SEST,flfly INSTRUÇÃO DE SERVIÇO IS-DEX/SEST/SENAT N. 014/2017

15 

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

, 4’

SEST ,flfly

Serviço Sodal do Transporte Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO IS-DEX/SEST/SENAT N°. 014/2017

Dispõe sobre a Política de Prevenção contra Atos Ilícitos — Público Externo no âmbito do SEST SENAT.

O Departamento Executivo do Serviço Social do Transporte — SEST e

do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte — SENAT, representado por sua

Diretora Executiva Nacional, NICOLE GOULART, no uso das atribuições que lhe

são conferidas pelo ATO PRE-CN/SEST/SENATIN°. 110/15,

INSTRUI:

Art. 1° Quanto à aprovação da Política de Prevenção contra Atos Ilícitos —Público Externo, a ser aplicada no âmbito do SEST SENAT.

Art. 2° Quanto ao estabelecimento de princípios e diretrizes com o intuito de prevenir e combater atos ilícitos que possam ser cometidos por seus fornecedores de bens e serviços.

Art. 3° Esta Instrução de Serviço entra em vigor nesta data,

revogando-se quaisquer disposições em contrário.

Brasilia, 07 de abril de 2017.

Diretora Executiva Nacional do SEST SENAT

SAUS Quadra 1, Bloco*IJF

- Ed. Confederação Nacional do Transporte- BrasAia-DF-Tel.: (61) 3315.7000 -Fax: (61) 3223.2915 CEP: 70070-944- Fale com o SEST SENAT: 0800 728 2891 -www.sestsenat.org.br

(2)

SEST SENM

Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte

POLÍTICA DE PREVENÇÃO CONTRA ATOS ILÍCITOS - PÚBLICO

EXTERNO NO ÂMBITO DO SEST SENAT.

Objetivo

A presente Política tem por objetivo consolidar os princípios e as diretrizes do SEST SENAT no intuito de prevenir e combater atos ilícitos que possam ser cometidos por fornecedores de bens e serviços.

Relevúncia do Documento para Demonstrações Financeiras e Riscos

— Risco de Imagem

— Risco de Conformidade

Áreas Envolvidas

— Departamento Executivo do SEST SENATe demais Unidades Operacionais.

Descrição da Política

1. APLICABILIDADE

Esta Política se aplica a todos os colaboradores do SEST SENAT, compreendendo tanto

aqueles do Departamento Executivo quanto os das Unidades Operacionais.

Todos os colaboradores, em especial os gestores, são responsáveis por conhecer, entender,

disseminar e cumprir fielmente as regras estabelecidas nesta Política.

2. DEFINIÇÃO GERAL

A “Política de Prevenção Contra Atos Ilícitos— Público Externo” compreende um programa

de vigilância voltado para o princípio “Conheça seu Fornecedor”.

O programa visa subsidiar o SEST SENAT no processo de identificação, avaliação e aceitação

de fornecedores de bens e serviços. Nesse sentido, um conjunto de regras e controles amam

de forma preventiva, como critério de contratação e manutenção da relação comercial.

2

SAUS Quadra 1, Bloco J” Ed. Confederação Nacional do Transporte-Brasília-DF- Tel.: (61) 3315.7000-Fax61) 3223.2915 CEP: 70070144- Fale com o SEST SENAT: 0800 728 2891 -www.sestsenat.orq.br

(3)

SESF SENM

Serviço Social do Transporte Serviçq Nadonal de Aprendizaqem do Transporte

3. OBJETIVOS

Disciplinar internamente, para todos os níveis da estrutura organizacional do SESI SENAT,

as instruções e regras estabelecidas para a prevenção e o combate rigoroso de atos ilícitos praticados e que possam vir a ser praticados por fornecedores de bens e serviços.

Mitigar o risco de envolvimento da Instituição e de seus colaboradores em operações suspeitas

ou fraudulentas.

4. PRINCÍPIO “CONHEÇA SEUS FORNECEDORES”

4.1 Contratação e avaliação do fornecedor

Conhecer os fornecedores tomou-se fundamental para as empresas que, a cada dia, vêm buscando a conformidade e integridade de seus processos.

