• Nenhum resultado encontrado

Diretoria Central de Avaliação de Projetos e Captação de Recursos. Monitoramento do CAUC: os desafios impostos pelas novas regras e pelo novo sistema

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "Diretoria Central de Avaliação de Projetos e Captação de Recursos. Monitoramento do CAUC: os desafios impostos pelas novas regras e pelo novo sistema"

Copied!
18
0
0

Texto

(1)

Diretoria Central de Avaliação de Projetos e Captação de Recursos

Monitoramento do CAUC: os

desafios impostos pelas novas

(2)

CAUC - Premissas

Cultura descentralizada

Arcabouço jurídico

Responsabilização dos órgãos

Acordo de Resultados

(3)

CAUC – Cultura descentralizada

Conforme estabelecido no Decreto do CAUC que será apresentado abaixo, já há a descentralização de várias ações nos órgãos. O controle da adimplência também reflete este modelo já que estabelece que o dirigente máximo tem o dever de mantê-la ou restabelecê-la. Desta forma cada órgão ou entidade é responsável pela sua situação fiscal, tributária e administrativa para com os órgãos certificadores federais

(4)

CAUC – Arcabouço jurídico

Decreto Estadual 45.583 de 08 de abril de 2011

Este decreto estabeleceu a atuação preventiva para o

restabelecimento e a manutenção da regularidade jurídica,

fiscal, econômico-financeira e administrativa do órgão ou

entidade da Administração Pública Estadual:

(5)

CAUC – Arcabouço jurídico

Decreto Estadual 45.583 de 08 de abril de 2011

O titular ou dirigente máximo do órgão ou entidade é responsável pelo restabelecimento e manutenção da regularidade jurídica, econômico-financeira e administrativa

Estabeleceu a obrigatoriedade de acompanhamento diário e proativo da adimplência e o dever de ajuizar ação quando do não cumprimento da Lei 11.945/09 por parte do governo federal

(6)

CAUC – Arcabouço jurídico

Resolução Conjunta CGE/SEF/SEPLAG nº 8256/11:

A Resolução estabeleceu as atividades preventivas e articuladas dos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual para a manutenção da regularidade citada

Dispõe sobre o uso sistemático das ferramentas da RFB, do ajuizamento de ações quando a inclusão é indevida

O Art. 5 º trata da designação do servidor, mas que esse conta com o apoio do dirigente máximo

(7)

CAUC – Arcabouço jurídico

Deliberação nº 15 de 2007 da Junta de Programação

Orçamentária e financeira - JPOF:

Estabelece o bloqueio de cotas de capital e de análise de outros pleitos orçamentários para aqueles órgãos ou entidades que estiverem inseridos no CAUC (DCAP envia e-mail matinal diário para a equipe do orçamento com informação de quem está inserido no cadastro para o cumprimento da deliberação)

(8)

CAUC – Acordo de Resultados

O CAUC é um item comum (isto é item presente no acordo de todos) dos indicadores do Acordo de Resultados dos órgãos e entidades estaduais, criado pela Lei Estadual nº 14.694 de 30 de julho de 2003 e sucedida pela Lei nº 17.600 de 01 de julho de 2008

(9)

CAUC – Acordo de Resultados

A meta do Acordo é de 0 (zero) dia e os dias são contabilizados cumulativamente. Perde-se ainda outros 0,5 se for inserido no CAUC pelo mesmo motivo. A tabela da pontuação segue abaixo:

TABELA CAUC - ÓRGÃOS E ENTIDADES Resultado Observado Nota atribuída

Até 3 dias 10 4 a 6 dias 9 7 a 9 dias 8 10 a 12 dias 7 13 a 15 dias 6 16 a 20 dias 5 20 a 30 dias 4 31 a 40 dias 3 41 a 50 dias 2 51 a 60 dias 1 60 dias ou mais 0

(10)

9,63 9,95 9,35 9 8,4 8,6 8,8 9 9,2 9,4 9,6 9,8 10 2009 2010 2011 2012

CAUC - Histórico

Resultados alcançados: A nota do CAUC é apurada a partir da

contagem de dias de inscrição no cadastro. Quanto maior a nota, menos dias o Estado esteve inadimplente.

