Patagonia Run Mountain Hardwear 2016 Guia do Participante 130k

Texto

(1)

V.03 – março 2016

Patagonia Run Mountain Hardwear 2016 | Guia do Participante | 130k

1. Descrição geral do “Patagonia Run 2016 | 130k”

Descrição do percurso | Classificação do percurso | Data da corrida | Horário de largada | Horário de finalização

2. Credenciamento e Entrega de Kits | Palestra Técnica (Briefing da prova)

3. Largada | Guarda-volumes | Chegada | Pasta Party | Entrega de Prêmios

4. Informação sobre o percurso.

Postos de Assistência | Serviços em postos | Circuito mapa | Altimetria | Marcação do Circuito | Postos de Desqualificação com Encerramento do Circuito | Protocolo de Abandono | Lixo

5. Elementos Obrigatórios

Recomendações de equipamento.

6. Posto de Assistência Total

7. Dicas de Corrida

8. Contato

1. Descrição geral do “Patagonia Run 2016 | 130k”

Descrição do percurso

O Patagonia Run em San Martín de los Andes, Argentina é um desafio único para atletas de trilhas de montanha de todos os níveis. Nos 130k, os participantes encontrarão um terreno semi–técnico e técnico, com uma combinação de diferentes tipos de trilhas, que incluem sendas de montanha com inclinações variáveis e terrenos com diversos solos com um desnível acumulado positivo estimado em 7777 metros aprox. O ponto mais alto estará a 1785msnm. 95% do circuito ocorre em trilhas de montanha. Este será um verdadeiro teste de resistência de corridas off - road pela beleza das maravilhosas paisagens de outono multicolorido das regiões próximas a San Martín de los Andes, tornando-o um evento único em sua classe, uma verdadeira ultramaratona de montanha.

Classificação do percurso, dados apresentados por ITRA

Endurance points: 5 points (Maximum posible = 6) Mountain level: (Maximum posible = 8) Finisher level: (Maximum posible = >900)

(2)

Data

Sexta-feira, 8 e Sábado 9 de abril de 2016

Horário de Largada

Sexta-feira, 8 - 19h30 – Centro Cívico San Martín de los Andes

Horário Máximo de Finalização

Sábado 9, 22h45

2. Credenciamento e Entrega de Kits / Palestra Técnica

Posto de Corrida – Le Village Events Center (Rua General Roca 816 - San Martín de los Andes)

 Credenciamento - Apresentar-se com DNI (documento de identidade) e Exame de Aptidão Médica

Horário

QUARTA-FEIRA, 6 de abril 17h00 a 21h00 QUINTA-FEIRA, 7 de abril 9h00 a 21h00 SEXTA-FEIRA, 8 de abril 9h00 a 18h00

 Entrega de Kit de corrida, pulseira de Tyvek® para Pasta Party no Festival de Chegada, Chip

,

número de Tyvek® e Sacolas para Postos de Assistência Total

Posto Neutro

– Hotel Patagonia Plaza -Av. San Martín 502

-

San Martín de los Andes.

 Camiseta Oficial de Corrida apresentando o número de Tyvek® , ao mesmo tempo do credenciamento.

 Recepção de Sacolas para Postos de Assistência Total (PAS Colorado e PAS Quechuquina - quinta-feira de 18h00 a 21h00 e sexta-quinta-feira de 9h00 a 18h00.)

 Tirar a Foto de Presente

Palestra Técnica (Briefing da prova) 100k e 130k - Obrigatória

12h00 SEXTA-FEIRA, 8 de abril

Ginásio Esc. 134, Rua R. Roca e Capitán Drury.

3. Largada | Guarda-volumes | Chegada | Pasta Party | Entrega de Prêmios

Largada

Sexta-feira, 8 - 19h30 – Centro Cívico San Martín de los Andes.

Guarda-volumes

Serviço gratuito de guarda-volumes para corredores: a. Recepção a partir das 18h30 no Centro Civico.

b. Entrega de elementos do guarda-volumes no Posto de Corrida - Gral. Roca 816 - mediante a apresentação do número de Tyvek® do corredor ou de documento de identidade - Horário sábado 9, das 11h00 à 01h00.

