PLANTÃO DE BIOLOGIA AULA 08/09

Texto

(1)

PLANTÃO de BIOLOGIA ELIZA / /21

PLANTÃO DE BIOLOGIA – AULA 08/09

1. “O hábito de colocar argolas no pescoço, por parte das mulheres de algumas tribos asiáticas, promove o crescimento desta estrutura, representando nestas comunidades um sinal de beleza. Desta forma temos que as crianças, filhos destas mulheres já nasceriam com pescoço maior, visto que esta é uma tradição secular.” EXPLIQUE tal fato usando a teoria atualmente aceita para a evolução.

2. O caracol terrestre Cepae nemoralis capaz de produzir uma ampla variedade de padrões de coloração da concha, desde clara até escura. Esse caracol é predado por uma ave, o tordo, que o localiza através da visão. Em uma área habitada por essa espécie, houve aumento da cobertura vegetal e censos realizados em diferentes épocas mostraram que o número de caracóis com concha escura foi aumentando gradativamente. Explique porque passaram a predominar os caracóis com concha escura nessa área, segundo as ideias:

A) LAMARCKISTAS.

B) DARWINISTAS.

3. Os diagramas a seguir representam o fixismo, a teoria evolutiva proposta por Lamarck e a Seleção natural proposta por Darwin. Analise cada imagem e identifique qual diagrama representa cada uma das teorias E JUSTIFIQUE.

(2)

4. A falsa coral se assemelha à coral verdadeira, uma serpente peçonhenta com veneno tóxico. Essa característica faz com que diversos predadores evitem a falsa coral.

Como a seleção natural favorece a população de falsas corais?

5. Na ideia da evolução dos seres vivos tivemos vários colaboradores como o francês Jean Baptiste de Monet (1744 - 1829), o cavaleiro de Lamarck. Para Lamarck, os seres evoluíam e o meio era muito importante nesse processo pois:

a) o meio ambiente fornecia condições que selecionavam os seres mais adaptados.

b) o meio ambiente induzia a mudanças nos seres vivos, adaptando-os às suas condições e, dessa forma, essas mudanças eram passadas à cria.

c) ele provocava mutações adequadas à produção de características adaptadas às condições existentes.

d) ele induzia o nascimento de seres que apresentavam características adaptadas às condições existentes.

6. Apesar de Charles Darwin ser conhecido como “o pai da evolução” por ter publicado o processo de seleção natural, outro naturalista da época chegou às mesmas conclusões de Darwin, após uma série de pesquisas. Esse naturalista era:

a) Louis Pasteur.

b) Lamarck.

c) Alfred Wallace.

d) Francesco Redi.

e) Aristóteles.

7. Sobre a teoria do cientista inglês Charles Darwin, podemos afirmar que:

I. É a teoria denominada criacionismo, que se baseia na crença religiosa de que deus criou todos os seres vivos.

II. Denomina-se teoria evolucionista e afirma que as espécies podem transformar se transformar ao longo dos tempos dando origem a novas espécies.

III. Lamarck foi o criador da teoria da seleção natural.

Dessas afirmativas podemos dizer que:

a) apenas a afirmativa I está correta.

b) apenas a afirmativa II está correta.

c) apenas a afirmativa III está correta.

d) as afirmativas I e II estão corretas.

8. Uma ideia comum às teorias da evolução propostas por Darwin e por Lamarck é que a adaptação resulta:

a) do sucesso reprodutivo diferencial.

b) de uso e desuso de estruturas anatômicas.

c) da interação entre os organismos e seus ambientes.

d) da manutenção das melhores combinações gênicas.

e) de mutações gênicas induzidas pelo ambiente.

(3)

09. Na orla litorânea infestada de borrachudos, a prefeitura jogou inseticida nas estradas, ruas e córregos para matar os insetos adultos e as larvas aquáticas. Essa pulverização matou grande quantidade de camarões e peixes de água doce que comem larvas dos borrachudos, mas não matou as fêmeas de borrachudos grávidas que voam a grande altitude. No verão seguinte, o número de borrachudos triplicou.

Qual a causa do aumento de borrachudos?

