Feiras do Circuito Arariboia agitam a cidade

12 

Texto

(1)

Municipal

recebe arraiá

da Bloody

Mary

Página 11

Projeto Gráfico: Wilian Correia

#VACINAPARATODOS #FIQUEEMCASA #USEMASCARA #LAVEASMAOS

Covid 19: Prefeitura inicia dose de reforço em idosos

Página 3

Página 2

Foto: Berg Silva

Feiras do Circuito Arariboia

agitam a cidade

Feiras do Circuito Arariboia

agitam a cidade

Página 5

Niterói assegura R$ 11 milhões

às pequenas empresas

Niterói assegura R$ 11 milhões

às pequenas empresas

(2)

As quatro feiras que compõem o Circuito Arariboia estão em pleno fun-cionamento, desde maio, em diferentes bairros da cidade. O circuito voltou a acontecer, quinzenalmente, às quintas-feiras ao lado do Terminal João Goulart, todas as sextas na Praça Dom Navar-ro, em Icaraí, e, aos sábados, no Campo de São Bento e na Praça das Amendo-eiras, em Itaipu. Já as feiras virtuais são transmitidas às quartas-feiras, às 16h, pelo Facebook do Fórum de Economia Solidária de Niterói (/fesniteroi/).

“Temos o objetivo de fomentar ain-da mais ativiain-dades econômicas susten-táveis, numa perspectiva de aquecer a economia e promover o desenvolvimen-to local”, destacou Vilde Dorian, secre-tário de Assistência Social

As feiras reúnem, ao todo, empre-endedores de economia solidária, den-tre eles artesãos nas suas diversas es-pecificidades, agricultores familiares e de alimentos orgânicos, produtores de alimentos, cervejas artesanais, mel, dentre muitos outros.

Circuito Arariboia promove feiras

virtuais e presenciais em Niterói

Foto: Berg Silva

Depois de iniciar campanhas de do-ação à populdo-ação em vulnerabilidade, a primeira-dama de Niterói, Christa Gra-el, agora leva sua experiência de 12 anos à frente do Projeto Grael ao novo pro-grama de desenvolvimento do Terceiro Setor, criado pela Prefeitura de Niterói. Ela está coordenando de forma volun-tária o Niterói Cidadã, que vai oferecer cursos às Organizações Não Governa-mentais da cidade.

A ideia é profissionalizar as

institui-Christa Grael leva sua experiência

ao Niterói Cidadã

ções para que possam aprimorar a ges-tão, elaborar projetos e captar recursos de forma independente - um dos maiores desafios que o setor enfrenta. Após uma consulta pública realizada com as ONGs, o programa agora vai traçar um diagnós-tico das principais necessidades e deman-das dos projetos sociais para, assim, dire-cionar os cursos e estratégias de atua-ção. As capacitações, que serão oferta-das pela Escola de Governo e Gestão, têm início previsto para outubro.

O Observatório Municipal de Promo-ção da Igualdade Racial de Niterói (Om-pir) foi apresentado na Câmara de Vere-adores, na última semana, a convite do vereador Fabiano Gonçalves. O obser-vatório tem como objetivo contribuir para o acompanhamento, a avaliação e a exe-cução das políticas de promoção de igual-dade racial no município, por meio do le-vantamento, processamento e divulgação de dados e pesquisas sistematizadas.

Joana Raphael, idealizadora do proje-to, explica que o Observatório possibilita uma abordagem interdisciplinar e a arti-culação entre a Prefeitura, a universidade e sociedade civil. “O Observatório gera dados, faz pesquisas, propõe e avalia as políticas de igualdade racial no município. A ideia é lançar um edital, fazendo um chamamento público de pesquisadores in-teressados nesta área, além de realizar parcerias com universidades”, ressaltou.

A Prefeitura de Niterói lançou o primei-ro cartão de estacionamento com identifi-cação de pessoas com Transtorno do Es-pectro Autista. Idealizado pela Secretaria Municipal de Acessibilidade, com o apoio da NitTrans, o cartão poderá ser usado nas vagas de estacionamento reservadas a pes-soas com deficiência em toda a cidade. Niterói é a primeira cidade brasileira a ado-tar a identificação exclusiva.

