Exercicio de Revisao Metodologia de Pesquisa AP1.doc

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

Exercício de Revisão Metodologia

Exercício de Revisão Metodologia de Pesquisa- AP1de Pesquisa- AP1

* É importante faer todos os

* É importante faer todos os estudos de fixa!ão das aulas on-line"estudos de fixa!ão das aulas on-line"

1" #os elementos

1" #os elementos apresapresentados a$aixo% não constitui entados a$aixo% não constitui uma característica douma característica do con&ecimento empírico' con&ecimento empírico' A) É sistemático. A) É sistemático. B) É subjetivo. B) É subjetivo. C) Não é crítico. C) Não é crítico. D) Não é exato. D) Não é exato. (" )onstitui um exemplo

(" )onstitui um exemplo de con&ecimento empírico'de con&ecimento empírico' A)

A) Entender a açãEntender a ação de um remédio o de um remédio or meio da !eitura da bor meio da !eitura da bu!a.u!a. B)

B) "aber #ue o c$á de dete"aber #ue o c$á de determinada erva a!ivia dores de cabrminada erva a!ivia dores de cabeça.eça. C)

C) Ana!isar estatisticamenAna!isar estatisticamente os dados de uma entrevistate os dados de uma entrevista.. D)

D) %ea!i&ar mediç'e%ea!i&ar mediç'es dos níveis da ás dos níveis da á(ua de um rio.(ua de um rio.

" A arte poderia ser considerada uma forma de con&ecimento por que' " A arte poderia ser considerada uma forma de con&ecimento por que' A) E!a é baseada na !(ica e na ra&ão.

A) E!a é baseada na !(ica e na ra&ão.

B) E!a desvenda asectos do inconsciente co!etivo e da

B) E!a desvenda asectos do inconsciente co!etivo e da vida cotidiana.vida cotidiana. C) E!a seara nitidamente sujeito e

C) E!a seara nitidamente sujeito e objeto.objeto. D) E!a busca a

D) E!a busca a ex!icação dos *atos e *en+menos.ex!icação dos *atos e *en+menos. +" As diferen!as entre o con&ecimento filos,fico e

+" As diferen!as entre o con&ecimento filos,fico e o con&ecimento científico estãoo con&ecimento científico estão relacion

relacionadas% adas% principalmente'principalmente' A) Ao es#uisador e ,

A) Ao es#uisador e , aborda(em.aborda(em.

B) Ao objetivo e , inda(ação versus o avanço. B) Ao objetivo e , inda(ação versus o avanço. C) Ao !oca! da es#uisa e ao objeto.

C) Ao !oca! da es#uisa e ao objeto. D) - aborda(em e ao !oca! da es#uisa. D) - aborda(em e ao !oca! da es#uisa.

" Assinale a alternativa incorreta quanto ao

" Assinale a alternativa incorreta quanto ao con&ecimento científico'con&ecimento científico' A) E!e atin(e

A) E!e atin(e os *en+menos aenas em sua mani*estação (!oba!.os *en+menos aenas em sua mani*estação (!oba!. B) E!e retende ana!isa em

B) E!e retende ana!isa em suas causas e a constituição articu!ar dos *en+menos.suas causas e a constituição articu!ar dos *en+menos. C) E!e é

C) E!e é *ruto do anseio or *ruto do anseio or encontrar ex!icaç'es !(icas ara as situaç'es da vida.encontrar ex!icaç'es !(icas ara as situaç'es da vida. D) As resostas encontrad

D) As resostas encontradas or meio as or meio de!e não recisam ser justi*icadas.de!e não recisam ser justi*icadas. ." Assina

." Assinale a alternativa que le a alternativa que atesta um dos motivos do atesta um dos motivos do desenvolvimedesenvolvimento donto do con&ecimento científico'

con&ecimento científico'

A) A vida em sociedades e comunidades. A) A vida em sociedades e comunidades. B) A invenção da bomba at+mica.

B) A invenção da bomba at+mica. C) As demonstraç

C) As demonstraç'es or meio 'es or meio da memria e da da memria e da indução.indução. D)  sur(imento da *a!a.

