LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

Texto

(1)

COMOB

COMOB

PROVAS QUESTÕES

Língua Portuguesa 01 a 15

COMPANHIA DE OBRAS E HABITAÇÃO DO MUNICÍPIO

DE GOIÂNIA

-

COMOB

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N° 001/2007

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

1. Quando for permitido abrir o caderno, verifique se ele está completo ou se

apresenta imperfeições gráficas que possam gerar dúvidas. Em seguida,

verifique se ele contém 50 questões.

3. O c

é personalizado e não haverá substituição, em caso de erro.

Ao recebê-lo, verifique se seus dados estão impressos corretamente, caso

contrário, notifique ao aplicador de prova.

4. A dura

das provas é de 4 horas, já incluídos o tempo da marcação do

c

5. Você só poderá se retirar, definitivamente, da sala e do prédio, a partir das

16h10min.

2. Cada questão apresenta 4 alternativas de resposta, das quais apenas uma é a

correta. Preencha no cartão-resposta a letra correspondente à resposta

assinalada na prova.

artão-resposta

ção

artão-resposta, a leitura dos avisos e a coleta de impressão digital.

O

N

C

U

R

S

O

P

Ú

B

L

IC

O

TECNÓLOGO EM AGRIMENSURA

16 a 50 Conhecimentos Específicos

(2)

LÍNGUA PORTUGUESA

LÍNGUA PORTUGUESA

Leia os quadrinhos para responder as questões 01 e 02.

ITURRUSGARAI, A. Folha de S. Paulo. São Paulo. 24 abr. 2007, p. E5. Ilustrada.

QUESTÃO 01 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Nos quadrinhos, pode-se interpretar da criação do 13º trabalho de Hércules que

(A) o esforço físico do herói foi proporcional ao seu esforço intelectual.

(B) o trabalho burocrático também requer um esforço de herói.

(C) os heróis gregos despendiam mais energia que os trabalhadores atuais.

(D) os gregos atribuíam ao trabalho burocrático um caráter divino.

QUESTÃO 02▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Na seqüência dos quadrinhos, o efeito de humor é cons-truído com o auxílio da

(A) metáfora. (B) ironia. (C) polissemia. (D) intertextualidade.

Leia o texto para responder às questões de 03 a 07.

Simplicidade é a norma

Grande parte dos produtos de sucesso no setor de eletrô-nicos [...] compartilha uma característica: a facilidade de uso.

Design e desempenho continuam a ser trunfos

importan-tes para atrair o consumidor, mas o plug and play — ou seja, o aparelho que entra em funcionamento assim que é ligado na tomada e se aperta o botão liga — é um argu-mento de venda mais poderoso do que nunca.

“Muito mais que oferecer as tecnologias de ponta ou os aparelhos mais sofisticados, toda a indústria deve facilitar a vida de quem usa tais tecnologias”, diz Flávio Gomes, diretor-geral da divisão de fotografia da K. para a América Latina. A área em que Gomes trabalha é um bom exem-plo das virtudes da simplicidade. No século XIX, o francês Louis-Jacques Daguerre inventou um processo de fixação de imagens, o daguerreótipo, precursor da fotografia mo-derna. Mas ela só se popularizou meio século depois, quando o americano George Eastman criou um processo simples de tirar e revelar fotos, o rolo de filme, que preva-leceu até o surgimento da fotografia digital, há uma déca-da. Hoje as máquinas digitais são cheias de recursos, mas as mais populares são as que simplificam a transfe-rência das fotos para o computador e a impressão. Nem tudo é tão fácil no mundo digital — prova disso é a varie-dade de formatos de arquivos de áudio e de vídeo, capaz de confundir o mais bem informado consumidor —, mas cada vez mais eletrônicos lidam com esses padrões dife-rentes sem a necessidade de intervenção do usuário. VEJA, São Paulo: Abril, no. 52, nov. 2005, p. 50. Edição Especial.

QUESTÃO 03 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

A aplicação da norma da simplicidade ao mundo da alta tecnologia é justificada pela

(A) dificuldade de acesso das pessoas às novas tecno-logias.

(B) satisfação de necessidades imediatas dos consu-midores.

(C) alta popularidade alcançada pelas máquinas foto-gráficas digitais.