Gilson Souza, presidente da Nittrans, explica que o cartão já era entregue, porém

reconhecer esse público é de fundamental importância. “Desde janeiro, quando assu-mimos a gestão da Nittrans, nós tínhamos a missão de rever todos os processos. A par-tir disso, começamos a fornecer o cartão para as pessoas que apresentaram o laudo de autismo. Porém, a pedido da Secretaria de Acessibilidade, após conversa com o pai de uma pessoa com Transtorno do Espec-tro Autista, começamos a colocar o símbo-lo da luta no cartão e hoje entregamos o primeiro deles”, disse.

Cartão de estacionamento exclusivo

para pessoas com autismo é lançado

Observatório da Igualdade Racial

(3)

Estudos mostram que aproximada-mente 40% das pessoas recuperadas da Covid-19 podem apresentar algum tipo de sequela da doença

A Prefeitura de Niterói inaugurou, nesta semana, o Centro de Reabilita-ção Pós-Covid-19 no Hospital Munici-pal Oceânico, referência no tratamen-to de pacientes que contraíram o vírus. O Centro de Reabilitação funcionará no térreo do hospital em uma área iso-lada do restante da unidade.

“É um orgulho pra gente esse tra-balho pioneiro de recuperação dessas pessoas que, em função da Covid-19, ficaram com sequelas e dificuldades para voltar a suas rotinas. Aqui, elas

poderão dar sequência ao seu tratamen-to para se recuperarem plenamente”, disse o prefeito Axel Grael.

A nova área é voltada para o atendi-mento de pessoas que se recuperaram do novo coronavírus, mas apresentaram sin-tomas como fadiga, cansaço, dor crônica, fraqueza muscular, limitação respiratória, perda de olfato e paladar após a alta.

“Estimamos que cerca de 40% das pessoas que contraíram a doença apre-sentam algum tipo de sequela em graus diferentes. Muitas delas precisam de um trabalho de reabilitação e esse Cen-tro, um dos primeiros do Rio de Janei-ro, terá essa missão”, disse o secretá-rio de Saúde, Rodrigo Oliveira

Centro de Reabilitação Pós-Covid é inaugurado no Hospital Oceânico

O Caminho Niemeyer, no Centro de

Niterói, é mais uma opção gratuita de lazer ao livre de Niterói. O espaço foi reaberto ao público em julho, após um longo período de fechamento causado pela pandemia do novo coronavírus, e está se tornando uma das áreas prefe-ridas dos niteroienses. O local pode ser frequentado nos fins de semana e feri-ados das 7h às 18h, possui importantes obras do famoso arquiteto Oscar Nie-meyer, uma belíssima vista da Baía de Guanabara – especialmente no pôr do sol – e permite, ainda, passear, cami-nhar, andar de skate, bicicleta e patins. O Caminho Niemeyer é um equipa-mento cultural de grande valor arquite-tônico e faz parte de um complexo de 11 quilômetros de obras do consagrado arquiteto, que vai até Charitas.

O local conta com um Centro de Atendimento ao Turista (CAT). De hora em hora, estagiários de turismo realizam visitas guiadas gratuitamen-te, onde é possível conhecer a história e obra de cada monumento: Funda-ção Oscar Niemeyer, Memorial Ro-berto Silveira e o Teatro Popular Os-car Niemeyer.

“Esses espaços públicos têm me salvado nesta pandemia. Eu ando de patins e pratico corrida e essa área aqui é linda. Acho maravilhoso, é a minha válvula de escape, assim como a orla de Icaraí”, destacou a engenheira Ma-ria Fernanda Bastos, de 36 anos.

O Caminho Niemeyer permite a entrada de até 500 pessoas por vez, de acordo com o protocolo sanitário de prevenção à Covid-19.

Caminho Niemeyer vira uma das principais opções de lazer dos niteroienses

Visitantes podem admirar obras arquitetônicas e praticar esportes individuais, além de ver pôr do sol na Baía de Guanabara

Niterói vai começar a vacinar com a terceira dose os 1.200 idosos manti-dos em instituições de longa permanên-cia da cidade, a partir desta sexta-feira (27). A cidade será a primeira a ofere-cer dose de reforço para este público. A imunização será realizada por equi-pes da Secretaria Municipal de Saúde, que irão aos locais. Adolescentes de 16 anos já podem se vacinar nesta sex-ta (27) e sábado (28). Até o momento, Niterói já vacinou 399.765 mil pessoas com a primeira dose, o que significa 97,5% população acima de 18 anos e 77% da população geral. Mais de 232.600 mil niteroienses possuem o esquema vacinal completo com as duas doses ou a vacinação em dose única,

que representa 56% população acima de 18 anos e 45% população geral.

