REGULAMENTO GERAL. Capítulo I. Disposições gerais. Capítulo II. Finalidade. Capítulo III. Características da produção técnico-científica

Texto

(1)

REGULAMENTO GERAL

Capítulo I

Disposições gerais

Art. 1º O regulamento estabelece as normas para publicação dos artigos técnico-científicos da Revista Contabilidade e Amazônia a serem apresentados na VII Jornada Acadêmica de Ciências Contábeis da UNEMAT- Universidade do Estado do Mato Grosso, campus de Sinop.

Capítulo II Finalidade

Art. 2º O objetivo da publicação dos artigos técnico-científicos da Revista Contabilidade e Amazônia e da apresentação dos mesmos na VII Jornada Acadêmica de Ciências Contábeis da UNEMAT- Universidade do Estado do Mato Grosso, campus de Sinop é a divulgação e o incentivo à produção técnico-científica no campo das Ciências Contábeis e áreas afins.

Capítulo III

Características da produção técnico-científica

Art. 3º A produção técnico-científica a que se refere o presente edital de chamada de artigos para a Revista Contabilidade e Amazônia, revista esta de Iniciação Cientifica do curso de Ciências Contábeis da UNEMAT- Universidade do Estado do Mato Grosso, campus de Sinop, centra-se na produção de artigos de cunho técnico-científico nas áreas de interesse do estudo das ciências contábeis e áreas afins, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados, e é apresentado em conformidade com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

§ 1º Os artigos poderão ser de autoria individual ou coletiva. Cada autor, ou autores, somente terá(ão) 2 (dois) artigos publicados, mesmo no caso que esteja(m) concorrendo com mais de 2 (dois), e que seja aprovado mais de 2(dois), neste caso, serão publicados os artigos com maior média (resulta da média aritmética das notas de três avaliadores), no caso de empate entre dois ou

(2)

mais trabalhos de mesma autoria, os membros deverão de comum acordo e com critérios mais apurados, classificar o de melhor qualidade.

§ 2º Os artigos científicos poderão ser:

a) Artigo original: apresenta temas ou abordagens originais e podem ser: relatos de caso, comunicação ou notas prévias.

b) Artigo de revisão: os artigos de revisão analisam e discutem consistentemente trabalhos já publicados, revisões bibliográficas etc.

Art. 4º Os artigos deverão ser originais e inéditos. A redação deverá ser feita em língua portuguesa, com observância das normas e padrões gramaticais vigentes. Para fins deste regulamento, consideram-se:

a) originais, os trabalhos que não constituírem traduções nem adaptações de trabalhos estrangeiros ou adaptações e resumos de trabalhos nacionais; e

b) inéditos, os trabalhos não-publicados, não-submetidos a concursos, nem apresentados em congressos ou outros eventos.

Capítulo IV

Estrutura e apresentação do artigo científico

Art. 5º Os artigos (com exceção para os “artigos de revisão” em que a estrutura citada não necessita, obrigatoriamente, ser seguida, devendo o(s) autor(es) privilegiar(em) a didática e a facilitação do entendimento nas modificações realizadas) deverão apresentar sequencialmente a seguinte estrutura: Título /Autores (acompanhado(s) pelos títulos universitários ou cargos que indiquem autoridade em relação ao assunto)/Instituição/Endereço e/ou E-mail (para correspondência) /Agradecimentos (quando existirem sob a forma de notas); RESUMO/Palavras- chave E/OU ABSTRACT/key words; 1 INTRODUÇÃO; 1.1 Problema de pesquisa; 1.2 Objetivos gerais; 1.3 Objetivos específicos; 1.4 Justificativa; 1.5 Hipóteses; 2 METODOLOGIA OU 2 MATERIAL E MÉTODO; 2.1 Modelo ou Metodologia de Pesquisa; 2.2 Descrição da amostra (quando existir); 2.3 Instrumentos, Procedimento de Coleta e Tratamento dos Dados; 2.4 Limitações do Estudo; 3 ANÁLISE E APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS; 4 CONCLUSÕES (OU CONSIDERAÇÕES FINAIS) E SUGESTÕES; 5 BIBLIOGRAFIA ou 5 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS; ANEXOS e/ou APÊNDICES.

