mercantil – Junta Comercial 84

2.4.1. Nome empresarial 85

2.4.2. Efeitos do registro mercantil 92

2.4.3. Competência para conhecimento de questões judiciais no que

(7)

2. 公司日常的普通运作

101

3. Contratos Mercantis

103

3.1. Teoria Geral dos Contratos Mercantis 103

3.2. Contratos de compra e venda mercantil 105

3.3. Contratos de colaboração 107

3.3.1. Contratos de Comissão 108

3.3.2. Contratos de Concessão 110

3.3.3. Contratos de Representação Comercial 112

3.3.4. Contratos de franquia 119 3.3.5. Contratos de distribuição 122 3.4. Contratos de seguro 123 3.5. Contratos de factoring 126 3.5.1. Modalidade 127 3.6. Contratos de Leasing 128 3.6.1. Modalidade 129

3.

商业合同

131

3.1. 商业合同的一般理论 131

4. Joint Venture

133

4. 合营企业

147

5. Títulos de` Crédito

149

5.

信用证券

155

6. Conhecendo melhor as regras da recuperação judicial,

recuperação extrajudicial e falência

157

6.1. Inabilitação empresarial: direitos e deveres do falido 176

6.2. Falência requerida pelo devedor 178

6. 更深度的认识破产重组、庭外破产重组与破产

197

Artigos

199

7. Da Responsabilidade Social nas

Relações Societárias

201

(8)

7.2. Método 203 7.3. Das dificuldades e dos problemas para a utilização das regras das

sociedades por açoes nas sociedades limitadas 205

7.4. Da manutenção da empresa em contraposição ao efetivo e indiscriminado uso do instituto da desconsideração da

personalidade jurídica (art. 50C.C.). 206

7.5. Das sociedades estrangeiras que participam de sociedades

empresárias limitadas no Brasil 210

7.6. Da divulgação de demonstrações financeiras nas sociedades limitadas e a necessária fiscalização da junta comercial 213 7.7. Paradoxo legislativo: situação que contradiz uma declaração

aparentemente verdadeira, levando a uma contradição lógica 216

7.8. Conclusão 217

7.

企业关系中的社会责任

219

8. Registro empresarial:

221

8.1. Apresentação 221 8.2. Introdução 221 8.3. Desenvolvimento 222

8.3.1. As juntas comerciais, equivocadamente, entram no mérito das

discussões societárias 224

8.3.2. Da exclusão extrajudicial de sócio – quórum de instalação para validade da assembleia ou reunião que delibera

acerca da exclusão extrajudical de sócio 225

8.3.3. Da exclusão extrajudicial de sócio – quotas em tesouraria 228

8.3.4. Morte de sócio – problemas no registro 230

8.4. Conclusão 232

8. 公司注册:公司的成立、更变与结束 - 不确定因数与繁

琐手续会阻止发展及加强法律的不安全性。

235

9. Combate à burocracia, chance de um país melhor 237

9.

打击繁琐手续,为一个更好的国家

241

(9)

9

Cumpriu-me a feliz e honrosa tarefa de apresentar a obra intitulada “Manual de Direito Comercial Brasileiro – Regras Contemporâneas para Abertura e Manutenção de Empresas, com ênfase no Investimento Estrangeiro” do Professor Doutor Armando Luiz Rovai num momento extremamente oportuno. A obra é oriunda de dois livros do professor Rovai, compilados de maneira didática, revista e atualizada com selo de qualidade do Ibrachina – Instituto Sociocultural Brasil e China.

Atualmente a China é o maior parceiro comercial do Brasil no mundo, conforme site1 do próprio Governo do Brasil: só no ano passado, as trocas

comerciais entre os dois países chegaram a quase US$ 58, 5 bilhões. A China é a 2ª maior economia do mundo, tendo registrado um PIB de mais de 11 (onze) trilhões de dólares em 2016 e uma população superior a 1 (um) bilhão e 300 (trezentos) milhões de habitantes.

