Reunião GT Gás Abraceel

Texto

(1)

Abril 2019

Reunião GT Gás

Abraceel

(2)

A Agência

Agenda Regulatória Bianual 2019-2020

Medidas infra legais para abertura do

mercado

Revisão Tarifária da concessionária de

(3)
(4)

Saneamento básico

Energia elétrica

Gás canalizado

Federal

Convênio

ANEEL

Estadual

Municipal

Convênio

Prefeituras

A Agência MULTISETORIAL foi criada pela Lei

Complementar Estadual nº 1.025/2007, a

partir da Comissão de Serviços Públicos de

Energia (CSPE) criada em 1998.

Agência reguladora multissetorial

Energia elétrica: competência para fiscalizar

serviços, por delegação da ANEEL;

Gás canalizado: competência para regular e

fiscalizar os serviços;

Saneamento básico: competência para regular e

fiscalizar os serviços do Estado de São Paulo e

municipais, por convênio.

(5)

 Fomentar o setor de Gás Canalizado, estabelecendo normas para promover e incentivar a ampliação do uso do gás com

competitividade e eficiência

 Revisão Tarifária

 Equilíbrio econômico financeiro

 Atuação das Concessionárias nas áreas Administrativa, Contábil, Comercial, Técnica, Econômica e Financeira

 Conformidade ao Contrato de Concessão, legislação, normas técnicas e regulamentos aplicáveis

 Aplicação de Tecnologia adequada garantindo níveis de qualidade, regularidade, eficiência, segurança

 Qualidade dos serviços prestados aos usuários, visando a melhoria da continuidade do fornecimento

 Medidas de Segurança adotadas pelas Concessionárias, evitando exposição de riscos ou perigos aos usuários e a comunidade

(6)

Administrada por

diretoria colegiada

formada por cinco

membros

Autarquia de regime

especial, com autonomia

decisória, administrativa,

orçamentária e

financeira

Diretores

Mandato de 5 anos

ORGANOGRAMA

(7)

ÁREAS DE CONCESSÃO DO GÁS

81.087 usuários 47.572 medidores

1.789 km de redes de distribuição 18 municípios atendidos (total de 93) 1,15 MMm³/dia

Faturamento - ordem de 700 MM/Ano

1.880.558 usuários 1.266.649 medidores

15.261 Km de redes de distribuição 88 municípios atendidos (total de 177) 13,43 MMm³/dia

Faturamento - ordem de R$ 7.000 MM/Ano 27.092 usuários

13.995 medidores

1.049 km de redes de distribuição 20 municípios atendidos (de 375) 0,70 MMm³/ dia

(8)

Proteger os interesses e direitos

dos usuários, impedindo a

discriminação entre eles,

respeitados os direitos do poder

concedente e dos prestadores

de serviços.

CONEXÃO COM OS STAKEHOLDERS

PODER CONCEDENTE

USUÁRIO

CONCESSIONÁRIA

(9)

DIRETORIA DE REGULAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE GÁS

SUPERINTENDÊNCIA DE REGULAÇÃO DE GÁS CANALIZADO SUPERINTENDÊNCIA DE FISCALIZAÇÃO DE GÁS CANALIZADO Gerência de Estudos Técnicos e Regulação Gerência de Contratos e Autorizações Gerência de Comercialização e P&D Gerência de Fiscalização Comercial Gerência de Fiscalização Técnica

Lei Complementar 1322 de 15/05/2018 - Plano de Carreiras e Classes, de Empregos Públicos e Sistema Retribuitório para os empregados da Arsesp

EQUIPE DO GÁS

26 funcionários ativos

+ 05 novos especialistas

(10)

Analises

Estudos

Desafios

Riscos

Perspectivas

Desenvolvimento

Soluções

Aprimoramentos

Eficiência

Inovação

REGULAÇÃO

P&D

BIOMETANO CONTRATO DE SUPRIMENTO

CONTRADO DE FORNECIMENTO PROJETO DE REDE LOCAL TUSD

MERCADO

LIVRE

PROGRAMAS COMERCIAIS NORMAS E PROCEDIMENTOS

(11)

