A merda é um grande mistério

Loading.... (view fulltext now)

Texto

(1)

A merda é um grande mistério. Contemplo agora este pedaço

de mim, boiando sobre as águas calmas do vaso sanitário, e medito: decifra-me, ou

te devoro! A merda está ligada a mim e estou ligado a ela desde o começo de minha

vida. Nem um só dia passei sem ela ou ela deixou de passar através de mim. E isso

me leva à conclusão de que não há solidão, quando há um merda por perto.

Biodiversidade

Assim como os gaúchos, as merdas também são diferentes entre si, com a vantagem

de que não existe merda boiola. As bostas podem ser divididas em várias categorias.

Então, como dizia Jack o Estripador, vamos por partes:

Cor: As merdas são como os camaleões: mudam de cor,conforme as circunstâncias. Com

a vantagem de que não andam pelas paredes, a menos que se cague no ventilador.

O arco-íris da merda começa com aquele marrom clarinho, quase amarelo. É uma

merda pálida, cor de palha, e combina com cuecas e papel higiênico de tom pastel.

Depois vem um marrom desbotado pouco firme. É o tom intermediário entre o palha

e o marrom cocô. Este sim, é o tom clássico da merda universal. Na roupa, no carro,

na gravata ou no papel de presente, o marrom cocô é inconfundível. Carregando um pouco mais no tom, vem o marrom queimado, tipo moreno

jambo e um

(2)

privada, no papel e - algumas vezes - debaixo da unha.

Há também algumas variações interessantes, como a merda com passas e a merda

com milho verde. Parece um panetone. A base costuma ser o marrom desbotado, com

apliques de pontos pretos ou amarelos, dependendo do gosto de quem caga. As merdas

híbridas são raras e nunca se registrou nenhum caso de merdas listradas. Por fim, vem a merda nacional. É uma massa incomum e apresenta um tom

verde e

amarelo. Normalmente aparece durante o horário eleitoral gratuito, na TV. Consistência: A merda, assim com os peitinhos das garotas, diferenciam-se

também

pela consistência. Prá você que é burro ou tomou recuperação, consistência

significa concordância aproximada entre os resultados de várias medições de uma

mesma quantidade. Em suma, as merdas podem ser sólidas, líquidas ou gasosas.

Sólidas: dividem-se em duras, moles e médias, assim como as escovas de dente.

As moles são aquelas que você caga e nem sente. Escorrem como um carinho. Já as

médias requerem algum esforço mas, em compensação, não são como as duras, que além

de exigir muita veia estufada no pescoço, ainda nos lançam num dilema atroz: se

parar prá respirar ela sai ou volta ?

Líquidas: estas são líquidas e certas e aparecem durante as caganeiras.

(3)

surpreendem. Você pensa que só peidou e quando olha, o vaso está cheio de merda!

Gasosas: são os famosos peidos. Engana-se quem acha que peido é peido. Assim

como o vapor é a consubstanciação da água, o peido é a evaporação da merda.

Comportamento: As merdas são imprevisíveis! Assim como as mulheres, não é possível

prever o comportamento das merdas. Se você acha que vai peidar, acaba se cagando

todo. Outras vezes, tem plena convicção que deseja cagar e então, só peida. É um

paradoxo. Os comportamentos mais comuns da merda são:

MERDA Bombardeio: Cai rápida e direta sobre o alvo, fazendo "glub". Espirra

água na bunda.

MERDA Granada: Espalha-se pela parede do vaso, como estilhaços. Costuma resistir a

várias descargas. Normalmente só é removível com aquela escova fedorenta que sua

mãe deixa atrás do bidê.

Falsa Merda: Dá a impressão de que vai rasgar o toba. Quando sai, é só um

cocozinho.

Merda Crocodilo: Fica boiando na água, com as costas de fora. Merda Titanic: Vai direto para o fundo.

Merda Submarino: Fica a meia profundidade. Às vezes sobe, às vezes desce.

Merda Loch Ness: Fica com uma ponta prá fora e o rabinho prá dentro d’água.

(4)

Merda Chata: Aquela que resiste a várias descargas. Merda Inconveniente: Sempre vem fora de hora. Merda Compreensiva: Espera você chegar em casa. Merda Dalai Lama: Transforma-se em peido e sobe até o Tibet. Merda Fujona: Cai fora da água, dentro do vaso, e fica te olhando.

Merda Dolly: É presa num vidrinho e mandada para o laboratório. Cheiro: Cheiro de Merda é como mulher feia. Com o tempo a gente se acostuma.

