EDITAL N 02/2018 BENEFÍCIO MORADIA ESTUDANTIL 2018/1 CASA DO ESTUDANTE UNIVERSITÁRIO

Texto

(1)

EDITAL N°02/2018

BENEFÍCIO MORADIA ESTUDANTIL 2018/1 CASA DO ESTUDANTE UNIVERSITÁRIO DA DEFINIÇÃO

Art.1º Este edital dispõe sobre critérios e normas de seleção para concessão do benefício de moradia estudantil, de caráter pessoal e intransferível, ao estudante regularmente matriculado em curso de graduação presencial da UFRGS, com perfil socioeconômico condizente com o definido no Art.5º do Decreto nº 7234/2010 – Plano Nacional de Assistência Estudantil.

Art.2º O benefício moradia estudantil será concedido nas seguintes formas:

I. Vaga na Casa do Estudante Universitário - CEU, localizada na Av. João Pessoa, Nº 41, Bairro Centro, Porto Alegre/RS. Poderá ser agendada uma visita para conhecer as dependências da casa através do telefone (51) 3308-3386. Não há vagas disponíveis na Moradia Estudantil até o momento da publicação deste Edital; novas vagas podem surgir a qualquer tempo, conforme a ocorrência de desligamentos.

II. Auxílio Moradia Temporário, benefício pecuniário, pessoal e intransferível, cuja finalidade é custear parte das despesas com moradia do estudante aprovado em processo seletivo. Em 2018/1, o valor do benefício é R$ 450,00 mensais.

DAS MODALIDADES DO BENEFÍCIO

Neste edital os estudantes deverão optar no momento da inscrição por uma das modalidades.

a) Casa do Estudante – CEU: os estudantes selecionados para a Moradia Estudantil receberão o benefício pecuniário enquanto aguardam o surgimento da vaga na CEU;

b) Auxílio Moradia Temporário: será concedido por um período de recebimento restrito de até 12 meses, que neste edital será de maio/2018 a abril/2019.

§1º Serão contemplados até 30 estudantes por modalidade. DA CASA DO ESTUDANTE

Art.3º A chamada dos beneficiários contemplados nesta modalidade para ocupar vaga na Moradia Estudantil obedecerá à ordem de classificação da lista de resultado definitivo.

a) caso tenham mais do que 30 estudantes aptos a receber este tipo de benefício, estes ficarão classificados como suplentes, podendo ser chamados até o prazo final da validade deste edital.

b) Quando houver o pagamento do benefício pecuniário, o mesmo será automaticamente cancelado quando o estudante:

1. Ocupar vaga na Moradia Estudantil;

2. Não atender à chamada para ocupação de vaga na Moradia Estudantil ou desistir de ocupar a vaga; 3. Tiver sua necessidade de moradia atendida, inclusive ao ocupar vaga em outras Moradias Estudantis de acesso gratuito.

§1º O estudante que desistir da vaga na CEU ou do benefício pecuniário deverá assinar Termo de Desistência na Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis.

DO AUXÍLIO MORADIA TEMPORÁRIO

Art.4º O Auxílio Moradia Temporário é um benefício pecuniário, cujo período de recebimento é restrito até 12 meses. Para este edital, o período será de maio/2018 a abril/2019.

O pagamento do Auxílio-Moradia será automaticamente cancelado quando o estudante tiver sua necessidade de moradia atendida, inclusive ao ocupar vaga em outras Moradias Estudantis de acesso gratuito.

§1º O estudante que escolher concorrer ao recebimento do Auxílio Moradia Temporário até 12 meses deverá assinar o Termo de opção específico disponível no Anexo III deste edital.

DO RECEBIMENTO DOS AUXÍLIOS

Para receber os benefícios na forma de Auxílio-Moradia, o estudante deve, obrigatoriamente, possuir conta corrente em seu nome no Banco do Brasil. É dever do estudante manter os dados bancários, endereço, telefone e e-mail atualizados em Portal do Aluno > Assistência Estudantil.

