• Nenhum resultado encontrado

TRABALHO AÇO CARBONO

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "TRABALHO AÇO CARBONO"

Copied!
12
0
0

Texto

(1)

 Aço Carbono

 Aço Carbono

(2)

O

rigem do Aço

A fabricação de ferro teve início na Anatólia, cerca de 2000 a.C. tendo sido a Idade do Ferro plenamente estabelecida por volta de 1000 a.C..

Em aproximadamente 500 a.C., chegou às fronteiras orientais da Europa e por volta de 400 a.C. chegou à China.

A forma de produção era em pequenos fornos na forma de torrões ou pedaços sólidos, denominados tarugos, estes em seguida, eram forjados a quente na forma de barras de ferro trabalhando,

possuindo maleabilidade, contendo, entretanto pedaços de escória e carvão.

Com o declínio do Império Romano, a produção de aço ou ferro

trabalhado se estabilizou na Europa até que, no começo do século XV, começou-se a utilizar quedas d'água para insuflar ar nos fornos de fusão.

Em consequência a temperatura no interior dos fornos passou a ser maior de 1200 °C. Desta forma, ao invés de produzirem-se os torrões,

(3)

O

que é Aço Carbono?

Aço carbono é a composição da liga que confere ao aço o seu nível de resistência mecânica.

O ferro gusa, primeira etapa de fabricação do aço, é o mesmo para todos os produtos. Na fase seguinte, quando os elementos de liga são adicionados ou suprimidos no ferro gusa, é que são determinadas as grandes famílias de aço, dos mais rígidos aos mais estampáveis. O Carbono é o principal elemento endurecedor em relação ao ferro. Outros elementos, como o manganês, o

silício e o fósforo, participam igualmente do ajuste do nível de resistência do aço. A quantidade de Carbono define sua

classificação: o baixo carbono possui no máximo 0,30% do

elemento; o médio carbono apresenta de 0,30 a 0,60% e o alto carbono possui de 0,60 a 1,00%.

(4)

B

aixo Carbono

Este tipo de aço com aproximadamente 0,05%

de carbono, foi originalmente utilizado como material

para construção de núcleos

para transformadores, motores e geradores, mas é

limitado hoje principalmente para núcleo de pequenos

motores. Essencialmente, este tipo de material é o

mesmo utilizado na construção de automóveis,

(5)
(6)

M

édio Carbono

Aço que possui uma quantidade de carbono suficiente para a realização de tratamento térmico de têmpera e revenido,

embora tais tratamentos precisem ser realizados com taxas de resfriamento elevadas e em seções finas para serem efetivos.

Contêm de 0,3 a 0,6% de carbono, aproximadamente, os aços de médio carbono possuem maior resistência e dureza e menor tenacidade e dutilidade do que os aços de baixo carbono.

São utilizados em rodas e equipamentos ferroviários, engrenagens, virabrequins e outras peças de máquinas que

necessitem de razoável resistência mecânica e ao desgaste, além de tenacidade.

(7)
(8)

 Alto Carbono

Aço que contém mais de 0,6% de carbono.

Sua soldagem é mais difícil do que a efetuada em aços de baixo e médio carbono, devido à maior probabilidade de ocorrer trincas a frio.

Os aços alto carbono possuem maior resistência e dureza, e

menor dutilidade em relação aos aços baixo e médio carbono. São quase sempre utilizados na condição temperada e revenida,

possuindo boas características de manutenção de um bom fio de corte. Possuem grande aplicação em talhadeiras, folhas de

(9)
(10)

Classificação

Os aços são classificados em Grau, Tipo e Classe, por meio de letra, número, símbolo ou nome. O Grau identifica a faixa de

composição química do produto. O Tipo se refere ao processo de desoxidação utilizado, enquanto a Classe descreve outros

atributos, como nível de resistência e acabamento superficial. O sistema de classificação mais adotado na prática é o SAE-AISI. Nele, o aço carbono utiliza o grupo 1xxx, e é classificado da

seguinte forma:

10xx : Aço carbono comum (Mn : 1,00% máx.) 11xx : Ressulfurado

12xx : Ressulfurado e Refosforizado

15xx : Aço carbono comum (Mn : 1,00 a 1,65%)

Os aços que possuem requisitos de temperabilidade adicionais recebem um H após a sua classificação. Os últimos dois dígitos, representados pelo xx, representam o conteúdo de carbono do aço.

(11)

SAE 1XXX ² aço-Carbono

SAE 10XX ² aço-carbono simples (outros elementos em porcentagens desprezíveis, teor de Mn de no máximo 1,0%) SAE 11XX ² aço-carbono com S ( Enxofre)

SAE 12XX ² aço-Carbono com S e P ( Fósforo)

SAE 13XX ² aço com 1,6% a 1,9% de Mn ( Manganês) (aço-Manganês) SAE 14XX ² aço-Carbono com 0,10% de Nb ( Nióbio)

SAE 15XX ² aço-Carbono com teor de Mn de 1,0% a 1,65% (aço-Manganês) SAE 2XXX ² aço- Níquel

SAE 23XX ² aço com Ni entre 3,25% e 3,75% SAE 25XX ² aço com Ni entre 4,75% e 5,25% SAE 3XXX ² aço-Níquel- Cromo