D)  sur(imento da *a!a.

/" 0ão o$etivos da ci2ncia% E3)E45' /" 0ão o$etivos da ci2ncia% E3)E45' A) /raba!$ar com re(ras rescritivas. A) /raba!$ar com re(ras rescritivas. B) /raba!$ar com re(ras descritivas. B) /raba!$ar com re(ras descritivas.

(2)

C) /ornar comreensíveis os *atos e *en+menos do universo0 nas ci1ncias naturais. D) 2e!$oria das condiç'es de vida $umana.

6" )onstituem etapas da pesquisa de campo% exceto' A) Co!eta de dados.

B) 3ré4teste dos instrumentos e rocedimentos de es#uisa. C) 2edição do e*eito das variáveis.

D) Ex!oração re!iminar.

7" 0o$re as o$ras de refer2ncia% 8 incorreto afirmar que' A) "ão obras ara uso ontua! e recorrente.

B) "ão também c$amadas de obras de consu!ta.

C) Não são obras ara serem !idas do rincíio ao *im. D) E!as ossuem uma estrutura narrativa.

19" 0o$re o conceito de ci2ncia% podemos afirmar'

A) A ci1ncia é o con$ecimento abso!uto e a 5nica *orma de se c$e(ar , verdade sobre o mundo.

B) A ci1ncia é aenas um dos tios de con$ecimento *i!os*ico.

C) A ci1ncia não ode ser vista como uma de*esa do ser $umano #ue retende con$ecer a tota!idade dos *en+menos.

D)  conceito de ci1ncia estará de acordo com o en*o#ue #ue o estabe!ece. 11" Assinale a alternativa que caracteria a leitura seletiva'

A) Busca identi*icar as *rases e ideias rinciais ara saber o #ue o autor a*irma e or #ue a*irma0 ava!iando as in*ormaç'es0 o en*o#ue e os rositos do autor.

B) Não é de*initiva0 mas determina #uais in*ormaç'es interessam de *ato , es#uisa0 ou seja0 se!eciona o materia! considerado mais imortante aos objetivos do !eitor.

C) 3retende obter uma visão (!oba! do texto e ana!isar o onto de vista do autor ara c$e(ar aos ar(umentos e conc!us'es essoais do !eitor.

1(" Assinale a alternativa :;)5RRE4A relativa ao senso crítico do pesquisador' A)  es#uisador dotado de senso crítico é caa& de discutir e ana!isar rob!emas de *orma inte!i(ente e raciona!.

B)  es#uisador dotado de senso crítico não deve aceitar suas rrias oini'es de *orma automática.

C)  senso crítico ressu'e #ue o es#uisador deve estar constantemente redisosto a aceitar a a*irmação dos outros.

(3)

D)  senso crítico ressu'e #ue o es#uisador esteja semre disosto a raticar a d5vida0 or#ue é através de!a #ue nascem os #uestionamentos iniciais.

1" 5 m8todo dedutivo pode levar a casos em que o raciocínio sea inv<lido se' A)  si!o(ismo reve!ar uma ar(umentação !(ica.

B) A conc!usão *or verdadeira0 mas !o(icamente invá!ida. C)  si!o(ismo reve!ar um ar(umento vá!ido.

D)  raciocínio corresonder , rea!idade.

1+" Assinale a alternativa que atesta um dos motivos do desenvolvimento do con&ecimento científico'

A) A vida em sociedades e comunidades. B) A invenção da bomba at+mica.

C) As demonstraç'es or meio da memria e da indução. D)  sur(imento da *a!a.

1" Assinale a alternativa incorreta quanto =s o$ras em formato digital' A)  meio imresso e o meio di(ita! cumrem aeis di*erentes.

B) s !ivros em *ormato imresso e di(ita! t1m convivido bem.

C) Boa arte das in*ormaç'es #ue o es#uisador uti!i&a em seu traba!$o ode ser  roveniente de *ontes di(itais.

D)  !ivro e!etr+nico 6e4boo7) substituiu as obras imressas.