FISCALIZAÇÃO

TÉCNICA

COMERCIAL

ECONOMICO-FINANCEIRA

QUALIDADE DO PRODUTO E DO SERVIÇO (19)

OUTRAS

OBRIGAÇÕES

CONTRATUAIS

(n)

QUALIDADE DO ATENDIMENTO COMERCIAL (13) SEGURANÇA NO FORNECIMENTO (4)

Permanente

Rotineiras,

segundo os

prazos definidos

no contrato de

concessão e nos

regulamentos

Periódica

Realizadas ao

longo do ano

de acordo com

periodicidade

estabelecida

Pontual

Eventuais, com

objetivo de

verificar ou

esclarecer fatos

específicos

Indicadores

(12)
(13)

Quatorze ações foram identificadas como relevantes para o próximo biênio

para serem desenvolvidas pela

Diretoria de Regulação Técnica e Fiscalização dos Serviços de Distribuição de Gás Canalizado.

Estes temas foram priorizados pela equipe técnica da Diretoria de

Regulação Técnica e Fiscalização dos Serviços de Distribuição de Gás

Canalizado, a partir das reuniões realizadas com os agentes de mercado,

representados pelas associações, concessionárias e órgão de defesa do

consumidor, visando à identificação das necessidades dos usuários de gás.

Agenda Regulatória

• Mercado Livre – Deliberações nº. 230/2011, 231/2011, 263/2011, 296/2012, 297/2012 e

430/2013

• Troca Operacional entre as distribuidoras de São Paulo (Swap)

• Aprimoramento da Regulação de Projetos de Rede Local

• Limites de repasse para os projetos estruturantes de rede local para as Concessionárias

• Deliberação do Montante Mínimo para desenvolvimento do programa P&D e C&R para o

ciclo 2019/2020 das Concessionárias

• Programa de P&D e C&R para o ciclo 2019/2020

• TUSD – Mercado Livre

• Atividades atípicas, acessórias e correlatas - Deliberação nº. 571/2015

• TUSD – E

• Separação dos itens que compõem a conta de gás dos grandes usuários

• Leilões de Suprimento de Gás

• Rede dedicada de Biogás e Biometano

• Estudo da Viabilidade Econômica para conexão de produtor de Biometano

• Elaboração e Remessa do Plano Quinquenal de Investimentos e Obras - Portaria CSPE nº 144/2001

2019

(14)

DG 1. Mercado Livre – Deliberações nº. 230/2011, 231/2011, 263/2011,

296/2012, 297/2012 e 430/2013

2º semestre de 2019

Revisar e aprimorar as regulações

referentes ao mercado livre de gás

canalizado

Fomentar o mercado livre do gás

canalizado

DG 2. Troca Operacional entre as distribuidoras de São Paulo (Swap)

2º semestre de 2019

Regulamentar as condições para a

troca operacional e comercial de gás

natural e biometano

Regular as condições que permitam maior

eficiência da infraestrutura de distribuição de

gás natural e biometano, por meio do

descasamento dos fluxos físicos e contratuais

do gás

(15)

DG 3. Aprimoramento da Regulação de Projetos de Rede Local

2º semestre de 2019

Aperfeiçoar a regulação dos Projetos

de Rede Local

Viabilizar a expansão do setor de gás,

por meio de Projetos de Rede Local

DG 4. Limites de repasse para os projetos estruturantes de rede local para as Concessionárias

1º semestre de 2019

Definir os limites de repasse para os

projetos nos termos da Deliberação nº.

211/2011

Estabelecer o valor máximo de repasse

para a tarifa das concessionárias

(16)

DG 5. Deliberação do Montante Mínimo para desenvolvimento do programa P&D e C&R para

o ciclo 2019/2020 das Concessionárias

2º semestre de 2019

Definir o valor mínimo a ser

despendido pelas concessionárias

para o programa

Estabelecer o valor mínimo a ser

despendido

DG 6 .Programa de P&D e C&R para o ciclo 2019/2020

2º semestre de 2019

Regulação sobre os fundamentos e

procedimentos do Manual de P&D e C&R

Aprimorar o manual do P&D e C&R

DG 9 .TUSD – Mercado Livre

1º semestre de 2019

Regular a TUSD para o mercado livre

Definir a metodologia de cálculo da TUSD

para as concessionárias, a fim de fomentar o

mercado livre e dar mais transparência aos

agentes interessados

(17)

