informativo De olho na movimentação de cargas manuais Inverno chegou, cuidado com a balança Principal Negócio Carreira Aconteceu

Texto

(1)

informativo

28ª Edição

Segunda-feira 01 de julho de 2013

Principal

No ambiente de trabalho, a convivência com pessoas que só fazem comentários pessimistas não é nada agradável. A melhor maneira de superar a insatisfação é fazer reflexões. Veja algumas dicas.

Quem tem paciência com os reclamões?

Elas fazem a diferença

Carreira

Aconteceu

O tempo frio é um convite para ficar em casa e deixar de lado os exercícios físicos. Sem contar que o inverno desperta o apetite para massas, chocolates e bons vinhos. Não seja levado pelas tentações e evite ter de correr atrás do prejuízo nas próximas estações do ano.

Inverno chegou, cuidado com a balança

Colaboradoras da área de Armação e de Ferragem da LT do lote L do leilão n. 004/211 da Aneel desempenham um trabalho essencial para o início da construção das linhas de transmissão.

Negócio

De olho na movimentação

de cargas manuais

(2)

Principal

De olho na movimentação

de cargas manuais

A movimentação manual de cargas é qualquer deslocamento voluntário de volumes, incluindo as operações de le-vantamento, transporte, abaixamento e colocação. Esse tipo de trabalho pode causar um grande número de lesões corporais, tanto nos que exercem a ati-vidade quanto para aqueles que estão próximos. Sem os devidos cuidados, a queda das cargas pode gerar ferimen-tos, pancadas e as lombalgias. Veja

algumas atitudes obrigatórias e que di-minuem os riscos de acidentes:

Termo que se refere à dor na região lombar ou dorsal.

Levantamento de cargas

• Sempre se posicione de frente para a carga.

• Abaixe-se à altura da carga, flexionando os joelhos e mantendo a coluna reta.

• Pegue o objeto dobrando os dedos próximos a um ângulo de 90° debaixo da carga.

• Realize a elevação de uma só vez, utilizando a força das pernas.

Transporte de cargas

• Use técnicas adequadas a cada tipo de carga.

• Procure não se curvar. A coluna deve servir como suporte. • Quando estiver com o peso, evite rir, espirrar ou tossir. • Procure distribuir simetricamente a carga.

• Movimente as cargas por rolamento, sempre que possível. • Não deposite as cargas no chão, mas a cerca de

50cm do solo.

(3)

Negócio

Elas fazem a diferença

As colaboradoras do setor de Armação e Ferra-gem da LT do lote L do leilão n. 004/211 da Aneel são prova de que as mulheres atentam para os mínimos detalhes. Na Armação, elas são as res-ponsáveis por trabalhar com o corte e a dobra de vergalhões que, posteriormente, serão utilizados na montagem de armações a serem concretadas e, na etapa da Ferragem, realizam a movimenta-ção/separação das estruturas metálicas por tipo

de torre a ser construída. Essas atividades são o ponto de partida para a construção de uma torre de linha de transmissão de energia.

(4)

Carreira

Quem tem paciência com

os reclamões?

Cada vez mais, as pessoas andam impacien-tes com os colegas de trabalho que reclamam de tudo. Afinal, nada é mais desestimulante do que comentários pessimistas. A boa etiqueta prega que, quando alguém lhe pergunta “Como vai?”, a resposta deve ser “Tudo bem”, de forma simpáti-ca. Deixe para chorar suas mágoas quando real-mente for necessário e com aquela pessoa amiga.

Se você está insatisfeito, faça um balanço e, se o resultado for negativo, é hora de repensar as coisas. Você se engajou da maneira como deveria em trabalhos de sua equipe? Exercitou seu autocontrole? Tomou medidas que o ajuda-ram a equilibrar seu gênio explosivo ou seu fre-quente mau humor? Conseguiu desenvolver sua habilidade social e conviver melhor com aquelas pessoas que compõem sua equipe, mas que não necessariamente são amigos que você con-vidaria para sua casa? Fazer isso é uma decisão mais certa do que ficar desabafando pelos qua-tro cantos.

(5)

Aconteceu

Inverno chegou,

cuidado com a balança

Friozinho, aquela preguiça e vontade de ficar quietinho debaixo das cobertas. Isso associado a comidas como fondues, chocolates, queijos e vinhos. Não tem jeito: o inverno, estação que começou no dia 20 de junho, é mesmo um pe-rigo para a balança! Má alimentação, diminuição ou falta da prática esportiva e alguns quilinhos a mais são resultado quase certos. Mudanças de hábitos podem fazer com que você não engorde nesse período, mantendo a saúde e o bem-estar.

Confira:

• Nunca pule refeições e não fique sem comer. Fazendo essa loucura, você não perde gordura, e sim massa muscular magra. Faça, no mínimo, quatro refeições ao dia.

• Faça exercícios sempre. Os mais sedentários devem começar com uma caminhada diária e, aos poucos, partir para a musculação.

• Substitua frituras por cozidos, assados ou gre-lhados, e inclua saladas em pelo menos uma das refeições diárias para aumentar o aporte vitamí-nico/dia.

• Chocolate dietético não resolve nada, pois tem a mesma quantidade de gordura do normal. Uma saída para os viciados é o sorvete de chocolate light, que tem, em média, 37 calorias, ou se con-tentar com um daqueles quadradinhos da barra de chocolate.

Imagem

Referências

temas relacionados :