Quarta-feira, 12 de Junho de 2013 Edição n 542

Texto

(1)

EDITAL PÚBLICO Nº 001/2013

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos do Município de Guapimirim do Estado do Rio de Janeiro (SMASDH), por meio do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), torna público que realizará a SELEÇÃO de facilitadores (as) de oficinas para ministrarem cursos e/ou aulas referentes aos cursos de qualificação e inserção produtiva, bem como de atividades socioeducativas que serão ofertados nos anos de 2013 e 2014.

1- DO OBJETO

1.1 - O objeto do presente Edital é o chamamento Público de pessoas físicas a fim de possibilitar a contratação direta de facilitadores (as) de oficinas para ministrarem aulas aos usuários dos Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do Município de Guapimirim para os anos de 2013 e 2014, podendo, cada participante, apresentar um projeto.

1.2 – Serão selecionados OFICINEIROS para as oficinas livres na área de:

1.2.1 BELEZA: 1.2.1.1 – Depilação 1.2.1.2 - Manicure 1.2.1.3 – Unhas decoradas 1.2.1.4 - Cabeleireiro 1.2.1.5 – Maquiagem 1.2.1.6 - Estética; 1.2.2 CULINÁRIA 1.2.2.1 – Bolo 1.2.2.2 - Doces 1.2.2.3 - Salgados 1.2.2.4 – Compotas 1.2.2.5 – Pães 1.2.3 MÚSICA 1.2.3.1 – Violão 1.2.3.2 - Ritmo 1.2.3.3 – Canto 1.2.3.4 - Bateria

(2)

1.2.4

A

RTE

1.2.4.1 – Teatro

1.2.4.2 - Circo

1.2.4.3 - Produção Cultural

1.2.4.4 - Interpretação de Texto

1.2.4.5 - Contador de história

1.2.5 Á

UDIO E

V

ÍDEO

1.2.5.1 – Áudio

1.2.5.2 - Vídeo

1.2.5.3 - Operador de Câmera

1.2.5.4 - Editor de imagem

1.2.5.5 – Produção

1.2.6 P

RÁTICA

C

ORPORAL

1.2.6.1 – Bale

1.2.6.2 - Dança de Salão

1.2.6.3 - Capoeira

1.2.6.4 - Judô

1.2.6.5 - Educação Física

1.2.6.6 - Alongamento

1.2.6.7 – Ioga

1.2.6.8 - Caminhada

1.2.7 A

RTESANATO

1.2.7.1 – Pintura em tela

1.2.7.2 - Pintura em tecido

1.2.7.3 - Pintura em molde vazado

1.2.7.4 - Reciclagem de garrafa Peti

1.2.7.5 - Apliquê

1.2.7.6 - Pedraria

(3)

1.3 – Na apresentação de seus projetos os OFICINEIROS devem comprovar:

1.3.1 – Ser brasileiro nato, naturalizado, ou adaptação, português a quem foi conferida igualdade, nas condições previstas no art. 14, inciso II, parágrafo primeiro, da Constituição da Republica Federativa;

1.3.2 – Ter, na data da inscrição, idade mínima de 18 (dezoito) anos completos; 1.3.3 – Ser munícipe.

Parágrafo único - Somente serão admitidos a participar da seleção os profissionais que tiverem experiência na oficina proposta.

2- DA JUSTIFICATIVA

2.1 - A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, consolidando a Política Nacional de Assistência Social realiza ações de capacitação e inserção produtiva para as famílias usuárias dos programas sócias que visam promover o desenvolvimento da autonomia individual, familiar e social e o fortalecimento do vínculo com o território.

3- DO OBJETIVO GERAL

3.1 - As oficinas devem visar o estímulo e desenvolvimento de ações de difusão e formação cultural, iniciação e estimulação artística, inclusão social e práticas corporais e será dirigida a toda a população respeitando os públicos alvos de cada oficina.

4- DAS INSCRIÇÕES

4.1 - As inscrições serão realizadas no período de 17 (dezessete) a 21 (vinte e um) de junho de 2013 das 09h às 17h, na sede na Secretaria da Assistência Social e Direitos Humanos, situada na Avenida Dedo de Deus, nº 342, Centro, Guapimirim, Rio de Janeiro, CEP: 20040-004.

