Sagrada, analisando livro por livro, capítulo por capítulo e parágrafo por parágrafo. Com o objetivo de

Texto

(1)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

1

Olá amigo, estamos iniciando mais um programa da série “Através da Bíblia”. Este programa faz parte do projeto que temos desenvolvido há mais de dois anos no objetivo de estudarmos toda a Bíblia Sagrada, analisando livro por livro, capítulo por capítulo e parágrafo por parágrafo. Com o objetivo de adequarmos as nossas vidas à vontade de Deus temos diariamente reservado uma porção do texto bíblico para comentá-lo e considerar as possíveis aplicações para as nossas vidas. O nosso convite é que você use este tempo para olhar para você mesmo e, sob a direção do Espírito Santo possa fazer as devidas mudanças que Ele mesmo te desafiará e te capacitará a fazer para torná-lo mais semelhante a Jesus Cristo. Afinal esse é o desejo de cada um de nós e especificamente daqueles que tem escrito para nós compartilhando como através do programa Deus tem falado aos seus corações. Hoje registro a carta que o JSO nos enviou de Goianésia do estado do Pará. Essas foram as suas palavras: “Pr Itamir, gosto

muito do Através da Bíblia e faço todo o possível para não perder nenhum dos programas. Quase sempre na hora de ler a carta o sinal fica ruim e às vezes nem consigo entender o nome da pessoa e o local de onde ela escreve. Aqui a sintonia é em OM. Tenho o rádio sintonia fixa da RTM mas ele tem muita interferência. Peço suas orações por minha familia e por minha saúde, tenho colesterol e pressão alta. Mas agradeço a Deus pelo meu filho Walber que se converteu. A RTM faz parte da minha vida”. Querido irmão muito obrigado por suas palavras. Obrigado por seu testemunho. Louvamos a

Deus que tem nos usado como seus instrumentos para abençoá-lo ainda mais. Afinal esse é o nosso desejo. Queremos que aqueles que nos ouvem sejam edificados e desafiados a se tornarem cada vez mais semelhantes da Jesus Cristo. Louvamos a Deus também pela conversão do seu filho! Por isso convido a todos que me ouvem agora a orarmos agradecendo a Deus por suas incontáveis bênçãos, mas também orarmos pedindo ao Senhor as Suas bênçãos para o programa de hoje. “Pai querido estamos

agora na tua presença agradecendo por falar contigo. Peço Senhor a tua benção para o teu filho de Goianésia. Cuida da saúde dele. E, obrigado pela conversão so seu filho. Ó Pai, agora te pedimos que o Senhor nos ilumine pelo teu Santo Espírito e nos capacite para que possamos aplicar a Tua Palavra

(2)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

2

em nosso viver diário. Tu sabes o desejo que temos. Ouça-nos, te pedimos em nome de Jesus, Amém!”.

Querido amigo hoje o nosso objetivo é estudarmos os dois primeiros versos do livro de Efésios. É a saudação de Paulo àquele igreja tão amada. Embora sejam apenas dois versos, eles são tremendamente importantes. Vamos iniciar os estudos no texto bíblico Tenho como título para esses versos a seguinte frase:

A VERDADEIRA SAUDAÇÃO CRISTÃ EF. 1.1-2

Diz assim o texto bíblico

“Paulo, apóstolo de Cristo Jesus por vontade de Deus, aos santos que vivem um Éfeso e fiéis em Cristo Jesus, graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo”. Diz assim uma outra tradução bíblica

1Eu, Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, escrevo esta carta ao povo de Deus da

cidade de Éfeso, o povo que é fiel por estar unido com Cristo Jesus. 2Que a graça e a paz de Deus, o

nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês!

Introdução

Vivemos uma época em que os propósitos da vida humana estão sendo contestados diariamente. Não só os propósitos da vida pessoal estão sendo avaliados, como os propósitos institucionais têm sido discutidos. Instituições como a família, a escola, o trabalho, o governo e a igreja têm sido questionadas nos seus valores e finalidades.

Pensando na igreja, como uma das instituições que tem sido debatida é necessário que voltemos à Palavra de Deus para estudar e entender biblicamente o seu propósito. Ao chegar aos vinte e um séculos de existência se faz necessário, mais uma vez, uma revisão do papel da igreja, dos seus valores, da sua missão e, da visão que devemos projetar para o futuro pensando na sua relevância para os dias que estão à sua frente.

