Instalação. InRow RP DX ACRP100 ACRP101 ACRP102

52 

Texto

(1)

Instalação

InRow™ RP DX

ACRP100

ACRP101

ACRP102

(2)

This manual is available in English on the enclosed CD.

Dieses Handbuch ist in Deutsch auf der beiliegenden CD-ROM verfügbar. Deze handleiding staat in het Nederlands op de bijgevoegde cd.

Este manual está disponible en español en el CD-ROM adjunto. Ce manuel est disponible en français sur le CD-ROM ci-inclus. Questo manuale è disponibile in italiano nel CD-ROM allegato. 本マニュアルの日本語版は同梱の CD-ROM からご覧になれます。 Instrukcja Obsługi w jezyku polskim jest dostepna na CD.

O manual em português está disponível no CD-ROM anexo.

Данное руководство на русском языке имеется на прилагаемом компакт-диске. 您可以从包含的 CD 上获得本手册的中文版本。

(3)

Isenção de responsabilidade legal da American Power Conversion

A American Power Conversion Corporation não garante que as informações apresentadas neste manual sejam definitivas, isentas de erros ou completas. Esta publicação não se destina a substituir um plano de desenvolvimento detalhado de operação e específico do local. Portanto, a American Power Conversion Corporation isenta-se de responsabilidade por danos, violações de códigos, instalação inadequada, falhas de sistema ou quaisquer outros problemas que possam ocorrer com base no uso desta Publicação. As informações contidas nesta Publicação são fornecidas no estado em que se encontram e foram preparadas exclusivamente com o propósito de avaliar o projeto e construção do data center. Esta Publicação foi compilada de boa-fé pela American Power Conversion Corporation. Entretanto, nenhuma declaração é dada ou garantia fornecida, seja expressa ou implícita, em relação à totalidade ou exatidão das informações contidas nesta Publicação.

EM NENHUMA CIRCUNSTÂNCIA A AMERICAN POWER CONVERSION CORPORATION OU QUALQUER CONTROLADORA, COLIGADA OU SUBSIDIÁRIA DA AMERICAN POWER CONVERSION CORPORATION OU SEUS RESPECTIVOS DIRETORES,

CONSELHEIROS OU FUNCIONÁRIOS SERÃO RESPONSÁVEIS POR QUAISQUER DANOS DIRETOS, INDIRETOS, CONSEQUENTES, PUNITIVOS, ESPECIAIS OU ACIDENTAIS (INCLUINDO, ENTRE OUTROS; DANOS POR PERDA DE NEGÓCIOS, CONTRATOS, RECEITAS, DADOS, INFORMAÇÕES OU INTERRUPÇÃO DE NEGÓCIOS)

DECORRENTES OU RELACIONADOS AO USO OU À INCAPACIDADE DE USAR ESTA PUBLICAÇÃO OU CONTEÚDO, MESMO QUE A AMERICAN POWER CONVERSION CORPORATION TENHA SIDO EXPRESSAMENTE AVISADA DA POSSIBILIDADE DA OCORRÊNCIA DE TAIS DANOS. A AMERICAN POWER CONVERSION CORPORATION SE RESERVA O DIREITO DE FAZER ALTERAÇÕES OU ATUALIZAÇÕES EM RELAÇÃO AO CONTEÚDO DA PUBLICAÇÃO, NO PRÓPRIO CONTEÚDO OU NO FORMATO DO MESMO A QUALQUER MOMENTO SEM AVISO PRÉVIO.

Os direitos autorais, intelectuais e todos os outros direitos de propriedade do conteúdo (incluindo, entre outros; o software, áudio, vídeo, texto e fotografias) pertencem à American Power Conversion

Corporation ou a seus licenciadores. Todos os diretos sobre o conteúdo não concedidos expressamente neste documento ficam reservados. Nenhum direito de qualquer tipo pode ser licenciado, cedido ou transmitido de outra forma a pessoas que acessem estas informações.

(4)
(5)

Índice

Informações gerais ... 1

Visão geral . . . 1

Guarde estas instruções . . . 1

Usuários-alvo . . . 1

Atualizações do manual . . . 1

Símbolos gerais que podem ser usados neste manual . . . 1

Símbolo de referência cruzada utilizado neste manual . . . 1

Segurança . . . 2

Inspeção do equipamento . . . 3

Como fazer uma reclamação . . . 3

Armazenamento do equipamento antes da instalação . . . 3

Transporte do equipamento. . . 3

Transporte do equipamento até seu local final . . . 3

Identificação do modelo . . . 4

Identificação dos componentes . . . 5

Componentes do kit de instalação . . . 5

Componentes externos . . . 6

Componentes internos (parte frontal) . . . 7

Componentes internos (parte traseira) . . . 8

Painel elétrico . . . 9

Preparação da sala . . . 10

Distribuição de ar . . . 10

Acesso para manutenção . . . 11

Diagrama da tubulação de refrigeração . . . 12

Visão geral das conexões . . . 13

Conexões elétricas . . . 13

Conexões da tubulação . . . 13

Conexões de comunicação . . . 14

(6)

Instalação ... 18

Remoção de portas e painéis . . . 18

Remoção das portas frontal e traseira . . . 18

Remoção do painel lateral . . . 19

Instalação do painel lateral . . . 19

Remoção da tampa do painel elétrico . . . 20

Junção do equipamento a gabinetes . . . 21

Junção a gabinetes NetShelter® SX . . . 21

Junção aos gabinetes NetShelter VX e VS . . . 21

Nivelamento do equipamento . . . 22

Conexões mecânicas . . . 23

Tubulação de refrigeração . . . 23

Conexão das linhas de refrigerante . . . 25

Condensador . . . 25

Receptor inundado . . . 25

Umidificador . . . 26

Bomba de condensado . . . 27

Transbordamento de condensado . . . 28

Sensor de vazamento (opcional) . . . 29

Conexões elétricas . . . 30

Conexões de controle . . . 30

Conexões da interface do usuário . . . 31

Descrição dos conectores da interface do usuário . . . 32

Contatos de alarme Form C e entrada de desligamento . . . 34

Sensores de temperatura do rack . . . 35

Conexões de comunicação . . . 36

Porta de rede . . . 38

Conexões elétricas . . . 39

Configurações de cabeamento . . . 39

Direcionamento pela parte superior . . . 39

Direcionamento pela parte inferior . . . 40

Alívio de tensões mecânicas (somente ACRP102) . . . 40

Aquecedor do receptor de líquido . . . 41

Seleção de tensão . . . 41

(7)

Informações gerais

Visão geral

Guarde estas instruções

Este manual contém instruções importantes que devem ser seguidas durante a instalação deste equipamento.

Usuários-alvo

Este manual se destina ao pessoal autorizado daAPC™ by Schneider Electric. Ele fornece especificações de componentes e instruções para instalação do equipamento.

Atualizações do manual

Verifique as atualizações deste manual no site da Web da APC www.apc.com/support. Clique no link

User Manuals [Manuais do Usuário] e digite o código do manual ou do equipamento no campo de

pesquisa. Veja o código na contracapa deste manual.

Símbolos gerais que podem ser usados neste manual

Descarte a peça ou conjunto indicado.

Não descarte a peça ou conjunto indicado.

Símbolo de referência cruzada utilizado neste manual

Consulte outra seção deste documento ou outro documento para obter mais informações sobre este assunto.