DG 7. Atividades atípicas, acessórias e correlatas - Deliberação nº. 571/2015

2º semestre de 2020

Revisar a Deliberação nº. 571/2015

Adequar a deliberação, trazendo

maior aderência ao contrato de

concessão

DG 8. TUSD – E

2º semestre de 2020

Regular a TUSD-E para autoprodutor e

auto importador com rede exclusiva e

específica

Aperfeiçoar a aplicação da TUSD-E de

forma a viabilizar o mercado desses

segmentos

(18)

DG 10. Separação dos itens que compõem a conta de gás dos grandes usuários

2º semestre de 2020

Separar os custos de gás, transporte e

margem de distribuição, na fatura de

grandes usuários

Detalhar e dar transparência a conta de gás

dos usuários que consomem grandes

volumes, conforme Resolução a ser

publicada pela ANP

DG 11. Leilões de Suprimento de Gás

1º semestre de 2020

Estudar as regras para a aquisição de

gás por meio de leilões voltados ao

atendimento do mercado cativo

Possibilitar a participação e

diversificação no suprimento de gás,

assim como dar maior transparência no

preço do gás comprado

(19)

DG 12. Rede dedicada de Biogás e Biometano

1º semestre de 2020

Estudar a distribuição de Biogás e

Biometano por rede exclusiva

Definir critérios e metodologia para o serviço

de distribuição a clientes por rede dedicada

de Biogás e Biometano

DG 13. Estudo da Viabilidade Econômica para conexão de produtor de Biometano

1º semestre de 2020

Estabelecer critérios para viabilizar a

conexão de produtores de Biometano ao

sistema de distribuição

Possibilitar a construção de rede de

distribuição de Biometano dos produtores

até os pontos de recepção das

concessionárias

DG 14 .Elaboração e Remessa do Plano Quinquenal de Investimentos e Obras - Portaria CSPE nº

144/2001

2º semestre de 2020

Aprimorar a Elaboração e Remessa do

Plano Quinquenal de Investimentos e

Obras

Regular as obrigações e forma a serem

observadas pelas Concessionárias de

Distribuição de Gás Canalizado no Estado de

São Paulo, para a apresentação de dados do

Plano Quinquenal de Investimentos e Obras

(20)

Medidas infra legais para abertura

do mercado

(21)

CTGÁS ABAR – Contribuições

Tendo em vista o SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI N. 6.407, DE 2013, Apensado: PL n. 6.102/2016, que dispõe sobre as atividades relativas ao transporte de gás natural, de que trata o art. 177 da Constituição Federal, bem como sobre as atividades de escoamento, tratamento, processamento, estocagem subterrânea, acondicionamento, liquefação, regaseificação e comercialização de gás natural e que revoga a Lei no 11.909, de 4 de março de 2009.

E ainda considerando a realização das tomadas públicas realizadas pela ANP versando sobre mecanismos infralegais

para viabilizar as medidas propostas no referido PL, quais sejam:

 Aplicação dos modelos de independência (separação completa de propriedade [OU], transportador independente [ITO] e operador independente de sistema [ISO]) a todos os transportadores no Brasil (05/10/2018 a 04/12/2018);

 Regras e diretrizes para a formalização do acesso a gasodutos de escoamento, unidades de tratamento de gás natural e terminais de regaseificação de GNL no caso em que as partes interessadas entram em acordo, assim como os procedimentos de conciliação e arbitramento pela ANP em caso de impasse entre as partes interessadas (05/10/2018 a 04/12/2018);

 “Pacto Nacional” entre a União e os Estados, para harmonização das regras de regulação do gás natural (03/12/2018 a 17/01/2019); ***

 Regras a serem adotadas pela ANP, em conjunto com o CADE/MJ e a SEFEL/MF, acerca de um programa de liberação de gás natural (Gas Release) envolvendo leilões periódicos de volumes de gás (17/01/2019 a 03/03/2019).