Para tanto, a contratação de fornecedores deve obedecer, quando aplicável a cada situação, às seguintes regras e critérios:

a) Cumprimento da Instrução de Serviço que trata dos procedimentos de compras e licitações, na qual são especificadas as modalidades de aquisições, bem como os limites e o critério do preço justo e vantajoso.

b) Observância do Código de Ética e Conduta, da Política Anticorrupção e das demais

regulamentações vigentes.

c) Apresentação das documentações de habilitação, que poderão ser exigidas no todo ou

em parte, conforme for estabelecido no instrumento convocatório. tais como:

ci) Habilitaçãojurídica:

i. Cópia da cédula de identidade dos sócios da empresa licitante e do

representante que participar da fase do credenciamento. se não for sócio.

ii. Prova de registro no órgão competente, se empresário individual.

iii. Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado no órgão competente.

iv. Ato de nomeação ou de eleição dos administradores, registrado no órgão

competente.

A habilitação jurídica tem por finalidade demonstrar a existência legal da empresa, o

regular exercício de suas atividades e, tratando-se de licitante pessoa física, a aptidão para a prática dos chamados “atos da vida civil”.

SAUS Ouadra 1, Bloco “J”- Ed. Confederação Nacional do Transporte-Brasilía-DF-Tel.: (61)33151000- Fax\(61) 3223.2915 CEP: 70070-944 -Fale com o SEST SENAT: 0800 728 2891 -www.sestsenat.org.br

(4)

SES1 SENAF

Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte

c.2) Qualificação técnica:

i. Registro ou inscrição na entidade profissional competente, nas hipóteses em

que o exercício de determinada profissão for regulamentado por lei.

ii. Documentos comprobatórios de aptidão para o desempenho das atividades

pertinentes e compatíveis em características, quantidades e prazos com o objeto licitado.

iii. Declaração de ciência de todos os documentos e exigências. contidos no instrumento convocatório.

iv. Prova de preenchimento dos requisitos previstos em lei especial, quando for

o caso.

A qualificação técnica tem por escopo aferir se o fornecedor reúne todas as condições

técnico-operacionais necessárias para a satisfatória execução do objeto, bem como

experiência e conhecimento imprescindíveis para atender com profissionalismo aos interesses da Instituição.

c.3) Qualificação econômico-financeira:

i. Balanço patrimonial e demonstrativos contábeis do último exercício social ou

balanço de abertura, no caso de empresa recém-constituída.

ii. Índices contábeis com parâmetros atualizados de mercado e que atendam às características do objeto licitado, conforme fixado, ou comprovação de capital social mínimo no edital.

iii. Certidão Negativa de Falência, expedida pelo distribuidor da sede da pessoa

jurídica ou Certidão Negativa de execução patrimonial, expedida no

domicílio da pessoa fisica.

iv. Garantia de proposta, por meio de caução em dinheiro, fiança bancária ou seguro-garantia, quando exigido.

A qualificação econômico-financeira tem como objetivo assegurar que o objeto do

contrato seja adjudicado a quem, efetivamente, tenha solidez para executá-lo. c.4) Regularidade fiscal:

i. Prova de inscrição no Cadastro de Pessoa Física — CPF ou no Cadastro

Nacional da Pessoa Jurídica—CNPJ.

ii. Prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao ramo de atividade e compatível com o objeto contratual.

iii. Prova de regularidade para com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal do domicílio ou da sede da licitante, cujos tributos devem ter estrita

pertinência com o objeto da licitação.

iv. Ceilidões Negativas de Débitos ou Certidões Positivas com Ef& os e

fNÏCOÍØ

ouÇ4a.

SAUS Quadra 1, Bloco “J”- Ed. Confederação Nacional do Transporte- Brasília-DF-Tel.: (61) 3315.7000 -Fax: (61 3223.2915 CEP: 70070-944- Fale com o SEST SENÁT: 0800 728 2891 -www.sestsenat.org.br

(5)

SEST ,flfly

Serviço Social do Transporte Serviço Nacional de Aprendiiaqem do Transporte

Negativas’ perante à Seguridade Social e ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, ainda que se trate de contratação direta por dispensa ou inexigibilidade de licitação.