Chegada

Local: Av. San Martín e Mariano Moreno, em frente ao Dublin South Pub.

(3)

Pasta Party

Durante o Credenciamento, a organização entregará uma pulseira de Tyvek® que será a identificação oficial para receber em Dublin South Pub sua Pasta Party da Meta.

Os familiares poderão acompanhá-los e poderão escolher entre o Cardápio Patagonia (talharins com molho misto, uma bebida e sobremesa) ou o Cardápio à La Carte, pagando diretamente no restaurante.

Entrega de Prêmios 42k | 70k | 100k | 130k

Sábado, 9 de abril - 21h30

Ginásio Esc. 134, Rua R. Roca e Capitán Drury

4. Informação sobre o percurso.

Convênios especiais de passagem com campos privados, instituições e população com áreas de pastoreio obrigam a não habilitar o acesso às trilhas até 72 horas antes da competição.

Circuito Mapa

Em breve

Altimetria

Características do Circuito

**Data Tracks analisados com Software Topofusion com correção 1,5**

Distância (Distância Real em Km) ** D+ **D- Altura Max Altura Mín Km Subida Km Baixada Km Plano Média Subida Máx pendente subida Média Baixada Máx pendente Baixada 130K (131,2Km) 7777 -7782 1785 640 44 42 45 10,1% 30% 11% -42%

(4)

Postos de Assistência (PAS)

130K

Postos de Assistência Distância(*) da Largada (km) Distancia(*) ao seguinte PAS (km)

PAS Trompul 7,2 12,8

PAS Bayos 1 (ida) 20 11,8

Hidratação Rosales 31,8 8,4

PAS CORFONE 40,2 7

Hidratação CORFONE 47,2 11,4

PAS Colorado 1 (ida) 58,6 8,9

PAS Quilanlahue 1 (ida) 67,5 14,9

PAS Quechuquina 82,4 6,8

Hidratação Quechuquina 89,2 8,8

PAS Coihue 98 6,8

PAS Quilanlahue 2 (volta) 104,8 8,4

PAS Colorado 2 (volta) 113,2 8,9

PAS Bayos 2 (volta) 122,1 9,1

Meta 131,2

Serviços em postos

Largada

 Serviço café da manhã

Água | Powerade | Chá | Café | Barras de Cereais

Guardavolumenes

Banho

PAS Trompul

 Água | Powerade | Chá | Café | Caldo | Bananas | Barras de Cereais | Eucalyptus Gummies | Passas de Uva  Segurança médica  Banho Hidratação Rosales  Água | Powerade. PAS Rosales

Água | Powerade | Chá | Café | Bananas | Barras de Cereais | Eucalyptus Gummies | Passas de Uva | Ácidos Doces

Segurança médica

(5)

PAS Corfone

Água | Powerade | Chá | Café | Caldo | Bananas | Barras de Cereais | Eucalyptus Gummies | Passas de Uva | Ácidos Doces

Segurança médica

Banho

Hidratação Corfone

 Água | Powerade | Barras de Cereal

PAS Colorado - Posto de Assistência Total

Água | Powerade | Soda | Chá | Café | Caldo | Caldo de Munição | Bananas | Barras de Cereais | Sacramentos | Empanadas Presunto e Queijo | Batatas Fritas | Eucalyptus Gummies | Passas de Uva | Ácidos Doces

Segurança médica

Banho

Sacola de Assistência Total

PAS Quilanlahue

Água | Powerade | Soda | Chá | Café | Caldo| Caldo de Munição |Bananas | Barras de Cereais | Sacramentos | Empanadas Presunto e Queijo | Batatas Fritas | Eucalyptus Gummies | Passas de Uva | Ácidos Doces

Segurança médica

Banho

PAS Quechuquina - Posto de Assistência Total

Água | Powerade | Soda | Chá | Café | Caldo | Bananas | Barras de Cereais | Sacramentos | Torta Presunto e Queijo | Eucalyptus Gummies | Passas de Uva | Ácidos Doces | Doce Mel

