ESCREVA OS NOMES DAS PROFISSÕES E PINTE:

Texto

(1)

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: 162.426.20/0001-77

ALUNO(A):____________________________________________

DATA:________________________________________________A2

ESCREVA OS NOMES DAS PROFISSÕES E PINTE:

__________________________________ ____________________________________-

_____________________________________ ______________________________________

(2)

Farofa de banana A3

Ingredientes

 Farinha de mandioca

 3 bananas

 Sal

 Manteiga

Modo de preparo

1. Pique as bananas e frite no óleo até dourar.

2. Quando a banana tiver dourada, coloque a farinha de mandioca.

3. Tempere com sal e por fim coloque manteiga a gosto.

4. Deixe a farofa começar a torrar e está pronto.

(3)

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: 162.426.20/0001-77

ALUNO(A):____________________________________________

DATA:________________________________________________A4

ATIVIDADES

OUÇA A PRONÚNCIA DAS PALAVRAS DAS PROFISSÕES COM ATENÇÃO E COMPLETE-AS:

PROFESSOR:

EN_______NAR, CADER______, _______VRO, ______PIS CANE_______, COM______TADOR, SA______

JARDINEIRO

BAL_______, ________LHA, TER_________, ______GUA COZINHEIRO

_______NANA, _______ROFA, PA______LA, FO_____, PRA________, CEBO_______

ESCREVA DE 0 ATÉ 50:

(4)

A5

Todos sabem que o professor é a personagem principal na vida de qualquer pessoa, independente da profissão que ela exerça, pois é ele que dá base para a formação de qualquer indivíduo. Principalmente por esse motivo, os professores merecem um dia de homenagem, e este dia é 15 de outubro. Mas, por que essa data?

Tudo começou em 15 de outubro de 1827, dia consagrado a Santa Tereza D’Ávila, que era educadora. Neste dia, D. Pedro I baixou um Decreto Imperial e criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos teriam suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto discutia também pontos importantes como a descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados.

Mas ainda não foi nesse período que a data de comemoração foi criada e muito menos que essas ideias avançadas foram colocadas em prática. Somente em 1947, ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor. Primeiramente, partiu de um grupo de professores do Ginásio Caetano de Campos, em São Paulo, que se reuniam neste dia para uma confraternização. Como a ideia teve sucesso, outras escolas da cidade fizeram o mesmo, até que foi instituído como data comemorativa nacional.

Será que só aqui, em nosso país, essa data é comemorada? Não! A grande maioria dos países reconhecem a importância do professor, veja só:

Na Índia, o Dia do Professor é comemorado em 5 de setembro, por ser o dia de aniversário de um ex-presidente e também professor, Dr. Sarvapalli Radhakrishnan. Não há feriado, mas deve ser bem divertido, pois todos vão para a escola da mesma forma. Não há aulas e sim comemorações, inclusive uma atividade em que os alunos de séries mais adiantadas viram professores por um dia. Já pensou que legal???

Na República Tcheca, o Dia do Professor é um feriado não oficial, comemorado em 28 de março. Neste dia, as crianças levam flores para seus professores e representantes do governo, para demonstrar agradecimento a esta profissão, premiando os melhores professores.

Na Argentina, o Dia é comemorado em 11 de setembro, por ser o aniversario de morte de Domingo Faustino Sarmiento, pedagogo, escritor e político importante para o país.

Professores e alunos festejam o dia com comemorações especiais.

Na Coréia do Sul, o Dia do Professor é 15 de maio. O costume, naquele país, é presentear os professores com cravos, e, ex-estudantes, prestam homenagem aos seus antigos professores, visitando-os e oferecendo-lhes presentes.

Curiosidades

Na Grécia Antiga, os professores eram filósofos que ensinavam a observar o mundo e pensar sobre ele. Não existiam salas de aula e escolas como conhecemos, e os professores ensinavam embaixo de tendas ou praças.

(5)

A6

Minha professora inesquecível

Um conto de Robson A. Santos

_ Vovô, olha só que lindo o cartão que eu fiz para minha professora! Amanhã é Dia dos

Professores e quero levar de presente para ela. O avô parou de ler o jornal, olhando para a neta que trazia nas mãos um cartão feito de guache colorido com o nome “Ana” escrito com glitter dourado.

_ Ficou lindo, ela vai adorar!

_ Sabe, vovô, ela é a melhor professora do mundo! Quando entra em sala e começa o dia cantando dá vontade de nem sair de perto dela.

O avô se emocionou com as palavras da neta que estava indo para o primeiro ano. Sua cabeça voltou ao tempo, na época em que ele estudava, no antigo curso primário, na terceira série. Como se adivinhasse o pensamento do avô...

_ Vovô, o senhor teve alguma professora que foi inesquecível em sua vida? O avô deu um sorriso, colocou a neta no colo e começou a contar:

_ Quando eu era criança, na terceira série, tive uma professora que se tornou inesquecível em minha vida. Ela se chamava Arlete, Dona Arlete ou Tia Arlete como costumávamos chamá-la.

_ E como ela era?