Os documentos de regularidade fiscal permitem à Entidade contratante aferir a idoneidade do fornecedor perante o fisco e deverão ser exigidos, inclusive, no momento do pagamento pela execução do contrato.

d) Declaração de inexistência de trabalho infantil, trabalho forçado e mão de obra escrava.

e) Apresentação do “Questionário de Compliance”, respondido e assinado pelo

representante legal da empresa. O questionário, conforme anexo, visa traçar o perfil

do fornecedor quanto à aderência e ao comportamento diante da Lei Anticorrupção. A apresentação dos documentos solicitados, por parte dos fornecedores referidos nos itens anteriores, é obrigatória. A não apresentação de quaisquer documentos relacionados implicará a não contratação do fornecedor.

O atendimento às regras e aos critérios descritos tem como objetivos reunir elementos para

aferir a idoneidade e integridade do fornecedor e a possibilidade concreta de cumprimento das obrigações a serem pactuadas e mantidas com a Instituição; e ainda, identificar riscos, indicios ou suspeitas de empresas inidôneas ou de envolvimento em atividades ilícitas.

Para tanto, será realizada avaliação do fornecedor, a partir das respostas declaradas no “Questionário de Compliance”. A avaliação do fornecedor resultará na classificação do risco que terá como resultado:

— Risco Alto.

— Risco Médio.

— Risco Baixo.

A avaliação dos riscos será realizada pela área de Governança Corporativa e Compliance, a partir dos trabalhos a serem realizados junto à Coordenação de Compras e demais

departamentos de compras das Unidades Operacionais.

Aos fornecedores que representarem riscos “médio” e “alto” serão adotados procedimentos

complementares e diligências aprofundadas de avaliação, conforme a criticidade dos apontamentos, considerando ainda possíveis exceções.

Conforme a Súmula n°283, do Tribunal de Contas da União.

SAUSQuadra 1, Bloco “J”-Ed. Confederação Nacional do Transporte-Brasília-DF-Tel.: (61) 3315.7000-Fax: (61)3223.2915

(6)

SEST SENM

Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte

4.2 Relacionamento, monitoramento e manutenção dos critérios de contratação

No que se refere ao relacionamento. monitoramento e manutenção dos critérios de contratação de fornecedores, as seguintes situações devem ser observadas:

a) O cadastro do fornecedor deve ser mantido atualizado, inclusive com relação aos dados

bancários para fins de pagamento.

b) Toda compra/aquisição deve ser precedida de cadastro do fornecedor.

c) A execução do contrato ou entrega do bem/serviço deve ser acompanhada e atestada

por colaborador designado para essa finalidade.

d) Os princípios éticos da legalidade, probidade, boa fé e da moralidade devem estar

presentes desde a fase de contratação até o encerramento da relação comercial.

e) Durante a execução do contrato, as regras e os critérios descritos no item 4 devem ser

rigorosamente cumpridos e mantidos.

Caso seja comprovada a culpabilidade do fornecedor em atividades ilícitas, fraudes e atos de

corrupção, o SEST SENAT reserva-se o direito de:

a) Não contratar serviços ou adquirir produtos do fornecedor em questão.

b) Rescindir, justificadamente, o contrato mantido, quando se tratar de fornecedor ativo. e) Suspender o cadastro do fornecedor.

d) Exigir o pagamento de indenização em caso de responsabilização do SEST SENAT

por ato praticado pelo fornecedor.

4.3 A Sala do Fornecedor

A Sala do Fornecedor é um ambiente localizado no Departamento Executivo do SEST SENAT, criado para garantir a lisura e legitimidade do relacionamento mantido entre a Instituição e seus fornecedores.

O ambiente, que é permanentemente monitorado. deve ser utilizado para toda e qualquer

comunicação realizada com os fornecedores, seja para fins de contratação, manutenção e encerramento do contrato, ou para realização de reuniões. O monitoramento da Sala do

Fornecedor é de responsabilidade da área de Governança Corporativa e Compliance.

É

proibida qualquer comunicação com fornecedores fora das dependências do SEST SENAT.