1." Assinale a alternativa que apresenta um dos crit8rios para uma pesquisa ser considerada científica'

A) Deve ser um rocesso acabado e de*initivo. B) Deve ter um objeto de estudo abstrato. C) Deve ter uti!idade ara as universidades.

D) Deve ser um rocesso assíve! de ser revisitado e renovado.

1/ " Assinale a alternativa que apresenta um dos crit8rios para uma pesquisa ser considerada científica'

A) Deve ser um rocesso acabado e de*initivo. B) Deve ter um objeto de estudo abstrato. C) Deve ter uti!idade ara as universidades.

(4)

16" Assinale a alternativa correta quanto =s fontes de refer2ncias impressas' A) s !ivros imressos são as *ontes mais raras ara a es#uisa.

B) Atua!mente0 as bib!iotecas contam aenas com !ivros e de bases de dados ara a  busca do materia!.

C) É na bib!ioteca #ue irá ocorrer (rande arte das es#uisas cientí*icas.

D) A!(umas áreas do con$ecimento rescindem da consu!ta a textos tericos e arti(os cientí*icos.

17" Assinale a alternativa que não apresenta um dos procedimentos fundamentais da pesquisa experimental'

A) Contro!e das variáveis.

B) Entrevista com os articiantes.

C) 2edição dos e*eitos ocorridos com as variáveis deendentes. D) 2aniu!ação das variáveis indeendentes.

(9" >uanto ao &<$ito de leitura% podemos afirmar que'

A) As !eituras #ue os estudantes *a&em durante o curso servem aenas como *ontes ara consu!ta ou como materiais ara se encontrar citaç'es de outros autores.

B)  desestímu!o , !eitura é roveniente da era da internet0 já #ue0 no mundo di(ita!0 todas as in*ormaç'es odem ser acessadas em *orma de vídeo.

C)  ouco contato com os !ivros torna uma comunidade roensa , aceitação de

 raticamente todas as ideias imostas or um (ruo #ue tem mais in*!u1ncias sociais ou ideo!(icas.

D) /oda !eitura é *eita 8 ou deve ser *eita 8 a edido de um ro*essor0 ou ara restar um concurso0 ou or outro tio de obri(ação.

(1" >uanto =s anota!?es durante as leituras% 8 incorreto afirmar que'

A) As anotaç'es ajudam o !eitor a economi&ar o temo dedicado , comreensão do texto e , rea!i&ação do traba!$o escrito.

B) As anotaç'es odem ser *eitas na rimeira !eitura0 or#ue muitas ve&es não se dis'e de temo su*iciente ara rea!i&ar !eituras e deois retornar ao texto.

C) 3rimeiramente0 o texto deve ser !ido or com!eto e s em uma se(unda !eitura0 devemos começar a *a&er anotaç'es.

(5)

D) Devemos !evar em conta o rob!ema da es#uisa e anotar0 na !eitura0 as in*ormaç'es #ue odem reresentar a!(um tio de so!ução a esse rob!ema.

((" )onstituem t8cnicas de o$serva!ão direta intensiva' A) A observação e o #uestionário.

B) A observação e a entrevista. C) A entrevista e o #uestionário.

D) A observação e o acoman$amento.

(" )onstitui característica do m8todo &ipot8tico-dedutivo'

A) A observação de uma (enera!i&ação ara se c$e(ar a características de e!ementos  articu!ares.

B) A observação de e!ementos articu!ares ara se c$e(ar a uma (enera!i&ação. C)  estabe!ecimento de um rob!ema0 ao #ua! se atribui uma esécie de so!ução  rovisria #ue é0 deois0 #uestionada.

D) A veri*icação de rob!emas a artir da *i!oso*ia ra(mática.

(+" Assinale a alternativa que apresenta uma característica que distingue o m8todo indutivo do m8todo dedutivo'

A) Externa rocedimentos racionais de ar(umentação ou de justi*icação de uma $itese.

B) A conc!usão encerra in*ormação #ue não estava0 nem im!icitamente0 nas remissas. C) É comosto or remissas e uma conc!usão.