Segurança médica

Banho

Sacola de Assistência Total

Hidratação Quechuquina

 Água | Powerade | Chá | Café | Caldo

PAS Coihue

 Água | Powerade | Soda | Chá | Café | Caldo | Bananas | Barras de Cereais | Eucalyptus Gummies | Passas de Uva | Ácidos Doces | Doce Mel

PAS Bayos

Água | Powerade | Soda | Chá | Café | Caldo | Bananas | Barras de Cereais | Sacramentos | Eucalyptus Gummies | Passas de Uva | Ácidos Doces

Segurança médica

Banho

Meta

 Água | Powerade | Bananas | Barras de Cereais | Eucalyptus Gummies | Ácidos Doces | Doce Mel

 Segurança médica

 Banho

 Guarda-Volumenes

(6)

Marcação de Circuitos

Os circuitos estão claramente identificados em toda sua extensão para que os competidores possam correr sem riscos de extravios.

Há três tipos de marcas, umas para o trajeto do circuito fitas brancas com logotipo Patagonia Run e as Fitas Refletivas, outras para os setores onde é preciso ter precaução fita amarela.

Então, há três classes de fitas:

Fita Branca com logotipo Patagonia Run ·: Fita principal que marca todos os percursos. Os

competidores só devem se orientar por estas fitas para saber que estão na trilha ou setor da corrida. No bosque, as fitas serão colocadas nas árvores, arbustos e canas. Nas pampas, elas serão colocadas nas canas. Os corredores devem seguir as marcas. Se em algum trecho de bosque ou clareira não é possível ver as fitas brancas, os competidores deverão retornar até o último ponto onde avistaram uma fita. As marcas com fitas serão mais frequentes em setores intrincados do bosque ou da montanha. Onde exista uma única trilha ou pampa, estas serão colocadas com uma distância suficiente de modo que os competidores, com só olhar, possam identificar o itinerário sem se perder.

Fita Amarela: As trilhas ou caminhos que estão proibidos transitar serão fechados unicamente com

fitas amarelas. Os atletas não devem cruzar nenhum setor com fita amarela. Mesmo assim, por causa da neve, ou por falta de contraste será necessária marcação adicional. Por isso, serão usadas, tanto as fitas brancas, como as amarelas juntas para sinalizar o sentido da corrida.

Fitas Refletivas Brancas: Como reforço da marcação desde a Largada até a META haverá marcação

com fita refletiva, com distâncias variáveis a fim de serem empregadas como sinalização desde a largada até a saída do sol e no caso de estar ainda no circuito quando a luz diminuir (18h00 aprox.). Com a luz frontal poderão seguir o trajeto.

Em todos os cruzamentos críticos haverá bandeirinhas sinalizando o caminho correto.

Devido à extensão dos percursos, para os setores com múltiplos cruzamentos de trilhas e as variações do terreno, recomendamos aos competidores olhar constantemente para frente à procura das fitas de identificação. Haverá abundante marcação, mas é importante não ingressar inadvertidamente em trilhas não sinalizadas nem em atalhos e seguir as instruções dos bandeirinhas, a fim de evitar extravios. É

importante observar a marcação e a indicação dos PAS. Não tomar como referência o corredor à nossa frente.

Postos de Desqualificação com Encerramento de Circuito

Haverá postos de Descalificación com encerramento do circuito. Os horários de corte foram estabelecidos com margens holgados para que os competidores possam completar o percurso No entanto, o participante que chegue a estes postos após o horário definido como limite pela organização, não poderá seguir participando por razões estritas de Segurança. Não lhe reassociará a outra distância menor. Sua classificação aparecerá como "DNF " (sigla internacional que significa Não tem completado o percurso). O registro individual da aplicação desta regra ficará no posto.

A decisão de finalizar no ponto mencionado será INAPELÁVEL.

Os atletas que abandonarem a corrida ou que estiverem fora dos horários máximos dos postos de controle serão trasladados em veículos da organização até Posto de Corrida em centro da cidade. Os traslados serão realizados mediante determinação da organização.