A relação comercial entre a China e o Brasil é de crescimento2, tendo

em vista que muitos produtos brasileiros, como, por exemplo, soja, carne e minério de ferro são exportados para a China e, em contrapartida, muitas

1

http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2017/05/china-e-o-maior-parceiro-co-mercial-do-brasil-no-mundo.

2 Principal parceira comercial brasileira desde 2009, quando superou os Estados Unidos,

a China não vem poupando esforços para estreitar laços com o Brasil. O país em crise deu novo alento a esse movimento. Com dinheiro de sobra e maior propensão ao risco, o gigante asiático viu no Brasil uma grande oportunidade para ampliar seus negócios - e melhor, gastando menos. Só neste ano, segundo dados da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China, eles planejam investir mais de US$ 20 bilhões na compra de ativos brasilei-ros - 87% mais do que no ano passado. O apetite é tão forte que o Brasil se transformou no segundo maior destino de investimentos chineses em infraestrutura no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Desde 2015, um levantamento das consultorias AT Kearney e Dealogic mostrou que a China comprou 21 empresas brasileiras, gastando um total de US$ 21 bilhões. (Disponível em:< http://www.bbc.com/portuguese/brasil-41088186> Acesso em: 15/10/2017).

(10)

10

peças de computadores, eletrônicos, pneus, painéis solares e outros produtos são enviados ao Brasil. Essa parceria estratégica tem funcionado bastante, pois o Brasil possui uma relação muito boa com parceiros estrangeiros3, no sentido

de fomentar mais negócios e vice-versa.

Além do seu interesse em commodities, a China agora também investe em infraestrutura e com isso assegura sua presença territorializada como fundamental para os destinos econômicos da América Latina e de suas pers-pectivas de integração. Entre os setores prioritários e alvo dos investimentos chineses, estão o agronegócio (especialmente soja, celulose e carnes), mas também a geração e transmissão de energia (com ênfase na hidroeletrici-dade) e integração logística da região (portos, estradas, rodovias, hidrovias, silos) – empreendimentos que não são redutíveis simplesmente à categoria “indústria extrativa” ou enclave de exportação – mas que atravessam todo o espectro do modelo de desenvolvimento. Por isso, a obra lançada chega em momento oportuno!!!

A presente obra trata-se de um Manual de Direito Empresarial Con-temporâneo, sendo que o seu principal enfoque está diretamente relacionado à figura do Empresário e Investidor Estrangeiro.

O Manual redigido pelo Professor Doutor Armando Luiz Rovai traz todos os pontos fundamentais para a abertura de uma empresa, bem como o seu gerenciamento e captação de recursos, sendo que todos estes assuntos são tratados de maneira discriminada, tendo como principal fonte o grande conhe-cimento do Professor Armando, o qual atua diretamente na seara empresarial e de investimentos estrangeiros, bem como no dia a dia comercial do país.

Não obstante, o mesmo agrega em sua obra todo o conteúdo de suas aulas, assim como de palestras e de aulas ministradas internacionalmente.

A obra em si traz com grande enfoque a vida cotidiana, sendo esta especificada em como atuar no sistema brasileiro do direito empresarial, sendo um Manual, com o passo a passo que o investidor estrangeiro pode seguir para lograr êxito no país, como todas as formas de registros, a ope-racionalidade, os tipos societários.

Também abarca não só todo o regramento a respeito das sociedades estrangeiras, mas também a correta forma de captação de recursos e

inves-3 Desde 2014, a China vem optando por operações fundamentadas em fusões e aquisições

(conhecida pela sigla M&A, em inglês) de empresas que já atuam no Brasil, sejam elas na-cionais ou estrangeiras. Tulio Cariello explica que esse tipo de entrada tem sido a mais usual entre a maioria dos projetos chineses no país. Isso porque essas empresas não só conhecem o mercado, mas já sabem lidar com a burocracia brasileira. São ativos que tendem a oferecer menos riscos e garantir maior eficiência. Ele acrescenta que essa é uma das razões pelas quais, no passado, muitos dos investimentos chineses anunciados não se confirmarem. Esse foi o caso, por exemplo, de 2010, quando dos quase US$ 36 bilhões de investimentos anunciados, apenas US$ 13 bilhões, ou um terço do total, realmente se materializaram. (Disponível em:< http://www.bbc.com/portuguese/brasil-41088186> Acesso em: 15/10/2017).