(8)

Segurança

Leia e siga as considerações importantes sobre segurança a seguir ao trabalhar com esta unidade.

PERIGO

RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO ELÉTRICO

Desligue toda a energia que está sendo fornecida a este equipamento antes de trabalhar nele. Todo o trabalho elétrico deve ser realizado por eletricistas licenciados. Utilize procedimentos de bloqueio/etiquetagem (lockout/tagout). Não use joias ou bijuterias, como relógios de pulso ou anéis, quando trabalhar perto de componentes elétricos.

O não cumprimento dessas instruções resultará em morte ou ferimentos graves.

AVISO

RISCO DE PEÇAS EM MOVIMENTO

Mantenha mãos, roupas e joias longe das peças em movimento. Verifique se existem objetos estranhos no equipamento antes de fechar as portas e iniciá-lo.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em morte, ferimentos graves ou em danos ao equipamento.

AVISO

DANOS A EQUIPAMENTO OU PESSOAL

O equipamento é pesado e tomba com facilidade. Por razões de segurança, o pessoal adequado deve estar presente durante o transporte deste equipamento.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em morte, ferimentos ou em danos ao equipamento.

CUIDADO

RISCO PARA O EQUIPAMENTO

As placas de circuito contidas nesta unidade são sensíveis à eletricidade estática. Use um ou mais dispositivos de descarga eletrostática ao manusear as placas.

(9)

Inspeção do equipamento

O condicionador de ar InRow foi testado e inspecionado para fins de garantia de qualidade antes do envio pela APC. Inspecione cuidadosamente a parte externa e a parte interna do equipamento assim que recebê-lo para garantir que ele não tenha sido danificado durante o transporte.

Confirme se todas as peças pedidas foram recebidas conforme especificado e se o tipo, o tamanho e a tensão do equipamento estão corretos.

Como fazer uma reclamação

Se for identificado um dano no recebimento do equipamento, descreva o dano no conhecimento de embarque e faça uma reclamação de avarias à empresa de transporte. Entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente Mundial da APC através de um dos telefones que aparecem no site da Web para obter informações sobre como fazer a reclamação junto à empresa de transporte. A reclamação de transporte deve ser apresentada pela pessoa/empresa que recebeu o equipamento.

Em caso de dano no transporte, não opere o equipamento. Guarde todas as embalagens para inspeção pela empresa de transporte e entre em contato com a APC em um dos números que aparecem no site da Web listado na contracapa deste manual.

Armazenamento do equipamento antes da

instalação

Se o equipamento não for instalado imediatamente, armazene-o em local seguro, protegido contra intempéries.

Transporte do equipamento

Transporte do equipamento até seu local final

As ferramentas recomendadas para transportar o equipamento enquanto ainda estiver no palete incluem:

CUIDADO

RISCO PARA O EQUIPAMENTO

O equipamento será danificado e sua garantia de fábrica anulada se ele ficar descoberto e exposto ao tempo.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em danos ao equipamento.

(10)

Identificação do modelo

O número do modelo pode ser encontrado na parte externa da caixa de transporte e na placa de

identificação localizada na parte interna do equipamento, conforme mostrado. Use a tabela abaixo para confirmar se o tamanho e a tensão do equipamento estão corretos.

Modelo Configuração Tensão Reaquecimento Umidificador Caminho do ar ACRP100 Refrigerado a ar 220 a 240/Trifásica/50 a 60 Hz Elétrico Recipiente para vapor

(substituível)

De trás para a frente ACRP101 Refrigerado a ar 460 a 480/Trifásica/60 Hz Elétrico Recipiente para vapor

(substituível)

De trás para a frente ACRP102 Refrigerado a ar 380 a 415/Trifásica/50 a 60 Hz Elétrico Recipiente para vapor

(substituível) De trás para a frente na 26 00 a Placa de identificação

(11)

Identificação dos componentes

Componentes do kit de instalação

Item Descrição Quantidade Item Descrição Quantidade

 Vedação rosqueada com anel, reta, fêmea, 1 1/4" a 3/4"* D.I.

4  Parafuso Torx M6 x 16 mm com

arruela 5

 Conexão de água de entrada do umidificador, bloqueio ACRP100: 1/4" NPT*** e 1/4" BSPT** ACRP101: 1/4" NPT*** ACRP102: 1/4" BSPT** 1 un 1 1

 Alívio de tensões mecânicas, metal (somente ACRP102)

2

 Saída do dreno de condensado, bloqueio,

3/8” BSPT** 1  Suporte para cabo 9

 Grampo adaptador para mangueira de transbordamento de condensado, dois cliques

2  Abraçadeira para cabos - 200 mm (8")

10

 Vedação rosqueada com anel, reta,

macho - 3/4"* D.I. 2  Abraçadeira para cabos - 390 mm (15,3") 3  Válvula de bloqueio de gás, 3/4" D.I. 2  Resistor, 150 Ohms 1

 Sensor de temperatura 3  Abraçadeira para cabos 10

 Vedação Rotalock de Teflon®, 1 1/4" 4  Adaptador para mangueira de

transbordamento de condensado 1  Parafuso Torx® M5 x 10 mm com

arruela 5  Redutor, 3/8" para 1/2" BSPT** 1

 Parafuso Torx M6 x 12 mm com arruela 5  Redutor, 3/8" para 1/2" NPT*** 1  Parafuso Torx autoatarraxante M6 x

10 mm 5  Jumper ****

* Espessura de parede padrão *** Rosca de tubo nacional E.U.A. (National Pipe

na

25

(12)

Componentes externos

 Portas traseiras removíveis  Rodízio

 Trava do painel lateral  Puxador e trava da porta  Painel lateral removível  Display

 Pé nivelador ajustável  Porta frontal removível

na

182

(13)

Componentes internos (parte frontal)

 Aquecedor elétrico  Ventilador  Reservatório de drenagem de

condensado

 Grade de proteção do ventilador

 Válvula de expansão térmica  Painel elétrico

 Compressor  Conectores dos dispositivos externos e de comunicação  Acionamento de freqüência variável

(para o compressor)

 Conector para aterramento

 Sensor de temperatura do ar fornecido  Sensor de umidade  Disjuntor principal

na

207

0

(14)

Componentes internos (parte traseira)

 Serpentina do evaporador  Válvulas de bloqueio  Reservatório de drenagem de

condensado

 Filtros de ar

 Visor  Compartimento para tubos

 Secador do filtro  Sensor de umidade

 Bomba de condensado  Sensor de temperatura do ar de retorno  Umidificador na 20 7 4a

(15)

Painel elétrico

 Transformadores

 Conectores da interface do usuário

 Placa de controle principal  Placa de relés

 Conector para aterramento  Disjuntor principal

 Bloco de fusíveis do compressor (ACRP100, ACRP101) Disjuntor do compressor (ACRP102)  Disjuntores do ventilador  Disjuntor do controlador  Disjuntor do umidificador  Disjuntor do aquecedor  Contatores do aquecedor  Contator do umidificador na 20 3 2a

(16)

Preparação da sala

Durante o projeto do data center, considere a facilidade de entrada do equipamento, os fatores de capacidade de carga do piso e a acessibilidade para tubulação e cabeamento. Além disso, a combinação entre temperatura ambiente e umidade deve estar de acordo com a faixa de operação ambiente, conforme definido nos gráficos a seguir.

