GUIAS DE APRENDIZAGEM 1º BIMESTRE

Texto

(1)

GUIAS DE APRENDIZAGEM 1º BIMESTRE

9º ANO

ENSINO FUNDAMENTAL

(2)

O QUE É O GUIA DE APRENDIZAGEM?

É um documento elaborado bimestralmente pelos professores e que organiza os objetos de

conhecimento, as competências, as habilidades e as atividades a serem desenvolvidas em cada um dos

componentes curriculares. Os Guias de Aprendizagem são divulgados para toda a

comunidade escolar e permitem que os estudantes acompanhem seu processo de aprendizagem ao longo do ano letivo, estimulando, assim, a prática da

Corresponsabilidade e do Protagonismo Juvenil;

permitem também à comunidade escolar,

principalmente às famílias dos estudantes, a ciência e o acompanhamento das habilidades trabalhadas em

cada componente curricular.

(3)

MATEMÁTICA E CIÊNCIAS

DA NATUREZA

(4)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: ALESSANDRA ALINE BENALIA Turma: 9° ANO A/B

MATEMÁTICA – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

A matemática é uma das mais importantes ferramentas da sociedade moderna. Apropriar-se dos conceitos e procedimentos matemáticos básicos contribui para a formação do futuro cidadão, que se engajará no mundo do trabalho, das relações sociais, culturais e políticas.

Os conteúdos desenvolvidos nesse bimestre são de grande importância para os educandos aprenderem: Reconhecer números racionais em diferentes contextos cotidianos e históricos; Resolver situações-problema que envolvam a relação parte/todo, quociente e razão; Calcular o valor numérico de uma expressão algébrica;Aplicar os conhecimentos de variável e de incógnita, usando letras para modelar a relação entre duas grandezas e equações de 1º grau; Representar um sistema de duas equações de 1º grau por retas no plano cartesiano; - Reconhecer os conjuntos numéricos e suas notações; Comparar e compreender as diferenças entre os racionais e os irracionais;

Resolver problemas envolvendo o conceito de razão; Resolver problemas que envolvam proporcionalidade direta e inversa;

OBJETIVOS

✓ Frações: significados (parte/ todo, quociente), equivalência, comparação;

cálculo da fração de um número natural; adição e subtração de frações.

✓ Associação de uma equação linear de 1ºgrau a uma reta no plano Cartesiano.

✓ Sistema de equações de 1º grau: resolução algébrica e representação no plano cartesiano.

✓ Necessidade dos números reais para medir qualquer segmento de reta;

Números irracionais: reconhecimento e localização de alguns na reta numérica.

✓ Necessidade dos números reais para medir qualquer segmento de reta;

Números irracionais: reconhecimento e localização de alguns na reta numérica.

✓ Razão entre grandezas de espécies diferentes.

✓ Grandezas diretamente proporcionais e grandezas inversamente proporcionais.

✓ Retas paralelas cortadas por transversais: teoremas de proporcionalidade e verificações experimentais.

✓ Semelhança de triângulos.

(5)

MATEMÁTICA – 1º Bimestre

CONTEÚDOS ✓ Números.

✓ Álgebra.

✓ Geometria.

HABILIDADES

(EF06MA08) Reconhecer que os números racionais positivos podem ser expressos nas formas fracionária e decimal, estabelecer relações entre essas representações, passando de uma representação para outra, e relacioná-los a pontos na reta numérica.

(EF08MA07) Associar uma equação linear de 1º grau com duas incógnitas a uma reta no plano cartesiano.

(EF08MA08) Resolver e elaborar situações-problema que possam ser representados por sistemas de equações de 1º grau com duas incógnitas e interpretá-los, utilizando, inclusive, o plano cartesiano como recurso.

(EF09MA01) Reconhecer que, uma vez fixada uma unidade de comprimento, existem segmentos de reta cujo comprimento não é expresso por número racional (como as medidas de diagonais de um polígono e alturas de um triângulo, quando se toma a medida de cada lado como unidade).

(EF09MA02) Reconhecer um número irracional como um número real cuja representação decimal é infinita e não periódica, e estimar a localização de alguns deles na reta numérica.

(EF09MA07) Resolver situações-problema que envolvam a razão entre duas grandezas de espécies diferentes, como velocidade e densidade demográfica.

(EF09MA08) Resolver e elaborar situações problema que envolvam relações de proporcionalidade direta e inversa entre duas ou mais grandezas, inclusive escalas, divisão em partes proporcionais e taxa de variação, em contextos socioculturais, ambientais e de outras áreas.

(EF09MA24*) Identificar e calcular as relações de proporcionalidade dos segmentos determinados por retas paralelas cortadas transversais (teorema de Tales).

(EF09MA12) Reconhecer as condições necessárias e suficientes para que dois triângulos sejam semelhantes.

TEMAS TRANSVERSAIS

Ética;

Cidadania;

✓ Trabalho e consumo.

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

✓ Resolução de exercícios de forma individual que tem por objetivo

promover o desenvolvimento cognitivo do aluno, levando-o a vivenciar a experiência de analisar, levantar hipóteses, buscar soluções,

despertando nele a confiança em si para realização da tarefa proposta.

✓ Elaboração de mapas mentais e resumo.

✓ Resolução de problema individuais e em grupos;

✓ Socialização das atividades propostas;

✓ Análise dos resultados das atividades.

(6)

MATEMÁTICA – 1º Bimestre

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

✓ (R) –Tarefa / Pesquisa

✓ (C) – Atividades/ lista de Exercícios;

✓ (A) – Autoavaliação

VALORES

✓ Respeito: Proporcionar um ambiente de respeito mútuo para que todos possam se expressar, tirar suas dúvidas e dar opiniões confiantes de que serão ouvidos e respeitados pelo grupo.

✓ Solidariedade: Promover espaço para que os alunos possam se auxiliar uns aos outros durante as atividades em grupo.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Participação dos alunos nas diversas atividades oferecidas pela UE;

Realização da AAP;

Realização da ADE;

Participação em Concurso e/ou Olimpíada educativa.

REFERÊNCIAS

Referências Para o Professor:

Base Nacional Comum Curricular (BNCC) - site MEC – basenacionalcomum.mec.gov.br

Currículo Paulista http://www.escoladeformacao.sp.gov.br/;

https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/

Brasil. Ministério da Educação. Guia de Livros didáticos PNLD 2008: Matemática.

Livro didático: A conquista da Matemática - 9º Ano - José Ruy Gionanni Junior e Benedicto Castrucci. Editora FDT

Material de apoio ao Currículo Paulista do Estado de São Paulo; Caderno do Professor, Matemática, Ensino Fundamental – Anos Finais. 9ª Ano/ volume 1. * www.intranet.educacao.sp.gov.br.

APRENDER SEMPRE

CMSP – CENTRO DE MÍDIAS

Referências Para o Aluno:

Material de apoio ao Currículo Paulista do Estado de São Paulo; caderno do Aluno, Matemática, Ensino Fundamental – Anos Finais. 9º Ano/volume1.

Livro didático: A conquista da Matemática - 9º Ano - José Ruy Gionanni Junior e Benedicto Castrucci. Editora FDT

APRENDER SEMPRE

CMSP – CENTRO DE MÍDIAS

(7)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Sandra Maria Polaco Santesso Turma: 9º A e B

[CIÊNCIAS] – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

É de suma importância que os educandos desenvolvam o conhecimento das radiações voltadas para a saúde e como o estudo das cores e da luz é capaz de revelar aspectos relevantes para este autoconhecimento, determinando as faixas de frequência em que a luz é capaz de nortear e diagnosticar doenças importantes como o câncer.

