Relatório de estágio em clínicas médica e cirúrgica de animais de companhia

Texto

(1)

e Cirúrgica de Animais de Companhia

Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

MARIANA GAGO DA SILVA REYNAUD DA SILVA

TUTOR

Dr. Nuno Miguel Lourenço Alexandre

ORIENTADORES

Dr Luís Miguel Amaral Cruz (CVL)

Doutor Josep Pastor (HCV-UAB)

Évora 2010

(2)

CVL

HCV-UAB

LOCAIS DE ESTÁGIO

(3)

12,1

23

64,9

Medicina preventiva

Patologia cirúrgica

Patologia médica

Casuística por área clínica (FR%)

Gráfico 1. Distribuição percentual das ocorrências pelas áreas clínicas em ambos os locais de estágio.

11,1

32,6

56,3

CVL

Gráfico 2. Distribuição percentual das ocorrências pelas áreas clínicas na CVL

13,2

12,6

74,2

HCV

Gráfico 3 Distribuição percentual das ocorrências pelas áreas clínicas na CVL

(4)

77,1

22,9

canina

felina

FR totais de cada espécie

(5)

Áreas clínicas

47,8

4,5

38,8

8,9

CVL

Vacinação

Certificados de

sanidade

Desparasitação

Identificação

electrónica

49,3

9,3

28

13,3

HCV

Gráfico 5. Distribuição das FR(%) por área da medicina preventiva na CVL Gráfico 6. Distribuição das FR(%) por área da medicina preventiva no HCV

(6)

Patologia Médica

3,8

12,3

8,7

10,9

3,8

10,5

2,9

2

9

9,7

4,7

7,1

2,9

11,4

CVL

Cardiologia

Dermatologia

Doenças infecto-contagiosas

Doenças parasitárias

Endocrinologia

Gastrenterologia

Glândulas anexas

Neurologia

Odontoestomatologia

Oftalmologia

Oncologia

Pneumonologia

Teriogenologia

Urologia e nefrologia

Gráfico 7. Distribuição percentual das espécies canina e felina no total de ocorrências de todas as áreas da patologia médica

observadas na CVL.

4,5

19,7

8,3

15

5,7

4,5

3,3

9,9

3,8

6,1

4,5

4

11,6

HCV

Cardiologia

Dermatologia

Doenças infecto-contagiosas

Doenças parasitárias

Endocrinologia

Gastrenterologia

Glândulas anexas

Neurologia

Odontoestomatologia

Oncologia

Pneumonologia

Teriogenologia

Urologia e nefrologia

Gráfico 8. Distribuição percentual das espécies canina e felina no total de ocorrências de todas as áreas da patologia médica

(7)

Cardiologia

23,1

23,1

23,1

7,7

15,3

7,7

CVL

Cardiomiopatia

Hipertrófica

Cardiomiopatia

Dilatada

Insuficiência Mitral

Insuficiência Aórtica

Endocardiose

Shunt porto-sistémico

Gráfico 9. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da cardiologia na CVL

9,5

14,3

4,7

19

14,3

4,7

4,7

4,7

14,3

HCV

Cardiomiopatia Hipertrófica

Cardiomiopatia Dilatada

Endocardite

Insuficiência Mitral

Insuficiência Aórtica

Insuficiência Tricúspide

Endocardiose

Insuficiência cardíaca congénita

Shunt porto-sistémico

(8)
(9)

4,7

2,3

7,1

11,9

9,5

4,7

4,7

2,3

4,7

2,3

2,3

16,7

4,7

14,3

CVL

Cutâneo

Dermatite acral por lambedura

Dermatite alimentar

Dermatite alérgica à picada da pulga(DAPP)

Dermatite atópica

Dermatite contacto

Dermatite Malassezia

Dermatite piotraumática (“hot spot”)

Pododermatite

Higroma

Fístula anal

Foliculite bacteriana

Corpo estranho

Sinais cutâneos de outras doenças

Dermatologia

Gráfico 11 Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da dermatologia na CVL

2,4 1,2

1,2

1,2

1,2 3,6

2,4

3,6

9,7

9,7

1,2

7,3

3,6

1,2

3,6

1,2

1,2

3,6

1,2

3,6

2,4

12,1

1,2

2,4

1,2

23,2

HCV

Hiperestrogenismo

Alopécia X

Alopécia Padrão

Alopécia Psicogénica

Alopécia Multifocal

Dermatite acral por lambedura

Dermatite alimentar

Dermatite alérgica à picada da pulga(DAPP)