Vede a sala com uma barreira contra vapores para minimizar a infiltração de umidade. Recomendamos uma película de polietileno para aplicações no teto e nas paredes. Utilize tintas à base de elastômero ou plástico nas paredes e pisos de concreto.

Isole a sala para minimizar a influência de cargas de calor externas. Reduza o ar fresco ao mínimo exigido pelas normas e códigos locais e nacionais. O ar fresco impõe variações extremas de carga no equipamento de resfriamento do verão ao inverno e causa um aumento dos custos operacionais do sistema.

Distribuição de ar

O equipamento distribui o ar seguindo um padrão de descarga de trás para frente, removendo ar quente de um corredor quente e descarregando ar resfriado em um corredor frio.

Observação: O equipamento foi projetado para descarga ao ar livre ou para utilização com

o Sistema de contenção de ar do rack ou o Sistema de contenção de corredor quente. O equipamento não foi projetado para ser conectado a um sistema de dutos.

Requisitos da fonte de alimentação de entrada

PERIGO

RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO ELÉTRICO

O equipamento requer uma instalação elétrica trifásica. A instalação elétrica deve estar de acordo com as normas e códigos de eletricidade locais e nacionais. O equipamento deve ser aterrado.

O não cumprimento dessas instruções resultará em morte ou ferimentos graves.

0 10 20 30 40 50 60 10 15 20 25 30 35 40 45 50 70 80 90 0 10 20 30 40 50 60 60 65 70 75 80 85 90 95 100 105 110 115 70 80 90 na 25 44 a

Temperatura ambiente (°C) Temperatura ambiente (°F)

U m id ad e re la tiv a (% U R ) U m id ad e re la tiv a (% U R ) Faixa operacional aceitável Faixa operacional aceitável Limites operacionais inaceitáveis Limites operacionais inaceitáveis

(17)

Acesso para manutenção

É recomendável deixar, no mínimo, 900 mm de espaço livre no piso na frente e atrás do equipamento para manutenção. Toda a manutenção normal necessária pode ser realizada pela parte frontal ou pela parte traseira do equipamento.

A maior parte dos componentes de resfriamento no equipamento (por exemplo, secador do filtro, visor, solenoide e válvulas de expansão) deve ser soldada em caso de reparo ou substituição. Esses tipos de reparos podem ser feitos utilizando-se as diretrizes para acesso de manutenção quando o equipamento estiver na fileira. Se o equipamento precisar ser removido da fileira para esses tipos de reparo, então, nesse caso, uma distância minima de 1.200 mm é recomendável na parte dianteira ou traseira para que seja possível deslizar o equipamento para fora da fileira. Use os rodízios do equipamento para

movimentá-lo para manutenção.

Observação: Verifique as normas e códigos locais e nacionais para obter outros requisitos de

acesso para manutenção.

As dimensões são mostradas em mm (pol.).

na

18

2

5a

Acesso para manutenção quando o equipamento estiver dentro da fileira

Espaço livre necessário para mover o equipamento para fora da fileira

(18)

Diagrama da tubulação de refrigeração

Observação: As válvulas de bloqueio mostradas mais próximas dos condensadores não são

fornecidas pela APC.

Observação: Incline todas as linhas na direção do fluxo de refrigerante; 4 mm para cada

metro.

Observação: Passe a tubulação através da parte superior ou inferior do InRow RP.

Observação: Faça um sifão na linha de descarga vertical a cada 6 m para garantir o retorno

adequado do óleo.

Observação: Altere o tamanho do tubo depois do sifão tipo "P". Consulte o diagrama da

tubulação criado para o seu local.

Observação: O trecho máximo da tubulação tem 61 m de comprimento equivalente.

Dimensione a tubulação de acordo com as práticas aceitas de refrigeração.

 Redução do diâmetro da tubulação para passagem

de tubulação vertical (se necessário) Válvula de alívio de pressão Válvulas de bloqueio Sifão tipo "P" Válvula de controle de pressão hidrostática Sifão tipo "S" Válvula de retenção Sifão tipo "P"

invertido Todas as linhas montadas com tubulação de cobre Tipo L.

na25 43 a D es ca rg a do re fr ig er ante qu id o BR BR Receptor Receptor

Tubulação inferior Tubulação superior

Condensador Condensador qu id o D es ca rg a do re fr ig er an te

(19)

Visão geral das conexões

Todas as conexões de/para o equipamento podem ser feitas através da parte superior ou inferior do equipamento. Quando os conectores correspondentes forem soldados no devido lugar, o equipamento poderá ser desconectado sem necessidade de ressolda. Consulte as tabelas a seguir para obter

informações sobre os tamanhos e tipos de conectores.

Conexões elétricas

Conexões da tubulação

Código MCA MOP FLA

Compressor Potência (kW) LRA RLA ACRP100: 200 a 240 V, 50/60 Hz 80,1 100 - 160 50 19 ACRP101: 460 a 480 V, 60 Hz 39,9 50 - 139 23,2 21 ACRP102: 380 a 415 V, 50 Hz - - 32 139 23,2 20

Observação: Os dados acima baseiam-se nas condições de operação máximas

Observação: A instalação deve estar em conformidade com os códigos elétricos nacionais e/ou locais. Observação: O compressor é controlado por um acionador de frequência variável (VFD).

Observação: MCA - Capacidade de corrente mínima do circuito Observação: MPO - Máxima proteção contra sobrecorrente Observação: LRA - Ampères com rotor do compressor bloqueado Observação: RLA - Ampères com carga nominal no compressor Observação: FLA - Ampères com carga total

Conexão Tipo ACRP100 ACRP101 ACRP102

Descarga do refrigerante Rotalock* 1-1/4" Diâmetro interno 3/4" Diâmetro interno 3/4" Diâmetro interno 3/4" Líquido refrigerante Rotalock* 1-1/4" Diâmetro interno 3/4" Diâmetro interno 3/4" Diâmetro interno 3/4" Fornecimento de água

para o umidificador

Engate rápido 1/4" NPT ou 1/4" BSPT 1/4" NPT 1/4" BSPT Dreno de condensado Engate rápido 1/2" fêmea NPT ou

1/2" fêmea BSPT

1/2" fêmea NPT ou 1/2" fêmea BSPT

1/2" fêmea NPT ou 1/2" fêmea BSPT * Use vedação nova de Teflon (fornecida) para garantir que não ocorra vazamento. Aperte a porca Rotalock com 90 Nm.

(20)

Conexões de comunicação

Bitola do cabo

Conexão Tipo Largura mínima Máximo Torque

Temperatura do rack 1 RJ-45 - - -Temperatura do rack 2 RJ-45 - - -Temperatura do rack 3 RJ-45 - - -ENTRADA A-Link RJ-45 - - -SAÍDA A-Link RJ-45 - - -Porta de rede RJ-45 - - -Porta do console DB 9 - -

-Saída do cliente, normalmente fechada (NF)

Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm

Saída do cliente, comum (COM) Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm Saída do cliente, normalmente aberta

(NA)

Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm

Alimentação - TERRA Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm Alimentação - 12 VCC Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm Alimentação - 24 VCC Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm Entrada + do cliente Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm Entrada - do cliente Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm Modbus D1 Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm Modbus D0 Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm Modbus TERRA Conector roscado AWG 24 (0,2 mm2) AWG 18 (0,75 mm2) 0,6 Nm

Sensor de temperatura (frontal) RJ-45 - -

-Sensor de umidade (frontal) RJ-45 - -

(21)

-Pesos e dimensões

As dimensões são mostradas em mm (pol.).