(D) adaptação dos eletrônicos aos diferentes formatos de arquivos.

QUESTÃO 04 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Na organização do texto, a progressão das idéias se realiza segundo o esquema

(A) geral / particular / geral. (B) facilidade / dificuldade. (C) causa / conseqüência. (D) exemplo / citação / conjectura.

(3)

QUESTÃO 05 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

A fala de Flávio Gomes referenda os argumentos do autor do texto, pois

(A) prevê uma nova realidade no mundo da tecnologia de ponta.

(B) inibe a produção de aparelhos plug and play pela indústria tecnológica.

(C) traduz a autoridade proveniente de sua atividade profissional.

(D) pressupõe o lucro como o interesse principal da indústria.

QUESTÃO 06 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

No texto, um contra-argumento à tendência do mundo tecnológico para a busca da simplicidade é:

(A) O surgimento de máquinas digitais cheias de recur-sos.

(B) A existência de vários formatos de arquivos de áu-dio e vídeo.

(C) A invenção do rolo fotográfico pelo americano Ge-orge Eastman.

(D) O fato de design e desempenho serem grandes trunfos para vender produtos.

QUESTÃO 07 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Na constituição do nome plug and play observa-se uma estratégia metonímica, mostrada na relação de proximi-dade entre

(A) o inventor do aparelho e o aparelho inventado. (B) o mundo tecnológico e os recursos digitais.

(C) as ações do usuário e o modo de funcionamento do aparelho.

(D) as funções do aparelho e a conquista do público consumidor.

Leia o texto a seguir para responder às questões de 08 a 10. Conde Empreiteira de Mãos Obra Ltda

Av: Santos Dumont - 1.229 - telefax: 3364722 –Londrina - Pr.

CGC/MF 00.617.933/0001-00 Prezado Sr (a) Síndico (a)

1 Venho por esta vos comunicar-lhe que nossa empresa é especializada, em serviços de pinturas de edifícios, residências, salas comerciais, com finíssimo acaba-mento.

2 Nossos funcionários são todos profissionais treinados em suas funções, com seguro de vida, para oferecer-lhes á nossos clientes, proficionalismo, segurança de quem tem 10 anos de tradição em pinturas.

3 Nos garantimos nossos serviços prestados aos nossos clientes por um período de 05 anos.

4 Responsabilizaremos pelas obrigações trabalhista e fiscais, de modo em que nosso pessoal que prestará os serviços de mão-de-obra, sob seu comando.

5 A responsabilidade civil, trabalhista e penas de danos pessoais, acidentes de trabalho, serão por conta de nossa empresa prestadora de serviços.

6 Faremos seu orçamento sem compromisso

7 Consulte-nos pelo fone (043) 3364722 falar com Sr. Marcelino.

Conde Empreiteira de Mão de Obra LTDA LOPES, H. V. et al. Língua portuguesa. São Paulo: Editora do Brasil, 2004. p. 157.

QUESTÃO 08 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

No primeiro parágrafo, a redundância no uso pronominal tem por conseqüência

(A) estabelecimento inadequado do interlocutor.

(B) informações limitadas a respeito das especialidades da empresa.

(C) incoerência entre os objetivos da carta e o conteúdo comunicado.

(D) ocultação do referente sujeito na frase inicial.

QUESTÃO 09 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Os argumentos usados para convencer o síndico a aderir aos serviços da empreiteira

(A) são recorrentes em gêneros textuais oficiais. (B) são apropriados aos fins a que a carta se destina. (C) prejudicam a composição da imagem da empresa. (D) desconsideram o tipo de cliente visado.

QUESTÃO 10 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

No segundo parágrafo, entre os vários problemas de desvio das normas da escrita, pode-se apontar como

(4)

LÍNGUA PORTUGUESA Para responder às questões 11 e 12, leia o texto que

segue.

Para mim brincar

Nada mais gostoso do que mim sujeito de verbo no infiniti-vo. Pra mim brincar. As cariocas que não sabem gramática falam assim. Todos os brasileiros deviam falar como as cariocas que não sabem gramática.

As palavras mais feias da língua portuguesa são quiçá,

alhures e amiúde.

BANDEIRA, M. Seleta em prosa e verso. 4. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1986. p. 19.

