• Nenhum resultado encontrado

Extensão Estratégia em Gestão de Projetos

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "Extensão Estratégia em Gestão de Projetos"

Copied!
12
0
0

Texto

(1)

Instituto Brasileiro de Supply Chain - Programa de Educação Executiva

Extensão

Estratégia em

Gestão de

Projetos

São Paulo

Quartas e Quintas | 16.Maio a 13 de Junho Carga Horária: 24 horas das 19h15 às 22h30

Local - Febracorp Academia de Experiências

Av. Dr. Cardoso de Melo 1340, 1º Andar Vl.Olímpia/SP

(2)

Muito Além

Do Supply Chain

Empenhado em promover a expansão de conhecimentos e habilidades profissionais dos executivos que atuam em supply chain, logística e compras, o Inbrasc – Instituto Brasileiro de Supply Chain se destaca por apresentar conteúdo de qualidade e a oportunidade de trocas de experiências.

Além disso, o instituto tem o compromisso de auxiliar os profissionais da área a se conectarem e colaborarem com idéias e conhecimento, de modo a agregarem excelência em suas profissões. Para isso, o Inbrasc promove encontros para a criação de ambientes de discussão sobre as melhores práticas e tendências de diversos mercados, além de apresentar Congressos, Workshops e treinamentos focados em temas de grande destaque.

7000+

Participantes desde 2003

4000+

Empresas

30

Ações anuais

(3)

Muito Além

De um Conselho

Educacional

20

Membros do Conselho

Deliberativo escolhidos a dedo

Presidente

Carlos Panitz Head of Supply Chain MWM Motores Conselho Deliberativo

Alessandro Coppo Gerente de Supply Chain Festo Automação Arturo Arabian Supply Chain Leader Kraft Foods Cássio Ricci Azevedo Gerente de Supply Chain Santher Cláudio Ferreira Gerente de Suprumentos PepsiCo Débora Michalassi Head of Procurement Diageo Diogenes Lima

Elcio Comparone Gerente de Compras CPFL Energia Fábio Paias

Francisco Simões Diretor de Supply Chain Moksha8 Medicamentos

Fred Roldan Diretor de Logística General Motors

Heraclito Ribas

José Gomes Diretor de Supply Chain Melitta José Roberto Fornazza

José Arnaldo D'Aurea

Juliano Tessaro Gerente de Compras MWM Motores Paulo Miri Diretor de Suprimentos Whirlpool Raul Guaragna Diretor de Supply Chain International Paper Salvador Marino Diretor de Supply Chain Tetra Pak Simone Franco Diretora de Supply Management Unilever

(4)

Muito Além

De uma

Metodologia de

Ensino

Diferencial

 Professores executivos de mercado  Aulas exemplificadas com cases práticos

Metodologia

O Inbrasc utiliza a metodologia de ensino, que tem como objetivo proporcionar um ambiente cativante e agradável através da aplicação de dinâmicas, jogos empresariais e recursos multimídia.

Diretriz Educacional

Por ser um Instituto sem fins lucartivos que visa o crescimento e valorização profissional dos profissionais da área, tudo que é criado passa por sua estrutura organizacional, onde um presidente contextualiza, o conselho aprova e o coordenador educacional assegura a uniformidade no

conhecimento disseminado pelos professores aos participantes.

Troca de Experiências em Alto Nível

Reunidos em uma sala de aula, você terá a oportunidade única de se relacionar com outros profissionais do mercado, proporcionando a troca de conhecimentos sobre os desafios da sua área.

(5)

Conheça as Ações

de Educacionais

Inbrasc em SP

Congresso

VIII Maratona de Supply Chain

Carga horária: 16 horas 15 e 16.Maio

IX Fórum Nacional de Compras e Sourcing

Carga horária: 16 horas 09 e 10.Outubro

Workshops

Planejamento e Gestão de Estoques

Carga horária: 24 horas

18 a 20.Janeiro I 08 a 10.Fevereiro 24 a 26.Setembro I 05 a 07.Novembro

Táticas de Inteligência em Compras

Carga horária: 16 horas 18.Junho a 19.Junho 26.Novembro a 27. Novembro

Gerenciamento de Projetos em Logística e Supply Chain

Carga horária: 16 horas 14 e 15.Agosto

Indicadores de Logística e Supply Chain

Carga Horária: 16 horas

25 e 26.Junho I 11 e 12.Julho I 28 a 29.Novembro| 13 a 14 .Dezembro

Especializações

Capacitação em Gestão de Compras e Negociação

Carga Horária: 84 horas

05.Março a 13.Junho I 06.Março a 19.Junho 06.Agosto a 07.Novembro I 07.Agosto a 27.Novembro