Modelo Peso embalado Peso desembalado

ACRP100, ACRP101, ACRP102 488 kg 378 kg

na

18

(22)

Locais de acesso à tubulação e às instalações elétricas na parte superior (vista superior)

 Linha de descarga de refrigerante  Linha de líquido refrigerante  Calha para cabos de comunicação  Conexões elétricas

 Fornecimento de água para o umidificador  Dreno de condensado na 207 1a 547 21.54( ) 558 21.97( ) 123 4.84 () 75 2.95 () 73 2.86 () 40 1.58( ) 47 1.85( ) 105 4.12 () 325 12. 78 () 380 14.9 4 () 738 29.04 () PARTE FRONTAL — PARTE TRASEIRA — CORREDOR QUENTE CORREDOR FRIO

(23)

Locais de acesso à tubulação inferior e à alimentação de energia (vista inferior)

As dimensões são mostradas em mm (pol.).

 Fornecimento de água para o umidificador  Dreno de condensado

 Conexões elétricas

 Conexões de comunicação — 27,80 mm  Excesso de condensado — 50,00 mm (1,97")  Linha de descarga de refrigerante

 Linha de líquido refrigerante

115 (4.53) 141 (5.54) 176 (6.91) 1 84 ( 7.24) 1 87 ( 7.35) 57.25 (2.25) 425 ( 16.72) 0 397 ( 15.63) 479 ( ) 18.86 345 ( 13.58) 345 ( 13.58) 138 ( 5 .4 3) 0 172 ( 6 .77) 15 6 (6 .13) 796 ( 31.34) na 20 72 a PARTE TRASEIRA — PARTE FRONTAL — CORREDOR QUENTE CORREDOR FRIO

(24)

Instalação

Remoção de portas e painéis

Remoção das portas frontal e traseira

1. Destrave e abra a porta em 90 graus. 2. Desconecte os cabos terra e os cabos de

conexão do display.

3. Levante a porta e retire-a das dobradiças.

CUIDADO

RISCO ELÉTRICO

Ao reinstalar as portas, conecte novamente os cabos terra e o cabo de conexão do display.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em ferimentos graves ou em danos ao equipamento.

na

201

0

(25)

Remoção do painel lateral

Instalação do painel lateral

na 23 1 5a na 23 16 a

(26)

Remoção da tampa do painel elétrico

Remova a tampa do painel elétrico para instalar o cabo de energia principal. 1. Remova os cinco parafusos M4 que prendem a tampa.

2. Para remover a tampa, abra a tampa e deslize-a na direção da parte frontal do equipamento.

CUIDADO

RISCO ELÉTRICO

Certifique-se de que todo o cabeamento esteja desenergizado antes de levar os cabos para dentro deste equipamento. Somente equipes qualificadas de manutenção e assistência técnica devem trabalhar neste equipamento.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em morte, ferimentos graves ou em danos ao equipamento.

na

21

9

(27)

Junção do equipamento a gabinetes

Junção a gabinetes NetShelter® SX

O equipamento vem com quatro suportes de junção (dois para a parte frontal e dois para a parte traseira). 1. Remova as portas frontal e

traseira. Consulte “Remoção das portas frontal e traseira” na página 18.

2. Localize os quatro suportes de junção. Gire cada suporte em 90° na direção do gabinete adjacente, de forma que o suporte fique paralelo ao piso, e instale usando os parafusos fornecidos com o gabinete.

Para obter mais informações, consulte o manual de Retirada da embalagem, instalação e

personalização para o gabinete NetShelter SX. Junção aos gabinetes NetShelter VX e VS

Para obter informações sobre junção do equipamento a gabinetes NetShelter VX e VS, consulte o folheto de instalação Kits de acessórios para junção de gabinetes NetShelter® SX a VX/VS — AR7601, AR7602.

ns

06

18

(28)

Nivelamento do equipamento

Observação: Os pés niveladores nos cantos do equipamento oferecem uma base estável se o

piso for irregular, mas não conseguem compensar uma superfície muito inclinada. 1. Remova as portas frontal e traseira. Consulte “Remoção das portas frontal e traseira” na

página 18.

Observação: Antes de remover a porta frontal, desconecte os cabos terra e quaisquer

outros cabos conectados que possam interferir com a remoção das portas.

2. Para cada pé nivelador, insira uma chave de fenda padrão ou Phillips PH2 no parafuso acima do pé nivelador. Gire o parafuso no sentido horário para estender o pé nivelador até que fique em contato firme com o piso.

3. Reinstale as portas frontal e traseira.

Observação: Use uma chave fixa de 13 mm para nivelar o equipamento sem

remover as portas.

CUIDADO

RISCO ELÉTRICO

Ao reinstalar as portas, conecte novamente os cabos terra e o cabo de conexão do display.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em lesões moderadas ou em danos ao equipamento.

na

157

(29)

Conexões mecânicas

Tubulação de refrigeração

Use somente tubos ACR tipo L (e não de cobre flexível).

O equipamento deve ser conectado a um condensador — um condensador externo remoto ou um condensador centrífugo interno. Os sistemas com condensadores centrífugos internos ou externos remotos devem ter linhas de líquido e de descarga do equipamento para o condensador. Instale todas as linhas de refrigerante de acordo com as diretrizes aplicáveis do setor e também com as normas e códigos locais e nacionais.

Para dimensionar as linhas, consulte “Tamanhos de linha recomendados” na página 24. Calcule um comprimento equivalente com base no comprimento linear real da tubulação, inclusive válvulas e conexões.

Observação: Todas as conexões devem ter curva aberta para minimizar a perda de carga

(perda de pressão).

As linhas de descarga são dimensionadas de modo que a velocidade nas linhas verticais fique entre 5 e 15 m/s. A velocidade em linhas horizontais deve ser limitada a 2,5 m/s. A velocidade do refrigerante deve ser suficientemente alta para manter o óleo no fluxo. Se for lenta demais, o óleo não retornará para o compressor. Se a velocidade do refrigerante for alta demais, o nível de ruído e a perda de carga (preda de pressão) irão aumentar. As perdas aceitáveis de pressão nas linhas de descarga são de até 68,9 kPa (10 psi).

Observação: A capacidade de resfriamento nominal do equipamento totalmente carregado é

de 29 kW. Em sua velocidade mais baixa, a capacidade de resfriamento do equipamento é de aproximadamente 10 kW.

Observação: Leve em consideração o estado com carga e sem carga do compressor de

modo a se assegurar que a faixa de operação permaneça dentro desses limites.

Observação: Altere o tamanho do tubo antes do sifão tipo "P". Consulte “Diagrama da

tubulação de refrigeração” na página 12.

Todas as linhas de refrigerante devem ser, tanto quanto possível, curtas e diretas. As linhas de descarga horizontais devem ter uma inclinação descendente de 4 mm por metro, no mínimo, na direção do fluxo para auxiliar no retorno do óleo. Faça sifões nas linhas de descarga verticais aproximadamente a cada 6 m para garantir o retorno adequado do óleo. Normalmente, os sifões não são necessários na base das linhas de descarga; no entanto, faça uma curva na linha na direção do piso antes de passá-la

verticalmente para evitar a drenagem do óleo de volta para o compressor durante os períodos de desligamento.