(2)

DO CALENDÁRIO

Art.5º O processo seletivo obedecerá aos seguintes prazos:

I. Solicitação, preenchimento do cadastro socioeconômico e entrega de

documentos 05/03/2018 a 16/03/2018

II. Período de análise e entrevistas com os candidatos 05/03 a 22/03/2018

III. Divulgação do resultado provisório 26/03/2018 (a partir das 18hs) IV. Pedido de Recurso para resultado de indeferimento 27 e 28/03/2018

V. Divulgação da lista definitiva 10/04/2018 (a partir das 18h) VI. Reunião para assinatura dos termos de Auxílio Moradia 12/04/2018

VII. Recebimento dos benefícios pecuniários para os estudantes que

assinarem o termo de Auxílio Moradia. Folha de pagamento de abril 2018. DOS REQUISITOS DE INSCRIÇÃO

Art.6º Poderá participar da seleção para a concessão do Benefício Moradia Estudantil o estudante que: I. Estiver regularmente matriculado em curso de graduação presencial da UFRGS;

II. Não for portador de diploma de graduação;

III. Não ter integralizado mais de 75% dos créditos do curso.

IV. Não ter familiares ou rede familiar ampliada de suporte residindo em Porto Alegre e/ou Região Metropolitana;

V. Estiver em dia com a prestação de contas sobre recursos recebidos em qualquer edital da PRAE. §1º Entende-se por rede familiar ampliada de suporte pessoas com parentesco a partir de 2º grau, consangüíneo ou afetivo, em condições materiais e afetivas para hospedar o estudante.

§2º O estudante que trancar o semestre no decorrer do processo seletivo será automaticamente desclassificado.

DO PROCEDIMENTO DE INSCRIÇÃO

Art.7º A inscrição compreende, obrigatoriamente, a conclusão de TODAS as seguintes etapas: I. Solicitação no Portal do Aluno

a) Efetuar, salvar e enviar a solicitação eletrônica em www.ufrgs.br > portal do aluno > Assistência Estudantil > Solicitação - Casa do Estudante > Solicitação de CEU;

b) Preencher todas as questões do cadastro socioeconômico: em caso de dúvida, entrar em contato a Divisão de Seleção e Acompanhamento Pedagógico e Psicossocial (51-3308-3062), antes de finalizar o cadastro. Após clicar em finalizar, o cadastro é enviado para análise e fica inviabilizada qualquer alteração. II. Entrega de documentação na PRAE no prazo de 05/03/2018 a 12/03/2018.

III. Comparecimento à Entrevista, que será agendada pelo Assistente Social responsável pela análise, após a entrega da documentação.

§1º A não entrega da documentação ou o não comparecimento à entrevista implica a desclassificação do candidato do processo seletivo.

DA DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA

Art.8º É obrigatória a entrega da documentação completa e atualizada de TODO O GRUPO FAMILIAR informado no cadastro socioeconômico, conforme especificado nos Anexos I e II deste Edital.

§1º Entende-se por grupo familiar o próprio estudante solicitante mais o conjunto de pessoas que contribuem e usufruem da renda bruta mensal familiar, morando ou não na mesma residência.

I. Não será aceita, para fins de avaliação, a declaração do candidato como único integrante do grupo familiar nos casos em que a percepção de bolsa ou de benefícios pecuniários de assistência estudantil for a

(3)

II. Para os casos previstos no inciso I acima, deve ser entregue a documentação completa do grupo familiar de origem do estudante.

§2º Sempre que uma situação informada não puder ser comprovada por um documento oficial, tal situação deve ser DECLARADA e ASSINADA pela pessoa implicada, que assume a responsabilidade legal pela veracidade da informação. Para algumas situações, há modelos disponíveis em www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes.

Art.9º Será permitida a entrega parcial de documentos apenas para os estudantes que passaram por avaliação socioeconômica em 2018 para o ingresso por cotas na Universidade, que ficam obrigados somente à entrega da documentação básica descrita no Anexo I deste Edital.

Art.10 A qualquer tempo, o Assistente Social responsável pela análise poderá solicitar documentação complementar que, se não entregue dentro do prazo estipulado, implicará a desclassificação do candidato. Art.11 A documentação exigida deverá ser entregue na PRAE, no Campus Centro (de 2ª a 6ª, Anexo III da Reitoria), em cópia simples (sem autenticação), que não será devolvida ao estudante.

Art.12 Não será aceita a entrega de documentação via Correios, fax, e-mail, ou qualquer outro meio não presencial.

DOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO

Art.13 Para o ordenamento dos candidatos na lista de resultados serão considerados os seguintes critérios: I. Renda Familiar per capita de até um e meio salário-mínimo;

II. Situação de moradia do estudante e grupo familiar; III. Situação de saúde do estudante e grupo familiar; IV. Situação de escolaridade do estudante e grupo familiar; V. Situação social do estudante e grupo familiar;

VI. Natureza das despesas familiares; VII. Percentual de créditos integralizados; VIII. Número de matrículas efetuadas.

Art.14 Em caso de empate entre candidatos, serão aplicados, seqüencialmente, os seguintes critérios, nesta ordem:

I. Menor renda per capita;

II. Menor número de matrículas efetuadas; II. Maior número de créditos matriculados; III. Sorteio público.

DA PUBLICAÇÃO DOS RESULTADOS

Art.15 As listagens de resultados serão divulgadas no endereço www.ufrgs.br/prae/editais, no mural da PRAE no Anexo III da Reitoria e no mural da Casa do Estudante Universitário (CEU), dentro dos prazos do calendário definido no Art.3º deste Edital.

Art.16 As listagens de resultados serão divulgadas pelo número do cartão UFRGS de identificação, em ordem crescente de classificação.

Art.17 Ao estudante contemplado com Auxílio-Moradia é obrigatório o comparecimento à reunião de assinatura do Termo de Compromisso no dia 12/04/2018 em horário e local a ser publicado junto à listagem de resultado definitivo. Será considerado desistente e desclassificado o estudante contemplado com o auxílio que não comparecer à reunião.

DOS RECURSOS

Art.18 Caberá recurso para o caso de análise que resulte em indeferimento, conforme os prazos do calendário estabelecido no Art.3º. Não serão aceitos recursos interpostos fora dos prazos previstos neste Edital.

(4)

Art.19 Os recursos deverão ser entregues no Protocolo Geral da Universidade (Campus Centro ou Campus do Vale), das 8h30min até 17h30min, redigidos em formulário padrão, conforme modelo disponível para impressão em www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes.

Art.20 Não caberá recurso nas seguintes situações:

I. documentação faltante ou incompleta não entregue dentro do prazo estabelecido;

II. falta de justificativa ou ausência de comprovação de novos elementos além das informações já fornecidas por documentos e na entrevista;

III. não comparecimento à entrevista ou à reunião de assinatura do Termo de Compromisso.

Art.21 Os recursos serão analisados pela Comissão de Recursos da PRAE, designada pela Pró-Reitora de Assuntos Estudantis para tal fim, respeitadas as normas vigentes na Universidade.

.

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art.22 Ao inscrever-se para participar da seleção do Benefício de Moradia Estudantil da PRAE, o estudante declara ter lido, compreendido e aceito as normas contidas neste Edital.

Art.23 Caso necessite de orientações, o estudante poderá recorrer aos Plantões de Atendimento Presencial da PRAE (Campus Centro e Campus do Vale - ILEA), ou fazer contato pelo e-mail dsssae@prae.ufrgs.br ou pelo telefone (51) 3308-3062.

Art.24 O estudante que fornecer documentação ou informações falsas, insuficientes, contraditórias ou divergentes da situação relatada no Cadastro Socioeconômico, na carta de apresentação ou na entrevista terá sua solicitação indeferida e o benefício cancelado, a qualquer tempo, sem prejuízo das medidas legais cabíveis.

Art.25 Se julgar necessário, a equipe técnica poderá realizar visitas domiciliares para verificação da situação socioeconômica do estudante, mesmo após a concessão do benefício.

Art.26 Os estudantes terão garantia de sigilo em relação à documentação e às informações fornecidas.

Art.27 A PRAE não se obriga a remeter lembretes, mensagens ou e-mails de caráter individual aos candidatos sobre prazos e procedimentos publicados neste Edital.

Art.28 Excepcionalmente, mediante solicitação específica por processo, parecer técnico consubstanciado e acompanhamento contínuo, poderá ser atendido com Auxílio-Moradia o estudante em situação de extrema vulnerabilidade ou exposto a situação de risco que não puder ocupar vaga na Moradia Estudantil ou que eventualmente não atender a algum dos requisitos estabelecidos neste Edital.

Art.29 Os casos omissos e as excepcionalidades serão submetidos à analise da Comissão de Recursos da PRAE, nos mesmos termos do previsto no Art.19 deste Edital.

Art.30 A concessão dos benefícios dependerá da disponibilidade de recursos no exercício orçamentário vigente.

Art.31 Qualquer retificação deste Edital será devidamente publicada em www.ufrgs.br/prae/editais.

Este edital entra em vigor na data de sua publicação.

Porto Alegre, 26 de fevereiro de 2018.