“Estamos fazendo a nossa parte e é importante que você faça a sua. Se você já está no momento de tomar a segunda dose, é importante que o faça. É um ato de respeito e preocupação com a nossa cidade”, enfatizou o pre-feito Axel Grael.

Com o avanço da variante Delta e com a segurança da vacina garantida, a Anvisa e o Ministério da Saúde reco-mendaram uma dose de reforço da vacina CoronaVac ou Pfizer para pa-cientes com baixa imunidade e idosos, especialmente, acima de 70 anos. O calendário com as idades será divulga-do em breve.

Com 97,5% da população adulta vacinada,

Niterói inicia dose de reforço em idosos

(4)

A Prefeitura de Niterói e a Univer-sidade Federal Fluminense (UFF) reu-niram nomes nacionais e internacionais de pesquisas em prevenção de riscos, nesta semana, no webinário “Desafios no Desenvolvimento dos Centros de Pesquisa e Estudos em Desastres”.

Além de representantes da adminis-tração municipal, o seminário contou com a participação de palestrantes de centros de pesquisa dos Estados Uni-dos e do Japão, assim como de centros de pesquisa no Brasil.

“Hoje, Niterói tem uma Defesa Civil preparada para lidar de forma muito mais eficiente com situações de emergência porque fizemos um grande trabalho de planejamento e de resposta a situações de acidentes e desastres climáticos e ambientais, além de uma agenda de in-vestimentos para contenção de

encos-tas e drenagem. A cidade conta com uma das melhores estruturas de Defesa Ci-vil do país, com estratégias permanen-tes”, enfatizou o prefeito Axel Grael.

O Centro de Estudos e Pesquisas em Prevenção de Desastres de Niterói (CEP-PreD) tem sua origem em 2021, a partir do PDPA, uma parceria entre a Prefeitura, a UFF e a Fundação Euclides da Cunha.

“Nós fizemos um programa de desen-volvimento de projetos aplicados por onde a Prefeitura de Niterói aportou recursos na ordem de R$ 25 milhões. Hoje, temos em várias frentes equipes buscando me-lhorar rotinas e construir novos caminhos para a cidade. Um dos resultados é a cri-ação deste centro de estudos e pesqui-sas, que vai reunir toda a excelência da UFF para que a gente possa sistematizar e estimular ainda mais a academia para as questões da cidade”, destacou Grael.

Niterói e UFF vão criar Centro de Estudos em Prevenção de Desastres

Na última terça-feira (24), Luiza Sassi participou do I Festival Filmes Que Ensi-nam História Política. A diretora geral do Instituto GayLussac compartilhou a expe-riência do uso do audiovisual como aliado da Educação, especialmente durante a pan-demia, com os desafios do ensino on-line.

“A escola do século XXI deve trazer diversas linguagens para o espaço esco-lar, e o audiovisual é um recurso muito rico e interessante. Em uma escola que tem a intenção de desenvolver o pensa-mento crítico, esse recurso permite uma amplitude de visão e de repertório. No tempo da pandemia, o audiovisual con-templou a perspectiva da educação à dis-tância de uma maneira muito positiva, enriquecendo a possibilidade de transfor-mação do professor que precisou apren-der a ser um educador on-line.”

Luiza ressaltou, ainda, a atratividade do audiovisual como um material

atem-poral, que cria a possibilidade de trans-portar o aluno para outros tempos, enri-quecendo o aprendizado.

“A gente nunca pode esquecer que no Brasil existe uma diversidade entre as pos-sibilidades de experiências das escolas com o audiovisual. Mas quando eu penso em escola, seja ela com mais ou menos re-cursos, é como o lugar de pensar. Esse exercício precisa ser provocativo e insti-gado por todas as camadas: professores, diretores, pais. A escola é um espaço de pensamento vivo e dinâmico”, afirmou.

Em 2019, o Instituto GayLussac lançou o I Festival de Curtas da 1ª série do Ensino Médio. Com “uma ideia na cabeça e um celular na mão”, os alunos são instigados a pensar de forma criativa sobre o mundo que os cerca. “Eles usam a ferramenta do audiovisual de maneira muito ativa. Trazer isso para a escola é legitimar essa lingua-gem que eles têm”, explicou Luiza.