4.1.1 - Os canditados devem apresentar no ato da inscrição projeto contendo:

4.1.2 - Identificação, Justificativa, Público Alvo, Prazo de Execução, Objetivo Geral, Área de Atuação, Metodologia e relação de material a ser utilizado;

4.1.3- Curriculum Vitae com demonstração dos trabalhos executados através de fotos e vídeos; 4.1.2 - Cópia da Cédula de Identidade;

(4)

5- DA SELEÇÃO

5.1 - Os projetos apresentados e devidamente habilitados serão selecionados pelas Coordenadoras dos programas subordinados a SMASDH, com base na coerência entre a proposta apresentada e a formação dos proponentes; além de comprovação de conhecimento e experiência por parte do proponente na área da atividade a ser desenvolvida.

5.2 – Os Oficineiros selecionados serão convocados para uma apresentação prática para as coordenadoras dos Centros de Referência e pela Gestão, a fim de que a prática seja demonstrada em data a ser estipulada pela coordenação.

5.3 – Após a seleção dos projetos os mesmos serão levados ao Conselho Municipal da Assistência Social para ciência e aprovação.

6- DOS PRAZOS

6.1 - Os Projetos deverão ser entregues na Secretaria de Assistência Social no ato da inscrição para análise, em envelope lacrado identificando o participante e curso e/ou aula e protocolado na Secretaria de Assistência Social.

6.2 - A Seleção e Aprovação dos Projetos ocorrerão dia 26 (vinte e seis) de Junho de 2013 em reunião ordinária do CMAS.

6.3 - A Relação com os nomes dos selecionados será afixada em mural da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos no dia 27 (vinte e sete) de junho de 2013

7- DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA CONTRATAÇÃO 7.1 - Cópia da Cédula de Identidade

7.2 - Cópia do Comprovante de Inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas 7.3 - Certidão de Regularidade Cadastral

7.4 - Comprovante de endereço 7.5 - Certidão de ICMS/IPVA

7.6 - Certidão Negativa de Débito Municipal. 7.7 - Cartão do PIS/CNIS

7.8 – Além dos documentos mencionados acima, deverá ser efetuada a inscrição municipal para recolhimento do ISS.

(5)

8- DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

8.1 - Após aprovação dos facilitadores pelo Conselho Municipal de Assistência Social, será encaminhada cópia da ata de aprovação contendo os nomes dos selecionados.

8.2 - As Contratações dos instrutores (as) e facilitadores ocorrerão dentro dos exercícios de 2013 e 2014, de acordo com a disponibilidade de recursos financeiros e com a necessidade da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

8.3 - As decisões do Conselho Municipal de Assistência Social relativas à seleção e escolha dos projetos, constantes deste edital são soberanas e irrecorríveis.

8.4 - O Conselho Municipal de Assistência Social decidirá sobre casos omissos. 9 – DO PERÍODO DE CONTRATAÇÃO

9.2 - Os facilitadores selecionados serão contratados pelo período de 03 (três) meses renováveis por igual período.

10 – DA REMUNERAÇÃO.

10.1 - Os facilitadores do projeto contratados receberão como contrapartida financeira pelos serviços prestados um pró-labore mensal de R$ 1.044,00 (hum mil e quarenta e quatro reais), considerando os descontos legais, por oficina.

10-2 - Estes valores abrangem todos os custos e despesas direta ou indiretamente envolvidas, não sendo devido nenhum outro valor, seja a que título for.

10.3 – Serão debitados, na fonte, os valores dos impostos cabíveis, especificamente o ISS e o INSS.

11 – DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS.

11.1 – A despesas decorrentes do fornecimento do objeto deste Edital correrá a conta de Recursos consignados ao recurso próprio municipal vinculado ao fundo municipal de assistência social.

(6)

12 – DISPOSIÇÕES GERAIS.

12.1 – O oficineiro que no decorrer da execução do projeto se mostrar incoerente com as Diretrizes do mesmo, poderão ser substituídos.

13 – DA VIGÊNCIA DO EDITAL. 13.1 – Este Edital entrará em vigor na data de sua publicação.

13.2 – Nos casos omissos relativos ao presente Edital serão resolvidos pelo Conselho Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.

Guapimirim, 11 de maio de 2013. ___________________________________

Vanilda Santana da Silva

Secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos _______________________________

Marcos Aurélio Dias Prefeito do Município de Guapirim

Imagem

Referências

temas relacionados :