(7)

Postos de Assistência

Horário REGULAMENTAR a partir do qual NÃO pode SAIR um

Hora de Corte PAS

(*) competidor ao próximo PAS

PAS Quechuquina

15:30 hs

Hidratação

Quechuquina

16:30 hs

PAS Coihue

17:00 hs

(Última subida ao Cº Quilanlahue)

PAS Quilanlahue 2

(volta)

18:30 hs

PAS Colorado 2

(volta)

19:30 hs

PAS Bayos

(volta)

20:45 hs

Meta

22:45 hs

(*) Refere-se à hora relógio e NÃO às horas de corrida.

Protocolo de Abandono

Em caso de abandono, o competidor tem a obrigação intransferível de avisar à organização. O aviso só será recepcionado pelo chefe de cada um dos Postos, seja nos PAS, na Largada ou Meta. Os bandeirinhas ou pessoal fora desses lugares, não registrarão o aviso de abandono. Os traslados serão realizados mediante determinação da organização.

Lixo

A competição ocorre dentro do Parque Nacional Lanín. Sem dúvida, o contexto paisagístico onde é realizada constitui um fator chave da grande parte do sucesso do evento. Conservar esta paisagem é tarefa de todos nós, daqueles que moramos aqui e dos visitantes. Por esse motivo, solicitamos sua colaboração, não deixando resíduos durante a corrida. Haverá contêineres de resíduos dentro dos Postos de Assistência e a 100 m da saída para a trilha.

Seremos inflexíveis com as pessoas que joguem lixo nos circuitos através da desqualificação. Ter uma corrida limpa depende de todos nós.

5. Elementos Obrigatórios

- Apito de emergência ou náutico (adequado para a atividade).

- Lanterna Frontal.

Deverão largar com luz frontal colocada e acesa até as 08.00 h. Não serão aceitas luzes

com mau funcionamento ou com escassa iluminação. Nenhum corredor poderá sair do posto Colorado 2 sem sua luz dianteira colocada depois das 17h00min. e a partir das 18h45min deverá estar acesa para realizar os últimos quilômetros sem inconvenientes.

-Exame Médico. Texto sugerido: ..(Nome e sobrenome, CPF)... Encontra-se fisicamente apto/a para participar do Patagonia Run ...k (Data e assinatura do médico)

Recomendações sobre o tipo de equipamento

Dependerá do clima, porém recomendamos o seguinte:

o Pochete com bolso para garrafa de água ou camelbak, ou mochila com kit de hidratação. É conveniente que tanto a mochila como a pochete não sejam muito grandes, porque deverão atravessar alguns lugares estreitos (por exemplo, cercas). Além disso, deverão levar todo o lixo gerado até o próximo Posto de Assistência.

o Manta de sobrevivência.

(8)

o Luvas tipo segunda pele impermeáveis e respiráveis. Esperam-se temperaturas abaixo de 0C°

durante a madrugada.

o Indumentária térmica transpirável. (fleece)

o Casaco Respirável 1ra camada, pelas prováveis temperaturas muito baixas o Casaco corta-vento ou anorak resistente à água.

o Calças (leggings). Há setores do circuito com abrolhos e, por esse motivo as calças, preferentemente, devem possuir alto conteúdo de lycra (escorregadia). Recomenda-se o uso de calças leggings, devido à previsão de clima frio.

o Tênis com boa tração.

o Polainas baixas para os tênis, a fim de evitar abrolhos, lama e pedras. o Gola Multifuncional (espécie de cachecol de tecido elástico tubular) o Protetor solar.

o Boné.

o Óculos: levar em consideração que transitarão por setores de bosques sombrios e também por áreas de pampas abertas e ensolaradas, tendo que adaptar os óculos.

o Caneleiras leves: devido ao trânsito prolongado por trilhas de baixa vegetação, este suplemento protege as pernas de lesões.

Nota: Ter mudas de roupas secas suficiente para 2 postos.

6. Postos de Assistência Total

Posto Colorado (1 e 2 são iguais) - Posto Quechuquina

Caso for necessário, os participantes poderão deixar seu equipamento no em Posto Neutro, na quinta-feira ou na sexta-quinta-feira. A Organização o colocará dentro de uma sacola e o trasladará, no dia da corrida, aos Postos de Assistência Total El Colorado (1 e 2) e Quechuquina.