(30)

Normas ASHRAE para comprimentos equivalentes de conexões e válvulas da tubulação

Tamanhos de linha recomendados

Observação: Limite o trecho de tubulação de refrigerante a 61 metros equivalentes para

garantir a operação adequada do sistema de refrigeração.

Tipo de conexão ou válvula — Comprimento equivalente do tubo em metros (pés) Bitola nominal da tubulação Dimensão da tubulação ACR Válvula de

gaveta padrão 90°Cotovelo Redução “T” de saída lateral Válvula angular

3/4 pol. 7/8 pol. 0,27 (0,89) 0,61 (2,0) 0,61 (2,00) 1,22 (4,00) 2,74 (8,99) 1 pol. 1 1/8 pol. 0,30 (0,98) 0,79 (2,6) 0,79 (2,59) 1,52 (4,99) 3,66 (12,00) 1 1/4 pol. 1 3/8 pol. 0,45 (1,48) 1,00 (3,3) 1,00 (3,28) 2,13 (6,99) 4,57 (14,99) 1 1/2 pol. 1 5/8 pol. 0,15 (0,49) 1,22 (4,00) 0,15 (0,49) 2,13 (6,99) 0,15 (0,49) Comprimento equivalente

m (pés) Tipo de linha ACRP100, ACRP101, ACRP102 15 (50) Linha de descarga (horizontal) 1 1/8 pol.

Linha de descarga (vertical) 1 1/8 pol. Linha de líquido 7/8 pol. 30 (100) Linha de descarga (horizontal) 1 1/8 pol.

Linha de descarga (vertical) 1 1/8 pol. Linha de líquido 7/8 pol. 46 (150) Linha de descarga (horizontal) 1 3/8 pol.

Linha de descarga (vertical) 1 1/8 pol. Linha de líquido 7/8 pol. 61 (200) Linha de descarga (horizontal) 1 3/8 pol.

Linha de descarga (vertical) 1 1/8 pol. Linha de líquido 7/8 pol.

(31)

Conexão das linhas de refrigerante

Certifique-se de usar somente tubo limpo grau refrigerante (ACR) e siga os procedimentos padrão para seleção do tamanho do tubo para equipamento refrigerado a ar. O comprimento equivalente máximo admissível entre o evaporador e o condensador é de 61 metros equivalentes. Trechos verticais (gás quente) exigem um sifão a cada 6 m de subida. Todas as junções da tubulação de refrigerante devem ser feita somente por soldagem forte (brasagem); não por soldagem branda. A liga de soldagem recomendada é AWS A5.8 BCuP-5.

Observação: Ao soldar linhas de refrigeração de cobre instaladas em campo, faça uma purga

com nitrogênio para minimizar a contaminação do sistema de refrigeração durante o processo de soldagem.

O equipamento refrigerado a ar foi secado na fábrica e é fornecido com uma carga de retenção de 207 kPa de nitrogênio. Verifique se há vazamento nas conexões de refrigerante antes de trocar a carga de retenção.

Conecte as duas linhas de refrigerante no equipamento usando todas as conexões, conforme mostrado. Consulte “Componentes do kit de instalação” na página 5.

Condensador

Instale o condensador e conecte os tubos de acordo com as instruções fornecidas.

Receptor inundado

Instale o receptor de líquido de acordo com as instruções incluídas no kit.

 Tubulação de cobre de 3/4" (fornecida e instalada em campo)  Válvula de esfera (fornecida)

 Conector Rotalock fêmea de 3/4" (fornecido)  Vedação (fornecida)

 Conector macho de 3/4" (fornecido)

 Conector macho de 3/4" (instalado no equipamento na fábrica)

na

22

(32)

Umidificador

A linha de fornecimento de água para o umidificador está direcionada para a unidade com tubulação flexível (ou tubulação alternativa aprovada pelos códigos de

construção locais) que permitirá que o conector da linha de fornecimento de água para o umidificador seja afastado até aproximadamente 25 mm do equipamento. Isso facilita a remoção do equipamento de uma fileira.

É fornecido um conector de engate rápido instalado na fábrica para conectar a tubulação ao equipamento. O conector de engate rápido usa uma conexão macho de 1/4" NPT ou macho de 1/4" BSPT para conectar-se a uma conexão de pressão.

O conector de engate rápido possui uma função de bloqueio, portanto, não é necessária uma válvula de bloqueio separada.

A linha de fornecimento de água para o umidificador pode ser conectada pela parte superior ou pela parte inferior do

equipamento, conforme mostrado. Há conectores macho de engate rápido na parte superior e na parte inferior do equipamento.

A pressão da água deve estar entre 100 e 800 kPa para o umidificador operar corretamente. Água suja deve ser filtrada antes de ser fornecida ao umidificador. A

temperatura da água deve estar entre 1ºC e 40

°

C. Não use água que passou por processo de redução de dureza, desmineralizada ou deionizada.

Consulte o manual fornecido com o umidificador para obter mais informações sobre qualidade, teor mineral, dureza e níveis mínimo/máximo de condutividade da água.

Observação: Antes de fazer qualquer conexão, limpe quaisquer sujidades da linha de

abastecimento de água para o umidificador que possam ter acumulado durante a montagem.

Observação: É recomendável a instalação de uma válvula solenoide de água na linha de

fornecimento para o umidificador, conectada a um detector de vazamentos.

Observação: Instale todas as tubulações de acordo com as diretrizes aplicáveis do setor e

também com as normas e códigos locais e nacionais.

Acople as conexões na linha de fornecimento de água para o umidificador conforme mostrado e, em seguida, conecte o conector de engate rápido da linha de fornecimento de água na entrada superior ou inferior do umidificador.

 Tubo flexível (fornecido e instalado em campo)  Conexão de pressão (fornecida e instalada em campo)  Redução reta (fornecida e instalada em campo)

na 21 9 3a n a 23 45 a

(33)

Bomba de condensado

O cabeamento da bomba é feito na fábrica e a sua tubulação é ligada internamente ao reservatório de drenagem de condensado e à saída do umidificador. A bomba pode mover o líquido a 18 m, no máximo, o que pode incluir uma elevação máxima de 3,5 m com uma vazão de 87 l/h. Por exemplo, para uma elevação de 3 m, restarão apenas 15 m de comprimento útil. A bomba utiliza uma chave flutuante interna de nível alto de

condensado ligada ao equipamento para fornecer recursos de alarme.

A linha de drenagem de condensado pode ser conectada pela parte superior ou pela parte inferior do equipamento usando conectores macho de engate rápido instalados na fábrica e tubulação aprovada pelos códigos de construção locais, que permitirão que o conector da linha de drenagem seja afastado até aproximadamente 25 mm do

equipamento. Isso facilita a remoção do equipamento de uma fileira. Conectores de engate rápido tipo fêmea e conexões de redução são fornecidos com o equipamento. Ligue as conexões conforme mostrado e, em seguida, conecte o conector de engate rápido da linha de drenagem à parte superior ou inferior da linha de saída da bomba de condensado.