SUZI ALVES CAMEY, Pró-Reitora de Assuntos Estudantis.

(5)

ANEXOI–DOCUMENTAÇÃOBÁSICA

- Carta de apresentação: poderá ser de próprio punho, com relato sobre a história de vida e situação familiar, também pode ser utilizada para esclarecer situações não contempladas no cadastro socioeconômico. Expressar as expectativas ao ingressar na UFRGS ou em relação ao momento atual do estudante na universidade. Procurar justificar a necessidade da moradia estudantil.

- Situação de moradia do estudante e do grupo familiar a - Imóvel alugado: contrato e recibo do aluguel;

b - Imóvel financiado: recibo de prestação da empresa financiadora e IPTU 2018; c - Imóvel próprio: IPTU de 2018;

d - Pensionato: recibo do pagamento;

e - Casa de estudante: recibo do pagamento ou em caso de gratuidade em casas que não pertençam à UFRGS, comprovante de residência e declaração do responsável pelo local;

f - Imóvel cedido/de favor: “Declaração de Imóvel Cedido” a ser preenchida pelo proprietário conforme formulário padrão disponível na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal

(www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes). esclarecendo a situação, com cópia da carteira de identidade do

mesmo.

g - Hóspede: “Declaração de Hospedagem” a ser preenchida pelo proprietário do imóvel, conforme formulário padrão disponível na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal

(www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes), esclarecendo a situação, com cópia da carteira de identidade do

declarante. (ver Anexo I).

- Educação: comprovante matrícula dos membros estudantes do grupo familiar, de educação infantil, de ensino fundamental, médio, superior, pós-graduação, curso técnico ou pré-vestibular. Em caso de bolsa parcial ou integral, apresentar comprovante.

- Saúde: atestado médico ou relatório médico quando se tratar de doença crônica ou degenerativa ou pessoa com deficiência e comprovante de pagamento de plano de saúde e/ou gastos com medicação.

Se o próprio acadêmico possuir deficiência/doença que implique grande dificuldade para o desempenho de funções habituais ou tiver atestada a sua invalidez permanente, esta situação deve ser indicada no campo específico do cadastro socioeconômico, para que possa ser comunicado ao setor competente pelas políticas de acessibilidade desta Universidade.

- Documento de identificação: RG e CPF de todos membros do Grupo Familiar. No caso de menores de 18 anos, poderá ser apresentada certidão de nascimento;

- Situação Civil: certidão de casamento, declaração de União Estável, comprovante de separação/divórcio dos membros do grupo familiar, ou certidão de óbito, no caso de um dos pais não constar no grupo familiar do candidato. - Carteira de trabalho - CTPS atualizada de todos os membros do Grupo Familiar maiores de 18 anos com ou sem registro de contrato de trabalho: páginas contendo a foto, a página seguinte contendo os dados de identificação, a página com o último contrato de trabalho assinado/registrado e a próxima página de contrato de trabalho em branco, aquela sem registro ou assinatura (Observar exemplo em

www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes/exemplo-para-ctps);

* A carteira de trabalho é indispensável, pois comprova a existência ou não de vínculo empregatício. É necessário entregar esse documento em todas as situações, inclusive nos casos de desemprego e de servidores públicos.

** Caso não haja nenhum registro na carteira de trabalho, igualmente deverão ser apresentadas cópias simples da página contendo a foto, a página seguinte contendo os dados de identificação e a página de contrato de trabalho em branco.

- Extrato bancário de todas e quaisquer contas (corrente, poupança, aplicações, etc) dos três últimos meses de todos os membros do grupo familiar;

- Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física - IRPF, completa, exercício 2017, ano base 2017, ou a mais recente, de todos os membros do Grupo Familiar maiores de 18 anos, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e das respectivas declarações retificadoras, quando houver; se isentos do imposto de renda - preencher Declaração de Isenção de Imposto de Renda, conforme modelo disponível para impressão na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal (

www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes);

- Comprovante de rendimento conforme situação (ver anexo II)

- Declaração de bens do grupo familiar: os bens que são de sua propriedade ou estejam em seu uso, usufruto ou processo de partilha devem ser declarados, mesmo que não estejam em nome de integrante do grupo familiar.

(6)

Conforme formulário disponível na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal

(www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes).

- Despesas: contas de água, condomínio, luz, telefone, aluguel, IPTU, internet (de todas as residências do grupo familiar, constando dados de identificação e valores).