QUESTÃO 11 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Segundo o texto, a beleza das palavras está em perten-cerem

(A) à fala coloquial. (B) ao dialeto carioca. (C) às mulheres. (D) aos brasileiros.

QUESTÃO 12 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Qual regra da gramática normativa as pessoas contrari-am quando dizem pra mim brincar?

(A) Verbos no infinitivo não exigem sujeito. (B) Pronomes oblíquos exercem função de objeto. (C) Advérbios podem se comportar como preposição. (D) Pronomes átonos dispensam preposição.

Leia o texto para responder as questões 13 e 14.

A preocupação da avó de Freyre

As avós, com as exceções de toda regra, torcem pelo sucesso dos netos. E se preocupam muito se eles têm alguma dificuldade. A avó paterna do sociólogo Gilberto Freyre (1900-1987) morreu quando ele tinha nove anos, muito preocupada porque ele estava demorando a apren-der a escrever. Supunha ela, até, que o neto fosse infrado-tado, quando depois da morte dela se constatou que, pelo contrário, ele era superdotado. Pois, aos 14 anos, o per-nambucano Gilberto Freyre não apenas escrevia muito bem em seu idioma, como ensinava inglês, e, antes de fazer 18 anos, ensinaria também francês e sabia grego. Bacharelou-se em ciências e letras aos 16 anos, aos 18 anos foi estudar nos Estados Unidos, diplomando-se em sociologia na Universidade de Baylor, no Texas. Entre suas amizades da juventude, incluíam-se os poetas Willian Yeats e Rabindranath Tagore.

O POPULAR, Goiânia, 5 mai. 2007. p. 12. Política.

QUESTÃO 13 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Segundo o texto, o que contraria as suposições da avó de Gilberto Freyre?

(A) A máxima de que toda regra tem exceções. (B) A demora do menino em aprender a escrever. (C) A precocidade e a qualidade da formação do neto. (D) A morte da avó quando ele ainda era menino.

QUESTÃO 14 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Infradotado faz parte de um grupo semântico diferente da palavra (A) infrator. (B) infra-assinado. (C) infranasal. (D) infra-som. ▬ QUESTÃO 15 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Disponível em: www.uol.com.br/millor/aberto/charges/006/index.htm. Acesso em: 6 abr. 2007.

O cartum traz uma crítica à bioengenharia, pois questiona (A) a cientificidade dos métodos usados nas

experiên-cias com células humanas.

(B) a aplicação dos recursos financeiros de incentivo às pesquisas em genética.

(C) o uso de crianças como cobaias em experiências com células-tronco.

(D) a interferência de suas descobertas no desenvolvi-mento natural da espécie humana.

(5)

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

QUESTÃO 16 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

As cartas do mapeamento sistemático brasileiro abran-gem as escalas que vão de 1/1000000 a 1/25000 e ado-tam a articulação de folhas do mundo ao milionésimo. A carta com índice de nomenclatura “SF-23” tem os limites da folha compreendidos entre

(A) as longitudes 48º e 54º oeste. (B) as latitudes 16º e 20º sul. (C) as longitudes 42º e 48º leste. (D) as latitudes 20º e 24º sul.

QUESTÃO 17 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Ao se medir um terreno retangular em uma planta topo-gráfica na escala 1/2000, foram obtidos os valores de 100 mm e 300 mm. O valor real da área do terreno é

(A) 3 ha. (B) 12 ha. (C) 60 m2.

(D) 120 ha.

QUESTÃO 18 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ As propriedades de uma projeção são preservadas em todos os pontos de um mapa, com exceção dos pontos em que o teorema de Tissot não se aplica. Dentre as pro-priedades especiais mais importantes de um sistema de projeção, as três propriedades que se destacam corres-pondem à não-deformação de ângulos, à não-deformação de área e à não-deformação linear. Dessa forma, na construção de um mapa adequado para medir áreas deve ser utilizada a propriedade

(A) conforme. (B) eqüidistante. (C) equivalente. (D) afilática.