(3)

§ 1º Os artigos deverão ser redigidos em português e deverão ser digitados com espacejamento de 1,0 cm, fonte Times New Roman, corpo 12, com margem superior e esquerda de 3 cm, e direita e inferior de 2 cm, com o número mínimo de 6 (seis) páginas e o máximo de 07 (sete) páginas, incluindo a conclusão (ou considerações finais), e a bibliografia (ou referências bibliográficas), não incluindo o anexo (e/ou apêndice) que poderá ter somente uma página; as páginas, numeradas com algarismos arábicos no ângulo inferior direito.

§ 2º O título do artigo em português, assim como os subtítulos que compõem o artigo científico deverão ser apresentados em negrito, assim como os títulos de periódicos e de livros mencionados nas referências bibliográficas. Deverão ser grafados em itálico, itens como gênero e espécie de organismos, força gravitacional (g), palavras e abreviaturas em latim (ex.: e.g., i.e, coetris paribus) ou em inglês (linking). As grandezas, unidades, símbolos e abreviaturas devem obedecer às normas da ABNT ou, na ausência dessas, às normas internacionais correspondentes.

§ 3º A página de rosto deverá conter: Título /Autores (acompanhado(s) pelos títulos universitários ou cargos que indiquem autoridade em relação ao assunto)/Instituição/Endereço e/ou E-mail (para correspondência) /Agradecimentos (quando existirem sob a forma de notas); RESUMO/Palavras- chave E/OU ABSTRACT/key words. No Resumo deve ser apresentado de forma concisa a metodologia, o problema, os objetivos e os principais resultados e conclusões (ou considerações finais) do trabalho. O resumo não deve exceder a 250 palavras, e deve ser acompanhado de três até cinco palavras-chave (palavras ou expressões que identifiquem o conteúdo do trabalho). No caso de haver Abstract este deve ser escrito (não é simplesmente tradução literal do Resumo) em inglês, e deve conter de três até cinco key words.

§ 4º As tabelas, quadros e figuras devem ser numeradas consecutivamente e identificadas adicionalmente por um título curto (até 1 linha) e em negrito. Devem ser referenciadas no texto como Fig. 1, Figura 2, Quadro 1, Qua. 2, Tabela 1, Tab. 2, etc. e inseridas o mais próximo possível de sua referência no texto. Todas as figuras, quadros e tabelas devem ser preto e branco, desta forma, deve se utilizar de hachuramentos que diferenciem (destaquem) os seus elementos.

§ 5º Todas as fórmulas e símbolos devem ser definidos no texto. Sendo que as descrições de fórmulas e de símbolos deverão estar entre parênteses, assim como sua abreviatura. Sugere-se a apresentação de até três repetições da seqüência símbolo-abreviatura, depois disso apresentar somente a abreviatura, neste caso não mais entre parênteses. Evitar apresentar as fórmulas e expressões matemáticas ao longo do texto, como parte de uma sentença. As fórmulas e expressões matemáticas deverão ser identificadas em seqüência e referidas no texto como Eq. (1), Equação (2), etc.

(4)

§ 6º As citações e referências bibliográficas deverão ser apresentadas seguindo as normas mais recentes e em vigor da ABNT, assim como, os demais tópicos relacionados à estrutura e apresentação do artigo científico que não foram contemplados nestas normas deverão seguir as normas mais recentes e em vigor da ABNT.

Capítulo V Inscrições

Art. 6º Somente poderão inscrever-se professores lotados no departamentos de Ciências Contabeis, bem como estudantes matriculados e/ou egressos e secretaria do referido curso da Universidade do Estado do Mato Grosso, Campus de Sinop.

§ 1° Serão aceitos outros profissionais ou estudantes apenas em co-autoria aos textos dos autores expressos no art. 6º.

Art. 7º Para a inscrição, os artigos deverão satisfazer os seguintes requisitos:

§ 1° Envelope I:

a) apresentação em envelope fechado e lacrado, com a indicação do evento e do(s) pseudônimo(s). Por exemplo: “VII Jornada Acadêmica de Ciências Contábeis” – pseudônimo do inscrito.

b) duas vias do trabalho, impressas em papel tamanho A4 e uma cópia em CD do trabalho digitalizado em MS-Word for Windows 2003 (ou superior),

c) a capa do trabalho deverá conter apenas o título e o(s) pseudônimo(s) adotado(s);

d) páginas numeradas e autenticadas pelo autor ou autores, só com pseudônimo(s).