*** Art. 74-A. A União, por intermédio do Ministério de Minas e Energia e da ANP, articulará com os Estados e com o Distrito Federal, por meio das Agências Reguladoras Estaduais (sugestão ABAR), para a harmonização e o aperfeiçoamento das normas atinentes à indústria de gás natural, inclusive em relação à regulação do consumidor livre.

Segundo apresentação da ANP a mesma terá o papel de coordenador do grupo que irá definir o teor do Pacto Nacional de que trata o Art. 74-A do Decreto nº 7.382/2010 (inserido pelo Decreto nº 9.616/2018)

LEI DO GÁS/ GÁS PARA CRESCER/ NOVO MERCADO DE GÁS

PROJETO DE LEI N. 6.407, DE 2013

(22)

Revisão Tarifária da concessionária

de distribuição de gás canalizado -

(23)

INVESTIMENTOS R$4.411,2

MM ( redução 7,5%)

4ª Revisão Tarifária Ordinária da Companhia de Gás de São Paulo –

Comgás

Maio/2018 a abril/2024

OPEX

Redução de 2,4% em relação ao plano de negócio

Expansão R$2,1bi

5.653Km

de rede

Suporte Operacional R$2,2 bi

Remanejamento, Renovação e Redes e Ramais, Inspeção de Medidores, Reforço de

Rede e Subida da Serra

Subida da Serra R$ 473,5 milhões

 Risco do investimento recai sobre a concessionária e não sobre o usuário

 Com ou sem suprimento de gás via Subida da Serra, a concessionária repassará descontos aos

usuários que ultrapassam os montantes investidos na obra

 Benefícios do investimento na infraestrutura de distribuição

 Segurança de abastecimento

(24)

TUSD - E

(R$/m³)

0,0396

MARGEM

MÁXIMA

TUSD

9,3%

INFERIOR A MARGEM MÉDIA

4ª Revisão Tarifária Ordinária da Companhia de Gás de São Paulo –

Comgás

Proposta Atual, desagregação de custos de

distribuição e comercialização

Valor provisório da Margem Máxima de

Distribuição atual R$ 0,011187/m³ para

atendimento da UTE São João Energia

Ambiental S/A e da UTE Euzébio Rocha

Margem

máxima

média

obtida

R$ 0,0038/m³

 TUSD paga por todos os usuários

cativos e livres

 TUSD anterior, 1,9% inferior à

Margem Máxima

 TUSD obtida, 9,3% inferior à

Margem Máxima, valor obtido de R$

0,4588/m³

 Considera um fluxo de caixa

descontado

com

as

despesas

operacionais

relacionadas

exclusivamente

ao

serviço

de

distribuição, ou seja, sem despesas

de comercialização

MARGEM

MÁXIMA

(R$/m³)

0,5060

 Margem Máxima atual efetiva

R$ 0,5166/m³

 Margem Média Máxima obtida

R$ 0,5060/m³

 Redução de 2,0665%

WACC 8,27%

(25)

Aberta Consulta Pública

Proposta de cálculo da Margem Máxima, Fator X e

Estrutura Tarifária da 4ª Revisão Tarifária Ordinária

da Companhia de Gás de São Paulo - Comgás

(26)

Veja também no site da Arsesp...

Nota Técnica preliminar

PROPOSTA DE CÁLCULO DA MARGEM MÁXIMA, FATOR X E

ESTRUTURA TARIFÁRIA 4ª REVISÃO TARIFÁRIA ORDINÁRIA

DA COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS

Modelo Econômico Financeiro

Período para envio das contribuições:

de 03/04/2019 a 22/04/2019 até às 18horas

ENVIE SUAS

CONTRIBUIÇÕES!

PARTICIPE!

http://www.arsesp.sp.gov.br/SitePages/consultas-publicas.aspx

(27)

Paula Campos

paulacampos@sp.gov.br

reginarocha@sp.gov.br

Av. Paulista, 2313 – 1º ao 4º andar –

São Paulo – S.P – CEP: 01311-300

PABX: + 55 11 3293-5100

fax: + 55 11 3293-5144

Quer saber mais sobre

a atuação da Agência?

Acesse nosso site

http://www.arsesp.sp.gov.br

Imagem

Referências

temas relacionados :