SAE 31XX ² aço com Ni entre 1,10% e 1,40% e com Cr entre 0,55% e 0,90% SAE 32XX ² aço com Ni entre 1,50% e 2,00% e com Cr entre 0,90% e 1,25% SAE 33XX ² aço com Ni entre 3,25% e 3,75% e com Cr entre 1,40% e 1,75% SAE 34XX ² aço com Ni entre 2,75% e 3,25% e com Cr entre 0,60% e 0,95%

SAE 4XXX ² aço- Molibdênio

SAE 40XX ² aço com Mo entre 0,20% e 0,30%

SAE 41XX ² aço com Mo entre 0,08% e 0,25% e com Cr entre 0,40% e 1,20%

SAE 43XX ² aço com Mo entre 0,20% e 0,30%, com Cr entre 0,40% e 0,90% e com Ni entre 1,65% e 2,00% SAE 46XX ² aço com Mo entre 0,15% e 0,30%, com Ni entre 1,40% e 2,00%

SAE 47XX ² aço com Mo entre 0,30% e 0,40%, com Cr entre 0,35% e 0,55% e com Ni entre 0,90% e 1,20% SAE 48XX ² aço com Mo entre 0,20% e 0,30%, com Ni entre 3,25% e 3,75%

SAE 5XXX ² aço-Cromo

SAE 51XX ² aço com Cr entre 0,70% e 1,20% SAE 6XXX ² aço-Cromo- Vanádio

SAE 61XX ² aço com Cr entre 0,70% e 1,00% e com 0,10% de V SAE 7XXX ² aço-Cromo- Tungstênio

SAE 8XXX ² aço-Níquel-Cromo-Molibdênio

SAE 81XX ² aço com Ni entre 0,20% e 0,40%, com Cr entre 0,30% e 0,55% e com Mo entre 0,08% e 0,15% SAE 86XX ² aço com Ni entre 0,30% e 0,70%, com Cr entre 0,40% e 0,85% e com Mo entre 0,08% e 0,25% SAE 87XX ² aço com Ni entre 0,40% e 0,70%, com Cr entre 0,40% e 0,60% e com Mo entre 0,20% e 0,30% SAE 92XX ² aço- Silício-Manganês

SAE 92XX ² aço com Si entre 1,80% e 2,20% e com Mn entre 0,70% e 1,00% SAE 93XX, 94XX, 97XX e 98XX ² aço-Níquel-Cromo-Molibdênio

SAE 93XX ² aço com Ni entre 3,00% e 3,50%, com Cr entre 1,00% e 1,40% e com Mo entre 0,08% e 0,15% SAE 94XX ² aço com Ni entre 0,30% e 0,60%, com Cr entre 0,30% e 0,50% e com Mo entre 0,08% e 0,15% SAE 97XX ² aço com Ni entre 0,40% e 0,70%, com Cr entre 0,10% e 0,25% e com Mo entre 0,15% e 0,25% SAE 98XX ² aço com Ni entre 0,85% e 1,15%, com Cr entre 0,70% e 0,90% e com Mo entre 0,20% e 0,30%

(12)

Q

ualidade

O aço carbono segue uma divisão padronizada na indústria, o que permite que fornecedores e consumidores se comuniquem com eficiência. Os grupos de descrição de qualidade utilizados são os seguintes:

Semi-acabados para forjamento; Estrutural;

Placas;

Barras laminadas a quente; Barras acabadas a frio;

Chapas finas laminadas a quente; Chapas finas laminadas a frio;

Chapas com esmaltagem porcelânica; Chapas chumbadas compridas;

Chapas galvanizadas;

Chapas revestidas por zincagem eletrolítica; Bobinas laminadas a quente;

Bobinas laminadas a frio; Folhas-de-flandres; Arames;

Arame achatado; Tubos;

Tubos estrutural; Tubos para oleodutos;

Produtos tubulares para campos petrolíferos; Produtos tubulares especiais;

Referências

Documentos relacionados

Após a coleta de dados através de questionários e tabulação dos mesmos, conclui-se que os colaboradores não possuem um planejamento financeiro adequado, o que resulta em um

public static void main(String[] args) throws InterruptedException { ExecutorService executor= Executors.newCachedThreadPool();. for (int i=0; i <

O critério de exigência nula, onde se supõe que toda a energia na entrada é consumida apenas na obtenção do biocombustível, apresentou valores maiores para o etanol de

Para Tagiuri; Davis (1996), uma empresa familiar se dá quando membros da família controlam a direção do negócio em cargos gerenciais ou direito de propriedade;

Uma singularidade que marca os capítulos refere-se ao seu aspecto local: os autores investigam sobre uma história da educação matemática construída no Espírito Santo e também

A hipótese Gaia - isto é, de que o planeta Terra é um organismo vivo, onde os fluxos de energia são fundamentais para a manutenção dos ciclos vitais e para garantir a reprodução

Ele queria jogar tênis com Janete, mas também queria jantar com Suzana. Sua indecisão o deixou louco.. 19 PLN Pragmática / Discurso Semântica Sintaxe Morfologia Fonética

12 Família Nome científico Nome vulgar Tamanho Alimentação Hábitat Cracidae Crax blumenbachii  mutum-de-bico- vermelho 84 cm artrópodes, frutas, sementes florestas Família