§ 2° Envelope II: Envelope lacrado para identificação, subscrito com pseudônimo do autor ou dos autores, contendo: nome(s) do(s) concorrente(s), número da identificação/inscrição, endereço completo, telefone, fax, nome do evento e título do trabalho.

§ 3° Os artigos deverão ser entregues exclusivamente no departamento de Ciências Contábeis, no dia 02 de junho de 2009, mediante protocolo de

(5)

recebimento do Coordenador de Atividades Complementares do referido departamento.

Art. 8º A inscrição dos artigos significará a aceitação integral, por parte do(s) autor(es), das exigências contidas neste regulamento, e o não-cumprimento de quaisquer de seus dispositivos poderá, a critério da comissão julgadora, implicar sua desclassificação.

Capítulo VI

Comissão Julgadora

Art. 9º A comissão julgadora, constituída de 6 (seis) membros, de notório saber, sendo que cada artigo será apreciado por 3 destes membros, a ser definido de forma aleatória.

Art. 10º Os julgadores examinarão todos os artigos inscritos e lhes conferirão pontos, conforme os critérios de julgamento estabelecidos no capítulo VI.

Art. 11º A comissão julgadora elegerá, entre os seus membros, o Presidente e o Relator.

Art. 12º Cada membro da comissão julgadora registrará a pontuação dos arquivos que lhes forem encaminhados e encaminhá-la-á ao Relator que efetuará a classificação em ordem decrescente e preparará a respectiva ata, que será entregue a Coordenação de Atividades Complementares do Curso de Ciências Contábeis para homologação do resultado.

Parágrafo único. A comissão julgadora poderá aprovar regimento interno para as atividades, respeitadas as normas deste regulamento.

Capítulo VII Julgamento

Art. 13º Cada membro da comissão julgadora atribuirá pontos de 1 (um) a 10 (dez) a cada artigo, considerando a contribuição à Ciência Contábil e áreas afins, a metodologia, a objetividade, a clareza, a criatividade, o padrão de linguagem e a capacidade de comunicação.

Art. 14º A nota final será apurada pela média aritmética das notas atribuídas aos artigos pelos diferentes membros da comissão julgadora.

(6)

§1º A classificação dos artigos será por ordem decrescente, a partir do maior número de pontos, obtidos mediante o somatório da nota final atribuída pela comissão julgadora.

§ 2º Não serão objeto de classificação os trabalhos que não atingirem, no mínimo, a média (resulta da média aritmética das notas dos três avaliadores) 7 (sete).

Art. 15º No caso de empate entre dois ou mais trabalhos, os avaliadores dos artigos envolvidos deverão em comum acordo destacar/classificar, utilizando-se de critérios mais aprimorados, o artigo de maior qualidade.

Art. 16º A comissão é soberana em suas decisões, das quais não caberão recursos.

Capítulo VIII Divulgação

Art. 17º A publicação consiste na elaboração em forma de livro, obedecendo os seguintes critérios:

§ 1° Serão selecionados os 12 artigos que obtiverem as melhores notas atribuídas pela Comissão Julgadora, conforme critérios estabelecidos neste regulamento;

§ 2° O tamanho dos artigos devem ser de 6 a 7 páginas.

§ 3° O autor classificado e selecionado, será apresentador e deverá estar à disposição nos horários estabelecidos pela comissão do evento para expor seu trabalho com pena de seu artigo não mais estar selecionado para publicação, ficando assim selecionado outro artigo, obedecendo a ordem de notas.

§ 4º Os certificados serão entregues durante a apresentação dos trabalhos. Somente os autores apresentadores receberão certificados

.

§ 6° Os trabalhos selecionados darão direito à certificação aos autores, expedido pela Universidade do Estado do Mato Grosso;

§ 6° Os autores serão comunicados do resultado da seleção para apresentação dos trabalhos via e-mail.

(7)

Capítulo IX

Disposições Finais

Art. 18º Os artigos classificados poderão, a critério da Comissão Julgadora, ser publicados. Para tanto, a participação no evento significará a renúncia automática de quaisquer direitos autorais.

Art. 19º Os casos não-previstos neste Regulamento serão resolvidos pela Comissão Julgadora desse evento.

Art. 20º Este Regulamento entra em vigor na data de sua assinatura.

Sinop, 09 de março de 2009.

Revista Contabilidade e Amazônia Curso de Ciências Contabeis Universidade do Estado do Mato Grosso

Campus de Sinop

Imagem

Referências

temas relacionados :