A mesma regra se aplica às Unidades Operacionais.

SAUS Quadra 1, Bloco “J’ Ed. Confederação Nacional do Transporte- Brasflia-DF-Tel.: (61) 33152000- Fax: (61) 32232915 CEP: 70070-944 -Fale com o SEST SENAT: 0800 728 2891 -www.sestsenat.org.br

(7)

SEST SEI Ai

Serviço Saciei da Transporte Serviço Nacianei de Aprendizagem do Transporte

5. PRÁTICAS PREVENTIVAS

Tanto o Departamento Executivo quanto as Unidades Operacionais do SESI SENAI devem

adotar medidas preventivas, acompanhando com rigor e comunicando qualquer indício ou suspeita que possa caracterizar ato ilícito ou fraudulento.

As seguintes situações, mas não limitadas a estas, devem ser rejeitadas: a) Omissão de documento exigido para a contratação.

b) Cadastro do fornecedor desawalizado. especialmente o ativo e com contrato vigente.

c) Inconformidade entre o valor contratado e o valor realizado. d) Inabilitação jurídica, bem como econômico-financeira. e) Irregularidade fiscal junto aos órgãos oficiais.

O

Atestado de capacidade técnica com indícios de fraude.

g) Solicitação de pagamento em conta bancária diferente da informada no cadastro, em conta bancária de terceiro, em espécie ou em moeda estrangeira.

h) Recebimento de presentes, brindes, hospitalidades, patrocinios e doações em

desconformidade com o Código de Ética e Conduta e com a Política Anticorrupção.

6. COMUNICAÇÃO

O SEST SENAT disponibiliza, na área de Governança Corporativa e Compliance, canais de

comunicação para o recebimento de denúncias de práticas (ou suspeitas) que violem ou que

possam violar os princípios desta Política, do Código de Ética e Conduta, da legislação vigente

e das normas internas.

Fatos, atos, eventos ou circunstâncias que possam indicar a transgressão das orientações aqui descritas não devem ser ignorados. Os colaboradores têm o dever de comunicá-los.

O SEST SENAT garante sigilo absoluto aos denunciantes que relatarem violações por meio

dos canais de comunicação, desde que o denunciante o faça com responsabilidade e agindo de boa-fé, e não tolera qualquer retaliação ou intimidação contra qualquer pessoa pelas

comunicações de violação.

7. MEDIDAS DISCIPLINARES

Qualquer incidente informado será investigado por meio de um procedimento de apuração.

Após a investigação ou na hipótese de identificados indícios suficientes, caso constatai

existência de condutas proibidas e/ou ilícitas, serão tomadas medidas disciplinares imed

e cabíveis, de acordo a legislação aplicável, incluindo advertência, suspensão e dei

SAUS Ouadra1, Bloco “J” -Ed. Confederação Nacional do Transporte- Brasilia-DF-Tel.:(61)3315.7000- Fax: (61) 323.2915

CEP: 70070-944-Fale com o SEST SENAT: 0800 728 2891 -www.sestsenat.org.br

\

(8)

SESF SENAT

Serviço Nacional de Aprendizaqem do Transporte

Casos que envolvam conduta ilícita poderão ser encaminhados âs autoridades competentes,

tornando os responsáveis sujeitos a processo administrativo, civil ou criminal.

Referências

— Lei n° 12.846, de l de agosto de 2013.

Áreas Aprovadoras

— Governança Corporativa e Compliance

— Coordenação de Compras

— Assessoria de Conformidade Legal

Grupo Referência Assunto Título Criação PoIíIicaCorporativa

jGovernança Corporativa e Compliance Comphance

Política de Prevenção contra Atos Ilícitos - Público Externo

10/04/2017 Alteração Versão

3’

O

SAUS Quadra 1, Bloco ‘J” -Ed. Confederação Nacional do Transporte -Brasflia-DF-Tei: (61) 33152000 -Fax: (61) 223.2915

CEP: 70070-944-Fale com o SEST SENAT: 0800 728 2891 -www.sestsenat.org.br

4

1.0

(9)

ANEXO 1

IS-DEXJSEST/SENAT N°. 014/2017 QUESTIONÁRIO DE COMPLIANCE

Com fundamento no Código de Ética e Conduta e na Política Anticorrupção, o presente “Questionário de Compliance” é parte fundamental na forma como o SEST SENAT atua e mantém seus relacionamentos com fornecedores e prestadores de serviços.

