EDITAL Nº 002, DE 05 DE FEVEREIRO DE 2010

Texto

(1)

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

CAMPI MANAUS CENTRO, MANAUS DISTRITO INDUSTRIAL, MANAUS ZONA LESTE E COARI/AM

EDITAL Nº 002, DE 05 DE FEVEREIRO DE 2010

O REITOR “Pro Tempore” do INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS, no uso de suas atribuições legais, torna público a abertura de PROCESSO SELETIVO

SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO, nos termos do inciso IV, do Art. 2º., da Lei nº. 8.745, de

09/12/93, alterada pela Lei nº. 9.849, de 26/10/99, DOU de 27/10/99 e LEI nº 11.784, de 22/09/2008, DOU de 23/09/2008, com a finalidade de atender a necessidade temporária de excepcional interesse público no IFAM, no ano letivo de 2010, em Regime de Trabalho de 40 (quarenta) horas semanais para os Campi Manaus Centro, Manaus Distrito Industrial, Manaus Zona Leste, e, Coari/AM, nas áreas/disciplinas abaixo especificadas:

1. DAS ESPECIFICAÇÕES DAS VAGAS E OUTROS DADOS

1.1. DAS ÁREAS/DISCIPLINAS, VAGAS E FORMAÇÃO PARA O CAMPUS MANAUS CENTRO:

ÁREAS/DISCIPLINAS VAGAS FORMAÇÃO

LETRAS/Língua Portuguesa 02 Licenciatura Plena em Letras com habilitação em Língua Portuguesa, e, pós-graduação em áreas afins

INFORMÁTICA 04

Licenciatura ou Bacharelado em Informática ou Bacharelado em Ciência da Computação ou Ciência da Informação, ou Engenharia da Computação ou Processamento de Dados ou Tecnologia em Informática ou Sistemas da Informação ou Desenvolvimento de Software ou Processamento de Dados ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas ou Tecnologia em Redes

BIOLOGIA 01 Licenciatura Plena em Ciências Biológicas com pós-graduação em áreas afins

QUÍMICA 01 Graduação (licenciatura ou bacharelado) em Química, com pós-graduação em Química Orgânica

SEGURANÇA DO TRABALHO/

Higiene e Segurança do Trabalho 01 Graduação em Engenharia com pós-graduação em Segurança do Trabalho

CONSTRUÇÃO CIVIL: Patologia

Avaliação e Perícia/Instalações

Hidro-Sanitárias 01 Graduação em Engenharia Civil

CONSTRUÇÃO CIVIL:

Tecnologia do Concreto/ Planejamento e Controle na Construção Civil

01 Graduação em Engenharia Civil

CONSTRUÇÃO CIVIL:

Topografia/ Resistência dos Materiais/ Estrutura Metálica e de Madeira

01 Graduação em Engenharia Civil ou Arquitetura.

TOTAL DE VAGAS 12

1.2. DAS ÁREAS/DISCIPLINAS, VAGAS E FORMAÇÃO PARA O CAMPUS MANAUS DISTRITO

INDUSTRIAL:

ÁREAS/DISCIPLINAS VAGAS FORMAÇÃO

QUÍMICA 01 Licenciatura Plena em Química

INGLÊS INSTRUMENTAL 01 Licenciatura Plena em Letras com habilitação em Língua Inglesa

(2)

1.3. DAS ÁREAS/DISCIPLINAS, VAGAS E FORMAÇÃO PARA O CAMPUS MANAUS ZONA

LESTE:

ÁREAS/DISCIPLINAS VAGAS FORMAÇÃO

PROCESSAMENTO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL E VEGETAL

01

Graduação em Engenharia de Alimentos ou Economia

Doméstica ou Agronomia ou Licenciatura em Ciências Agrícola com Pós-Graduação em Processamento de Produtos de Origem Animal e Vegetal

CONSTRUÇÕES RURAIS 01 Graduação em Engenharia Agrícola ou Licenciatura em Ciências Agrícola ou Agronomia com Pós-Graduação em Construções Rurais

DESENHO TÉCNICO 01 Graduação em Engenharia Agrícola ou Licenciatura em Ciências Agrárias ou Agronomia com Pós-Graduação em Desenho Técnico

IRRIGAÇÃO E DRENAGEM 01

Graduação em Engenharia Agrícola ou Licenciatura em Ciências Agrícola ou Agronomia com Pós-Graduação em Irrigação e Drenagem