OBJETIVOS

Exercitar a curiosidade intelectual e recorrer à abordagem própria das ciências, incluindo a investigação, a reflexão, a análise crítica, a imaginação e a criatividade, para investigar causas, elaborar e testar hipóteses, formular e resolver problemas e criar soluções

(inclusive tecnológicas) com base nos conhecimentos das diferentes áreas.

OBJETOS DE CONHECIMENTO

MATÉRIA E ENERGIA Estrutura da matéria

Aspectos quantitativos das transformações químicas Radiação e suas aplicações na saúde

HABILIDADES

(EF09CI01) Investigar as mudanças de estado físico da matéria para explicar e representar essas transformações com base no modelo de constituição

submicroscópiticaca.

(EF09CI02) Identificar e comparar quantidades de reagentes e produtos envolvidos em transformações químicas, estabelecendo a proporção entre suas massas

(EF09I03).

(EF09CI04) Planejar e executar experimentos que evidenciem que

todas as cores de luz podem ser formadas pela decomposição das três cores primárias da luz e que a cor de um objeto estas relacionada também à cor da luz que o ilumina;

(EF09CI06) Identificar e classificar as radiações eletromagnéticas de acordo Radiações e suas aplicações na saúde com suas frequências, fontes e aplicações, discutindo e avaliando as implicações de seu uso m aparelhos tais como controle remoto, telefone celular, smartphones, raio X, forno de micro-ondas e fotocélulas.

(8)

[CIÊNCIAS] – 1º Bimestre

(EF09CI07) Identificar e compreender o avanço tecnológico da aplicação das radiações na medicina diagnóstica (raio X, ultrassom, ressonâncias nuclear e magnética) e no tratamento de doenças radioterápicas

TEMAS TRANSVERSAIS

O compromisso com a construção da cidadania pede necessariamente uma prática educacional voltada para a compreensão da realidade social e dos direitos e

responsabilidades em relação à vida pessoal, coletiva e ambiental. Nessa perspectiva é que foram incorporadas como temas Transversais as questões da Ética, da

Pluralidade, Cultural, do meio ambiente, da saúde e da orientação sexual.

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

● Leituras e interpretação de textos

● Levantamento dos conhecimentos prévios através leitura e interpretação de texto referente ao tema a ser trabalhado;

● Roda de Conversa

● Diagnóstico/sondagem. com conversa sobre o tema, retomando conceitos anteriores.

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

A ● nálise e resolução de questões coletivamente;

● Atividades em dupla e em grupos.

● Experimentos.

● Atividades do Caderno do Aluno e/ou elaboradas pelo professo

ATIVIDADES COMPLEMENTARE

S

● Atividades de Recuperação e paralelas sobre os conteúdos defasados.

● Simuladores Phet Colorado.

● Pesquisa em fontes diversificadas;

● Vídeos didáticos e filmes

● OBA – Olimpíada Brasileira de Astronomia

● Projeto “Desafio CNMT”

● Aulas Colaborativas

VALORES

Autonomia;

Solidariedade;

Respeito;

Preservação do Meio Ambiente

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

A avaliação deve ser um momento de aprendizagem, partindo da premissa que a avaliação é continua e diária. Podendo ser feita individual, coletivamente, bem como autoavaliatória.

REFERÊNCIAS

Para o Professor:

SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. Currículo do Estado de São Paulo:

Ciências Área de Ciências da Natureza /• Secretaria da Educação; Herbert Gomes da Silva (Coordenador Estadual SEE-SP); Maridalva Oliveira Amorim Bertacini (Coordenador Estadual UNDIME-SP). – São Paulo: SEDUC, 2020

(9)

[CIÊNCIAS] – 1º Bimestre

SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação / COPED. São Paulo faz escola / Caderno do Professor / Caderno do Aluno 1º bimestre. SP: 2020, disponível em https://drive.google.com/drive/u/1/folders/1HcgzpWh6cy_BVjV_wsDBGQH1KgS XV5at (acesso em 16/02/2020)

KILLNER, Gustavo Isaac e AGUILLAR,João Batista. Ciências, Geração Alpha:

Editora SM, 2016 (8º ano / livro do professor)

GEWANDSZNAJDER, Fernando e PACCA, Helena. Ciências, TELÁRIS: Editora Ática, 2018 (9º ano/livro do professor)

LEMOV, Doug. Aula nota 10 São Paulo: Fundação Lemann, 2011 MEC. Portal do Professor. Disponível em:

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/index.html (acesso em 16/02/2020) Revista Nova Escola. Disponível em: https://novaescola.org.br/ (acesso em 16/02/2020)

PERNAMBUCO (Estado). Concurso Professor Autor – Materiais. Disponível em:

https://www1.educacao.pe.gov.br/cpar/ (acesso em 16/02/2021)

Caderno do professor (Currículo em Ação 2021 Anos finais Ciências 9° anos);

Habilidades Essenciais 2021 e 2022 Anos finais Ciências.

Para o aluno:

GEWANDSZNAJDER, Fernando e PACCA, Helena. Ciências, TELÁRIS: Editora Ática, 2018 (9º ano)

PASSOS, Eduardo e SILLOS, Ângela. Tempo de Ciências / São Paulo: Editora do Brasil, 2018 (9º ano)

YOUTUBE: Manual do Mundo.

(10)

CIÊNCIAS

HUMANAS

(11)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: José Antônio de Araújo Turma: 9º A e B Ensino Fundamental

História – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA .

Conhecer as características do regime republicanos que se instalou no Brasil permite compreender alguns aspectos da vida pública brasileira atual, como a prática do clientelismo na compra de votos.

Ao mesmo tempo, o tema possibilita discutir o preconceito arraigado em muitos brasileiros contra a participação das camadas populares nas instâncias da política representativa, como se os trabalhadores, mesmo com pouca escolaridade, não tivessem o próprio saber. Outra conexão com a atualidade se abre com o tema da expansão urbano- industrial da Primeira República. O estudo das condições de vida e de trabalho da nascente classe operária permite estabelecer diferenças e semelhanças com o movimento atual dos trabalhadores e discutir a importância das lutas operárias daquela época na conquista de direitos sociais.

OBJETIVOS .

✓ Identificar os fatores que contribuíram para os fluxos migratórios

do século XIX e início do século XX.

✓ Caracterizar o processo de transição da monarquia para a

república no Brasil, destacando os fatores principais de crise do regime monárquico.

✓ Identificar o regime republicano implantado no Brasil em 1889.

✓ Descrever as características da indústria e da classe operária

brasileira no início do século XX.

✓ Identificar as principais características do contexto histórico que

possibilitou a vitória do movimento de 1930.

✓ Compreender a Revolução de 1930 como um tema polêmico,

tanto entre os seus contemporâneos como na historiografia.

✓ Caracterizar o Estado Novo do ponto de vista político, econômico

e social e compreender o contexto em que esse regime foi instalado.

✓ Destacar elementos da produção cultural da Era Vargas,

inserindo-a no contexto geral da época.

(12)

História – 1º Bimestre

CONTEÚDOS

✓ Processo de abolição da escravatura.

✓ Processo de transição da monarquia para a República.

✓ Experiências republicanas e práticas autoritárias: as tensões e disputas do mundo contemporâneo; A proclamação da República e seus primeiros desdobramentos.

✓ A questão da inserção dos negros no período republicano do pós-abolição; Os movimentos sociais e a

imprensa

negra; a cultura afro-brasileira como elemento de resistência e superação das discriminações.

✓ A

questão indígena, afrodescendente e da mulher durante a República (até 1964).

✓ Primeira

República e suas

características; Contestações e

dinâmicas da vida cultural no Brasil

entre 1900 e 1930.

✓ O

período varguista e suas

contradições; A emergência da vida urbana e a segregação espacial; O trabalhismo e seu protagonismo político

✓ Anarquismo

e protagonismo

feminino.