_ Ela era baixinha com o cabelo encaracolado e loiro. Usava maquiagem e vinha sempre muito bonita dar aulas. Era brava e exigente. Na primeira semana de aula eu chorava todo dia, pois não queria ter aulas com ela. Dizia que ela era muito brava e que eu queria outra professora, mas minha mãe não quis saber e me deixou ali naquela sala mesmo. Eu tinha medo dela.

_ E por isso ela é inesquecível?

_ Calma que eu chego lá! Conforme as aulas iam acontecendo, algumas vezes, na hora de ir embora ela pegava seu ônibus perto de minha casa e acompanhava minha mãe e eu. Eu ia bem quietinho! Um dia ela falou para minha mãe que se ela quisesse não precisaria me buscar, pois ela me deixaria em casa todos os dias. Rezei para minha mãe não concordar, mas não tive sorte e minha mãe combinou com ela. E assim, todos os dias, a Dona Arlete me levava até o portão de casa, me dava um beijo e ia pegar seu ônibus.

_ E o senhor, vovô? Ficava quietinho?

_ No começo eu ficava, mas conforme o tempo foi passando eu comecei a conversar com ela e não é que descobri que eu gostava demais daquela professora? Em sala de aula ela me ajudava com a lição, dava bronca quando eu conversava demais, mas aprendi muito na terceira série. _ E o que o senhor gostava mais de aprender?

_ A Matemática! Adorava as aulas de Matemática e com ela aprendi tabuada e nunca mais tive dificuldades nas minhas lições. Ah, tinham também umas aulas em que ela colocava um cartaz com um desenho ou foto e nós inventávamos várias histórias. Eu

(6)

adorava escrever e ela sempre me incentivou para isso.

_ É por isso que o senhor virou escritor, vovô?

_ Pode até ser! Eu acredito que ela foi muito importante para que eu gostasse de escrever tanto como gosto até hoje. Mas para escrever bem ela sempre me falava que eu tinha que ler bastante e me indicava bons livros. Livros de histórias,

aventuras, poesias e até gibis. Eu passava horas e horas lendo. Tinha uma poesia do Manuel Bandeira que contava a história de um pardalzinho com a asa quebrada. O menino cuidou dele, deu água e comida, mas mesmo assim ele morreu porque estava preso. E no final, o que eu achava muito legal, era que ele tinha voado para o céu dos passarinhos.

_ Que lindo, vovô, vou até desenhar um pardal no cartão da minha professora. Mas, vovô, e a Dona Arlete, ainda dá aulas? O avô riu da ingenuidade da neta que não tinha noções de contas ou do passar dos anos. Uma lágrima brilhou em seus olhos, coração apertado de saudade, e ele respondeu:

_ Ai, minha neta querida, eu acho que a minha professora inesquecível, a Dona Arlete ainda dá aulas, sim, mas lá no céu dos passarinhos.

(7)

♥ MESTRE ♥ A7

És mais que uma pessoa,

és símbolo, paixão, ideal, sonho!

Mito de um ser que tudo sabe, companheiro, amigo,

mão que se estende na complexidade dos caminhos da vida.

Muitos mitos, ídolos, amigos, companheiros

passam por nossas vidas, comunicam conhecimentos, abrem nossas mentes,

proporcionam parâmetros, despertam valores.

Mas, os anos passam,

conhecimentos ficam adormecidos, normal ultrapassadas, novas formas, novos hábitos, novos costumes,

Mas, no nicho sagrado das lembranças, permanece o mestre.

Ele será para sempre alguém muito especial,

referência segura que ilumina e faz discernir caminhos.

Quem nos comunica vida, carinho, bondade,

quem oferece por nós horas de sono, de dedicação,

de empenho, planta para sempre uma semente em nosso coração.

Os nossos conhecimentos vão evoluindo,

a lembrança do mestre permanece para sempre, ele atinge o profundo de nossas vidas.

Eterniza em nós algo do seu coração.

Feliz Dia do Professor!

(Autor Desconhecido)

(8)

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: 162.426.20/0001-77

ALUNO(A):____________________________________________

DATA:_____________________________________________A8

COMO SÃO SEUS PROFESSORES? DESENHE-OS.

TIO VALFRIDO TIA ELIANA

TIA CHARLENE TIA FABÍOLA

(9)

PINTE:

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: 162.426.20/0001-77

ALUNO(A):____________________________________________

DATA:_____________________________________________A8

(10)

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: 162.426.20/0001-77

ALUNO(A):____________________________________________

DATA:________________________________________________

TAREFA DE CASA: TERÇA-FEIRA ESCREVA DE 0 A 100.

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

CONTAS DE ADIÇÃO:

(11)

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: 162.426.20/0001-77

ALUNO(A):____________________________________________

DATA:________________________________________________

TAREFA DE CASA: QUARTA-FEIRA

RESOLVA AS OPERAÇÕES:

(12)

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: 162.426.20/0001-77

ALUNO(A):____________________________________________

DATA:________________________________________________

TAREFA DE CASA: QUINTA-FEIRA

VAMOS FAZER A LIÇÃO!

(13)
(14)

A1

Imagem

Referências

temas relacionados :