Provas de Monitoria IPTSP Conteúdo para prova escrita e local/horário para arguição

Texto

(1)

Provas de Monitoria – IPTSP 2017

Conteúdo para prova escrita e local/horário para arguição

Disciplina Conteúdo Banca Arguição (17/03/2017)

Bacteriologia 1. Citologia Bacteriana 2. Fisiologia Bacteriana 3. Metabolismo Bacteriano 4. Relação Parasita-Hospedeiro 5. Genética Bacteriana

6. Antimicrobianos

1. Carla Afonso (Presidente) 2. Mônica Santiago

Suplente: Maria Cláudia

Arguição será por escrito e realizada concomitantemente com a prova escrita.

Doenças Infecciosas e Parasitárias

1. Normas de Biossegurança e controle de infecção relacionada assistência à saúde Higienização das mãos, uso de EPI, normas de controle de infecção e biossegurança NR-32.

2. Imunoprofilaxia e imunoprevenção.

Calendários vacinais: criança, adolescente, adulto e idosos. Profilaxia de tétano e raiva. PNI: sucessos e desafios.

3. Antibióticos e Quimioterápicos

Aminoglicosídeos, antihelminticos, antiparasitários, antivirais e antifúngicos, betalactâmicos (penicilinas, cefalosporinas, monobactâmicos e carbapenens), cloranfenicol, lincosaminas, macrolídeos e estreptograminas, Mecanismos de resistência, quinolonas, rifamicinas, tetraciclinas, uso racional de antibióticos.

4. DSTs

Abordagem Sindrômica, Sífilis, aconselhamento DST/HIV, Infecção HIV/Aids, implicações éticas no atendimento a DST/HIV. Treponematoses não-venéreas.

5. Parasitose intestinal

6. Doenças emergentes, reemergentes e negligenciadas

Fatores Determinantes. Panorama Histórico. Conceitos. Programa de Saúde do Viajante. Ênfase nas seguintes Viroses: aids, Hantavirose,

1. João Alves Filho (Presidente)

2. Marco Tulio A Garcia-Zapata

Sala de aula do DMTD do HC, às 8:30h.

(2)

Influenza, arboviroses endêmicas e epidêmicas. Bacterioses: Bartonelose, rickettsiose, borreliose, treponematoses não-venéreas, micobacteriose, agentes IrAS. Parasitoses: Geohelmintíases, Protozoários e helmintos oportunistas, leishmanioses, malária, difilobotríase, angiostrongilíase. Micoses: Fungos oportunistas em pacientes neutropênicos. Miscelânea: Doenças Priônicas. Estratégias do Ministério da Saúde do Brasil para enfrentar estas doenças: LRN, CIEVs e rede nacional. Doenças e agravos de notificação imediata.

7. Doenças Infecciosas Hepáticas Hepatites virais A, B, C e D. 8. Grandes síndromes:

Hepatoesplenomegalia febril; Adenomegalia febril; SIRS/Sepsis. 9. Laboratório em DIP

Diagnóstico laboratorial e as melhores evidências em saúde.

10. Ética profissional e Bioética. Direitos humanos. Relação interprofissional. Comunicação.

Imunologia 1. Estruturas e funções dos anticorpos nas respostas primarias e secundarias.

2.Complexo de Histocompatibilidade Principal e apresentação de antígenos aos linfócitos T.

3. Mecanismos efetores da imunidade celular e humoral.

1. Eugenia Molinari (Presidente)

2. Miriam Dorta Leandro Suplente: Adriana Crespo

Sala 207 IPTSP 10:00 h Biotecnologia Aplicada à Microbiologia 1.Citologia Bacteriana 2. Fisiologia Bacteriana 3. Metabolismo Bacteriano 4. Relação Parasita-Hospedeiro 5. Genética Bacteriana 6. Antimicrobianos

1. Carla Afonso (Presidente) 2. Mônica Santiago

Suplente: Maria Cláudia

Arguição será por escrito e realizada concomitantemente com a prova escrita.

Micologia 1. Morfologia e biologia geral dos fungos. 2. Classificação das micoses.

3. Técnicas para isolamento e identificação dos fungos.

1. Lúcia Kioko (Presidente) 2. Evandro L. Ribeiro Suplente: Carolina

Sala 400 do IPTSP, às 11:00 h.

(3)

Rodrigues Parasitologia Humana 1. Mecanismos de transmissão, ciclo evolutivo, morfologia, diagnóstico,

epidemiologia e medidas profiláticas e/ou de controle de: 1. Leishmania

2. Plasmodium 3. Giardia lamblia

4. Taenia solium e Taenia saginata 5. Ascaris lumbricoides

6. Strongyloides stercoralis

1. Alverne P. Barbosa (Presidente)

2. Eliana Isac

Suplente: Carlos Augusto

Sala 204 do IPTSP, às 8:00h.

Parasitologia Veterinária

1. Filo Platyhelminthes. Classe Cestoda. Morfologia geral dos cestódeos. Família Taeniidae: Taenia solium e T. saginata Morfologia, ciclos evolutivos, diagnóstico e importância em Medicina Veterinária.

2. Filo Apicomplexa. Família Eimeriidae. Gêneros: Eimeria e Isospora. Morfologia, ciclos evolutivos e importância em Medicina Veterinária. 3. Filo Nemathelminthes. Família Trichostrongylidae. Gêneros

Trichostrongylus, Haemonchus, Cooperia e Ostertagia. Morfologia, ciclos evolutivos, diagnóstico e importância em Medicina Veterinária 4. Classe Arachnida. Subclasse Acari. Ordem Metastigmata = Ixodides.