Dermatite atópica

Dermatite contacto

Dermatite Malassezia

Dermatite piotraumática (“hot spot”)

Dermatite necrotisante focal

Pododermatite

Dermatite eosinofílica

Dermatite típica de Teckel

Quisto sebáceo

Lipoma

Fístula anal

Piodermatite

Foliculite bacteriana

Granuloma eosinofílico

Corpo estranho

SPGE (Síndrome pio - granuloma estéril)

Sinais cutâneos de outras doenças

(10)
(11)

0

5

10

15

20

25

10

0

16,7

10

0

20

10

23,3

3,3

6,7

0

22,9

11,4

5,7

17,1

8,6

5,7

15,2

3,2

0

8,6

11,4

3,2

0

CVL

HCV

Gráfico 12. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área das doenças infecto-contagiosas em ambos os locais de estágio

(12)

Doenças parasitárias

0 5 10 15 20 25 30 35 40 45

5

20

0

20

45

0

24,4

2,2

28,9

44,4

CVL

HCV

Gráfico 13. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área das doenças endo-parasitáriass em ambos os locais de estágio

0

5

10

15

20

25

30

35

40

45

Demodex

canis

Demodex

cati

Otodectes

cynotis

Sarcoptes

scabiei

Pediculose

Pulicose

4,2

0

5,5

1,4

11,7

41,1

33,3

5,5

33,3

5,5

0

22,2

CVL

HCV

(13)
(14)

0

5

10

15

20

25

30

35

40

38,5

38,4

7,7

0

7,7

7,7

16,6

37,5

16,6

12,5

8,4

8,4

CVL

HCV

Gráfico 15. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da endocrinologia em ambos os locais de estágio

(15)
(16)

Gastrenterologia

Gráfico 16. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da gastrenterologia na CVL

2,8

5,5

11,4

2,8

5,5

2,8

5,7

13,9

5,5

11,1

13,9

5,5

2,8 2,8

2,8 2,8

CVL

Enterocolite aguda inespecífica

Enterocolite crónica inespecífica

Enterocolite indiscrição alimentar

Estenose esofágica

Gastrite aguda inespecífica

Gastrite crónica inespecífica

Gastrite corpo estranho

Gastrite indiscrição alimentar

Gastroenterite crónica inespecífica

Gastroenterite indiscrição alimentar

Gastroenterite corpo estranho

Hérnia perineal

Megaesófago

Torção gástrica

Úlcera gástrica

Fecaloma

Gráfico 17. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da gastrenterologia no HCV

10,5

5,3

10,5

21

21

15,8

10,5

5,3

HCV

Esofagite

Enterocolite indiscrição alimentar

Gastrite corpo estranho

Gastrite indiscrição alimentar

Gastroenterite corpo estranho

Hérnia perineal

Megaesófago

(17)

- Glândulas anexas

0

5

10

15

20

25

30

35

40

IPE

Lipidose

hepática

Hepatite

Pancreatite

Colangite

Quistos

hepáticos

10

20

40

20

10

0

21,4

7,1

28,6

14,3

21,4

7,1

CVL

HCV

(18)
(19)
(20)

Neurologia

Gráfico 19. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da Neurologia na CVL

57,1

14,3

28,6

CVL

Hérnia discal aguda

Epilepsia metabólica

Epilepsia idiopática

21,4

11,9

7,1

1,8

1,8

4,8

1,8

1,8

16,7

1,8

7,1

1,8

4,7 1,8

1,8

HCV

Hérnia discal crónica

Síndrome vestibular periférico

Quisto medular neoplásico

Quisto medular sub-aracnoideo

Quisto medular intramedular

Quisto medular extramedular

Epilepsia metabólica

Epilepsia idiopática

Cauda equina

Hematoma medular

Tumor central

Paralisia do ramo maxilar do nervo trigémio

Hiperparatiroidismo primário do Schnauzer

Síndrome de Hornet

(21)