Luiza Sassi defende audiovisual como aliado da educação

A Prefeitura de Niterói e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) assinaram, nes-ta quinnes-ta-feira (26), uma carnes-ta de inten-ção para expansão do projeto Método Wolbachia para a região de Pendotiba, com financiamento da administração municipal. A liberação dos mosquitos Aedes aegypti com Wolbachia em Nite-rói, que começou com uma ação piloto em Jurujuba em 2015, e já cobriu cerca de 75% do território municipal, já surtiu efeitos. Dados divulgados pelo Método Wolbachia, iniciativa do World Mosquito Program (WMP), apontam redução de cerca de 70% dos casos de dengue, 60% de chikungunya e 40% de Zika nas áre-as onde houve a intervenção.

Na ocasião, também foi assinada uma carta de intenção entre a Prefeitu-ra de Niterói, a Fiocruz e o WMP BPrefeitu-rasil para que a metodologia seja aplicada em todo o município. Para a nova fase, será feito um investimento de R$ 2,8 milhões. “Nós estamos muito satisfeitos com os resultados do Método Wolbachia e quere-mos ser o primeiro município do país a ter 100% do território protegido. Niterói sem-pre foi um exemplo no combate à dengue no país e, por isso, hoje assinamos essa car-ta de intenções para que a gente possa cap-tar os recursos e terminar todo o município. Temos muito orgulho que Niterói tenha sido escolhida, lá atrás, para implementação do projeto”, pontuou o prefeito Axel Grael.

Prefeitura e Fiocruz assinam carta de intenção para expandir Método Wolbachia

(5)

A Prefeitura de Niterói vai disponibi-lizar R$ 11 milhões em créditos às micro e pequenas empresas da cidade através do Programa Supera Mais Ágil, nova fase do Supera Mais. A iniciativa pretende contemplar as empresas que ainda não receberam algum tipo de auxílio emer-gencial, mas as que já participaram do Programa Empresa Cidadã também po-derão pleitear o empréstimo. O prazo para adesão vai até 6 de setembro.

O Supera Mais Ágil tem como uma das premissas fazer a análise de crédito de forma ainda mais rápida. Assim, as empresas já inscritas no Supera Mais po-dem confirmar a intenção em participar do programa. As novas empresas, ainda não inscritas, devem fazer sua adesão. As inscrições podem ser feitas em fazenda.niteroi.rj.gov.br/site/supera-mais-agil/. Após o prazo, os lotes serão aber-tos de acordo com a demanda e as prio-ridades estabelecidas pelo Conselho Ges-tor do Fundo de Crédito Emergencial.

O prefeito Axel Grael pontuou que, des-de o início da pandes-demia, Niterói vem atuan-do para salvar vidas e minimizar o impacto na economia. “A Prefeitura de Niterói já investiu R$ 1 bilhão em iniciativas ligadas ao combate e mitigação dos efeitos da Co-vid. Nenhuma outra cidade ou governo fez o que Niterói está fazendo”, frisou.

A secretária de Fazenda de Niterói, Marilia Ortiz, destacou que o Supera Mais já beneficiou mais de 410 empre-sas, com R$17 milhões em empréstimos concedidos para capital de giro. “Os re-sultados para a manutenção do dinamis-mo econômico da cidade já podem ser percebidos. De acordo com o Rais/Ca-ged, Niterói registrou sucessivos saldos positivos de emprego desde setembro do ano passado. O suporte aos micro e pequenos empreendedores vem ao en-contro da retomada econômica do mu-nicípio. Nesta nova fase, a análise de crédito será feita de forma mais célere, em torno de 20 dias”, comentou

Mais R$ 11 mi serão disponibilizados às micro e pequenas empresas da cidade

A Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia de Niterói ampliou, esta semana, as rondas preventivas contra queimadas na cidade. No últi-mo domingo (22), a ausência de chuva, altas temperaturas e baixa umidade fi-zeram o risco de fogo em vegetação ser alterado para alto no município. Na terça (24) e quarta-feira (25) equipes realizaram rondas no Peixe Galo, em Jurujuba, e no Boa Vista, em São Lou-renço. Este ano, os canais de aciona-mento da Defesa Civil já registraram 88 ocorrências de queimadas.