Inclusão da adm. indireta

Meta Publicação do

(11)

CAUC - Governança

A Diretoria Central de Avaliação de Projetos e Captação de Recursos – DCAP, por força do Decreto Estadual nº 45.583 de 08 de abril de 2011 é responsável pela rotina de acompanhamento do CAUC. Acompanha os órgãos a partir do acompanhamento do relatório disponibilizado pelo CNPJ corporativo do Estado, oficiando, em caso de pendências, aqueles órgãos ou entidades que podem impedir a renovação da CND do Estado e a certidão própria

(12)

CAUC - Governança

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais - SEF é a guardiã do CNPJ do Estado e por isso o representa perante os órgãos federais certificadores. Por sua competência, faz a gestão da dívida pública (exemplo: negociação do parcelamento do INSS) e, em parceria com a Advocacia Geral do Estado – AGE, edita normas aos órgãos e entidades no que tange ao comportamento perante o governo federal nestes temas

(13)

CAUC - Governança

A Controladoria Geral do Estado de Minas Gerais - CGE é o

órgão estadual responsável pelo acompanhamento da execução das medidas previstas no Decreto de modo a assegurar o seu efetivo cumprimento

A Advocacia Geral do Estado – AGE é responsável pelo auxílio aos órgãos e entidades estaduais no que tange o questionamento jurídicos aos órgãos federais certificadores quando as inclusões no CAUC são, por este órgão, julgadas indevidas

(14)

CAUC - Desafios

Fatores externos

• Alteração na consulta do CAUC (mais morosa e sem acesso

direto aos dados das entidades da administração indireta, demandando maior tempo para a verificação diária)

• Vinculação de centenas de CNPJs ao principal (o cumprimento

da IN nº 1.257/12 resultará em uma lista enorme de CNPJs para consulta diária)

• Novas regras de cadastro do CAUC (questão da CND, que à

(15)

CAUC - Desafios

Fatores internos

• Necessidade de ajustes no Decreto e Resolução (redesenho do fluxo

com melhor divisão das responsabilidades dos órgãos de monitoramento e controle)

• Necessidade de capacitação para os órgãos e entidades sobre os itens do CAUC dada a grande rotatividade das pessoas nos setores financeiros

• Dificuldade de monitorar as designações dos servidores responsáveis devido a alta rotatividade

(16)

CAUC - Conclusões

Revisão da legislação:

• Responsabilização dos órgãos pelos CNPJs vinculados (IN nº 1.257/12)

• Revisão do fluxo de monitoramento e das responsabilidades dos órgãos envolvidos

• Maior rigidez nas penalidades quando da inclusão no CAUC (bloqueio

progressivo de cotas, inclusive com restrição para cotas de custeio; maior perda de pontos no Acordo na hipótese de inclusão duas vezes no ano pelo mesmo motivo)

(17)

CAUC - Conclusões

Melhorias no monitoramento:

• Revisão do material informativo, a partir das alterações na

legislação federal

Maior controle do item “Prestação de contas de convênio” com

a utilização da nova ferramenta de acompanhamento dos

convênios desenvolvida pela Diretoria de Acompanhamento de Convênios – DCAC

• Melhorar o relacionamento com a Receita Federal para

(18)

Diretoria Central de Avaliação de Projetos e Captação de Recursos

OBRIGADA!

IVANIA MORAES SOARES

Telefones: (31) 3915-0728/ (31) 9436-0990 E-mail: ivania.soares@planejamento.mg.gov.br Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Referências

Documentos relacionados

Sistematizando o que foi tratado anteriormente, é possível afirmar que os aspectos identificados como positivos do projeto são: a avaliação do acompanhamento pela

Nesta perspectiva, observamos que, após o ingresso dos novos professores inspetores escolares na rede da Secretaria de Estado de Educação, houve um movimento de

O Processo Seletivo Interno (PSI) mostra-se como uma das várias ações e medidas que vêm sendo implementadas pela atual gestão da Secretaria de Estado.. Importante

Ao considerar a notável melhoria nos resultados do Idepe alcançados pelas escolas de Ensino Médio após a implementação do Programa de Educação Integral,

De acordo com resultados da pesquisa, para os AAGEs, a visita técnica não é realizada com a presença do AAGE. Quanto ao “ feedback ” ao AAGE sobre a visita técnica realizada

Art. O currículo nas Escolas Municipais em Tempo Integral, respeitadas as Diretrizes e Bases da Educação Nacional e a Política de Ensino da Rede, compreenderá

de professores, contudo, os resultados encontrados dão conta de que este aspecto constitui-se em preocupação para gestores de escola e da sede da SEduc/AM, em

Desse modo, tomando como base a estrutura organizacional implantada nas SREs do Estado de Minas Gerais, com a criação da Diretoria de Pessoal, esta pesquisa permitirá