SEGURANÇA DO TRABALHO 01

Graduação em Engenharia Agrícola ou Licenciatura em Ciências Agrícola ou Agronomia, com Pós-Graduação em Segurança do Trabalho ou Engenheiro em Segurança do Trabalho

TOPOGRAFIA 01

Graduação em Engenharia Agrícola ou Licenciatura em Ciências Agrárias ou Agronomia com Pós-Graduação em Topografia

MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA 01 Graduação em Engenharia Agrícola ou Licenciatura em Ciências Agrícola ou Agronomia

TOTAL DE VAGAS 07

1.4. DAS ÁREAS, VAGAS E FORMAÇÃO PARA O CAMPUS COARI

ÁREAS/DISCIPLINAS VAGAS FORMAÇÃO

FÍSICA 01 Licenciatura Plena em Física

MATEMÁTICA 01 Licenciatura Plena em Matemática

INFORMÁTICA 02

Licenciatura ou Bacharelado em Informática ou Bacharelado em Ciência da Computação ou Ciência da Informação ou Engenharia da Computação ou Processamento de Dados ou Tecnologia em Informática ou Sistemas da Informação ou Desenvolvimento de Software ou Processamento de Dados ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas ou Tecnologia em Redes

CONSTRUÇÃO CIVIL 01 Graduação em Engenharia Civil ou Engenharia Elétrica ou Tecnologia da Construção Civil ou Tecnologia em Construção de Edifícios

ARQUITETURA/AutoCAD 01 Graduação em Arquitetura ou Urbanismo

GEOGRAFIA 01 Licenciatura Plena em Geografia

ARTES 01 Licenciatura Plena em Educação Artística ou Artes

TOTAL DE VAGAS 08

2. DOS POSTOS DE ATENDIMENTO

2.1. O Processo Seletivo será regido por este Edital e executado pela Comissão Específica de Processos Seletivos – CEPS do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas – IFAM, localizado na Av. Sete de Setembro, 1975 – Centro – Manaus-AM, fone: (92) 3621-6719 e 3621-6772, de acordo com o CRONOGRAMA apresentado no Anexo I.

(3)

2.2. Postos de Atendimento:

2.2.1. MANAUS/AM: CEPS – Comissão Específica de Processos Seletivos Avenida Sete de Setembro, 1975 – Centro – CEP 69.020-120 Fone: (92) 3621-6719 / 3621-6772

Horário de atendimento: dias úteis, das 09 às 17 horas. 2.2.2. COARI/AM: Campus Coari

Estrada Coari/Itapeuá, Km 02 – Bairro do Itamarati. Fone: (97) 3561-3330

Horário de atendimento: dias úteis, das 09 às 17 horas.

3. DO REGIME DE TRABALHO, DA REMUNERAÇÃO E DA TAXA DE INSCRIÇÃO (JANEIRO DE 2010)

3.1. O Regime de Trabalho será de 40 (quarenta) horas semanais.

3.1.1. A jornada de trabalho poderá ocorrer durante o turno diurno e/ou noturno, de acordo com as necessidades da Instituição, obedecidas as 40 (quarenta) horas semanais.

3.2. A remuneração, que terá por base os valores constantes na Tabela de Vencimentos dos Professores de

Ensino Básico, Técnico e Tecnológico nas Classes e Níveis Iniciais, e a Taxa de Inscrição, obedecerão a tabela a seguir:

CLASSE NÍVEL TITULAÇÃO SEMANAIS 40 HORAS INSCRIÇÃO TAXA DE

DI 01 Graduação R$ 2.124,20 R$ 53,00

DI 01 Aperfeiçoamento R$ 2.178,45 R$ 54,00

DI 01 Especialização R$ 2.206,29 R$ 55,00

DI 01 Mestrado R$ 2.551,34 R$ 64,00

DI 01 Doutorado R$ 3.542,75 R$ 88,00

3.3. Além da remuneração serão concedidos aos candidatos contratados os seguintes benefícios:

3.3.1. Auxílio-alimentação R$ 133,19 (Cento e trinta e três reais e dezenove centavos);

3.3.2. Auxílio transporte o que exceder a 4% (quatro por cento) da remuneração em gastos com

transporte coletivo.

3.3.3. Auxílio pré-escolar R$ 66,00 (Sessenta e seis reais) por dependente, até aos 05 (cinco) anos

de idade. 4. DAS INSCRIÇÕES

4.1. Período de inscrição: de 8 A 17 DE FEVEREIRO DE 2010.

4.2. As inscrições serão realizadas preferencialmente pela internet, no endereço eletrônico: http://www.ifam.edu.br.

4.3. A impressão do respectivo boleto eletrônico (GRU Cobrança) para pagamento da taxa de inscrição será efetuada, via internet, no endereço eletrônico www.ifam.edu.br, no período compreendido entre 8 e 17

de fevereiro de 2010.