HABILIDADES

✓ (EF09HI01) Descrever e contextualizar os principais aspectos sociais, culturais, econômicos e políticos da emergência da República no Brasil.

✓ (EF09HI02) Caracterizar e compreender os ciclos da história republicana, identificando particularidades da história local e regional até 1954.

✓ (EF09HI03) Identificar os mecanismos de inserção dos negros na sociedade brasileira pós-abolição e avaliar os

seus resultado.

✓ (EF09HI04) Discutir a importância da participação da população negra na formação econômica, política e social do

Brasil.

✓ (EF09HI07) Identificar e explicar, em meio a lógicas de inclusão e exclusão, as reivindicações dos povos indígenas, das populações afrodescendentes e das mulheres no contexto republicano até a Ditadura Militar.

✓ (EF09HI05) Identificar os processos de urbanização e modernização da sociedade brasileira e avaliar suas

contradições e impactos na região em que vive.

✓ (EF09HI06) Identificar e discutir o papel do trabalhismo como

força política, social e cultural no Brasil, em diferentes escalas (nacional, regional, cidade, comunidade).(EF09HI09) Relacionar as conquistas de direitos políticos, sociais e civis à atuação de movimentos sociais.

TEMAS TRANSVERSAIS

Ética, cidadania, Pluralidade/Cultura

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS -

Leitura individual.

-Organização de documentos e produção textual.

-Pesquisas na internet do site da Brasil escola, leitura e análise sobre os temas relacionados ao conteúdo, realização das atividades propostas do caderno do aluno, São Paulo Faz Escola, Vol. 1.

-Atividades do livro de História, Teláris, Vol. 8, páginas 16 e 17, leitura e uma resenha sobre o tema: Iluminismo e confeccionar a linha do tempo.

-Pesquisa da internet do Projeto de História da cidade de Itápolis: Do local para o global

(13)

História – 1º Bimestre

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS -

-Pesquisas e apresentações de pesquisas.

-Leituras e mapas compartilhados.

-Atividades em grupo nas aulas realizadas pelo google Meet de forma síncrona, para favorecer não só o trabalho cooperativo, compartilhar saberes, como também a leitura e a expressividade oral.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

.

-Pesquisas em livros e sites.

-Atividades extras conforme a necessidade do aluno.

-Revisão

-Projeto: Por dentro de Itápolis com destaque para a constituição de 1946

VALORES

-Respeito mútuo -Engajamento

-Cooperação e solidariedade entre pares;

-Bom convívio entre alunos-alunos e alunos-professor;

-Iniciativa/autonomia / protagonismo -Senso crítico

-Cidadania

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

- -.

-Atividades do roteiro de tarefas.

-Solidariedade.

-Senso crítico.

-Acesso a bens culturais.

-Autoconfiança e protagonismo.

-Comprometimento/Engajamento de alunos e sociedade no processo de ensino-aprendizagem, usando habilidades socioemocionais.

- Trabalhos individuais e em grupos Provas impressas, dissertativas e objetivas

REFERÊNCIAS

SÃO PAULO – Secretaria da Educação - Currículo em ação. História.

9 ° ano. 1 Bimestre

SÃO PAULO – Secretaria da Educação - Currículo em ação. História.

9 ° ano. 1 Bimestre – Caderno do aluno

(14)

História – 1º Bimestre

Vida urbana e saúde (Paulo Saldiva)

O problema do café no Brasil (Antonio Delfim Netto) Getúlio (Lira Neto)

Brasil: Nunca Mais (Paulo Evaristo Arns)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: VALDIR LUIS MARCANDALI Turma: 9º ANO

GEOGRAFIA – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

Necessário se faz aos estudantes compreender e avaliar criticamente a hegemonia europeia, analisando-a em diferentes lugares e tempos, por meio das influências culturais, situações de conflitos e/ou intervenções militares em várias áreas do planeta, para que possam aprofundar os estudos acerca de questões sociais, ambientais, culturais, políticas e econômicas de diferentes regiões do mundo através da análise de mapas, textos, vídeos e projeções cartográficas.

OBJETIVOS

✓ Identificar elementos histórico-geográficos representativos da hegemonia europeia em várias

partes do mundo.

✓ Comparar a formação territorial de países americanos e africanos levando em consideração o

processo de colonização imposto pelas potências europeias.

✓ Estabelecer semelhanças e diferenças socioculturais entre os diversos países da América,

segundo a influência europeia que cada um possuiu.

✓ Analisar como a hegemonia europeia influenciou na constituição e na configuração do mundo

como nós o conhecemos atualmente.

✓ Analisar como as nações europeias exercem forte influência na atualidade sobre os mais

diversos países de continentes diferentes.

(15)

CONTEÚDOS

A hegemonia europeia e sua influência em diferentes tempos e lugares.

A divisão do mundo em Ocidente e Oriente.

Os componentes físico-naturais da Eurásia e os processos de regionalização.

A dinâmica populacional e suas desigualdades na Europa, na Ásia e na Oceania.

HABILIDADES

✓ (EF09GE01) – Analisar criticamente de que forma a hegemonia europeia foi exercida em várias

regiões do planeta, notadamente em situações de conflitos, intervenções militares e/ou influência cultural, em diferentes tempos e lugares.

✓ (EF09GE14B) – Analisar projeções cartográficas, anamorfoses geográficas e mapas temáticos

relacionados às questões sociais, ambientais, culturais, políticas de diferentes regiões do mundo.

✓ EF09GE06) – Associar o critério de divisão do mundo em Ocidente e Oriente a partir do Sistema

Colonial implantado pelas potências europeias e analisar as consequências políticas, econômicas, sociais, culturais e ambientais para diferentes países.

✓ (EF09GE07) – Identificar os componentes físiconaturais da Eurásia e os determinantes histórico-

geográficos de sua divisão em Europa e Ásia e analisar os processos de regionalização.

✓ (EF09GE09)

– Analisar características de países e grupos de países europeus, asiáticos e da Oceania em seus aspectos populacionais, políticos, ambientais, urbanos e econômicos, e discutir suas desigualdades sociais e econômicas e apropriação e pressões sobre seus ambientes físico-naturais.

✓ (EF09GE24*) Identificar e analisar os fluxos populacionais e de capitais, por meio de produção

e interpretação de mapas de fluxos, cartogramas, gráficos, tabelas, imagens e textos multimodais.

✓ (EF09GE15)

– Comparar e classificar diferentes regiões do mundo com base em informações populacionais, econômicas e socioambientais representadas em mapas temáticos e com diferentes projeções.

TEMAS TRANSVERSAIS

Meio Ambiente.

Economia.

Multiculturalismo.

Cidadania e Civismo.

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

✓ Leitura.

✓ Questões.

✓ Exercícios.

✓ Pesquisa e interpretação de texto.

✓ Vídeos.

✓ Imagens.

✓ Gráficos e mapas.

ATIVIDADES DIDÁTICO-COOPERATIVAS

✓ Resolução de questões.

(16)

✓ Trabalhos.

✓ Dúvidas.

✓ Debates e questionamentos coletivos e interações na sala de aula.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

✓ No decorrer do bimestre, serão realizadas atividades de retomada dos conteúdos ou exercícios

extras para reforço e consolidação da aprendizagem.

VALORES

✓ Senso de justiça.

✓ Honestidade.

✓ Responsabilidade.

✓ Organização.

✓ Persistência.

✓ Confiança.

✓ Empatia.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

✓ Avaliação processual, devendo ser considerada em todas as etapas do processo de ensino e

aprendizagem, analisando as diferentes maneiras de os estudantes expressarem os seus aprendizados.

Também:

✓ Participação e empenho em realizar as atividades propostas em sala de aula.