(11)

11

timentos vindos do exterior e as proibições que as Instruções Normativas atuais trazem acerca do tema.

Ademais, elucida-se que o Doutor Armando Luiz Rovai expõe sobre todas as modalidades de contratos empresariais, assim como suas relações, os títulos de crédito adotados pelo sistema brasileiro e internacional, assim como as formas de Recuperação Empresarial, por meio das formas Extrajudiciais e judiciais, assim como o regramento no caso de falência de empresa.

O Livro acaba de passar pela revisão do Professor Doutor Armando Luiz Rovai e pela Atualização do Professor Paulo Sérgio Nogueira Salles Júnior, que o acompanha há vários anos em sua vida acadêmica.

Desta forma, a obra também tem como faceta abranger temas inovadores, como a Ação de Dissolução Parcial de Sociedade, trazida pelo Novo Códi-go de Processo Civil Brasileiro, bem como as atuais Instruções Normativas do Departamento De Registro Empresarial e Integração, como também a posição do autor acerca das mudanças que podem ocorrer para que haja a desburocratização do sistema empresarial brasileiro.

O livro, assim, é composto por trabalhos pesquisados, sérios, e, ao mesmo tempo, com ideias atuais e, em alguns aspectos, inovadores. É um resultado com um dos objetivos do Ibrachina – Instituto Socio Cultural Brasil e China, isto é, promover o trabalho científico e de pesquisa para todos que têm interesse em conhecer aspectos jurídicos de investimentos no Brasil.

Enfim, é por isso que, ao meu juízo, o presente livro é imperdível, real-mente um manual indispensável para os empresários (nacionais e estrangeiros), operadores do direito, contadores, gerentes e demais membros da estrutura funcional das empresas.

Thomas Law Presidente do Ibrachina – Instituto Socio Cultural Brasil e China

(12)

A R M A N D O

L U I Z R O V A I

A T U A L I D A D E S D O

D I R E I T O

E M P R E S A R I A L

B R A S I L E I R O

A TU ALID ADES D O

DIREIT

O

EMPRES

ARIAL

BRA

S

ILEIRO

ARMANDO L UIZ RO V AI 1 . D i r e i t o d e E m p r e s a – I n o v a ç õ e s d o C ó d i g o C i v i l d e 2 0 0 2 n o D i r e i t o S o c i e t á r i o 1 . 1 D o D i r e i t o d e E m p r e s a 1 . 2 D o E m p r e s á r i o 1 . 3 D a s S o c i e d a d e s 1 . 4 D a s S o c i e d a d e s E m p r e s á r i a s 1 . 5 D a R e g u l a ç ã o d o e s t a b e l e c i m e n t o 1 . 6 D o P r e p o s t o 1 . 7 D a D e s c o n s i d e r a ç ã o d e P e s s o a J u r í d i c a 2 . O p e r a c i o n a l i d a d e s c o m u n s n o d i a - a - d i a s o c i e t á r i o 2 . 1 D o e m p r e s á r i o 2 . 2 S o c i e d a d e l i m i t a d a 2 . 3 S o c i e d a d e a n ô n i m a 2 . 4 R e g i s t r o M e r c a n t i l – J u n t a C o m e r c i a l 3 . C o n t r a t o s M e r c a n t i s 3 . 1 Te o r i a G e r a l d o s C o n t r a t o s M e r c a n t i s 3 . 2 C o n t r a t o s d e c o m p r a e v e n d a m e r c a n t i l 3 . 3 C o n t r a t o s d e c o l a b o r a ç ã o 3 . 4 C o n t r a t o s d e s e g u r o 3 . 5 C o n t r a t o s d e f a c t o r i n g 3 . 6 C o n t r a t o s d e L e a s i n g 4 . J o i n t V e n t u r e 5 . T í t u l o s d e C r é d i t o 6 . C o n h e c e n d o m e l h o r a s r e g r a s d a r e c u p e r a ç ã o j u d i c i a l , r e c u p e r a ç ã o e x t r a j u d i c i a l e f a l ê n c i a 6 . 1 I n a b i l i t a ç ã o e m p r e s a r i a l : d i r e i t o s e d e v e r e s d o f a l i d o 6 . 2 F a l ê n c i a r e q u e r i d a p e l o d e v e d o r editora ISBN 978-85-60519-63-7