As sacolas serão fechadas na frente do corredor, com uma identificação do Posto em que serão encaminhadas e com o número do corredor. O participante receberá um comprovante, que será condição obrigatória apresentar para retirá-lo no Posto de Corrida no dia sábado, das 22h00 à 01h00 e no dia domingo das 06h30 às 18h00.

Todas as sacolas não retiradas serão encaminhadas, na segunda-feira, ao Posto de NQN Eventos e ali permanecerão durante 7 dias. Após esse período não se receberão reclamações.

O peso do equipamento deve ser no máximo, de 4,5 quilos. Os corredores poderão deixar só uma sacola por Posto de Assistência Total. As sacolas de equipamento não serão refrigeradas. A Organização não é responsável pela perda de sacolas.

7. Dicas de Corrida

Terreno: Largada na Praça San Martín em pleno centro. Subida por asfalto e ruas de terra de 1,5 Km, até a interseção com a Rodovia 48. Logo após, caminho de veículos plano e em baixada até o primeiro PAS (Km 7,2). Desde aí, continua o caminho veicular sinuoso com subidas e baixadas pronunciadas até escalada bem empinada que leva à vertente da Pampa de Trompul. Logo, subida à trilha aberta e quase plana que rodeia a serra Curruhuinca até o novo cruzamento da Rodovia 48 e descida até o PAS

(9)

Bayos1 (Km 20). Desde ali ascende-se por trilhas largas e campo arteira até senda em altura que faldea a Cº Colorado em direção este, para Laguna Rosales. Ao chegar à Laguna desce-se por trilhas livre e bem marcadas até caminho de acesso ao PAS Bayos e se liga o percurso de 21/42/70/100K (Km 27,5). Desde então, trilhas com escaladas livres até o km 30, logo, trilhas estreitas, planas e de direção variável até o Km 32. Depois se segue em trilhas estreitas com subidas e baixadas pronunciadas até o filo (1335 msnm), onde se avista o Lago Lolog. Desde aí, descendem por Pinheiral empinado até caminho veicular da vertente do Lago Lolog. Logo, continua em caminho veicular livre até o PAS CORFONE (Km 40,2). A partir deste ponto a subida é persistente com algumas baixadas pelos caminhos e trilhas madeireiras, até chegar à Hidratação CORFONE (Km 47,2). ATENÇÃO neste trecho, porque a poucos mts do PAS CORFONE há um desvio à direita para os 130k. Deben dobrar a direita para Hidratación CORFONE. Os de 100K seguem direito!! Terá cartaz. A 500 m, entrada à nova trilha para o cume do Cº Colorado por trilhas estreitas, sinuosas com subida gradual, porém sustentável. Desde o cume do Cº Colorado baixada muito empinada por trilhas livres até a Pampa de Trompul, onde se encontram os circuitos de 42k e 70K até o PAS Colorado1. (Km 58,6). Logo, se segue o mesmo circuito que 70k e 100K até o PAS Quilanlahue1 (Km 67,5). ATENÇÃO

, n

este ponto o percurso se separa de 70K e segue o mesmo percurso dos 100K. Rodeiam o grande Mallín (mangue) Quilanlahue por trilhas e campo de cross-country plano, até chegar à trilha final de subida e baixada até o PAS Quechuquina (Km 82,4). ATENÇÃOque neste trecho não há PAS ou Hidratación durante 15 km. Em Quechuquina por trilhas com pouco desnivel mas serpenteantes em bosque de pinos e depois por costa de Lago Lacar. Saida de Quechuquina por subida constante com partes empinadas no bosque. ATENÇÃO à marcação. No Mallín (mangue) do Jabalí começa uma descida suave até o PAS Coihue (Km 98!). Desde este PAS, a subida é muito empinada com trilha livre até o cume de C° Quilalahue (1650 msnm). Baixada muito empinada com terreno de areia solta até o PAS Quilanlahue2 (Km 104,8). Regresso pelo caminho veicular e trilhas com subidas livres até o Mallín Vásquez e retorno ao PAS Colorado2 (Km 113,2). Volta à Meta pelo mesmo percurso dos 42k, 70k e 100 K, onde, até o PAS Bayos2 é plano em pampa exposta ao vento. A 2 km do PAS, trilhas serpenteadas com subidas e baixadas importantes. Desde PAS Bayos 2 (Km 122,1) final idêntico a 10/21/42/70/100K por trilhas com subidas e baixadas variáveis até o Km 129. Dali descida x trilha empinada até lago. 6 quadras de asfalto. Cruzamento com muitos arroios estreitos, terrenos alagados e de acordo com o clima, barro (muito escorregadio), pó e terreno solto em baixada até a serra Quilanlahue. Existem vários cruzamentos cercados e bem marcados. Deve-se cruzar somente em setores marcados.