REFERÊNCIAS

LUCCI, Elian Alabi; BRANCO, Anselmo Lázaro; FUGGI, William. Território e Sociedade. 9º ano.

Ensino Fundamental, anos finais. 1ª Edição. São Paulo: Saraiva, 2018.

Currículo em Ação. 9º ano do ensino fundamental, anos finais. Geografia. São Paulo: Secretaria da Educação, 2022 (Apostila de Geografia, caderno do aluno).

https://www.infopedia.pt/$imperialismo-e-colonialismo-a-partilha-do

https://pt.slideshare.net/crie_historia9/hegemonia-europeia

https://pt.wikipedia.org/wiki/Hegemonia

(17)

INOVA

EDUCAÇÃO

(18)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Adilson Aparecido Bordo.

Turma: 9º Ano A e B do Ensino Fundamental.

[Projeto de Vida] – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

O conceito de Projeto de Vida se refere à formação de um sujeito ativo, capaz de tomar decisões e fazer escolhas embasadas no conhecimento, na reflexão, na consideração de si próprio e do coletivo. Essa formação depende de uma ação pedagógica constante. Isso implica na necessidade de uma metodologia que cumpra com essas exigências e se comprometa com à proposição de situações didáticas em que os estudantes sejam desafiados a refletir, a elaborar hipóteses, a buscar soluções e validar respostas encontradas. Ou seja, o Projeto de Vida é um componente no qual o estudante é entendido como a centralidade da escola e sua formação constitui e amplia o seu acervo de valores, conhecimentos e experiências – condição fundamental para o processo de escolhas e decisões que acompanhará o estudante em sua vida em todas as suas dimensões: pessoal, social e profissional.

O percurso formativo de Projeto de Vida movimenta tudo aquilo que uma sociedade considera necessário que os estudantes aprendam ao longo da sua escolaridade. Torna-se cada vez mais evidente que viver, atuar no mundo produtivo de maneira responsável, ter autonomia para tomar decisões, manejar informação cada vez mais disponível, ser colaborativo e proativo, e ser capaz de gerar soluções para problemas que sequer se pode imaginar, demanda do ser humano uma outra condição que não a acumulação de conhecimentos. Portanto, as competências exigidas neste século e as competências socioemocionais tornam-se muito mais valiosas. É por isso que a estrutura lógica do componente curricular Projeto de Vida considera o adolescente e o jovem em sua integralidade, sendo o desenvolvimento das dimensões pessoal, social e produtiva essenciais a sua formação.

No 9º ano, sobretudo nesse primeiro bimestre, o componente curricular de Projeto de Vida dedica-se, de maneira especial, em destacar os anseios e as transformações da vida acadêmica dos estudantes que se encontram no último ano do Ensino Fundamental, priorizando exercícios de autoconhecimento e uma retomada da vivência dos alunos nos anos anteriores, objetivando a

(19)

[Projeto de Vida] – 1º Bimestre

evolução acadêmica e pessoal desses educandos que estão prestes a adentrar no Ensino Médio

OBJETIVOS

Objetivos

Levar os estudantes a familiarizar-se com o componente curricular Projeto de Vida.

Promover o autoconhecimento e o desenvolvimento socioemocional, a partir de atividade gamificada de avaliação formativa de competências socioemocionais.

Refletir sobre quem os estudantes são visando à conexão com seus interesses, motivações e aspirações.

Refletir sobre a orientação sobre quem se é, pautada no autoconhecimento e no estímulo para que os estudantes situem a construção de si mesmos em um cenário mais amplo, de relação com outras pessoas e com o contexto e o tempo em que vivem.

Reconhecer e valorizar as aprendizagens que os estudantes desenvolveram, individual e coletivamente, ao longo dos anos finais do Ensino Fundamental, como forma de promover uma apropriação desses conhecimentos e entender como eles podem ser relevantes para quem são hoje e quem serão no futuro.

Dialogar sobre as especificidades e mudanças do Ensino Médio em relação ao Ensino Fundamental, para que os estudantes reconheçam os desafios que levam consigo para esse novo ciclo.

Envolver os estudantes para que tomem as rédeas da idealização, do planejamento e da produção de um evento educativo, que permita a construção e o aprofundamento de conhecimentos relacionados à vivência adolescente e amplificação de repertórios.

CONTEÚDOS

Desafio dos superpoderes.

Quem sou, o que gosto de fazer, como me vejo no presente e no futuro?

Minha evolução na linha do tempo.

Retrovisor: eu e os componentes curriculares.

Daqui para frente.

Papo reto.

HABILIDADES SOCIOEMOCIONAIS

Entusiasmo. Determinação. Organização. Foco. Persistência.

Responsabilidade. Assertividade. Empatia. Imaginação criativa.

Confiança. Iniciativa social.

TEMAS

TRANSVERSAIS Multiculturalismo; Cidadania e Civismo; Meio Ambiente.

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

Leitura, questões, exercícios, pesquisa, reflexões, interpretação de textos e vídeos.

Resolução de questões, dúvidas, rodas de conversa e questionamentos coletivos.

(20)

[Projeto de Vida] – 1º Bimestre

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

No decorrer do bimestre, nos encontros presenciais e na semana de estudos intensivos serão realizadas atividades de retomada dos conteúdos ou exercícios extras para reforço e consolidação da aprendizagem.

VALORES

Senso de justiça, honestidade, planejamento, empatia, consumo consciente, organização, responsabilidade, autoconfiança, autoconhecimento, amor ao próximo, autonomia, humildade e persistência.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Participação nas aulas presenciais.

Realização das atividades propostas em sala de aula e como lição de casa.

REFERÊNCIAS

SÃO PAULO (ESTADO). Material de apoio ao currículo do Estado de São Paulo, Projeto de Vida, volume 4. São Paulo: Secretaria da Educação, 2022 (Caderno do Professor).

SÃO PAULO (ESTADO). Material de apoio ao currículo do Estado de São Paulo, Projeto de Vida, volume 4. São Paulo: Secretaria da Educação, 2022 (Caderno do Aluno).

VÍDEO YOUTUBE. Superpoderes: competências socioemocionais.

Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=2eRl9oi--G0>.

Acesso em 10 02 2022.

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Rubia Maria Matioli Rosseti Turma: 9° Ano EF

(21)

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

Contribuir com o desenvolvimento das habilidades previstas no Currículo em Ação e nas Diretrizes de Tecnologia e Inovação.

OBJETIVOS

Permitir que os estudantes possam expor suas ideias no grupo, criar, imaginar e executar, interagindo com os objetos de conhecimento, produzindo, construindo e ampliando conhecimentos a partir das atividades mão na massa, de reflexão e de produção. Do mesmo modo, usar a criatividade para resolver problemas de forma eficiente e satisfatória, compreendendo de que forma as tecnologias podem contribuir para sua formação e atuação como cidadãos(ãs).

CONTEÚDOS

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1 - CONFIABILIDADE, SUA SEGURANÇA NA WEB

ATIVIDADE 1 – PESQUISA: NOTÍCIAS...DEVO CONFIAR?

ATIVIDADE 2 – IDENTIFICAÇÃO DE FONTES SEGURAS

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 2 - BLOGS E SITES DE NOTÍCIAS ATIVIDADE 1 – WEBSITES

ATIVIDADE 2 – BLOGS E SITES DE NOTÍCIAS

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - CONECTIVIDADE E SEUS IMPACTOS ATIVIDADE 1 – UM PAÍS CONECTADO

ATIVIDADE 2 – DE OLHO NO LIXO

ATIVIDADE 3 – PUBLICIDADE E PROPAGANDA, EXISTE DIFERENÇA?