(3)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

3

Vale a pena refletir sobre a seguinte questão: se a sua igreja fosse tirada do bairro onde ela atualmente se localiza, será que alguém sentiria falta dela? Sentiriam um alivio, sentiriam a perda de um organismo de valor, ou seriam indiferentes, porque nem sabiam da sua existência ali? Afinal, qual o propósito divino para que a igreja esteja espalhada pelo mundo afora?

Paulo pensou sobre o significado e o propósito da igreja. Não os seus propósitos pessoais para a igreja, mas pensou, refletiu e registrou os propósitos de Deus para a sua igreja. A igreja não é o resultado de uma iniciativa e esforço humano, não! A igreja tem origem divina. Tem um edificador divino que, sobre si mesmo, edificaria e edificou e continua edificando a sua igreja (Mt 16.13-20).

Embora seja possível concordar com a afirmação que diz que, em termos práticos, a igreja é um reflexo de nossas vidas espirituais individuais, não podemos afirmar também que a igreja é fruto dos nossos anseios e dos nossos sonhos. Não! A nossa condição nos impede de fazer tal afirmação. A grande verdade, que devemos assumir e a partir dela orientar a nossa análise, é que a igreja é o resultado da vontade de Deus, do senhorio de Cristo e da ação do Espírito Santo.

Assim, é na igreja que realizamos os seus anseios e sonhos para que “a multiforme sabedoria de Deus se torne conhecida, agora, dos principados e potestades, nos lugares celestiais, segundo o eterno propósito que estabeleceu em Cristo Jesus, nosso Senhor...” (Ef 3.10-11). O que precisamos com urgência, então, é voltar à Bíblia e redescobrir o que Deus planejou para esse novo povo, para a sua família, afim de que a igreja continue ou volte a ser relevante em meio o cenário em que está inserida. A carta de Paulo aos efésios é um documento que fala sobre o propósito de Deus, em Cristo, para a igreja, para a sua nova criação, para o corpo de Cristo. Quando pensamos, refletimos e avaliamos a igreja, estamos pensando, refletindo e avaliando a nós mesmos e, assim no estudo desta carta ao mesmo tempo em que falarmos da igreja estaremos falando de nós, e ao mesmo tempo em que falarmos de nós estaremos falando da igreja.

(4)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

4

propósito, o valor e a missão da igreja. Mas só faremos isso quando recuperarmos a nossa imagem pessoal, vivendo melhor a vida cristã de forma madura e responsável. E uma das evidências da maturidade e da responsabilidade é estudarmos sem preconceitos a razão de ser da igreja e a maneira pela qual ela deve funcionar em meio ao mundo sem Cristo.

Ao iniciar sua proclamação sobre o propósito divino para a igreja, o apóstolo Paulo, logo na saudação mostra a seriedade desse tema tão importante para todos nós. Por isso, nesses versículos iniciais temos muito mais do que uma mera saudação comum, formal e padronizada de Paulo para com os seus leitores.

Esses versículos afirmam verdades profundas relativas a Paulo, o autor da carta e, também apresentam verdades objetivas aos cristãos à quem ele se dirige. Já a partir dessa saudação tão rica é possível perceber que o tema da carta é de extrema relevância para todos os que desejam que a igreja esteja vivendo de acordo com o que Deus tinha planejado para ela.

Embora seja a tendência de muitos estudiosos não valorizarem as palavras iniciais das cartas, através das verdades que observamos nessa saudação, já é possível refletir, analisar e repensar o caminho que estamos seguindo como povo de Deus, como família de Deus, como nova sociedade, como nova criação, enfim, como corpo de Cristo, como igreja cristã.

Assim, é possível afirmar que:

A relevância da igreja cristã para o mundo contemporâneo somente será percebida ao destacarmos os seus personagens principais.

Nestes versos encontramos os três personagens que constituem a essência da igreja cristã:

I – O soberano amoroso: Deus

1. Deus é soberano em sua vontade –

A soberania é um atributo singular à Deus. Ele aparece como rei sobre toda a terra. Ele não é tirano, nem déspota, nem autoritário, mas em sua soberania a sua vontade é sempre feita.