0

20

40

60

80

12,9

41,2

6,5

3,2

19,4

12,9

12,5

62,5

12,5

0

0

12,5

CVL

HCV

Odontoestomatologia

(22)
(23)

24,2

39,4

18,2

9

15,2

3

6

9

3

3

CVL

Cataratas

Esclerose do cristalino

Conjuntivite

Prolapso da glândula da 3ª

pálpebra

Glaucoma

Úlcera da córnea

Uveíte

Síndrome úveo-dermatológico

Adenoma das glândulas de

meibomian

Deposição de colesterol no

cristalino

Oftalmologia

(24)
(25)

Oncologia

6,2

6,2

6,2

6,2

12,5

6,2

12,5

12,5

6,2

18,8

6,2

CVL

Adenoma das células

hepatóides perianais

Carcinoma

Tumor misto benigno

Carcinoma

Adenocarcinoma

Osteossarcoma

Leucemia linfoblástica

Linfoma multicêntrico

Lipoma

Hemangiossarcoma esplénico

Hemangiossarcoma hepático

Gráfico 23. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da Oncologia na CVL

7,7

3,8

3,8

3,8

11,5

7,7

3,8

26,9

3,8

3,8

3,8

11,5

7,7

HCV

Adenoma das células hepatóides

perianais

Mastocitoma

Tumor misto benigno

Carcinoma

Osteossarcoma

Leucemia linfoblástica

Leucemia mieloblástica

Linfoma multicêntrico

Fibrossarcoma

Lipoma

Gastrinoma

(26)
(27)

Pneumologia

12,5

12,5

8,3

4,2

20,8

8,3

8,3

4,2

16,7

4,2

CVL

Asma felina

Doença obstrutiva crónica

Colapso de traqueia

Contusão pulmonar

Edema pulmonar

cardiogénico

Efusão pleural

Traqueíte

Hemotórax

Pneumonia

Pneumotórax

Gráfico 25. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da Pneumologia na CVL

21

10,5

15,8

5,3

21

10,5

10,5

5,3

HCV

Asma felina

Doença obstrutiva crónica

Edema pulmonar

cardiogénico

Edema pulmonar

não-cardiogénico

Traqueíte

Hemotórax

Pneumonia

Pneumotórax

(28)

Teriogenologia

40

30

10

20

CVL

Piómetra

Criptorquidismo

Quisto prostático

Quisto ovárico

Gráfico 27. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da Teriogenologia na CVL Gráfico 28. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada na área da Teriogenologia no

HCV

25

12,5

12,4

6,2

6,2

6,2

18,8

6,2

6,2

6,2

HCV

Piómetra

Criptorquidismo

Parto distócico

Mastite

Hiperplasia benigna mamária

Prostatite

Cesariana

Abcesso prostático

Quisto ovárico

(29)
(30)

Urologia e Nefrologia

7,7

7,7

10,2

5,1

10,2

46,1

2,5

10,2

CVL

Glomerulonefrite

Incontinência urinária

Infecção do tracto urinária

inferior (ITU)

Urolitíase

Insuficiência renal aguda

Insuficiência renal crónica

Cistite

SUF

Gráfico 29. Distribuição das FR(%) por doença diagnosticada nas áreas da Urologia e da Nefrologia na CVL

8,1

2

4

10,2

6,1

8,1

44,9

14,3

2

HCV

Glomerulonefrite

Hidronefrose

Incontinência urinária

Infecção do tracto urinária

inferior (ITU)

Urolitíase

Insuficiência renal aguda

Insuficiência renal crónica

SUF

Uretér ectópico

(31)
(32)

Patologia cirúrgica

0

5

10

15

20

25

30

35

40

45

Cirurgia de

tecidos moles

Cirurgia

oftalmológica

Cirurgia

ortopédica

Neurocirurgia

Outros

procedimentos

cirúrgicos

43,5

26,8

6

1,5

22,2

41,7

0

13,9

13,9

30,5

CVL

HCV

(33)

Gráfico 32. Distribuição percentual das espécies canina e felina no total de ocorrências de todas as áreas da patologia cirúrgica observadas em ambos os locais de estágio.