“O Manual redigido pelo Pro-fessor Doutor Armando Luiz Rovai traz todos os pontos fun-damentais para a abertura de uma empresa, bem como o seu gerenciamento e captação de recursos, sendo que todos estes assuntos são tratados de ma-neira discriminada, tendo como principal fonte o grande conhe-cimento do Professor Armando, o qual atua diretamente na sea-ra empresarial e de investimen-tos estrangeiros, bem como no dia a dia comercial do país. Não obstante, o mesmo agrega em sua obra todo o conteúdo de suas aulas, assim como de palestras e de aulas ministra-das internacionalmente.”

T H O M AS L AW

A R M A N D O R OVA I

Possui graduação em Direito pela Universidade Presbiteriana Macken-zie (1993), mestrado em Direito Po-lítico e Econômico pela Universida-de Presbiteriana Mackenzie (2002) e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Foi Secretário Nacional do Consumidor - SENACON. Foi Presi-dente da Junta Comercial do Esta-do de São Paulo - por 04 mandatos. Foi Presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo. Foi Chefe de Gabinete da Secretaria-da Justiça e Secretaria-da Defesa Secretaria-da CiSecretaria-daSecretaria-dania e Superintendente da Casa do Em-preendedor. Autor de diversas obras jurídicas, escreve em alguns Jornais de grande circulação - Valor Econô-mico, Tribuna do Direito, e Empre-sas e Negócios, Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, entre outros - (escrevia no extinto Jornal da Tar-de). Membro do Conselho Superior de Assuntos Jurídicos e Legislativos CONJUR, da FIESP/IRS. Árbitro em arbitragens na Amcham - Câmara de Comércio Americana, na CCBC - Câ-mara de Comércio Brasil-Canadá e FIESP. Professor Convidado da Uni-versidade de Valladolid - Espanha; Universidade do Porto; London Uni-versity, Universidade de Santiago de Compostela, Faculdade de Lisboa, Universidade de Coimbra e Univer-sidade da Reggio Calabria - Itália. Professor Convidado da GvLaw e do Insper (D. Societário), Palestrante em todo o Brasil e no exterior. Atual-mente é Professor da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteria-na Mackenzie (desde 2003) e Profes-sor de Direito Comercial da Puc/SP (desde 2010). É Coordenador da Re-vista de Direito Bancário e Mercado de Capitais – RDB (RT) e Advogado na área empresarial em São Paulo.

Referências

Documentos relacionados

O valor da reputação dos pseudônimos é igual a 0,8 devido aos fal- sos positivos do mecanismo auxiliar, que acabam por fazer com que a reputação mesmo dos usuários que enviam

Assim, este projeto de intervenção tem como objetivo planejar ações de implantação da Estratégia de Saúde da Família na Unidade de Atenção Básica Ana Mafra Aguiar do

Até 30 (trinta) dias após o encerramento do estágio, o aluno apresentará ao orientador (professor) do Estágio a documentação de término de estágio, constante do item

O emprego de um estimador robusto em variável que apresente valores discrepantes produz resultados adequados à avaliação e medição da variabilidade espacial de atributos de uma

Nos grupos de idosos, é possível identificar formas de envelhecimento mais saudável, pois os mesmos além de adquirirem mais conhecimentos, podem melhorar as

The discharge-pressure curves of the turbulent flow flat emitters (models A and B) indicate low sensitivity of the emitter discharge to water temperature. The highest discharge

Rendimento médio de vagem (kgJha), número de vagem/planta, stand final (pi/ha), número de dias até o florescimento e incidência de oídio de feijão-de-corda Ramador 2

The Mapping EvapoTranspiration at high Resolution with Internalized Calibration (METRIC), a one-source model, estimates the energy balance fluxes without differentiating