QUESTÃO 19 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ A Carta Internacional ao Milionésimo utiliza o Sistema UTM (Universal Tranverso de Mercator) em suas repre-sentações. Este Sistema tem como características:

(A) ser uma projeção equivalente, cilíndrica, tangente à esfera modelo na linha do equador e adotar os

sis-(C) possuir um único meridiano central com fator de deformação de escala (k) igual a 1,0000 e duas li-nhas de secância com fator de deformação de esca-la (k) igual a 0,9996.

(D) ser uma projeção conforme, cilíndrica, secante ao elipsóide e ter fator de deformação de escala (k) no Meridiano Central igual a 0,9996 e nos meridianos de secância igual a 1,0000.

QUESTÃO 20 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ A Fotogrameria utiliza técnicas para obter a visão estere-oscópica por meio de pares estereoscópicos. Uma das técnicas empregadas é o anaglifo, que consiste em, utili-zando-se do par estereoscópico, projetar as imagens no monitor

(A) em cores complementares. Com o uso de óculos especiais (com filtro) o operador visualiza o modelo em 3D.

(B) em uma tela polarizada, onde uma fotografia será projetada com o eixo de polarização na horizontal, e a outra fotografia será projetada com eixo de polari-zação na vertical. Utiliza-se óculos especiais para vi-sualizar o modelo em 3D.

(C) em intervalos consecutivos. Utilizando óculos obtu-radores, o operador visualiza o modelo em 3D. (D) de tal forma que a imagem da fotografia da direita

seja projetada à esquerda no monitor e a imagem da fotografia da esquerda projetada à direita no monitor. Com o uso de óculos especiais que permitem a vi-são cruzada, o operador vê em 3D.

QUESTÃO 21 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ A coordenada Z (altitude de um ponto) pode ser obtida pela medida da paralaxe que representa o deslocamento aparente de um objeto em duas fotografias

(A) adjacentes e será tanto maior quanto mais alto esti-ver o objeto do terreno fotografado.

(B) consecutivas e será tanto maior quanto mais alto estiver o objeto do terreno fotografado.

(C) adjacentes e será tanto maior quanto mais baixo estiver o objeto do terreno fotografado.

(D) consecutivas e será tanto menor quanto mais alto estiver o objeto do terreno fotografado.

QUESTÃO 22 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Uma área foi coberta por fotografias aéreas verticais. A altitude de vôo foi de 4800 m, a distância focal da câmara aérea foi de 150 mm e os pontos de menor e de maior altitude da região possuem, respectivamente, 1100 m e 1900 m. Qual é a escala nominal do levantamento aerofo-togramétrico?

(6)

TECNOLOGO EM AGRIMENSURA_COMOB

QUESTÃO 23 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Em um levantamento geodésico realizado nas imediações do Meridiano Central de um Fuso da Projeção UTM, me-diu-se uma distância geodésica de 1000 metros. Qual deverá ser a deformação dessa distância ao ser transpor-tada para a projeção?

(A) 0,1 mm. (B) 40 cm. (C) 4 cm. (D) 4 m.

QUESTÃO 24 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Um operador displicente anotou a seguinte leitura de mira (mm): FS: 1350, FM: 1000 e FI: 750. Ao chegar no escri-tório percebeu que a leitura estava errada. Admitindo-se que a constante de multiplicação seja igual a 100, que o ângulo zenital seja igual a 90º e que a leitura do FM esteja correta, as possíveis distâncias entre o instrumento e o ponto são: (A) 100 m, 140 m (B) 60 m, 70 m (C) 50 m, 70 m (D) 35 m, 65 m ▬ QUESTÃO 25 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Considere o conjunto de coordenadas de um polígono, constante da tabela abaixo.

Ponto X Y 1 100 100 2 120 100 3 130 120 4 110 140 A área do polígono é (A) 1400 m2 (B) 700 m2 (C) 7000 m2 (D) 800 m2 ▬ QUESTÃO 26 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Em uma localidade qualquer, no dia 01/ julho/ 1995, a declinação magnética local valia dm = - 15º. Consideran-do uma variação anual da declinação magnética de -6’, o valor da declinação magnética no dia 01/ janeiro/ 2007, para este mesmo local, equivale a:

(A) -15º. (B) -16º 06’. (C) -16º 09’. (D) -13º 51’.