4.4. O candidato deverá efetuar o pagamento da correspondente taxa pertinente ao cargo pretendido, conforme TABELA do subitem 3.2.

4.5. O candidato deverá imprimir o Boleto para o pagamento da taxa de inscrição, disponível no endereço eletrônico http://www.ifam.edu.br, imediatamente após a conclusão do preenchimento da Ficha de Inscrição.

4.6. A taxa de inscrição, uma vez paga, não será devolvida em hipótese alguma, salvo em caso de cancelamento do processo seletivo.

4.7. Caso seja necessário, durante todo o período de inscrição, haverá a possibilidade de o candidato gerar um novo Boleto através do endereço eletrônico www.ifam.edu.br.

4.8. O Boleto pode ser pago em qualquer banco, bem como nas lotéricas e Correios, obedecendo aos critérios estabelecidos nesses correspondentes bancários, até a data de vencimento.

4.9. Para efetuar a inscrição, é imprescindível informar na Ficha de Inscrição o nº do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o nº do documento oficial de identidade.

4.10. A inscrição do candidato no Processo Seletivo implica, desde logo, o conhecimento e aceitação tácita das condições estabelecidas neste Edital, e, das demais informações que porventura venham a ser divulgadas, das quais o candidato não poderá alegar desconhecimento.

(4)

4.11. Para efetivação da inscrição via internet, o candidato poderá também utilizar nos dias úteis, nos horários determinados nos subitens 2.2.1 e 2.2.2 de computador disponibilizado nos Postos de Atendimento. 4.12. A CEPS do IFAM não se responsabilizará por solicitação de inscrição não recebida por motivos de

ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

4.13. O candidato somente poderá inscrever-se para um único cargo, devendo optar por um dos cargos constantes nos subitens 1.1, 1.2, 1.3 ou 1.4.

4.14. As informações prestadas na Ficha de Inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, dispondo a CEPS do IFAM do direito de excluir do Processo o candidato que o preencher com dados incorretos ou incompletos, bem como se constatado, posteriormente, que os dados informados são inverídicos ou, ainda, que o candidato tenha efetuado mais de um Pedido de Inscrição.

4.15. É vedada a inscrição condicional, a extemporânea, a via postal, a via fax ou a via correio eletrônico. 4.16. As inscrições somente serão efetivadas após a comprovação de pagamento da taxa de inscrição.

4.17. O documento de identificação utilizado no ato da inscrição deverá ser o mesmo a ser apresentado quando

da realização da Prova de Desempenho Didático ou de Desempenho Prático.

4.17.1. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia da realização da prova, documento de identificação original informado no ato da inscrição, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido com data posterior à sua inscrição no Processo.

4.18. São considerados documentos oficiais de identificação: carteiras expedidas pelos comandos militares, pelas secretarias de segurança pública, pelos corpos de bombeiros militares, pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc.), passaportes, carteiras funcionais do Ministério Público e Poder Judiciário, carteira nacional de habilitação com fotografia, carteiras funcionais expedidas por órgão público que valham como identidade na forma da lei, com foto e impressão digital, carteira de trabalho e certificado de reservista.

4.19. Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento/casamento, títulos eleitorais, CPF, carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, tampouco documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados.

4.20. Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitirem, com clareza, a identificação do candidato e sua assinatura.

4.21. Não serão aceitos protocolos de documentos.

4.22. O candidato que não apresentar documento de identidade original, na forma definida nos subitens 4.18, 4.19, 4.20 e 4.21 deste Edital, ressalvado o disposto no subitem 4.17.1 deste Edital, não poderá realizar a Prova de Desempenho Didático ou de Desempenho Prático e será automaticamente eliminado do Processo.

5. DAS ETAPAS

5.1. O Processo Seletivo Simplificado, no âmbito do IFAM, será realizado em duas etapas: 5.1.1. Prova de Desempenho Didático, de caráter eliminatório;

5.1.2. Avaliação Curricular, de caráter classificatório.

6. DOS LOCAIS DA PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO

6.1. A Prova de Desempenho Didático para os candidatos às vagas do Campus Manaus Centro será realizada no Campus Manaus Centro do IFAM, situado à Av. Sete de Setembro, 1975 – Centro.