Capacitação em Supply Chain Management

Carga Horária: 60 horas 05.Março a 14.Maio

Extensão Estratégica em Gestão de Projetos

Carga Horária: 24 horas 16.Maio a 13.Junho

Procurement Leaders

Carga Horária: 27 horas 18.Junho a 18.Julho

Intensivo em Gestão de Compras e Negociação

Carga Horária: 40horas

12.Março a 16.Março|0 6.Agosto a 10.Agosto

Inbrasc Pelo Brasil

Ferramentas de Gestão em Compras

Carga horária: 16 horas

Rio de Janeiro 06 e 07.Março 07 e 08.Agosto Curitiba 13 e 14.Março 14 e 15.Agosto Porto Alegre 20 e 21.Março 21 e 22.Agosto In Company

Treinamentos Customizados, feito “sob medida”

(6)

Extensão

Estratégica em

Gestão de

Projetos

Para complementar o programa da Capacitação em Supply Chain Management, o Inbrasc estruturou uma extensão focada na gestão de projetos de supply chain, uma das grandes prioridades atuais da área. Os 8 encontros exploram aspectos avançados para quem precisa elaborar projetos, medir riscos e controlar custos no âmbito da logística, planejamento e suprimentos.

Porque Participar

Para complementar o programa da Capacitação em Supply Chain Management, o Inbrasc estruturou uma extensão focada na gestão de projetos de supply chain, uma das grandes prioridades atuais da área. Os 8 encontros exploram aspectos avançados para quem precisa elaborar projetos, medir riscos e controlar custos no âmbito da logística, planejamento e suprimentos.

Quartas e Quintas | 16.Maio a 13 de Junho Carga Horária: 24 horas das 19h15 às 22h30

4

principais componentes do custo logístico explorados sob o ponto de vista de cada participante.

(7)

Utilizando o SixSigma como alavancador de dados

estatísticos e melhorando a disciplina e

comprometimento de um projeto;

 Trabalhando os benefícios do modelo: captação de

dados e análise, resolução de problemas,

entendendo e avaliando processos existentes,

desenvolvendo e controlando medidas padrões e

desenvolvendo avaliações quantitativas;

 Lean vs SixSigma: qual a melhor modelo para

gerenciar projetos de Supply Chain?

 Utilizando o modelo A3 para sustentar a estratégia

do Lean;

 De que maneira a gestão de projetos com o foco

em ações de Supply Chain trazem resultados e

agilidade aos processos da companhia;

 O desafio de seleção de projetos para

desenvolvimento e formação de equipes;

 Como promover o desenvolvimento assistido do

projeto, baseado na visão de Supply Chain;

 Supply Chain e visão financeira.

1

Projetos Utilizando

LeanSixSigma

Pr

og

ra

m

a

A importância do Supply Chain como

alavancador de soluções de negócios;

 Entendendo os riscos em redes de suprimentos;

 Processo de gestão de risco em redes globais de

suprimento (principais estratégias);

 Mitigação, monitoramento e controle dos

riscos;

 Características de redes de suprimentos com

capacidade de resiliência;

 Controle de custos: o Supply Chain e o

resultado financeiro, o Supply Chain e o valor

para o acionista e a análise do custo logístico.

Extensão

Estratégica em

Gestão de

Projetos

2

Gerenciamento de

Riscos

(8)

Case: Como uma multinacional de alimentos

conseguiu, através da implementação de um

projeto de logística, melhorar o nível de serviço e

reduzir os custos;

 Qual o modelo de acompanhamento que foi

adotado no case e como as macro etapas se

procederam;

 Como a companhia alocou, controlou e otimizou

seus recursos ao longo do planejamento e

implantação do case;

 Como os indicadores foram estratificados no caso

prático.

3

Implantando um Projeto

de Supply Chain

Pr

og

ra

m

a

O impacto financeiro dos custos logísticos e

como isto influencia no resultado da empresa;

 Lidando com principais e maiores custos

logísticos;

 Os 4 principais componentes do Custo Logístico;

 A equação do custo total das atividades

logísticas;

 O estoque no valor da empresa;

 O impacto do supply chain no resultado

financeiro.

4

Gestão de Custos

Extensão

Estratégica em

Gestão de

Projetos

(9)

Utilizando o Analytic Hierarchy na ajuda do

processo de priorização de projetos;

 Comparando os critérios entre si e os critérios com

relação as alternativas;

 Decompondo os problemas de decisão em uma

hierarquia de subproblemas;

 Avaliando sistematicamente seus vários elementos

e comparando-os;

 Utilizando Monte Carlo para resolução de

problemas probabilísticos diversos;

 Utilizando o Monte Carlo na ajuda do processo de

gestão de riscos em projetos;

 Simulando cenários para direcionar decisões mais

favoráveis.