ANEXO II – DOCUMENTAÇÃO CONFORME O TIPO DE ORIGEM DE RENDA Ver documentação dos PCDs

a - Trabalhadores Assalariados: -Contracheques dos últimos três meses;

b - Trabalhadores do Mercado Informal, Autônomos e Profissionais Liberais (bicos e outros rendimentos): - Declaração de próprio punho, de Atividades, Bens e Rendimentos mensais médios e possíveis comprovantes de recebimento de valores pelos serviços prestados, conforme modelo disponível para impressão na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal (www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes). - Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao candidato ou a membros de sua família, quando for o caso;

- Guias de recolhimento ao INSS com comprovante de pagamento do último mês. c - Aposentados e Pensionistas:

-Extrato atual do pagamento de benefício emitido pelo órgão pagador.

- Aposentado, pensionista ou beneficiário de auxílio doença do INSS: extrato atualizado impresso na página

http://www8.dataprev.gov.br/SipaINSS/pages/hiscre/hiscreInicio.xhtml quando for pago pelo INSS.

d - Atividade rural:

- Declaração fornecida pelo trabalhador ou proprietário rural conforme modelo disponível para impressão na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal (

www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes) onde conste: utilização da terra (o que produz), quanto produz (renda dos últimos doze meses) e

descrição dos bens (máquinas, animais, etc.), informação sobre empregados e cópia sem autenticação da carteira de identidade do declarante.

- Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica – IRPJ devida completa, com recibo de entrega; - ITR - Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural;

- Declaração fornecida pelo contador ou sindicato rural informando identificação do proprietário (Nome, CPF e endereço), identificação da propriedade (área e endereço), como utiliza a terra (o que produz e qual a renda mensal). - Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP)

e - Proprietários/Sócios de Empresas:

- Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica – IRPJ devida completa, com recibo de entrega; - Pró-labore dos últimos três meses;

- Declaração de rendimentos da empresa, no ano de 2017, assinada pelo contador responsável;

- Extrato bancário de todas e quaisquer contas da empresa dos últimos três meses (corrente, poupança, aplicações, etc);

- Contrato Social da empresa, caso houver;

- Cópia da última DIRF- Declaração de impostos retidos na fonte devida; - Contas de: água, luz e telefone referente à empresa/comércio;

- Se imóvel próprio: IPTU 2017 do imóvel da empresa/comércio e condomínio, caso houver;

- Se alugado: IPTU 2017 do imóvel, contrato de aluguel e/ou recibo de pagamento, inclusive do condomínio (se houver).

f - Rendimentos de Aluguel ou Arrendamento de Bens Móveis e Imóveis:

-contratos de locação ou arrendamento devidamente registrado em cartório acompanhado dos três últimos comprovantes de recebimentos.

(7)

- Comprovante do valor recebido de bolsa/estágio do último mês. h - Do Lar ou sem rendimentos:

- Para comprovação de atividade exclusiva – preencher Declaração de não percepção de rendimentos conforme modelo disponível para impressão na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal

(www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes).

i- Pensão alimentícia:

- Sentença judicial e a declaração com o valor. Se não for via sentença judicial, apresentar um documento informando o valor da pensão, conforme modelo disponível para impressão na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal (www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes).

j- Auxílio-financeiro:

- Declaração da pessoa que fornece ajuda e cópia do RG, conforme modelo disponível para impressão na página da PRAE no item Editais/Formulários e Declarações do menu principal (

www.ufrgs.br/prae/editais/formularios-e-declaracoes).

k- Desempregado:

(8)

ANEXO III

TERMO DE OPÇÃO DE RECEBIMENTO DE AUXÍLIO MORADIA

À PRAE

Eu, ______________________________________, Cartão nº ________, aluno do curso _________________________________escolho concorrer no processo seletivo para:

a) ( ) Auxílio Moradia Temporário por até 12 meses no período de maio/2018 a abril/2019. b) ( ) Vaga na Casa do Estudante Universitário da UFRGS.

Declaro estar ciente de que, conforme os termos do Edital nº02/ 2018, a escolha por uma das alternativas acima exclui a participação na outra modalidade.

Porto Alegre, _____/____________/201__. __________________________________

(assinatura do estudante)

INSTRUÇÕES: Entregar este formulário preenchido no Plantão da PRAE no período de 05/03/2018 a 16/03/2018.

Imagem

Referências

temas relacionados :