Tênis com ótimo “grip”. As polainas são elementos fundamentais, principalmente em trilhas com o terreno solto. Vestimenta de acordo com o clima, pode fazer muito frio, com chuvas e neve; ver o prognóstico, recomendamos http://www.windguru.cz/es/index.php?sc=501696&sty=m_spot. Exposição ao vento, sendo importante entre o cume do C° Colorado-PAS Colorado e, principalmente em cume e na baixada da serra Quilanlahue+ costa Lago Lácar. Muita atenção as baixas temperaturas durante a noite e no períododa manhã. (-10ºC). Prever mudança de roupa seca no PAS Colorado e PAS Quechuquina.

Hidratação necessária: 600 a 1000 ml aprox. de acordo ao peso por hora de corrida. Calcule o necessário de acordo a distância ao PAS e da Meta. Lembre-se que entre o primeiro PAS e o PAS Bayos tem 13 Km e entre Hidratação CORFONE e PAS Colorado tem 11,5 Km. Entre PAS Quilanlahue1 e PAS Quechuquina há 15km sem assistência. Retorno de Quechuquina até PAS Coihue há 9 km e muito exigente. Depois a subida ao Cerro Quilanlahue prolongada e acentuada. Lembrem-se de ter sua própria reserva de líquidos. Usem líquidos com sais. O água dos córregos não é potável, conquanto não esta contaminada. É preferente o água que entregam em PAS e a que carreguem vocês.

(10)

esgotamento, principalmente a partir dos 45 minutos de corrida. Nos PAS existe abundante alimentação, porém é conveniente incorporar energia entre os PAS. Escolha os alimentos (barras, etc.) que já tenha experimentado antes. Durante o percurso, não poderão repor o necessário, por

isso, é importante planificar a alimentação.

Alimentar-se e hidratar-se duas horas antes da largada é FUNDAMENTAL.

Lanterna frontal com ÓTIMA iluminação e pilhas de reposição são FUNDAMENTAIS para a Largada e

até o PAS Coihue (Km 98), aproximadamente, para os mais rápidos. Logo na volta para os mais lentos. Existem fitas refletoras em todo o percurso (ida e volta). Recomendamos ter frontal de reposto em sacola de PAS Colorado para substituir em caso de rompimento da inicial.

 Sinal de telefone celular variável presente desde a largada até o PAS Rosales. Logo diminui. Variável no PAS Colorado. Há sinal variável no setor do C° Quilanlahue e PAS Quilanlahue até o PAS Colorado. Presente desde o PAS Bayos até a Meta.

Seguir as fitas brancas com o LOGO e indicações dos Bandeirinhas. Se há neve no C° Colorado e CºQuilanlahue será reforçada a sinalização com fitas amarelas. Muita atenção aos cartazes de desvios segundo as distâncias, principalmente ao sair do PAS Quilanlahue até o PAS Quechuquina. Retorno completo marcado com fitas refletoras até a Meta. . Não cruzem fitas amarelas que cortam sendas que não devem transitar. Não sigam grupo de corredores.

Se abandonar, é FUNDAMENTAL AVISAR. Deve fazê-lo somente ao chefe do PAS da Largada ou Meta. Não avisem os bandeirinhas. No PAS Quechuquina, no PAS Quilanlahue, no PAS Colorado e no PAS Bayos Bayos haverá transporte até o Posto de Corrida no centro da cidade com saídas horárias.

