ALTO-MÉDIO RIO NEGRO - 9 dias Inclui Arquipélago de Anavilhanas e Parque Nacional do Jaú

Texto

(1)

ALTO-MÉDIO RIO NEGRO - 9 dias

Inclui  Arquipélago  de  Anavilhanas  e  Parque  Nacional  do  Jaú  

1) Introdução

Cabeça do Cachorro, a mais indigena das regiões brasileiras; fronteira de nossa civilização; porta de entrada ao Platô das Guianas: são muitas as condecorações que elevam o Alto-Médio Rio Negro ao status de atração turistica “selvagem”. Lá cultura e valores são outros, e com certeza crescem diferentes homens. Ao explorar os caminhos de um dos rios mais antigos do mundo em seu alto curso, por suas ilhas e praias, pedrais e corredeiras,

montanhas a beira-rio, comunidades indígenas onde desfrutamos de acesso privilegiado, é natural que sua percepção de mundo se amplie. Que diferentes realidades se deparem, e grandes experiências sejam vivenciadas.

Katerre, que significa “tudo de bom” na lingua yanomami, talvez seja ouvido ao longo deste trajeto - até chegarmos ao Médio Rio Negro. Lá estará Mariuá, o maior arquipélago fluvial do mundo com 700 ilhas, além de muitas praias, papagaios e araras. E ao fim a cidade de Barcelos, com a nostalgia ter sido a primeira capital do Amazonas...

Particularidades da Região

O Alto Rio Negro, particularmente a região entre Santa Isabel e São Gabriel da Cachoeira, é uma das mais belas regiões da Amazônia. Montanhas a beira do rio, e paisagens unicas. Ao longo de sua complexa formação insular, das curvas e furos que entremeiam-se por entre as margens continentais próximas, surgem praias e pedrais no verão, igapós e grandes espelhos d’agua no inverno. Em dias de tempo bom, avista-se a silhueta do Pico da Neblina. Antropologicamente um campo farto, berço dos povos Baré, Baniwa, Tariano, Tukano e Dessano. E do maior império indígena do Alto Amazonas, a tribo dos Yanomamis. Já o Médio Rio Negro possui em sua calha muita areia sedimentada, branca e fina. No verão, surgem as mais belas praias de água doce conhecidas pelo homem. Na vegetação de suas ilhas, formam-se imensos Jauarizais, que as tornam o habitat ideal para as Psitaciformes (araras e papagaios), consideradas as aves mais inteligentes (e escandalosas) do planeta.

(2)

2) Day-by-day - 9 dias

Os açaizais, o Colégio Salesiano e a Igreja das Missões: paisagem típica nas cidades do Alto Rio Negro

1º dia: Santa Isabel do Rio Negro > Território Indigena Baré

• Manaus-SRN >> traslado aéreo em aeronave comercial. Recepção Katerre no aeroporto.

• Pequeno city-tour pelas atrações de Santa Isabel do Rio Negro, uma pacata cidade repleta de sangue indígena, no coração da Floresta Amazônica.

• 9hs - Check-in na embarcação, apresentação da tripulação, acomodações, regras a bordo. • inicio da navegação pelos pedrais Rio Negro

acima, no sentido de São Gabriel da Cachoeira. • Almoço na embarcação.

• Chegada a comunidade do Território Indígena Baré, intercâmbio e bate-papo com indígenas aculturados.

• Banho e lazer nas praias da região, brincadeiras com as crianças, futebol na comunidade.

• Participação nas festas e forrós da comunidade (qdo houver).

• Passeio noturno de canoa com focagem de arraias e outros animais noturnos.

(3)

2º dia: Serra da Ariranha

§ Dentro do território, encontra-se a Serra da Ariranha, com montanhas a beira-rio. Expedição exploratória as montanhas. § Subida ao cume, escalada nivel médio-fácil (cerca de 250m

de altura);

§ Observação eventual de aves raras; § Vegetação tropical de altitude;

§ Meditação e exercicios no platô de pedras do cume. § Momentos de contemplação, com bela vista a grande

extensão do Rio Negro.

§ Retornamos à embarcação para navegação e jantar a bordo.

3º dia: Pedral do Jacaré > Rio Yanuri

• Expedição exploratória a linda região de pedrais, com ilhas, cachoeiras, corredeiras e comunidades indígenas do entorno, contemplando:

o Intercâmbio e bate-papo com indigenas aculturados; o Aprendizagem de costumes locais, particularidades da

vegetação cultivada, plantas medicinais, tour pelas roças e agrofloresta, nascentes de água.

o Prática de esportes com moradores locais (opcional) o Identificação e entrada no território indígena Yanomami. o Incursão de voadeira até a Cachoeira do Yanuri.