ATIVIDADE 4 — CAMPANHA PUBLICITÁRIA: LIXO ELETRÔNICO SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 4 - PONTE DE PALITO

ATIVIDADE 1 – CONSTRUÇÃO DE ESTRUTURAS ATIVIDADE 2 – TESTE DAS FIGURAS

ATIVIDADE 3 – CONSTRUIR E APRENDER: CONSTRUÇÃO DE UMA PONTE DE PALITOS DE SORVETE

HABILIDADES

• Identificar diferentes usos das TDIC, reconhecendo suas especificidades e aplicabilidades em diferentes contextos e seus impactos nos serviços, na produção e na interação social e utilizando-as de forma criativa, crítica e ética em processos que envolvam autoria e protagonismo.

• Reconhecer os riscos de desrespeito à privacidade e as consequências do uso indevido de dados pessoais ou de terceiros, levando em conta as normas e regras de uso seguro de dados na rede.

• Compreender o funcionamento e estrutura de sites, blogs e afins, discriminando seus diferentes tipos, aplicando esses conhecimentos na criação de blogs ou sites simples vinculados a projetos da escola.

• Compreender e avaliar conteúdos produzidos por meio digital, posicionando-se de maneira ética e crítica.

• Representar atividades do cotidiano com base em ações lógicas e usando as diferentes linguagens.

• Resolver problemas com autonomia e criatividade, utilizando ou não as tecnologias digitais (atividade plugada ou desplugada).

• Compreender e criar narrativas digitais para expressar temas pessoais, conhecimento sobre temas escolares e a própria aprendizagem.

TEMAS TRANSVERSAIS

Ética: respeito mútuo, diálogo, solidariedade Meio ambiente: educação para o consumo Pluralidade cultural

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

Pesquisas na internet e atividade no caderno/apostila, leitura de textos, vídeos e imagens; Pesquisa em fontes diversas.

Atividades em grupos e roda de conversa.

(22)

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO – 1º Bimestre

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Sugestões de leitura de textos, reportagens e vídeos.

VALORES Respeito, humildade e responsabilidade.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Ao desenvolver as Situações de Aprendizagem, considerar o grau de engajamento dos estudantes durante o desenvolvimento das atividades:

Engajamento total - Engajamento satisfatório - Engajamento parcial

A avaliação é contínua e formativa envolvendo conteúdos e critérios CONCEITUAIS, PROCEDIMENTAIS e ATITUDINAIS (Protagonismo Juvenil).

Olhar para o estudante por inteiro e de forma abrangente.

REFERÊNCIAS

Currículo em Ação - Tecnologia e Inovação - Ensino Fundamental – Anos Finais – Caderno do Professor – Volume 1

https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/wp- content/uploads/2022/01/WEB_Book_Tecnologia_V1V2.pdf

(23)

PARTE

DIVERSIFICADA

OBS: Os professores de Práticas

Experimentais e Orientação de Estudos /

Nivelamento trabalham em conjunto e

revezam entre as duas turmas de 9º ano.

(24)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Daiana Gonçalves Furlan Turma: 9 º ano A

PROTAGONISMO JUVENIL – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

Estudar : Além dos muros escolares - outros espaços formativos . Nos

aprofundaremos na questão da escola com a comunidade , que andam juntas para um bom desenvolvimento .

OBJETIVOS

Investigar os espaços de formação no meu lugar de vivência.

Compreensão das dinâmicas humanas e naturais que se desenvolvem no espaço da comunidade .

Compreender o Consumismo , Consumo e Sustentabilidade.

Intervenções protagonistas nos espaços de vivências.

CONTEÚDOS

Planejamento

Acolhimento dos alunos

Ampliar o olhar além da escola , com foco na comunidade A comunidade e meu espaços de participação .

REFLEXÃO : O que eu gosto de fazer quando estou sozinho ? O que gosto de fazer quando estou com meus amigos ? O que eu gosto de fazer no meu bairro ?

Descrição da sua comunidade .( Aprender a observar o que está a sua volta )

HABILIDADES

Aprender observar o que está em sua volta .;reconhecer as diferentes realidades existentes; exercitar o potencial de criação para intervir no local em que vivem ; pesquisar , registrar e disseminar informações sobre um tema .

Respeitar a diversidade de ideias e as diferentes visões sobre um mesmo tema ; aprender observar o que está a sua volta ; expressar-se de maneira clara , oralmente e por escrito ; estabelecer relações entre causas- consequências ; reconhecer diferentes realidades existentes ; conseguir estabelecer relações com diferentes públicos; pesquisar , registrar e disseminar informações sobre um tema ; saber respeitar as decisões dos outros .

TEMAS TRANSVERSAIS

Comunidade , Curiosidade para aprender , Organização , Assertividade , Empatia , Responsabilidade.

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

Trabalhos em sala de aula Dinâmicas

(25)

PROTAGONISMO JUVENIL – 1º Bimestre

Diálogos dos conteúdos

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

Leitura ,

Interpretação , Reflexão ,

Discussão e Produção de texto .

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Trabalhos , Filmes , Músicas

VALORES

Autonomia , respeito , superação , colaboração

Avaliação contínua ,

participação em sala de aula.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Participação em aula Trabalhos em grupo, Trabalho interno e externo

REFERÊNCIAS

Caderno do professor – Protagonista Juvenil – volume único , pesquisas em sites .

Caderno do aluno : caderno e material impresso, envio de conteúdos no Whatsapp da professora.

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Flávia Raiane de Carvalho Turma: 9º ano B

PROTAGONISMO JUVENIL – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

De acordo com o material disponibilizado para esse componente, trabalhar com o Protagonismo Juvenil, estimula os estudantes a serem os personagens principais da prática educativa potencializando a participação ativa e construtiva,

(26)

PROTAGONISMO JUVENIL – 1º Bimestre

valorizando suas experiências, atitudes, conhecimentos e possibilidades na escola e na comunidade em que estão inseridos, sendo parte da solução dos problemas que vivenciam.

Referente a esse primeiro bimestre, os alunos serão estimulados a olharem, de forma crítica, para o entorno da escola, observando seus percursos. Realizarão também atividades individuais e em grupos, reflexões e investigações, pensando no consumo e na realidade em que estamos inseridos.

OBJETIVOS

• Proporcionar aos alunos momentos para reflexão sobre o que pensam sobre sua comunidade;

• Identificar as diversas experiências vividas pelos adolescentes no local em que vivem e suas especificidades;

• Permitir a vivência dos estudantes em novos espaços da comunidade;

• Conhecer e reconhecer seus potenciais e habilidades de comunicação, tanto individuais quanto coletivas.

CONTEÚDOS

ESCOLA E COMUNIDADE – UMA RELAÇÃO DIALÓGICA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Nº 1

• Além dos muros escolares - outros espaços formativos - Investigando os espaços de formação do meu lugar de vivência

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Nº 2

• Investigando minha comunidade - Compreensão das dinâmicas humanas e naturais que se desenvolvem no espaço da comunidade

HABILIDADES

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Nº 1

• Aprender a observar o que está à sua volta;

• Reconhecer as diferentes realidades existentes;

• Exercitar o potencial de criação para intervir no local em que vivem;

Pesquisar, registrar e disseminar informações sobre um tema

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Nº 2

• Respeitar a diversidade de ideias e as diferentes visões sobre um mesmo tema;

• Aprender a observar o que está à sua volta;

• Expressar-se de maneira clara, oralmente e por escrito;

• Estabelecer relações entre causas-consequências;

• Reconhecer as diferentes realidades existentes;

• Conseguir estabelecer relações com diferentes públicos;

• Pesquisar, registrar e disseminar informações sobre um tema;

• Saber respeitar as decisões dos outros.

TEMAS

TRANSVERSAIS CIDADANIA E CIVISMO

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

Resolução de atividades.

Pesquisas individuais.

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

Leitura compartilhada.

Atividades em grupo.

Roda de conversa.

