Destaque. Think Digital N.º 142

Texto

(1)

Destaque

Think Digital

Foi o tema do encontro anual da Direção Comercial Oil 2015

Think Digital foi o tema do encontro da Direção Comercial Oil 2015, que teve lugar no Centro de Congressos do Estoril, no dia 11 de fevereiro, e em que participaram cerca de 450 colaboradores.

Com reuniões de trabalho estruturadas em vários blocos, a sessão da manhã, cuja abertura foi efetuada por Rui Reis, iniciou-se com a análise aos resultados de 2014, seguida pela apresentação dos principais objetivos para o ano 2015. Nuno Moreira da Cruz, country manager de Espanha, fez uma intervenção na ótica do mercado ibérico. Seguiu-se a apresentação do Plano de Marketing para 2015 e um conjunto de explanações conduzidas pelos responsáveis das Direções da Comercial Oil.

A sessão da tarde teve como convidado Luís Pedro Nunes, comentador do programa Eixo do Mal da SIC Notícias e diretor do Inimigo Público, para além de desenvolver múltiplas atividades ligadas a aspetos da comunicação contemporânea, abordou temas como O cliente nas redes tem sempre razão, As redes sociais servem para todos os negócios? e A empresa e o Facebook.

O dia de trabalho foi encerrado pelo vice-presidente e administrador do pelouro, Luís Palha da Silva, que, para além de agradecer a presença de todos, enumerou os bons resultados das várias áreas, destacando os projetos de 2015 com impacto para a Comercial Oil e que contribuirão para a melhoria da rentabilidade e do capital empregue da empresa.

12-02-2015 N.º 142

(2)

19/02/2015

(3)

Institucional

Novo projeto de eficiência energética na refinaria de Sines

Revamping do trem de pré-aquecimento de crude na unidade de Destilação Atmosférica

A área de Engenharia e Gestão de Projetos encontra-se a desenvolver mais um projeto de melhoria na refinaria de Sines. Este projeto de eficiência energética abrange a unidade de destilação atmosférica e tem como objetivo a otimização da permuta térmica entre as correntes processuais quentes e as correntes processuais mais frias, minimizando o calor perdido para a atmosfera.

Para o conseguir, é necessário atingir uma temperatura de pelo menos 250°C à entrada do forno de aquecimento do crude designado CC-H-1 (atualmente é cerca de 225°C).

As modificações a efetuar na unidade de destilação atmosférica requerem o estudo e simulação processual da unidade sob seis cenários possíveis de operação numa combinação com diferentes qualidades de crude. A execução do FEED (Front End Engineering Design), contratado à Foster Wheeler France no final de 2014, irá permitir definir o projeto de engenharia necessário para atingir o objetivo acima referido, prevendo-se que o respetivo relatório final com a solução encontrada seja apresentado durante a segunda quinzena de maio.

Numa segunda fase será desenvolvido um processo de consulta ao mercado com vista à contratação da construção da solução aprovada e desenvolvida durante o FEED.

12-02-2015 N.º 142

(4)

19/02/2015

Kick-off

do projeto “Legislação AQS”

Primeira reunião foi realizada na semana passada

No passado dia 12, foi realizada a reunião de kick-off do projeto

Legislação AQS, que surge no âmbito da melhoria contínua dos

processos de Ambiente, Qualidade, Segurança e Sustentabilidade (AQSS e que irá abranger todo o universo da Galp Energia.

Com a sua implementação pretende-se dotar a Galp Energia de uma plataforma única que permita:

Identificar e analisar a aplicabilidade da legislação nas vertentes AQS;

Verificar a conformidade das instalações/atividades com os requisitos legais aplicáveis.

Para o desenvolvimento deste projeto a Galp Energia dispões de uma equipa constituída por elementos da DAQSS e da empresa SIA, a qual funcionará em estreita ligação com interlocutores nomeados das diversas UN/UG intervenientes.

(5)

Pode consultar a apresentação da reunião de kick-off.

19/02/2015

12-02-2015 N.º 142

(6)

R&D – Comercial

Abastecer com Via Verde dá pontos a triplicar aos clientes fast

Rapidez e conveniência nos postos Galp

A Galp Energia vai oferecer pontos a triplicar no cartãofast dos clientes com Via Verde que utilizem este sistema de pagamento automático no abastecimento dos seus automóveis, dando um novo impulso a uma parceria que conta com mais de 10 anos.

Para beneficiarem desta oferta, válida para os abastecimentos efetuados até 30 de abril, os clientes devem associar o seu cartãofast ao identificador Via Verde, podendo fazê-lo através do site

www.fastgalp.com. Os clientes da Via Verde que ainda não dispõem do cartãofast podem solicitá-lo online e, caso indiquem a campanha “Via Verde” ao fazer a subscrição do cartão, ganharão 250 pontos adicionais.

Os clientes, com identificador válido colocado no vidro do carro, ao entrarem num posto da Galp Energia para abastecerem os seus automóveis, devem dirigir-se às bombas identificadas com o símbolo Via Verde e seguir as instruções disponibilizadas na própria bomba. O valor do abastecimento é descontado automaticamente no meio de pagamento associado ao identificador Via Verde e a fatura é impressa nesse momento.

A Galp Energia e a Via Verde pretendem simplificar e facilitar o pagamento de transações aos clientes que podem, sem custos adicionais, pagar combustíveis, portagens, parques de estacionamento entre outros serviços. Neste momento a Galp Energia disponibiliza o serviço Via Verde em cerca de 100 postos em território nacional continental formando uma rede Galp aderente.

19/02/2015

(7)

Galp Voluntária

Galp Voluntária celebra o quarto aniversário

Parceria com o cartãofast apoia instituição social

Para assinalar o mês em que celebra o seu quarto aniversário, a Galp Voluntária juntou-se ao programa cartaofast numa campanha especial, que conta com a participação de colaboradores e clientes. Esta campanha elegerá, com a ajuda de colaboradores e clientes, a associação para a qual, a partir de março, se poderão trocar pontos por donativos.

Para participar basta que vote numa das seguintes instituições:

ALDEIAS DE CRIANÇAS SOS: A Aldeias de Crianças SOS trabalha em mais de 130 países em todo o

mundo fortalecendo famílias e apoiando crianças em risco, proporcionando-lhes um lar e uma família. De uma forma única criam um ambiente familiar proporcionando o apoio de longo prazo necessário para que cada criança possa estabelecer relações resilientes que a capacitam para os desafios futuros.

FENACERCI – Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social: tem por missão

fundamental promover a criação de condições que, pela via do reforço das organizações associadas, defendam os interesses e direitos das pessoas com deficiência intelectual e suas famílias.

APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima: apoia as vítimas de crime, suas famílias e

amigos prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais, e contribui para o aperfeiçoamento das políticas públicas, sociais e privadas centradas no estatuto da vítima.

A votação decorre aqui até ao próximo dia 25 de fevereiro.

19/02/2015

12-02-2015 N.º 142

Imagem

temas relacionados :