(5)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

5

2. Deus é soberano em seu chamado –

A chamada divina pode ter dois aspectos: a chamada geral para que sejamos seus filhos através de Jesus e, a chamada específica (desde a eternidade) para determinado ministério.

3. Deus é soberano em sua bênção –

A disposição divina em abençoar o ser humano é vista desde o inicio da história. Ele quer que experimentemos toda a sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais, em Cristo (1.3-14).

4. Deus é soberano em sua paternidade –

Para com Deus, estamos numa relação de filhos para pai. Deus é um pai justo e amoroso. Cada cristão e toda a igreja podem ser comparados a uma família, a família de Deus! (2.19)

5. Deus é quem proporciona o inicio da nossa vida cristã através do Seu filho Jesus Cristo.

Se para Deus nós somos filhos a nossa relação para com Jesus é diferente. Para com Jesus estamos numa relação de servos para com o seu Senhor. Deve ser uma relação de domínio e de senhorio. Jesus é o nosso Senhor, Jesus é o nosso dono.

O cristão que quer dirigir a sua própria vida fica infeliz e sem a paz de Deus porque essa é a maneira certa de nos relacionarmos com o nosso Senhor. Por isso é necessário nos entregarmos a ele constante e plenamente.

Se você deseja uma vida cheia do Espírito Santo, que evidencia o fruto do Espírito Santo, então a única decisão certa a tomar é deixar que Deus domine todo o seu ser e isso acontecerá ao se submeter ao senhorio de Cristo, através da obra do Espírito Santo em você.

Lembre-se: o nosso Deus é soberano, e ele poderia impor. Mas ele é amoroso, e ele espera por nossa decisão!

II – O servo ativo: Paulo (é o segundo personagem que constitui a essência da igreja) Paulo representa

(6)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

6

1. Paulo foi obediente –

Paulo sabia que foi comissionado pelo próprio Cristo, pela vontade única de Deus e não de homens. “...quando aprouve a Deus, ... me separou, e me chamou pela sua graça.” (Gl 1. 15)

2. Paulo foi apóstolo –

“apóstolos” (Grego, “enviado, comissionado especialmente”). O dom do apostolado que veremos em 4.11 continua sendo exercido ainda hoje através dos missionários

3. Paulo foi comunicativo –

Ao se dirigir aos efésios, mesmo depois de ter passado 2 anos e três meses com eles, Paulo continuava a sua tarefa de comunicar a eles todos os desígnios divinos (At 19.8-10; 20.27)

4. Paulo foi abençoador –

Paulo, assim como todo ministro não tem em si mesmo o poder de abençoar, Paulo apenas invocou sobre os efésios as bênçãos divinas. A origem das bênçãos é divina e não humana!

III – Os santos abençoados: cristãos (eles são os terceiros personagens que constituem a essência da

igreja) Os cristãos somos todos nós que formamos a família de Deus, uma vez que aceitamos a mensagem do evangelho.

1. Os cristãos só iniciam a vida cristã relacionando-se com Deus por Jesus Cristo –

Todo cristão verdadeiro sabe que sua vida cristã só se iniciou através do toque do Espírito Santo convencendo-o do pecado, da justiça e do juízo, mostrando Jesus como Salvador.

2. Os cristãos desenvolvem a sua vida cristã em santidade conforme o seu Deus –

Paulo estava se direcionando aos “santos”, pessoas que buscam a santidade. Irmãos já congregados da igreja. A palavra de Deus deve ser pregada para edificação dos santos!

3. Os cristãos desenvolvem a sua vida cristã em fidelidade, fruto do Espírito Santo –

Assim como tinham sido fiéis e devotados às suas religiões idolatras, os efésios tinham que mudar de compromisso. A fidelidade de nossa vida a Cristo é fundamental para a vida cristã.

(7)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

7

4. Os cristão desenvolvem a sua vida cristã no mundo e precisa saber qual a sua posição diante dele –

Paulo chamou os cristãos de “santos e fiéis” A santidade referida por Paulo não é a perfeição moral própria de cada um de nós. É uma posição que ganhamos após termos sido justificados por Deus, pela sua graça, por meio da fé, como vimos em Gálatas. Somos pecadores Mas, somos pecadores redimidos. E o mundo tem que ver essa diferença. E a fidelidade que é fruto do Espírito Santo em nós, deve ser evidenciada em nossos relacionamentos dentro da familia da fé e diante daqueles que normalmente não são fiéis.