Durante as rondas preventivas

fo-ram visitadas cerca de 70 residências e abordados aproximadamente 200 mo-radores, que receberam orientações e panfletos informativos ressaltando os riscos relacionados às queimadas, além de métodos de prevenção e acionamen-to das equipes de combate.

Equipes da Defesa Civil têm feito o trabalho constante de conscientização com a população por meio de SMS, das redes sociais e dos grupos de voluntá-rios dos Núcleos de Defesa Civil, além das rondas preventivas contra queima-das em áreas previamente mapeaqueima-das e consideradas críticas.

(6)

www.facebook.com/folhanit denizegarciaeventos@gmail.com @denizemg

Ensaio

de luxo

A bailarina e atriz Suzana Quintanilha, também conhecida por ser embaixadora da loja Sonho dos Pés, esteve em Niterói para modelar. Com sua beleza estonteante e enorme simpatia, Suzana encantou a todos os presentes nos bastidores de seu ensaio no estúdio do fotógrafo David Arrais. A beleza e o sorriso aberto da modelo foram registrados neste clique despretencioso de David quando a dupla ainda não estava em ação.

Depois de ter suas aulas interrompidas devido à pandemia da Covid-19, Telassim Al Schira voltou a ensinar, com a

maestria habitual, a encantadora dança árabe

Renato Moreth e Carmem Nazar em jantar que reuniu um grupo

seleto amigos

As aniversariantes da semana: as empresárias Rosana Paes e Raquel Mocellin

Igualdade feminina

Na quinta-feira foi celebrado o Dia Internacional da Igualdade Feminina. O dia 26 e agosto foi escolhido por datar, em 1920, a certificação da 19ª Emenda nos Estados Unidos, que ga-rantiu às mulheres o direito de voto. A conquista foi um ponto de virada na longa marcha em direção à igualdade para todos. Aqui em Niterói temos a Codim, dirigida por Fernanda Sixel, que realiza um trabalho de excelência na luta pelos direitos iguais.

Palestras ‘saborosas’

Raquel Paraquett foi a responsá-vel pelo sucesso do “Workshops de Gastronomia”, que aconteceu duran-te todo mês de agosto. As palestras de dar água na boca, organizadas por Raquel, movimentaram as melhores lojas de decoração da cidade. Os chefs Federico Tagliabue, Vicente Maia e Carol Wanis deram um show de sa-bores para profissionais de arquitetu-ra e Design de Interiores.

Beach Bike Tour

O último sábado foi especial para a Educação Infantil. Seguindo o cro-nograma dos 67 anos do GayLus-sac e seus propósitos com o bem-estar, os alunos do instituto foram convidados para um beach bike tour. Reforçando os vínculos com as fa-mílias, as crianças e pais deixaram a Praia de São Francisco e pedala-ram por nossa cidade, guiados pe-las professoras de cada turma e pelo professor de Educação Física, Már-cio Nielsen.

Empatia estimulada

O Edify Education, empresa de soluções educacionais em inglês, jun-to com mais quatro escolas parcei-ras, lançaram a campanha Estimule Empatia. O projeto, desenvolvido du-rante as aulas de inglês das escolas Fórum Cultural, Colégio São Vicen-te de Paulo, Paulo Freire e Aldeia Curumim, envolveu mais de 850 alu-nos que se se conectaram aos ido-sos que vivem em casas de repouso da cidade, em uma troca de vídeos e ilustrações. Que bela ação!

(7)

com Alexandre Brasil, Simone Botelho e Verônica Oliveira

Lições para empreender

O livro “20 lições para empreen-der – o que você precisa saber para virar o jogo”, segundo organizado pe-las gestoras do Somos Empreende-doras, revela dicas e orientações fun-damentais a qualquer pessoa que de-seja abrir uma empresa ou dar uma guinada nos seus negócios. São 128 páginas de puro aprendizado das mais variadas temáticas, de gestão a finanças, passando pelo marketing, autoconhecimento e encantamento do cliente. Esse é um daqueles livros para ter como referência sobre a arte de empreender.