Observação: Instale todas as tubulações de acordo com as diretrizes aplicáveis do setor e

também com as normas e códigos locais e nacionais.

 Tubulação (fornecida e instalada em campo)  Conexão macho 1/2" NPT ou macho 1/2" BSPT

(fornecida e instalada em campo)  Redução reta (fornecida)

 Conector de engate rápido (fornecido)

CUIDADO

SAÍDAS DESPROTEGIDAS

• Se a linha de drenagem da bomba de condensado não for direcionada corretamente antes da operação, poderá haver danos provocados pela água.

• Não direcione linhas de drenagem ou de fornecimento por cima de equipamentos de informática, no-breaks, unidades de distribuição de energia (PDUs) ou sistemas de iluminação.

• Não instale linhas de água em áreas sujeitas a temperaturas congelantes.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em danos ao equipamento.

(34)

Transbordamento de condensado

Conecte a linha de transbordamento de condensado do equipamento a um dreno externo utilizando as conexões, conforme mostrado.

CUIDADO

DANOS PROVOCADOS PELA ÁGUA

Caso o procedimento a seguir não seja executado poderá ocorrer transbordamento do reservatório de condensado e danos ao data center.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em danos ao equipamento.

 InRow RP

 Grampo adaptador para mangueira (fornecido)  Adaptador para mangueira (fornecido)

 Tubulação de cobre de 7/8" (fornecida e instalada em campo)

na

25

(35)

Sensor de vazamento (opcional)

Instale até quatro sensores de vazamento (AP9326) em série, conforme necessário.

1. Conecte o sensor de vazamento ao

equipamento utilizando o plugue localizado no suporte de manutenção, conforme mostrado.

2. Posicione o sensor de vazamento dentro ou fora do equipamento.

3. Direcione o sensor de vazamento para a parte externa pela placa inferior ou pela porta. 4. Prenda o cabo do sensor de vazamento nas

superfícies utilizando abraçadeiras para cabos e seus suportes (fornecidos com o detector de vazamento). na1 58 4a LEA K DETEC TOR CA BLE SUC TIO N DI SCHA RG E SERV ICE na2 26 6a na 207 3a

Observação: Instale os sensores

de vazamento em uma superfície limpa e não permita que encostem em um metal que esteja em uma corrente de ar.

(36)

Conexões elétricas

As conexões elétricas necessárias em campo são:

• Controles (interface do usuário, placa de gerenciamento de rede) • Comunicação (A-Link, sistema de gerenciamento predial) • Alimentação elétrica para o InRow RP (3 fases mais terra) • Alimentação elétrica para o aquecedor do receptor de líquido • Alimentação elétrica para o condensador regrigerado a ar

Todas as conexões elétricas deverão estar de acordo com as diretrizes aplicáveis do setor e também com as normas e códigos locais e nacionais.

Consulte os requisitos de tensão e de corrente na placa de identificação do equipamento. Faça todas as conexões de baixa tensão, inclusive as conexões de dados e de controle, com cabos devidamente isolados. O isolamento do cabeamento de baixa tensão deve suportar no mínimo a tensão de qualquer cabeamento adjacente.

É necessária uma instalação elétrica trifásica. A instalação elétrica deve estar de acordo com as normas e códigos de eletricidade locais e nacionais. O equipamento deve estar aterrado. Verifique os valores nominais corretos na placa de identificação do equipamento.

Use um voltímetro para garantir que a energia está desligada antes de fazer conexões elétricas.

Conexões de controle

Observação: Todas as conexões de entrada e de saída devem ser feitas como circuitos

Classe 2.

PERIGO

RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO ELÉTRICO

Desligue toda a energia que está sendo fornecida a este equipamento antes de trabalhar nele. Todo o trabalho elétrico deve ser realizado por eletricistas licenciados. Utilize procedimentos de bloqueio/etiquetagem (lockout/tagout). Não use joias ou bijuterias, como relógios de pulso ou anéis, quando trabalhar perto de componentes elétricos.

(37)

Conexões da interface do usuário

 Sensores de temperatura de entrada do rack 1, 2, 3  ENTRADA A-Link

 SAÍDA A-Link  Porta de rede  Porta do console

 Saída do cliente, NF (normalmente fechada)  Saída do cliente, COM (comum)

 Saída do cliente, NA (normalmente aberta)  Alimentação - TERRA

 Alimentação - 12 Vcc (limite de corrente: 20 mA)  Alimentação - 24 Vcc (limite de corrente: 20 mA)  Entrada + do cliente (12 a 30 Vca/Vcc, 24 Vcc a 11 mA)  Alimentação COM

 Modbus D1  Modbus D0  Modbus TERRA

 Sensor de temperatura do ar fornecido (parte frontal)  Sensor de umidade do ar fornecido (parte frontal)  Display

na

200

9a

Observação: Para uma instalação pela parte superior,

direcione o cabeamento de controle através do canal de cabos localizado no canto superior esquerdo, logo acima dos conectores da interface do usuário.

Para uma instalação pela parte inferior, direcione o cabeamento de controle para o furo de acesso do cliente na parte inferior do equipamento através dos grampos para cabos dos conectores da interface. Em seguida, direcione o cabeamento para baixo acompanhando o painel elétrico e prenda com grampos para cabos.

(38)

Descrição dos conectores da interface do usuário

Item Descrição

 Sensores de temperatura do rack 1, 2, 3 Três sensores de temperatura que devem ser instalados no lado do corredor frio dos racks do servidor. Consulte “Sensores de

temperatura do rack” na página 35.

 ENTRADA A-Link Conexões de entrada e de saída para A-Link. Os terminadores fornecidos com o

equipamento devem ser conectados na primeira porta A-Link e na porta A-Link final do sistema.

 SAÍDA A-Link

 Porta de rede Porta de rede 10/100 Base-T. Conecta o equipamento à rede; os LEDs Status e Link indicam o tráfego na rede.

• LED Status - pisca nas cores laranja e verde na inicialização; indica o status da conexão da rede (verde contínuo - endereço IP estabelecido; verde piscando - tentando obter um endereço IP).

• LED Link - pisca para indicar o tráfego na rede (verde — operando a 10 mbps; laranja — operando a 100 mbps).

 Porta do console Porta de comunicação RS-232 usada para acesso ao equipamento para manutenção local. Use cabo de configuração (código APC 940-0103) para se conectar a esta porta.  Saída do cliente, normalmente fechada

(NF)

Relé de saída configurável pelo cliente, que pode ser ativado para todos os tipos de alarmes ou alarmes críticos. O relé pode ser conectado a equipamentos externos utilizando 30 Vca/cc, 2 A.

 Saída do cliente, comum (COM)  Saída do cliente, normalmente aberta

(NA)

 Alimentação - TERRA Pode ser usado para interface de entrada e saída do cliente.

 Alimentação - 12 Vcc Pode ser usado para interface de entrada e saída do cliente. O limite de corrente é de 20 mA.

 Alimentação - 24 Vcc Pode ser usado para interface de entrada e saída do cliente. O limite de corrente é de 20 mA.

(39)

 Modbus D1 (RXTX+) Conexões do sistema de gerenciamento predial. Conecte um resistor terminador de 150 Ohms (fornecido) no InRow RP final, entre o Modbus D0 e o Modbus D1.  Modbus D0 (RXTX–)

 TERRA do Modbus

 Sensor de temperatura do ar fornecido (parte frontal)

Sensor de temperatura instalado na parte frontal do equipamento.