O SEST SENAT, em defesa de seus valores e princípios, e primando pelo bom e íntegro

relacionamento com o público externo, mantém tanto o Código de Ética e Conduta quanto a Política Anticorrupção, atualizados e públicos e, ao mesmo tempo, de conhecimento obrigatório de todos os seus colaboradores e parceiros.

O objetivo desse questionário é garantir que as relações comerciais mantidas entre o SEST

SENAT e seus fornecedores sejam pautadas pela transparência, integridade, honestidade, em conformidade com a legislação brasileira, além dos normativos internos e, principalmente,

livres de atos de corrupção.

Obs.: O termo “fornecedor” se refere tanto a fornecedores de bens quanto de serviços e se

aplica, de igual modo, a pessoas jurídicas e físicas.

1. Informações Básicas:

1.1 Nome ou Razão Social do Fornecedor

1.2 CNPJ/CPF:

1.3 Endereço completo do domicílio/sede:

1.4 Telefone:

1.5 E-mau:

(10)

2. Questões Específicas - Pessoa Física (PF):

2.1 Você atua ou atuou como

Sim Não

a) Representante de governo (em qualquer esfera).

(

)

(

b) Membro de conselho, comissão ou agência, seja civil ou

militar.

(

)

(

)

e) Membro de organização, entidade associativa ou empresa que

seja propriedade do governo ou sua controlada.

(

)

(

)

d) Membro de partido político, independente da função que

)

exerce.

e) Servidor, colaborador ou membro de órgão do Executivo, Legislativo ou Judiciário, em qualquer esfera, seja eleito ou nomeado.

O

Candidato a cargo político.

(

)

(

)

g) Funcionário ou gestor de organização supranacional, tais

como: ONU. Banco Mundial, FMI, OCDE, CAF.

(

)

(

)

Para cada questão marcada como SIM, informe:

Cargo ocupado: Período em que ocupou o cargo:

2.2

É

considerada PPE (Pessoa Politicamente Exposta)? Consideram-se pessoas politicamente expostas os agentes públicos que desempenham ou tenham desempenhado, nos últimos cinco anos, no Brasil ou em países, territórios e dependências estrangeiras, cargos, empregos ou funções públicas relevantes, assim como seus representantes, familiares (parentesco direto, colateral ou por afinidade, em qualquer caso até o quarto grau) e colaboradores.

(

)Sim

(

)Não

(11)

2.3 Em caso positivo, informe os dados do(s) membro(s) da família, de até 1” grau (pais,

filhos, irmãos, sogros, enteados, genros e noras), que atua (m) como servidor público:

Nome Parentesco Cargo e função exercida

no Governo

2.4 Você tem se relacionado nos últimos cinco anos com servidores, políticos ou

autoridades públicas? Em caso positivo, comente:

(

)Sim

(

)Não

2.5 Com relação à prática de atos de corrupção, foi autuado, acusado, condenado ou está

sendo processado por qualquer violação? Caso a resposta seja afirmativa, esclareça:

(

)Sim

(

)Não

2.6 Possui alguma condenação penal? Caso a resposta seja afirmativa, esclareça, indicando o número do processo judicial e a comarca/tribunal onde se encontra:

(

)Sim

(

)Não

2.7 Informe a relação de todos os Estados/Municípios do Brasil onde possua cliente e/ou

atenda:

(12)

3. Questões Específicas - Pessoa Jurídica (PJ):

3.1 Forma de constituição (por exemplo: Ltda,; S.A.; Fundação; Associação ou outra):

3.2 Informe o local, a data do registro ou constituição da pessoa jurídica:

3.3 Informe sueintamente as principais áreas onde a pessoajurídica atua:

3.4 Enquadra-se como Matriz?

(

)Sim

(

)Não

3.5 Possui filial? Caso a resposta seja SIM. indique a(s) localidade(s):

(

)Sim

(

)Não

3.6 Possui Código de Ética e Conduta?

(

)Sim

(

)Não

3.7 Possui Política Anticorrupção ou documento similar?

(

)Sím

(

)Não

(13)

3.8 A Empresa realiza treinamentos que contemplem práticas comerciais, negociações e

relacionamentos com o Poder Público? Caso a resposta seja SIM, informe para qual público o treinamento está voltado (ex.: empregados, gerentes. diretores, membros de conselho).