8. Contato

TMX Team: Buenos Aires

info@tmxteam.com Congreso 1534 - 11 A – CABA - +54 11 4706 0656

NQN Eventos: San Martín de los Andes

nqneventos@smandes.com.ar +54 2972 420 949 (tel./fax)

www.patagoniarun.com - info@patagoniarun.com

Carta do Diretor Técnico

Aqui estamos na 7ª Edição do Patagônia Run. Como o tempo passa rápido... Como aprendemos mutuamente. Mesmo para aqueles que começaram a pouco, já foi possível perceber nosso grande avanço nestes sete anos. Novos desafios: 130K! Parece muito, não? Pois, é muito! Um desnível + real de 7.777 metros. É incrível! Porém, o mais inacreditável é que são muitos os corredores que se animam a participar deste evento, dando-nos seu apoio e nos animando a oferecer-lhes sempre mais.

Houve muitas mudanças nos percursos de todas as distâncias e quero fazer aqui um pequeno apanhado delas. Desta vez, a chegada ao povoado será por trilhas empinadas que baixarão até a praia, com 600 m de asfalto somente. Será um ultratrail. Ou seja, menos caminhos, mais agrestes, o que gerará mais exigência e emoção. Mesmo assim, para as distâncias de 70k, 42k e 21k, existe um novo setor desde o PAS Rosales em diante, onde estrearemos trilhas com muita água, quase planas, porém com muitos obstáculos, que as tornam mais interessantes, porque se encontram logo no início da corrida.

As distâncias ULTRA não tiveram muitas mudanças, mesmo assim, agregamos algo de desnível ascendente depois do PAS COLORADO e na famosa Senda Váquez, que vocês poderão ver nos mapas dos diferentes circuitos.

(11)

Sem dúvida alguma, o 130k será “a distância”. Os quilômetros, que foram agregados ao circuito de 120k do ano passado, possuem uma grande subida desde a primeira passagem pelo PAS BAYOS a partir dos 20k da largada. Logo se encontra com os 100k, sendo que o percurso de ambos é quase idêntico. Logo após o PAS CORFONE existe um atalho somente para os 100k, dando assim, a distância aproximada de 101,7 Km. A subida ao cerro Colorado se repetirá para os 130k e 100k e o “bendito” Cerro Quilanlahue para as três últimas distâncias (130k – 100k – 70k). Os PAS e Postos de Hidratação estarão, como sempre, a uma distância entre 8 e 10k para a maioria das distâncias. Se bem que, para os 130k e 100k, haverá um trecho longo desde o PAS QUILANLAHUE e um até o PAS Quechuquina de 15km. E, como sempre, todos serão recebidos honrosamente. No entanto, não se entusiasmem muito com os mimos... Se ficarem por lá, poderão não chegar.

Todos poderão observar também, que ampliamos os horários de corte... vários minutos a mais para as ultras distâncias. Isto permitirá aos corredores chegarem melhor. Todavia, os horários continuarão a ser rigorosamente respeitados. Os corredores acostumados com a prova sabem disso muito bem. Os horários são restritos, vocês já sabem, a segurança manda! Será necessário um excelente plano, de modo que possam chegar com uma boa margem de tempo.

Sempre temos planos B e C. O próprio clima nos obriga a isso. Como sempre, ressalto que poderemos ter chuva, nevadas, neblina intensa, sol radiante e todas as combinações climáticas possíveis. Caso se apresente um prognóstico desfavorável, serão anunciadas imediatamente as mudanças de circuito na palestra técnica. Por esses e por outros motivos de logística é fundamental a participação nessas palestras. As informações nela recebidas serão a chave para planejar a roupa a ser usada durante a corrida.

A temperatura poderá chegar a -10°C, -13°C durante a madrugada, o que acarretará o uso de mais abrigo e, consequentemente, mais peso, porém tudo isso será compensado pela economia de energia. Uma peça a mais de roupa economizará muitas calorias, que, com certeza, servirão para o percurso.

E falando em calorias e planejamento, saibam que o alimento e a bebida que são proporcionados nos PAS não bastam para substituir o que será gasto durante o percurso (uma média de 500-600 kcal por hora). Por isso, é importantíssimo, especialmente para as distâncias maiores de 21k, que levem consigo alimentos como barras de cereais ou géis, que poderão complementar o aporte de calorias.