 Sensor de umidade do ar fornecido (parte frontal)

Sensor de umidade instalado na parte frontal do equipamento.

 Display Conexão do display instalado na porta frontal do equipamento.

(40)

Contatos de alarme Form C e entrada de desligamento

Consulte os itens 6 a 13 em “Dependendo da configuração, talvez sejam necessárias conexões de controle adicionais para a comunicação A-Link remota através do suporte da placa de gerenciamento de rede da APC ou de um software tradicional de monitoramento de equipamentos.” na página 30. Um relé interno à interface do usuário é controlado por um alarme definido pelo usuário (por exemplo,

ventiladores com defeito). Antes de uma condição de alarme, o sinal no terminal COM (comum) é direcionado para o terminal NF (normalmente fechado). Quando o alarme é ativado, o relé é energizado, fazendo com que o sinal do terminal COM seja direcionado para o terminal NA (normalmente aberto). Os terminais NA e NF podem ser conectados a luzes indicadoras remotas, a uma campainha de

advertência ou a outro dispositivo para alertar um operador sobre a presença de uma condição de alarme.

Remote switch using internal power (24 Vdc shown)

Field-supplied voltage (12/24 Vdc or Vac) Chave remota usando alimentação interna (exibido 24 VCC)

Tensão fornecida no campo (12/24 Vcc ou Vca)

(41)

Sensores de temperatura do rack

Os sensores de temperatura do rack controlam o fluxo de ar do equipamento e garantem o fornecimento adequado de ar de resfriamento para os racks do servidor no data center. O equipamento é fornecido com três sensores externos de

temperatura do rack. Consulte “Componentes do kit de instalação” na página 5. Esses sensores, juntamente com grampos e encaixes

para cabos, estão incluídos no kit de instalação fornecido com o equipamento.

Como instalar os sensores de temperatura do rack

1. Insira o conector do sensor de temperatura do rack na porta do sensor de temperatura na interface do usuário. Consulte “Dependendo da configuração, talvez sejam necessárias conexões de controle adicionais para a comunicação A-Link remota através do suporte da placa de gerenciamento de rede da APC ou de um software tradicional de monitoramento de equipamentos.” na página 30.

a. Para uma instalação pela parte superior, pressione o sensor de temperatura do rack através do canal de cabos localizado na parte superior do equipamento, do lado esquerdo, logo acima dos conectores da interface do usuário.

b. Para uma instalação pela parte inferior, direcione o sensor através dos grampos para cabo ao longo do painel elétrico e, em seguida, pressione o sensor através do furo de acesso do cliente na parte inferior do equipamento. 2. Direcione o sensor pela parte superior ou pela parte

inferior do rack do servidor adjacente.

3. Prenda o cabo do sensor de temperatura na porta

frontal do rack do servidor adjacente em vários locais usando os encaixes para cabo fornecidos, conforme mostrado. Consulte “Componentes do kit de instalação” na página 5.

Observação: Os sensores remotos de temperatura do rack devem estar instalados

para que a operação seja correta.

Os sensores devem ser instalados nos locais onde é mais provável que ocorra falta de ar de resfriamento suficiente. A posição ideal dos sensores de temperatura do rack irá variar de acordo com a instalação; porém, deve ser onde exista fluxo de ar para permitir leituras exatas.

Os servidores com maior probabilidade de ter ar de resfriamento insuficiente ou ar resfriado de modo inadequado devido à recirculação de ar quente do corredor quente incluem:

a. Servidores posicionados na parte superior de um rack.

b. Servidores posicionados em qualquer altura no último rack em uma extremidade aberta de uma fileira.

c. Servidores posicionados atrás de obstáculos que prejudicam o fluxo como elementos de construção.

d. Servidores posicionados em um conjunto de racks com muitos equipamentos.

g e n0 74 4a gen 07 67 a Suporte para cabo Sensor de temperatura

(42)

Conexões de comunicação

Conexões A-Link. A conexão do barramento A-Link permite que vários equipamentos InRow RP (até doze) se comuniquem entre si. Somente um InRow RP precisa ser definido através do display; os outros InRow RPs são numerados automaticamente.

Para permitir que os InRow RPs funcionem como um grupo, conecte-os utilizando cabos CAT-5 com conectores RJ-45. Um terminador fornecido (150 Ohm, 1/4 W) foi instalado de fábrica na porta A-Link e deve permanecer inserido nas portas A-Link do primeiro e do último InRow RP apenas.

O comprimento máximo do cabo para o grupo todo não pode ultrapassar 1.000 m.

 Entrada A-Link (com terminador RJ-45 fornecido)

 Entrada A-Link

 Cabo A-Link (cabo Ethernet CAT-5)

 Saída A-Link (com

terminador RJ-45 fornecido)  Saída A-Link

na0

73

3a

(43)

Sistema de gerenciamento predial (BMS, Building Management System). A interface Modbus permite que cada InRow RP se comunique com o BMS. Use um cabo de três fios para conectar cada InRow RP. Wire a terminator resistor (150 Ohm, 1/4 W) into the Modbus master and the final InRow RP between Modbus D0 and Modbus D1. This terminator is included in the installation kit (see

“Componentes do kit de instalação” na página 5).

Cada InRow RP possui um terminal Modbus com três fios na interface do usuário. Um conector com terminais roscados é usado para permitir a conexão do cabeamento. Consulte “Dependendo da configuração, talvez sejam necessárias conexões de controle adicionais para a comunicação A-Link remota através do suporte da placa de gerenciamento de rede da APC ou de um software tradicional de monitoramento de equipamentos.” na página 30 para obter o layout específico da interface do usuário.

Para obter informações sobre configuração de parâmetros Modbus, consulte o manual de

Operação do InRow RP.

 Resistor de terminação (fornecido)  Cabo Modbus (RS-485)

na1

76

6a

InRow RP no. 1 InRow RP no. 2 InRow RP final

(44)

Porta de rede

A porta de rede permite a comunicação do InRow RP com a rede.

 Porta de rede

 Cabo de rede local (10/100 Base-T)

Switch/Hub

(45)

Conexões elétricas

Configurações de cabeamento

Direcione a energia de entrada da PDU ou do painel de manutenção elétrica para o painel elétrico localizado no lado esquerdo do equipamento. Direcione a energia pela parte superior ou inferior do equipamento.

Observação: Para facilitar a instalação e a posterior remoção do equipamento para reparos,

use conduítes flexíveis para o cabeamento de energia.

Direcionamento pela parte superior

1. Remova a tampa do painel elétrico. Consulte “Remoção da tampa do painel elétrico” na página 20.

2. Localize a placa de conexão de energia na parte superior do

equipamento. Consulte “Locais de acesso à tubulação e às instalações elétricas na parte superior” na página 16.

3. Solte o parafuso que prende a placa de conexão e remova a placa. 4. Prenda o conector do conduíte usando o furo guia na placa de conexão. 5. Direcione o cabeamento até o disjuntor principal, conforme mostrado. 6. Conecte o cabeamento de energia na parte superior do disjuntor

principal aplicando o torque especificado no disjuntor. Conecte as fases conforme marcado próximo dos terminais.