5. Os cristãos são abençoados com a graça e a paz de Deus –

As palavras “charis” (graça, dom) e “eirene” (paz, do hb. shalom) em grego, tem implicações importantes. Pela graça somos salvos e só assim, podemos desfrutar da paz divina.

Embora a expressão “graça e paz” seja a maneira mais correta de nos saudarmos, “graça e paz” é bem mais do que uma saudação. “Graça e Paz” é o desejo, a oração, o oferecimento de uma provisão diária para que todo cristão possa desenvolver a sua vida cristã.

Esta palavra graça é uma palavra muito rica no vocabulário cristão. Ela nos diz sobre o que podemos alcançar de Deus imerecidamente. Deus nos concede todas as suas bênçãos sem que da nossa parte haja qualquer merecimento. É um favor imerecido. E paz e o resultado dessa graça. Quando contamos com a graça de Deus, podemos ter paz, tranqüilidade, e segurança. Pela graça de Deus podemos alcançar todas as coisas.

É importante percebermos a ordem em que estas duas palavras aparecem: primeiramente graça, e depois paz. Graça e paz. É verdade ... Esta palavra "paz" é muito conhecida e muito usada no mundo de hoje. Muitos quando falam em paz, querem se referir a ausência de guerra em alguma parte do mundo. Então, onde não há guerra há paz, se conclui. Mas esta paz, aqui do texto sagrado não se refere a esta paz nesta ou naquela parte do mundo. Refere-se a uma paz do coração da pessoa. Paz dentro do

(8)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

8

homem. E muitos estão buscando esta paz, porém não sabem onde encontrá-la. O apóstolo Paulo nos mostra aqui onde podemos encontrar esta paz. Podemos encontrá-la na graça divina. Graça e paz. É por meio da graça que nós alcançamos o perdão dos nossos pecados. E o perdão dos pecados é a condição indispensável para termos paz dentro de nós. O pecado é um inimigo dentro do homem. E enquanto ele estiver no controle da vida humana, não pode haver paz. Porém, uma vez removido o pecado pelo sangue de Cristo, então a paz é estabelecida no coração.

Perceba: a graça traz perdão e o perdão traz a paz para o coração. Isto é o que muita gente não conhece. Muitos vivem falando de paz, e desejando a paz, procurando a paz, quando ela só pode ser alcançada por meio do perdão que nos vem pela graça divina. A graça divina nos oferece isto tudo de graça, sem nenhum mérito da nossa parte. Sem nenhum merecimento da nossa parte. Simplesmente recebemos pela fé essa tão grande bênção, tão grande paz e perdão. O evangelho de Cristo é a mensagem que prega a paz, por meio da graça e do perdão. Por isto há um antigo hino em que cantamos: "Santa paz, e perdão, são as novas lá do céu. Santa paz, e perdão, é bendito o nosso Deus". Este evangelho precisa ser conhecido por todo mundo, pois só ele tem a resposta para o problema espiritual do homem. O evangelho é a provisão divina para o problema do homem. Para o problema do pecado e para as suas necessidades espirituais. Cristo ganhou na cruz tudo aquilo quanto precisamos hoje para a nossa vida espiritual. Temos tudo pela graça. Salvação pela graça e paz pela graça. Depois de haver realizado na cruz a obra de salvação, Cristo voltou para o Pai, onde sentou-se à direita de Deus, de onde intercede por nós. Porém, deixou conosco o seu Santo Espírito, que derrama a bênção da paz em nossos corações.

Conclusão

1. Sendo Deus amoroso, gracioso e abençoador só nos resta louvá-lo e submetermo-nos a ele. 2. Todo ministro cristão tem a responsabilidade de cuidar do povo de Deus, a igreja cristã. 3. A igreja cristã deve conhecer o propósito de Deus para si e assim ser relevante para hoje!

(9)

Data da gravação: Produtor: Itamir Neves Locutor: Itamir Neves

9

Deus te abençoe, Um abraço,

Espero encontrá-lo no próximo programa Até lá!

Imagem

Referências

temas relacionados :