3º dia opcional >> escalada ao cume da montanha do Trovão, nível médio, 350m altitude, com magnifica vista.

(4)

4º dia: Pedral do Tucunaré

• Expedição exploratória a este lindo pedral, com ilhas, cachoeiras, corredeiras e comunidades do entorno, contemplando:

• Sitio histórico de São Agostinho, com torre em ruinas construida no inicio do século em estilo colonial, pela familia da D. Jandira. • Intercâmbio e bate-papo com indigenas aculturados;

costumes e festas locais;

• Compra de artesanato em piaçava, de excelente qualidade. • Prática de esportes com os moradores locais (opcional) • passeios de voadeira pelos pedrais, praias e igarapés

afluentes, em busca das ariranhas.

• Passeio noturno de canoa, quiçá com lua cheia. • Visita as comunidades do Tacacá e Boa Esperança.

5º dia: Médio Rio Negro até Barcelos

• Trilha aquatica nos lagos do médio Rio Negro, rico em fauna e flora, com provavel observação de macacos e ariranhas.

• Tour pela antiga capital do estado do Amazonas. Barcelos tem charme e história, excelente artesanato e um povo acolhedor.

• Já no Arquipélago de Mariuá, paramos para um refrescante banho no rio.

• Próximo ao por-do-sol, visitamos um ponto de pernoite de milhares

de papagaios, num espetáculo de grande impacto.

• Jantar a bordo, pernoite na embarcação em navegação.

6º dia: Arquipélago de Mariuá - Santuário Ecológico

• Navegação por entre o maior arquipélago fluvial do mundo, com paradas em:

o Vila de Carvoeiro.

o Rio Branco com Rio Negro - encontro das águas. o Visita e contemplação da Samaúma do Mirapinima,

a maior árvore da região.

o Próximo a hora do por-do-sol, trilhas aquáticas aos

o Lagos da foz do rio Jauaperi, com visualização de Botos e espécies de aves únicas o A noite, focagem de Jacarés e outros animais noturnos.

(5)

7º dia: Parque Nacional do Jaú

(Estação da Seca) Hoje entraremos neste grande tributário do Rio Negro, o Rio Jaú, para acessar um outro afluente dele, o Rio Pauini, onde está um dos maiores espetáculos do Baixo Rio Negro: as Cachoeiras do Rio

Pauini. Será um dia de banhos e lazer aquático, com bóias, canoas e pic-nics em platôs de pedras.

8º dia: Baixo Rio Negro - Anavilhanas e Grutas do Madadá

§ Navegação pelo Arquipélago de Anavilhanas até a região do Madadá.

§ Trekking de 3hs (ida e volta) em floresta primária até as

Grutas do Madadá,

§ No retorno, passeio por sítio caboclo, pomar com frutas de época, etc.

§ mergulho com bóias no Rio Negro.

§ pernoite no camarote do barco ou em redes no Mirante do Madadá, um bangalô de 2 andares com banheiro, em meio a floresta, com bela vista para o Rio Negro.

9º dia: Baixo Rio Negro até Novo Airão

• Mergulho com Botos Cor de Rosa. • City-tour pelas atrações da cidade

artesanato em palha e madeira, estaleiros de construção naval.

• Embarque em taxi climatizado até o Aeroporto ou hotel em Manaus.

Obs.: Para efeito de preservação do roteiro, alguns nomes de logradouros são ficticios. As atrações permanecem fidedignas.

(Estação da Enchente) Visita a Cachoeira do Baependi. (Estação da Cheia) Visita aos Lagos do Aturiá.

(6)

3) Características Gerais

O estilo regional de nossas embarcações é para dar aos nossos clientes a sensação de estar viajando em barcos de linha como fazem os nativos da região, porém com conforto, segurança e serviço de bordo. Barcos inteiros de madeira de lei, de 40 a 80 pés, com botes motorizados e canoas conforme a necessidade das excursões.

Embarcação Jacaré-Açu

• Regional-premium de 3 andares, 72 pés. • Camarotes decorados, climatizados com

penteadeira e banheiro privativo, colchões de mola, travesseiros de pluma.