(27)

PROTAGONISMO JUVENIL – 1º Bimestre

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Retomada de conceitos.

Ampliação dos temas por meio de pesquisa.

VALORES

• ENTUSIASMO

• FOCO

• ASSERTIVIDADE

• EMPATIA

• RESPONSABILIDADE

• ORGANIZAÇÃO

• CURIOSIDADE PARA APRENDER

• IMAGINAÇÃO CRIATIVA

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Nº 1: A proposta é que a avaliação aconteça ao longo do desenvolvimento das atividades propostas, por meio da observação da participação e do desempenho dos estudantes, tanto nas atividades individuais como nas atividades em grupo, no desenvolvimento das tarefas propostas, produções de textos e relatórios sobre as atividades.

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Nº 2: A avaliação acontecerá de forma contínua, durante todo o processo de ensino e aprendizagem, com a intenção fundamental de refletir sobre a própria prática docente, criando novas possibilidades para estimular os estudantes a desenvolverem suas habilidades e competências, levando em consideração, principalmente, os avanços individuais dentro da coletividade e a participação no desenvolvimento de todas as atividades, de acordo com as particularidades de cada estudante.

REFERÊNCIAS

Para o Professor:

Caderno do professor - Protagonismo Juvenil do Ensino Fundamental (Volume Único).

Para o aluno:

Material elaborado pelo professor (recortes e vídeos).

(28)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Elizabeth Aparecida Novello Turma: 9º ANO

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

A aprendizagem depende de uma série de fatores entre eles a organização, que se baseia num planejamento, na escolha de procedimento de estudos e na monitoração da própria aprendizagem. Dificuldade para uma boa organização geralmente torna a aprendizagem difícil e cansativa e, não é incomum que o estudante recorra a alguém para auxiliá-lo nesses procedimentos. Conclui-se então que a Orientação de Estudos cabe ao profissional da educação (seja docente ou tutor) a retomada da questão de organização, avaliando junto com o aluno, através do conteúdo escolar em que etapa do problema esteja ocorrendo neste processo para que o aluno possa, ao longo do trabalho, se tornando um agente ativo de sua própria aprendizagem.

OBJETIVOS

-Espera-se que ao final do bimestre, o aluno apresente condições para analisar, identificar e reconhecer os gêneros e tipos textuais;

-Posicionar-se, e desenvolver textos com segurança;

-Relacionar os textos reconhecendo a intertextualidade temática apresentada;

-Produzir textos, de diferentes gêneros em diferentes mídias;

-Refletir e produzir ideias e conteúdos de forma autônoma.

CONTEÚDOS

-Estudar é preciso!

-Minha rotina de estudos -Responsabilidade pessoal -Corresponsabilidade

-Organização e planejamento

-Organização do ambiente e do material

(29)

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS – 1º Bimestre

-Dinâmica da organização

-Integração e acompanhamento dos estudos -Conhecendo e pesquisando sobre Edgar Allan Poe -Leitura compartilhada

-Podcast

-Leitura e interpretação textual

-Avaliação das situações de aprendizagem

HABILIDADES

EF69LP46 - Participar de práticas de compartilhamento de leitura/recepção de obras literárias/manifestações artísticas, tecendo, quando possível, comentários de ordem estética e afetiva.

EF69LP48 - Interpretar, em poemas, efeitos produzidos pelo uso de recursos expressivos sonoros (estrofação, rimas, aliterações etc.), semânticos (figuras de linguagem, por exemplo), gráfico-espacial (distribuição da mancha gráfica no papel), imagens e sua relação com o texto verbal.

D01- Localizar informações explícitas em um texto.

D04- Localizar informações implícitas em um texto.

D12 - Identificar a finalidade de textos de diferentes gêneros.

TEMAS TRANSVERSAIS

Ética, Saúde, Meio Ambiente, Orientação Sexual, Trabalho e Consumo e Pluralidade Cultural.

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

− Realizar as atividades propostas pelo professor a partir do Caderno do Aluno e outras fontes que o professor julgar eficientes;

− Participar dos debates e rodas de conversa oferecido nos momentos do plantão de estudos, aula ao vivo (CMSP);

− Produção individual a partir de um problema proposto que envolva situações do cotidiano.

− Pesquisas em sites confiáveis;

− Atividades propostas nas aulas do CMSP;

− Leitura de livros paradidáticos.

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

- Atividades em grupo, estimulando a troca de experiências, solidariedade e engajamento no desenvolvimento das atividades;

- Rodas de conversas sobre temas de relevância social;

- Leitura compartilhada a partir da temática previamente selecionada;

- Análise de situação-problema para elaboração de propostas e solução.

(30)

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS – 1º Bimestre

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

- C – Consolidação – Participar e realizar as Sequências Didáticas Digitais e realização de exercícios complementares.

- R – Reforço – Correção orientada em lousa das avaliações, retomada de conteúdo, nivelamento, recuperação contínua.

-A – Ampliação – Leitura de livros paradidáticos e artigos que circulam em diferentes meios de comunicação; pesquisas para complementar os conceitos estudados.

VALORES

- Respeito às diferenças;

- Respeito mútuo;

- Engajamento;

- Cooperação e solidariedade entre pares;

- Bom convívio entre alunos- professor;

- Iniciativa/autonomia;

- Senso crítico;

- Diversidade como fator de enriquecimento cultural.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

- Participação dos alunos nas diversas atividades oferecidas pela UE , entrega de atividades do caderno e material da SEDUC.

- Realização da AAP e Sequências Didáticas Digitais.

- Participação nas atividades OE

- Processo: acompanhamento da execução das atividades pelos alunos.

-Produção continuada: acompanhamento da produção escrita e outras atividades dos alunos, em sala de aula.

-Pontual: avaliações individuais.

-Autoavaliação: propostas para os alunos olharem para o seu processo de aprendizagem

REFERÊNCIAS

SÃO PAULO (Estado). Currículo Paulista. São Paulo: SEE, 2018. Disponível em:

https://www.educacao.sp.gov.br/a2sitebox/arquivos/documentos/238.pdf SÃO PAULO (Estado). Orientação de Estudos. Caderno do Professor Ensino Fundamental. Volume 1.SEE, 2022.

Materiais de apoio e atividades elaborado pelos professores do componente.

(31)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Daniela Casoni Amâncio Turma: 9º ANO

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

A aprendizagem depende de uma série de fatores entre eles a organização, que se baseia num planejamento, na escolha de procedimento de estudos e na monitoração da própria aprendizagem. Dificuldade para uma boa organização geralmente torna a aprendizagem difícil e cansativa e, não é incomum que o estudante recorra a alguém para auxiliá-lo nesses procedimentos. Conclui-se então que a Orientação de Estudos cabe ao profissional da educação (seja docente ou tutor) a retomada da questão de organização, avaliando junto com o aluno, através do conteúdo escolar em que etapa do problema esteja ocorrendo neste processo para que o aluno possa, ao longo do trabalho, se tornando um agente ativo de sua própria aprendizagem.

OBJETIVOS

-Espera-se que ao final do bimestre, o aluno apresente condições para analisar, identificar e reconhecer os gêneros e tipos textuais;

-Posicionar-se, e desenvolver textos com segurança;

-Relacionar os textos reconhecendo a intertextualidade temática apresentada;

-Produzir textos, de diferentes gêneros em diferentes mídias;

-Refletir e produzir ideias e conteúdos de forma autônoma.

CONTEÚDOS

-Estudar é preciso!

-Minha rotina de estudos -Responsabilidade pessoal -Corresponsabilidade

-Organização e planejamento

-Organização do ambiente e do material -Dinâmica da organização

-Integração e acompanhamento dos estudos -Conhecendo e pesquisando sobre Edgar Allan Poe -Leitura compartilhada

-Podcast

-Leitura e interpretação textual

-Avaliação das situações de aprendizagem HABILIDADES

EF69LP46 - Participar de práticas de compartilhamento de leitura/recepção de obras literárias/manifestações artísticas, tecendo, quando possível, comentários de ordem estética e afetiva.