D) É uma *orma de raciocínio !(ico.

(" Assinale a alternativa que não corresponde = proposta do m8todo dial8tico' A) s *en+menos não devem ser ana!isados *ora do contexto scio4$istrico.

B) A $istria é vista como um rocesso com!exo e não !inear.

C) "ujeito e objeto como e!ementos distintos e nitidamente searados. D) As artes da $istria estão articu!adas entre si.

(." )onstituem características da pesquisa qualitativa% exceto'

A) /raba!$a com *en+menos #ue odem ser redu&idos a oeraç'es matemáticas. B)  es#uisador é *undamenta! or#ue é visto como um sujeito interretante. C) 3ressu'e #ue a re!ação entre o sujeito e seu objeto de es#uisa é din9mica. D) bjetiva descrever e exressar o sentido dos *en+menos do mundo socia!.

(/" Assinale a alternativa que não apresenta uma característica da industrialia!ão da ci2ncia'

A) A ci1ncia (an$ou em caacidade de autorre(u!ação.

B) s centros de oder assaram a ter um ae! decisivo na de*inição do #ue seria  rioritário ,s ci1ncias.

C) A ci1ncia ermaneceu aut+noma diante dos centros de oder.

D) A industria!i&ação da ci1ncia se mani*estou na rática e na or(ani&ação da es#uisa. (6" )onstituem característica da pesquisa de campo'

A) A maior arte do traba!$o é rea!i&ada virtua!mente. B) A es#uisa é rea!i&ada em !aboratrio.

(6)

D) bserva os *atos de *orma contro!ada.

(7" >uanto = atividade durante um curso e durante a ela$ora!ão de uma pesquisa% 8 incorreto afirmar que'

A) A *ormação deve ser baseada exc!usivamente nas au!as #ue abrem $ori&ontes ara as (randes camin$adas do a!uno #ue !eva a sério seus estudos.

B) A !eitura essoa! roicia a am!iação dos con$ecimentos #ue (arantimos nas au!as. C) :ma *ormação baseada aenas em au!as e não *undamentada na !eitura não é uma *ormação com!eta.

D) A atividade da !eitura é um *ator decisivo ara os estudos.

9" Para se aproveitar ao m<ximo a leitura% entre outras atitudes% deve-se evitar' A) A const9ncia.

B) A disersão. C)  esírito crítico.

D) A ve!ocidade da !eitura.

1" Assinale a alternativa correta quanto ao formul<rio $<sico de $usca do portal 0ciE@5'

A) É um *ormu!ário #ue busca o termo di(itado em #ua!#uer camo da base de dados. B) É um *ormu!ário #ue busca o temo di(itado no sumário de cada *ascícu!o.

C) É um *ormu!ário #ue ermite eseci*icar o camo onde deve ser *eita a es#uisa0 como a!avras4c$ave0 a!avras do títu!o0 autor0 assunto e resumo.

D) É um *ormu!ário sim!es dentro de cada eridico.

(" 5 ato de refletir so$re uma leitura% de forma a não admitir ideias sem as analisar ou ponderar% $em como discutir as propostas e examinar o raciocínio do autor% caracteria uma leitura com'

A) ;ntenção. B) Atenção.

C) Esírito crítico. D) "íntese do texto.

" >uanto = ela$ora!ão do tra$al&o a partir das leituras guiadas pelo sum<rio 8 incorreto afirmar que'

A) A estruturação do sumário não torna as !eituras mais e*icientes0 já #ue são atividades distintas e devem ser se(uidas searadamente.

B)  !eitor é caa& de discernir com mais *aci!idade o #ue é interessante ara ser inserido no texto ao ana!isar os ticos do sumário.

(7)

C)  sumário ode *uncionar como (uia de !eitura0 ois a divisão em caítu!os e subcaítu!os rovisrios deverá !evar o autor do traba!$o ,s !eituras ertinentes a determinada arte.

D) Durante as !eituras0 as anotaç'es odem ser *eitas abaixo dos títu!os e subtítu!os esa!$ados e!o traba!$o.