União de forças

Para editar esse segundo livro sob a chancela do Somos Empreen-dedoras foi preciso uma união de forças de profissionais capacitados no ofício. A jornalista e escritora Verônica Oliveira entrevistou 20 es-pecialistas e consolidou todo o co-nhecimento de cada um deles em um texto claro e objetivo. Coube à fotó-grafa Adriana Oliveira capturar os melhores ângulos desses especialis-tas, que ilustram as páginas da obra. A também jornalista Fernanda Fi-gueiredo, da Editora Girafa, ficou responsável por editar todo o con-junto, empregando técnica, entrega e compromisso com a qualidade edi-torial. A coordenação do trabalho ficou a cargo da competente gesto-ra de projetos, Queila Mogesto-raes.

20 dicas em 1

São 20 especialistas em um único livro, que reúne múltiplas experiênci-as e o objetivo em comum desses em-preendedores de transmitir seus co-nhecimentos no que pode ser chama-do no “verdadeiro caminho das pe-dras”. Na realidade, o livro integra o projeto Somos Capacita, uma plata-forma on-line, onde cada um deles apresenta técnicas e métodos obri-gatórios para que a jornada empre-endedora seja bem-sucedida. Leito-res da Folha de Niterói têm direito a um cupom de desconto. Vale a pena conhecer mais a fundo essa iniciati-va destinada ao fomento do empre-endedorismo em Niterói e até em outras cidades brasileiras.

Em alta!

O renomado chef Alexandre Hen-riques, do restaurante Gruta de Santo Antônio, está em alta! Além de fazer aparições em diversos programas de televisão e ser reconhecido por várias celebridades, ele, recentemente, rece-beu duas premiações: a de Melhor Chef do Brasil e de Melhor Restaurante. Tá de parabéns!

Que estreia!

No primeiro dia de Jogos Paralímpicos de Tóquio, o Brasil conquistou quatro medalhas! A natação teve destaque com Gabriel Bandeira que levou a medalha dourada, nos enchendo de orgulho. Gabriel Araújo, Phelipe Rodrigues e Daniel Dias também garantiram prata e bronze.

Dicas valiosas

O CN Summit, maior evento de

empreendedorismo do Club House, recebeu, nesta semana, a especialista em Marketing Digital Paula Tebett, que deu dicas de estratégias e técnicas da área. A palestra on-line de Paula foi transmitida pelo @clubhouse, @brclubhouse e na íntegra pelo

@linkedin. O CN Summit foi criado e é promovido pelo Club Conexões de Negócio, com gestão do Edgar Marcutti.

Foco na economia

O presidente da Acierj, Luiz Paulino Moreira Leite, e seu vice-presidente, Igor Baldez, estiveram em conversa com representantes dos empresários paranaenses, através da associação presidida por Camilo Turmina, para pensarem, juntos, em ações para integrar o setor econômico de suas respectivas praças. O objetivo da

Associação, que tem sede aqui em Niterói, é a recuperação e desenvolvimento econômico das empresas da cidade diante da pandemia de Covid-19.

A jornalista Fernanda Figueiredo, da Editora Girafa, em evento do

Somos Empreendedoras

A jornalista e escritora Verônica Oliveira, responsável pelas

entrevistas para o livro “20 lições para empreender”

(8)

O Somos Empreendedoras (SE) está em ação novamente com o seu mais recente projeto, o Somos Capacita.

O infoproduto do grupo tem como objetivo trazer para o empreendedor iniciante ou para aquele que planeja iniciar seu próprio negócio o conhecimento comparti-lhado por cada um dos 20 especialistas da plataforma.

“Esse é um projeto inovador realizado por grandes empreendedores que abrem os seus negócios, falam das suas práticas e vivências que ninguém possui. Coi-sas que irão fazer enorme diferença para quem quer empreender, quer abrir a sua loja ou mesmo quer saber mais sobre o assunto”, disse Letícia Torzecki, uma das gestoras do SE.

A plataforma conta com 35 horas de aprendizagem e tem acesso ilimitado por um ano. Além disso, os inscritos receberão dois livros produzidos pelo Somos no conforto de casa.

Vale lembrar que os 50 primeiros alunos ganham um desconto especial no valor do curso com 20 módulos: de

R$ 11940 por R$ 497. O carrinho está aberto para a compra da plataforma. Para não perder essa oportunidade de ouro, basta escanear o QR Code abaixo.

Curso para empreendedores traz mentoria de 20 especialistas da área

A loja de atendimento presencial da Águas de Niterói passa a funcionar em novo endereço a partir do dia 23 de agos-to. A unidade, localizada na Rua Coro-nel Gomes Machado, nº 118, Centro, traz um novo conceito de atendimento, em ilhas, e conta com um ambiente confor-tável e moderno, com autoatendimento para agilizar os serviços, melhorando a experiência do cliente na loja.