QUESTÃO 27 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Um agrimensor instalou um teodolito em um pátio plano para medir a altura de um prédio. Este teodolito foi insta-lado a uma distância de 25 metros do prédio, com uma altura de instrumento igual a 1,5 metros. O agrimensor mediu um ângulo vertical de 45º, apontando a luneta do teodolito para o topo do prédio. Qual seria a altura deste prédio? (A) 25 metros (B) 26,5 metros (C) 23,0 metros (D) 50 metros ▬ QUESTÃO 28 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Em uma poligonal com 5 pontos, obtiveram-se as seguin-tes medidas:

Est Vante Angulo

Horizontal Ângulo Zenital Dist. (m) Azimute

1 2 120º 30’ 93º 00’ 120,05 100º 00’ 2 3 140º 20’ 60º 00’ 30,50

3 4 95º 10’ 95º 10’ 45,00 4 5 35º 00’ 45º 00’ 100,10 Os azimutes encontrados nos alinhamentos foram: (A) AZ2-3 = 240º 20’; AZ3-4 = 335º 30’; AZ4-5 = 10º 30’.

(B) AZ2-3 = 160º 00’; AZ3-4 = 255º 10’; AZ4-5 = 300º 10’.

(C) AZ2-3 = 340º 00’; AZ3-4 = 255º 30’; AZ4-5 = 120º 10’.

(D) AZ2-3 = 60º 20’; AZ3-4 = 335º 30’; AZ4-5 = 190º 30’.

QUESTÃO 29 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Considere a planilha de um nivelamento, conforme a ta-bela abaixo. PN Ré (m) Vante (m) Cota (m) 1 3,000 100,000 2 2,000 3 2,500 1,500 4 3,500 5 3,000

Os valores das cotas dos pontos relacionados são (A) Cota 2 = 102,000; Cota 3 = 103,500; Cota 4 =

108,000; Cota 5 = 111,000.

(B) Cota 2 = 101,000; Cota 3 = 101,500; Cota 4 = 103,500; Cota 5 = 113,000.

(C) Cota 2 = 101,000; Cota 3 = 101,500; Cota 4 = 100,500; Cota 5 = 101,000.

(D) Cota 2 = 101,000; Cota 3 = 101,500; Cota 4 = 99,500; Cota 5 = 100,000.

(7)

QUESTÃO 30 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Considerando uma folha padrão, no formato A3 (ABNT), de 297 x 420 mm, com uma área útil de desenho de 150mm x 300mm, a escala ideal para desenhar uma área de 200 x 600 metros de um lote rural é

(A) 1/1333 (B) 1/2000 (C) 1/1000 (D) 1/1500

QUESTÃO 31 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Sabe-se que a figura abaixo é a representação de um tipo de relevo.

Esta figura representa (A) um talvegue. (B) um vale. (C) uma garganta. (D) uma encosta.

QUESTÃO 32 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

A produção de cartas topográficas utiliza vários tipos de softwares, dentre eles, o AutoCad. Algumas ferramentas de desenho desse software são muito utilizadas, poden-do-se citar as seguintes funções:

(A) line e trim. (B) trim e extend. (C) trim e polyline. (D) line e arc.

QUESTÃO 33 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Geodésia é a ciência que estuda as formas e dimensões da Terra. Desta forma, em Geodésia, a curvatura da Terra

(C) é levada em consideração e utiliza-se como referen-cial o elipsóide em virtude do achatamento dos pólos provocado pelo movimento de rotação da Terra. (D) é levada em consideração e utiliza-se como

referen-cial o plano em virtude das áreas mensuradas serem inferiores a um raio de 25 km.

QUESTÃO 34 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Ao trabalhar com Geodésia, são consideradas algumas superfícies de estudo: superfície física, geóide e elipsóide de revolução. A esse respeito, observe a figura abaixo.

Nessa figura há a seguinte situação:

(A) h representa a altitude geométrica de P. (B) H representa a ondulação geoidal de P. (C) h representa a altitude ortométrica.

(D) N representa o Raio de Curvatura da Seção Meridiana

QUESTÃO 35 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Quando se realiza a mudança entre diferentes sistemas de referência geodésicos, são utilizados alguns parâme-tros, dentre eles, os parâmetros de translação (∆x, ∆y e ∆z). Esses parâmetros (∆x, ∆y e ∆z) são aplicados dire-tamente sobre as coordenadas

(A) cartesianas tridimensionais do sistema de origem. (B) geodésicas do sistema de origem.