10. Os tuco-tucos (marmotas dos pampas) são mamíferos que vivem em galerias subterrâneas. A estrutura corporal desses animais tem adaptações ao hábito de viver embaixo da terra: redução da cauda, pavilhões auditivos desenvolvidos, unhas fortes, boa musculatura. Eles se alimentam de gramíneas, que cobrem as proximidades das entradas dos túneis, e de raízes. Como poderíamos explicar essas adaptações tendo como base a teoria evolutiva de Lamarck?

a) Ao longo do tempo ocorreram mutações aleatórias que sofreram a ação da seleção natural imposta pelo ambiente.

b) A ausência da cauda é consequência de um acidente ocorrido com algum antepassado.

c) Os pavilhões auditivos desenvolvidos surgiram do uso constante para percepção de vibrações sonoras.

d) As características adaptativas à vida subterrânea são o resultado de acasalamento com diferentes parceiros.

11. Atualmente, sabemos que o uso indiscriminado de antibióticos pode levar ao aumento de bactérias resistentes em determinada população desses microrganismos. Por isso, esses medicamentos só devem ser usados com prescrição e orientação médica. Sobre esse assunto, qual a teoria científica mais adequada para explicar essas bactérias resistentes?

12. Considere as seguintes afirmações:

I. Devido à necessidade de respirar ar atmosférico, certo animal passou a apresentar pulmão e transmitiu essa característica aos descendentes.

II. As toupeiras atuais têm olhos atrofiados porque seus ancestrais, por viverem sob a terra, não necessitavam da visão.

III. De tanto comer capim, o intestino dos herbívoros foi ficando cada vez mais longo.

Qual ou quais afirmativas identificam o pensamento lamarquista?

13. Alguns anfíbios e répteis são adaptados à vida subterrânea. Nessa situação, apresentam algumas características corporais como, por exemplo, ausência de patas, corpo anelado que facilita o deslocamento no subsolo e, em alguns casos, ausências de olhos.

Suponha que um biólogo tentasse explicar a origem das adaptações mencionadas no texto utilizando conceitos da teoria evolutiva de Lamarck. Ao adotar esse ponto de vista, ele diria que:

a) As características citadas no texto foram originadas pela seleção natural.

b) A ausência de olhos teria sido causada pela falta de uso dos mesmos, segundo a lei do uso e desuso.

c) O corpo anelado é uma característica fortemente adaptativa, mas seria transmitida apenas à primeira geração de descendentes.

(4)

d) As patas teriam sido perdidas pela falta de uso e, em seguida, essa característica foi incorporada ao patrimônio genético e então transmitida aos descendentes.

e) As características citadas no texto foram adquiridas por meio de mutações e depois, ao longo do tempo, foram selecionadas por serem mais adaptadas ao ambiente em que os organismos se encontram.

14. “Darwin, empolgado com as maravilhas da natureza tropical, em Salvador e no Rio, registrou: A viagem do Beagle foi sem dúvida o acontecimento mais importante de minha vida e determinou toda a minha carreira. As maravilhas das vegetações dos trópicos erguem-se hoje em minha lembrança de maneira mais vívida do que qualquer outra coisa.”

(Adaptado de: MOREIRA, I. C. Darwin, Wallace e o Brasil. In Jornal da Ciência, Ano XXII, n. 625, p. 6, 11 jul. 2008.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, marque as CORRETAS:

I. A ideia de evolução não era nova, contudo, foi Darwin que estabeleceu cientificamente o princípio da seleção natural como fator responsável pela evolução dos organismos.

II. As conclusões expostas no livro A origem das espécies levaram ao aprimoramento dos estudos de Lamarck que embasavam a teoria da geração espontânea dos organismos.

III. Em sua viagem, Darwin observou a ocorrência de processos biológicos semelhantes em áreas geográficas e com seres vivos diferentes, o que colaborou para a elaboração da Teoria da Evolução pela seleção natural.

IV. A Teoria da Evolução pela seleção natural, conhecida por darwinismo, também foi desenvolvida por Alfred Wallace que, na mesma época, estudava o fenômeno evolutivo.

15. O livro sobre a Origem das Espécies, obra científica seminal do naturalista britânico Charles Darwin, é publicado na Inglaterra em 24 de novembro de 1859. A teoria de Darwin defendia que organismos vivos evoluem através de um processo que chamou de “seleção natural”. Explique com suas palavras o que é a SELEÇÃO NATURAL DAS ESPÉCIES.

RESPOSTAS DESTA LISTA:

1. A teoria atualmente aceita, a SELEÇÃO NATURAL, não propõem a transmissão de caracteres adquiridos como sugere o texto. A seleção natural explicaria que os indivíduos que já apresentam pescoço mais longo são selecionados positivamente e deixam maior número de descendentes.

2. Lamarck explicaria que os caracóis tornaram-se escuros para poderem se camuflar no ambiente e assim protegerem-se dos tordos, as aves predadoras.