Água haverá por todos os lados. Esperamos que não venha de cima. As águas de arroios, rios e lagos não são totalmente potáveis. Pode-se beber, mas é recomendável beber a água potável fornecida nos PAS. Sempre é fundamental agregar sais ou comer alimentos salgados. A falta de sal com uma abundante hidratação é prejudicial. Não se esqueçam que sempre estarão encharcados de água. Será inevitável.

Inicialmente saltarão os primeiros cursos d’água, logo depois, vocês mesmos tomarão a decisão de passar por eles. São dezenas deles!! Nos últimos 9 km existe um curso d’água que chega até os joelhos que com certeza vocês o apelidaram com o dome da “minha mãe”. Já existem várias subidas que os corredores batizaram com seu nome. A marcação do circuito sempre foi o nosso maior “delírio”. Este ano seguimos com a mesma obsessão, mas, aprendemos também, que é preciso desfrutar deste ambiente natural privilegiado. Por isso fizemos uma marcação mais estratégica. Isto significa que nos setores complicados e rápidos haverá mais fitas que nos setores de trilhas óbvias e em subidas.

Estará claro e não se perderão. Para que isso realmente não aconteça vocês serão também os protagonistas. Deverão ver os mapas da distância que correrão, antes da corrida, e usar o trajeto linear que estará no número de Tyvek, ler os cartazes... Ler os cartazes... LER os cartazes e eventualmente perguntar ao pessoal da organização, nos PAS, aos Bandeirinhas ou ao pessoal resgate, no próprio circuito.

Mesmo assim, para os que correm de noite -130k, 100k e 70k – haverá marcação em abundância com material reflexivo. A melhor sinalização noturna. Porém, funciona somente com uma boa lanterna frontal. Por isso haverá um rigoroso controle de qualidade de iluminação.

Se o corredor decidir não investir na iluminação, poderá ter que investir em encontrar o caminho de volta para casa, porque, talvez, perca-se no bosque. Com certeza não será nada fácil. Além disso, se quiserem arriscar em correr com as luzes dos companheiros, poderão ter dificuldades. As pedras, canas, raízes e o pessoal da organização não vão permitir. Tenham pilhas de reposição e, para os corredores dos 130k e 100k, não será uma má ideia ter uma lanterna frontal de reposição na sacola do PAS Colorado, caso se atrasem ao regressar.

(12)

O terreno é de uma variação infinita. Trilhas, caminhos de 4X4, cross country, baixadas por pedreiras, raízes, pó e cinzas vulcânicas (se estiver tudo seco), arroios, pântanos, subidas e baixadas. Ah... e, claro, alguns caminhos planos. Inclusive poderá haver alguns trechos com neve ou gelo. O calçado é um ponto chave. Deve resistir os golpes dos quilômetros e ter uma adequada tração. Não se recomenda usar calçados para corridas de asfalto.

O lixo também é nossa obsessão. Ainda não conseguimos, infelizmente, disseminar esta fixação para todos. A cada ano recolhemos sacos e sacos de lixo. Lixo que pode ficar por séculos no terreno. Imaginem suas casas, seus jardins, com centenas de recipientes de água, bebidas, géis, etc. Fechem os olhos e imaginem esta cena. Limpeza é o mínimo, é básico. Existem sacos de lixo à disposição nos PAS e as roupas e as mochilas possuem vários bolsinhos técnicos que devem ser usados. Uma garrafa ou um recipiente de gel podem ser muito prejudiciais ao meio ambiente. Todos vêm correr na nossa região pela belíssima paisagem que ela oferece. E, portanto, todos devem ajudar a manter a beleza desse lugar.

Não tenho nada mais a acrescentar.

Desfrutem desse encontro com a natureza de San Martín de los Andes e com a boa gente desse povoado maravilhoso. Todos nos fortalecem com sua presença e nos animam a seguir cada vez mais longe, a cada ano que passa.

Para cada um de vocês, eu tiro o meu chapéu!

Mando-lhes um forte abraço e espero encontrar todos na prévia ou durante a corrida. Muito obrigado.

Dr. Marcelo Parada Diretor Técnico Patagonia Run 2016

Imagem

temas relacionados :