(32)

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS – 1º Bimestre

EF69LP48 - Interpretar, em poemas, efeitos produzidos pelo uso de recursos expressivos sonoros (estrofação, rimas, aliterações etc.), semânticos (figuras de linguagem, por exemplo), gráfico-espacial (distribuição da mancha gráfica no papel), imagens e sua relação com o texto verbal.

D01- Localizar informações explícitas em um texto.

D04- Localizar informações implícitas em um texto.

D12 - Identificar a finalidade de textos de diferentes gêneros.

TEMAS TRANSVERSAIS

Ética, Saúde, Meio Ambiente, Orientação Sexual, Trabalho e Consumo e Pluralidade Cultural.

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

− Realizar as atividades propostas pelo professor a partir do Caderno do Aluno e outras fontes que o professor julgar eficientes;

− Participar dos debates e rodas de conversa oferecido nos momentos do plantão de estudos, aula ao vivo (CMSP);

− Produção individual a partir de um problema proposto que envolva situações do cotidiano.

− Pesquisas em sites confiáveis;

− Atividades propostas nas aulas do CMSP;

− Leitura de livros paradidáticos.

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

- Atividades em grupo, estimulando a troca de experiências, solidariedade e engajamento no desenvolvimento das atividades;

- Rodas de conversas sobre temas de relevância social;

- Leitura compartilhada a partir da temática previamente selecionada;

- Análise de situação-problema para elaboração de propostas e solução.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

- C – Consolidação – Participar e realizar as Sequências Didáticas Digitais e realização de exercícios complementares.

- R – Reforço – Correção orientada em lousa das avaliações, retomada de conteúdo, nivelamento, recuperação contínua.

-A – Ampliação – Leitura de livros paradidáticos e artigos que circulam em diferentes meios de comunicação; pesquisas para complementar os conceitos estudados.

VALORES

- Respeito às diferenças;

- Respeito mútuo;

- Engajamento;

- Cooperação e solidariedade entre pares;

- Bom convívio entre alunos- professor;

- Iniciativa/autonomia;

- Senso crítico;

- Diversidade como fator de enriquecimento cultural.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

- Participação dos alunos nas diversas atividades oferecidas pela UE , entrega de atividades do caderno e material da SEDUC.

- Realização da AAP e Sequências Didáticas Digitais.

- Participação nas atividades OE

-

Processo: acompanhamento da execução das atividades pelos alunos.

-Produção continuada: acompanhamento da produção escrita e outras atividades dos alunos, em sala de aula.

-Pontual: avaliações individuais.

-Autoavaliação: propostas para os alunos olharem para o seu processo de aprendizagem

REFERÊNCIAS

SÃO PAULO (Estado). Currículo Paulista. São Paulo: SEE, 2018. Disponível em:

https://www.educacao.sp.gov.br/a2sitebox/arquivos/documentos/238.pdf

(33)

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS – 1º Bimestre

SÃO PAULO (Estado). Orientação de Estudos. Caderno do Professor Ensino Fundamental. Volume 1.SEE, 2022.

Materiais de apoio e atividades elaborado pelos professores do componente.

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Rosana de Lourdes Marconi Tumiatti e Roberto Landim Turma: 9ºAno A e B

Práticas Experimentais – 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

• Compreender como tantas coisas que usamos no dia a dia é simples, porém teve que ter evolução para que a nossa comodidade cada vez mais seja o objetivo de tanto estudo dos nossos cientistas, e

compreender com tantos conceitos são usados e não prestamos atenção de como tudo acontece devido a ciência.

OBJETIVOS

• Compreender com tantos conceitos são usados e não prestamos atenção de como tudo acontece devido a ciência.

CONTEÚDOS

• Potenciação e radiciação.

Fração e seus significados: como parte de inteiros, resultado da divisão, razão e operador.

Porcentagens

• Estrutura da matéria;

• Aspectos quantitativos das transformações químicas.

(34)

Práticas Experimentais – 1º Bimestre

HABILIDADES

MATEMÁTICA

• (EF08MA02) Resolver e elaborar situações problema usando a relação entre potenciação e radiciação, para representar uma raiz como potência de expoente fracionário.

• (EF07MA06) Reconhecer que as resoluções de um grupo de problemas que têm a mesma estrutura pode ser obtidas utilizando os mesmos procedimentos.

• (EF08MA04) Resolver e elaborar situações problema, envolvendo cálculo de porcentagens, incluindo o uso de tecnologias digitais.

CIÊNCIAS

• (EF09CI01) Investigar as mudanças de estado físico da matéria para explicar e representar essas transformações com base no modelo de constituição submicroscópica.

• (EF09CI02) Identificar e comparar quantidades de reagentes e produtos envolvidos em transformações químicas, estabelecendo a proporção entre as suas massas.

• (EF09CI04) Planejar e executar experimentos que evidenciam que todas as cores de luz podem ser formadas pela composição das tres cores primárias da luz e que a cor de um objeto está relacionada também à cor da luz que o ilumina.

• (EF09CI05) Identificar, analisar, categorizar e explicar, a partir dos conhecimentos científicos- tecnológicos envolvidos, a transmissão e recepção de imagem e som que revolucionaram os sistemas de comunicação humana.

• (EF09CI06) Identificar e classificar as radiações eletromagnéticas de acordo com suas frequências, fontes e aplicações, discutindo e avaliando as implicações de seu uso em aparelhos tais como controle remoto, telefone celular, smartphones, raio x, forno de micro-ondas e fotocélulas.

• (EF09CI07) Identificar e compreender o avanço tecnológico da aplicação das radiações na medicina diagnóstica (raio x, ultrassom, ressonâncias nuclear e magnética) e no tratamento de doenças (radioterapia, cirurgia ótica e laser, infravermelho, ultravioleta, etc).

TEMAS TRANSVERSAIS

• O compromisso com a construção da cidadania pode necessariamente uma prática educacional voltada para a compreensão da realidade social e dos direitos e responsabilidades em relação à vida pessoal e voltado para a ciência e tecnologia que hoje em dia move quase tudo na nossa vida cotidiana e a sua importância em conscientização pois nesta corrida louca a produção de lixo eletrônico é enorme.

ATIVIDADES AUTODIDÁTICAS

• Leitura e interpretação de textos;

• Retomadas e aprofundamentos, a partir de material audiovisual

indicado pelo professor;

• Lição de casa;

• Pesquisas individuais

Aula prática

(35)

Práticas Experimentais – 1º Bimestre

ATIVIDADES DIDÁTICO- COOPERATIVAS

Discussões em grupo.

• Socialização em grupos e /ou duplas dos temas abordados;

• Ampliação do universo da leitura, com a utilização de intertextos e

troca de posicionamento crítico a respeito do texto lido.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

• Recuperação de conteúdos de séries anteriores;

• Recuperação de conteúdos da série, via retomadas de conteúdos

e exercícios de consolidação;

Aprofundamento de conteúdos, via realização de exercícios de vestibulares

.

VALORES

• Formação do aluno como ser humano considerando as

necessidades de ampliar suas dimensões educacionais, tendo em vista a atuação do jovem no processo pedagógico.