Famílias Ixodidae e Argasidae. Amblyomma sp., Rhipicephalus sanguineus, R. microplus, Dermacentor nitens e Argas miniatus. Morfologia, importância e ciclo biológico

5. Filo Apicomplexa. Família Babesiidae. Gênero Babesia. B. bigemina, B.bovis, B. equi, B. caballi e B. canis. Morfologia, ciclos evolutivos e importância em Medicina Veterinária.

6. Classe Insecta. Ordem Diptera. Subordem Brachycera - Muscomorpha (=Cyclorrhapha). Família Muscidae: Musca, Stomoxys e Haematobia. Morfologia, importância e biologia. Classe Insecta. Ordem Diptera. Subordem Brachycera – Tabonomorpha. Família Tabanidae

1. Ronaldo Alves Pereira Junior (Presidente) 1. Lígia Miranda Ferreira Borges

Suplente: Welber Daniel Zanetti Lopes

Sala 205 do IPTSP, às 08:00h

Patologia Geral 1. Patologia da célula e interstício;

2. Patologia geral do sistema de transporte; 3. Patologia do sistema de defesa;

4. Patologia geral dos processos biológicos envolvidos no crescimento e

1. Liliana Borges de Menezes (Presidente) 2. Adeliane Castro da Costa

Sala 01 do IPTSP, às 10h.

(4)

na diferenciação celular.

A prova específica será teórico-prática, abordando os quatro temas, e será realizada nos Laboratórios de Microscopia 5, 6 e 7 do IPTSP. A prova incluirá a descrição de lâminas histopatológicas dos processos patológicos gerais e questões discursivas sobre os temas.

Suplente: Mara Rúbia Nunes Celes .

Produção e Caracterização de Anticorpos

1. Propriedades e visão geral das respostas imunes; 2. Células e tecidos do sistema imune;

3. Anticorpos e antígenos;

4. Ativação celula B e produção de anticorpos; 5. Mecanismos efetores da imunidade humoral;

Estes tópicos correspondem aos capítulos: 1,2,5,12 e 13 do Livro do Imunologia Celular e Molecular, Abbas, A. K. 8 ed.

1. Lucimeire (Presidente) 2. Ana Paula J. Kipnis

Sala 25, 1º andar, Faculdade de Odontologia, Laboratório LIBTEC, às 8:30h.

Saúde Coletiva 1º ano 1. LEI Nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. 2. LEI Nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990.

3. A educação médica diante das necessidades sociais em saúde - Rogério Amoretti

4. O sistema de saúde brasileiro: história, avanços e desafios -Jairnilson Paim, Claudia Travassos, Celia Almeida, Ligia Bahia, James Macinko

5. Saúde Pública ou Saúde Coletiva? -Luis Eugenio Portela F.de Souza

6. O Conceito de Saúde e do Processo Saúde Doença- Distritos Sanitários

7. Abordagem ao adolescente e ao jovem nas políticas públicas de saúde no Brasil – Nathália de Cássia Horta

1 Edsaura (presidente) 2 Carla Guimarães Suplente: Elias Rassi

Saúde Coletiva 4º ano 1. Epidemiologia psiquiátrica e saúde mental.

2. O processo saúde-doença mental: modelos de determinação e causalidade, a relação mente-corpo, natureza-cultura,

indivíduo-1 Mauro (presidente) 2 Mariana

Suplente: Fernanda

Sala 402 – 17:00 h 16/03/2017

(5)

sociedade.

3. Aspectos históricos, políticos e filosóficos do campo da saúde e saúde mental.

4. Evolução histórica da assistência à saúde mental no Brasil e no mundo. 5. Modelos assistenciais em saúde e saúde mental

6. Reforma psiquiátrica: organização dos serviços substitutivos em saúde mental.

7. Saúde mental no Sistema Único de Saúde/SUS, na atenção básica e a Estratégia Saúde da Família/ESF.

8. Vigilância em Saúde e Saúde Mental.

9. Promoção e proteção em saúde mental. Prevenção e diagnóstico precoce de riscos para psicoses, perversões e neuroses; depressão, ansiedade, somatização e doenças psicossomáticas; alcoolismo e uso de drogas; violências/abusos, abandono, traumas e stressna família, na comunidade e na coletividade. Terapias, Reinserção e Ressocialização. Educação e Saúde/Saúde Mental.

10. Políticas e Legislação em saúde mental no Brasil.

11. Contribuições da psiquiatria comunitária, psiquiatria social, etnopsiquiatria e psicoterapias.

12. Abordagens psico-corporal-relacionais (biopsicossociais) em saúde e saúde mental.

13. Contribuições psicanalíticas (freudianas, neofreudianas e pós-freudianas).

14. Psicossomática e somatopsicologia.

15. Abordagens sistêmicas: Terapia Familiar e Terapia Comunitária. 16. Abordagens analíticas psico-corporal-relacionais: Terapia Reichiana e Análise Bioenergética.

17. Práticas Integrativas e Complementares e as Abordagens Vitalistas em Saúde: Medicina Tradicional Chinesa (Acupuntura), Homeopatia e Ayurveda.

18. O desenvolvimento psico-corporal-relacional

(6)

infância e adolescência no contexto familiar. 19. Cuidando do cuidador.

Virologia 1. Estrutura Viral 2. Classificação Viral 3. Replicação Viral

4. Patogenia das Infecções Virais

5. Diagnóstico Laboratorial em Virologia

1. Menira Borges (Presidente)

2. Fabiola Fiaccadori Suplente: Márcia Alves

Sala 420 do IPTSP, às 9:00.

Imagem

Referências

temas relacionados :