"A Merda Vista Pelos Diferentes Tipos

de Religião"

Saiba agora o que cada religião pensa respeito da merda. Você acredita ou não? Este é mais um "Mistério do

Desconhecido"

Taoísmo: Merdas acontecem!

Budismo: Merda acontece, mas não é intrinsecamente

merda.

Islamismo: Se acontecer merda tera sido por vontade de Ala.

Protestantismo: Merda acontece porque voce não trabalhou

o bastante.

Judaismo: Por que é que a merda acontece sempre com a

nossa gente?

Hinduismo: Esta merda já acontece ha séculos.

Catolicismo: Merda acontece porque voce é mau.

Hare Krishna: Merda, erda, erda.

Evangelismo eletrônico: Haja merda.

Ateísmo: Não há merda nenhuma.

Hedonismo: Nada como uma boa merda acontecendo!

Agnosticismo: Talvez aconteca a merda, talvez não.

Existencialismo: Afinal, o que é a merda?

Estoicismo: Essa merda não me afeta.

(5)

As inúmeras aplicações do vocábulo

''Merda''

O uso do vocábulo MERDA é uma questão de educação. Ninguém pode

negar que o

utilizamos para múltiplas circunstâncias relacionadas com

muitíssimas coisas.

Por exemplo:

Orientação Geográfica: Vá à merda!

Adjetivo qualificativo: Você é um merda!

Momento de ceticismo: Não acredito em merda nenhuma!

Desejo de vingança: Vou fazê-lo virar merda!!!

Acidente: Fez merda, né?!

Efeito Visual: Não se enxerga merda nenhuma!

Sensação olfativa: Cheira a merda...

Dúvida na despedida: Por que você não vai à merda?

Especulação de conhecimento: Que merda será isto?

Momento de surpresa: MERDA!!!

Atitude de ressentimento: Não me deu nem uma merda de presente!

Sensação degustativa: Isto tem gosto de merda!

Ato de impotência: Esta merda não fica dura!!

Desejo de ânimo: Rápido com essa merda!

Situação de desordem: Tudo está uma merda!

Rejeição, despeito: O que que ele pensa, esse merda?

Situação alquimista: Tudo o que ele toca vira merda!

Os Finalmentes: Que Merda !!!!!

Crise das 18:00h: Ainda bem que estou indo embora dessa MERDA!!!

ESTRATÉGIA EMPRESARIAL PARA

2003

A fim de atingir maiores níveis de qualidade e produtividade de nossos

(6)

forma, daremos a nosso pessoal mais M.E.R.D.A. do que qualquer outra

empresa do mercado. Se você não receber sua porção de M.E.R.D.A. no

trabalho, fale com seu gerente. Você será colocado imediatamente no topo da

lista. Nossos gerentes de M.E.R.D.A. se emprenharão para que você obtenha

toda a M.E.R.D.A. que puder suportar. Os funcionários que não entrarem em

contato com a M.E.R.D.A. serão colocados na Base de Orientação Ativa

(B.O.A. M.E.R.D.A.) e aqueles que, mesmo assim, não conseguirem

manusear esta B.O.A. M.E.R.D.A. serão convidados a C.O.M.E.R.

M.E.R.D.A. (Comissão Organizacional de Melhoria e Envolvimento Real).

Como nossos gerentes tiveram um treinamento de M.E.R.D.A. antes de serem

promovidos, eles não tem mais necessidade de fazer M.E.R.D.A. e podem

fornecer- lhe toda a M.E.R.D.A. que você desejar. Evidentemente, pode

chegar o momento em que você fique cheio de M.E.R.D.A. Talvez se interesse

então em treinar outros funcionários, isto e ótimo.

Inscreva-se em nosso programa de Qualidade Única de Especialização

(Q.U.E. M.E.R.D.A.) . Os selecionados para esse estagio, Q.U.E.

M.E.R.D.A. , realizarão sem duvida vários trabalhos de M.E.R.D.A. e poderão

candidatar-se ao cargo de Diretor Especial de Unidade (D.E.U. M.E.R.D.A.).

Habilite-se. Ajude-nos a fazer desta campanha uma empresa de M.E.R.D.A.

Se tiver duvidas, não hesite em procurar nossa Equipe de Treinamento

Administrativo (E.T.A. M.E.R.D.A.).

Obrigado

(G.R.A.N.D.E. M.E.R.D.A.)

Imagem

Referências

temas relacionados : A merda é um grande mistério