• O desenvolvimento individual: autoconfiança, respeito, afetividade,

empatia, solidariedade e curiosidade para aprender, visando com isto a formação de jovens autônomos, solidários e competentes, que aprendem a Conhecer, a Fazer, a Conviver e a Ser.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

• Identificação e verificação da participação dos alunos nas atividades em de forma presencial e online: trabalhos de pesquisa, listas de exercícios,

• Produção de material audiovisual, apresentação e comentários pertinentes no decorrer das aulas;

• Atividades individuais: Exercícios/testes tanto no caderno do aluno, como em listas extras;

REFERÊNCIAS

Para o Professor:

• PCN. Ensino Médio: Orientações educacionais complementares aos parâmetros curriculares nacionais. Ciências, Matemática e suas tecnologias. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Brasília.

MEC. Semetec, 2002.

• Matrizes de referência para a avaliação SARESP – Ensino

fundamental e Médio - Ciências, Física, Química e Biologia, São Paulo FDE, 2009.

• Currículo do Estado de São Paulo – Secretaria da Educação. Caderno do Professor.

Para o aluno: Pesquisar via Google. Site brasilescola.

(36)

LINGUAGENS E SUAS

TECNOLOGIAS

(37)

GUIA DE APRENDIZAGEM 2022

Professor: Marcia Cristina da Silva Pinheiro Turma: 9º Ano A/B

LÍNGUA PORTUGUESA– 1º Bimestre

JUSTIFICATIVA

As atividades propostas serão desenvolvidas relacionando o estudo ao objeto de conhecimento. Os estudantes terão a oportunidade de se envolver em atividades de leitura e interpretação textual, ampliando vocabulário, repertório cultural e habilidades de leitura e interpretação. A diversidade de gêneros textuais e a socialização das atividades são vistas como oportunidades de desenvolvimento de habilidades e competências que dizem respeito à cooperação, à empatia, à argumentação e à comunicação, entre outras.

OBJETIVOS

▪ Identificar e reconhecer a função dos adjetivos em gêneros textuais que apresentam predominância de descrição.

▪ Reconhecer a função social e discursiva de gêneros textuais em que há predominância de descrição, seja de pessoas, objetos, ambientes, situações ou cenas e identificar marcas linguísticas dos textos descritivos.

▪ Identificar e reconhecer o uso de verbos no presente e no pretérito imperfeito em gêneros textuais que tem por finalidade descrever objetos/pessoas ou cenas.

▪ Verificar como os verbos no pretérito imperfeito do modo indicativo constroem descrições em relatos.

▪ Identificar e reconhecer marcas da expressividade em gêneros textuais que apresentam a predominância da descrição a partir do uso de recursos linguísticos.

▪ Reconhecer a função social do gênero textual diário (pessoal e de viagem) e as marcas de subjetividade do autor a partir da primeira pessoa do discurso.

▪ Identificar sujeito e predicado, reconhecendo-os como termos essenciais da oração.

(38)

LÍNGUA PORTUGUESA– 1º Bimestre

▪ Identificar e reconhecer verbos que necessitam de complementação direta ou indireta para construir sentido.

▪ Reconhecer a função social do texto biográfico, identificando as pessoas do discurso em biografias e autobiografias.

▪ Reconhecer situações de comunicação em que as pessoas escrevem memórias.

▪ Ler e interpretar texto memorialístico para apropriação e reconhecimento da função comunicativa e da organização linguístico-textual.

▪ Identificar e reconhecer a função dos verbos no pretérito (perfeito, imperfeito e o mais-que-perfeito) como recursos linguísticos e gramaticais para leitura/produção de textos memorialísticos.

▪ Analisar notícias, na internet ou outras fontes, de modo a reconhecer a veracidade ou não das informações a partir de critérios avaliativos.

▪ Ler e interpretar artigo de opinião, reconhecendo sua função social e comunicativa, e a forma como ocorre a progressão textual.

▪ Entender o que são argumentos, identificando-os e reconhecendo-os no artigo de opinião, bem como os recursos textuais utilizados para a progressão temática.

▪ Reconhecer a estrutura composicional do artigo de opinião e recursos textuais utilizados para a progressão temática.

▪ Identificar e reconhecer, a partir do gênero textual artigo de opinião, mecanismos que possibilitam a progressão temática do texto.

▪ Reconhecer a mobilização e materialização de “vozes” alheias no texto como argumento e recurso textuais que promovem a progressão temática do texto.

CONTEÚDOS

✓ Tipologia textual: descrição;

✓ Adjetivo;

✓ Conceito de verbo;

✓ Verbo de ligação;

✓ Transitividade verbal;

✓ Texto verbal e não verbal;

✓ Produção de texto: autorretrato.

✓ Sujeito e predicado;

✓ Pronomes pessoais;

✓ Foco narrativo;

✓ Complemento verbal: objeto direto e objeto indireto;

✓ Verbo Intransitivo;

✓ Características textuais: Autobiografia, biografia e memórias literárias;

✓ Produção de texto: Memórias Literárias;

✓ Definição de argumentação;

✓ Artigo de opinião: estrutura composicional, progressão temática e cruzamento de vozes;

✓ Produção de texto: Artigo de opinião;

✓ Narrativa de Mistério: características;

✓ Variação linguística.

✓ Produção de texto.

(39)

LÍNGUA PORTUGUESA– 1º Bimestre

Habilidades essenciais:

EF08LP04A -Identificar aspectos linguísticos e gramaticais (ortografia, regência e concordância nominal e verbal; modos e tempos verbais;

pontuação, acentuação, hifenização, estilo etc.) em funcionamento nos textos.

EF08LP04B – Utilizar, ao produzir diferentes gêneros textuais, conhecimentos linguísticos e gramaticais.

EF08LP06 – Identificar, em textos de diferentes gêneros, os termos constitutivos da oração (sujeito e seus modificadores, verbo e seus complementos e modificadores).

EF09LP01A - Analisar o fenômeno da disseminação de notícias falsas nas redes sociais

EF09LP01B – Desenvolver estratégias para reconhecimento de notícias falsas nas redes sociais, considerando, por exemplo, fonte, data, local da publicação, autoria, URL, comparação de diferentes fontes, consulta a sites de curadoria que atestam a fidedignidade de fatos relatados.

EF89LP29A –

Utilizar mecanismos de progressão temática, tais como retomadas anafóricas (“que, cujo, onde”, pronomes do caso reto e oblíquos, pronomes demonstrativos, nomes correferentes etc.), catáforas (remetendo para adiante ao invés de retomar o já dito), uso de organizadores textuais, de coesivos etc.

EF89LP29B – Utilizar, em textos de diversos gêneros, mecanismos de progressão temática.

Habilidades de suporte

EF07LP06C – Empregar adequadamente regras de concordância verbal em situações comunicativas (escrita ou oral).

EF07LP08 - Identificar, em diferentes gêneros, adjetivos que ampliam o sentido do substantivo sujeito ou complemento verbal.

EF06LP05A - Identificar os efeitos de sentido dos modos verbais.

EF06LP04A Analisar o uso de elementos gramaticais (substantivos, adjetivos e verbos nos modos Indicativo, Subjuntivo e Imperativo afirmativo e negativo) na produção (escrita/oral), leitura de diferentes gêneros.

EF69LP46 – Participar de práticas de compartilhamento de leitura/recepção de obras literárias/manifestações artísticas, tecendo, quando possível, comentários de ordem estética e afetiva.

EF07LP06C – Empregar adequadamente regras de concordância verbal em situações comunicativas (escrita e oral).

EF69LP30 - Comparar, com a ajuda do professor, conteúdos, dados e informações de diferentes fontes, levando em conta seus contextos de produção e referências, identificando coincidências, complementaridades e contradições, de forma a poder identificar erros/imprecisões conceituais, compreender e posicionar-se criticamente sobre os conteúdos e informações em questão.

EF69LP32 - Selecionar informações e dados relevantes de fontes diversas

(impressas, digitais, orais etc.), avaliando a qualidade e a utilidade dessas

fontes, e organizar, esquematicamente, com ajuda do professor, as

Imagem

temas relacionados :