(C) topográficas planas do sistema de origem. (D) astronômicas elipsóidicas do sistema de origem.

QUESTÃO 36 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Em Geodésia, uma superfície equipotencial é definida por um conjunto de pontos de mesmo potencial gravitacional. São consideradas superfícies equipotenciais:

(8)

TECNOLOGO EM AGRIMENSURA_COMOB

QUESTÃO 37 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

O transporte de coordenadas geodésicas consiste na obtenção de coordenadas de pontos por propagação desde um ponto origem de coordenadas conhecidas. Existem duas situações, denominadas de problema direto e problema inverso. Em Geodésia, o problema

(A) direto, tem a finalidade de determinar a distância e o azimute entre dois pontos de coordenadas geodési-cas (latitude e longitude) conhecidas.

(B) inverso, tem a finalidade de determinar as coordena-das de um ponto em função coordena-das coordenacoordena-das topo-gráficas de outro ponto, da distância e do azimute conhecidos.

(C) direto, tem a finalidade de determinar as coordena-das de um ponto em função coordena-das coordenacoordena-das geo-désicas de outro ponto, da distância e do azimute conhecidos.

(D) inverso, tem a finalidade de determinar a distância e o azimute planos entre dois pontos de coordenadas astronômicas (latitude e longitude) conhecidas.

QUESTÃO 38 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Em Geodésia, podem ser citados dois tipos de elipsóides terrestres: o topocêntrico e o geocêntrico. Esses elipsói-des são tomados como base para a geração dos sistemas de referência geodésicos. Dessa forma, os sistemas: (A) WGS84 e SAD69 utilizam elipsóides geocêntricos. (B) SAD69 e Córrego Alegre utilizam elipsóides

topocên-tricos.

(C) WGS84 e SIRGAS2000 utilizam elipsóides topocên-tricos.

(D) SAD69 e SIRGAS2000 utilizam elipsóides topocên-tricos.

QUESTÃO 39 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

O princípio de funcionamento do sistema de posiciona-mento GPS considera a necessidade do uso de pelo me-nos 4(quatro) satélites. Sendo assim,

(A) três satélites determinam a posição tridimensional dos pontos (X,Y,Z) e o quarto satélite fica como re-serva.

(B) dois satélites determinam as coordenadas X e Y de um ponto e os outros dois satélites são usados du-rante a troca de antenas.

(C) três satélites determinam as coordenadas tridimen-sionais de um ponto e o quarto é utilizado para corri-gir o erro de não-sincronismo entre os relógios (saté-lite/receptor).

(D) três satélites determinam a posição tridimensional de um ponto e um quarto é utilizado para corrigir o erro de refração ionosférica.

QUESTÃO 40 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Os receptores de sinais do sistema GPS podem ser clas-sificados de diferentes formas, dentre elas:

(A) receptores militares, de controle e absolutos. (B) receptores de uso civil, de navegação e militares. (C) receptores de ondas de rádio, de microondas e

la-ser.

(D) receptores de navegação, geodésicos, para SIG e de aquisição de tempo.

QUESTÃO 41 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Os receptores de sinais do sistema GPS de uso civil apresentam vários componentes. Dentre eles, podem-se citar:

(A) antena, microprocessador e oscilador de quartzo. (B) tripé, antena e oscilador de césio.

(C) nível de bolha, antena, interface e câmara CCD. (D) antena, bateria e oscilador de quartzo e césio.

QUESTÃO 42 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

O sistema de posicionamento GPS utiliza algumas técni-cas de posicionamento. A técnica de posicionamento (A) relativo é utilizada exclusivamente com receptores

de navegação e tem pouca precisão.

(B) absoluto pode também ser definida como uma técni-ca de posicionamento isolado.

(C) absoluto pode também ser definida como uma técni-ca de posicionamento controlado.

(D) relativo é impossível de ser executada com recepto-res em movimento.

QUESTÃO 43 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Uma das utilidades do sistema de posicionamento GPS diz respeito ao seu uso na determinação altimétrica. Ao trabalhar com o sistema GPS, obtém-se

(A) um nivelamento de baixa precisão.