75,5

24,5

FR totais de cada espécie

canina

felina

(34)

Cirurgia de tecidos moles

1,1 1,1 1,1

3,4

1,1

3,5

1,1

8,1

8,1

39,5

31,4

CVL

Bilroth tipo II

Cistectomia parcial

Correcção otohematoma

Enterectomia

Esplenectomia

Gastropéxia

Herniorrafia inguinal

Laparotomia exploratória

Mastectomia

OVH

Orquiectomia

Gráfico 33. Distribuição percentual das espécies canina e felina no total de ocorrências de cirurgia de tecidos moles observadas na CVL.

6,7

6,7

6,7

3,3

6,7

3,3

3,3

6,7

20

3,3

13,3

16,7

3,3

HCV

Cesariana

Correcção otohematoma

Enterectomia

Enterotomia

Esplenectomia

Gastropéxia

Gastrotomia

Laparotomia exploratória

Mastectomia

Nefrectomia

OVH

Orquiectomia

Uresterostomia

(35)
(36)

Cirurgia oftalmológica

Gráfico 35. Distribuição percentual das espécies canina e felina no total de ocorrências de cirurgia oftalmológica observadas na CVL.

33,9

28,3

1,9

9,4

9,4

7,5

3,8

3,8

9,4

CVL

Remoção cataratas por

facoemulsificação

Queratectomias e flaps de

córnea e conjuntiva

Transplante de córnea

Cirurgia de glaucoma por endolaser

Cirurgia de vitrectomia e retinopexia

a laser (descolamento de retina)

Cirurgia de pálpebras: entropion ou

situações mistas com massas

palpebrais

Cirurgia de recolocação da glândula

da 3a pálpebra (Cherry-eye)

Cirurgia evisceração com colocação

de prótese intraocular

(37)
(38)

0

20

40

60

8,3

0

58,3

8,3

16,7

8,3

30

10

30

20

10

0

CVL

HCV

Gráfico 36. Distribuição percentual das espécies canina e felina no total de ocorrências de cirurgia ortopédica observadas em ambos os locais de estágio

(39)
(40)

0

10

20

30

40

50

60

70

Hemilaminectomia

Espondilaminectomia

ventral

Ventral slot

66,7

33,3

0

60

20

20

CVL

HCV

Neurocirurgia

(41)
(42)

Procedimentos cirúrgicos menores

0

5

10

15

20

2,3

9

4,5

15,9

2,3

9

4,5

2,3

2,3

0

13,6

18,2

9,1

0

0

0

9,1

4,5

CVL

HCV

(43)

Exames complementares de diagnóstico

66,1

9,1

3,7

1,3

4,5

4,1

2,4

4,7

4

CVL

Análises clínicas

Anatomohistopatologia

Dermatologia

Endocrinologia

Endoscopia

Imagiologia

Kits-diagnóstico rápido

Oftalmologia

Outros

39,8

5,5

34,1

3,6

1,1

7,4

6,5

1,9

HCV

Gráfico 39. Distribuição percentual das espécies canina e felina no

total de exames complementares de diagnóstico realizados na CVL

Gráfico 40. Distribuição percentual das espécies canina e felina no

(44)

Outros procedimentos médicos

8,9

10,4

13,4

2,9

17,9

8,9

35,8

1,5

CVL

Acunpuntura

Algaliação

Diálise peritoneal

Drenagem abcesso

Eutanásia

Hemodiálise

Quimioterapia

Transfusão sanguínea

Gráfico 41. Distribuição percentual das espécies canina e felina no total de outros procedimentos médicos realizados na CVL

10,7

1,8

28,6

1,8

51,8

5,4

HCV

Algaliação

Drenagem quiloabdómen

Eutanásia

Punção de medula

Quimioterapia

Transfusão sanguínea

(45)
(46)

Insuficiência renal crónica em canídeo

tratado com HD e DP após tratamento conservativo

(47)

Dezembro 2008: Leishmaniose e IRC

- dieta renal Hill’s k/d;

- Sucralfato (Sucralfato® Generis) 500mg/BID, PO meia hora antes da

alimentação;

- Metoclopramida (Metoclopramida® Generis) 0,2 mg/Kg/TID, SC;

- Ranitidina (Zantac®) 2 mg/Kg/BID, SC;

- Hidróxido de alumínio (Pepsamar®) 20mg/Kg/BID, PO meia hora antes da

alimentação (equivalente a dois comprimidos);

-Benazepril (Fortekor®) 0,5 mg/Kg/SID, PO;