6.2. A Prova de Desempenho Didático para os candidatos às vagas do Campus Manaus Distrito Industrial será realizada no Campus Manaus Distrito Industrial do IFAM, situado à Av. Danilo de Matos Areosa,

s/nº. – Distrito Industrial.

6.3. A Prova de Desempenho Didático para os candidatos às vagas do Campus Manaus Zona Leste será realizada no Campus Manaus Zona Leste do IFAM, situado à Avenida Cosme Ferreira, 8045 – São José Operário – CEP 69083-000.

6.4. A Prova de Desempenho Didático para os candidatos às vagas do Campus Coari será realizada no Campus Coari localizado na Estrada Coari/Itapéua, Km. 02, Coari-AM.

7. DA PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO

7.1. Do Sorteio do Tema para a Prova de Desempenho Didático

7.1.1. Para os candidatos às vagas dos Campi Manaus Centro, Manaus Distrito Industrial e Manaus Zona Leste, o sorteio do tema será realizado no dia 22 de Fevereiro de 2010, na Diretoria de Gestão de Pessoas – DGP do IFAM, situada à Av. Sete de Setembro, 1975 – Centro – Manaus/Amazonas, na presença de todos os candidatos inscritos, obedecendo a ordem do número de inscrição e o CRONOGRAMA (ANEXO I) deste Edital.

(5)

7.1.2. Para os candidatos às vagas do Campus Coari, o sorteio do tema será realizado no dia 22 de

Fevereiro de 2010, no Campus Coari localizado Estrada Coari/Itapéua, Km.02, Coari-AM,

na presença de todos os candidatos inscritos, obedecendo a ordem do número de inscrição e o CRONOGRAMA (ANEXO I) deste Edital.

7.1.3. O tema de cada prova de Desempenho Didático, observada a ordem de inscrição, será sorteado

pelo próprio candidato, na presença dos demais concorrentes para aquela área/disciplina, com antecedência de 24 (vinte e quatro) horas em relação ao início da prova.

7.1.4. Caso o candidato não possa comparecer ao sorteio do tema da Prova de Desempenho, poderá mandar um representante, munido de procuração simples do interessado, acompanhada de fotocópia do documento oficial de identidade de ambos.

7.1.5. O candidato que não comparecer ou não mandar representante ao sorteio dos temas será eliminado do Processo.

7.2. Da Prova de Desempenho Didático

7.2.1. A Prova de Desempenho Didático será realizada no período de 23 a 26 de Fevereiro de 2010 e destina-se a avaliar o candidato quanto ao domínio do assunto e à adequação da sua abordagem metodológica, consistindo de aula a ser ministrada perante a Comissão Específica de Avaliação formada por 3 examinadores e designada para esse fim.

7.2.2. A Prova de Desempenho Didático deve ser avaliada, de modo independente, por cada

examinador, mediante o preenchimento da Ficha de Avaliação, cuja nota final será a média simples das notas conferidas pelos examinadores.

7.2.3. A Comissão Específica de Avaliação atribuirá, à Prova de Desempenho Didático, nota de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, sendo eliminado o candidato que obtiver nota inferior a 60

(sessenta) pontos.

7.2.4. Os recursos didáticos, a serem utilizados na prova de Desempenho Didático, serão fornecidos pelas Diretorias de Ensino, na dependência de solicitação do candidato e disponibilidade dos mesmos.

7.2.5. Nenhum candidato poderá assistir aos exames dos demais concorrentes.

7.2.6. O candidato deverá apresentar a cada membro da Comissão Específica, antes do início da prova de Desempenho Didático, 01 (uma) cópia do respectivo Plano de Aula.

7.2.7. A Prova de Desempenho Didático terá duração de 45 (quarenta e cinco) minutos, acrescido de mais 10 (dez) minutos para argüição.

7.2.8. O candidato deverá comparecer ao local das provas com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário previsto para o seu início, munido do documento de inscrição e documento original de identidade ou documento equivalente, válido em todo o território brasileiro.

7.2.9. Não será permitido o acesso ao recinto de realização da prova de desempenho didático ou de desempenho prático ao candidato que, por qualquer motivo, não se apresentou no horário previsto para o seu início.