(B) um erro altimétrico 10 vezes inferior ao erro planimé-trico.

(C) a determinação de altitudes geométricas dos pontos ocupados.

(D) um nivelamento mais preciso que um nivelamento geométrico de alta precisão (ABNT).

(9)

QUESTÃO 44 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

De acordo com vários autores, o cadastro técnico é o registro público do valor, da extensão, da natureza e das confrontações dos bens de uma região. Sendo assim, a coleta de dados de um cadastro técnico

(A) urbano pode ser realizada com o uso de Boletins de Informações Cadastrais (BIC) e alguns tipos de apoio de campo.

(B) rural utiliza os Boletins de Informações Cadastrais (BIC) para posicionar as sedes das propriedades. (C) urbano e rural, em sua parte descritiva, é realizada

por levantamentos topográficos e geodésicos. (D) urbano é realizado por Fotogrametria e GPS, por se

tratar de métodos mais precisos e de menor custo.

QUESTÃO 45 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

A construção de uma estrada tem várias etapas de traba-lho, tais como: o anteprojeto, o projeto, a locação e a construção da estrada propriamente dita. Para a locação de uma curva circular simples, utilizam-se alguns elemen-tos importantes, tais como: Tangente (T), Ponto de Co-meço da Curva (PC), Ponto de Término da Curva (PT), Ponto de Interseção (PI), Comprimento da Curva (C) e Ângulo Central (AC). Considerando pi (π) = 3,14; o Raio da Curva = 300m e a Tangente (T) = 300m, determine AC e C. (A) AC = 45º e C = 235,5metros. (B) AC = 90º e C = 471,0 metros. (C) AC = 45º e C = 471,0 metros. (D) AC = 90º e C = 235,5 metros. ▬ QUESTÃO 46 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

A Modelagem Digital de Terrenos (MDT) é uma represen-tação computacional da distribuição de um fenômeno espacial que ocorre em uma determinada região da su-perfície terrestre. Dessa forma, a MDT

(A) suprime os cálculos matemáticos no processo da geração de modelos digitais.

(B) modela, entre outros, relevos, crescimentos popula-cionais, dados ambientais e horizontes geológicos. (C) recupera dados escassos e perdidos durante a

cole-ta de dados.

(D) elimina o uso de interpolações para se aproximar da forma real do relevo, pois está em meio digital.

QUESTÃO 47 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

De acordo com a Norma Técnica para Georreferencia-mento de Imóveis Rurais (INCRA), pode-se dizer que tem por objetivo:

(C) fixar prazos legais para o georreferenciamento de imóveis rurais.

(D) definir custos legais para a execução do georrefe-renciamento dos imóveis rurais no Brasil.

QUESTÃO 48 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

De forma geral, com relação aos padrões de precisão e acurácia, para o georreferenciamento de imóveis rurais, citado na Norma Técnica para Georreferenciamento de Imóveis Rurais (INCRA),

(A) os termos (precisão e acurácia) se equivalem pois apresentam os mesmos erros.

(B) a precisão está relacionada ao grau de aproximação de uma grandeza observada em relação ao seu va-lor verdadeiro.

(C) a precisão está relacionada à variação entre os valo-res observados.

(D) a acurácia esta relacionada à variação entre os valo-res observados.

QUESTÃO 49 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Segundo a Norma Técnica para Georreferenciamento de Imóveis Rurais (INCRA), nos trabalhos de campo para o georreferenciamento de vértices materializados no terre-no, esses vértices devem ser codificados como

(A) PRF M 0001 (B) PRF V 0001 (C) PRF P 0001 (D) PRF VV 001

QUESTÃO 50 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

De acordo com a Norma Técnica para Georreferencia-mento de Imóveis Rurais (INCRA), alguns tipos de poligo-nais são definidos para determinados levantamentos com diferentes exigências de precisão. Assim, as poligonais (A) de apoio básico deverão apresentar um erro máximo

de ± 500 mm.

(B) de apoio imediato deverão apresentar um erro má-ximo de ± 200 mm.

(C) para fins topográficos deverão apresentar um erro máximo de ± 150 mm.

(D) para fins topográficos deverão apresentar um erro máximo de ± 100 mm.

Imagem

Referências

temas relacionados :