Anamnese

- Alopurinol (Zyloric®) 10 mg/Kg/BID, PO até reavaliação;

(48)

Dia 0- 22.02.’10

- letargia, prostração, inapetência, desconforto abdominal, úlceras

bucais e halitose

- dieta renal Hill’s k/d;

- Sucralfato (Sucralfato generis®) 500 mg/BID, PO (equivalente a uma

carteira antes de cada refeição);

- Hidróxido de alumínio (Pepsamar®) 20mg/Kg/BID, PO meia hora antes

da alimentação (equivalente a dois comprimidos);

- Benazepril (Fortekor®) 0,5 mg/Kg/BID, PO;

- Alopurinol (Zyloric®) 10 mg/Kg/BID, PO;

BUN=160 mg/dL

CREA=6,7 mg/dL

(49)

Dia 11

BUN=135 mg/dL

CREA=4,2 mg/dL

VARIÁVEL

PRESCRIÇÃO

Tipo de dialisador

Superfície pequena: 0,22-1,1

m2

Fluxo sanguíneo

Lento: 50 ml/min

Fluxo de dialisante

300 mL/min

Composição do dialisante

-Na

+

140mmol/L

-K

+

0 mmol/L

-HCO

3-

2mmol/L

-P

3-

0 mmol/L

-Outros aditivos

Não

Temperatura do dialisante

39ºC

Taxa de ultrafiltração

0

Anticoagulação

250U/hora de heparina

Duração da sessão

120 minutos

Intervalo interdialítico

A determinar

(50)

Figura 1. Sequência de imagens de colocação de cateter endovenoso central na veia jugular externa esquerda do Perdido e 1ª sessão de HD.

Dia

19

(51)

Dia 66

BUN=554 mg/dL

CREA=8,2 mg/dL

VARIÁVEL

PRESCRIÇÃO

Volume de solução

750 mL

Dialisante

bicaVera 1,5% GLUCOSE (Fresenius Medical

Care)

Duração da sessão

120 min/ciclo x 3

Temperatura

39ºC

Tipo de cateter

Pig-tail

(52)

Figura 2 A. Preparação cirúrgica do animal para colocação de cateter para DP; B. Máquina infusora de DP; C. Catéter pig-tail; D.

Catéter já colocado no animal; E. Sessão de DP; F. Penso colocado no final do tratamento.

(53)

Resultados

160

135

138

163

113

150

214

554

107

98

85

71

0

50

100

150

200

250

300

350

400

450

500

550

600

0

10

20

30

40

50

60

70

BUN (mg/dL)

Dias

Gráfico 1. Registo dos valores obtidos para a BUN em mg/dL ao longo do tempo (do dia 0 ao dia 70) e respectiva variação após HD.

*

Sessão de HD

(54)

6,7

4,2

4,7

9

3,2

3,2

4

8,2

2,2

3

2,7

1,7

0

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

0

10

20

30

40

50

60

70

CREA

(mg/dL)

Dias

Gráfico 2. Registo dos valores obtidos para a CREA em mg/dL ao longo do tempo (do dia 0 ao dia 70) e respectiva variação após HD.

*

Sessão de HD

(55)

401

99

75

154

189

143

120

80

100

253

151

85 79

137

47

0

50

100

150

200

250

300

350

400

450

60

70

80

90

100

110

120

130

140

150

160

BUN (mg/dL)

Dias

*

*

*

*

Gráfico 3. Registo dos valores obtidos para a BUN em mg/dL ao longo do tempo (do dia 0 ao dia 70) e respectiva variação após HD.

(56)

6,9

5,5

6,8

4,7

5,2

4,3

10

3,7

3,1

7,4

5

2,7

5,4

4,2

3,1

0

2

4

6

8

10

12

60

80

100

120

140

160

CREA

(mg/dL)

Dias

Gráfico 4. Registo dos valores obtidos para a CREA em mg/dL ao longo do tempo (do dia 0 ao dia 70) e respectiva variação após HD.

*

Sessão de DP

(57)

Discussão/Conclusão

- Tt convencional: 14 meses;

- Tt substituição renal (HD e DP): diminuição dos valores de

BUN e CREA; melhoria dos sinais clínicos;

(58)

Imagem

Referências