5

Riscos e Prioridades

Pr

og

ra

m

a

Gestão da Mudança como um processo;

 Forças que atuam como estímulo à mudança;

 cultura organizacional, resistências às

mudanças e poder nas organizações;

 O papel do agente da mudança;

 O ciclo da mudança em iniciativas de Supply

Chain.

6

Change

Management

Extensão

Estratégica em

Gestão de

Projetos

(10)

Time de

Professores do

Instituto

Ana Paula Tozzi

Specialist in Supply Chain

Atuou como CIO da Gradiente, é formada em Administração de Empresas pela FEA-USP com MBA Executivo Internacionalpela Fundação Instituto de Administração FIA-USP possui diversos cursos de especializaçãono Brasil e no Exterior. Atuou por cinco anos como consultora da Andersen Consulting

(Accenture), foi Diretora Administrativo-Financeira do Grupo Empresarial Pasmanik, CIO e Supply Chain da Gradiente Eletrônica, consultora da AGR Consultores e professora da ebusiness Brasil. Ao longo da carreira de consultoria, realizou projetos em empresas de médio e grande porte com foco em estratégia, redesenho de processos, reestruturação de empresas, gestão financeira, seleção de soluções em tecnologia, customer service e outros projetos de gestão.

Henrique G. Marcondes

Senior Specialist in Supply Chain Management

Com cerca de 20 anos de experiência em Supply Chain, já atuou em empresas como Ambev, Alstom, Accenture e Embraer. Participou do projeto MIT SC 2020 como membro do Industry Advisory Council e, desde 2008 é diretor da J.P.Morgan Logística.

Wanderley Cillo Jr.

Gerente de Automação Comercial e BI do grupo Pão de Açúcar

Gerente de Automação Comercial e BI do grupo Pão de Açúcar, é responsável por planejar e conduzir projetos estratégicos de alta relevância e tamanho junto ao comitê executivo das empresas através de uma metodologia criada com base na transformação das melhores práticas de mercado em ações aplicáveis e totalmente aderentes as necessidades das empresas.

(11)

Público Alvo e

a Visão dos

Participantes

92%

Considerou o treina-mento acima das expectativas

8%

Considerou o treina-mento dentro das expectativas

A quem se Destina

Coordenadores e gerentes de planejamento, logística, suprimentos e customer service.

Empresas que já enviaram colaboradores

Abbott Laboratórios I AGCO I Água de Cheiro I Asa Alimentos I Autovias I Bosch I Boticário I Brascan Energy I Braskem I Bunge I Caramuru Alimentos I Cimpor I CNH I Coca-Cola I Cocamar I Contém 1g. I Copacol I Editora Positivo I Electrolux I Energisa I Fiat I Furukawa I Globo Comunicação I Grupo Izzy I Intel I Local Frio I Localiza Rent A Car I Lojas Renner I Lojas Salfer I MWM International I Nortox I Philip Morris I PUC I Rapidão Cometa I Sanavita I Schulz I Soenergy I SulAmérica I Sulmaq I Ticket Serviços I Tour House I União de Lojas Leader I Unidasul I Unimed I Vale I Viação Águia Branca I Volvo I Votorantim I White Martins I entre outras.

(12)

Contato

Juliana Giraçol

Executiva de Projetos de Treinamento juliana.giracol@inbrasc.org.br

Inbrasc - Instituto Brasileiro de Supply Chain Endereço: Av. Dr.Cardoso de Melo, 1340 I 1ºandar Vila Olímpia I São Paulo

Fone: (11) 3302 .9292 www.inbrasc.org.br/extensao

Referências

Documentos relacionados

O processo de cicatrização e fechamento das feridas são eventos naturais que ocorrem independente dos fatores de risco. Este último, pode ser primário, primário retardado,

Assim, veremos que enquanto o primeiro pode ser qualificado como compensatório e o segundo como fatalista, o terceiro pode fornecer alguns pontos de apoio para pensarmos

apontada como o resultado, não apenas da circulação de novas variantes mas, também, da posição negacionista de autoridades governamentais quanto ao vírus (Hallal, 2021), além

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E INTELIGÊNCIA COMPETITIVA (Supply Chain Management and Competitive Intelligence)... GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

Resultados Os resultados foram semelhantes entre os grupos, em relação à perda sanguínea visível no dreno em 24 horas (Controle 276,5 mL  46,24 versus Selante 365,9 mL  45,73),

deverão sofrer uma atuação imediata, aqueles no quadrante superior esquerdo, atuação secundaria. Os pontos no quadrante inferior direito deverão sofrer atenção. Por fim, os

Alguns deles, como o retrato de Lam, são mais do que isto por eles serem também Portais para outras dimensões, outros mundos ou aethyrs.. Algumas vezes são formados cultos ao

i) Os computadores dos Integrantes da Camargue devem ser utilizados com a finalidade de atender aos interesses comerciais, sendo de responsabilidade dos Integrantes da