+" )onstituem as características de um esquema% exceto'

A) Deve ser deta!$ado e conter todos os ará(ra*os de um texto0 de modo a aresentar uma aná!ise das ideias do autor.

B) Ao o!$ar ara o es#uema é ossíve! enxer(ar o contexto como um todo.

C) Ajudar a visua!i&ar o texto de *orma estruturada0 com as ideias do autor or(ani&adas de maneira #ue *aci!ite o entendimento.

D) É e!aborado de *orma essoa! e as in*ormaç'es aresentadas e!o autor odem ser resumidas em a!avras4c$ave.

" Assinale a alternativa correta quanto =s fontes de refer2ncias impressas' A) s !ivros imressos são as *ontes mais raras ara a es#uisa.

B) Atua!mente0 as bib!iotecas contam aenas com !ivros e de bases de dados ara a  busca do materia!.

C) É na bib!ioteca #ue irá ocorrer (rande arte das es#uisas cientí*icas.

D) A!(umas áreas do con$ecimento rescindem da consu!ta a textos tericos e arti(os cientí*icos.

." Assinale a alternativa incorreta quanto =s o$ras em formato digital' A)  meio imresso e o meio di(ita! cumrem aeis di*erentes.

B) s !ivros em *ormato imresso e di(ita! t1m convivido bem.

C) Boa arte das in*ormaç'es #ue o es#uisador uti!i&a em seu traba!$o ode ser  roveniente de *ontes di(itais.

D)  !ivro e!etr+nico 6e4boo7) substituiu as obras imressas.

/" Assinale a alternativa correta quanto = $usca nas $ases de dados científicas' A) Não contam com *i!tros nos camos de es#uisa e a busca é (enera!i&ada or  eridico.

B) s *i!tros existentes nos camos de es#uisa odem tornar a busca um ouco mais com!exa.

C) "ão i(uais a uma busca (enera!i&ada na internet.

(8)

6" Assinale a alternativa que apresenta as características da an<lise tem<tica' A) /rata4se de uma !eitura assistemática0 de *orma a recon$ecer o conjunto de in*ormaç'es e con$ecimentos abordados no texto.

B) Consiste na rimeira aborda(em #ue o !eitor *a& do texto0 !o(o as determinar a unidade de !eitura.

C) Busca estabe!ecer uma comreensão interretativa do ensamento exosto0 a *im de ex!icitá4!o.

D) <eva o !eitor a *a&er ao texto uma série de er(untas cujas resostas irão *ornecer o conte5do (era! da mensa(em do texto.

7" Assinale a alternativa cua afirma!ão ;5 fa parte do conceito de síntese textual'

A) A síntese nos mostra o conjunto das re!aç'es #ue *ormam o texto como um todo. B) A síntese ressu'e #ue se manten$a a se#u1ncia !(ica do raciocínio aresentado no texto !ido.

C) A síntese constitui o resumo acad1mico aresentado no início das mono(ra*ias0 devendo ser e!aborado as a aná!ise.

D) A síntese recom'e o todo decomosto e!a aná!ise0 e!iminando o #ue é secundário e *ixando4se no essencia! ara a so!ução do rob!ema de es#uisa.

+9" >uanto ao conceito de argumenta!ão em um texto% 8 :;)5RRE45 afirmar' A) A ar(umentação constitui um conjunto de ideias e roosiç'es !o(icamente

encadeadas0 mediante as #uais o autor demonstra sua osição ou tese.

B) s rocedimentos ar(umentativos estão !i(ados , ersuasão do !eitor0 or#ue  retendem !evá4!o a aceitar uma ideia.

C) A ar(umentação é um rocedimento acionado e!o rodutor textua! ara !evar o !eitor a crer na#ui!o #ue o texto di& e a aderir ao ensamento de*endido e!o texto. D) A ar(umentação está resente aenas nos textos acad1micos #ue aresentam uma !in$a de raciocínio e devem !evar o !eitor a se(ui4!a.

Imagem

Referências

temas relacionados :