Mesmo com a inauguração do novo espaço para atendimento presencial, a recomendação é que, por medida de se-gurança, no período de pandemia, os cli-entes priorizem os canais de relaciona-mento: WhatsApp 97211-8064, aplicati-vo Cliente Águas, Chat Interatiaplicati-vo, dispo-nível no site www.aguasdeniteroi.com.br e no aplicativo, ou 0800 723 1222 (liga-ções gratuitas de telefones fixos, celula-res e longa distância). A nova loja funcio-na de segunda a sexta, das 10h às 16h.

“A empresa não mediu esforços para proporcionar aos clientes um atendimen-to de qualidade, focando nos canais di-gitais para mantê-los em segurança. A inauguração da loja é um momento im-portante para empresa, porque reafir-ma o nosso compromisso em continuar estreitando o nosso relacionamento com nossos clientes. A orientação nesse mo-mento é que sejam priorizados os ca-nais digitais e que só compareçam ao ponto presencial em caso de extrema necessidade”, ressaltou o superintenden-te da Águas de Nisuperintenden-terói, Felipe Turon.

A coordenadora Comercial, Cami-lla Simonato, reforçou que a nova loja, além de ser mais moderna, proporcio-na mais conforto para o nosso público. “Nosso foco é no cliente. Com o novo conceito da loja, buscamos promover uma experiência melhor em cada aten-dimento”, explicou Simonato.

Loja de atendimento da Águas de Niterói passa a funcionar em novo endereço

A Secretaria Municipal de Conser-vação e Serviços Públicos iniciou nes-ta quinnes-ta-feira (26) a intervenção que dará continuidade à ciclovia da orla de São Francisco-Charitas. Para isso, está sendo feita uma travessia no canteiro central, no trecho próximo ao cemité-rio São Francisco Xavier, para que a ciclovia mude de faixa na Avenida Sil-vio Picanço. A previsão é que esta obra seja concluída em 30 dias.

Serão 2,3 quilômetros entre áreas novas e requalificadas ao longo de toda a Avenida Quintino Bocaiúva, em São

Francisco, e da Avenida Silvio Pican-ço, em Charitas. Todo o trajeto tam-bém receberá nova sinalização.

O trabalho começou em julho com o recapeamento da Avenida Quintino Bocaiúva para a implantação da ci-clovia segregada em todo o trecho da saída do túnel Roberto Silveira (Ica-raí-São Francisco) até a entrada da garagem subterrânea, em Charitas. A partir deste ponto será feita a re-qualificação da ciclovia existente que segue até a entrada do túnel Chari-tas-Cafubá.

(9)
(10)

Queijo de cabra na mesa

Tem gente que ainda não sabe, mas, desde 2009, os “arredores” de Niterói abriga uma renomada queijaria, especializada em queijos de cabra. No Rancho dos Sonhos, instalado num sítio em Várzea das Moças, você encontra boursin francês, feta, frescal, frescal condimentado, com frutas cítricas, curado e chabi-chou, todos, logicamente, produzidos com leite de cabra. Tel.: 99947-8365.

Massas artesanais na área

Marias e Amélias Gastronomia está de volta com seu delivery e a ideia é levar seus deliciosos pratos para a sua mesa. O prestigiado bufê lançou um cardápio especial para quem é apaixonado por massas artesanais. Na carta, pode ser encomendado Tortelone de queijo com molho de brie e damasco; Raviole de cordeiro ao molho de especiarias; Fagottine de pre-sunto cru com figo ao molho de brie, entre outros pratos. Envie seu What-sApp para 97042-8335 ou e-mail para contato@mariaseamelias.com.br e receba essa e outras opções.

Editora Responsável: Denize Garcia

(denizegarciaeventos@gmail.com)

Distibuição: Joel Elias

EDITORA XAMÃ LTDA ME

CNPJ: 02.513.561 / 0001-10

Av. Ernani do Amaral Peixoto, 171 Sala 802 B - Centro

INFORMAÇÕES &

PUBLICIDADE:

(21) 9972-98292

Redatores: Alexandre Brasil

Simone Botelho Verônica Oliveira Editor Online: Alexandre Brasil Design Editorial: Wilian Correia E-mails: folhanit@gmail.com comercial.folhanit@gmail.com

“A palavra de Deus e uma âncora firme

nos momentos de tempestades.”