Embarcação Awapé

• Regional-luxo de 2 andares, 53 pés; • Camarotes climatizados com banheiro

privativo, colchões de alta densidade e travesseiros de pena de ganso;

Itens de conforto presentes nas embarcações

• Energia 110/220V 24hs em todas as cabines; • Banco de Baterias 12V-110V, oferecendo energia

limpa e livre de barulho quando parado.

• GPS, Sonar, Radar, Rádio, Cartas Náuticas, telefone Iridium; • kit de 1ºs-socorros, farmácia, equipe experiente e treinada; • Cozinha completa com forno, freezer, geladeira, utensílios; • Equipamentos para pernoite na selva, potente lanterna para

focagem de jacarés, rádio Walkie-talkie para trilhas; • Binóculos para observação de pássaros;

• Mapas satelitais em largo formato para palestras; • Multiplas áreas de lazer: Solarium, Sala de Estar,

Bar, Observatorium e Decks de lazer.

• jogos de cartas, domino, dama, xadrez e gamão. • Biblioteca temática com mapas e livros fotográficos. • Bóias e acessórios para mergulho no rio e cachoeiras. • Área de lazer com ducha, cadeiras, espreguiçadeiras,

bebidas refrigeradas e churrasqueira;

• varas de pesca, arco-e-flecha, zarabatana e zagaia; • vistoriado/legalizado e dedetizado.

• equipamentos opcionais para escalada de árvores e sobrevôo de parasail.

Embarcação Jacaré-Açu

Cabine do Jacaré-Açu

Cabine do Awapé

Para grupos com até 7 passageiros, a saída é realizada com a embarcação Awapé. Com 8 ou mais passageiros, na embarcação Jacaré-Açu. Informe-se sobre a situação atualizada da saída em expedicoes@katerre.com. Baixe nosso calendário de saidas em www.katerre.com/downloads/Katerre-Saidas2014.html

(7)

Tripulação

Comandante, guia chefe-de-expedição, guia nativo, chef de cozinha, ajudantes, marinheiros e camareiras.

Santuário dos Papagaios no Médio Rio Negro

Alimentação

4) Tarifas e Condições Comerciais

R$ 5.695,00/pessoa em cabine suite dupla. Tarifa para grupo min de 2 pax, incluindo:

• guia bilíngue // 2 min de conversação em telefone satelital • seguro de viagem individual // passeios e atrações de terceiros • mapa fotográfico A3 com o roteiro da expedição, em PDF • cartilhas, matérias e infográficos sobre a Amazônia, em PDF • documentário “A Próxima Refeição” (TV Cultura), filmado na

região, em arquivo digital mp4.

Para grupos fechados e fretamento da embarcação, consulte-nos em expedicoes@katerre.com. Esta tarifa não inclui a parte aérea.

Regime pensão completa, incluindo: • 3 refeições diarias + tira-gostos • sucos e água-mineral a vontade • caipirinhas de frutas

Todos alimentos são lavados e cozidos com água mineral. Opção de cardápios customizados:

- Regional - Internacional - Vegetariano - Low fat Aracu assado na brasa

(8)

Casa de taboca, típica da região do Alto Rio Negro

Condiçoes Comerciais

50% na emissão do Voucher, 30% 15 dias antes do embarque e 20% 1 dia antes do embarque OU em até 6x s/ juros no cartão de crédito, dependendo da antecedência com que é confirmada a reserva.

Em consonância com a deliberação normativa nº 161 de 09 de Agosto de 1985, da Embratur, em caso de desistência após emissão do Voucher, com até 41 dias de antecedência, será retido 10% do valor total a titulo de despesas operacionais e bloqueio da embarcação. Caso a desistência ocorra de 21 a 40 dias do inicio da viagem, será retido 50% do valor total, e após os 20 dias anteriores ao embarque, será retido 80% do valor do pacote. Ressaltamos que nossas tarifas derivam da politica do justo valor, e são a composição da logística fluvial móvel da Amazônia, gastos com combustivel, programa de manutenção, tripulação especializada, alimentação de primeira qualidade, passeios, atrações e toda infra-estrutura necessária para uma viagem tranquila e segura.

Ademais, oferecemos a nossos clientes a genuinidade que somente o turismo móvel é capaz de

proporcionar, levando-os aos acontecimentos espontâneos in loco, sejam eles naturais ou humanos.

montanhas da região da Serra da Ariranha ©2000-2014 – Expedição Katerre EcoTurismo ltda.

Imagem

Referências

temas relacionados :