INTRODUÇÃO À SAÚDE COLETIVA. Profª. Msc. Talyta Resende de Oliveira

Texto

(1)

INTRODUÇÃO À SAÚDE COLETIVA

Profª. Msc. Talyta Resende de Oliveira

(2)
(3)

https://www.youtube.com/watch?v=wV_

SPOJfqgk&t=298s

POR QUE O SUS HOJE É ASSIM?

(4)

O QUE É SAÚDE?

Debate em sala

SAÚDE COLETIVA SAÚDE MENTAL

(5)

Por quê um psicólogo deve estudar saúde coletiva?

Debate em sala

(6)

HISTÓRIA DA ASSISTÊNCIA À

SAÚDE NO BRASIL

(7)
(8)

⊡Para reforçar o conteúdo:

https://www.youtube.com/watc h?v=L7NzqtspLpc

⊡Para assistir agora:

https://www.youtube.com/watc h?v=7ouSg6oNMe8

(9)

TIPOS DE ASSISTÊNCIA

Assistencialismo

Até 1923/1930

• Misericórdia

• Cidadania Invertida

Seguro social

1923/1930-1988

• Planos de saúde

• Meritocracia

Seguridade Social

1988- dias atuais

• SUS

• Direito Social

(10)

OUR PROCESS IS EASY

Ações coletivas Minimização de danos Foco na produtividade Saúde para o miserável

Organização de um sistema

de saúde

Aumentam ações individuais

Hospitalocen- trismo

Saúde para o trabalhador

Sistema de saúde público, universal

e gratuito

Ações coletivas e individuais

Ênfase Biopsicossocial Saúde para todos

(11)

1500 – 1808:

OS PORTUGUESES

COMÉRCIO DE

ALIMENTOS SUJEIRA DAS CIDADES

FISCALIZAÇÃO DOS

PORTOS DOENÇAS EPIDÊMICAS

(12)

1808 - 1889:

A FAMÍLIA REAL

HIGIENE ESCOLAR CRIANÇAS E

ADOLESCENTES EM FÁBRICAS

FISCALIZAÇÃO DOS

PORTOS DOENÇAS EPIDÊMICAS

(13)

1889 - 1910:

A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

INÍCIO DA

INDUSTRIALIZAÇÃO SAÚDE COMO QUESTÃO SOCIAL

TRANSFERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE PARA OS ESTADOS Pouca comunicação entre setores

Desperdício de recursos

(14)

1910 - 1930:

AS CAMPANHAS

CRIAÇÃO DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA (DNSP)

CAMPANHAS SANITÁRIAS - Oswaldo Cruz - Carlos Chagas

Aumento das pesquisas científicas

ATENÇÃO ÀS ÁREAS RURAIS

(15)

1930 - 1964:

CAPS E IAPS

CRIAÇÃO DE NOVOS MINISTÉRIOS

1930 – Ministério da

Educação e Saúde Pública 1953 – Ministério da Saúde

CAPS E IAPS

- Lei Elói Chaves

- 1930 – IAPS

- 1956 – JK – Expansão da assistência médico-hospi- talar

FINANCIAMENTO PÚBLICO

80% saúde pública 20% asssitência médica

(16)

1964 - 1988:

O GOLPE MILITAR

INSTITUTO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

Estado financiando o setor privado:

Aumento de cesarianas e de internações em

hospícios.

RESULTADOS

- Epidemia de meningite

- Alta mortalidade infantil

- Insatisfação popular

INVERSÃO DO FINANCIAMENTO PÚBLICO

20% saúde pública 80% asssitência médica

(17)

SAÚDE É UM DIREITO OU

É UM PRODUTO?

(18)

Trabalhando isoladamente

serviços de saúde não são capazes de assegurar o estado sanitário da

comunidade

- Promoção da saúde -

(19)

CURIOSIDADES

(20)

O atendimento em serviços de alta

complexidade é caro (Ex: HIV, hepatites e transplantes) e geralmente não é coberto pelos

planos.

85%

de todos os procedimentos de alta complexidade são feitos pelo SUS.

(21)

Reconhecido mundialmente e incorporando todas as vacinas recomendadas pela

Organização Mundial de Saúde (OMS), o programa nacional de imunização brasileiro

consegue atingir

quase 100%

da

população desde os anos 2000.

(22)

Nosso programa de transplantes constitui o maior sistema de transplante público no mundo, com o SUS realizando

95%

dos

procedimentos.

(23)

Em 2010, o Brasil gastou apenas

10,7%

de seu orçamento público total com a saúde,

Em 1990 mais de

70%

da receita foi para a saúde, caindo vertiginosamente para os

10,7%

já citados em 2010.

quase

5%

a menos que a média mundial e cerca de

1,5%

a menos

que outros países emergentes

(24)
(25)

REFERÊNCIAS

FILHO, CB. História da saúde pública no Brasil. Editora Ática, 2010.

PAIM, JS. O que é o SUS. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2009.

(26)

REFERÊNCIAS

Serie SUS - Por que o SUS hoje é assim?

https://www.youtube.com/watch?v=wV_SPOJfqgk.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva. Subsecretaria de Assuntos Administrativos. O SUS em fotos: promoção da saúde, produção de sentidos / Ministério da Saúde, Secretaria-Executiva, Subsecretaria de Assuntos Administrativos. – Brasília : Ministério da Saúde, 2013.

(27)
(28)

28

(29)

29

(30)

30

Profa. Talyta Oliveira talyta.oliveira@uniptan.edu.br (32) 99166-3677 Centro Universitário Presidente Tancredo de Almeida Neves – UNIPTAN

Slides desenvolvidos para a disciplina de Introdução à saúde coletiva Proibido qualquer tipo de divulgação externa

Imagem

Referências

temas relacionados :