7.2.10. Não haverá segunda chamada para a prova de Desempenho Didático, seja qual for o motivo alegado.

8. DA AVALIAÇÃO CURRICULAR

8.1. Será feita a Avaliação Curricular somente dos candidatos aprovados na Avaliação de Desempenho Didático.

8.1.1. Os títulos deverão ser apresentados no período de 23 a 26 de Fevereiro de 2010, por ocasião da realização da Prova de Desempenho Didático, conforme os subitens 6.1., 6.2., 6.3. e 6.4. deste Edital.

8.1.2. A Avaliação Curricular terá caráter classificatório, sendo considerados pela Comissão Específica de Avaliação, a formação universitária, a formação técnico-profissional, a produção acadêmico-científica, e, a efetiva atividade docente do candidato.

8.1.3. A atividade docente do candidato poderá ser comprovada através de Carteira Profissional, contracheques, Contratos de Trabalho ou Certidão de Tempo de Serviço, não sendo aceitas, em nenhuma hipótese DECLARAÇÕES.

8.1.4. Será atribuído um valor máximo de 100 (cem) pontos para cada candidato.

8.1.5. Para efeito da Avaliação Curricular, considerar-se-ão a graduação, os títulos de pós-graduação e os demais documentos especificados na tabela constante do item 8.1.9.

8.1.6. Para os detentores de títulos de pós-graduação em diversos níveis só será considerado um título, o de maior nível.

(6)

8.1.7. Em relação aos Diplomas e Certificados não serão aceitas DECLARAÇÕES sob nenhuma hipótese.

8.1.8. A pontuação referente à apresentação do Diploma de Graduação só será computada caso o candidato não seja detentor de título de Pós-Graduação.

8.1.9. A documentação constante da Avaliação Curricular será a descrita a seguir, com a respectiva

pontuação.

DESCRIÇÃO PONTOS

a) Diploma/Certidão/Certificado ou Atestado com histórico de Graduação 10 pontos

b) Aperfeiçoamento (180h) 20 pontos

c) Certificado de Especialista (360h) 25 pontos

d) Diploma de Mestrado 35 pontos

e) Diploma de Doutorado 55 pontos

f) Produção Científica (máximo 2 trabalhos publicados nos últimos 5 anos) 10 pontos

g) Até 3 anos de efetiva atividade docente 10 pontos

h) De 4 a 6 anos de efetiva atividade docente 15 pontos

i) De 7 a 10 anos de efetiva atividade docente 20 pontos

j) A partir de 11 anos de efetiva atividade docente 25 pontos

Máximo de pontos a serem obtidos 100 pontos

8.1.10. Considerar-se-á como Produção Científica artigos publicados em Revistas Especializadas, Livros e/ou Jornais se publicados a partir de 2006, sendo necessária a comprovação dessas publicações.

9. DO RESULTADO FINAL

9.1. O resultado final será divulgado até as 16h do dia 5 de Março de 2010, na Portaria do IFAM e no endereço eletrônico www.ifam.edu.br.

9.2. A pontuação final de cada candidato será o resultado da somatória dos pontos obtidos nas duas fases do processo, sendo classificado aquele que obtiver pontuação igual ou superior a 70 (setenta) pontos.

9.3. Ocorrendo empate entre candidatos na classificação final, serão observados, respectivamente, os

seguintes critérios para desempate:

9.3.1. Maior nota na Prova de Desempenho Didático; 9.3.2. Maior nota na Avaliação Curricular;

9.3.3. Maior idade.

9.4. Concluída a apuração das notas finais pelas Comissões Específicas de Avaliação, o Presidente da

Comissão do Processo Seletivo proclamará ao Reitor Pro-tempore do IFAM o Resultado Final, valendo, para efeito de contratação a ordem decrescente de classificação.

10. DOS RECURSOS

10.1. A efetivação da inscrição implica da aceitação tácita das condições fixadas para a realização do Processo Seletivo Simplificado, não podendo, portanto, sob hipótese alguma, o candidato alegar desconhecimento das normas estabelecidas no presente Edital.

10.2. A Comissão Específica de Avaliação tem a autoridade final na apreciação dos aspectos de conteúdo acadêmico do Processo Seletivo, cabendo recurso fundamentado contra suas decisões, somente na ocorrência de vícios ou erros formais na condução do mesmo.

10.3. O recurso deverá ser impetrado pela parte interessada através de Requerimento dirigido ao Presidente da Comissão Específica de Processos Seletivos, no prazo de 24 (vinte e quatro) horas após a data marcada para a divulgação do resultado.

10.4. O requerente deverá dar entrada no Protocolo Geral dos Campi de que tratam os subitens 2.2.1. e 2.2.2. deste Edital, obedecendo ao horário de expediente da instituição.