(

)Sim

(

)Não

3.9 Relacione, no quadro a seguir, o nome, o cargo, a responsabilidade social e o percentual de participação dos diretores e, se houver, dos membros de conselho da empresa:

. . Percentual de Responsabilidade . .

-Nome Cargo

social participaçao. quando_aplicável

3.10 Se possuir empregado, diretor, membro de conselho ou membro da família, com até

o 4° grau por parentesco direito, colateral ou afinidade (pais. filhos, irmãos, sogros,

enteados, genros e noras), que ocupe função no Poder Público, indique no quadro abaixo o nome e a relação mantida:

. - Função ocupada

Posiçao ou relaçao

Nome como servidor

na Empresa

publico

3.11 Algum sócio, diretor, acionista, membro de conselho e/ou representante da empresa

consta cadastrado na lista de PPE (Pessoa Politicamente Exposta)? Consideram-se pessoas politicamente expostas os agentes públicos que desempenham ou tenham desempenhado, nos últimos cinco anos, no Brasil ou em países, territórios e dependências estrangeiras, cargos, empregos ou funções públicas relevantes, assim como seus representantes, familiares e estreitos colaboradores (Vide detalhes na Resolução n° 16, de 28/03/2007, do COAF em w.coaf.fazenda.gov.br).

(

)Sim

(

)Não

(14)

3.12 Já foram registradas autuações, acusações e/ou condenações contra a empresa ou qualquer de seus membros, seja da matriz ou filiais, por violação da Lei Anticorrupção por qualquer ato lesivo contra a Administração Pública Nacional ou Estrangeira, ou da lei penal? Se positivo, esclareça:

(

)Sim

(

)Não

3.13 Informe a relação de todas as regiões do Brasil onde possua cliente e/ou atenda:

3.14 A empresa contrata serviços de Auditoria Externa? Se positivo, informe o nome e a periodicidade:

(

)Sim

(

)Não

3.15 A empresa possui um Programa de Co;npliance?

(

)Sim

(

)Não

3.16 Ao responder e encaminhar este questionário, favor, forneça os seguintes documentos, se houver:

3.16.1 Código de Ética e Conduta.

3.16.2 Política Anticorrupção.

(15)

DECLARAÇÃO

Declaramos como verdadeiras as informações ora prestadas e que não praticamos atos em desconformidade com os dispositivos legais acima mencionados, não oferecendo, recebendo, prometendo, efetuando ou autorizando, direta ou indiretamente, a qualquer colaborador e/ou servidor ou empregado público, nacional ou estrangeiro, vantagem

ou favorecimento indevido. Da mesma forma, não influenciamos, indicamos, sugerimos ou

induzimos qualquer prática que envolva a violação de sua obrigação legal.

Declaramos que, até o presente momento, não constam violações à Lei Anticorrupção e à Lei Penal, cometidas por nossa empresa e/ou por seus membros, sejam diretores, integrantes de conselho e/ou colaboradores.

Comprometemo-nos a cumprir e fazer cumprir, a qualquer tempo, os Normativos, as Leis e as Regulamentações Anticorrupçào e, caso haja o conhecimento de qualquer violação, obrigamo-nos a comunicar imediatamente ao SEST SENAI qualquer fato

que venha ou possa vir a alterar as declarações apresentadas neste questionário.

Declaramos ainda que recebemos, lemos e compreendemos o Código de Ética

e Conduta do SEST SENAT, estando em perfeita conformidade com todas as suas disposições.

Nome:

Cargo:__________________________________ Data:_______________________________________

Assinatura:

Imagem

Referências

temas relacionados :