N 23:19

Bufê de peso

Quem também está fazendo delivery é o Buffet Beth Schueler. E os deliciosos pratos da chef po-dem ser encomendados tanto em datas festivas e especiais como naquele dia em que você quer tirar para não "encarar" a cozinha. Para o fim de sema-na, a coluna Vip Vitrine recomenda o delicioso bobó de camarão (preço: R$ 86) encontrado no cardá-pio. Aprovadíssimo! Delivery: 98752-4372.

Comida libanesa é alta

A chef Bel Mourad, especialista em culinária li-banesa, também preparou seu cardápio para o fim da estação mais fria do ano. Pratos tradicionais como Homus bi tahine; Babaganuge; Quibe de forno com recheio; e Kafta de forno podem enfeitar sua mesa e dar aquele cheiro de comida caseira na sua sala. Porém, a recomendação da chef é a sua Torre de Textura, acompanhada de um bom vinho, é claro! Pedidos podem ser feitos pelo (21) 99971-5173. Ins-tagram: @chefbelmourad.

Hinata na sua casa

O saboroso cardápio de Hinata Mayumi já está disponível nas redes sociais do bufê da chef especi-alista em gastronomia japonesa. O pedido pode ser feito para esse número do WhatsApp: (21) 96759-8034. Você também pode escanear o QR Code, que ele encaminha direto para o seu número.

(11)

Dica de cinema no Reserva Cultural

municipal, vai precisar enfrentar com coragem sua comunidade conservadora, para provar que sim, ela é A Candidata Perfeita!

Aclamado pelo público e crítica, essa trama cheia de determinação inspira e promete um bom debate sobre a condição social da mulher pelo mundo. Parte da Seleção Oficial do Festival de Veneza e Toronto, o filme mostra como pessoas comuns estão lutando por uma mudança radical no sistema.

Municipal recebe Arraiá

da Maria Sangrenta

O Theatro Municipal de Niterói recebe, neste sábado (28) às 19h, o Arraiá da Maria Sangren-ta, com a banda Bloody Mary. Nesta grande fes-ta, o rock visita o forró, mostrando que eles po-dem caminhar lado a lado. O espetáculo contará com apenas 30% da capacidade do local, em fun-ção da pandemia.

A proposta é fazer um espetáculo que leva ao palco os grandes clássicos tão presentes nes-sas festas folclóricas, aliados aos grandes clássi-cos do rock, mas com a assinatura do velho baião, xote e xaxado.

O público terá a chance de ouvir e cantar mú-sicas de Gonzagão, Dominguinhos, Amelinha, Elba Ramalho, Alceu e muitos outros ícones dessa arte, só que agora com a assinatura do rock, bem como canções de Legião Urbana, Paralamas do Suces-so, Queen, U2 e A-HA, em versões inusitadas be-bendo na fonte do forró. Ingresso: R$60. A venda no site e app da Sympla, seguindo todos os proto-colos sanitários.

Semana Nerd

nas redes Biblioteca

Parque de Niterói

O universo dos quadrinhos, com he-róis, ficção científica e games, ocupam as redes da Biblioteca Parque de Niterói. Trata-se da Semana Nerd, que vai até do-mingo (29), quando toda a programação on-line da BPN será dedicada ao tema.

Além de conteúdo com vídeos e indi-cações de leitura, a programação conta com três eventos de bate-papo on-line e a transmissão da partida de abertura de um torneio de League of Legends.

Responsável pela curadoria dos en-contros, Elbert Agostinho também parti-cipa da conversa sobre Afrofuturismo, que propõe uma troca de ideias sobre personagens negros e a importância da representatividade.

Estreia esta semana, no Reserva Cultural, o filme “A Candidata Perfeita”, da diretora saudita Haifaa Al Mansour, primeira mulher a se tornar cineasta no país. Haifaa ganhou notoriedade por seu filme Wadjda (2012). Conhecida por encorajar pautas consideradas ta-bus, especialmente para a cultura tradicional de seu país, nesse longa a cineasta traz a história de Ma-ryam, uma jovem médica saudita, cheia de persona-lidade, que para concorrer ao cargo de secretária

(12)

Imagem

Referências

temas relacionados :