Já Darwin explicaria que os tordos permitiram uma seleção dos caracóis mais bem adaptados, ou seja,

proporia que haviam as duas variedades e que os de concha escura estavam mais bem adaptados, conseguiam sobreviver e assim deixar um maior número de descendentes (perpetuação da espécie).

3. O gráfico B representa o fixismo pois não há mudança, não há evolução da espécie representada.

O gráfico C representa as ideias de Lamarck, já que há transformação dos seres vivos, aquisição de novas características.

O gráfico A representa as ideias de Darwin, já que há variações que surgem com o tempo.

4. A falsa coral é evitada pelos predadores e assim está mais bem adaptada ao ambiente

5. b) o meio ambiente induzia a mudanças nos seres vivos, adaptando-os às suas condições e, dessa forma, essas mudanças eram passadas à cria.

(5)

Lamarck sustentou que a evolução dos organismos era guiada pelo meio ambiente: se o ambiente sofre modificações, os organismos mudam, procuram adaptar-se a ele. Assim, ao longo do tempo os organismos se modificariam, podendo até dar origem a novas espécies.

6. c) Alfred Wallace.

Charles Darwin e Alfred Russel Wallace, de forma independente, elaboraram hipóteses muito semelhantes sobre a evolução das espécies. Wallace afirmava que os seres vivos evoluíam e novas espécies surgiam por meio da SELEÇÃO DO AMBIENTE que Darwin chamou de SELEÇÃO NATURAL. Darwin e Wallace apresentaram um trabalho conjunto sobre evolução.

7. b) apenas a afirmativa II está correta.

II. Denomina-se teoria evolucionista e afirma que as espécies podem transformar se transformar ao longo dos tempos dando origem a novas espécies. – A SELEÇÃO NATURAL DAS ESPÉCIES é uma teoria evolucionista.

8. c) da interação entre os organismos e seus ambientes.

Lamarck e Darwin destacaram a importância do ambiente no processo evolutivo: para Lamarck, o ambiente era causador de modificações nos seres vivos, levando-os a evoluir. Para Darwin, o ambiente era selecionador das características, selecionava e favorecia a vida dos indivíduos mais bem adaptados ao meio.

9. O uso contínuo do inseticida promoveu uma seleção das variedades de borrachudo naturalmente resistentes a ele. Esses sobreviveram, se reproduziram. Novo uso, promove nova seleção...e assim, aumenta gradualmente o tamanho da população de insetos resistentes. A população de sensíveis torna-se cada vez menor até desaparecer (extinção).

10. c) Os pavilhões auditivos desenvolvidos surgiram do uso constante para percepção de vibrações sonoras.

Os tuco-tucos adquiriram caudas menores, pavilhões auditivos desenvolvidos, unhas fortes e boa musculatura devido à necessidade de sobreviverem embaixo da terra. Tais características, adquiridas devido ao uso (músculos, unhas) e não uso (cauda menor) foram transmitidas a toda sua prole.

11. A SELEÇÃO NATURAL DAS ESPÉCIES - A explicação para o surgimento de bactérias mais resistentes está na teoria da seleção natural das espécies, elaborada por Charles Darwin. Quando são expostas aos antibióticos, um grupo pequeno de bactérias resistentes pode sobreviver e posteriormente se reproduzir, sendo as sensíveis eliminadas gradualmente pelo uso indiscriminado do mesmo.

12. Todas são ideias que poderiam ser atribuídas a Lamarck:

I. Devido à necessidade de respirar ar atmosférico, certo animal passou a apresentar pulmão e transmitiu essa característica aos descendentes. – NECESSIDADE DE ADAPTAÇÃO;

II. As toupeiras atuais têm olhos atrofiados porque seus ancestrais, por viverem sob a terra, não necessitavam da visão.

– LEI DO USO E DESUSO;

III. De tanto comer capim, o intestino dos herbívoros foi ficando cada vez mais longo. – LEI DO USO E DESUSO.

13. b) A ausência de olhos teria sido causada pela falta de uso dos mesmos, segundo a lei do uso e desuso.

14. São verdadeiras: I, II e IV.

15. A seleção natural é um processo natural, imposto pelo ambiente, em que os organismos mais aptos são selecionados, sobrevivem no meio, reproduzem-se e passam suas características aos seus descendentes. Tais indivíduos tendem a se proliferar, ao contrário dos não adaptados que podem até ser extintos.

Imagem

Referências

temas relacionados :