10.5. Compete ao Presidente da Comissão Específica de Processos Seletivos aceitar o recurso impetrado e convocar a Comissão Específica de Avaliação para julgamento.

10.6. O recurso e o resultado de seu julgamento pela Comissão Específica de Avaliação deverão ser publicados em Boletim Interno do IFAM e comunicado ao interessado.

(7)

10.7. Serão indeferidos os recursos interpostos fora do prazo definido no item 10.3.

10.8. A Comissão Específica de Avaliação é soberana, não cabendo recurso contra sua decisão final.

11. DA VALIDADE

11.1. O prazo de validade do presente Processo Seletivo Simplificado será de 06 (seis) meses, prorrogado uma

única vez, por igual período de acordo com a Lei nº 8.745, de 9/12/93, alterada pela Lei nº 9.849, de 26/10/99, DOU de 27/10/99.

12. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

12.1. O candidato que já manteve contrato sob a égide da Lei nº 8.745/93 não poderá ser novamente contratado com fundamento nesta Lei, antes de decorridos 24 (vinte e quatro) meses do encerramento do seu contrato anterior, conforme o inciso III, do Art. 9º, da retrocitada Lei.

12.2. A inscrição no Processo Seletivo implica a aceitação irrestrita das condições estabelecidas pelo IFAM, não cabendo ao candidato qualquer recurso quanto às normas contidas neste Edital.

12.3. As datas e prazos contidos neste Edital poderão ser alterados pela Comissão Específica de Processos Seletivos.

12.4. O candidato que efetivar sua inscrição terá a obrigação de se manter informado sobre todos os atos publicados, datas e prazos referentes a este Processo Seletivo.

12.5. O candidato classificado no presente Processo Seletivo (observado o número de vagas para cada área)

será contratado por 6 (seis) meses, de acordo com a Lei nº 8.745/93, alterada pela Lei 9.849, de 26.10.99, DOU de 27.10.99, podendo o contrato ser prorrogado por até 24 (vinte e quatro) meses, observado o interesse da Instituição.

12.6. O candidato classificado assinará Contrato de Prestação de Serviços com este IFAM, nos termos da Lei nº 8.745/93, alterado pela Lei nº 9.849, de 26.10.99, DOU de 27.10.99, que extinguir-se-á na data prevista, sem direito a indenização.

12.7. Ao contratado aplica-se o disposto no Art. 11, da Lei nº 8.745/93.

12.8. Não serão fornecidos Atestados, Certificados ou Certidões relativos à habilitação, classificação e nota dos candidatos, valendo-se para tal a homologação no Diário Oficial da União.

12.9. A convocação dos candidatos será através de comunicação por telefone, e-mail, ou correspondência enviada ao endereço do candidato, constante na ficha de inscrição, devendo apresentar-se no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas, contado a partir do dia em que for contatado ou da entrega da correspondência de convocação.

12.10. Os candidatos deverão se apresentar à DGP, do IFAM.

12.11. Após o prazo de 48 (quarenta e oito) horas, o candidato que não atender à convocação reservará ao IFAM o direito de convocar o próximo classificado.

12.12. Após a homologação do resultado no Diário Oficial da União o candidato não classificado poderá reaver sua documentação, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias.

12.13. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Específica de Processos Seletivos.

JOÃO MARTINS DIAS Reitor “Pro Tempore”

(8)

ANEXO I CRONOGRAMA

ATIVIDADES DATAS

Publicação de Edital – Jornal Local 7.2.2010

Publicação de Edital no site 8.2.2010

Publicação de Edital no DOU 8.2.2010

Inscrições 8 a 17.2.2010

Sorteio do Tema para Prova de Desempenho 22.2.2010

Prova de Desempenho Didático 23.a 26.2.2010

Entrega dos Títulos 23 a 26.2.2010

Análise Curricular 27.2.2010

Resultado da Análise Curricular 2.3.2010

Resultado da Prova de Desempenho Didático 2.3.2010

Interposição de Recursos da Prova de Desempenho

Didático 3.3.2010

Interposição de Recursos da Análise Curricular 3.3.2010

Resultado da Prova de Desempenho Didático, após

recursos 4.3.2010

Resultado da Análise Curricular, após recursos 4.3.2010

Resultado Final 5.3.2010

Convocação dos Aprovados 6.3.2010

Entrega de documentos 8.3.2010

Apresentação dos Aprovados 8.3.2010

Imagem

Referências

temas relacionados :