7. Conecte o cabo terra na borneira terra localizada acima do disjuntor principal. 8. Reinstale a placa de conexão e a tampa do painel elétrico.

PERIGO

RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, EXPLOSÃO OU ARCO ELÉTRICO

Desligue toda a energia que está sendo fornecida a este equipamento antes de trabalhar nele. Todo o trabalho elétrico deve ser realizado por eletricistas licenciados. Utilize procedimentos de bloqueio/etiquetagem (lockout/tagout). Não use joias ou bijuterias, como relógios de pulso ou anéis, quando trabalhar perto de componentes elétricos.

O não cumprimento dessas instruções resultará em morte ou ferimentos graves.

na

23

(46)

Direcionamento pela parte inferior

1. Remova a tampa do painel elétrico. Consulte “Remoção da tampa do painel elétrico” na página 20.

2. Localize a placa de conexão de energia na parte inferior do equipamento. Consulte “Locais de acesso à tubulação inferior e à alimentação de energia (vista inferior)” na página 17.

3. Solte o parafuso que prende a placa de conexão e remova a placa. 4. Prenda o conector do conduíte usando o furo guia na placa de conexão. 5. Para o ACRP102, execute os passos descritos em “Alívio de tensões

mecânicas (somente ACRP102)” na página 40.

6. Direcione o cabeamento até o disjuntor principal, conforme mostrado. 7. Conecte o cabeamento de energia na parte superior do disjuntor principal

aplicando o torque especificado no disjuntor. Conecte as fases conforme marcado próximo dos terminais.

8. Conecte o cabo terra na borneira terra localizada logo acima do disjuntor principal.

9. Fixe o cabeamento dentro do equipamento com as abraçadeiras para cabos fornecidas. Consulte “Componentes do kit de instalação” na página 5. 10.Reinstale a placa de conexão e a tampa do painel elétrico.

Alívio de tensões mecânicas (somente ACRP102)

São fornecidos dispositivos metálicos ajustáveis para alívio de tensões mecânicas. Consulte “Componentes do kit de instalação” na página 5.

1. Prenda um dispositivo de alívio de tensões mecânicas em um par de fendas em cada um dos dois locais mostrados.

2. Direcione o cabo elétrico para cima pela parte inferior do equipamento, passando através dos dispositivos de alívio de tensões mecânicas. 3. Aperte os parafusos nos dispositivos de alívio de

tensões mecânicas para prender o cabo elétrico, removendo o peso dos condutores internos. 4. Continue a conexão do cabeamento elétrico até o

disjuntor.

na

23

2

(47)

Aquecedor do receptor de líquido

O receptor de líquido está equipado com um aquecedor para manter o refrigerante aquecido durante condições climáticas extremamente frias. Se o seu local estiver sujeito a temperaturas abaixo de zero por longos períodos, você deve conectar o aquecedor auto-regulador a uma fonte conveniente de energia elétrica. Se você não tiver certeza de que seu local ou sua aplicação necessita de um aquecedor, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente da APC.

Consulte a documentação fornecida com o receptor de líquido para obter mais informações sobre os requisitos de tensão.

Faça as conexões elétricas de acordo com todas as normas e códigos locais e nacionais.

Seleção de tensão

Seu equipamento pode operar com diversas tensões de alimentação, desde que os jumpers de tensão adequados estejam conectados aos

transformadores de entrada. Leia o código nos jumpers conectados na fábrica e compare o número com a tabela abaixo. Se os jumpers corretos para sua tensão de entrada não estiverem conectados, remova-os e conecte o jumper adequado. Consulte “Componentes do kit de instalação” na

página 5.

Conexões de jumpers

 Transformador B conectado ao J51 ()  Transformador A conectado ao J50 ()

Código Tensão de entrada Jumper a utilizar

ACRP100 208 (50/60 Hz) 0W2540 (padrão) 230 (50/60 Hz) 0W2541 ACRP101 460 (60 Hz) 0W2545 480 (60 Hz) 0W2546 (padrão) ACRP102 380 (50/60 Hz) 0W2542 400 (50/60 Hz) 0W2543 (padrão) 415 (50/60 Hz) 0W2544 n a 25 40 a

(48)

Adição de uma carga de retenção

1. Abra as duas válvulas de bloqueio localizadas na parte traseira do equipamento. Consulte “Componentes internos (parte traseira)” na página 8. Não feche as válvulas a menos que haja necessidade de remover a tubulação superior.

2. Pressurize o sistema com nitrogênio a 1724 kPa (250 psi). Deixe o sistema pressurizado durante 24 horas (recomendado) e verifique nos medidores se houve uma queda de pressão.

Observação: Devido aos componentes de refrigeração usados, tais como válvulas

de retenção e válvulas solenoides, assegure-se de que fez vácuo na sucção, descarga e na porta de manutenção quando evacuar o sistema de refrigeração.

3. Use uma bomba de alto vácuo e puxe o primeiro vácuo até 750 mícron. Aguarde uma hora (o vácuo não deve subir acima de 1500 mícrons) e, em seguida, quebre o vácuo com nitrogênio. 4. Puxe um vácuo final até 300 mícrons durante 2 horas, no mínimo.

Observação: O empreiteiro da instalação é responsável por providenciar refrigerante

suficiente para uma carga completa do sistema durante a partida. 5. Faça a carga com R-407C líquido até que a

pressão do sistema se iguale ao recipiente de refrigerante.

a. Aplique a carga na porta de

manutenção no suporte de manutenção do equipamento.

b. Faça a purga do conjunto de

mangueiras de refrigerante e manifold.

Adição de óleo do compressor

Dependendo do comprimento dos trechos de tubulação, o sistema pode necessitar de uma carga adicional de óleo na partida. A contratada para a

CUIDADO

DANOS AO VACUÔMETRO

Instale uma válvula de esfera antes do vacuômetro para evitar danos ao medidor durante a carga.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em danos ao equipamento.

CUIDADO

RISCO PARA O EQUIPAMENTO

Carregue o sistema somente com líquido refrigerante R-407C.

O não cumprimento dessas instruções pode resultar em danos ao equipamento.

LEA K DETEC TOR CA BLE SUC TIO N DI SCHA RG E SERV ICE

(49)
(50)
(51)
(52)

Serviço de Atendimento ao

Cliente Mundial da APC

O Serviço de Atendimento ao Cliente para este ou qualquer outro produto da APC está disponível, sem custo, de uma das seguintes maneiras:

• Visite o site da Web da APC para acessar documentos na Base de Conhecimento da APC e para enviar solicitações ao Serviço de Atendimento ao Cliente.

– www.apc.com (central)

Conecte-se aos sites da Web locais da APC para países específicos a fim de obter em cada um deles informações sobre o Serviço de Atendimento ao Cliente.

– www.apc.com/support/

Suporte global para pesquisas na Base de Conhecimento da APC e uso de suporte por e-mail. • Entre em contato com um centro de Serviços de Atendimento ao Cliente da APC por telefone ou e-mail.

– Centros locais específicos de países: acesse www.apc.com/support/contact para obter informações sobre meios de contato.

Para obter informações sobre como acessar o Serviço de Atendimento ao Cliente local, entre em contato com o representante da APC ou com outros distribuidores dos quais adquiriu o produto APC.

Imagem

Referências

temas relacionados :